SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
1
Perspectiva
Perspectiva é a representação gráfica dos objetos
tridimensionais. Ela pode ser feita de várias maneiras,
com resultados diferentes, que se assemelham mais
ou menos à visão humana.
Observe como um objeto pode ser representado
de maneiras diferentes:
Perspectiva
Isométrica
Perspectiva
Cavaleira
Perspectiva
Cônica
Perspectiva isométrica é o processo de
representação tridimensional em que o bjeto se situa
num sistema de três eixos coordenados (axonometria).
Estes eixos, quando perspectivados, fazem entre si
ângulos de 120°:
Perspectiva Isométrica
xy
z
O
xy
z
120°
120°
120°
Por razões práticas costuma-se utilizar, na
construção das perspectivas, o prolongamento dos
eixos X e Y a partir do ponto O, no sentido contrário,
formando ângulos de 30° com a horizontal, enquanto o
eixo Z (vertical) permanece inalterado.
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
2
xy
z
O
60° 60°
30°
30°
xy
z
O
30°
30°
Cada eixo coordenado corresponde a uma dimensão
dos objetos:
ComprimentoLargura
Altura
Altura
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
3
MALHA ISOMÉTRICA
A malha isométrica é um artifício de desenho cuja
finalidade é possibilitar a produção de rascunhos
gráficos muito próximos da perspectiva isométrica
precisa (feita com instrumentos). Consiste na malha de
triângulos eqüiláteros formada por retas paralelas aos
eixos.
Acompanhe a construção da
perspectiva isométrica do
seguinte objeto, feita passo a
passo:
PROCESSO DE CONSTRUÇÃO
11
Traçar os eixos
isométricos com o uso
dos instrumentos
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
3
22
Usar os eixos
isométricos para
parcação das
dimensões gerais do
objeto (comprimento,
largura e altura)
33
Por meio de retas
paralelas aos eixos
(traçadas com os
esuadros apoiados na
requa paralela) fechar
volume do objeto
44
Usar os eixos
isométricos para
parcação das
dimensões parciais do
objeto
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
5
55
Por meio de retas
paralelas aos eixos
complletar o volume
do objeto
66
Reforçar os traços que
formam as arestas do
objeto de forma que
as linhas construtivas
fiquem em segundo
plano
CÍRCULO ISOMÉTRICO
A perspectiva isométrica
do círculo será uma elipse
inscrita em cada face do cubo
isométrico
Como a construção
da elipse não pode ser
e x e c u t a d a p e l o s
instrumentos usuais
substituiremos a elipse
verdadeira por uma falsa
elipse, uma oval regular,
que pode ser construida
com o compasso
11
Para a construção da
perspetiva do circulo é
necessária a
construção de uma
das faces do cubo
isométrico, os quais
posuem arestas do
tamanho do diâmetro
do círculo que se vai
desenhar
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
6
Acompanhe a construção da
perspectiva isométrica do
círculo, feita passo a passo:
22
Determinar o ponto
médio dos segmentos
de reta que são os
lados do quadrado
perspectivado
33
Derermina - se nos
vertices do quadrado
que possuem a menor
diagonal os centros 1
e 2 traçando os arcos
até o pontos médios
dos lados
1
2
44
Os centros 3 e 4
estarão nos
cruzamentos dos
segmentos de reta que
unem os centros 1 e 2
aos pontos medios dos
lados opostos
1
2
3
4
55
Nos centros 3 e 4
traçar arcos
concordantes com os
arcos traçados
anteriormente
1
2
3
4
66
Reforçar os arcos de
circunferência de
forma que as linhas
construtivas fiquem em
segundo plano
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
7
Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
8
ExerciciosConstruir o rascunho gráfico das perspectivas
isométricas na malha isométrica, sabendo que cada
módulo corresponde a 5 unidades.
11
22
33 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
9
44
55 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
10
66
77 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
11
88
99 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
12
1010
1111 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
13
1212
1313 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
14
1414
1515 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
15
1616
1717 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
16
1818
1919 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
17
2020
2121 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
18
2222
2323 Marcelo Granato
Rodrigo Santana
Rogério Claudino
da - 1
Perspectiva
Isométrica
19
2424

