STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Embratel Star One - A empresa de satélites da ...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Índice
- 
-  IMT
-  Histórico
- WRC-07
- WRC-1...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
IMT
- 
-  Telefonia celular 4G
-  Cobertura: m...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
WRC - 07
- 
-  Proponentes do IMT requerem esp...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
WRC - 07
- 
-  Item 1.4 agenda: faixa 3400 MHz...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
WRC - 07
The image cannot be displayed. Your c...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
WRC - 12 - Ações
- 
-  Texto preliminar para a...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
WRC - 12 - Ações
–  WP - 5D (Working Party)
• ...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Proposta para CPM (“Draft”)
-  Frequency bands...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
WRC-15 - Faixas Candidatas para IMT
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Banda C - Aplicações
Redes
corporativ
as
Missõ...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Banda C - Brasil
Contribuição do Brasil
em reu...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Banda C - África (Intelsat - parcial)
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Mecanismo de Interferência - exemplo
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Modelo ITU (Consultoria TMF - SET 2014)
Método...
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Desenvolvimento dos Trabalhos - CITEL
STAR	
  ONE	
  –	
  A	
  OPERADORA	
  DE	
  SATÉLITES	
  DA	
  EMBRATEL	
  
Paulo Bertram Vieira
Gerência de Sistemas de C...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sspi day out_2014_star_one-paulobertram2

64 visualizações

Publicada em

StarOne - A Defesa da Banda C / WRC-15 e defesa da Banda C - Paulo Bertram

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
64
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sspi day out_2014_star_one-paulobertram2

