INFORMAÇÕES
JOGO ‘Os Belenenses’ 0 x 2 SL Benfica
AO INTERVALO 0 x 1
DATA Sábado, 18 abril 2015 / 18h:00m
LOCAL Estádio do...
ONZE INICIAL + SUBS.
→ Fejsa e
Samaris
a par,
com
Talisca
nas
costas
de Lima
e Pizzi a
jogar
como
MLD.
GUARDA-REDES DEFESAS MÉDIOS AVANÇADOS
1 Artur Moraes 2 Lisandro DC 5 L. Fejsa MC 9 Derley PL
12 Bruno Varela 4 Luisão DC 6...
ÚLTIMOS 4 ONZES INICIAIS
vs Braga vs Rio Ave vs Nacional vs Académica
20- Júlio César 20- Júlio César 20- Júlio César 20- ...
TRANSIÇÃO OFENSIVA (DEFESA -> ATAQUE):
Procuram transitar rápido procurando Gaitán ou o espaço. Pizzi forte na condução po...
TRANSIÇÃO DEFENSIVA
(imagens)
ORG. OFENSIVA
Equipa organizada em 4x4x2/4x1x3x2 de grande mobilidade. Jogo vertical com maior tendência de jogo interior e pelo corredo...
1ª FASE
Pressionados
Sem serem pressionados
2ª FASE
Por dentro
Por fora
3ª FASE
Por dentro
Por fora
ORG. DEFENSIVA
Equipa organizada em 4x4x2/4x4x1x1. Bloco subido, ‘campo pequeno’ e sempre preocupação em fechar a zona da bola,
linhas pr...
1ª FASE
2ª FASE
Por dentro
Por fora
3ª FASE
Bolas
Paradas
Ofensivas
CANTOS
Pizzi ou Gaitán na marcação. Colocam 6 elementos na área: Ola John, Lima, Jonas, Samaris,
Luisão e Jardel. Atenção:...
LIVRES LATERAIS
Pizzi ou Gaitán na marcação. Jardel, Luisão e Samaris são os mais agressivos na 1ª bola, com
Lima e Jonas ...
LANÇAMENTOS LATERAIS
Fortíssimos nestes lances! Lançamento ao 1º poste para desvio para o coração ou para
finalização. Sam...
Livres directos
(vs Belen. – 1ª volta)
A marcação difere do local para local.
Talisca ou Samaris ou Gaitán (+
perigoso). C...
GRANDES PENALIDADES
Lima sempre focado na baliza, não dá muitos passos nem é rápido a partir para a bola. Pontapé forte pa...
Bolas
Paradas
Defensivas
CANTOS
Marcação à zona com grande ocupação do 1º poste libertando o 2º poste (apenas A. Alemida –
fraco nos duelos!). Cora...
LIVRES LATERAIS
Marcação à zona em linha. Pizzi (e/ou Gaitán na barreira). Explorar espaço entre 1º e 2º homens
zonais bem...
LIVRES DIRETOS
Colocam 4 elementos na barreira + 3 de cada lado. Júlio César bem posicionado. Na barreira: a
colocação de ...
GRANDES PENALIDADES
Júlio César sofreu os 3 penalties cobrados contra o SL Benfica. Procurou sempre antecipar-se, é rápido...
SL Benfica - O 'pós-Enzo'.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SL Benfica - O 'pós-Enzo'.

409 visualizações

Publicada em

Análise aos comandados do SLBenfica na antecâmara do clássico na Luz.

Publicada em: Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SL Benfica - O 'pós-Enzo'.

  1. 1. INFORMAÇÕES JOGO ‘Os Belenenses’ 0 x 2 SL Benfica AO INTERVALO 0 x 1 DATA Sábado, 18 abril 2015 / 18h:00m LOCAL Estádio do Restelo, Belém COMPETIÇÃO Liga NOS – 29ª Jornada MARCADORES Jonas (6’ e 60’)
  2. 2. ONZE INICIAL + SUBS. → Fejsa e Samaris a par, com Talisca nas costas de Lima e Pizzi a jogar como MLD.