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula perspectiva Isométrica
Aula perspectiva   IsométricaAula perspectiva   Isométrica
Aula perspectiva IsométricaLucas Reitz
 
Perspectiva isometrica
Perspectiva isometricaPerspectiva isometrica
Perspectiva isometricaTiago Gomes
 
Ficha de trabalho óvulo e oval
Ficha de trabalho   óvulo e ovalFicha de trabalho   óvulo e oval
Ficha de trabalho óvulo e ovalruiseixas
 
Projeções ortogonais
Projeções ortogonaisProjeções ortogonais
Projeções ortogonaisEllen Assad
 
Perspectiva (2010.ii)
Perspectiva   (2010.ii)Perspectiva   (2010.ii)
Perspectiva (2010.ii)Tuane Paixão
 
Exercicios perspectiva
Exercicios perspectivaExercicios perspectiva
Exercicios perspectivaPaula Pauleira
 
ponto-e-segmento-de-recta
ponto-e-segmento-de-rectaponto-e-segmento-de-recta
ponto-e-segmento-de-rectaHugo Correia
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaEllen Assad
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectivalean_dro
 
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 cAula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 cLucas Barbosa
 
Aula 10 sistemas de projeções ortogonais
Aula 10   sistemas de projeções ortogonaisAula 10   sistemas de projeções ortogonais
Aula 10 sistemas de projeções ortogonaisAlyne Silva Lima
 
Ficha de trabalho figura - fundo
Ficha de trabalho   figura - fundoFicha de trabalho   figura - fundo
Ficha de trabalho figura - fundoruiseixas
 
Aula 1 perspectiva de desenhos
Aula 1   perspectiva de desenhosAula 1   perspectiva de desenhos
Aula 1 perspectiva de desenhosGraciele Alves
 
EVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaEVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaAgostinho NSilva
 

Mais procurados (20)

Aula perspectiva Isométrica
Aula perspectiva   IsométricaAula perspectiva   Isométrica
Aula perspectiva Isométrica
 
Perspectiva isometrica
Perspectiva isometricaPerspectiva isometrica
Perspectiva isometrica
 
Ficha de trabalho óvulo e oval
Ficha de trabalho   óvulo e ovalFicha de trabalho   óvulo e oval
Ficha de trabalho óvulo e oval
 
Projecção
ProjecçãoProjecção
Projecção
 
Projeções ortogonais
Projeções ortogonaisProjeções ortogonais
Projeções ortogonais
 
Aula 2 introdução geometria descritiva
Aula 2   introdução geometria descritivaAula 2   introdução geometria descritiva
Aula 2 introdução geometria descritiva
 
Perspectiva (2010.ii)
Perspectiva   (2010.ii)Perspectiva   (2010.ii)
Perspectiva (2010.ii)
 
Exercicios perspectiva
Exercicios perspectivaExercicios perspectiva
Exercicios perspectiva
 
ponto-e-segmento-de-recta
ponto-e-segmento-de-rectaponto-e-segmento-de-recta
ponto-e-segmento-de-recta
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva Isométrica
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Aula 10 ponto e sistemas de projeções
Aula 10   ponto e sistemas de projeçõesAula 10   ponto e sistemas de projeções
Aula 10 ponto e sistemas de projeções
 
Aula 14 épura e ponto
Aula 14   épura e pontoAula 14   épura e ponto
Aula 14 épura e ponto
 
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 cAula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
 
Aula 10 sistemas de projeções ortogonais
Aula 10   sistemas de projeções ortogonaisAula 10   sistemas de projeções ortogonais
Aula 10 sistemas de projeções ortogonais
 
Ficha de trabalho figura - fundo
Ficha de trabalho   figura - fundoFicha de trabalho   figura - fundo
Ficha de trabalho figura - fundo
 
espaço e desenho de observação - regras a cumprir
espaço e desenho de observação - regras a cumprirespaço e desenho de observação - regras a cumprir
espaço e desenho de observação - regras a cumprir
 
