SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
Configurando uma rede local com acesso à Internet:
Uma das principais características do sistema UNIX é o seu completo suporte à rede e com o Linux isto não seria
diferente. O RedHat Linux possui uma interface fácil, no ambiente X Window, para configurar uma rede tanto local
quanto remota.
Este tutorial aborda os seguintes tópicos (pelo motivo de um depender do outro):
- Configuração do modem.
- Configuração da placa de rede.
- Configuração do acesso à Internet.
- Configuração da rede local.
- Configuração do IP Masquerading.
Neste tutorial será abordada também a seguinte situação: o seu modem está em uma das quatro seriais padronizadas
(cua0 à cua3), com o endereço e a interrupção padrão (no DOS seria, por exemplo, COM4 IRQ3); a sua placa de
rede possui barramento PCI ou ISA sendo compatível com NE2000; seu provedor utiliza a autenticação PAP e o
protocolo PPP; a versão do kernel é a 2.0.36. Assim a configuração ocorrerá de forma incrívelmente simples.
A rede local terá uma máquina servidora conectada à Internet, fornecendo às outras máquinas da rede, que são as
máquinas cliente, o acesso a Internet também. O protocolo para que isso funcione é o TCP/IP. A rede foi montada
com base nos endereços da Classe C (RFC 1597), usando os endereços IP 192.168.x.x. Este endereço é designado
especialmente para Intranets.
Servidor => 192.168.1.1
Clientes => 192.168.1.2, 192.168.1.3 etc.
Network => 192.168.1.0
Netmask => 255.255.255.0
Broadcast => 192.168.1.255
O sistema operacional usado no servidor é o RedHat Linux 5.2. Nos clientes pode-se usar o RedHat Linux ou o
Windows 95. Para que a rede funcione é preciso que o Kernel do Linux tenha suporte a certos recursos, para
funcionar o IP Masquerade, a rede TCP/IP e os drivers da placa de rede. Na instalação inicial do RedHat Linux 5.2,
este suporte já existe, mas se você compilou um novo kernel para seu sistema, pode ser necessário recompilá-lo para
reabilitar os recursos necessários.
Para ativar os suportes no kernel entre no menu de configurações e ative os seguintes itens:
De um "make menuconfig" e habilite essas opções:
Code maturity level options --->
[*] Prompt for development and/or incomplete code/drivers
Loadable module support --->
[*] Enable loadable module support
[*] Set version information on all symbols for modules
[*] Kernel daemon support (e.g. autoload of modules)
General setup --->
[*] Networking support
Networking options --->
[*] Network firewalls
[*] Network aliasing
[*] TCP/IP networking
[*] IP: forwarding/gatewaying
[*] IP: multicasting (recomendado)
[*] IP: firewalling
[*] IP: masquerading
[*] IP: ipautofw masq support (recomendado)
[*] IP: ICMP masquerading (recomendado)
[*] IP: Always defragment (recomendado)
Network device support --->
<M> Dummy net driver support (recomendado)
[*] Network device support
<M> PPP (point-to-point) support
[*] Ethernet (10 or 100Mbit)
[*] PCI Ethernet adapters (se sua placa for PCI)
<M> PCI NE2000 support (se sua placa for PCI)
[*] Other ISA cards (se sua placa for ISA)
<M> NE2000/NE1000 ISA support (se sua placa for ISA)
Character devices --->
<*> Standard/generic serial support
Salve as configurações e recompile seu kernel. Depois você deve compilar e instalar os módulos. Consulte o tópico
"Atualizando e ou compilando o kernel" para uma melhor explicação.
Pelo cliente é possível navegar na Web, receber e enviar e-mails, dar Telnet, FTP, Ping, usar o ICQ e o RealPlayer.
1) Configurando o modem e a placa de rede no RedHat Linux:
1.1) Configurando o Modem:
Nos sistemas Linux, as portas seriais são denominadas de forma diferente em relação aos sistemas DOS/Windows.
Enquanto que no DOS elas são tratadas como COM1 à COM4, no Linux as portas seriais são tratadas como
dispositivos cua0 à cua3 respectivamente (/dev/cua0 à /dev/cua3).
Através do "control-panel" no X-Window entre em "Modem Configuration".
Selecione a porta serial na qual seu modem está conectado e clique em "OK". Será criado o link "/dev/modem" para
o seu modem device.
1.2) Configurando a placa de rede:
Caso a sua placa seja ISA digite no console "modprobe ne io=0x300 irq=10" (substitua 0x300 e 10 pelos valores de
I/O e IRQ corretos da sua placa de rede!). Então edite o arquivo "/etc/conf.modules" adicionando:
alias eth0 ne
options ne io=0x300 irq=10
Caso a sua placa seja PCI digite no console "modprobe ne2k-pci" e veja se a sua placa de rede foi detectada
corretamente. Então edite o arquivo "/etc/conf.modules" adicionando:
alias eth0 ne2k0pci
Se você tiver problemas com o módulo ne2k-pci, use então o módulo ne. Para isso digite no console "modprobe ne"
e anote os valores de I/O e IRQ da sua placa de rede. Então edite o arquivo "/etc/conf.modules" adicionando:
alias eth0 ne
options ne io=0x6000 irq=10 (substitua pelos valores corretos!)
Se o comando modprobe não funcionar adequadamente execute o comando "depmod -a" e tente novamente.
2) Configurando o acesso à Internet no servidor com RedHat Linux:
Através do "control-panel" no X Window entre em "Network Configuration".
2.1)Na seção Interfaces:
Clique em "Add" e selecione "PPP", clique em "OK". Então coloque:
Phone Number: numero_do_provedor
Ative "Use PAP authentication" (depende do provedor!)
PPP login name: seu_login_do_provedor
PPP password: seu_password_do_provedor
Clique em "Customize", será aberta a janela "Edit PPP Interface".
2.1.1)Na seção Hardware:
Deixe ativado apenas "Use hardware flow control and modem lines" e "Abort connection on well-known errors". A
opção "Escape control characters" deve ficar desativada. Opcionalmente poderá deixar ativado também "Allow any
user to (de)activate interface".
Em "Line speed:" coloque a velocidade de seu modem. Para um modem de 33.6 poderá ser colocado 115200.
Em "Modem Port:" coloque a porta serial no qual seu modem está conectado. Se o modem já foi configurado no
"control-panel" coloque "/dev/modem".
Em "PPP Options:" deixe em branco.
2.1.2) Na seção Communication:
Modem Init String: ATZ
Modem Dial Command: ATDT ou ATDP
Phone Number: número_do_telefone_do_provedor
Não selecione "Debug connection". E o resto fica em branco.
2.1.3) Na seção Networking:
Não deixe selecionada a opção "Activate interface at boot time".
Selecione apenas "Set default route when making connection" e "Restart PPP when connection fails".
Deixe os outros campos em branco exceto o campo "MRU (296-1500):" em que pode ser colocado o valor 1500.
2.1.4) Na seção PAP coloque:
Send username: seu_username_do_provedor
O resto deixe como está.
Agora na janela "Edit PPP Interface" clique em "Done" e depois em "Save" para salvar as configurações.
2.2) Na seção Names coloque:
Hostname: nomedoservidor.dominio
Domain: dominio.do.provedor
Search for hostnames in additional domains: DEIXE EM BRANCO
Nameservers: DNS.do.provedor (quantos existir e um por linha!)
Clique em "Save" para salvar as configurações.
2.3) Efetuando a conexão:
Para conectar ao provedor vá através do "control-panel" no X Window em "Network Configurator", e na seção
"Interfaces" selecione "ppp0" e clique em "Activate". Para desconectar clique em "Deactivate". Os usuários deverão
usar o programa "usernet" (dentro do X) para iniciar a conexão.
Para conectar pelo console vá para o diretório "/etc/sysconfig/network-scripts" e digite:
# ./ifup-ppp ifcfg-ppp0 & (para conectar)
# ./ifdown-ppp ifcfg-ppp0 & (para desconectar)
E os usuários irão utilizar os seguintes comandos no console:
# /usr/sbin/usernetctl ifcfg-ppp0 up (para conectar)
# /usr/sbin/usernetctl ifcfg-ppp0 down (para desconectar)
Se você quiser saber o seu endereço IP na Internet use um dos seguintes comandos:
# tail /var/log/messages
ou
# ifconfig
3) Configurando a rede local:
3.1) Configurando o servidor com RedHat Linux:
Através do "control-panel" no X Window entre em "Network Configuration".
