Voltando ao básico. Esboço de Sermão

603 visualizações

Publicada em

Esboço de sermão

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Voltando ao básico. Esboço de Sermão

  1. 1. Voltando ao básico! Giovanni M. Guimarães
  2. 2. Voltando ao básico! 1 INTRODUÇÃO. 1. Uma tendência preocupante vista com muita frequência em muitas igrejas é a aparente apatia de muitos cristãos. a. Eles podem até participar dos cultos, mas parece que estão apenas “realizando os movimentos”. b. Seu canto, sua oração, sua leitura da Bíblia, seu zelo, parece apático... c. Parafraseando Henry David Thoreau: “A maioria dos homens [cristãos] vivem vidas de desespero silencioso”. - Certamente Deus deseja mais de seus filhos! - Cf. Rm 15.131. 2. Eu suspeito que o problema é semelhante a um atleta ou uma equipe que está “em queda”... a. Essa pessoa ou equipe “realiza os movimentos”, mas não está dando todo seu verdadeiro potencial. b. A solução no esporte: trabalhar os “fundamentos”. 3. O mesmo acontece com os cristãos quando estão “em queda”... a. Precisamos enfatizar os fundamentos - cf. Ap 2.4-52. b. Precisamos “Voltar ao básico”! Nesta reflexão gostaria de salientar alguns dos “fundamentos” ou “o básico” ao qual temos de voltar sempre que a nossa vida estiver em queda espiritual. Sendo assim, a minha primeira sugestão seria... 1 ENERGIZE SUA FÉ. 1.1 A DEFINIÇÃO DE FÉ... 1.1.1 A definição bíblica de fé é encontrada em Hb 11.13. 1 E o Deus da esperança vos encha de todo o gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança no poder do Espírito Santo. Rm 15:13 2 Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas. Ap 2:4-5 3 Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem. Hb 11:1
  3. 3. Voltando ao básico! 2 1.1.2 A versão revista e atualizada registra: “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem”. 1.1.3 O dicionário descreve a fé como “uma firme convicção”. 1.1.4 Eu gosto de pensar a fé como “certeza confiante”. 1.2 A IMPORTÂNCIA DA FÉ... 1.2.1 A fé em Deus é essencial para agradá-Lo - Hb 11.64. 1.2.2 A fé em Jesus é essencial para encontrar o perdão e a vida eterna - Jo 8.245; 20.30-316. 1.2.3 Sem fé, a única alternativa é a dúvida acompanhada do medo - cf. Mt 14.30-317. 1.3 ENERGIZANDO SUA FÉ... 1.3.1 A Palavra de Deus nos foi dada para produzir fé - cf. Rm 10.178; Jo 20.30-319. 1.3.2 Através da leitura diligente da Bíblia, podemos “energizar” a nossa fé! Então, quando você se encontrar numa crise espiritual, pega sua Bíblia e deixe-a reconstruir essa “verdadeira confiança” que você já teve! Ela também irá ajudá-lo a... 4 De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam. Hb 11:6 5 Por isso, eu vos disse que morrereis nos vossos pecados; porque, se não crerdes que EU SOU, morrereis nos vossos pecados. Jo 8:24 6 Na verdade, fez Jesus diante dos discípulos muitos outros sinais que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome. Jo 20:30-31 7 Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva- me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Mt 14:30-31 8 E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo. Rm 10:17 9 Na verdade, fez Jesus diante dos discípulos muitos outros sinais que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome. Jo 20:30-31
  4. 4. Voltando ao básico! 3 2 FORTALECER SUA ESPERANÇA. 2.1 A DEFINIÇÃO DE ESPERANÇA... 2.1.1 Almeida diz que se trata de “confiança no cumprimento de um desejo”. 2.1.2 Não é uma ilusão, ou um inseguro “espero que sim”. 2.1.3 Mas, como o dicionário descreve, é “uma confiança”. 2.1.4 Uma definição comum de esperança é “desejo expectativo”. 2.2 A IMPORTÂNCIA DA ESPERANÇA... 2.2.1 A esperança é necessária para perseverança - Rm 8.2510; 1Ts 1.311. 2.2.2 A esperança é necessária para a nossa motivação à santidade - 1Jo 3.2-312. 2.2.3 A esperança é necessária para aumentar as oportunidades de evangelizar - 1Pe 3.1513. 2.2.4 Sem esperança, não só perdemos nossa alma, não haverá qualquer chance de salvar os outros! 2.3 FORTALECENDO SUA ESPERANÇA... 2.3.1 A Bíblia foi escrita para produzir esperança - Rm 15.414... a. Por meio de sua revelação, de como Deus se relacionou com o homem no passado, sabemos 10 Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos. Rm 8:25 11 ...recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa fé, da abnegação do vosso amor e da firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo... 1Ts 1:3 12 Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro. 1Jo 3:2-3 13 ... antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós... 1Pe 3:15 14 Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança. Rm 15:4
