SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 56
Baixar para ler offline
CURSO: Direção Defensiva / DISCIPLINA: Direção Defensiva / AULA: 01 - Descrição / DOCENTE: Sando PÁGINA: 1
Curso: Avançado
Prevenção de Riscos com Bloqueio e Sinalização
CURSO: Direção Defensiva / DISCIPLINA: Direção Defensiva / AULA: 01 - Descrição / DOCENTE: Sando PÁGINA: 2
Docente: Jeremias Sando Júnior
1. Conceitos e práticas específicas sobre riscos associados e conseqüências
dos tipos de energia.
2. Formas de Bloqueio e Sinalização
3. Procedimentos para bloqueios individuais dos equipamentos.
4. Etapas das atividades de bloqueio de energia.
5. Conceitos e práticas sobre equipamentos de segurança
Curso:
Curso Básico de Riscos com Bloqueio e Sinalização
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
1:CONCEITOS E PRÁTICAS ESPECÍFICAS SOBRE RISCOS
ASSOCIADOS E CONSEQUENCIAS DOS TIPOS DE ENERGIA
Máquinas e Equipamentos exigem que os
dispositivos de isolamento sejam
previamente desligados e isolados, quando
submetidos a serviços de manutenção,
limpeza e reparos.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Muitos acidentes ocorrem em decorrência
do acionamento inesperado de dispositivos
de controle que provocam liberação
acidental de energias armazenadas,
causando lesões e mortes em
trabalhadores durante a execução de
trabalhos.
São acidentes que podem ser evitados de uma maneira simples e
eficaz - o bloqueio físico da fonte de energia, acompanhado de
etiqueta sinalizadora.
BLOQUEIO
O bloqueio refere-se aos dispositivos para proteção dos
trabalhadores de energias potencialmente perigosas
quando efetuam serviços de manutenção ou reparação
em máquinas ou equipamentos.
Bloqueio (lockout) significa bloquear o mecanismo que
isola uma fonte de energia do trabalhador. Quando o
mecanismo – um dispositivo de isolamento de energia –
está bloqueado, permite ao trabalhador efetuar a
manutenção em segurança de um equipamento
potencialmente perigoso.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
2:FORMAS DE BLOQUEIO E SINALIZAÇÃO
SINALIZAÇÃO
Sinalização (Tagout) significa colocar uma
etiqueta ou sinal – dispositivo de sinalização
– no dispositivo de isolamento de energia. Os
dispositivos de sinalização devem controlar
as energias perigosas com a mesma eficácia
que os dispositivos de bloqueio.
A etiqueta deve ser presa em segurança ao
dispositivo de isolamento de energia e deve
indicar que o equipamento em manutenção
não pode ser operado até que a etiqueta seja
removida.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Para os diferentes modelos e tamanhos de válvulas
utilizadas nas empresas, existem inúmeros dispositivos de
bloqueio. Isto implica na necessidade de terem em estoque
uma grande quantidade de dispositivos de bloqueio e que o
usuário deva escolher o dispositivo adequado antes de
iniciar o trabalho.
Bloqueio de válvulas espera e
gaveta (registro) maiores
Este dispositivo de bloqueio tem a capacidade de bloquear válvulas
esfera e gaveta (“registro”) de maiores, inclusive válvulas gaveta maiores
de 13. Também pode ser utilizado para o bloqueio de disjuntores e
chaves elétricas com furo (ou conjunto deles).
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo de bloqueio de válvulas universal tipo
esfera
Único dispositivo que aceita hastes grossas e até mesmo
cilíndricas Use um segundo braço de bloqueio (fornecido à
parte) para travamento em posições complexas. Se necessário,
os braços podem ser invertidos para travamento de válvulas em
posições não usuais, abertas ou na posição de processos e até
mesmo acomodar um segundo braço .
Dispositivo de bloqueio de válvulas esféricas
Usado para válvulas com hastes finas (tipo "faca").
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo de bloqueio de válvulas borboleta
Dispositivo de bloqueio de válvulas esféricas
Dispositivo de bloqueio de válvula
gaveta ajustável
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo de bloqueio de válvulas
gaveta (registro)
Dispositivo de bloqueio através de
cabo (tipo tesoura)
Dispositivo de travamento através
de cabo
Trata-se de uma nova maneira de bloqueio de
válvulas gaveta, através de um único cabo de
aço flexível com ajustador
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo de bloqueio de disjuntores
Siemens linha 5sx - Mono, bi e tri polar
Sistema permanentemente instalado no painel elétrico,
deixando
todos os itens de bloqueio no lugar de utilização..
Dispositivo de bloqueio de
disjuntores tipo "no hole"
Possibilitam o travamento de disjuntores de modo seguro
prevenindo a energização acidental.
Chapas adaptadoras para os dispositivos de
bloqueio de disjuntores tipo “NO HOLE”
Aplica-se à maioria dos interruptores de parede.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo de bloqueio de disjuntores
Funciona inserindo-se o dispositivo de bloqueio no disjuntor e,
em seguida, apertando-o, com uma pequena chave-de-fenda,
contra a lingüeta.
Dispositivo de bloqueio de disjuntores
Merlin Gerin,
Permite o bloqueio de disjuntores Merlin
Gerin modelos C60 e NC 100, tanto na
posição fechada como aberta.
Dispositivo de bloqueio para disjuntores mono
polares com orifício em sua lingüeta
Um bloqueio multipolar universal funciona com a maioria
dos disjuntores multipolares
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo de bloqueio para disjuntores
multipolares com cinta de ligação
Dispositivo que bloqueia a maioria dos disjuntores
multipolares com cinta de ligação entre as lingüetas.
Dispositivos de bloqueio para disjuntores
(norma DIN)
Um método seguro e eficaz para bloquear
disjuntores miniaturas.
Dispositivo de bloqueio para plugs
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo de travamento através de cabo
Bloqueio para fusíveis
O dispositivo é fixado no suporte do fusível, com
a ajuda de uma chave de fenda pequena.
Saca-fusível
Permite a retirada e o teste de fusíveis com segurança
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Dispositivo para teste de voltagem - 50 a 600 VAC
É utilizado para teste de voltagem entre 50 a 600 VAC
Ao entrar em contato com a fiação sob tensão, uma luz
na ponta do dispositivo acende.
Dispositivo para teste de voltagem Power-GLO
É utilizado para teste de voltagem entre 12 a 440 AC,
sem entrar em contato com a rede elétrica.
Circuit tester
Testador para revisão de circuitos com
interrupção por falta de terra (GFI)
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Caixa para bloqueio múltiplo(Aço)
utilizada principalmente em grandes paradas e
manutenções, diminuindo a necessidade do uso de
grande quantidade de cadeados. Simplifica o
bloqueio de equipamentos grandes.
Multibloqueador
Permite o travamento
com até 6 cadeados
Multibloqueador duplo
Multibloqueador com dois diferentes diâmetros
de mordentes, adapta-se à diferentes
necessidades de múltiplo bloqueio
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Multibloqueador em alumínio com etiqueta em
português (utiliza caneta especial fornecida à parte)
A Garra de Bloqueio com Cartão
Acoplado é a combinação da garra de segurança com a
etiqueta/tag de identificação, necessários para satisfazer as
exigência dos procedimentos de segurança
Cadeados
Cadeado de segurança
máxima. Pode ser
utilizado para diferenciar
funcionários de
departamentos
diferentes.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Acessórios para bloqueio de portas (ou
qualquer outro equipamento que ainda
não esteja pronto para o bloqueio)
Bloqueio pneumático
Isola energia pneumática sem a incoveniência de
precisar instalar válvulas de bloqueio na linha
Estação (armário) de bloqueio (para
cadeados, multibloqueadores e
dispositivos de bloqueio
em geral)
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Claviculário(porta-chaves)
Bloqueio para cilindro de gás
Bloqueio de dispositivo a cabo
ajuste o cabo para dar o aperto necessário e
efetuar o bloqueio. Segure o dispositivo com
uma mão e puxe o cabo com a outra.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Mini dispositivo de bloqueio a cabo
bloqueio a cabo perfeito para utilização em
chaves liga/desliga, pequenas válvulas
gaveta(registro).
Bloqueio Universal para Válvulas
Aplique o dispositivo de bloqueio na
