SlideShare uma empresa Scribd logo
Visão Geral do RUP
Visão Geral do RUP Objetivo Depois desta aula você terá uma visão geral do RUP (uma metodologia para desenvolvimento de software), incluindo suas características e seus componentes principais.
O que é o RUP?  O nome é uma abreviação de Rational Unified Process mas na verdade é Processo + Métodos + Linguagem (UML) e os autores argumentam que é Framework para gerar processos
O que é o RUP? Conjunto de atividades bem definidas  com responsáveis com artefatos de entrada e saída com dependências entre as mesmas e ordem de execução com modelo de ciclo de vida descrição sistemática de como devem ser realizadas guias (de ferramentas ou não),  templates utilizando diagramas de UML
Características Principais do RUP  O desenvolvimento de sistemas seguindo o RUP é Iterativo e incremental Guiado por casos de uso (use cases) Baseado na arquitetura do sistema
O RUP é iterativo e incremental O ciclo de vida de um sistema consiste de quatro fases: Concepção (define o escopo do projeto) Elaboração (detalha os requisitos e a arquitetura) Construção (desenvolve o sistema) Transição (implanta o sistema) tempo concepção elaboração construção transição
O RUP é iterativo e incremental Cada fase é dividida em iterações: Minor Milestones: Releases Inception Elaboration Construction Transition Transition iteration Preliminary iteration Architect. iteration Architect. iteration Devel.. iteration Devel.. iteration Devel.. iteration Transition iteration
O RUP é iterativo e incremental Cada iteração  é planejada realiza uma seqüência de atividades (de elicitação de requisitos, análise e projeto, implementação, etc.) distintas geralmente resulta em uma versão executável do sistema é avaliada segundo critérios de sucesso previamente definidos
O RUP é iterativo e incremental
O RUP é guiado por casos de uso Os casos de uso não servem apenas para definir os requisitos do sistema Várias atividades do RUP são guiadas pelos casos de uso: planejamento das iterações  criação e validação do modelo de projeto planejamento da integração do sistema definição dos casos de teste
O RUP é baseado na arquitetura do sistema Arquitetura visão geral do sistema em termos dos seus subsistemas e como estes se relacionam A arquitetura é prototipada e definida logo nas primeiras iterações O desenvolvimento consiste em complementar a arquitetura A arquitetura serve para definir a organização da equipe de desenvolvimento e identificar oportunidades de reuso
O RUP é baseado na arquitetura do sistema Idealmente, tem-se 5 visões da arquitetura Logical View Process View Deployment View Implementation View Programmers Software management Analysts/ Designers Structure System Engineering System topology Delivery,installation Communication System integrators Performance Scalability Throughput End-user Functionality
Organização do RUP Fluxos de atividades Atividades  passos entradas e saídas guias (de ferramentas ou não),  templates Responsáveis (papel e perfil, não pessoa) Artefatos
Planejamento e Gerenciamento
Elicitação de Requisitos Projetista da Interface com o Usuário Especificador de UC Arquiteto Priorizar UC Analista de  Sistema Desenvolver Documento de Visão Elicitar  necessidades dos Stakeholders Encontrar Atores e Casos de Uso Revisor de Requisitos Gerenciar Dependências Capturar um vocabulário comum Detalhar UC Modelar a Interface com o Usuário Revisar os  Requisitos Prototipar a Interface com o Usuário Estruturar o Modelo de UC
Análise e Projeto (Simplificado) Analisar caso de uso Projetista Projetista de banco de dados Revisar projeto Projetar caso de uso Arquiteto Revisor do projeto Projetar base de dados Projetar arquitetura Projetar subsistema Projetar classes
Implementação Estruturar Modelo de Implementação Revisor de Código Programador Integrador do Sistema e Subsistemas Planejar Integração Integrar Sistema e Subsistemas Implementar Componentes Corrigir Defeitos Realizar Testes de Unidade Revisar Código Fonte
Testes Programador Implementar Testes Testador de Integração Testador de Sistema Projetista de Testes Elaborar Plano  de Testes  Executar Testes de Integração Executar Testes de Sistema Projetar Testes  Avaliar Testes
Resumo O RUP é: iterativo e incremental guiado por casos de uso baseado na arquitetura do sistema organizado em fases, iterações, fluxos, atividades e passos
Referências Ivar Jacobson, Grady Booch e James Rumbaugh. T he Unified Software Development Process.  Capítulos 1 a 5. Philippe Kruchten.  The Rational Unified Process – an Introduction.
Visão Geral do RUP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Uml processo unificado
Uml   processo unificado Uml   processo unificado
Uml processo unificado
Julia
 
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUPIntrodução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUP
Vagner Santana
 
Rup e metodos ágies
Rup e metodos ágiesRup e metodos ágies
Rup e metodos ágies
Márcia Capellari
 