  5. 5. Voltando ao básico! 4 que Ele cumpre Suas promessas. b. Isso nos anima a esperar que Ele cumprirá suas promessas para o futuro. 2.3.2 Pedro nos encoraja a “esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo” - 1Pe 1.13. a. Onde lemos da “graça” que está para vir, quando Cristo se revelar? b. Nas Escrituras, é claro! c. Nada “fortalece” mais a nossa esperança do que aquelas passagens maravilhosas que revelam o destino eterno dos santos! Quando um atleta perde o estímulo, lhe é dito muitas vezes para “manter seus olhos sobre o prêmio!” Assim também deve fazer o cristão, e é com a ajuda da Palavra de Deus que podemos manter nosso foco onde ele deve estar. “Voltar ao básico” inclui também um esforço para... 3 ATIVAR SEU AMOR. 3.1 A DEFINIÇÃO DE AMOR... 3.1.1 Paulo dá a melhor definição de amor - 1Co 13.4-8a15. 3.1.2 Uma definição simples que é fácil de lembrar: “boa vontade ativa”. 3.2 A IMPORTÂNCIA DO AMOR... 3.2.1 Expressar amor nos dá “certeza” da nossa salvação - cf. 1Jo 3.14,18-1916. 15 O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará... 1Co 13:4-8 16 Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos; aquele que não ama permanece na morte. Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato
  6. 6. Voltando ao básico! 5 3.2.2 Expressar amor nos garante que Deus responderá às nossas orações - 1Jo 3.22-2317. 3.2.3 Expressar amor nos assegura que permanecemos em Deus, e Ele em nós - 1Jo 4.7-8,12,1618. 3.3 ATIVAR O SEU AMOR... 3.3.1 Como os tessalonicenses, podemos ser ensinados por Deus a amar - cf. 1Ts 4.919. a. Jesus nos ensinou a amar por Sua vida sacrificial - 1Jo 3.1620. b. Deus nos ensinou a amar, dando o Seu Filho como propiciação pelos nossos pecados - 1Jo 4.9-1121. 3.3.2 Através da meditação cuidadosa sobre o que a Bíblia revela sobre o amor de Deus por nós, podemos “ativar” o nosso amor pelos outros! Enquanto continuamos a listar o que significa “Voltar ao básico”, quero também incentivá-lo a... e de verdade. E nisto conheceremos que somos da verdade, bem como, perante ele, tranquilizaremos o nosso coração... 1Jo 3:14,18-19 17 ... e aquilo que pedimos dele recebemos, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos diante dele o que lhe é agradável. Ora, o seu mandamento é este: que creiamos em o nome de seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o mandamento que nos ordenou. 1Jo 3:22-23 18 Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado. E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele. 1Jo 4.7-8,12,16 19 No tocante ao amor fraternal, não há necessidade de que eu vos escreva, porquanto vós mesmos estais por Deus instruídos que deveis amar-vos uns aos outros... 1Ts 4:9 20 Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos. 1Jo 3:16 21 Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros. 1Jo 4:9-11
  7. 7. Voltando ao básico! 6 4 MELHORAR A SUA ALEGRIA. 4.1 A DEFINIÇÃO ALEGRIA... 4.1.1 A palavra grega é chara, e está intimamente relacionada com a palavra CHARIS. a. CHARIS (graça) é “favor imerecido”, que por sua vez dá alegria, prazer, deleite. b. CHARA (alegria), então, é a resposta que temos do favor imerecido. 4.1.2 Eu gosto de pensar na alegria como uma “resposta prazerosa” à toda graça que recebemos da parte de Deus. 4.2 A IMPORTÂNCIA DA ALEGRIA... 4.2.1 Alegria é um elemento essencial do que constitui o Reino de Deus - Rm 14.1722. 4.2.2 Alegria facilita a tarefa de viver esta vida - 1Pe 1.6-923; Hb 10.32-3424. 4.2.3 Muitas vezes, é a perda dessa virtude é o que fica mais evidente na vida de muitos cristãos nos nossos dias! 22 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. Rm 14:17 23 Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória, obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma. 1Pe 1:6-9 24 Lembrai-vos, porém, dos dias anteriores, em que, depois de iluminados, sustentastes grande luta e sofrimentos; ora expostos como em espetáculo, tanto de opróbrio quanto de tribulações, ora tornando-vos co-participantes com aqueles que desse modo foram tratados. Porque não somente vos compadecestes dos encarcerados, como também aceitastes com alegria o espólio dos vossos bens, tendo ciência de possuirdes vós mesmos patrimônio superior e durável. Hb 10:32-34