Aula 1 perspectiva de desenhos
Aula 1   perspectiva de desenhosAula 1   perspectiva de desenhos
Aula 1 perspectiva de desenhos
 
EVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaEVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da Forma
 

Destaque

PONTO DE FUGA E PERSPECTIVA
PONTO DE FUGA E PERSPECTIVAPONTO DE FUGA E PERSPECTIVA
PONTO DE FUGA E PERSPECTIVARosi Marchi
 
Ed. visual 10a classe
Ed. visual 10a classeEd. visual 10a classe
Ed. visual 10a classeAvatar Cuamba
 
51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)
51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)
51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)Heromo
 
DESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICA
DESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICADESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICA
DESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICAordenaelbass
 
18 Perspectiva Axonometrica Y Caballera
18 Perspectiva Axonometrica Y Caballera18 Perspectiva Axonometrica Y Caballera
18 Perspectiva Axonometrica Y Caballeradibujotecnicoin
 
Perspectiva 2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercícios
Perspectiva   2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercíciosPerspectiva   2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercícios
Perspectiva 2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercíciosMarcelo Gitirana Gomes Ferreira
 
Dtb e geometria descritiva poligrafo parobe
Dtb e geometria descritiva poligrafo parobeDtb e geometria descritiva poligrafo parobe
Dtb e geometria descritiva poligrafo parobe412n1
 
Exercios1 - Perspectiva Isometrica
Exercios1 - Perspectiva IsometricaExercios1 - Perspectiva Isometrica
Exercios1 - Perspectiva IsometricaEllen Assad
 
Apostila desenho técnico básico
Apostila desenho técnico básicoApostila desenho técnico básico
Apostila desenho técnico básicoLehTec
 
Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)
Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)
Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)Coqui Podestá
 

Destaque (20)

PONTO DE FUGA E PERSPECTIVA
PONTO DE FUGA E PERSPECTIVAPONTO DE FUGA E PERSPECTIVA
PONTO DE FUGA E PERSPECTIVA
 
Luísa caetano 2012 [educação visual] perspectivas com pontos de fuga [elementar]
Luísa caetano 2012 [educação visual] perspectivas com pontos de fuga [elementar]Luísa caetano 2012 [educação visual] perspectivas com pontos de fuga [elementar]
Luísa caetano 2012 [educação visual] perspectivas com pontos de fuga [elementar]
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Ed. visual 10a classe
Ed. visual 10a classeEd. visual 10a classe
Ed. visual 10a classe
 
51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)
51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)
51725631 caderno-de-exercicios-desenho-tecnico (1)
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
DESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICA
DESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICADESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICA
DESENHO TECNICO PROJEÇÃO ORTOGRAFICA
 
18 Perspectiva Axonometrica Y Caballera
18 Perspectiva Axonometrica Y Caballera18 Perspectiva Axonometrica Y Caballera
18 Perspectiva Axonometrica Y Caballera
 
Capitulo3
Capitulo3Capitulo3
Capitulo3
 
PERSPECTIVA AXONOMETRICA CLASE 2
PERSPECTIVA AXONOMETRICA CLASE 2PERSPECTIVA AXONOMETRICA CLASE 2
PERSPECTIVA AXONOMETRICA CLASE 2
 
Perspectiva 2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercícios
Perspectiva   2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercíciosPerspectiva   2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercícios
Perspectiva 2010-1 - aula 02 - pontos de fuga - exercícios
 
Aula05 ene073
Aula05 ene073Aula05 ene073
Aula05 ene073
 
Dtb e geometria descritiva poligrafo parobe
Dtb e geometria descritiva poligrafo parobeDtb e geometria descritiva poligrafo parobe
Dtb e geometria descritiva poligrafo parobe
 
Perspectivas
PerspectivasPerspectivas
Perspectivas
 
Exercios1 - Perspectiva Isometrica
Exercios1 - Perspectiva IsometricaExercios1 - Perspectiva Isometrica
Exercios1 - Perspectiva Isometrica
 
