DARLLESON DE OLIVEIRA PEREIRA      RESENHA CRÍTICA:O NOSSO PLANETA E A NATUREZA         Boa Vista- RR             2012
DARLLESON DE OLIVEIRA PEREIRA        RESENHA CRÍTICA:O NOSSO PLANETA E A NATUREZA                       Trabalho   científ...
Estima-se que o planeta Terra exista há aproximadamente 4,6 bilhões deanos e que as primeiras formas de vida tenham surgid...
ações humanas. Durante o período de 1730 e 1750, a energia elétrica e os primeirosprotótipos de máquina a vapor começam a ...
As grandes potências econômicas e suas corporações preocupam-sesomente com o sistema financeiro e o domínio de mercados co...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resenha Recursos Naturais e o Homem

1.752 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.752
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha Recursos Naturais e o Homem

  1. 1. DARLLESON DE OLIVEIRA PEREIRA RESENHA CRÍTICA:O NOSSO PLANETA E A NATUREZA Boa Vista- RR 2012
  2. 2. DARLLESON DE OLIVEIRA PEREIRA RESENHA CRÍTICA:O NOSSO PLANETA E A NATUREZA Trabalho científico realizado para a obtenção de nota complementar na disciplina Ciências do Ambiente referente ao 6º semestre do curso de Bacharelado em Engenharia de Produção da Faculdade Cathedral.Orientadora: Professora Luciane Poleto Boa Vista 2012
  3. 3. Estima-se que o planeta Terra exista há aproximadamente 4,6 bilhões deanos e que as primeiras formas de vida tenham surgido somente 1 bilhão de anosdepois, com a formação da biosfera. Os primeiros seres vivos surgiram e evoluíramao longo dos anos até o surgimento dos primeiros hominídeos, por volta de 1,7milhão de anos atrás. Os primeiros descendentes do homem viviam e agiam como animaiscomuns, alimentando-se dos recursos que a natureza disponibilizava e vivendo emlugares rústicos, permanecendo assim durante milhares de anos até o surgimentodo Homo sapiens, há cerca de 70 mil anos atrás. A partir do Homo sapiens, o serhumano passa a adquirir hábitos e costumes racionais, distinguindo-se de outrasespécies por sua capacidade de definição de situações e surgimento de ideias coma finalidade de aprimorar suas técnicas de sobrevivência. Por volta de 30 mil anos atrás, a raça humana tem o seu principaldescendente vivendo no planeta, o homem de Cro-Magnon, passando a viver emgrupos, escolher lugares que serviriam para moradia e o mais importante, começa aacumular conhecimento e pensar nas formas de repassá-lo a seus ascendentes,iniciando as primeiras formas de cultura no mundo. Daí então, o homem passa a exercer papel de transformador da natureza ecomeça a adaptá-la às suas necessidades, porém de forma manual e lenta, indogradativamente aprimorando seu desempenho nas atividades diárias, inovando cadavez mais o seu modo de vida, culminando no povoamento de todo o globo terrestre. Ao longo dos anos, o homem tem modificado o ecossistema natural da Terrae o adaptado às suas necessidades, mas houve um momento em que toda a cadeianatural fora quebrada e a transformação no meio passara a influenciar na formaçãodos recursos naturais do mundo. A criação de meios de transporte fez com que ohomem passasse a se locomover de forma mais ágil e constante, conhecendo novoslugares em tempo menor, estabelecendo contatos e iniciando experiênciascomerciais com outros povos. Tudo isso fez com que a raça humana naturalmentechegasse às grandes cidades medievais e, posteriormente, a eventos de maior portecomo as grandes navegações, o descobrimento de novos continentes e oestabelecimento do comércio entre as nações existentes na época. A época do descobrimento de novas terras causaria as primeiras formas dedegradação da natureza, com a extração em larga escala de espécies nativas deárvores para fins comerciais, a partir de então, o planeta tem sofrido o impacto das