válvula borboleta, prevenindo que seja
acionada.
Bloqueios para Válvulas Esféricas
método para travar válvulas esféricas
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Etiqueta para identificação de bloqueio
Cartão de identificação de bloqueio com foto
Dispositivo de bloqueio a cabo
Flexível para bloquear uma grande variedade de
dispositivos utilizando um cabo de aço
Sempre que uma ou mais formas de energia estiverem presentes em
qualquer situação onde um serviço de manutenção ou similar venha
a ser necessário e o risco decorrente pode causar uma lesão ou
dano material.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
3:PROCEDIMENTOS PARA BLOQUEIOS INDIVIDUAIS
DOS EQUIPAMENTOS
Os seis passos para o LOTO
1) Preparativos para desligar
2) Desligar o equipamento (painel)
3) Isolar o equipamento
4) Bloquear (lacrar) e etiquetar
5) Controlar a energia armazenada ou reativa
6) Verificar se o equipamento esta desligado
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Preparativos para desligar Passo 1
a) Inteirar-se do serviço a ser
executado.
b) Fazer uso da Permissão de
trabalho.
c) Verificar quais as fontes de
energia envolvidas.
d) Conhecer os riscos e como
controlá-los.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Desligar o equipamento (painel) Passo 2
a) Pressionado o botão de
desligar.
b) Colocando o botão na
posição Desligado.
Nota: Veja as instruções na
Permissão de Trabalho ou
listas de verificação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Isolar o equipamento (painel) Passo 3
a) Desligar a chave geral.
b) Fechar as válvulas.
c) Drenar fluidos ou aliviar a pressão.
d) Bloquear tubulação ou válvulas.
Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de
verificação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Bloquear (lacrar) e Etiquetar Passo 4
a) Instale os porta cadeados, seus
próprios cadeados ou bloqueadores
específicos se necessário.
b) Use suas etiquetas.
Nota: Veja as instruções na Permissão de
Trabalho ou listas de verificação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Controlar a Energia Armazenada Passo 5
a) Anular, cortar ou restringir a energia residual.
b) Certificar-se que eixos, rodas, engrenagens, etc.
estejam calçada ou bloqueadas.
c) Despressurizar mangueiras e tubos.
d) Colocar raquete entre flanges.
e) Colocar aterramento mesmo em eletrodomésticos Nota: Veja as
instruções na
Permissão de
Trabalho ou listas
de verificação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Verificar se o sistema está eficiente (bloqueado e
desligado) Passo 6
a) Avisar aos empregados quanto ao lacre, área de influência e
tempo de duração.
b) Fazer teste de funcionamento para certificar-se de que o sistema
LOTO esta operacional.
c) Verifique durante o trabalho se os bloqueios estão operacionais.
Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de
verificação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Removendo os Bloqueios e Etiquetas
1. Verifique ao término se alguma ferramenta, parte do equipamento
solta, fio desencapado por esquecimento tenha ficado no interior do
equipamento.
2. Avise a todos os envolvidos que o sistema de bloqueio será
desativado.
Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas
de verificação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Removendo os Bloqueios e Etiquetas
3. Afaste todos os trabalhadores do equipamento antes de
restabelecer a energia.
4. Cadeados e etiquetas devem então ser removidos somente
por quem os instalou.
Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou
listas de verificação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Removendo os Bloqueios e Etiquetas
5. Fazer os testes de funcionamento com representantes do local.
6. Limpar toda a área de trabalho.
7. Terminar a permissão de Trabalho de acordo com o
procedimento.
8. Devolver a Permissão de Trabalho para o Segurança Industrial.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Lembretes Importantes
1. Em hipótese alguma retire um cadeado que não seja seu
próprio.
2. Se ao término do trabalho não for encontrado algum cadeado
esquecido bloqueando e o proprietário não for encontrado,
somente o supervisor poderá cortá-lo na presença do
supervisor da área.
3. Lembra-se este procedimento visa a sua tranqüilidade.
BOM TRABALHO
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
DISPOSIÇÕES FINAIS:
• Em todos os serviços que envolvam aumento de carga em
qualquer tipo de energia, o solicitante deverá informar às áreas de
Engenharia de Fábrica e Engenharia de Construções e Utilidades,
para aprovação.
• Nas trocas de turno, onde deva permanecer o bloqueio, a equipe
que esta saindo deverá manter seus cadeados no local até que o
responsável pelo setor (encarregado, líder, etc.) se dirija ao local
onde esta aplicado o bloqueio e libere os mesmos com auxílio de
chave mestra sob sua responsabilidade, para em seguida ser
aplicado os cadeados da equipe que esta assumindo o serviço.
Obs: a guarda dos cadeados retirados é de responsabilidade do
encarregado, líder, etc. que realizou o desbloqueio.
• Áreas de Engenharia e Manutenção na aquisição de novos
equipamentos, os mesmos deverão ser providos de meios para
travamento de energia.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
4:ETAPAS DAS ATIVIDADES DE BLOQUEIO DE ENERGIA
DOCUMENTAÇÃO:
Devem estar contemplados neste procedimento as seguintes etapas:
•Preparação;
•Comunicação inicial;
•Desligamento;
•Isolamento;
•Bloqueio;
•Sinalização;
•Liberação de energia residual;
•Teste de verificação do bloqueio;
•Retirada da sinalização;
•Comunicação final e retorno à operação.
Embasado no inventário deverá ser elaborado procedimento operacional específico de
bloqueio para cada equipamento, sistema ou processo.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
RECOMENDAÇÕES PARA O PROCEDIMENTO LOCAL
PREPARAÇÃO PARA BLOQUEIO:
Os bloqueios de fontes de energia requerem emissão de uma permissão de
trabalho (PT), que deve ser emitida no local de trabalho somente após a
consulta ao procedimento específico e elaboração de análise preliminar de
tarefa (APT), em conjunto com todos os executantes.
Em eventuais situações onde se torne necessária a realização de
atividades de operação e/ou manutenção com equipamentos parcial ou
totalmente energizados (qualquer fonte de energia), a análise preliminar da
tarefa deve estabelecer medidas adicionais de controle e mitigação.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Comunicação Inicial:
Antes de solicitar um bloqueio o solicitante deve:
•Certificar-se do equipamento e/ou circuito que
deve ser bloqueado;
•Certificar-se da existência de outros
equipamentos e/ou circuitos nos arredores do
ponto de intervenção que, devido a sua posição
representam riscos e também devem ser
bloqueados;
•Solicitar o bloqueio ao executante autorizado
(atendente) para efetuá-lo e preencher a etiqueta
identificadora;
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
ISOLAMENTO E LIBERAÇÃO DO EQUIPAMENTO OU SISTEMA PARA
EXECUÇÃO DA TAREFA
A liberação do equipamento/sistema somente poderá ser feita após o repasse da
solicitação de bloqueio, feita pelo Solicitante, ao Atendente, mediante apresentação
da etiqueta identificadora e, será efetuada de acordo com os seguintes
procedimentos:
•O Solicitante, auxiliado pelo
Atendente, antes de iniciar a tarefa
de bloqueio, deverá informar ao
responsável da VALE ou supervisor
responsável da contratada, sobre a
necessidade de dispor o
equipamento/sistema para efetuar
os serviços.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
•O Solicitante, com ajuda do Atendente
deverá identificar todas as possíveis fontes
de abastecimento de energia para o
equipamento/sistema a ser bloqueado.
Logo após, o Solicitante deverá preencher
o número de cartões de bloqueio (parte
superior) que forem necessários, para
bloquear todas as fontes de energia
identificadas.
•O Atendente, ao receber a etiqueta identificador, efetua o bloqueio físico utilizando
cadeados e dispositivos próprios e adequados, preenche a parte central e o campo
COMPROVAÇÃO DE BLOQUEIO, da parte inferior do cartão, informando o número
