SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
CADEIRA DE
QUÍMICA
Estequiometria
É o estudo das relações quantitativas
(átomos, moléculas, massa, volume) entre
as substâncias que participam de uma
reação química.
Cálculo Estequiométrico
Stoicheon = elemento
metron = medida
1 Mol
A Massa que equivale a massa do
átomo ou da molécula expressa em
gramas.
um volume (nas CNTP, 22,4 litros)
Ao número de moléculas ou de
átomos igual a 6,02 x 1023 .
Relações Molares
N2 + 3H2  2NH3
Mol - 1Mol + 3Mols  2Mols
Moléculas- 6 x1023 + 18 x1023  12 x1023
Massa - 28g + 6g  34g
Volume – 22,4L + 67,2L  44,8L
Cálculo Estequiométrico
Para resolver uma questão envolvendo
cálculo estequiométrico devemos seguir três
passos:
1º  conhecer a equação;
2º  Ajustar os coeficientes;
3º  Armar uma Regra de três;
Como montar uma regra de três???
Depois de ter se certificado que a equação está balanceada ...
Identifique o que o problema está
pedindo – este será o seu “x”.
Coloque-o abaixo da fórmula da
substância em questão.
Ex.: Quantas Moléculas de água são
produzidas a partir de 16g de oxigênio gás?
1º  H2 + O2  H2O
2º  2H2 + O2  2H2O
x(moléculas)
Identifique a referência do problema
(valores referentes a amostra
utilizada na questão)...
Ex.: Quantas Moléculas de água são produzidas a
partir de 16g de oxigênio gás?
2 H2 + O2  2H2O
16(g) x(moléculas)
Retire da equação os valores
necessários para calcular seu x.
Ex.: Quantas Moléculas de água são produzidas a partir de
16g de gás oxigênio ?
2H2 + O2  2H2O
16(g)------------- x(moléculas)
32(g)---------------2 x 6,0.1023(moléculas)
Agora é só resolver a conta!!!
x = 16 . 12,04 x 1023 = 6,02 x 1023moléc.
32
Relação Massa-Volume
Ex.: Qual o volume de Amônia produzido nas CNTP por
12g de H2 que reage com N2 suficiente?
1º  N2 + H2  NH3
2º  N2 + 3H2  2NH3
6g 44,8 L
12g x x = 12 . 44,8 = 89,6 L
6
Relação Mol -Volume
Ex.: Quantos mols de CO2 são produzidos a partir de
44, 8L de CO?
1º  CO + O2  CO2
2º  CO + ½O2  CO2
22,4L 1Mol
44,8L x
x = 44,8 . 1 = 2 Mols
22,4L
RENDIMENTO DE UMA
REAÇÃO
Rendimento
EX1.: A combustão de 36g de grafite (C)
provocou a formação de 118,8g de gás carbônico.
Qual foi o rendimento da reação ? (C = 12; O =
16)
a) 50%.
b) 60%.
c) 70%.
d) 80%.
e) 90%.
PARA CALCULAR O RENDIMENTO, BASTA CALCULAR QUE MASSA
DEVERIA SER PRODUZIDA NO CASO DE NADA ATRAPALHAR O
RENDIMENTO DA REAÇÃO, OU SEJA, SE O RENDIMENTO FOSSE
100%.
▪ C + O2 → CO2
▪ 12g 44g
▪ 36g x
▪ X = 36 x 44 / 12 = 132 g
132g se o rendimento tivesse sido de 100%, mas a reação produziu apenas 118,8
g. para calcular o rendimento da reação, faremos a conta....
132g ...................100%
118,8g................. X
X = 118,8 x 100 / 132 = 90,0%
Se houver impureza na
amostra, o cálculo não
poderá levar em conta as
impurezas. Haverá a
necessidade de se descontar
essa impureza.
Grau de pureza
EX.: A decomposição térmica do CaCO3, se dá de
acordo com a equação abaixo. Quantas
toneladas de óxido de cálcio serão produzidas
através da decomposição de 100 toneladas de
carbonato de cálcio com 90% de pureza?(Ca = 40;
O = 16; C = 12)
a) 40,0 t.
b) 56,0 t.
c) 62,2 t.
d) 50,4 t.
e) 90,0 t.
Grau de pureza
CaCO3 CaO + CO2
Parte 1 (100%)
1º  CaCO3 CaO + CO2
100g 56g
100 t 56 t
Resolução
Parte 2 (Pureza)
100%  56 t
90%  X t
X=50,4 t
Reagente Limitante
EX.: 10,00g de ácido sulfúrico são adicionados a
7,40g de hidróxido de cálcio. Sabe-se que um dos
reagentes está em excesso. Após completar a
reação, restarão:
H2SO4 + Ca(OH)2  CaSO4 + 2H2O
a) 0,02g de H2SO4
b) 0,20g de H2SO4
c) 0,26g de Ca(OH)2
d) 2,00g de H2SO4
e) 2,00g de Ca(OH)2.
Se existe reagente em excesso,
o excesso não pode ser levado
em conta para o cálculo da
massa pedida.
H2SO4 + Ca(OH)2  CaSO4 + 2H2O
98g 74g
10g 7,4g
Resolução
98g  74g
9,8g  7,4g
10g – 9,8g = 0,2g
R= 0,20 de H2SO4
O ácido está em excesso
10g
Dicas importantes!!!
Leia o enunciado com atenção.
Cuidado para não confundir os dados do problema.
Seja o mais organizado possível.
Preste atenção às contas.
Estude bastante!!!
Quanto mais exercícios você fizer, melhor!
Quando tiver uma filha chame-a deValência
Divirta-se, a QUÍMICA É LINDA!!!!!!!
1ºano Cálculo Estequiométrico.ppt

