Tipos e estrutura de
  variáveis utilizadas em
epidemiologia e informática




          Baixe gratuitamente materiais sob...
Definição de Variável

São os atributos e eventos clínicos dos
pacientes que variam e podem ser medidas

   • Existem dois...
Tipos de Variáveis

                         Variável

                                                             Quanti...
Tipos de Dados
Nominal:
     • Ocorrem em categorias sem qualquer ordem inerente.
           • Observação: dados nominais ...
Variável Qualitativa



Apresentam como possíveis valores qualidades
(ou atributos) dos indivíduos pesquisados e
podem ser...
Variável Qualitativa

Ordinal (categórica ordenada):
  Quando a ordem dos valores interfere na interpretação.
  São variáv...
Variável Qualitativa

Nominal (Categórica Não-Ordenada):
Quando a ordem dos valores não interfere na
interpretação. Podem ...
Variável Quantitativa


Dados intervalares

Informações relativas a uma população expressas

em quantidades numéricas e po...
Variável Quantitativa


Contínua: Podem assumir qualquer valor em um
continuum, sendo relatados daquela forma ou não.
Quan...
Variável Quantitativa


Discreta: Podem assumir somente valores
específicos e são expressos como contagem.


Número de ges...
Tipos de variáveis no epiinfo

Texto: alfanumérica (Entrada de letras e números)
      Ex.:   Placa de carros             ...
Estrutura das variáveis

Variáveis qualitativas (nominais/ordinais) podem ser:
   Escolha múltipla: quando cada resposta s...
Relação entre a variável e tipo de teste aplicado


              RESUMO

               Categórica                       ...
Relação entre a variável e tipo de teste aplicado


                                    Média,            Teste de        ...
Relação entre a variável e tipo de teste aplicado


                                    Média,            Teste de        ...
Relação entre a variável e tipo de teste aplicado



                                    Média,            Teste de       ...
Relação entre a variável e tipo de teste aplicado


                                    Média,            Teste de        ...
Relação entre a variável e tipo de teste aplicado


                                    Média,            Teste de        ...
Relação entre a variável e tipo de teste aplicado


                                    Média,            Teste de        ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tipos e estrutura das variáveis utilizadas em epidemiologia e informática

35.483 visualizações

Publicada em

Esta apresentação foi elaborada pelos Treinandos e Egressos do EPISUS/MS

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
35.483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
690
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
348
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos e estrutura das variáveis utilizadas em epidemiologia e informática