do dispositivo de bloqueio utilizado, pendurando a parte superior do mesmo, no local
(visivelmente) correspondente ao equipamento/sistema bloqueado/desenergizado;
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
•Em seguida, o Atendente devolve as
partes central e inferior ao Solicitante
que, deve guardá-lo no decorrer do
serviço. A chave do cadeado ou
dispositivo utilizado no bloqueio
também será entregue ao Solicitante
•Antes de iniciar suas atividades no
equipamento/sistema, o Executante
deverá certificar-se de que o bloqueio foi
feito com eficácia pelo Atendente.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
•É proibida a execução de trabalhos
aproveitando a etiqueta identificadora ou
dispositivo de bloqueio de qualquer outro
Solicitante
•É terminantemente proibida autorização de
bloqueio via rádio ou através de sala de controle.
•Na ausência do fornecimento de energia
elétrica da concessionária, é
terminantemente proibida a solicitação de
bloqueio elétrico.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
EXECUÇÃO DE BLOQUEIO
Durante mudança de turno/equipe de trabalho,
os equipamentos que precisam ser mantidos
sem energia devem ficar bloqueados.
Deve-se dar baixa nas permissões
de trabalho (PT) relativas às
atividades de todas as
equipes/executantes que estão
encerrando sua participação e
emitir novas PT para a
continuidade dos serviços, ou
então revalidar as PT iniciais;
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Os dispositivos de bloqueio somente
podem ser destruídos mediante
autorização formal e escritos, definidos por
um procedimento local que estabeleça os
critérios para autorização da destruição
O executante da atividade deve
instalar os dispositivos de bloqueio e
respectivas sinalizações. Somente o
executante é o responsável pela
remoção do seu respectivo
dispositivo de bloqueio.
Em caso de travamento em grupo
todas as chaves utilizadas devem ser
depositadas em uma caixa inviolável.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
VERIFICAÇÃO DE BLOQUEIO E LIBERAÇÃO DE
ENERGIA RESIDUAL
•Fazer todos os testes de conferência
possíveis para certificar-se da sua
eficácia antes de iniciar as atividades;
•Teste de existência de tensão em
circuitos, utilizando aparelho de medição
adequado, somente deve ser realizado
por eletricistas autorizados;
O bloqueio deverá ser refeito desde o seu início, refazendo-se todas as suas
etapas, no caso de dúvidas quanto à eficácia do bloqueio,
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
•DESBLOQUEIO E COMUNICAÇÃO FINAL
Será feita a liberação para energizar o equipamento/sistema de acordo com
os seguintes procedimentos:
•Ao final da tarefa, antes de solicitar o
desbloqueio (energização) do
equipamento/sistema, o Solicitante deverá
certificar-se que o trabalho foi concluído
devidamente
•O Solicitante entrega ao Atendente a chave
do cadeado de bloqueio e as partes central
e inferior da etiqueta identificadora com o
campo AUTORIZAÇÃO DE DESBLOQUEIO
preenchido;
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
•O Atendente confere, junto ao local onde foi
efetuado o bloqueio, o número da etiqueta
identificadora e o código do equipamento. Estando
tudo correto, recolhe a etiqueta de identificação do
responsável pelo bloqueio, efetua o desbloqueio e a
posterior energização, devolvendo a parte superior
da etiqueta de bloqueio ao Solicitante, e este deverá
testar o equipamento e preencher o verso da parte
superior da etiqueta.
Havendo mais de uma equipe trabalhando no mesmo equipamento/sistema, fica
estabelecido que este somente poderá ser energizado após a retirada da última
etiqueta identificadora correspondente.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
É proibida a utilização de chave mestra
para retirada de bloqueio nas áreas do
DINP, cada cadeado deverá ter somente
uma única chave, sendo vedada a
confecção de cópia de segurança
Nos casos excepcionais (perda de chave e outros), quando
houver necessidade de remoção de cadeados, somente
pode ser utilizada uma ferramenta de corte e o cadeado
será inutilizado.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
TESTE DE FUNCIONAMENTO DO EQUIPAMENTO/SISTEMA
APÓS DESBLOQUEIO E ENERGIZAÇÃO
O Solicitante deve assegurar-se de que todos os envolvidos com a tarefa estejam
cientes do teste do equipamento e que permaneçam afastados do mesmo.
Se durante o teste, o equipamento
apresentar problemas e alguma
correção tiver que ser feita, o Solicitante
deverá preencher outro etiqueta
identificadora e, registrar novo pedido
de bloqueio/desenergizamento.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
O retorno à operação deverá ocorrer após
a certificação de que os equipamentos
estão aptos para funcionamento
comprovados pela eficiência dos testes.
RETORNO A OPERAÇÃO
PÁGINA: 50
5:CONCEITOS E PRÁTICAS SOBRE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA
Tipos de Equipamentos de Segurança:
O trabalho seguro com equipamentos de movimentação de carga exige o
uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). e dos
Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs).
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
PÁGINA: 51
EPI's – Equipamentos de Proteção Individual
EPIs são ferramentas de trabalho que visam proteger a saúde do
trabalhador reduzindo os riscos de acidentes e doenças decorrentes
da exposição.
Todo o pessoal envolvido na parte do processo de operação deve
estar munido de EPIs, de acordo com as especificações a seguir:
EPI UTILIZAÇÃO
Capacete
Evitar choques na cabeça e reduzir o impacto de
objetos.
Botas
Proteção dos pés.
Óculos Proteger os olhos de pequenos objetos e
faíscas.
Luvas
Proteger mãos e dedos. As luvas devem ser
adequadas quanto ao tipo de tarefa que
esta sendo executada
Protetor
Auric
ular
Proteção contra o ruído na operação de
maquinas e equipamentos.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
PÁGINA: 52
RESPONSABILIDADES
A legislação trabalhista prevê que:
É obrigação do empregador:
 Fornecer os EPI’s adequados ao trabalho
 Instruir e treinar quanto ao uso dos EPIs
 Fiscalizar e exigir o uso dos EPIs
 Repor os EPIs danificados
É obrigação do trabalhador:
Usar e conservar os EPIs
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
PÁGINA: 53
Lavagem e Manutenção
Os EPIs devem ser lavados e guardados corretamente para
assegurar maior vida útil e eficiência. Os EPIs devem ser
lavados e guardados separados das roupas comuns.
Descarte:
A durabilidade das vestimentas deve ser informada pelos
fabricantes e checada rotineiramente pelo usuário. Os EPIs
devem ser descartados quando não oferecem os níveis de
proteção exigidos. Antes de ser descartados, as vestimentas
devem ser lavadas para que os resíduos do produto
fitossanitário sejam removidos, permitindo-se o descarte
comum.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
PÁGINA: 54
EPCs – Equipamentos de Proteção Coletiva
Os Equipamentos de Proteção
Coletiva (EPCs) dizem respeito ao
coletivo, devendo proteger todos os
trabalhadores expostos a
determinado risco. Como exemplo,
pode-se citar a proteção de partes
móveis, a ventilação dos locais de
trabalho, a sinalização de
segurança, extintores de incêndio,
dispositivos de parada dentre
outros.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
PÁGINA: 55
Funcionamento de Equipamento de Segurança
Os empregados devem conhecer as características técnicas e
de manuseamento de todo o equipamento de segurança
integrante da sua tarefa e esclarecer as dúvidas junto dos
profissionais do SESMT.
Em caso de avaria do equipamento (EPI ou EPC) o empregado
deve sempre que possível proceder à sua reparação. Na
impossibilidade de fazê-lo deve contatar o SESMT da empresa
para sua substituição.
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
Bibliografia
Normas Regulamentadoras do M.T.E. Lei 3.217/78
OSHA “The Control of Hazardous Energy Sources (Lockout/Tagout)”, 29 CFR
1910.147
Tayti, João Roberto Caruso - O PROGRAMA DE BLOQUEIO E
ETIQUETAGEM NO CONTEXTO DE GERENCIAMENTO DE RISCO E
PREVENÇÃO DE INCIDENTES.
PGS 0004 GASSG BLOQUEIO E SINALIZAÇÃO / VALE DO RIO DOCE
CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a urso-avancado-bloqueio-sinalizacao-rev2-0-ppt.p427325485-cdf