3.1.1) Na seção Names coloque:
Hostname: nomedoservidor.dominio
Domain: dominio.do.provedor
Search for hostnames in additional domains: DEIXE EM BRANCO
Nameservers: DNS.do.provedor (quantos existir e um por linha!)
3.1.2) Na seção Hosts coloque:
Clique em "Add" para adicionar cada linha abaixo.
IP Name Nicknames
127.0.0.1 localhost
192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor
192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1
192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2
...
3.1.3) Na seção Interfaces coloque:
Caso não tenha a interface "eth0" clique em "Add" e escolha "Ethernet".
Se já tiver a interface "eth0" selecione-a e clique em "Edit", então coloque:
IP: 192.168.1.1
Netmask: 255.255.255.0
Network: 192.168.1.0
Broadcast: 192.168.1.255
Ative o "Activate Interface at boot time". (recomendado)
Ative o "Allow any user to (de)activate interface". (opcional)
Em "Interface configuration protocol" coloque "none".
Clique em "Done" e "Save".
3.1.4) Na seção Routing:
Deixe tudo vazio!
Clique em "Save" e "Quit".
Fim!
Se não quiser reiniciar a máquina para ativar a rede, vá na seção "Interfaces" selecione "eth0" e clique em
"Activate".
3.1.5) Confirme a configuração nos seguintes arquivos:
=> /etc/hosts
127.0.0.1 localhost
192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor
192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1
192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2
=> /etc/resolv.conf
search dominio.do.provedor
nameserver DNS.do.provedor
nameserver DNS.do.provedor (caso tenha mais de um!)
=> /etc/HOSTNAME
nomedoservidor.dominio
=> /etc/sysconfig/network
NETWORKING=yes
FORWARD_IPV4=no
HOSTNAME=nomedoservidor.dominio
GATEWAYDEV=
GATEWAY=
=> /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0
DEVICE=eth0
USERCTL=yes
ONBOOT=yes
BOOTPROTO=none
BROADCAST=192.168.1.255
NETWORK=192.168.1.0
NETMASK=255.255.255.0
IPADDR=192.168.1.1
=> /etc/host.conf
order hosts,bind
multi on
Tudo confirmado!!!
3.2) Configurando o cliente com RedHat Linux:
Através do "control-panel" no X Window entre em "Network Configuration".
3.2.1) Na seção Names coloque:
Hostname: nomedocliente.dominio
Domain: dominio.do.provedor
Search for hostnames in additional domains: DEIXE EM BRANCO
Nameservers: DNS.do.provedor (quantos existir e um por linha!)
3.2.2) Na seção Hosts coloque:
Clique em "Add" para adicionar cada linha abaixo.
IP Name Nicknames
127.0.0.1 localhost localhost.localdomain
192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor
192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1
192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2
...
3.2.3) Na seção Interfaces coloque:
Caso não tenha a interface "eth0" clique em "Add" e escolha "Ethernet".
Se já tiver a interface "eth0" selecione-a e clique em "Edit", então coloque:
IP: 192.168.1.2 (ou 192.168.1.3 etc.)
Netmask: 255.255.255.0
Network: 192.168.1.0
Broadcast: 192.168.1.255
Ative o "Activate Interface at boot time". (recomendado)
Ative o "Allow any user to (de)activate interface". (opcional)
Em "Interface configuration protocol" coloque "none".
3.2.4) Na seção Routing:
Nao selecione "Network Packet Forwarding (IPv4)".
Default Gateway: 192.168.1.1
Default Gateway Device: eth0
Aperte "Add" e coloque:
Device: eth0
Network: 192.168.1.0
Netmask: 255.255.255.0
Gateway: 192.168.1.1
Clique em "Done".
Clique em "Save" e "Quit".
Fim!
Se não quiser reiniciar a máquina para ativar a rede, vá na seção "Interfaces" selecione "eth0" e clique em
"Activate".
3.2.5) Confirme a configuração nos seguintes arquivos:
=> /etc/hosts
127.0.0.1 localhost localhost.localdomain
192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor
192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1
192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2
=> /etc/resolv.conf
search dominio.do.provedor
nameserver DNS.do.provedor
nameserver DNS.do.provedor (caso tenha mais de um!)
=> /etc/HOSTNAME
nomedocliente.dominio
=> /etc/sysconfig/network
NETWORKING=yes
FORWARD_IPV4=no
HOSTNAME=nomedocliente.dominio
GATEWAYDEV=eth0
GATEWAY=192.168.1.1
=> /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0
DEVICE=eth0
USERCTL=yes
ONBOOT=yes
BOOTPROTO=none
BROADCAST=192.168.1.255
NETWORK=192.168.1.0
NETMASK=255.255.255.0
IPADDR=192.168.1.2 (ou 192.168.1.3 etc.)
=> /etc/host.conf
order hosts,bind
multi on
Tudo confirmado!!!
3.3) Configurando o cliente com Windows 95:
(Não entrarei em detalhes aqui!)
Em "Iniciar/Configurações/Painel de Controle" entre em "Rede".
Adicione a sua placa de rede e o protocolo TCP/IP.
Selecione "TCP/IP -> Placaderede" e clique no botão "Propriedades".
Na pasta "Endereço IP" selecione "Especificar um endereço IP:" e coloque:
Endereço IP: 192.168.1.2 (ou 192.168.1.3 etc.)
Máscara da sub-rede: 255.255.255.0
Na pasta "Gateway" adicione "192.168.1.1".
Na pasta "Configuração DNS" selecione "Ativar DNS". E coloque:
Host: nomedocliente Domínio: dominiodocliente
Em "Ordem de pesquisa do servidor DNS" adicione o(s) DNS de seu provedor.
Em "Ordem de pesquisa sufixo do domínio" adicione o domínio do seu provedor.
As outras pastas deixe como estão.
Clique em "OK" em todas as janelas e reinicialize o sistema.
Você pode opcionalmente criar o arquivo "HOSTS" no diretório do Windows com o seguinte conteúdo:
127.0.0.1 localhost
192.168.1.1 nomedoservidor.dominio
192.168.1.2 nomedocliente1.dominio
192.168.1.3 nomedocliente2.dominio
Veja o exemplo chamado HOSTS.SAM no diretório do Windows.
Teste a sua conexão com o servidor da sua rede digitanto em "Iniciar/Executar..." o comando:
ping 192.168.1.1
4) Ativando o IP Masquerade no servidor com RedHat Linux:
O IP Masquerade é o que faz todas as máquinas cliente acessarem a Internet quando o servidor estiver conectado.
Primeiro verifique se o "Ipfwadm" está instalado em seu sistema. Caso não esteja instale-o a partir do seu disco do
RedHat. Ele está no diretório "/RedHat/RPMS".
Agora você deverá executar os comandos abaixo, um de cada vez, no console:
echo "1" > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward
/sbin/depmod -a
/sbin/modprobe ip_masq_ftp.o
/sbin/modprobe ip_masq_irc.o
/sbin/modprobe ip_masq_raudio.o
/sbin/modprobe ip_masq_cuseeme.o
/sbin/ipfwadm -F -f
/sbin/ipfwadm -F -p deny
/sbin/ipfwadm -F -a m -S 192.168.1.0/24 -D 0.0.0.0/0
Esta é uma configuração bem genérica. Se você quiser bloquear alguns serviços ou algumas portas consulte a
documentação sugerida abaixo.
Adicione estas linhas no final do arquivo "/etc/rc.d/rc.local" para que o IP Masquerade seja ativado durante a
inicialização do sistema. Você poderá, ao invés de adicionar no "/etc/rc.d/rc.local", criar um script com estas linhas
para ativar o IP Masquerade quando for necessário. Para isto crie um arquivo com estas linhas colocando no inicio a
seguinte linha:
#!/bin/sh
Depois use o seguinte comando para tornar o arquivo executável:
# chmod +x arquivo
Bastando então executar este arquivo para que seja ativado o IP Masquerade.
Se depois você quiser desativar o IP Masquerade, execute os comandos abaixo:
/sbin/ipfwadm -F -d m -S 192.168.1.0/24 -D 0.0.0.0/0
/sbin/rmmod ip_masq_ftp
/sbin/rmmod ip_masq_irc
/sbin/rmmod ip_masq_raudio
/sbin/rmmod ip_masq_cuseeme
echo "0" > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward
5) Bibliografia:
· Linux IP Masquerade Resource
· Linux IP Masquerade Resource
· The Linux Manual
· Linux IP Masquerade mini HOWTO
· Setting Up IP Masquerade on RedHat Linux 5
· IP Masquerade FAQ
· Ipfwadm Page
· Indyramp's IP Masquerading site
· RedHat PPP Setup Tips
· RedHat Dial-up Tip
· The Linux Network Administrators' Guide
· HOWTOs
· IP Masquerade mini HOWTO
· Ethernet HOWTO
· ISP Hookup HOWTO
· PPP HOWTO
· Intranet Server HOWTO
· Kernel HOWTO
· Modules Installation mini HOWTO
Homepage ¦ Info ¦ Índice ¦ Links ¦ Staff