  3. 3. GUARDA-REDES DEFESAS MÉDIOS AVANÇADOS 1 Artur Moraes 2 Lisandro DC 5 L. Fejsa MC 9 Derley PL 12 Bruno Varela 4 Luisão DC 6 Amorim MC 11 Lima PL 13 Paulo Lopes 33 Jardel DC 7 Samaris MC 17 Jonas AC 20 Júlio César 37 César DC 21 Pizzi MC 25 Jonathan PL 14 Maxi Pereira DD 24 Cristante MC 78 Gonçalo AC 28 Sílvio DD 8 Sulejmani ML 34 André A. DD 10 Gaitán ML 19 Eliseu DE 15 Ola John ML 23 Benito DE 18 Salvio ML 30 Talisca MO PLANTEL
  4. 4. ÚLTIMOS 4 ONZES INICIAIS vs Braga vs Rio Ave vs Nacional vs Académica 20- Júlio César 20- Júlio César 20- Júlio César 20- Júlio César 4- Luisão 4- Luisão (V) 2- Lisandro 4- Luisão 33- Jardel 33- Jardel 33- Jardel 33- Jardel 14- Maxi (A. Almeida) 14- Maxi 14- Maxi 14- Maxi (A) 19- Eliseu 19- Eliseu 19- Eliseu (A) 19- Eliseu 7- Samaris (A) 7- Samaris (A) 7- Samaris 7- Samaris 21- Pizzi 21- Pizzi (A) 21- Pizzi 21- Pizzi 18- Salvio 18- Salvio 18- Salvio 18- Salvio 10- Gaitán (A) 30- Talisca (A) 10- Gaitán 10- Gaitán 17- Jonas (A) 17- Jonas 17- Jonas 17- Jonas 11- Lima 11- Lima 11-Lima 11-Lima
  5. 5. TRANSIÇÃO OFENSIVA (DEFESA -> ATAQUE): Procuram transitar rápido procurando Gaitán ou o espaço. Pizzi forte na condução por dentro. Agressivos, saem com facilidade e abrem bem o espaço. Altamente importante no seu jogo este momento (de maior perigo!). Temos que controlar a profundidade (procuram sempre e de forma intensa) e a largura pressionando o portador de forma agressiva! Oferecem o corredor central para que a condução seja feita para lá (não cair no engodo… Pizzi + Gaitán são fortíssimos nestes espaços), apesar de tudo o fundamental mesmo é cobrir a ação do portador (jogador forte no drible -> evitar 1x1 e entradas de 1ª!). Atenção porque tem bastante mobilidade e criatividade (variações seguidas em forma de tabela!) MUITO PERIGOSOS!!!! TRANSIÇÃO DEFENSIVA (ATAQUE -> DEFESA): Agressivos mas um pouco expostos principalmente nos espaços laterais (costas dos DL’s). Miolo capaz no momento da perda mas linha defensiva exposta: por fora os laterais subidos abrem espaço para colocar a bola (atenção: Jardel rapidissímo na dobra – procurar pelo lado de Luisão – mais lento, menos capaz). Por dentro, o recuo do PL obriga ao deslocamento de um DC (por norma Luisão, ficando Jardel em cobertura), este movimento liberta espaço entre unidades no último sector que podem ser explorados com busca da profundidade por parte de um dos EXT (o outro EXT ataca coração da área). Ainda por dentro, a preocupação em fechar o corredor central, a dificuldade dos ML’s fecharem e transitarem rápido liberta espaço para isso (condução interior, espaço exterior para criar!). Momento-chave para criarmos perigo: estão subidos e expostos. Rapidez e agressividade no ataque ao espaço. Usar espaços + poucos toques + velocidade!!! TRANSIÇÕES
  6. 6. TRANSIÇÃO DEFENSIVA (imagens)
  7. 7. ORG. OFENSIVA
  8. 8. Equipa organizada em 4x4x2/4x1x3x2 de grande mobilidade. Jogo vertical com maior tendência de jogo interior e pelo corredor direito (+ flanqueadores). Forte ligação entre o sector intermédio e o sector atacante, destacam-se pela liberdade de Jonas, Gaitán e Lima. Em casa soltam-se mais do que fora onde a predominante ocupação do espaço interior de Gaitán e a pouca liberdade concedida aos laterais sem bola não permite um ‘campo grande’ altamente capaz especialmente no corredor esquerdo (vive em demasia dos movimentos exteriores de Gaitán e nas combinações/permutações do ML com os dois PL’s). Pizzi e Samaris dividem mais a construção sendo que Pizzi é o MC com maior chegada à área. Fortes no jogo entre linhas, nas combinações por dentro em criação e no ataque ao