www.aulaparticularonline.net.br - Português - Pontuação

373 visualizações

Publicada em

Português - VideoAulas Sobre Pontuação – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.aulaparticularonline.net.br

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

www.aulaparticularonline.net.br - Português - Pontuação

  1. 1. Temas abordados : Os sinais de pontuação; O emprego dos sinais de pontuação.
  2. 2. O que você sabe ou lembra sobre pontuação ?
  3. 3. Qual a finalidade dos sinais de pontuação ? Os sinais de pontuação são recursostípicos da língua escrita porque esta nãodispõe do ritmo e da melodia da língua falada.É, pois, a pontuação um meio derepresentar, na escrita, as pausas eentonações da fala. Serão estudados a seguiros sinais mais comuns, que dão à escritamaior clareza e simplicidade.
  4. 4. Quais são os sinais de pontuação mais comuns ? Ponto final (.) Ponto de interrogação (?) Ponto de exclamação (!) Vírgula (,) Ponto-e-vírgula (;) Dois-pontos (:) Reticências (...) Aspas (“) Parênteses ( ) Travessão (-)
  5. 5. Como utilizar o ponto final (.) ? O ponto final (.) representa a pausa máxima davoz. é usado ao final de frases declarativas (declaramalgo sobre alguém ou alguma coisa) e de frasesimperativas (expressam pedido, ordem ou conselho).Exemplo: Ela saiu ontem à noite. é usado também nas abreviações.Exemplos: Prof. (professor) Dr. (doutor)
  6. 6. Final de frases declarativas Nós estamos emPontuação Ponto e imperativas. casa. final abreviações O Dr. Carlos não veio.
  7. 7. Como utilizar o ponto de interrogação (?) ? É usado ao final de frases interrogativas(pergunta algo sobre alguém ou algumacoisa). Exemplo: Quem ficou em último lugar nojogo?
  8. 8. Final de frases declarativas Nós estamos em Ponto e imperativas. casa. final abreviações O Dr. Carlos não veio. Ponto de Final de frases Quem te interrogação interrogativas. contou isso ?Pontuação
  9. 9. Como utilizar o ponto de exclamação (!) ? É empregado para indicarespanto, alegria, surpresa, admiração edesprezo.Exemplos: Que situação! A vida é bela!
  10. 10. Final de frases declarativas Nós estamos em Ponto e imperativas. casa. final O Dr. Carlos não abreviações veio. Ponto de Final de frases Quem te interrogação interrogativas. contou isso ?Pontuação Ponto de espanto, alegria, surpresa, admiraç ão e desprezo. Que lindo ! exclamação
  11. 11. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre pontuação ?1- Pontue as frases abaixo com ponto final(.), de interrogação (?) ou de exclamação (!).a) A Sr Carla está sozinha em casab) Quem comeu o jantarc) Que maravilhad) Por que você não me ligou
  12. 12. Resolução do exercício1- Pontue as frases abaixo com ponto final(.), de interrogação (?) ou de exclamação (!).a) A Sr. Carla está sozinha em casa.(abreviação e final de frase declarativa)b) Quem comeu o jantar ? (pergunta)c) Que maravilha ! (surpresa, admiração)d) Por que você não me ligou ? (pergunta)
  13. 13. Como utilizar a vírgula (,) ? Marcando uma pequena pausa, é geralmenteusada: para separar marcadores de tempo, datas eendereços.Ex: Rio Branco, 26 de novembro de 2007. para separar aposto (termo queexplica, esclarece, desenvolve ou resume outrotermo da oração).Ex: Brasil, país do futebol, é um grande centro deformação de jogadores. posto a
  14. 14.  para separar orações adverbiais quandoantepostas a principal.Ex: Embora estivesse doente, foi trabalhar. depois do sim e do não, usados comorespostas, no início da frase.Ex: Você vai estudar ? - Sim, vou estudar.
  15. 15.  para isolar vocativo (é um termo usado parachamar ou interpelar a pessoa a quem o emissorse dirige).Ex: - E agora, meu marido, aceito ou não oemprego? vocativo para separar adjunto adverbial anteposto.Ex: Logo de manhã, as crianças saíram para opasseio. adjunto adverbial
  16. 16.  para separar palavras ou expressõesexplicativas ou retificativas como , “isto é”, “ouseja”, “por exemplo”, “a propósito”, “além disso”Ex: Preciso dar uma maquiada no texto, ouseja, subentender algumas idéias. para separar termos de uma mesma funçãosintática.Ex: Crianças, jovens e adultos participaram domanifesto contra a inflação.