Perspectiva cavaleira
Perspectiva cavaleiraPerspectiva cavaleira
Perspectiva cavaleira
 
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 02
 
Apostila desenho técnico básico
Apostila desenho técnico básicoApostila desenho técnico básico
Apostila desenho técnico básico
 
Desenho Geométrico e Técnico
Desenho Geométrico e TécnicoDesenho Geométrico e Técnico
Desenho Geométrico e Técnico
 
Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)
Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)
Sistemas de representación (generalidades - isometrica y caballera)
 

Semelhante a Perspectiva Isométrica

Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...
Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...
Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...MariaCarolinaTonelli1
 
Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]Lucas Barbosa
 
1.desenho projetivo e_perspectivas
1.desenho projetivo e_perspectivas1.desenho projetivo e_perspectivas
1.desenho projetivo e_perspectivasRenata Montenegro
 
slidesaula__1__2.pdf
slidesaula__1__2.pdfslidesaula__1__2.pdf
slidesaula__1__2.pdf4anoB1
 
08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdf
08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdf08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdf
08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdfDntsGames
 
DivisãO Da Circunferência
DivisãO Da CircunferênciaDivisãO Da Circunferência
DivisãO Da Circunferênciaeditazevedo42
 
Desenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-ano
Desenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-anoDesenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-ano
Desenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-anoDiego Miranda
 
ae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptx
ae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptxae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptx
ae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptxmariagrave
 
Espelhos Esféricos
Espelhos EsféricosEspelhos Esféricos
Espelhos EsféricosPh Neves
 
aula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visual
aula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visualaula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visual
aula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visualCarlosSantos118890
 
Espelhos e
Espelhos eEspelhos e
Espelhos ePh Neves
 

Semelhante a Perspectiva Isométrica (20)

Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...
Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...
Curso de eletrotécnica - Desenho Técnico - Capítulo 2 - Perspectivas Geométri...
 
Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]
 
Aula3
Aula3Aula3
Aula3
 
1.desenho projetivo e_perspectivas
1.desenho projetivo e_perspectivas1.desenho projetivo e_perspectivas
1.desenho projetivo e_perspectivas
 
Isometrias
IsometriasIsometrias
Isometrias
 
Desenho Técnico
Desenho TécnicoDesenho Técnico
Desenho Técnico
 
slidesaula__1__2.pdf
slidesaula__1__2.pdfslidesaula__1__2.pdf
slidesaula__1__2.pdf
 
08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdf
08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdf08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdf
08 - FAI_AULA_SEMANA 08_ENGAGRONOMICA_ 20-04-2018.pdf
 
05 teoria-isometria 8 ano
05 teoria-isometria 8 ano05 teoria-isometria 8 ano
05 teoria-isometria 8 ano
 
Isometrias
IsometriasIsometrias
Isometrias
 
Isometrias ficha de revisão
Isometrias   ficha de revisãoIsometrias   ficha de revisão
Isometrias ficha de revisão
 
DivisãO Da Circunferência
DivisãO Da CircunferênciaDivisãO Da Circunferência
DivisãO Da Circunferência
 
Circunferencia
CircunferenciaCircunferencia
Circunferencia
 
Desenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-ano
Desenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-anoDesenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-ano
Desenho de-circuito-eletronico-3-capitulo-2-ano
 
ae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptx
ae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptxae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptx
ae_nmsi6_isometrias_ppt_2.pptx
 
Espelhos Esféricos
Espelhos EsféricosEspelhos Esféricos
Espelhos Esféricos
 
Dea aula 03sistemaprojecao
Dea aula 03sistemaprojecaoDea aula 03sistemaprojecao
Dea aula 03sistemaprojecao
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
 
aula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visual
aula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visualaula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visual
aula-03-tipos-de-perspectiva2 desenho educação visual
 