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 1ºano Cálculo Estequiométrico.ppt

www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)Aulas de Química Apoio
 
Aula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptx
Aula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptxAula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptx
Aula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptxNivaldoJnior16
 
2016 aulas 4 e 5 - progressao ext noite
2016   aulas 4 e 5 - progressao ext noite2016   aulas 4 e 5 - progressao ext noite
2016 aulas 4 e 5 - progressao ext noitepaulomigoto
 
ESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..ppt
ESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..pptESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..ppt
ESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..pptFabianoSales13
 
Ff grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimentoFf grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimentoPaula Gouveia
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01ferfla10
 
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manualaula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manualhensonmateus035
 
Ita2011 4dia
Ita2011 4diaIta2011 4dia
Ita2011 4diacavip
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)ApoioAulas ParticularesCom
 
Calculo estequiometrico cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...
Calculo estequiometrico   cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...Calculo estequiometrico   cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...
Calculo estequiometrico cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...terceiromotivo2012
 
Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.
Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.
Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.Yoan Rodriguez
 
Estequiometria conceitos e aplicações
Estequiometria   conceitos e aplicaçõesEstequiometria   conceitos e aplicações
Estequiometria conceitos e aplicaçõesProfª Alda Ernestina
 
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometriaRelatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometriaFernanda Borges de Souza
 
Cálculos envolvendo o calor da reacção
Cálculos envolvendo o calor da reacçãoCálculos envolvendo o calor da reacção
Cálculos envolvendo o calor da reacçãoCPG1996
 
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdfestequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdfRicardoBrunoFelix
 
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaRelatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaFernanda Borges de Souza
 

Semelhante a 1ºano Cálculo Estequiométrico.ppt (20)

www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (parte 2)
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (parte 2)
 
Aula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptx
Aula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptxAula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptx
Aula 01.1 - 9º Claretiano - Módulo 01 - Setor A.pptx
 