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Docslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-br
Docslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-brDocslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-br
Docslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-brVagner Ferreira de Morais
 
Ferramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei Pollon
Ferramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei PollonFerramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei Pollon
Ferramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei PollonTchelinux
 
Seguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOS
Seguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOSSeguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOS
Seguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOSWardner Maia
 
Tutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS Windows
Tutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS WindowsTutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS Windows
Tutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS WindowsAURELIO PY5BK
 
Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)
Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)
Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)Danilo Filitto
 
Mikrotik passo a passo
Mikrotik   passo a passoMikrotik   passo a passo
Mikrotik passo a passoIvan de Sousa
 
Ferramentas de ataques
Ferramentas de ataquesFerramentas de ataques
Ferramentas de ataquesCarlos Veiga
 
Livro pfsense 2.0 em português
Livro pfsense 2.0 em portuguêsLivro pfsense 2.0 em português
Livro pfsense 2.0 em portuguêsDavid de Assis
 
Instalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdt
Instalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdtInstalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdt
Instalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdtAnderson Bassani
 
Configuracao liberar portas_pp_po_edslink260e
Configuracao liberar portas_pp_po_edslink260eConfiguracao liberar portas_pp_po_edslink260e
Configuracao liberar portas_pp_po_edslink260eLuiz Alberto Franco
 
Noções básicas do Raspberry pi 2/3 na prática
Noções básicas do Raspberry pi 2/3 na práticaNoções básicas do Raspberry pi 2/3 na prática
Noções básicas do Raspberry pi 2/3 na práticaFlavio Ribeiro de Lira
 

Mais procurados (20)

Instalacao roip
Instalacao roipInstalacao roip
Instalacao roip
 
Docslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-br
Docslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-brDocslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-br
Docslide.com.br manual haxorware-11-r38-pt-br
 