  1. 1. Tipos e estrutura de variáveis utilizadas em epidemiologia e informática Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  2. 2. Definição de Variável São os atributos e eventos clínicos dos pacientes que variam e podem ser medidas • Existem dois tipos principais de variáveis: • A variável de causa (preditora) = variável independente • A variável de efeito = variável dependente Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  3. 3. Tipos de Variáveis Variável Quantitativa Qualitativa Nominal Ordinal Intervalar (Categórica) (Categórica) As aferições dos fenômenos clínicos produzem três tipos de dados Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  4. 4. Tipos de Dados Nominal: • Ocorrem em categorias sem qualquer ordem inerente. • Observação: dados nominais com apenas duas categorias são denominados Dicotômicos. • Exemplo: tipo sanguíneo (ABO), Sexo, etc. Ordinal: • Possuem uma certa ordem inerente, ou hierarquia, como de pequeno a grande, bom a mau, etc. • Exemplo: Grau do edema de MMII (1+ - 4+). Intervalar: • Possui ordem inerente e o intervalo entre os valores sucessivos é igual, independente de onde estejam na escala. • Exemplo: peso, exames bioquímicos, etc. Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  5. 5. Variável Qualitativa Apresentam como possíveis valores qualidades (ou atributos) dos indivíduos pesquisados e podem ser expressas de duas formas: Ordinal (categórica Ordenada) Nominal (categórica não-ordenada) Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  6. 6. Variável Qualitativa Ordinal (categórica ordenada): Quando a ordem dos valores interfere na interpretação. São variáveis discretas Exemplos: Grau de instrução (fundamental, médio, superior) Ordem de chegada (primeiro, segundo, etc.) Edema de membro inferior (1+ a 4+) Mal formação congênita por uso de drogas durante a gestação (vai de não há risco até contra-indicado) Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  7. 7. Variável Qualitativa Nominal (Categórica Não-Ordenada): Quando a ordem dos valores não interfere na interpretação. Podem ser discretas ou dicotômicas. Alimentos consumidos (arroz, feijão...) Raça/cor (Negro, Branco, Índio...) Dicotômicas: Sexo (Masculino, Feminino) Doente (Sim/Não) Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  8. 8. Variável Quantitativa Dados intervalares Informações relativas a uma população expressas em quantidades numéricas e podem ser expressas de duas formas: • Discreta • Contínua Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  9. 9. Variável Quantitativa Contínua: Podem assumir qualquer valor em um continuum, sendo relatados daquela forma ou não. Quando originam intervalos expresso por escalas Pressão arterial (mmHg) Bilirrubina total (mg/dL) Hematimetria (celulas/mm3) Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  10. 10. Variável Quantitativa Discreta: Podem assumir somente valores específicos e são expressos como contagem. Número de gestações Número de nascidos vivos Numero de episódios de enxaqueca Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  11. 11. Tipos de variáveis no epiinfo Texto: alfanumérica (Entrada de letras e números) Ex.: Placa de carros JGF 3034 Dicotômica: Ex.: Doente Sim ou Não Número: Numérica (Entrada apenas números) Ex.: Idade 31 Dicotômica: Ex.: Doente 1 ou 2 Data: Data (formato europeu ou americano) Ex.: Europeu dd/mm/yyyy Americano mm/dd/yyyy Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  12. 12. Estrutura das variáveis Variáveis qualitativas (nominais/ordinais) podem ser: Escolha múltipla: quando cada resposta será considerada uma variável Ex.: Sintomas Febre, Cefaléia, etc Mutuamente excludente: quando cada resposta escolhida exclui as outras opções automaticamente Ex.: Qual a ocupação da pessoa entrevistada 1. Professor 2. Estudante 3. Funcionário público Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  13. 13. Relação entre a variável e tipo de teste aplicado RESUMO Categórica Contínua Teste t de Categórica Chi-quadrado Student Regressão Teste t de Contínua linear ou student correlação Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  14. 14. Relação entre a variável e tipo de teste aplicado Média, Teste de Teste t Nome da Tipo de Correlação mediana Qui- de variável variável e moda quadrado Student Sexo SIM Dicotômica NÃO NÃO NÃO Nº de Categórica NÃO NÃO NÃO NÃO Identificação não ordenada Idade SIM SIM SIM Contínua NÃO Categórica Pressão ordenada/ sanguínea (leve, SIM NÃO NÃO Possível moderada, alta) discreta Altura SIM SIM SIM Contínua NAO Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  15. 15. Relação entre a variável e tipo de teste aplicado Média, Teste de Teste t Nome da Tipo de Correlação mediana Qui- de variável variável e moda quadrado Student Sexo SIM Dicotômica NÃO NÃO NÃO Nº de Categórica NÃO NÃO NÃO NÃO Identificação não ordenada Idade SIM SIM SIM Contínua NÃO Categórica Pressão ordenada/ sanguínea (leve, SIM NÃO NÃO Possível moderada, alta) discreta Altura SIM SIM SIM Contínua NAO Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  16. 16. Relação entre a variável e tipo de teste aplicado Média, Teste de Teste t Nome da Tipo de Correlação mediana Qui- de variável variável e moda quadrado Student Sexo SIM Dicotômica NÃO NÃO NÃO Nº de Categórica NÃO NÃO NÃO NÃO Identificação não ordenada Idade SIM SIM SIM Contínua NÃO Categórica Pressão ordenada/ sanguínea (leve, SIM NÃO NÃO Possível moderada, alta) discreta Altura SIM SIM SIM Contínua NAO Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  17. 17. Relação entre a variável e tipo de teste aplicado Média, Teste de Teste t Nome da Tipo de Correlação mediana Qui- de variável variável e moda quadrado Student Sexo SIM Dicotômica NÃO NÃO NÃO Nº de Categórica NÃO NÃO NÃO NÃO Identificação não ordenada Idade SIM SIM SIM Contínua NÃO Categórica Pressão ordenada/ sanguínea (leve, SIM NÃO NÃO Possível moderada, alta) discreta Altura SIM SIM SIM Contínua NAO Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  18. 18. Relação entre a variável e tipo de teste aplicado Média, Teste de Teste t Nome da Tipo de Correlação mediana Qui- de variável variável e moda quadrado Student Sexo SIM Dicotômica NÃO NÃO NÃO Nº de Categórica NÃO NÃO NÃO NÃO Identificação não ordenada Idade SIM SIM SIM Contínua NÃO Categórica Pressão ordenada/ sanguínea (leve, SIM NÃO NÃO Possível moderada, alta) discreta Altura SIM SIM SIM Contínua NAO Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  19. 19. Relação entre a variável e tipo de teste aplicado Média, Teste de Teste t Nome da Tipo de Correlação mediana Qui- de variável variável e moda quadrado Student Sexo SIM Dicotômica NÃO NÃO NÃO Nº de Categórica NÃO NÃO NÃO NÃO Identificação não ordenada Idade SIM SIM SIM Contínua NÃO Categórica Pressão ordenada/ sanguínea (leve, SIM NÃO NÃO Possível moderada, alta) discreta Altura SIM SIM SIM Contínua NAO Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com

×