Introdução ao RUP
Introdução ao RUPIntrodução ao RUP
Introdução ao RUP
Rodrigo Gomes da Silva
 
Rational Unified Process - RUP
Rational Unified Process - RUPRational Unified Process - RUP
Rational Unified Process - RUP
Fernando Nogueira
 
Apresentação modelagem de_negócio_rup
Apresentação modelagem de_negócio_rupApresentação modelagem de_negócio_rup
Apresentação modelagem de_negócio_rup
Jarbas Pereira
 
Es capítulo 2 - processos de software
Es   capítulo 2  - processos de softwareEs   capítulo 2  - processos de software
Es capítulo 2 - processos de software
Felipe Oliveira
 
IBM Rational Unified Process
IBM Rational Unified ProcessIBM Rational Unified Process
IBM Rational Unified Process
Robson Silva Espig
 
Eng.ª do Software - 4. Processos de software
Eng.ª do Software - 4. Processos de softwareEng.ª do Software - 4. Processos de software
Eng.ª do Software - 4. Processos de software
Manuel Menezes de Sequeira
 
Outras Metodologias Ágeis Parte 2
Outras Metodologias Ágeis Parte 2Outras Metodologias Ágeis Parte 2
Outras Metodologias Ágeis Parte 2
Elaine Cecília Gatto
 
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de SoftwareA Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
Robson Silva Espig
 
Modelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de softwareModelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de software
Yuri Garcia
 
Aula 2 - Processos de Software
Aula 2 - Processos de SoftwareAula 2 - Processos de Software
Aula 2 - Processos de Software
Rudson Kiyoshi Souza Carvalho
 
ISO/IEC 9241-11
ISO/IEC 9241-11ISO/IEC 9241-11
ISO/IEC 9241-11
Elaine Cecília Gatto
 
Es2 modelo de processo de software
Es2 modelo de processo de softwareEs2 modelo de processo de software
Es2 modelo de processo de software
luacal
 
Modelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentaçãoModelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentação
erysonsi
 
Gerenciamento de Configuração
Gerenciamento de ConfiguraçãoGerenciamento de Configuração
Gerenciamento de Configuração
Marcelo Yamaguti
 
Aula 3 - Engenharia de Software
Aula 3 - Engenharia de SoftwareAula 3 - Engenharia de Software
Aula 3 - Engenharia de Software
Rudson Kiyoshi Souza Carvalho
 
Modelo cascata
Modelo cascataModelo cascata
Modelo cascata
Priscila Comparsi
 
Visaogeraldorup
VisaogeraldorupVisaogeraldorup
Visaogeraldorup
Luciano Almeida
 

Mais procurados (20)

Uml processo unificado
Uml   processo unificado Uml   processo unificado
Uml processo unificado
 
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUPIntrodução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUP
 
Rup e metodos ágies
Rup e metodos ágiesRup e metodos ágies
Rup e metodos ágies
 
Introdução ao RUP
Introdução ao RUPIntrodução ao RUP
Introdução ao RUP
 
Rational Unified Process - RUP
Rational Unified Process - RUPRational Unified Process - RUP
Rational Unified Process - RUP
 
Apresentação modelagem de_negócio_rup
Apresentação modelagem de_negócio_rupApresentação modelagem de_negócio_rup
Apresentação modelagem de_negócio_rup
 
Es capítulo 2 - processos de software
Es   capítulo 2  - processos de softwareEs   capítulo 2  - processos de software
Es capítulo 2 - processos de software
 
IBM Rational Unified Process
IBM Rational Unified ProcessIBM Rational Unified Process
IBM Rational Unified Process
 
Eng.ª do Software - 4. Processos de software
Eng.ª do Software - 4. Processos de softwareEng.ª do Software - 4. Processos de software
Eng.ª do Software - 4. Processos de software
 
Outras Metodologias Ágeis Parte 2
Outras Metodologias Ágeis Parte 2Outras Metodologias Ágeis Parte 2
Outras Metodologias Ágeis Parte 2
 
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de SoftwareA Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
 
Modelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de softwareModelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de software
 
Aula 2 - Processos de Software
Aula 2 - Processos de SoftwareAula 2 - Processos de Software
Aula 2 - Processos de Software
 
ISO/IEC 9241-11
ISO/IEC 9241-11ISO/IEC 9241-11
ISO/IEC 9241-11
 
Es2 modelo de processo de software
Es2 modelo de processo de softwareEs2 modelo de processo de software
Es2 modelo de processo de software
 
Modelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentaçãoModelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentação
 
Gerenciamento de Configuração
Gerenciamento de ConfiguraçãoGerenciamento de Configuração
Gerenciamento de Configuração
 
Aula 3 - Engenharia de Software
Aula 3 - Engenharia de SoftwareAula 3 - Engenharia de Software
Aula 3 - Engenharia de Software
 