Dhcp com controle_ip_compartilhamento
Dhcp com controle_ip_compartilhamentoDhcp com controle_ip_compartilhamento
Dhcp com controle_ip_compartilhamento
 
Ferramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei Pollon
Ferramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei PollonFerramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei Pollon
Ferramentas GPL para a segurança de Redes de Computadores - Vanderlei Pollon
 
Seguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOS
Seguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOSSeguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOS
Seguranca em IPv6 com Mikrotik RouterOS
 
Introducao mikrotik
Introducao mikrotikIntroducao mikrotik
Introducao mikrotik
 
Ap bridge mikrotik
Ap bridge mikrotikAp bridge mikrotik
Ap bridge mikrotik
 
Thedude
ThedudeThedude
Thedude
 
Tutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS Windows
Tutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS WindowsTutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS Windows
Tutorial RX Gate / iGate / Digipeater APRS no MS Windows
 
Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)
Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)
Servidor de internet (NAT, Squid, Sarg)
 
Mikrotik passo a passo
Mikrotik   passo a passoMikrotik   passo a passo
Mikrotik passo a passo
 
Configurando o brazil firewall
Configurando o brazil firewallConfigurando o brazil firewall
Configurando o brazil firewall
 
01 brazilfw
01 brazilfw01 brazilfw
01 brazilfw
 
Ferramentas de ataques
Ferramentas de ataquesFerramentas de ataques
Ferramentas de ataques
 
Livro pfsense 2.0 em português
Livro pfsense 2.0 em portuguêsLivro pfsense 2.0 em português
Livro pfsense 2.0 em português
 
Squid
SquidSquid
Squid
 
Guia passoapassodomikrotik
Guia passoapassodomikrotikGuia passoapassodomikrotik
Guia passoapassodomikrotik
 
Instalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdt
Instalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdtInstalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdt
Instalando um servidor virtual Linux on z (Red hat ou SUSE) no emulador z pdt
 
Configuracao liberar portas_pp_po_edslink260e
Configuracao liberar portas_pp_po_edslink260eConfiguracao liberar portas_pp_po_edslink260e
Configuracao liberar portas_pp_po_edslink260e
 
Noções básicas do Raspberry pi 2/3 na prática
Noções básicas do Raspberry pi 2/3 na práticaNoções básicas do Raspberry pi 2/3 na prática
Noções básicas do Raspberry pi 2/3 na prática
 

Destaque

C# o basico
C#   o basicoC#   o basico
C# o basicoTiago
 
Aspectos transistores
Aspectos transistoresAspectos transistores
Aspectos transistoresTiago
 
Foca iniciante
Foca inicianteFoca iniciante
Foca inicianteTiago
 
Apresentacao Linux módulo 1
Apresentacao Linux módulo 1Apresentacao Linux módulo 1
Apresentacao Linux módulo 1Tiago
 
Controle lpt em_c_sharp
Controle lpt em_c_sharpControle lpt em_c_sharp
Controle lpt em_c_sharpTiago
 
6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascal
6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascal6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascal
6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascalTiago
 
036 programando para-web-com-php-e-mysql
036 programando para-web-com-php-e-mysql036 programando para-web-com-php-e-mysql
036 programando para-web-com-php-e-mysqlTiago
 
Apostila gnulinux modulo_1__introducao
Apostila gnulinux modulo_1__introducaoApostila gnulinux modulo_1__introducao
Apostila gnulinux modulo_1__introducaoTiago
 
C# classes
C#   classesC#   classes
C# classesTiago
 
Shell script
Shell scriptShell script
Shell scriptTiago
 
Csharp ebook
Csharp ebookCsharp ebook
Csharp ebookTiago
 
Montagem de computadores
Montagem de computadoresMontagem de computadores
Montagem de computadoresTiago
 
Hardware
HardwareHardware
HardwareTiago
 
Apostila cdtc dotproject
Apostila cdtc dotprojectApostila cdtc dotproject
Apostila cdtc dotprojectTiago
 
Linhas de transmissão
Linhas de transmissãoLinhas de transmissão
Linhas de transmissãoTiago
 
Screen
ScreenScreen
ScreenTiago
 
Curso linux professor rafael
Curso linux professor rafaelCurso linux professor rafael
Curso linux professor rafaelTiago
 

Destaque (18)

C# o basico
C#   o basicoC#   o basico
C# o basico
 
Aspectos transistores
Aspectos transistoresAspectos transistores
Aspectos transistores
 
Foca iniciante
Foca inicianteFoca iniciante
Foca iniciante
 
Squid
SquidSquid
Squid
 
Apresentacao Linux módulo 1
Apresentacao Linux módulo 1Apresentacao Linux módulo 1
Apresentacao Linux módulo 1
 
Controle lpt em_c_sharp
Controle lpt em_c_sharpControle lpt em_c_sharp
Controle lpt em_c_sharp
 
6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascal
6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascal6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascal
6572501 ldp-apostila-de-turbo-pascal
 
036 programando para-web-com-php-e-mysql
036 programando para-web-com-php-e-mysql036 programando para-web-com-php-e-mysql
036 programando para-web-com-php-e-mysql
 
Apostila gnulinux modulo_1__introducao
Apostila gnulinux modulo_1__introducaoApostila gnulinux modulo_1__introducao
Apostila gnulinux modulo_1__introducao
 
C# classes
C#   classesC#   classes
C# classes
 
Shell script
Shell scriptShell script
Shell script
 
Csharp ebook
Csharp ebookCsharp ebook
Csharp ebook
 
Montagem de computadores
Montagem de computadoresMontagem de computadores
Montagem de computadores
 
Hardware
HardwareHardware
Hardware
 
Apostila cdtc dotproject
Apostila cdtc dotprojectApostila cdtc dotproject
Apostila cdtc dotproject
 
Linhas de transmissão
Linhas de transmissãoLinhas de transmissão
Linhas de transmissão
 
Screen
ScreenScreen
Screen
 
Curso linux professor rafael
Curso linux professor rafaelCurso linux professor rafael
Curso linux professor rafael
 

Semelhante a Configurando rede local e Internet com Linux

Configuração wireless12 2010
Configuração wireless12 2010Configuração wireless12 2010
Configuração wireless12 2010febiza
 
Instalação de um servidor debian
Instalação de um servidor debianInstalação de um servidor debian
Instalação de um servidor debianEduardo Mendes
 