Espelhos e
Espelhos eEspelhos e
Espelhos e
 

Perspectiva Isométrica

  • 1. Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 1 Perspectiva Perspectiva é a representação gráfica dos objetos tridimensionais. Ela pode ser feita de várias maneiras, com resultados diferentes, que se assemelham mais ou menos à visão humana. Observe como um objeto pode ser representado de maneiras diferentes: Perspectiva Isométrica Perspectiva Cavaleira Perspectiva Cônica Perspectiva isométrica é o processo de representação tridimensional em que o bjeto se situa num sistema de três eixos coordenados (axonometria). Estes eixos, quando perspectivados, fazem entre si ângulos de 120°: Perspectiva Isométrica xy z O xy z 120° 120° 120°
  • 2. Por razões práticas costuma-se utilizar, na construção das perspectivas, o prolongamento dos eixos X e Y a partir do ponto O, no sentido contrário, formando ângulos de 30° com a horizontal, enquanto o eixo Z (vertical) permanece inalterado. Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 2 xy z O 60° 60° 30° 30° xy z O 30° 30° Cada eixo coordenado corresponde a uma dimensão dos objetos: ComprimentoLargura Altura Altura
  • 3. Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 3 MALHA ISOMÉTRICA A malha isométrica é um artifício de desenho cuja finalidade é possibilitar a produção de rascunhos gráficos muito próximos da perspectiva isométrica precisa (feita com instrumentos). Consiste na malha de triângulos eqüiláteros formada por retas paralelas aos eixos. Acompanhe a construção da perspectiva isométrica do seguinte objeto, feita passo a passo: PROCESSO DE CONSTRUÇÃO
  • 4. 11 Traçar os eixos isométricos com o uso dos instrumentos Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 3 22 Usar os eixos isométricos para parcação das dimensões gerais do objeto (comprimento, largura e altura) 33 Por meio de retas paralelas aos eixos (traçadas com os esuadros apoiados na requa paralela) fechar volume do objeto 44 Usar os eixos isométricos para parcação das dimensões parciais do objeto
  • 5. Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 5 55 Por meio de retas paralelas aos eixos complletar o volume do objeto 66 Reforçar os traços que formam as arestas do objeto de forma que as linhas construtivas fiquem em segundo plano CÍRCULO ISOMÉTRICO A perspectiva isométrica do círculo será uma elipse inscrita em cada face do cubo isométrico Como a construção da elipse não pode ser e x e c u t a d a p e l o s instrumentos usuais substituiremos a elipse verdadeira por uma falsa elipse, uma oval regular, que pode ser construida com o compasso
  • 6. 11 Para a construção da perspetiva do circulo é necessária a construção de uma das faces do cubo isométrico, os quais posuem arestas do tamanho do diâmetro do círculo que se vai desenhar Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 6 Acompanhe a construção da perspectiva isométrica do círculo, feita passo a passo: 22 Determinar o ponto médio dos segmentos de reta que são os lados do quadrado perspectivado 33 Derermina - se nos vertices do quadrado que possuem a menor diagonal os centros 1 e 2 traçando os arcos até o pontos médios dos lados 1 2
  • 7. 44 Os centros 3 e 4 estarão nos cruzamentos dos segmentos de reta que unem os centros 1 e 2 aos pontos medios dos lados opostos 1 2 3 4 55 Nos centros 3 e 4 traçar arcos concordantes com os arcos traçados anteriormente 1 2 3 4 66 Reforçar os arcos de circunferência de forma que as linhas construtivas fiquem em segundo plano Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 7
  • 8. Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 8 ExerciciosConstruir o rascunho gráfico das perspectivas isométricas na malha isométrica, sabendo que cada módulo corresponde a 5 unidades. 11 22
  • 9. 33 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 9 44
  • 10. 55 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 10 66
  • 11. 77 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 11 88
  • 12. 99 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 12 1010
  • 13. 1111 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 13 1212
  • 14. 1313 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 14 1414
  • 15. 1515 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 15 1616
  • 16. 1717 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 16 1818
  • 17. 1919 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 17 2020
  • 18. 2121 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 18 2222
  • 19. 2323 Marcelo Granato Rodrigo Santana Rogério Claudino da - 1 Perspectiva Isométrica 19 2424