Portuguese Beacon March 2012
Portuguese Beacon March 2012Portuguese Beacon March 2012
Portuguese Beacon March 2012
npac75
 
Seguranca eletricidade-oess
Seguranca eletricidade-oessSeguranca eletricidade-oess
Seguranca eletricidade-oess
home
 

Semelhante a urso-avancado-bloqueio-sinalizacao-rev2-0-ppt.p427325485-cdf (20)

Bloqueio e Etiquetagem.pdf
Bloqueio e Etiquetagem.pdfBloqueio e Etiquetagem.pdf
Bloqueio e Etiquetagem.pdf
 
Portuguese Beacon March 2012
Portuguese Beacon March 2012Portuguese Beacon March 2012
Portuguese Beacon March 2012
 
Sistema LOTO.ppt
Sistema LOTO.pptSistema LOTO.ppt
Sistema LOTO.ppt
 
Manual da interface Focusrite Saffire Pro 14
Manual da interface Focusrite Saffire Pro 14 Manual da interface Focusrite Saffire Pro 14
Manual da interface Focusrite Saffire Pro 14
 
lockout-tagout-pdf
 lockout-tagout-pdf lockout-tagout-pdf
lockout-tagout-pdf
 
Manual do Monitor de Referência Mackie MR5 MK2 (PORTUGUÊS)
Manual do Monitor de Referência Mackie MR5 MK2 (PORTUGUÊS)Manual do Monitor de Referência Mackie MR5 MK2 (PORTUGUÊS)
Manual do Monitor de Referência Mackie MR5 MK2 (PORTUGUÊS)
 
Conect instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratil
Conect   instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratilConect   instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratil
Conect instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratil
 
29 bloqueio efetivo de energia
29   bloqueio efetivo de energia29   bloqueio efetivo de energia
29 bloqueio efetivo de energia
 
Multimetro Digital- Manual de Instrução
Multimetro Digital- Manual de InstruçãoMultimetro Digital- Manual de Instrução
Multimetro Digital- Manual de Instrução
 
MULTÍMETRO DIGITAL
	MULTÍMETRO DIGITAL 	MULTÍMETRO DIGITAL
MULTÍMETRO DIGITAL
 
Manual le39 d743
Manual le39 d743Manual le39 d743
Manual le39 d743
 
Treinamento_LOTO_Rev_0.pptx
Treinamento_LOTO_Rev_0.pptxTreinamento_LOTO_Rev_0.pptx
Treinamento_LOTO_Rev_0.pptx
 
Manual da Interface Saffire Pro 40
Manual da Interface Saffire Pro 40 Manual da Interface Saffire Pro 40
Manual da Interface Saffire Pro 40
 
Segurança em eletricidade.ppt
Segurança em eletricidade.pptSegurança em eletricidade.ppt
Segurança em eletricidade.ppt
 
MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA SISTEMAS DE SEGURANÇA 4 BARREIRAS ÓTICAS.pdf
MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA SISTEMAS DE SEGURANÇA 4 BARREIRAS ÓTICAS.pdfMEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA SISTEMAS DE SEGURANÇA 4 BARREIRAS ÓTICAS.pdf
MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA SISTEMAS DE SEGURANÇA 4 BARREIRAS ÓTICAS.pdf
 
Guia eletricista-residencial completo
Guia eletricista-residencial completoGuia eletricista-residencial completo
Guia eletricista-residencial completo
 
Seguranca eletricidade-oess1[1]
Seguranca eletricidade-oess1[1]Seguranca eletricidade-oess1[1]
Seguranca eletricidade-oess1[1]
 
TREINAMENTO-NR-10_060b07baa0974b39ac8e0e6556b2c899.pptx
TREINAMENTO-NR-10_060b07baa0974b39ac8e0e6556b2c899.pptxTREINAMENTO-NR-10_060b07baa0974b39ac8e0e6556b2c899.pptx
TREINAMENTO-NR-10_060b07baa0974b39ac8e0e6556b2c899.pptx
 
Curso de segurança com eletricidade pela NR 10
Curso de segurança com eletricidade pela NR 10Curso de segurança com eletricidade pela NR 10
Curso de segurança com eletricidade pela NR 10
 