2016 aulas 4 e 5 - progressao ext noite
2016   aulas 4 e 5 - progressao ext noite2016   aulas 4 e 5 - progressao ext noite
2016 aulas 4 e 5 - progressao ext noite
 
ESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..ppt
ESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..pptESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..ppt
ESTEQUIOMETRIA DAS REAÇÕES QUIMICAS..ppt
 
Ff grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimentoFf grau de pureza e rendimento
Ff grau de pureza e rendimento
 
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp0104 estequiometria-100801162153-phpapp01
04 estequiometria-100801162153-phpapp01
 
Ufba12qui2
Ufba12qui2Ufba12qui2
Ufba12qui2
 
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manualaula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
aula2estequiometria.pdf e mais do que um simples manual
 
Ita2011 4dia
Ita2011 4diaIta2011 4dia
Ita2011 4dia
 
Ita2011 4dia
Ita2011 4diaIta2011 4dia
Ita2011 4dia
 
Aula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicasAula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicas
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
 
Calculo estequiometrico cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...
Calculo estequiometrico   cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...Calculo estequiometrico   cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...
Calculo estequiometrico cálculos químico - cálculos de fórmulas e introduçã...
 
Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.
Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.
Quantidade de matéria, estado gasoso, transformação dos gases.
 
Cálculos químicos i soluções
Cálculos químicos i   soluçõesCálculos químicos i   soluções
Cálculos químicos i soluções
 
Estequiometria conceitos e aplicações
Estequiometria   conceitos e aplicaçõesEstequiometria   conceitos e aplicações
Estequiometria conceitos e aplicações
 
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometriaRelatório - volumetria de óxido-redução iodometria
Relatório - volumetria de óxido-redução iodometria
 
Cálculos envolvendo o calor da reacção
Cálculos envolvendo o calor da reacçãoCálculos envolvendo o calor da reacção
Cálculos envolvendo o calor da reacção
 
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdfestequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
estequiometria-conceitoseaplicaes-140415075418-phpapp02.pdf
 
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometriaRelatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
Relatório - volumetria de óxido-redução permanganometria
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