  17. 17.  para indicar a omissão de um termo(geralmente de um verbo).Ex: Do lado, uma grande árvore. (havia) para separar termos deslocados de suaposição normal a frase.Ex: De doce, eu gosto. A carne, você trouxe ?
  18. 18.  para separar orações coordenadasassindéticas.Ex: Abriu a porta lentamente, sentiu osilêncio, foi até seu quarto, dormiu em paz. para separar orações coordenadassindéticas, com exceção das introduzidas pore, ou, nem.Ex: Falam muito, mas ouvem pouco.
  19. 19.  para separar orações intercaladas.Ex: O importante, insistiam todos, era que oplano desse certo. para separar orações adjetivas explicativas.Ex: O homem, que é um serinteligente, constrói sua própria vida.
  20. 20. Final de frases declarativas Nós estamos em Ponto e imperativas. casa. final O Dr. Carlos não abreviações veio. Ponto de Final de frases Quem te interrogação interrogativas. contou isso ?Pontuação Ponto de espanto, alegria, surpresa, admiraç ão e desprezo. Que lindo ! exclamação Vírgula Ver o mapa anexo
  21. 21. Brasil, país do futebol, é um grande centro separar aposto de formação de jogadores separar marcadores de tempo, Rio Branco, 26 de novembro de 2007. datas e endereços. separar orações adverbiais antepostas a Embora estivesse doente, foi trabalhar. principal. depois do sim e do não, nas respostas Você vai estudar ? - Sim, vou estudar. isolar vocativo - E agora, meu marido, aceito ou não o emprego? Logo de manhã, as crianças saíram separar adjunto adverbial anteposto para o passeio.Pontuação Vírgula separar palavras ou expressões Preciso dar uma maquiada no texto, explicativas ou seja, subentender algumas idéias.(mapa anexo) separar termos de uma mesma Crianças, jovens e adultos participaram do manifesto contra a inflação. função sintática. indicar a omissão de um termo Do lado, uma grande árvore. (havia) separar termos deslocados De doce, eu gosto. separar orações Abriu a porta lentamente, sentiu o coordenadas assindéticas. silêncio, foi até seu quarto, dormiu em paz. separar orações coordenadas sindéticas Falam muito, mas ouvem pouco. O importante, insistiam todos, era que o separar orações intercaladas. plano desse certo. separar orações adjetivas O homem, que é um ser inteligente, constrói explicativas. sua própria vida.
  22. 22. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre vírgula (,) ?1- Justifique o uso da vírgula (,) nas frases abaixo:a)De uma janela enxergava-se o mar; daoutra, imensas planícies verdes.b) Portugueses, brasileiros e italianos estavam nafesta.c) O mercúrio, metal líquido, possui muitasutilidades.d) Rapazes, vamos ao trabalho !
  23. 23. Resolução do exercício1- Justifique o uso da vírgula (,) nas frases abaixo:a)De uma janela enxergava-se o mar; daoutra, imensas planícies verdes. Omissão do verboenxergar.b)Portugueses, brasileiros e italianos estavam nafesta. Separar termos da mesma função sintática.c) O mercúrio, metal líquido, possui muitasutilidades. Separar o aposto.d) Rapazes, vamos ao trabalho ! Separar ovocativo
  24. 24. Como utilizar o ponto-e-vírgula (;)? Fazendo uma marcação intermediáriamenos forte que o ponto e mais forte que avírgula, é usado: para separar orações de uma fraselonga, onde já existe a vírgula. O ponto-e-vírgula indica uma pausa maior que a vírgula.Ex: De um lado, estava eu; do outro você esua mãe.
  25. 25.  para separar orações coordenadas adversativasquando a conjunção aparecer no meio da oração.Ex: Esperava obter todas as informações sobre ocaso; obtive, porém, apenas algumas. para separar itens de uma enumeração.Ex: A Matemática divide-se em: - geometria; - álgebra; - trigonometria.
  26. 26. Final de frases declarativas Nós estamos em Ponto e imperativas. casa. final O Dr. Carlos não abreviações veio. Ponto de Final de frases Quem te interrogação interrogativas. contou isso ?Pontuação Ponto de espanto, alegria, surpresa, admiraç ão e desprezo. Que lindo ! exclamação Vírgula Ver o mapa anexo frase longa, onde já De um lado, estava eu; Ponto-e- do outro você e sua mãe existe a vírgula. vírgula Esperava obter todas orações adversativas com a as informações; obtive, conjunção no meio da oração porém, algumas. A Matemática divide-se em: enumeração - geometria; - álgebra.