Seguranca eletricidade-oess
Seguranca eletricidade-oessSeguranca eletricidade-oess
Seguranca eletricidade-oess
 

Mais de ssuser22319e

NR13 Comentada e Atualizada.pdf
NR13 Comentada e Atualizada.pdfNR13 Comentada e Atualizada.pdf
NR13 Comentada e Atualizada.pdf
ssuser22319e
 

Mais de ssuser22319e (20)

-Treinamento-Operador-Plataforma-de-Trabalho-Aereo.pdf
-Treinamento-Operador-Plataforma-de-Trabalho-Aereo.pdf-Treinamento-Operador-Plataforma-de-Trabalho-Aereo.pdf
-Treinamento-Operador-Plataforma-de-Trabalho-Aereo.pdf
 
nr-37-atualizada-2022-1.pdf
nr-37-atualizada-2022-1.pdfnr-37-atualizada-2022-1.pdf
nr-37-atualizada-2022-1.pdf
 
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdfNr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
 
Nocoes-Basicas-de-Amarracao-Sinalizacao-e-Movimentacao-de-Cargas-SENAI-.pdf
Nocoes-Basicas-de-Amarracao-Sinalizacao-e-Movimentacao-de-Cargas-SENAI-.pdfNocoes-Basicas-de-Amarracao-Sinalizacao-e-Movimentacao-de-Cargas-SENAI-.pdf
Nocoes-Basicas-de-Amarracao-Sinalizacao-e-Movimentacao-de-Cargas-SENAI-.pdf
 
SINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdf
SINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdfSINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdf
SINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdf
 
Produtos-Perigosos. nr 26.pdf
Produtos-Perigosos. nr 26.pdfProdutos-Perigosos. nr 26.pdf
Produtos-Perigosos. nr 26.pdf
 
Curso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdfCurso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdf
 
PRODUTOS.PERIGOSOS
PRODUTOS.PERIGOSOSPRODUTOS.PERIGOSOS
PRODUTOS.PERIGOSOS
 
PRODUTOS.PERIGOSOS.pdf
PRODUTOS.PERIGOSOS.pdfPRODUTOS.PERIGOSOS.pdf
PRODUTOS.PERIGOSOS.pdf
 
Manual-de-Produtos-Perigosos.pdf
Manual-de-Produtos-Perigosos.pdfManual-de-Produtos-Perigosos.pdf
Manual-de-Produtos-Perigosos.pdf
 
Produtos Perigosos. Apostila 2022.pdf
Produtos Perigosos. Apostila 2022.pdfProdutos Perigosos. Apostila 2022.pdf
Produtos Perigosos. Apostila 2022.pdf
 
Apostila. Produtos Perigosos -CFBP 2022-1.pdf
Apostila. Produtos Perigosos -CFBP 2022-1.pdfApostila. Produtos Perigosos -CFBP 2022-1.pdf
Apostila. Produtos Perigosos -CFBP 2022-1.pdf
 
ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS QUIMICOS.pdf
ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS QUIMICOS.pdfARMAZENAMENTO DE PRODUTOS QUIMICOS.pdf
ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS QUIMICOS.pdf
 
manual_nr12.pdf
manual_nr12.pdfmanual_nr12.pdf
manual_nr12.pdf
 
manual_nr10 (1).pdf
manual_nr10 (1).pdfmanual_nr10 (1).pdf
manual_nr10 (1).pdf
 
construcao_civil_manual.pdf
construcao_civil_manual.pdfconstrucao_civil_manual.pdf
construcao_civil_manual.pdf
 
Manual_Acesso por Corda_NR-35 (1).pdf
Manual_Acesso por Corda_NR-35 (1).pdfManual_Acesso por Corda_NR-35 (1).pdf
Manual_Acesso por Corda_NR-35 (1).pdf
 
CURSO NR 17 ERGONOMIA 3.ppt
CURSO  NR 17 ERGONOMIA 3.pptCURSO  NR 17 ERGONOMIA 3.ppt
CURSO NR 17 ERGONOMIA 3.ppt
 
APOSTILA DE ERGONOMIA NR 17.pdf
APOSTILA DE ERGONOMIA NR 17.pdfAPOSTILA DE ERGONOMIA NR 17.pdf
APOSTILA DE ERGONOMIA NR 17.pdf
 
NR13 Comentada e Atualizada.pdf
NR13 Comentada e Atualizada.pdfNR13 Comentada e Atualizada.pdf
NR13 Comentada e Atualizada.pdf
 

Último

SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
avaseg
 
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
mikhaelbaptista
 

Último (9)

CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
 
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
 
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
 
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
 
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdfPlanejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
 
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiroapostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
 
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdfNormas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
 
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
 
Análise de Risco na Construcao Civil.pdf
Análise de Risco na Construcao Civil.pdfAnálise de Risco na Construcao Civil.pdf
Análise de Risco na Construcao Civil.pdf
 