  4. 4. ações humanas. Durante o período de 1730 e 1750, a energia elétrica e os primeirosprotótipos de máquina a vapor começam a surgir e estabelecem a tendência queresultaria na Revolução Industrial de 1789, na Inglaterra, onde as famílias inteirasabandonaram as propriedades dos senhores feudais e seguiram para as cidadesindustriais em busca de sustento e oportunidades. As cidades inglesas tiveram seus ecossistemas totalmente transformadosdesde esse tempo, rios e florestas foram degradados até o limite e a economiapassara a exercer papel fundamental no desenvolvimento da população, alastrandoessa perspectivas aos demais países e, consequentemente, ao mundo. A natureza,durante toda a existência da Terra e do homem, sempre teve papel fundamental nosustento das espécies, criando e formando os ecossistemas necessários aosustento e conservação dos seres nela existentes, mas já não conseguiaacompanhar o ritmo do homem. Com o decorrer do tempo, a indústria foi se desenvolvendo num ritmofreneticamente acelerado, tendo logo após a Segunda Guerra Mundial, atingindo umestágio maior de pesquisas e técnicas de aperfeiçoamento corporativo, as máquinaspassaram a exigir mais energia, a extração e o uso de combustíveis fósseis(petróleo e carvão), aliados à produção de carros e equipamentos, atingiramnúmeros inimagináveis de consumo de recursos naturais. Após a década de 80, o mundo começara a preocupar-se com os níveis depoluição na natureza e o consumo desenfreado das grandes reservas naturais, aspessoas passaram a rever seus comportamentos e a mobilizar as grandeslideranças mundiais para o problema que surgia a cada dia. A Eco 92, realizada pormais de 100 países, teve o objetivo de definir as diretrizes para o desenvolvimentosustentável do planeta e o financiamento de pesquisas científicas que viabilizassema preservação da natureza sem que fosse necessária a estagnação das economiasdos países. Porém, as coisas não ocorreram exatamente como o planejado e osníveis de emissão de CO2, desmatamentos, poluições de rios e mares enecessidade de insumos minerais continuaram a ameaçar o futuro da humanidade. A humanidade vive um momento preocupante quanto a sua permanência eexistência no planeta Terra. Pesquisas têm revelado que o ecossistema foi, ao longodos últimos cinquenta anos, degradado de modo inconsciente, causando efeitosirreversíveis ao sistema natural do mundo.
  5. 5. As grandes potências econômicas e suas corporações preocupam-sesomente com o sistema financeiro e o domínio de mercados consumidores,enquanto a preservação da natureza é discutida por ONGs e pessoas comuns. Osfilmes retratam a preocupação da comunidade científica com a manutenção dosrecursos naturais e a conservação destes às próximas gerações, assim como ascondições favoráveis à qualidade de vida e permanência da raça humana noplaneta. Enquanto a comunidade internacional procura melhores formas deconscientizar o mundo sobre a necessidade de economizar alimentos e reciclarutensílios de uso cotidiano, o capitalismo exige e induz o consumo irracional dascoisas, contradizendo a situação atual do planeta. Os grandes complexos industriaispoluem rios e oceanos, os vazamentos de petróleo matam milhares de espéciesaquáticas, a crescente quantidade de carros nas ruas agrava a questão do efeitoestufa, aumentando imperceptivelmente a temperatura do planeta e derretendo ascalotas polares, e isso tudo diante dos nossos olhos, sem que sejam tomadasmedidas efetivas para a resolução desses danos. Entretanto, as pessoas têm figura importante na diminuição de taisproblemas, uma a uma, devem adotar uma mentalidade mais responsável efavorável às questões mencionadas, cada ser humano é capaz de reduzir os efeitosda poluição e degradação ambiental, basta querer e persistir nos ideais, agindocomo influência aos jovens e crianças, mostrando comportamentos ambientalmentesustentáveis e favoráveis à preservação do meio ambiente. O grande desafio da humanidade atualmente é redefinir atitudes ecomportamentos que resultem num melhor uso dos recursos naturais, sem queestes sejam exauridos, para que o mundo continue habitável e agradável àspróximas populações e que o homem possa viver o maior tempo possível sem anecessidade de buscar outros planetas com condições de vida iguais às existentesna Terra.

×