  27. 27. Vamos descobrir o que vocêaprendeu sobre ponto-e-vírgula (;) ? 1) Empregue o ponto-evírgula onde convier. a)“ A mortefaz insensível a quem mata o amor, insensível a quem ama.” (Pe. Antônio Vieira) b)Poucos falam e muitos ouvem poucos ordenam e muitos obedecem poucos têm o poder, mas muitos detêm a força.
  28. 28. Resolução do exercício1) Empregue o ponto-evírgula onde convier.a)“ A morte faz insensível a quem mata; oamor, insensível a quem ama.” (Pe. AntônioVieira)b)Poucos falam e muitos ouvem; poucosordenam e muitos obedecem; poucos têm opoder, mas muitos detêm a força.
  29. 29. Como utilizar os dois-pontos (:) ? Marcando uma sensível suspensão da voznuma frase não concluída, são usados para: anuncia a fala de personagens.Ex: E a filha perguntou: - Aonde vai, mãe. anuncia uma enumeração.Ex: Amigos são poucos: Paulo, Renato e José.
  30. 30.  anuncia uma citação.Ex: Lembrando um verso de ManuelBandeira: “ A vida inteira que podia ter sido eque não foi.” Anuncia um esclarecimento ou explicação.Ex: Não se trata de um homem inteligente: é, apenas, muito esperto.
  31. 31. Final de frases declarativas Ponto final e imperativas. Nós estamos em casa. abreviações O Dr. Carlos não veio. Ponto de interrogação Final de frases interrogativas. Quem te contou isso ? Ponto de espanto, alegria, surpresa, admiração e Que lindo ! exclamação desprezo. Vírgula Ver o mapa anexo De um lado, estava eu; frase longa, onde já tem a vírgula. do outro você e sua mãe. Ponto-e-vírgula Esperava obter todas orações adversativas com a conjunção as informações; obtive, porém, algumas. no meio da oração A Matemática divide-se em:Pontuação enumeração - geometria; - álgebra. citação Lembrando um verso de Manuel Bandeira: Dois-pontos “ A vida inteira que podia ter sido e que não foi.” fala de personagem E a filha perguntou: - Aonde vai, mãe. enumeração Amigos são poucos: Paulo, Renato e José. explicação Não se trata de um homem inteligente: é, apenas, muito esperto.
  32. 32. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre dois-pontos (:) ?1) Qual das frases abaixo está pontuada corretamente?a) Amigos são poucos Paulo, Renato e Carlos.b) Amigos são poucos: Paulo, Renato e Carlos.c) Amigos são poucos; Paulo, Renato e Carlos.d) Amigos são poucos “Paulo, Renato e Carlos.”
  33. 33. Resolução do exercício1) Qual das frases abaixo está pontuadacorretamente?a) Amigos são poucos Paulo, Renato e Carlos.b) Amigos são poucos: Paulo, Renato e Carlos.c) Amigos são poucos; Paulo, Renato e Carlos.d) Amigos são poucos “Paulo, Renato e Carlos.”
  34. 34. 2- Os dois-pontos (:) são usados:a) para anunciar uma citação, umaenumeração, a fala de personagens eesclarecimentos ou explicações.b) para indicar uma pausa no pensamento.c) nas citações, palavras estrangeiras e gírias.d) para separar um comentário ou explicação.
  35. 35. Resolução do exercício2- Os dois-pontos (:) são usados:a) para anunciar uma citação, umaenumeração, a fala de personagens eesclarecimentos ou explicações.b) para indicar uma pausa no pensamento.c) nas citações, palavras estrangeiras e gírias.d) para separar um comentário ou explicação.
  36. 36. Como utilizar as reticências (...) ? Marcando uma suspensão dafrase, devido, muitas vezes, a elementos denatureza emocional, são usadas: para indicar uma interrupção dopensamento.Ex: Estudei tanto que...
  37. 37.  para indicar continuação de uma ação oufato.Ex: O balão foi subindo... para representar, na escrita, hesitaçõescomuns na língua falada.Ex: Não quero sair ... porque...porque estoucansado.
  38. 38. Final de frases declarativas Ponto final e imperativas. Nós estamos em casa. abreviações O Dr. Carlos não veio. Ponto de interrogação Final de frases interrogativas. Quem te contou isso ? Ponto de espanto, alegria, surpresa, admiração e Que lindo ! exclamação desprezo. Vírgula Ver o mapa anexo De um lado, estava eu; frase longa, onde já tem a vírgula. do outro você e sua mãe. Ponto-e-vírgula Esperava obter todas orações adversativas com a conjunção as informações; obtive, porém, algumas. no meio da oração A Matemática divide-se em:Pontuação enumeração - geometria; - álgebra. citação Lembrando um verso de Manuel Bandeira: Dois-pontos “ A vida inteira que podia ter sido e que não foi.” fala de personagem E a filha perguntou: - Aonde vai, mãe. enumeração Amigos são poucos: Paulo, Renato e José. explicação Não se trata de um homem inteligente: é, apenas, muito esperto. Reticências Interrupção do pensamento Estudei tanto que... representar na escrita as hesitações Não quero sair ... porque estou cansado. continuação de uma ação ou fato. O balão foi subindo...
