Síndrome, Febre, Icterícia e Hemorragia

20.222 visualizações

Publicada em

Esta apresentação é apenas para apoiar os quadro diferencial de doenças.

1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.222
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
175
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
224
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Síndrome, Febre, Icterícia e Hemorragia

  1. 1. Síndrome Febre Icterícia Hemorragia Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  2. 2. Síndrome [Do gr. syndromé, ‘reunião’, ‘concurso’.] Med. Estado mórbido caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas, e que pode ser produzido por mais de uma causa. Ex.: síndrome de obstrução intestinal, síndrome de insuficiência respiratória. Novo Dicionário Eletrônico Aurélio versão 5.0 Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  3. 3. Sinais e Sintomas Sinais Manifestações objetivas, reconhecíveis por intermédio da inspeção, palpação, percussão, ausculta ou meios subsidiários Ex.: edema, cianose, tosse, hematúria, etc. Sintomas Sensações subjetivas anormais sentidas pelo paciente e não visualizadas pelo profissional. Ex.: dor, má digestão, náuseas, etc. Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  4. 4. Febre Sensação de aumento da temperatura corporal acompanhado ou não de outros sintomas (cefaléia, calafrios, sede, etc) Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  5. 5. Reconhecendo a febre Temperatura e valores normais • Temperatura axilar: 35,5 a 37 ºC • Temperatura bucal: 36 a 37,4 ºC • Temperatura retal: 36 a 37,5 ºC Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  6. 6. Síndrome febril • A febre é parte de uma síndrome e não um sinal isolado Características: • Febre leve ou febrícula: até 37ºC • Febre moderada: 37,6-38,5ºC • Febre alta ou elevada: > 38,6ºC • A intensidade da febre depende da causa e da capacidade e reação do organismo. Pacientes em mau estado geral, os indivíduos chocados e as pessoas idosas podem não apresentar febre ou ter apenas uma febrícula quando acometidos de processos infecciosos • A incapacidade de um paciente apresentar febre em face de infecção grave geralmente significa mau prognóstico Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  7. 7. Icterícia Caracterizada por excesso de bilirrubina no sangue (> 2 mg/100 ml) e deposição de pigmento biliar na pele e membranas mucosas, do que resulta a coloração amarela apresentada pelo paciente. Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  8. 8. Reconhecendo a icterícia • Em algumas pessoas normais a pele apresenta uma tonalidade amarelada, mas nestes casos a esclerótica não aparece pigmentada. • Alguns alimentos (cenoura e mamão) e certas drogas, em especial antimaláricos, contêm substâncias que podem conferir uma coloração amarelada, neste caso a esclerótica permanece na cor normal • Pessoas da raça negra, pode-se perceber uma tonalidade amarelada na parte exposta da esclerótica, dada pelo acúmulo na conjuntiva de uma pequena camada gordurosa. Mas como não atinge toda a superfície do olho, basta um exame detalhado para descartar a icterícia. Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  9. 9. Reconhecendo a icterícia Icterícia leve só é visivel com boa iluminação, de preferência com luz natural O aumento de pigmentos biliares no plasma responsável pela icterícia pode ser por: • Destruição excessiva de hemácias (icterícia hemolítica), • Lesão dos hepatócitos ou condutos biliares intra-hepáticos (icterícia de origem hepática) • Obstrução das vias biliares extra-hepáticas (icterícias obstrutiva) Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  10. 10. Hemorragia Sangramento de qualquer natureza Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  11. 11. Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com
  12. 12. Doenças que cursam com SFIHA DOENÇAS SFIA SFHA SFIHA Malária Hepatites virais Dengue Febre amarela Leptospirose Septicemia Meningococcemia Febre tifóide Hantavírus Riquetsioses Abscesso hepático Outros arbovírus Doenças das VB SFIA (Síndrome febril ictérica aguda); SFHA (Síndrome febril hemorrágica aguda) Baixe gratuitamente materiais sobre epidemiologia - http://epilibertas.blogspot.com

×