espaço. Na 1ª fase quando pressionados alto, Samaris recua para a 1ª linha auxiliando na saída de bola. Curtos no comprimento do bloco da equipa, quando não são pressionados formam uma linha de 4 como 1ª alternativa (2x4 na saída de bola). Em qualquer dos casos, Jonas e Gaitán são alternativas quando recuam para receber. Batem na frente por Júlio César – quando apertado – ou pelos centrais (espaço para rutura, principalmente!). Contudo é a dupla Pizzi-Samaris a mais solicitada para iniciar a 2ª fase, sendo que os laterais também são alternativa quando os MC’s estão condicionados. Na 2ª fase, Pizzi + Samaris são os principais construtores e o passe o meio mais utilizado, sendo que Pizzi e os laterais também utilizam com facilidade acções de condução (atenção quer aos movimentos verticais por fora quer a diagonais para dentro). Como Gaitán joga quase sempre por dentro e Pizzi joga preferencialmente pela meia-direita tendem a sair mais descaídos para esse lado mas essencialmente por dentro! Jonas procura dar linhas de passe entre linhas frontal enquanto Gaitán procura ou receber na linha ou receber por dentro, sendo que quando saem por fora o movimento diagonal nas costas do lateral do avançado tem como complemento o movimento interior do ML (perigoso – 2ª para 3ª fase). Mais perigoso quando avançam pela meia-esquerda com Gaitán a jogar. Gaitán é o jogador + desta equipa, o craque, o desequilibrador. Temos que encurtar-lhe sempre o espaço e complicar a sua capacidade, esperar sempre o inesperado. Forte protecção interior limita-lhes a acção (melhor fluxo de jogo é por dentro!). Evitar entrada da bola em Jonas e Gaitán é fundamental!! Pizzi usa muito bem o passe longo para variar flanco ou para provocar movimentos nas costas por parte dos ML’s ou dos PL’s. Nos corredores destaque para a boa ligação entre os DL’s e os ML’s, sempre coordenados. Os primeiros em posse tem Pizzi + Samaris, Jonas e Gaitán bem como as ruturas dos avançados ou o ML mais adiantado no corredor. Atenção: Gaitán pode atacar profundidade nas costas do lateral, tal como Ola John – Pizzi!!). Na 3ª fase velocidade + profundidade são pontos-chave no processo de criação. Atenção á capacidade para jogar no espaço curto e em poucos toques (Jonas, Gaitán e Pizzi). Por dentro encurtam o bloco na largura por falta de apoio dos laterais (especialmente nos jogos fora). Os movimentos interiores de Jonas em posse, as tabelas curtas, os passes à profundidade de Jonas para os ML’s ou Lima. ML’s fortes em posse e nos movimentos interiores e exteriores tal como os laterais (grande ligação – quando um por fora, o outro por dentro – ‘campo grande’). Por fora, o 1x1 dos ML’s ou dos DL’s com o oponente directo e o cruzamento tal como a capacidade dos PL’s em fugirem no corredor e depois cruzarem (permutam com os ML’s). Na 4ª fase atenção à entrada dos ML’s na área (2º poste) e a forte ocupação da área pelos PL’s, ML e por Pizzi que muitas vezes ocupa zona frontal na entrada da área. As ruturas dos avançados nas costas e as finalizações potentes e bem colocadas no 1x1 ou as meias-distâncias de Pizzi, Jonas, Gaitán e Eliseu ORGANIZAÇÃO OFENSIVA
  9. 9. 1ª FASE Pressionados Sem serem pressionados
  10. 10. 2ª FASE Por dentro Por fora
  11. 11. 3ª FASE Por dentro Por fora
  12. 12. ORG. DEFENSIVA