  1. 1. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Embratel Star One - A empresa de satélites da Embratel SSPI Day Painel Regulatório WRC-15 e defesa da Banda C Paulo Bertram Vieira 21 de outubro de 2014
  2. 2. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Índice -  -  IMT -  Histórico - WRC-07 - WRC-12 -  WRC-15 - Item de agenda 1.1 - Faixas candidatas -  Utilização da Banda C -  Mecanismos de inteferênc -  Modelo ITU -  Defesa da Banda C - CITEL
  3. 3. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   IMT -  -  Telefonia celular 4G -  Cobertura: macro / micro/ pico células -  Estação base -  Macro-células: antenas setorias (comportamento omnidirecional) -  Micro-células: antenas omnidirecionais -  Pico-células: antenas omnidirecionais -  Aparelhos celulares: antenas omnidirecionais
  4. 4. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   WRC - 07 -  -  Proponentes do IMT requerem espectro adicional -  1280 a 1720 MHz até 2020 (relatório ITU-R M.2078) -  Estudos iniciais de compartilhamento com serviços existentes em faixas candidatas -  (ITU-R M.2109) - Distâncias de proteção para a faixa 3400 MHz - 4200 MHz -  51 a 70 km contra efeitos de longo prazo - 140 a 430 contra efeitos de curto prazo -  0,4 a 46 km para emissões fora de faixa - 10 a 31 km para evitar excesso de sinal nos LNBs devido a sinais em faixas adjacentes
  5. 5. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   WRC - 07 -  -  Item 1.4 agenda: faixa 3400 MHz a 4200 MHz (C-band) deve ser globalmente identificada pa ra IMT com a alocação primária do serviço fixo satélitef (FSS)? WRC-07 rejeitou a identificação global reconhecendo a necessidade de proteger serviços críticos de comunicações por satélite de interferências evidenciadas em estudos da ITU. Sujeitas a restrições adicionais para proteção do FSS em países fronteiriços,adotaram-se notas de rodapé no RR identificando a faixa 3400 MHz a 3600 MHz para uso pelo IMT, Operadores e agências reguladoras IMT devem: (1) efetuar coordenação com administrações e operadoras afetada, e em algumas Regiões, (2) atender a limites de densidade de fluxo de potência nas fronteiras
  6. 6. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   WRC - 07 The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still appears, you may have to delete the image and then insert it again.
  7. 7. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   WRC - 12 - Ações -  -  Texto preliminar para atender Item de Agenda1.1 nar WRC-15 -  Considerar alocação adicional de espectro para o serviço móvel e identificar faixas adicionais para o IMT, com as devidas considerações regulatórias e seguindo a Resolução 233 (WRC12); -  Resolução 233 (WRC12): “ When considering potential candidate frequency bands, sharing and compatibility studies with services already having allocations in these frequency bands and in adjacent bands are necessary, taking into account the current and planned use of these frequency bands by existing services and their necessary protection”. -  Report ITU-R M.2290 - Estimativas de necessidade futura de espectro para o IMT
  8. 8. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   WRC - 12 - Ações –  WP - 5D (Working Party) •  Identificar faixas adequadas para o IMT •  Não deve considerar compatibilidade com outros serviços •  Estabelecer parâmetros para o IMT •  Atualizar os requisitos de faixa para o IMT –  JTG 4-5-6-7 (Joint Task Group) •  Elaborar estudos de compartilhamento •  Gerar relatório para CPM (Conference Preparatory Meeting) •  Identificar faixas candidatas a partir das faixas do WP-5D Nota: Administrações podem propor outras faixas para o IMT.
  9. 9. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Proposta para CPM (“Draft”) -  Frequency bands within the range 3 400-4 200 MHz 1/1.1/4.1.7.2 Fixed-satellite service and mobile service/IMT The sharing between IMT-Advanced and FSS is feasible only when FSS earth stations are at known, specific locations, and deployment of IMT-Advanced is limited to the areas outside of the minimum required separation distances for each azimuth to protect these specific FSS earth stations. In this case, the FSS protection criteria should be used to determine the necessary separation distances to ensure protection of the existing and planned FSS earth stations. When FSS earth stations are deployed in a typical ubiquitous manner or with no individual licensing, sharing between IMT-Advanced and FSS is not feasible in the same geographical area since no minimum separation distance can be guaranteed. Deployment of IMT-Advanced would constrain future FSS earth stations from being deployed in the same area in the bands 3 400-4 200 MHz and 4 500-4 800 MHz as shown by the studies.
  10. 10. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   WRC-15 - Faixas Candidatas para IMT
  11. 11. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Banda C - Aplicações Redes corporativ as Missõesw de paz Apoio durante desastres Extensão de redes celulares Telemedicina Internet Comunicações marítimass Ensino á distância Banda C Contribuição de TV Segurança da aviação
  12. 12. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Banda C - Brasil Contribuição do Brasil em reunião da CITEL (junho 2014) (OEA/Ser.L/ XVII.4.2 CCP.II-RADIO/doc. 974/06): Ø Não há faixa mais adequada para enfrentar atenuação por chuva Ø Zonas de exclusão são impraticáveis Ø Troca de todos os equipamentos extremamente onerosa
  13. 13. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Banda C - África (Intelsat - parcial)
  14. 14. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Mecanismo de Interferência - exemplo
  15. 15. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Modelo ITU (Consultoria TMF - SET 2014) Método adotado pela ITU (i.e. modelagem do tráfego e determinação do especto para suportá-lo) é bom ponto de partida for para estimar o espectro requerido para o IMT, mas… Entradas cruciais para o modelo ITU-R estão baseadas em premissas irrealistas, portanto as saídas não oferecem uma boa base para a tomada de decisões para alocação adional de faixa para o IMT na próxima WRC Resultados baseados em entradas que representam apenas the as áreas de maior densidade populacional do mundo are não são válidas para a tomada de decisões de âmbito internacional Um modelo que não possa ser aplicado à situação específica de um país para determinar suas necessidades de faixa não oferece uma boa base para a tomada de decisões
  16. 16. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Desenvolvimento dos Trabalhos - CITEL
  17. 17. STAR  ONE  –  A  OPERADORA  DE  SATÉLITES  DA  EMBRATEL   Paulo Bertram Vieira Gerência de Sistemas de Comunicação bertram@starone.com.br Obrigado

×