urso-avancado-bloqueio-sinalizacao-rev2-0-ppt.p427325485-cdf

  • 1. CURSO: Direção Defensiva / DISCIPLINA: Direção Defensiva / AULA: 01 - Descrição / DOCENTE: Sando PÁGINA: 1 Curso: Avançado Prevenção de Riscos com Bloqueio e Sinalização
  • 2. CURSO: Direção Defensiva / DISCIPLINA: Direção Defensiva / AULA: 01 - Descrição / DOCENTE: Sando PÁGINA: 2 Docente: Jeremias Sando Júnior 1. Conceitos e práticas específicas sobre riscos associados e conseqüências dos tipos de energia. 2. Formas de Bloqueio e Sinalização 3. Procedimentos para bloqueios individuais dos equipamentos. 4. Etapas das atividades de bloqueio de energia. 5. Conceitos e práticas sobre equipamentos de segurança Curso: Curso Básico de Riscos com Bloqueio e Sinalização
  • 3. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando 1:CONCEITOS E PRÁTICAS ESPECÍFICAS SOBRE RISCOS ASSOCIADOS E CONSEQUENCIAS DOS TIPOS DE ENERGIA Máquinas e Equipamentos exigem que os dispositivos de isolamento sejam previamente desligados e isolados, quando submetidos a serviços de manutenção, limpeza e reparos.
  • 4. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Muitos acidentes ocorrem em decorrência do acionamento inesperado de dispositivos de controle que provocam liberação acidental de energias armazenadas, causando lesões e mortes em trabalhadores durante a execução de trabalhos. São acidentes que podem ser evitados de uma maneira simples e eficaz - o bloqueio físico da fonte de energia, acompanhado de etiqueta sinalizadora.
  • 5. BLOQUEIO O bloqueio refere-se aos dispositivos para proteção dos trabalhadores de energias potencialmente perigosas quando efetuam serviços de manutenção ou reparação em máquinas ou equipamentos. Bloqueio (lockout) significa bloquear o mecanismo que isola uma fonte de energia do trabalhador. Quando o mecanismo – um dispositivo de isolamento de energia – está bloqueado, permite ao trabalhador efetuar a manutenção em segurança de um equipamento potencialmente perigoso. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando 2:FORMAS DE BLOQUEIO E SINALIZAÇÃO
  • 6. SINALIZAÇÃO Sinalização (Tagout) significa colocar uma etiqueta ou sinal – dispositivo de sinalização – no dispositivo de isolamento de energia. Os dispositivos de sinalização devem controlar as energias perigosas com a mesma eficácia que os dispositivos de bloqueio. A etiqueta deve ser presa em segurança ao dispositivo de isolamento de energia e deve indicar que o equipamento em manutenção não pode ser operado até que a etiqueta seja removida. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 7. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Para os diferentes modelos e tamanhos de válvulas utilizadas nas empresas, existem inúmeros dispositivos de bloqueio. Isto implica na necessidade de terem em estoque uma grande quantidade de dispositivos de bloqueio e que o usuário deva escolher o dispositivo adequado antes de iniciar o trabalho. Bloqueio de válvulas espera e gaveta (registro) maiores Este dispositivo de bloqueio tem a capacidade de bloquear válvulas esfera e gaveta (“registro”) de maiores, inclusive válvulas gaveta maiores de 13. Também pode ser utilizado para o bloqueio de disjuntores e chaves elétricas com furo (ou conjunto deles).
  • 8. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo de bloqueio de válvulas universal tipo esfera Único dispositivo que aceita hastes grossas e até mesmo cilíndricas Use um segundo braço de bloqueio (fornecido à parte) para travamento em posições complexas. Se necessário, os braços podem ser invertidos para travamento de válvulas em posições não usuais, abertas ou na posição de processos e até mesmo acomodar um segundo braço . Dispositivo de bloqueio de válvulas esféricas Usado para válvulas com hastes finas (tipo "faca").
  • 9. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo de bloqueio de válvulas borboleta Dispositivo de bloqueio de válvulas esféricas Dispositivo de bloqueio de válvula gaveta ajustável
  • 10. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo de bloqueio de válvulas gaveta (registro) Dispositivo de bloqueio através de cabo (tipo tesoura) Dispositivo de travamento através de cabo Trata-se de uma nova maneira de bloqueio de válvulas gaveta, através de um único cabo de aço flexível com ajustador
  • 11. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo de bloqueio de disjuntores Siemens linha 5sx - Mono, bi e tri polar Sistema permanentemente instalado no painel elétrico, deixando todos os itens de bloqueio no lugar de utilização.. Dispositivo de bloqueio de disjuntores tipo "no hole" Possibilitam o travamento de disjuntores de modo seguro prevenindo a energização acidental. Chapas adaptadoras para os dispositivos de bloqueio de disjuntores tipo “NO HOLE” Aplica-se à maioria dos interruptores de parede.
  • 12. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo de bloqueio de disjuntores Funciona inserindo-se o dispositivo de bloqueio no disjuntor e, em seguida, apertando-o, com uma pequena chave-de-fenda, contra a lingüeta. Dispositivo de bloqueio de disjuntores Merlin Gerin, Permite o bloqueio de disjuntores Merlin Gerin modelos C60 e NC 100, tanto na posição fechada como aberta. Dispositivo de bloqueio para disjuntores mono polares com orifício em sua lingüeta Um bloqueio multipolar universal funciona com a maioria dos disjuntores multipolares
  • 13. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo de bloqueio para disjuntores multipolares com cinta de ligação Dispositivo que bloqueia a maioria dos disjuntores multipolares com cinta de ligação entre as lingüetas. Dispositivos de bloqueio para disjuntores (norma DIN) Um método seguro e eficaz para bloquear disjuntores miniaturas. Dispositivo de bloqueio para plugs
  • 14. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo de travamento através de cabo Bloqueio para fusíveis O dispositivo é fixado no suporte do fusível, com a ajuda de uma chave de fenda pequena. Saca-fusível Permite a retirada e o teste de fusíveis com segurança
  • 15. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Dispositivo para teste de voltagem - 50 a 600 VAC É utilizado para teste de voltagem entre 50 a 600 VAC Ao entrar em contato com a fiação sob tensão, uma luz na ponta do dispositivo acende. Dispositivo para teste de voltagem Power-GLO É utilizado para teste de voltagem entre 12 a 440 AC, sem entrar em contato com a rede elétrica. Circuit tester Testador para revisão de circuitos com interrupção por falta de terra (GFI)
  • 16. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Caixa para bloqueio múltiplo(Aço) utilizada principalmente em grandes paradas e manutenções, diminuindo a necessidade do uso de grande quantidade de cadeados. Simplifica o bloqueio de equipamentos grandes. Multibloqueador Permite o travamento com até 6 cadeados Multibloqueador duplo Multibloqueador com dois diferentes diâmetros de mordentes, adapta-se à diferentes necessidades de múltiplo bloqueio
  • 17. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Multibloqueador em alumínio com etiqueta em português (utiliza caneta especial fornecida à parte) A Garra de Bloqueio com Cartão Acoplado é a combinação da garra de segurança com a etiqueta/tag de identificação, necessários para satisfazer as exigência dos procedimentos de segurança Cadeados Cadeado de segurança máxima. Pode ser utilizado para diferenciar funcionários de departamentos diferentes.
  • 18. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Acessórios para bloqueio de portas (ou qualquer outro equipamento que ainda não esteja pronto para o bloqueio) Bloqueio pneumático Isola energia pneumática sem a incoveniência de precisar instalar válvulas de bloqueio na linha Estação (armário) de bloqueio (para cadeados, multibloqueadores e dispositivos de bloqueio em geral)
  • 19. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Claviculário(porta-chaves) Bloqueio para cilindro de gás Bloqueio de dispositivo a cabo ajuste o cabo para dar o aperto necessário e efetuar o bloqueio. Segure o dispositivo com uma mão e puxe o cabo com a outra.
  • 20. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Mini dispositivo de bloqueio a cabo bloqueio a cabo perfeito para utilização em chaves liga/desliga, pequenas válvulas gaveta(registro). Bloqueio Universal para Válvulas Aplique o dispositivo de bloqueio na válvula borboleta, prevenindo que seja acionada. Bloqueios para Válvulas Esféricas método para travar válvulas esféricas