1ºano Cálculo Estequiométrico.ppt

  • 2. Estequiometria É o estudo das relações quantitativas (átomos, moléculas, massa, volume) entre as substâncias que participam de uma reação química. Cálculo Estequiométrico Stoicheon = elemento metron = medida
  • 3. 1 Mol A Massa que equivale a massa do átomo ou da molécula expressa em gramas. um volume (nas CNTP, 22,4 litros) Ao número de moléculas ou de átomos igual a 6,02 x 1023 .
  • 4. Relações Molares N2 + 3H2  2NH3 Mol - 1Mol + 3Mols  2Mols Moléculas- 6 x1023 + 18 x1023  12 x1023 Massa - 28g + 6g  34g Volume – 22,4L + 67,2L  44,8L
  • 5. Cálculo Estequiométrico Para resolver uma questão envolvendo cálculo estequiométrico devemos seguir três passos: 1º  conhecer a equação; 2º  Ajustar os coeficientes; 3º  Armar uma Regra de três;
  • 6. Como montar uma regra de três??? Depois de ter se certificado que a equação está balanceada ... Identifique o que o problema está pedindo – este será o seu “x”. Coloque-o abaixo da fórmula da substância em questão.
  • 7. Ex.: Quantas Moléculas de água são produzidas a partir de 16g de oxigênio gás? 1º  H2 + O2  H2O 2º  2H2 + O2  2H2O x(moléculas)
  • 8. Identifique a referência do problema (valores referentes a amostra utilizada na questão)... Ex.: Quantas Moléculas de água são produzidas a partir de 16g de oxigênio gás? 2 H2 + O2  2H2O 16(g) x(moléculas)
  • 9. Retire da equação os valores necessários para calcular seu x. Ex.: Quantas Moléculas de água são produzidas a partir de 16g de gás oxigênio ? 2H2 + O2  2H2O 16(g)------------- x(moléculas) 32(g)---------------2 x 6,0.1023(moléculas)
  • 10. Agora é só resolver a conta!!!
  • 11. x = 16 . 12,04 x 1023 = 6,02 x 1023moléc. 32
  • 12. Relação Massa-Volume Ex.: Qual o volume de Amônia produzido nas CNTP por 12g de H2 que reage com N2 suficiente? 1º  N2 + H2  NH3 2º  N2 + 3H2  2NH3 6g 44,8 L 12g x x = 12 . 44,8 = 89,6 L 6
  • 13. Relação Mol -Volume Ex.: Quantos mols de CO2 são produzidos a partir de 44, 8L de CO? 1º  CO + O2  CO2 2º  CO + ½O2  CO2 22,4L 1Mol 44,8L x x = 44,8 . 1 = 2 Mols 22,4L
  • 14.
  • 16. Rendimento EX1.: A combustão de 36g de grafite (C) provocou a formação de 118,8g de gás carbônico. Qual foi o rendimento da reação ? (C = 12; O = 16) a) 50%. b) 60%. c) 70%. d) 80%. e) 90%.
  • 17. PARA CALCULAR O RENDIMENTO, BASTA CALCULAR QUE MASSA DEVERIA SER PRODUZIDA NO CASO DE NADA ATRAPALHAR O RENDIMENTO DA REAÇÃO, OU SEJA, SE O RENDIMENTO FOSSE 100%. ▪ C + O2 → CO2 ▪ 12g 44g ▪ 36g x ▪ X = 36 x 44 / 12 = 132 g
  • 18. 132g se o rendimento tivesse sido de 100%, mas a reação produziu apenas 118,8 g. para calcular o rendimento da reação, faremos a conta.... 132g ...................100% 118,8g................. X X = 118,8 x 100 / 132 = 90,0%
  • 19.
  • 20. Se houver impureza na amostra, o cálculo não poderá levar em conta as impurezas. Haverá a necessidade de se descontar essa impureza. Grau de pureza
  • 21. EX.: A decomposição térmica do CaCO3, se dá de acordo com a equação abaixo. Quantas toneladas de óxido de cálcio serão produzidas através da decomposição de 100 toneladas de carbonato de cálcio com 90% de pureza?(Ca = 40; O = 16; C = 12) a) 40,0 t. b) 56,0 t. c) 62,2 t. d) 50,4 t. e) 90,0 t. Grau de pureza CaCO3 CaO + CO2
  • 22. Parte 1 (100%) 1º  CaCO3 CaO + CO2 100g 56g 100 t 56 t Resolução Parte 2 (Pureza) 100%  56 t 90%  X t X=50,4 t
  • 23. Reagente Limitante EX.: 10,00g de ácido sulfúrico são adicionados a 7,40g de hidróxido de cálcio. Sabe-se que um dos reagentes está em excesso. Após completar a reação, restarão: H2SO4 + Ca(OH)2  CaSO4 + 2H2O a) 0,02g de H2SO4 b) 0,20g de H2SO4 c) 0,26g de Ca(OH)2 d) 2,00g de H2SO4 e) 2,00g de Ca(OH)2.
  • 24. Se existe reagente em excesso, o excesso não pode ser levado em conta para o cálculo da massa pedida.
  • 25. H2SO4 + Ca(OH)2  CaSO4 + 2H2O 98g 74g 10g 7,4g Resolução 98g  74g 9,8g  7,4g 10g – 9,8g = 0,2g R= 0,20 de H2SO4 O ácido está em excesso 10g
  • 26. Dicas importantes!!! Leia o enunciado com atenção. Cuidado para não confundir os dados do problema. Seja o mais organizado possível. Preste atenção às contas. Estude bastante!!! Quanto mais exercícios você fizer, melhor! Quando tiver uma filha chame-a deValência Divirta-se, a QUÍMICA É LINDA!!!!!!!