Configuração Ethernet Wireless Linux
Configuração Ethernet Wireless LinuxConfiguração Ethernet Wireless Linux
Configuração Ethernet Wireless LinuxSoftD Abreu
 
Resumo comandos cisco
Resumo comandos ciscoResumo comandos cisco
Resumo comandos ciscoAllan Alencar
 
Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#
Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#
Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#Max Jeison Prass
 
Material de apoio comandos i os (1)
Material de apoio   comandos i os (1)Material de apoio   comandos i os (1)
Material de apoio comandos i os (1)Alessandra Fonseca
 
Speed stream 5200
Speed stream 5200Speed stream 5200
Speed stream 5200maxytetsu
 
3929 linux passo a passo 1
3929 linux passo a passo 1 3929 linux passo a passo 1
3929 linux passo a passo 1 Márcio Roberto
 
Integrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos Beckhoff
Integrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos BeckhoffIntegrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos Beckhoff
Integrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos BeckhoffAVEVA
 
Como clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghost
Como clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghostComo clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghost
Como clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghostVanderlei Nascimento
 
Ccnafinalexamptbr
CcnafinalexamptbrCcnafinalexamptbr
CcnafinalexamptbrLuiz Souza
 
Segurança da Informação - Firewall OpenBSD PF
Segurança da Informação - Firewall OpenBSD PFSegurança da Informação - Firewall OpenBSD PF
Segurança da Informação - Firewall OpenBSD PFLuiz Arthur
 

Semelhante a Configurando rede local e Internet com Linux (20)

Configuração wireless12 2010
Configuração wireless12 2010Configuração wireless12 2010
Configuração wireless12 2010
 
Instalação de um servidor debian
Instalação de um servidor debianInstalação de um servidor debian
Instalação de um servidor debian
 
Configuração Ethernet Wireless Linux
Configuração Ethernet Wireless LinuxConfiguração Ethernet Wireless Linux
Configuração Ethernet Wireless Linux
 
Tutorial beagleboard
Tutorial beagleboardTutorial beagleboard
Tutorial beagleboard
 
Aula vlans
Aula   vlansAula   vlans
Aula vlans
 
Resumo comandos cisco
Resumo comandos ciscoResumo comandos cisco
Resumo comandos cisco
 
Configurando uma rede
Configurando uma redeConfigurando uma rede
Configurando uma rede
 
Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#
Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#
Conceito Ethernet Sniffer em Visual Studio C#
 
Rede95
Rede95Rede95
Rede95
 
Material de apoio comandos i os (1)
Material de apoio   comandos i os (1)Material de apoio   comandos i os (1)
Material de apoio comandos i os (1)
 
Speed stream 5200
Speed stream 5200Speed stream 5200
Speed stream 5200
 
Configurando+uma+rede
Configurando+uma+redeConfigurando+uma+rede
Configurando+uma+rede
 
3929 linux passo a passo 1
3929 linux passo a passo 1 3929 linux passo a passo 1
3929 linux passo a passo 1
 
Integrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos Beckhoff
Integrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos BeckhoffIntegrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos Beckhoff
Integrando o InduSoft Web Studio com Equipamentos Beckhoff
 
Como clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghost
Como clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghostComo clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghost
Como clonar h ds e fazer backup sem precisar do ghost
 
Ccnafinalexamptbr
CcnafinalexamptbrCcnafinalexamptbr
Ccnafinalexamptbr
 
Segurança da Informação - Firewall OpenBSD PF
Segurança da Informação - Firewall OpenBSD PFSegurança da Informação - Firewall OpenBSD PF
Segurança da Informação - Firewall OpenBSD PF
 
Rede profibus
Rede profibusRede profibus
Rede profibus
 
Nap050
Nap050Nap050
Nap050
 
Nap050
Nap050Nap050
Nap050
 

Mais de Tiago

Programacao php moodle
Programacao php moodleProgramacao php moodle
Programacao php moodleTiago
 
Guia rapido de_pascal
Guia rapido de_pascalGuia rapido de_pascal
Guia rapido de_pascalTiago
 
Python bge
Python bgePython bge
Python bgeTiago
 
Curso python
Curso pythonCurso python
Curso pythonTiago
 
Curso python
Curso pythonCurso python
Curso pythonTiago
 
Aula 01 python
Aula 01 pythonAula 01 python
Aula 01 pythonTiago
 
Threading in c_sharp
Threading in c_sharpThreading in c_sharp
Threading in c_sharpTiago
 
Retirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharp
Retirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharpRetirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharp
Retirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharpTiago
 
Remover caracteres especiais_texto_em_c_sharp
Remover caracteres especiais_texto_em_c_sharpRemover caracteres especiais_texto_em_c_sharp
Remover caracteres especiais_texto_em_c_sharpTiago
 
Obter ip da_internet_em_c_sharp
Obter ip da_internet_em_c_sharpObter ip da_internet_em_c_sharp
Obter ip da_internet_em_c_sharpTiago
 
Metodo using no_c_sharp
Metodo using no_c_sharpMetodo using no_c_sharp
Metodo using no_c_sharpTiago
 
Introdução ao c# para iniciantes
Introdução ao c# para iniciantesIntrodução ao c# para iniciantes
Introdução ao c# para iniciantesTiago
 
Interfaces windows em c sharp
Interfaces windows em c sharpInterfaces windows em c sharp
Interfaces windows em c sharpTiago
 
Filestream sistema arquivos
Filestream  sistema arquivosFilestream  sistema arquivos
Filestream sistema arquivosTiago
 
Curso de shell
Curso de shellCurso de shell
Curso de shellTiago
 
Classes csharp
Classes csharpClasses csharp
Classes csharpTiago
 
Curso de shell
Curso de shellCurso de shell
Curso de shellTiago
 
Fatec sbc lpbd-php_completo_como_programar
Fatec sbc lpbd-php_completo_como_programarFatec sbc lpbd-php_completo_como_programar
Fatec sbc lpbd-php_completo_como_programarTiago
 
Webdesign idepac
Webdesign idepacWebdesign idepac
Webdesign idepacTiago
 
Introdução a Multimídia
Introdução a MultimídiaIntrodução a Multimídia
Introdução a MultimídiaTiago
 

Mais de Tiago (20)

Programacao php moodle
Programacao php moodleProgramacao php moodle
Programacao php moodle
 
Guia rapido de_pascal
Guia rapido de_pascalGuia rapido de_pascal
Guia rapido de_pascal
 