  13. 13. Equipa organizada em 4x4x2/4x4x1x1. Bloco subido, ‘campo pequeno’ e sempre preocupação em fechar a zona da bola, linhas próximas e sem grande espaço intersectorial (só quando Pizzi sobe na 1ª fase). Basculam com facilidade e orientado. Jogo tem que ser rápido, intenso e com muita mobilidade (procurar zonas e Pizzi e explorar 1x1 com os laterais). Com Ola John é mais fácil 2x1 no corredor (recua mal). Procuram defender em linha apesar disso, Eliseu não está bem coordenado ainda assim os laterais vivem um pouco em função do EXT oposto (acompanham e procuram encurtar mal a bola vá entrar no pé!) – jogar com a defesa em linha subindo os EXT e atacando as costas (A. Almeida e Eliseu não tem grande destreza de ‘rins’). Em casa sobem mais o bloco e a pressão é mais intensa enquanto que fora procuram mais recuar e libertam algum espaço entre a 1ª e a 2ª linha (4x4x2) que só é anulado pelo recuo de um (ou dos 2 avançados). Recuam o bloco rápido quando necessário. Jogar longo só para obrigar os centrai a sairem ou para as costas dos DL’s. Na 1ª fase procuram encurtar o espaço ao portador retirando-lhe as linhas de passe. O bloco joga em função do adversário, ou seja, se o bloco estiver subidos, eles recuam, sendo que se os médios recuarem, os médios do Benfica também recuam. Linhas de passe próximas e ‘campo grande’ com várias unidades espalhadas procurando variar a organização e abrir espaço intersectorial e intrasectorial. Na 2ª fase, variação à profundidade nas costas do DL é aconselhável (revelam dificuldades). Encurtam bloco na largura e quando um dos MC’s salta para pressionar nas costas da 1ª linha isolando Samaris (forçar 2x1) e obrigar os ML’s a fecharem dentro libertando espaço fora (explorar…). Ainda por dentro, os médios são agressivos e os centrais procuram anular a aproximação do PL entre linhas). Por fora, DL em função do EXT, os PL’s recuam e a 1ª linha de 4 parte-se em 2 com os MC’s em cobertura e a defesa procura estar em linha. A linha média está curta e a basculação é fácil, ainda que a variação possa ser explorada!! Existe espaço intrasectorial na última linha (explorar…) o que permite espaço para penetrar pelos médios (com e sem bola). Na 3ª fase quando o EXT recebe fora e procura espaço interior atrai a atenção do DL e do MC libertando espaço para o over-lap do lateral sendo que colocam muitas unidades na zona da bola protegendo em cobertura os jogadores em contenção. Explorar 2º poste também e possibilidade de solicitar variação à largura, explorar posicionamento de Júlio César ou ainda explorar o espaço intrasectorial entre os centrais. Com o portador posicionado para cruzar, explorar a zona do 2º poste (costas do lateral), a entrada da área e a zona do 1º poste se formos bastante agressivos a atacar Luisão/Jardel ora pela frente ora pelas costas (lado cego). Por dentro o DC encurta o (nosso) PL pelas costas libertando o espaço nas suas costas para a diagonal (explorar!) – ora do MI ora do EXT. Quando encarámos de frente e pela frente a defesa encarnada: espaço à largura e intrasectorial do lado oposto para onde direccionamos o ataque. Na 4ª fase ter em atenção que Júlio César é ágil e de reflexos rápidos entre os postes. Forte na cobertura no 1x1, forte no posicionamento. Entre os postes é quase perfeito revelando apenas algumas debilidades no jogo fora dos postes por meio de cruzamentos. Usa bem o corpo para tapar e é um atleta bastante emocional (se falhar uma vez é provável que falhe +). ORGANIZAÇÃO DEFENSIVA
  14. 14. 1ª FASE
  15. 15. 2ª FASE Por dentro Por fora
  16. 16. 3ª FASE
  17. 17. Bolas Paradas Ofensivas
  18. 18. CANTOS Pizzi ou Gaitán na marcação. Colocam 6 elementos na área: Ola John, Lima, Jonas, Samaris, Luisão e Jardel. Atenção: Luisão e Jardel no coração da área, Samaris também, com Lima ao 1º e Jonas ao 2º. Ola John na área não é inocente e o holandês não revela argumentos para ser levado como um perigo no jogo aéreo – bloqueios!!!!!
