Santana<br />Laura Camacho Nº 11<br />  Leonardo Garanito Nº12<br />Mónica Barros Nº17<br />
Tópicos a abordar<br />Capa<br />A Casinha de Santana<br />Santana Antigamente<br />Vídeo das casas típicas de Santana<br ...
Introdução<br />Este trabalho permitiu-nos saber mais sobre Santana, e as suas lendas.<br />Pesquisámos sobre as casinhas ...
A Casinha de Santana<br />A menina de Santana penteava os seus cabelos doirados repartiu seu cabelo de um lado para o outr...
A Casinha de Santana<br />A casinha de Santana ‘minha menina’ como o vendedor dizia, sentia-se tão feliz ao ver tanta gent...
A Casinha de Santana<br />A pobre casinha fechou as suas janelas escondendo as suas lágrimas que corriam pela parede, quan...
A Casinha de Santana<br />Abriu os seus quadradinhos e viu o seu antigo a contar notas, enquanto  um senhor trabalhava ido...
Casas Típicas de Santana<br />Para além das casas de palha com as paredes de pedra, em Santana também foram construídas ca...
Laurissilva<br />A designação de Laurissilva da Madeira tem 3 tipos de nomes: a Laurissilva do Barbusano, a Laurissilva do...
Laurissilva<br />
Laurissilva <br />Uma pequena área das florestas de  Laurissilva do Barbusano e do Vinhático também  estão incluídas na ár...
Lenda de São Jorge<br />
Lenda De São Jorge<br />Nas terras orientais, nos tempos ancestrais,  vivia  num enorme lago e um Dragão,  quando estava e...
Lenda De São Jorge<br />Certo dia, montado num cavalo branco,  um jovem de nome Jorge, precisamente no momento em que o Dr...
Bibliografia<br />http://www.madeiranature.com/index/cms/page/-/page/nature_flora/articleId/278/articleTitle/floresta-laur...
Santana.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Santana.

495 visualizações

Publicada em

lolo

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
495
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Santana.

  1. 1. Santana<br />Laura Camacho Nº 11<br /> Leonardo Garanito Nº12<br />Mónica Barros Nº17<br />
  2. 2. Tópicos a abordar<br />Capa<br />A Casinha de Santana<br />Santana Antigamente<br />Vídeo das casas típicas de Santana<br />Laurissilva<br />Lenda de São Jorge<br />Bibliografia <br />
  3. 3. Introdução<br />Este trabalho permitiu-nos saber mais sobre Santana, e as suas lendas.<br />Pesquisámos sobre as casinhas de Santana porque quisemos dar a conhecer mais sobre elas.<br />Gostámos de fazer este trabalho, mas tivemos alguma dificuldade a concretizá-lo.<br />
  4. 4. A Casinha de Santana<br />A menina de Santana penteava os seus cabelos doirados repartiu seu cabelo de um lado para o outro.<br />Abriu seus dois olhos quadrados e pequenos e sua boca escancarou-se num lindo sorriso.<br />A manhã estava bela e ela sentiu-se jovem e bonita, toda pintada de cores frescas, flores a volta com um sol quentinho.<br />Já começavam a aparecer as pessoas, mais tarde apareceram os clientes, a musica, as conversas e os sorrisos..<br />
  5. 5. A Casinha de Santana<br />A casinha de Santana ‘minha menina’ como o vendedor dizia, sentia-se tão feliz ao ver tanta gente à volta, a comer, beber, rir com tanta alegria.<br />Mas os dias não eram internos, os proprietários nem sempre eram gratos, mesmo quando a elogiavam. A pobre casinha de Santana agora despenteada.<br />Certo dia, uma carrinha cheia de excursionistas estavam na estrada a conversar.<br />
  6. 6. A Casinha de Santana<br />A pobre casinha fechou as suas janelas escondendo as suas lágrimas que corriam pela parede, quando os excursionistas foram embora, a casinha suspirou profundamente.<br />Era quase noite quando lhe acordaram com umas vozes agudas e marteladas no seu corpo frágil.<br />
  7. 7. A Casinha de Santana<br />Abriu os seus quadradinhos e viu o seu antigo a contar notas, enquanto um senhor trabalhava idoso com a volta de pequenos ajudantes.<br />Ao abrir seus olhos todo parecia um sonho estava num quintal lindo, rodeado de flores muita relva todo bem cuidado.<br />Seu antigo dono olhava para ela com orgulho e muito alegre, tinha um cheiro fresco e muito feliz..<br />
  8. 8. Casas Típicas de Santana<br />Para além das casas de palha com as paredes de pedra, em Santana também foram construídas casas de palha com paredes de madeira. As casas de palha com paredes de madeira, em certas ocasiões poderiam ser transportáveis, para mudar de sítio ou apenas para nivelar.<br />Tanto nas casas de fio como nas de meio fio encontram-se a porta e duas janelas pequenas com os tapados normalmente verdes ou azuis.<br />
  9. 9.
  10. 10. Laurissilva<br />A designação de Laurissilva da Madeira tem 3 tipos de nomes: a Laurissilva do Barbusano, a Laurissilva do Til e a Laurissilva do Vinhático. Dada a sua riqueza, a Laurissilva do Til está incluída na área de Laurissilva da Madeira na Lista do Património Natural Mundial da UNESCO e classificada como Reserva Biogenética do Conselho da Europa. <br />
  11. 11. Laurissilva<br />
  12. 12. Laurissilva <br />Uma pequena área das florestas de Laurissilva do Barbusano e do Vinhático também estão incluídas na área de Património Mundial.<br />
  13. 13. Lenda de São Jorge<br />
  14. 14. Lenda De São Jorge<br />Nas terras orientais, nos tempos ancestrais, vivia num enorme lago e um Dragão, quando estava esfomeado emitia urros que punham a população cheia de medo. Um animal feio, de aspecto terrível, conhecido como Bicha-Fera.<br />Sempre que ficava com fome saía do lago devorando tudo. Os homens procuravam atacá-lo, recorrendo às forças militares, ele escondia-se nas profundezas do lago deixando o mínimo rasto. <br />Num susto e desespero, os moradores procuravam saciar um apetite do animal dando-lhe cabras, ovelhas e outros animais. <br />Na falta destes, uma rapariga foi sorteada e atirada ao enorme bicho para apaziguar e evitar calamidades.<br />
  15. 15. Lenda De São Jorge<br />Certo dia, montado num cavalo branco, um jovem de nome Jorge, precisamente no momento em que o Dragão infligia as suas investidas na cidade. O povo indefeso, encheu-se de compaixão e, impelido pela sua ardente fé cristã, fez o sinal da cruz e lançou-se, de lança em punho, contra o Dragão, ferindo-o mortalmente.<br />Semelhante façanha, o jovem foi condecorado ficou herói por toda a cidade, abalando o coração do rei idólatra e comovendo toda a corte. E, assim, também se converteu o séquito real.  <br />
  16. 16. Bibliografia<br />http://www.madeiranature.com/index/cms/page/-/page/nature_flora/articleId/278/articleTitle/floresta-laurissilva/lang/pt<br />http://jfsantana.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=26&Itemid=34<br />http://www.flickr.com/photos/selenis/2191118838/<br />http://www.cm-santana.com/cmsantana/index.php?option=com_content&task=view&id=67<br />http://www.youtube.com/watch?v=4mXS_Md6xfI<br />

×