  39. 39. Como utilizar as aspas (“) ? é usada nas citações.Ex: Como Carlos Drummond: “Perdi o bonde e aesperança.” destacar palavras que representemestrangeirismo e gírias.Ex: Assistimos ao “show”. A festa na casa de Lúcio estava “chocante.”
  40. 40.  Na representação de nomes de livros.Ex: Camões escreveu “Os Lusíadas” noséculo XVI.
  41. 41. Final de frases declarativas Ponto final e imperativas. Nós estamos em casa. abreviações O Dr. Carlos não veio. Ponto de interrogação Final de frases interrogativas. Quem te contou isso ? Ponto de espanto, alegria, surpresa, admiração e Que lindo ! exclamação desprezo. Vírgula Ver o mapa anexo De um lado, estava eu; frase longa, onde já tem a vírgula. do outro você e sua mãe. Ponto-e-vírgula Esperava obter todas orações adversativas com a conjunção as informações; obtive, porém, algumas. no meio da oração A Matemática divide-se em:Pontuação enumeração - geometria; - álgebra. citação Lembrando um verso de Manuel Bandeira: Dois-pontos “ A vida inteira que podia ter sido e que não foi.” fala de personagem E a filha perguntou: - Aonde vai, mãe. enumeração Amigos são poucos: Paulo, Renato e José. explicação Não se trata de um homem inteligente: é, apenas, muito esperto. Reticências Interrupção do pensamento Estudei tanto que... representar na escrita as hesitações Não quero sair ... porque estou cansado. continuação de uma ação ou fato. O balão foi subindo... citação Como Carlos Drummond: “Perdi o bonde e a esperança.” Aspas estrangeirismo e gírias Assistimos ao “show”. nomes de livros Camões escreveu “Os Lusíadas” no século XVI.
  42. 42. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre aspas (“) ?1 -Qual das frases abaixo está pontuada corretamente?a) Como já dizia “Vinícius de Morais”: Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure.b) Como já dizia Vinícius de Morais; “Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure.”c) Como já dizia Vinícius de Morais: Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure.d) Como já dizia Vinícius de Morais: “Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure.”
  43. 43. Resolução do exercício1 -Qual das frases abaixo está pontuada corretamente?a) Como já dizia “Vinícius de Morais”: Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure.b) Como já dizia Vinícius de Morais; “Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure”.c) Como já dizia Vinícius de Morais: Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure.d) Como já dizia Vinícius de Morais: “Que o amor não sejaeterno posto que é chama, mas que seja infinito enquantodure”.
  44. 44. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre aspas (“) ?2 - As aspas (“) são usadas:a) para apresentar uma citação e enumeração.b) para anunciar a fala de um personagem.c) nas citações, palavras estrangeiras, gírias e nomes de livros.d) para separar um comentário ou explicação.
  45. 45. Resolução do exercício2 - As aspas (“) são usadas:a) para apresentar uma citação e enumeração.b) para anunciar a fala de um personagem.c) nas citações, palavras estrangeiras, gírias e nomes de livros.d) para separar um comentário ou explicação.
  46. 46. Como utilizar os parênteses ( ) ? Com a função de intercalar no textoqualquer indicação acessória, sãogeralmente, usados: para separar uma explicação, umcomentário.Ex: Lucas (primo de João) repetiu de ano naescola.
  47. 47.  para separar indicações bibliográficas.Ex: “O texto será incoerente se seu produtor nãosouber adequá-lo à situação, levando em containtençãocomunicativa, objetivos, destinatário, regrassocioculturais, outros elementos da situação, usodos recursos lingüísticos, etc. Casocontrário, será coerente”. (Ingedore G. VilhaçaKoch e Luiz Carlos Travaglia. A coerência textual.São Paulo: Contexto, 1993. p. 50.)