  19. 19. LIVRES LATERAIS Pizzi ou Gaitán na marcação. Jardel, Luisão e Samaris são os mais agressivos na 1ª bola, com Lima e Jonas também perigosos. A marcação é bem colocada e não muito tensa. Atenção: BLOQUEIOS! Ola John horrível nos duelos mas na área, tal como Jardel e Luisão também Samaris pode bloquear para libertar acção dos seus outros companheiros.
  20. 20. LANÇAMENTOS LATERAIS Fortíssimos nestes lances! Lançamento ao 1º poste para desvio para o coração ou para finalização. Samaris + utilizado para desviar. Lima, Jardel e Luisão para finalização. Agressivos nos duelos: Lima, Luisão, Jardel e Samaris são muito perigosos. Lançamento de Maxi, Salvio ou Eliseu é alto e bem direccionado.
  21. 21. Livres directos (vs Belen. – 1ª volta) A marcação difere do local para local. Talisca ou Samaris ou Gaitán (+ perigoso). Colocam 2 jogadores a ‘rondar’ a barreira – A. Almeida ao lado e Jonas nas costas. Enzo e Salvio ao 2º poste com Gaitán a garantir opção ao lado da barreira. Atenção também aos livres de Nico Gaitán, muito mais colocados e perigosos, retira na potência, aposta na colocação! Fatais…
  22. 22. GRANDES PENALIDADES Lima sempre focado na baliza, não dá muitos passos nem é rápido a partir para a bola. Pontapé forte para o lado esquerdo , quase rasteiro pouco colocado. Jonas concentrado, calmo e focado na baliza. Não toma grande balanço e muito pouca velocidade. Marcação calma, rasteira para o seu lado direito e sem grande potência no remate. Luisão concentrado, sem grande velocidade e muito tranquilo. Marcação potente, puxada ao canto e a média altura. Pizzi calmo e focado, poucos passos mas sempre focado na baliza. Remate alto para a sua esquerda, sem grande potência. Talisca concentrado, parte rápido para a bola e marca para o seu lado esquerdo (forte mas não muito).
  23. 23. Bolas Paradas Defensivas
  24. 24. CANTOS Marcação à zona com grande ocupação do 1º poste libertando o 2º poste (apenas A. Alemida – fraco nos duelos!). Coração da área também deve ser explorado (marca de penalty dificil se Jardel e Luisão subirem para dividir). Gaitán + Pizzi travam canto curto. ATENÇÃO: Primeiro poste é proibido!
  25. 25. LIVRES LATERAIS Marcação à zona em linha. Pizzi (e/ou Gaitán na barreira). Explorar espaço entre 1º e 2º homens zonais bem como entre o penúltimo e o último (quadrados designam zona onde deve entrar a bola para explorar). Forte ocupação do espaço frontal mas algum espaço entre a linha e Ola John (não fecha bem o espaço – explorar com movimentos distintos e complementares).
  26. 26. LIVRES DIRETOS Colocam 4 elementos na barreira + 3 de cada lado. Júlio César bem posicionado. Na barreira: a colocação de Samaris altera um pouco o desnível da estatura. Forte cobertura dos dois lados, é necessária colocação e precisão na finalização (alertas na 2ª bola!!). Finalização tem que ser bem puxada aos cantos da baliza.
  27. 27. GRANDES PENALIDADES Júlio César sofreu os 3 penalties cobrados contra o SL Benfica. Procurou sempre antecipar-se, é rápido na queda e ocupa bem o espaço. Caiu para sua esquerda nos dois penalties referenciados sendo surpreendido pela marcação para o lado oposto.

×