  • 21. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Etiqueta para identificação de bloqueio Cartão de identificação de bloqueio com foto Dispositivo de bloqueio a cabo Flexível para bloquear uma grande variedade de dispositivos utilizando um cabo de aço
  • 22. Sempre que uma ou mais formas de energia estiverem presentes em qualquer situação onde um serviço de manutenção ou similar venha a ser necessário e o risco decorrente pode causar uma lesão ou dano material. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando 3:PROCEDIMENTOS PARA BLOQUEIOS INDIVIDUAIS DOS EQUIPAMENTOS
  • 23. Os seis passos para o LOTO 1) Preparativos para desligar 2) Desligar o equipamento (painel) 3) Isolar o equipamento 4) Bloquear (lacrar) e etiquetar 5) Controlar a energia armazenada ou reativa 6) Verificar se o equipamento esta desligado CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 24. Preparativos para desligar Passo 1 a) Inteirar-se do serviço a ser executado. b) Fazer uso da Permissão de trabalho. c) Verificar quais as fontes de energia envolvidas. d) Conhecer os riscos e como controlá-los. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 25. Desligar o equipamento (painel) Passo 2 a) Pressionado o botão de desligar. b) Colocando o botão na posição Desligado. Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de verificação. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 26. Isolar o equipamento (painel) Passo 3 a) Desligar a chave geral. b) Fechar as válvulas. c) Drenar fluidos ou aliviar a pressão. d) Bloquear tubulação ou válvulas. Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de verificação. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 27. Bloquear (lacrar) e Etiquetar Passo 4 a) Instale os porta cadeados, seus próprios cadeados ou bloqueadores específicos se necessário. b) Use suas etiquetas. Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de verificação. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 28. Controlar a Energia Armazenada Passo 5 a) Anular, cortar ou restringir a energia residual. b) Certificar-se que eixos, rodas, engrenagens, etc. estejam calçada ou bloqueadas. c) Despressurizar mangueiras e tubos. d) Colocar raquete entre flanges. e) Colocar aterramento mesmo em eletrodomésticos Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de verificação. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 29. Verificar se o sistema está eficiente (bloqueado e desligado) Passo 6 a) Avisar aos empregados quanto ao lacre, área de influência e tempo de duração. b) Fazer teste de funcionamento para certificar-se de que o sistema LOTO esta operacional. c) Verifique durante o trabalho se os bloqueios estão operacionais. Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de verificação. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 30. Removendo os Bloqueios e Etiquetas 1. Verifique ao término se alguma ferramenta, parte do equipamento solta, fio desencapado por esquecimento tenha ficado no interior do equipamento. 2. Avise a todos os envolvidos que o sistema de bloqueio será desativado. Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de verificação. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 31. Removendo os Bloqueios e Etiquetas 3. Afaste todos os trabalhadores do equipamento antes de restabelecer a energia. 4. Cadeados e etiquetas devem então ser removidos somente por quem os instalou. Nota: Veja as instruções na Permissão de Trabalho ou listas de verificação. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 32. Removendo os Bloqueios e Etiquetas 5. Fazer os testes de funcionamento com representantes do local. 6. Limpar toda a área de trabalho. 7. Terminar a permissão de Trabalho de acordo com o procedimento. 8. Devolver a Permissão de Trabalho para o Segurança Industrial. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 33. Lembretes Importantes 1. Em hipótese alguma retire um cadeado que não seja seu próprio. 2. Se ao término do trabalho não for encontrado algum cadeado esquecido bloqueando e o proprietário não for encontrado, somente o supervisor poderá cortá-lo na presença do supervisor da área. 3. Lembra-se este procedimento visa a sua tranqüilidade. BOM TRABALHO CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 34. DISPOSIÇÕES FINAIS: • Em todos os serviços que envolvam aumento de carga em qualquer tipo de energia, o solicitante deverá informar às áreas de Engenharia de Fábrica e Engenharia de Construções e Utilidades, para aprovação. • Nas trocas de turno, onde deva permanecer o bloqueio, a equipe que esta saindo deverá manter seus cadeados no local até que o responsável pelo setor (encarregado, líder, etc.) se dirija ao local onde esta aplicado o bloqueio e libere os mesmos com auxílio de chave mestra sob sua responsabilidade, para em seguida ser aplicado os cadeados da equipe que esta assumindo o serviço. Obs: a guarda dos cadeados retirados é de responsabilidade do encarregado, líder, etc. que realizou o desbloqueio. • Áreas de Engenharia e Manutenção na aquisição de novos equipamentos, os mesmos deverão ser providos de meios para travamento de energia. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 35. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando 4:ETAPAS DAS ATIVIDADES DE BLOQUEIO DE ENERGIA DOCUMENTAÇÃO: Devem estar contemplados neste procedimento as seguintes etapas: •Preparação; •Comunicação inicial; •Desligamento; •Isolamento; •Bloqueio; •Sinalização; •Liberação de energia residual; •Teste de verificação do bloqueio; •Retirada da sinalização; •Comunicação final e retorno à operação. Embasado no inventário deverá ser elaborado procedimento operacional específico de bloqueio para cada equipamento, sistema ou processo.
  • 36. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando RECOMENDAÇÕES PARA O PROCEDIMENTO LOCAL PREPARAÇÃO PARA BLOQUEIO: Os bloqueios de fontes de energia requerem emissão de uma permissão de trabalho (PT), que deve ser emitida no local de trabalho somente após a consulta ao procedimento específico e elaboração de análise preliminar de tarefa (APT), em conjunto com todos os executantes. Em eventuais situações onde se torne necessária a realização de atividades de operação e/ou manutenção com equipamentos parcial ou totalmente energizados (qualquer fonte de energia), a análise preliminar da tarefa deve estabelecer medidas adicionais de controle e mitigação.
  • 37. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Comunicação Inicial: Antes de solicitar um bloqueio o solicitante deve: •Certificar-se do equipamento e/ou circuito que deve ser bloqueado; •Certificar-se da existência de outros equipamentos e/ou circuitos nos arredores do ponto de intervenção que, devido a sua posição representam riscos e também devem ser bloqueados; •Solicitar o bloqueio ao executante autorizado (atendente) para efetuá-lo e preencher a etiqueta identificadora;
  • 38. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando ISOLAMENTO E LIBERAÇÃO DO EQUIPAMENTO OU SISTEMA PARA EXECUÇÃO DA TAREFA A liberação do equipamento/sistema somente poderá ser feita após o repasse da solicitação de bloqueio, feita pelo Solicitante, ao Atendente, mediante apresentação da etiqueta identificadora e, será efetuada de acordo com os seguintes procedimentos: •O Solicitante, auxiliado pelo Atendente, antes de iniciar a tarefa de bloqueio, deverá informar ao responsável da VALE ou supervisor responsável da contratada, sobre a necessidade de dispor o equipamento/sistema para efetuar os serviços.
  • 39. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando •O Solicitante, com ajuda do Atendente deverá identificar todas as possíveis fontes de abastecimento de energia para o equipamento/sistema a ser bloqueado. Logo após, o Solicitante deverá preencher o número de cartões de bloqueio (parte superior) que forem necessários, para bloquear todas as fontes de energia identificadas. •O Atendente, ao receber a etiqueta identificador, efetua o bloqueio físico utilizando cadeados e dispositivos próprios e adequados, preenche a parte central e o campo COMPROVAÇÃO DE BLOQUEIO, da parte inferior do cartão, informando o número do dispositivo de bloqueio utilizado, pendurando a parte superior do mesmo, no local (visivelmente) correspondente ao equipamento/sistema bloqueado/desenergizado;