  48. 48. Ponto final Final de frases declarativas e imperativas. Nós estamos em casa. abreviações O Dr. Carlos não veio. Ponto de interrogação Final de frases interrogativas. Quem te contou isso ? Ponto de exclamação espanto, alegria, surpresa, admiração e desprezo. Que lindo ! Vírgula Ver o mapa anexo Esperava obter todas as informações; frase longa, onde já tem a vírgula. obtive, porém, algumas. Ponto-e-vírgula De um lado, estava eu; or adversativas com a conjunção no meio da oração do outro você e sua mãe. enumeração A Matemática divide-se em: - geometria; - álgebra. fala de personagem E a filha perguntou: Dois-pontos - Aonde vai, mãe. citação Lembrando um verso de Manuel Bandeira:Pontuação “ A vida inteira que podia ter sido e que não foi.” enumeração Amigos são poucos: Paulo, Renato e José. explicação Não se trata de um homem inteligente: é, apenas, esperto. Interrupção do pensamento Estudei tanto que... Reticências Não quero sair ... Porque estou representar na escrita as hesitações cansado. continuação de uma ação ou fato. O balão foi subindo... Como Carlos Drummond: “Perdi o bonde e a esperança.” Aspas estrangeirismo e gírias Assistimos ao “show”. nomes de livros Camões escreveu “Os Lusíadas” no século XVI. Parênteses Comentários, explicações e indicações bibliográficas Lucas (primo de João) repetiu de ano na escola.
  49. 49. Como utilizar o travessão (-) ? é empregado para marcar o início da fala deuma personagem e também para indicar amudança de fala das personagens.Ex: E a professora disse: - Olha para frente, Marina. para pôr em evidência alguma palavra ouexpressão em um texto ou em substituição àvírgula.Ex: Vimos um homem – um mendigo, decerto –sentado na calçada.
  50. 50. Ponto final Final de frases declarativas e imperativas. Nós estamos em casa. abreviações O Dr. Carlos não veio. Ponto de interrogação Final de frases interrogativas. Quem te contou isso ? Ponto de exclamação espanto, alegria, surpresa, admiração e desprezo. Que lindo ! Vírgula Ver o mapa anexo Esperava obter todas as informações; frase longa, onde já tem a vírgula. obtive, porém, algumas. Ponto-e-vírgula De um lado, estava eu; or adversativas com a conjunção no meio da oração do outro você e sua mãe. enumeração A Matemática divide-se em: - geometria; - álgebra. fala de personagem E a filha perguntou: Dois-pontos - Aonde vai, mãe. citação Lembrando um verso de Manuel Bandeira:Pontuação “ A vida inteira que podia ter sido e que não foi.” enumeração Amigos são poucos: Paulo, Renato e José. explicação Não se trata de um homem inteligente: é, apenas, esperto. Interrupção do pensamento Estudei tanto que... Reticências Não quero sair ... Porque estou representar na escrita as hesitações cansado. continuação de uma ação ou fato. O balão foi subindo... Como Carlos Drummond: “Perdi o bonde e a esperança.” Aspas estrangeirismo e gírias Assistimos ao “show”. nomes de livros Camões escreveu “Os Lusíadas” no século XVI. Parênteses Comentários, explicações e indicações bibliográficas Lucas (primo de João) repetiu de ano na escola. E a filha perguntou: fala de personagem - Aonde vai, mãe. Travessão Vimos um homem – um mendigo, decerto – evidenciar palavra ou expressão sentado na calçada.
  51. 51. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre pontuação ?1- Pontue corretamente as frases abaixo:a) Estava acordando quandob) Que maravilhac) Eu já li o livro O Menino Maluquinho deZiraldod) Como já diz a música o poeta não morreue) O mouse do meu computador quebrou
  52. 52. f) A menina perguntou Que é que tem aí dentro, mãeg) Recife 28 de junho de 2005h) Paulo que é um dos melhores amigos deMarcos sofreu um acidentei) O computador tem a seguinte configuração - memória RAM 256 MB - HD 40 GB - fax-modem
  53. 53. Resolução do exercício1- Pontue corretamente as frases abaixo:a) Estava acordando quando...b) Que maravilha !c) Eu já li o livro “O Menino Maluquinho”.d) Como já diz a música: “O poeta não morreu.”e) O “mouse” do meu computador quebrou.
  54. 54. f) A menina perguntou: - Que é que tem aí dentro, mãe ?g) Recife, 28 de junho de 2005,h) Paulo, que é um dos melhores amigos deMarcos, sofreu um acidente.i) O computador tem a seguinte configuração : - memória RAM 256 MB; - HD 40 GB; - fax-modem .
  55. 55. BibliografiaPASCHOALIN, Maria Aparecida;SPADOTO, Neuza. Gramática. Teoriae exercícios . São Paulo: FTD, 1996.CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley.Gramática do portuguêscontemporâneo. Nova Fronteira, 2001.

×