Python bge
Python bgePython bge
Python bge
 
Curso python
Curso pythonCurso python
Curso python
 
Curso python
Curso pythonCurso python
Curso python
 
Aula 01 python
Aula 01 pythonAula 01 python
Aula 01 python
 
Threading in c_sharp
Threading in c_sharpThreading in c_sharp
Threading in c_sharp
 
Retirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharp
Retirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharpRetirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharp
Retirar acentos de_determinado_texto_em_c_sharp
 
Remover caracteres especiais_texto_em_c_sharp
Remover caracteres especiais_texto_em_c_sharpRemover caracteres especiais_texto_em_c_sharp
Remover caracteres especiais_texto_em_c_sharp
 
Obter ip da_internet_em_c_sharp
Obter ip da_internet_em_c_sharpObter ip da_internet_em_c_sharp
Obter ip da_internet_em_c_sharp
 
Metodo using no_c_sharp
Metodo using no_c_sharpMetodo using no_c_sharp
Metodo using no_c_sharp
 
Introdução ao c# para iniciantes
Introdução ao c# para iniciantesIntrodução ao c# para iniciantes
Introdução ao c# para iniciantes
 
Interfaces windows em c sharp
Interfaces windows em c sharpInterfaces windows em c sharp
Interfaces windows em c sharp
 
Filestream sistema arquivos
Filestream  sistema arquivosFilestream  sistema arquivos
Filestream sistema arquivos
 
Curso de shell
Curso de shellCurso de shell
Curso de shell
 
Classes csharp
Classes csharpClasses csharp
Classes csharp
 
Curso de shell
Curso de shellCurso de shell
Curso de shell
 
Fatec sbc lpbd-php_completo_como_programar
Fatec sbc lpbd-php_completo_como_programarFatec sbc lpbd-php_completo_como_programar
Fatec sbc lpbd-php_completo_como_programar
 
Webdesign idepac
Webdesign idepacWebdesign idepac
Webdesign idepac
 
Introdução a Multimídia
Introdução a MultimídiaIntrodução a Multimídia
Introdução a Multimídia
 

Último

Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 

Último (20)

Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 

Configurando rede local e Internet com Linux

  • 1. Configurando uma rede local com acesso à Internet: Uma das principais características do sistema UNIX é o seu completo suporte à rede e com o Linux isto não seria diferente. O RedHat Linux possui uma interface fácil, no ambiente X Window, para configurar uma rede tanto local quanto remota. Este tutorial aborda os seguintes tópicos (pelo motivo de um depender do outro): - Configuração do modem. - Configuração da placa de rede. - Configuração do acesso à Internet. - Configuração da rede local. - Configuração do IP Masquerading. Neste tutorial será abordada também a seguinte situação: o seu modem está em uma das quatro seriais padronizadas (cua0 à cua3), com o endereço e a interrupção padrão (no DOS seria, por exemplo, COM4 IRQ3); a sua placa de rede possui barramento PCI ou ISA sendo compatível com NE2000; seu provedor utiliza a autenticação PAP e o protocolo PPP; a versão do kernel é a 2.0.36. Assim a configuração ocorrerá de forma incrívelmente simples. A rede local terá uma máquina servidora conectada à Internet, fornecendo às outras máquinas da rede, que são as máquinas cliente, o acesso a Internet também. O protocolo para que isso funcione é o TCP/IP. A rede foi montada com base nos endereços da Classe C (RFC 1597), usando os endereços IP 192.168.x.x. Este endereço é designado especialmente para Intranets. Servidor => 192.168.1.1 Clientes => 192.168.1.2, 192.168.1.3 etc. Network => 192.168.1.0 Netmask => 255.255.255.0 Broadcast => 192.168.1.255 O sistema operacional usado no servidor é o RedHat Linux 5.2. Nos clientes pode-se usar o RedHat Linux ou o Windows 95. Para que a rede funcione é preciso que o Kernel do Linux tenha suporte a certos recursos, para funcionar o IP Masquerade, a rede TCP/IP e os drivers da placa de rede. Na instalação inicial do RedHat Linux 5.2, este suporte já existe, mas se você compilou um novo kernel para seu sistema, pode ser necessário recompilá-lo para reabilitar os recursos necessários. Para ativar os suportes no kernel entre no menu de configurações e ative os seguintes itens: De um "make menuconfig" e habilite essas opções: Code maturity level options ---> [*] Prompt for development and/or incomplete code/drivers Loadable module support ---> [*] Enable loadable module support [*] Set version information on all symbols for modules [*] Kernel daemon support (e.g. autoload of modules) General setup ---> [*] Networking support Networking options ---> [*] Network firewalls [*] Network aliasing [*] TCP/IP networking [*] IP: forwarding/gatewaying
  • 2. [*] IP: multicasting (recomendado) [*] IP: firewalling [*] IP: masquerading [*] IP: ipautofw masq support (recomendado) [*] IP: ICMP masquerading (recomendado) [*] IP: Always defragment (recomendado) Network device support ---> <M> Dummy net driver support (recomendado) [*] Network device support <M> PPP (point-to-point) support [*] Ethernet (10 or 100Mbit) [*] PCI Ethernet adapters (se sua placa for PCI) <M> PCI NE2000 support (se sua placa for PCI) [*] Other ISA cards (se sua placa for ISA) <M> NE2000/NE1000 ISA support (se sua placa for ISA) Character devices ---> <*> Standard/generic serial support Salve as configurações e recompile seu kernel. Depois você deve compilar e instalar os módulos. Consulte o tópico "Atualizando e ou compilando o kernel" para uma melhor explicação. Pelo cliente é possível navegar na Web, receber e enviar e-mails, dar Telnet, FTP, Ping, usar o ICQ e o RealPlayer. 1) Configurando o modem e a placa de rede no RedHat Linux: 1.1) Configurando o Modem: Nos sistemas Linux, as portas seriais são denominadas de forma diferente em relação aos sistemas DOS/Windows. Enquanto que no DOS elas são tratadas como COM1 à COM4, no Linux as portas seriais são tratadas como dispositivos cua0 à cua3 respectivamente (/dev/cua0 à /dev/cua3). Através do "control-panel" no X-Window entre em "Modem Configuration". Selecione a porta serial na qual seu modem está conectado e clique em "OK". Será criado o link "/dev/modem" para o seu modem device. 1.2) Configurando a placa de rede: Caso a sua placa seja ISA digite no console "modprobe ne io=0x300 irq=10" (substitua 0x300 e 10 pelos valores de I/O e IRQ corretos da sua placa de rede!). Então edite o arquivo "/etc/conf.modules" adicionando: alias eth0 ne options ne io=0x300 irq=10 Caso a sua placa seja PCI digite no console "modprobe ne2k-pci" e veja se a sua placa de rede foi detectada corretamente. Então edite o arquivo "/etc/conf.modules" adicionando: alias eth0 ne2k0pci Se você tiver problemas com o módulo ne2k-pci, use então o módulo ne. Para isso digite no console "modprobe ne" e anote os valores de I/O e IRQ da sua placa de rede. Então edite o arquivo "/etc/conf.modules" adicionando: alias eth0 ne options ne io=0x6000 irq=10 (substitua pelos valores corretos!) Se o comando modprobe não funcionar adequadamente execute o comando "depmod -a" e tente novamente. 2) Configurando o acesso à Internet no servidor com RedHat Linux: Através do "control-panel" no X Window entre em "Network Configuration". 2.1)Na seção Interfaces: Clique em "Add" e selecione "PPP", clique em "OK". Então coloque: Phone Number: numero_do_provedor Ative "Use PAP authentication" (depende do provedor!)
  • 3. PPP login name: seu_login_do_provedor PPP password: seu_password_do_provedor Clique em "Customize", será aberta a janela "Edit PPP Interface". 2.1.1)Na seção Hardware: Deixe ativado apenas "Use hardware flow control and modem lines" e "Abort connection on well-known errors". A opção "Escape control characters" deve ficar desativada. Opcionalmente poderá deixar ativado também "Allow any user to (de)activate interface". Em "Line speed:" coloque a velocidade de seu modem. Para um modem de 33.6 poderá ser colocado 115200. Em "Modem Port:" coloque a porta serial no qual seu modem está conectado. Se o modem já foi configurado no "control-panel" coloque "/dev/modem". Em "PPP Options:" deixe em branco. 2.1.2) Na seção Communication: Modem Init String: ATZ Modem Dial Command: ATDT ou ATDP Phone Number: número_do_telefone_do_provedor Não selecione "Debug connection". E o resto fica em branco. 2.1.3) Na seção Networking: Não deixe selecionada a opção "Activate interface at boot time". Selecione apenas "Set default route when making connection" e "Restart PPP when connection fails". Deixe os outros campos em branco exceto o campo "MRU (296-1500):" em que pode ser colocado o valor 1500. 2.1.4) Na seção PAP coloque: Send username: seu_username_do_provedor O resto deixe como está. Agora na janela "Edit PPP Interface" clique em "Done" e depois em "Save" para salvar as configurações. 2.2) Na seção Names coloque: Hostname: nomedoservidor.dominio Domain: dominio.do.provedor Search for hostnames in additional domains: DEIXE EM BRANCO Nameservers: DNS.do.provedor (quantos existir e um por linha!) Clique em "Save" para salvar as configurações. 2.3) Efetuando a conexão: Para conectar ao provedor vá através do "control-panel" no X Window em "Network Configurator", e na seção "Interfaces" selecione "ppp0" e clique em "Activate". Para desconectar clique em "Deactivate". Os usuários deverão usar o programa "usernet" (dentro do X) para iniciar a conexão. Para conectar pelo console vá para o diretório "/etc/sysconfig/network-scripts" e digite: # ./ifup-ppp ifcfg-ppp0 & (para conectar) # ./ifdown-ppp ifcfg-ppp0 & (para desconectar) E os usuários irão utilizar os seguintes comandos no console: # /usr/sbin/usernetctl ifcfg-ppp0 up (para conectar) # /usr/sbin/usernetctl ifcfg-ppp0 down (para desconectar) Se você quiser saber o seu endereço IP na Internet use um dos seguintes comandos: # tail /var/log/messages ou # ifconfig 3) Configurando a rede local: 3.1) Configurando o servidor com RedHat Linux: Através do "control-panel" no X Window entre em "Network Configuration". 3.1.1) Na seção Names coloque: Hostname: nomedoservidor.dominio Domain: dominio.do.provedor Search for hostnames in additional domains: DEIXE EM BRANCO Nameservers: DNS.do.provedor (quantos existir e um por linha!) 3.1.2) Na seção Hosts coloque:
  • 4. Clique em "Add" para adicionar cada linha abaixo. IP Name Nicknames 127.0.0.1 localhost 192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor 192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1 192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2 ... 3.1.3) Na seção Interfaces coloque: Caso não tenha a interface "eth0" clique em "Add" e escolha "Ethernet". Se já tiver a interface "eth0" selecione-a e clique em "Edit", então coloque: IP: 192.168.1.1 Netmask: 255.255.255.0 Network: 192.168.1.0 Broadcast: 192.168.1.255 Ative o "Activate Interface at boot time". (recomendado) Ative o "Allow any user to (de)activate interface". (opcional) Em "Interface configuration protocol" coloque "none". Clique em "Done" e "Save". 3.1.4) Na seção Routing: Deixe tudo vazio! Clique em "Save" e "Quit". Fim! Se não quiser reiniciar a máquina para ativar a rede, vá na seção "Interfaces" selecione "eth0" e clique em "Activate". 3.1.5) Confirme a configuração nos seguintes arquivos: => /etc/hosts 127.0.0.1 localhost 192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor 192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1 192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2 => /etc/resolv.conf search dominio.do.provedor nameserver DNS.do.provedor nameserver DNS.do.provedor (caso tenha mais de um!) => /etc/HOSTNAME nomedoservidor.dominio => /etc/sysconfig/network NETWORKING=yes FORWARD_IPV4=no HOSTNAME=nomedoservidor.dominio GATEWAYDEV= GATEWAY= => /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0 DEVICE=eth0 USERCTL=yes ONBOOT=yes BOOTPROTO=none BROADCAST=192.168.1.255 NETWORK=192.168.1.0 NETMASK=255.255.255.0
  • 5. IPADDR=192.168.1.1 => /etc/host.conf order hosts,bind multi on Tudo confirmado!!! 3.2) Configurando o cliente com RedHat Linux: Através do "control-panel" no X Window entre em "Network Configuration". 3.2.1) Na seção Names coloque: Hostname: nomedocliente.dominio Domain: dominio.do.provedor Search for hostnames in additional domains: DEIXE EM BRANCO Nameservers: DNS.do.provedor (quantos existir e um por linha!) 3.2.2) Na seção Hosts coloque: Clique em "Add" para adicionar cada linha abaixo. IP Name Nicknames 127.0.0.1 localhost localhost.localdomain 192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor 192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1 192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2 ... 3.2.3) Na seção Interfaces coloque: Caso não tenha a interface "eth0" clique em "Add" e escolha "Ethernet". Se já tiver a interface "eth0" selecione-a e clique em "Edit", então coloque: IP: 192.168.1.2 (ou 192.168.1.3 etc.) Netmask: 255.255.255.0 Network: 192.168.1.0 Broadcast: 192.168.1.255 Ative o "Activate Interface at boot time". (recomendado) Ative o "Allow any user to (de)activate interface". (opcional) Em "Interface configuration protocol" coloque "none". 3.2.4) Na seção Routing: Nao selecione "Network Packet Forwarding (IPv4)". Default Gateway: 192.168.1.1 Default Gateway Device: eth0 Aperte "Add" e coloque: Device: eth0 Network: 192.168.1.0 Netmask: 255.255.255.0 Gateway: 192.168.1.1 Clique em "Done". Clique em "Save" e "Quit". Fim! Se não quiser reiniciar a máquina para ativar a rede, vá na seção "Interfaces" selecione "eth0" e clique em "Activate". 3.2.5) Confirme a configuração nos seguintes arquivos: => /etc/hosts 127.0.0.1 localhost localhost.localdomain 192.168.1.1 nomedoservidor.dominio nomedoservidor 192.168.1.2 nomedocliente1.dominio nomedocliente1 192.168.1.3 nomedocliente2.dominio nomedocliente2 => /etc/resolv.conf search dominio.do.provedor nameserver DNS.do.provedor
  • 6. nameserver DNS.do.provedor (caso tenha mais de um!) => /etc/HOSTNAME nomedocliente.dominio => /etc/sysconfig/network NETWORKING=yes FORWARD_IPV4=no HOSTNAME=nomedocliente.dominio GATEWAYDEV=eth0 GATEWAY=192.168.1.1 => /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0 DEVICE=eth0 USERCTL=yes ONBOOT=yes BOOTPROTO=none BROADCAST=192.168.1.255 NETWORK=192.168.1.0 NETMASK=255.255.255.0 IPADDR=192.168.1.2 (ou 192.168.1.3 etc.) => /etc/host.conf order hosts,bind multi on Tudo confirmado!!! 3.3) Configurando o cliente com Windows 95: (Não entrarei em detalhes aqui!) Em "Iniciar/Configurações/Painel de Controle" entre em "Rede". Adicione a sua placa de rede e o protocolo TCP/IP. Selecione "TCP/IP -> Placaderede" e clique no botão "Propriedades". Na pasta "Endereço IP" selecione "Especificar um endereço IP:" e coloque: Endereço IP: 192.168.1.2 (ou 192.168.1.3 etc.) Máscara da sub-rede: 255.255.255.0 Na pasta "Gateway" adicione "192.168.1.1". Na pasta "Configuração DNS" selecione "Ativar DNS". E coloque: Host: nomedocliente Domínio: dominiodocliente Em "Ordem de pesquisa do servidor DNS" adicione o(s) DNS de seu provedor. Em "Ordem de pesquisa sufixo do domínio" adicione o domínio do seu provedor. As outras pastas deixe como estão. Clique em "OK" em todas as janelas e reinicialize o sistema. Você pode opcionalmente criar o arquivo "HOSTS" no diretório do Windows com o seguinte conteúdo: 127.0.0.1 localhost 192.168.1.1 nomedoservidor.dominio 192.168.1.2 nomedocliente1.dominio 192.168.1.3 nomedocliente2.dominio Veja o exemplo chamado HOSTS.SAM no diretório do Windows. Teste a sua conexão com o servidor da sua rede digitanto em "Iniciar/Executar..." o comando: ping 192.168.1.1 4) Ativando o IP Masquerade no servidor com RedHat Linux: O IP Masquerade é o que faz todas as máquinas cliente acessarem a Internet quando o servidor estiver conectado. Primeiro verifique se o "Ipfwadm" está instalado em seu sistema. Caso não esteja instale-o a partir do seu disco do RedHat. Ele está no diretório "/RedHat/RPMS". Agora você deverá executar os comandos abaixo, um de cada vez, no console: echo "1" > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward
  • 7. /sbin/depmod -a /sbin/modprobe ip_masq_ftp.o /sbin/modprobe ip_masq_irc.o /sbin/modprobe ip_masq_raudio.o /sbin/modprobe ip_masq_cuseeme.o /sbin/ipfwadm -F -f /sbin/ipfwadm -F -p deny /sbin/ipfwadm -F -a m -S 192.168.1.0/24 -D 0.0.0.0/0 Esta é uma configuração bem genérica. Se você quiser bloquear alguns serviços ou algumas portas consulte a documentação sugerida abaixo. Adicione estas linhas no final do arquivo "/etc/rc.d/rc.local" para que o IP Masquerade seja ativado durante a inicialização do sistema. Você poderá, ao invés de adicionar no "/etc/rc.d/rc.local", criar um script com estas linhas para ativar o IP Masquerade quando for necessário. Para isto crie um arquivo com estas linhas colocando no inicio a seguinte linha: #!/bin/sh Depois use o seguinte comando para tornar o arquivo executável: # chmod +x arquivo Bastando então executar este arquivo para que seja ativado o IP Masquerade. Se depois você quiser desativar o IP Masquerade, execute os comandos abaixo: /sbin/ipfwadm -F -d m -S 192.168.1.0/24 -D 0.0.0.0/0 /sbin/rmmod ip_masq_ftp /sbin/rmmod ip_masq_irc /sbin/rmmod ip_masq_raudio /sbin/rmmod ip_masq_cuseeme echo "0" > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward 5) Bibliografia: · Linux IP Masquerade Resource · Linux IP Masquerade Resource · The Linux Manual · Linux IP Masquerade mini HOWTO · Setting Up IP Masquerade on RedHat Linux 5 · IP Masquerade FAQ · Ipfwadm Page · Indyramp's IP Masquerading site · RedHat PPP Setup Tips · RedHat Dial-up Tip · The Linux Network Administrators' Guide · HOWTOs · IP Masquerade mini HOWTO · Ethernet HOWTO · ISP Hookup HOWTO · PPP HOWTO · Intranet Server HOWTO · Kernel HOWTO · Modules Installation mini HOWTO Homepage ¦ Info ¦ Índice ¦ Links ¦ Staff