  • 40. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando •Em seguida, o Atendente devolve as partes central e inferior ao Solicitante que, deve guardá-lo no decorrer do serviço. A chave do cadeado ou dispositivo utilizado no bloqueio também será entregue ao Solicitante •Antes de iniciar suas atividades no equipamento/sistema, o Executante deverá certificar-se de que o bloqueio foi feito com eficácia pelo Atendente.
  • 41. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando •É proibida a execução de trabalhos aproveitando a etiqueta identificadora ou dispositivo de bloqueio de qualquer outro Solicitante •É terminantemente proibida autorização de bloqueio via rádio ou através de sala de controle. •Na ausência do fornecimento de energia elétrica da concessionária, é terminantemente proibida a solicitação de bloqueio elétrico.
  • 42. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando EXECUÇÃO DE BLOQUEIO Durante mudança de turno/equipe de trabalho, os equipamentos que precisam ser mantidos sem energia devem ficar bloqueados. Deve-se dar baixa nas permissões de trabalho (PT) relativas às atividades de todas as equipes/executantes que estão encerrando sua participação e emitir novas PT para a continuidade dos serviços, ou então revalidar as PT iniciais;
  • 43. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando Os dispositivos de bloqueio somente podem ser destruídos mediante autorização formal e escritos, definidos por um procedimento local que estabeleça os critérios para autorização da destruição O executante da atividade deve instalar os dispositivos de bloqueio e respectivas sinalizações. Somente o executante é o responsável pela remoção do seu respectivo dispositivo de bloqueio. Em caso de travamento em grupo todas as chaves utilizadas devem ser depositadas em uma caixa inviolável.
  • 44. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando VERIFICAÇÃO DE BLOQUEIO E LIBERAÇÃO DE ENERGIA RESIDUAL •Fazer todos os testes de conferência possíveis para certificar-se da sua eficácia antes de iniciar as atividades; •Teste de existência de tensão em circuitos, utilizando aparelho de medição adequado, somente deve ser realizado por eletricistas autorizados; O bloqueio deverá ser refeito desde o seu início, refazendo-se todas as suas etapas, no caso de dúvidas quanto à eficácia do bloqueio,
  • 45. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando •DESBLOQUEIO E COMUNICAÇÃO FINAL Será feita a liberação para energizar o equipamento/sistema de acordo com os seguintes procedimentos: •Ao final da tarefa, antes de solicitar o desbloqueio (energização) do equipamento/sistema, o Solicitante deverá certificar-se que o trabalho foi concluído devidamente •O Solicitante entrega ao Atendente a chave do cadeado de bloqueio e as partes central e inferior da etiqueta identificadora com o campo AUTORIZAÇÃO DE DESBLOQUEIO preenchido;
  • 46. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando •O Atendente confere, junto ao local onde foi efetuado o bloqueio, o número da etiqueta identificadora e o código do equipamento. Estando tudo correto, recolhe a etiqueta de identificação do responsável pelo bloqueio, efetua o desbloqueio e a posterior energização, devolvendo a parte superior da etiqueta de bloqueio ao Solicitante, e este deverá testar o equipamento e preencher o verso da parte superior da etiqueta. Havendo mais de uma equipe trabalhando no mesmo equipamento/sistema, fica estabelecido que este somente poderá ser energizado após a retirada da última etiqueta identificadora correspondente.
  • 47. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando É proibida a utilização de chave mestra para retirada de bloqueio nas áreas do DINP, cada cadeado deverá ter somente uma única chave, sendo vedada a confecção de cópia de segurança Nos casos excepcionais (perda de chave e outros), quando houver necessidade de remoção de cadeados, somente pode ser utilizada uma ferramenta de corte e o cadeado será inutilizado.
  • 48. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando TESTE DE FUNCIONAMENTO DO EQUIPAMENTO/SISTEMA APÓS DESBLOQUEIO E ENERGIZAÇÃO O Solicitante deve assegurar-se de que todos os envolvidos com a tarefa estejam cientes do teste do equipamento e que permaneçam afastados do mesmo. Se durante o teste, o equipamento apresentar problemas e alguma correção tiver que ser feita, o Solicitante deverá preencher outro etiqueta identificadora e, registrar novo pedido de bloqueio/desenergizamento.
  • 49. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando O retorno à operação deverá ocorrer após a certificação de que os equipamentos estão aptos para funcionamento comprovados pela eficiência dos testes. RETORNO A OPERAÇÃO
  • 50. PÁGINA: 50 5:CONCEITOS E PRÁTICAS SOBRE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Tipos de Equipamentos de Segurança: O trabalho seguro com equipamentos de movimentação de carga exige o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). e dos Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs). CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 51. PÁGINA: 51 EPI's – Equipamentos de Proteção Individual EPIs são ferramentas de trabalho que visam proteger a saúde do trabalhador reduzindo os riscos de acidentes e doenças decorrentes da exposição. Todo o pessoal envolvido na parte do processo de operação deve estar munido de EPIs, de acordo com as especificações a seguir: EPI UTILIZAÇÃO Capacete Evitar choques na cabeça e reduzir o impacto de objetos. Botas Proteção dos pés. Óculos Proteger os olhos de pequenos objetos e faíscas. Luvas Proteger mãos e dedos. As luvas devem ser adequadas quanto ao tipo de tarefa que esta sendo executada Protetor Auric ular Proteção contra o ruído na operação de maquinas e equipamentos. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 52. PÁGINA: 52 RESPONSABILIDADES A legislação trabalhista prevê que: É obrigação do empregador:  Fornecer os EPI’s adequados ao trabalho  Instruir e treinar quanto ao uso dos EPIs  Fiscalizar e exigir o uso dos EPIs  Repor os EPIs danificados É obrigação do trabalhador: Usar e conservar os EPIs CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 53. PÁGINA: 53 Lavagem e Manutenção Os EPIs devem ser lavados e guardados corretamente para assegurar maior vida útil e eficiência. Os EPIs devem ser lavados e guardados separados das roupas comuns. Descarte: A durabilidade das vestimentas deve ser informada pelos fabricantes e checada rotineiramente pelo usuário. Os EPIs devem ser descartados quando não oferecem os níveis de proteção exigidos. Antes de ser descartados, as vestimentas devem ser lavadas para que os resíduos do produto fitossanitário sejam removidos, permitindo-se o descarte comum. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 54. PÁGINA: 54 EPCs – Equipamentos de Proteção Coletiva Os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) dizem respeito ao coletivo, devendo proteger todos os trabalhadores expostos a determinado risco. Como exemplo, pode-se citar a proteção de partes móveis, a ventilação dos locais de trabalho, a sinalização de segurança, extintores de incêndio, dispositivos de parada dentre outros. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 55. PÁGINA: 55 Funcionamento de Equipamento de Segurança Os empregados devem conhecer as características técnicas e de manuseamento de todo o equipamento de segurança integrante da sua tarefa e esclarecer as dúvidas junto dos profissionais do SESMT. Em caso de avaria do equipamento (EPI ou EPC) o empregado deve sempre que possível proceder à sua reparação. Na impossibilidade de fazê-lo deve contatar o SESMT da empresa para sua substituição. CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando
  • 56. Bibliografia Normas Regulamentadoras do M.T.E. Lei 3.217/78 OSHA “The Control of Hazardous Energy Sources (Lockout/Tagout)”, 29 CFR 1910.147 Tayti, João Roberto Caruso - O PROGRAMA DE BLOQUEIO E ETIQUETAGEM NO CONTEXTO DE GERENCIAMENTO DE RISCO E PREVENÇÃO DE INCIDENTES. PGS 0004 GASSG BLOQUEIO E SINALIZAÇÃO / VALE DO RIO DOCE CURSO: Bloqueio e Sinalização/ DISCIPLINA: Curso Avançado DOCENTE: Sando