A ditadura do estado novo

166 visualizações

Publicada em

Era Vargas
Estado Novo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A ditadura do estado novo

  1. 1. Repressão política, mudanças na economia brasileira e conquistas dos trabalhadores marcaram o período do Estado Novo.
  2. 2. De acordo com a constituição de 1934, as eleições para a presidência da república e para o governo dos estados ocorreriam em janeiro de 1938, a campanha eleitoral já tinha se iniciado, em abril de 1937, quando o paulista Armando de Salles Oliveira se lançou candidato á presidência. Apoiado pelo governo, o escritor paraibano José Américo de Almeida entrou na disputa. Por último, foi lançada a candidatura do líder integralista Plínio Salgado.
  3. 3. Getulio Vargas tinha uma postura dúbia. Publicamente defendia a realização das eleições. No entanto, nos bastidores preparava um golpe para permanecer no poder. Apoiado pelos militares, só faltava o pretexto para suspender as eleições e anunciar a continuidade do seu governo.
  4. 4. O motivo alegado pelo governo de Getúlio Vargas para manter-se no poder foi a existência do Plano Cohen, Um suposto plano comunista para a tomada do poder. Porém, tudo não passava de uma farsa: o plano foi elaborado por integralistas e aproveitado por chefes militares vinculados ao
  5. 5. Em 10 de novembro de 1937, tropas federais fecharam o Congresso Nacional. No mesmo dia, Getúlio Vargas, informou a toda a nação a instituição do Estado Novo. No mesmo ano, uma nova Constituição foi promulgada, delegando ainda mais poderes ao presidente da república, como expedir decretos-leis, confirmar ou não o mandato dos governadores
  6. 6. Pouco tempo depois, as eleições de 1938 foram suspensas, os partidos políticos foram dissolvidos e os governadores dos estados novamente substituídos por interventores. Nos anos seguintes, até 1945, o Brasil viveu sob uma ditadura comandada por Getúlio
  7. 7. Na política externa, o governo de Vargas adotou uma posição pragmática, procurando ampliar as relações comerciais com as grandes potências e tirar proveito das rivalidades entre ela. Assinou acordos de comércio com a Alemanha.
  8. 8. Mesmo antes do inicio da Segunda guerra, o governo dos EUA adotou uma política de aproximação com o Brasil, interessado em ter um aliado estratégico na América do Sul caso estourasse um conflito mundial. O governo brasileiro, percebendo isso, conseguiu maior crédito junto aos EUA.
  9. 9. A economia brasileira também foi beneficiada pela Segunda Guerra Mundial. Nos primeiros anos do conflito, o preço das matérias-primas e produtos agrícolas, que eram a base das exportações do Brasil, subiu no mercado internacional, melhorando a balança comercial brasileira.
  10. 10. A criação do Conselho Nacional do Petróleo, em 1938, foi a primeira medida de peso para regulamentar a exploração do petróleo no país. Esse assunto despertou grandes discussões em torno da exploração e da comercialização dessa importante e estratégica fonte de energia e matéria- prima. De um lado, estavam os nacionalistas, que desejavam que a exploração do petróleo fosse feita somente por companhias brasileiras; de outros países, aqueles que defendiam a abertura para as empresas estrangeiras.
  11. 11. A campanha “O petróleo é nosso” tomou corpo a partir de 1947, inicialmente apoiada por pequenos grupos de militares nacionalistas, jornalistas e estudantes. Em 1953, foi criada a Petrobras, empresa estatal que tinha o monopólio sobre as atividades petrolíferas.
  12. 12. Com a aceleração do desenvolvimento industrial, os trabalhadores urbanos passaram a ser uma das preocupações centrais do Estado Novo. Foram criadas novas leis para disciplinar o movimento sindical e regulamentar as condições de trabalho. Vejam algumas delas:
  13. 13.  Os sindicatos foram organizados por categorias profissionais.  Institui-se a Justiça do Trabalho para conciliar os conflitos entre patrões e empregados.  Criou-se o salário mínimo e foi elaborada a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), um conjunto cd normas que reuniu conquistas anteriores dos trabalhadores, como a proibição do trabalho para menores de 14 anos, a garantia da igualdade salarial entre homens e mulheres e a jornada diária de 8 horas de trabalho.
  14. 14. Ao final da guerra, quando varias ditaduras, como o regime fascista na Itália e o nazista na Alemanha, foram derrotadas, a situação de Vargas tornou-se insustentável. No poder desde 1930, ficava cada vez mais difícil para Vargas explicar como a ditadura brasileira tinha lutado, junto com os países Aliados, contra o governo totalitário na Europa.
  15. 15. No Campo interno, a oposição exigia mudanças. Manifestações estudantis lideradas pela União Nacional dos estudantes (UNE) contra o nazifacismo a elite liberal de Minas Gerais lançou um manifesto publico pedindo o fim da ditadura. Esse documento ficou conhecido com Manifestação publica de expressão contra o Estado Novo. Depois dessa, outras manifestações surgiram. Pressionado pelos militares Vargas renunciou em 1945.

×