  8. 8. Voltando ao básico! 7 4.3 MELHORANDO A ALEGRIA... 4.3.1 Jesus e seus apóstolos nos deram palavras em que a nossa alegria seja completa - Jo 15.1125; 1Jo 1.426. a. Outra vez vemos o valor do estudo diário da Bíblia. b. Assim como a Bíblia pode... 1) Energizar a sua fé; 2) Fortalecer sua esperança; 3) Ativar seu amor ... ela pode “melhorar” a sua alegria! 4.3.2 Jesus também destacou a importância da oração em relação à alegria - Jo 16.2427. a. A oração respondida certamente estimula o cristão, e aumenta a alegria! b. Então, a prática de estudo diário da Bíblia é uma chave para “Voltar ao básico!” Outra é o hábito de orar regularmente. Há mais um “fundamento” que eu gostaria de salientar, antes de concluir esta reflexão. Você também deve... 5 APROVEITAR SUA PAZ. 5.1 A DEFINIÇÃO DE PAZ... 5.1.1 O dicionário descreve a paz como “relações harmoniosas”. 5.1.2 Ela é usada para descrever a harmonia entre... a. Os homens; b. As nações; c. Deus e o homem; d. Consigo mesmo. 25 Tenho-vos dito estas coisas para que o meu gozo esteja em vós, e o vosso gozo seja completo. Jo 15:11 26 Estas coisas, pois, vos escrevemos para que a nossa alegria seja completa. 1Jo 1:4 27 Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa. Jo 16:24
  9. 9. Voltando ao básico! 8 5.1.3 A falta de paz, muitas vezes contribui para a “crise espiritual” que aflige muitos cristãos. 5.2 A IMPORTÂNCIA DA PAZ... 5.2.1 Outro elemento fundamental que constitui o Reino de Deus - Rm 14.17-1928. 5.2.2 A paz com os irmãos contribui para recebimento de paz da paz de Deus - 2Co 13.1129. 5.2.3 E ter paz com Deus, tem um efeito positivo em nossa paz com nossos inimigos - Pv 16.730. 5.3 APRECIE SUA PAZ... 5.3.1 A paz com Deus começa com a justificação encontrada somente em Cristo - Rm 5.131. 5.3.2 E continua em resposta à oração fervorosa - cf. Fp 4.6-732. a. Assim como a oração pode “melhorar” nossa alegria... b. Também a oração pode ajudar-nos a “desfrutar” a paz que excede todo o entendimento! CONCLUSÃO. 1. Fé, esperança, amor, alegria, paz: palavras simples, mas tão essenciais para uma “vida abundante” que Jesus tem para 28 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. Aquele que deste modo serve a Cristo é agradável a Deus e aprovado pelos homens. Assim, pois, seguimos as coisas da paz e também as da edificação de uns para com os outros. Rm 14:17-19 29 Quanto ao mais, irmãos, adeus! Aperfeiçoai-vos, consolai-vos, sede do mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz estará convosco. 2Co 13:11 30 Sendo o caminho dos homens agradável ao Senhor, este reconcilia com eles os seus inimigos. Pv 16:7 31 Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo... Rm 5:1 32 Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus. Fp 4:6-7
  10. 10. Voltando ao básico! 9 oferecer àqueles que vêm a Ele. 2. Por que elas muitas vezes estão em falta na vida de muitos cristãos? a. Porque negligenciam duas ferramentas fundamentais Deus provê para eles. b. Que ferramentas? A Palavra de Deus e a oração! 3. Irmãos, sempre que você se encontrar em uma “queda” espiritual, estas duas vias de comunicação com Deus são a chave para: a. Energizar a sua fé! b. Fortalecer sua esperança! c. Ativar seu amor! d. Melhorar a sua alegria! e. Aproveitar a sua paz! 4. Restaurar os elementos básicos da vida abundante encontrada somente em Cristo não é um mistério: a. Receba a Palavra de Deus! - Tg 1.2133. b. Persevere em oração! - Cl 4.234 É simples assim. 33 Portanto, despojando-vos de toda impureza e acúmulo de maldade, acolhei, com mansidão, a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma. Tg 1:21 34 Perseverai na oração, vigiando com ações de graças. Cl 4:2

×