Modelo cascata
Modelo cascataModelo cascata
Modelo cascata
 
Visaogeraldorup
VisaogeraldorupVisaogeraldorup
Visaogeraldorup
 

Destaque

RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)
RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)
RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)
Elen Arantza
 
Uml ppoint
Uml ppointUml ppoint
Uml ppoint
MindSolutions
 
Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.
James Moreira
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
MarcosMaozinha
 
Apresentação da UML
Apresentação da UMLApresentação da UML
Apresentação da UML
Eliseu Castelo
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
Rafael França
 
Metodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de SoftwareMetodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de Software
Álvaro Farias Pinheiro
 
Rup
Rup Rup
Planejamento Niveis
Planejamento NiveisPlanejamento Niveis
Planejamento Niveis
Diego Pacheco
 
Análise Orientada a Objetos - Objetos E Classes
Análise Orientada a Objetos  -   Objetos E ClassesAnálise Orientada a Objetos  -   Objetos E Classes
Análise Orientada a Objetos - Objetos E Classes
CursoSENAC
 
Requisitos de software
Requisitos de softwareRequisitos de software
Requisitos de software
Marcelo Yamaguti
 
RUP
RUPRUP
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs AgileMetodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Marcelo Murad
 
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo SoftwareMetodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo Software
Marilainny Martins da Silva
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Marcos Garrido
 
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Rennan Martini
 
Scrum vs RUP
Scrum vs RUPScrum vs RUP
Integração office, word, excel, power point
Integração office, word, excel, power pointIntegração office, word, excel, power point
Integração office, word, excel, power point
James Moreira
 
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Marcelo Gaspar BLACK BELT, CISA, CGEIT
 
A Methodology for Building the Internet of Things
A Methodology for Building the Internet of ThingsA Methodology for Building the Internet of Things
A Methodology for Building the Internet of Things
The Internet of Things Methodology
 

Destaque (20)

RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)
RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)
RUP - Gerenciamento de configuração e mudança (corrigido)
 
Uml ppoint
Uml ppointUml ppoint
Uml ppoint
 
Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.Scrum - Profº James Moreira Jr.
Scrum - Profº James Moreira Jr.
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
 
Apresentação da UML
Apresentação da UMLApresentação da UML
Apresentação da UML
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
 
Metodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de SoftwareMetodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de Software
 
Rup
Rup Rup
Rup
 
Planejamento Niveis
Planejamento NiveisPlanejamento Niveis
Planejamento Niveis
 
Análise Orientada a Objetos - Objetos E Classes
Análise Orientada a Objetos  -   Objetos E ClassesAnálise Orientada a Objetos  -   Objetos E Classes
Análise Orientada a Objetos - Objetos E Classes
 
Requisitos de software
Requisitos de softwareRequisitos de software
Requisitos de software
 
RUP
RUPRUP
RUP
 
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs AgileMetodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
 
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo SoftwareMetodologia ágil das   Desenvolvimento Adaptativo Software
Metodologia ágil das Desenvolvimento Adaptativo Software
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
Introdução a Metodologia XP (E Xtreme Programming)
 
Scrum vs RUP
Scrum vs RUPScrum vs RUP
Scrum vs RUP
 
Integração office, word, excel, power point
Integração office, word, excel, power pointIntegração office, word, excel, power point
Integração office, word, excel, power point
 
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
 
A Methodology for Building the Internet of Things
A Methodology for Building the Internet of ThingsA Methodology for Building the Internet of Things
A Methodology for Building the Internet of Things
 

Semelhante a Visao Geral Rup

Modelagem Arquitetural e Visão 4+1
Modelagem Arquitetural e Visão 4+1Modelagem Arquitetural e Visão 4+1
Modelagem Arquitetural e Visão 4+1
Adriano Tavares
 
Processo Unificado de Desenvolvimento de Software
Processo Unificado de Desenvolvimento de SoftwareProcesso Unificado de Desenvolvimento de Software
Processo Unificado de Desenvolvimento de Software
elliando dias
 
347842.ppt
347842.ppt347842.ppt
347842.ppt
PedrinaBrasil2
 
03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de software03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de software
Waldemar Roberti
 
Aula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGIL
Aula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGILAula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGIL
Aula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGIL
CarlosHenriqueRamalh2
 
Aula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_Engineering
Aula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_EngineeringAula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_Engineering
Aula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_Engineering
baitolakaike
 
ES4.ppt
ES4.pptES4.ppt
Saam & arquiteturas_iu_halan
Saam & arquiteturas_iu_halanSaam & arquiteturas_iu_halan
Saam & arquiteturas_iu_halan
Halan Ridolphi
 
Engenharia De Software
Engenharia De SoftwareEngenharia De Software
Engenharia De Software
CursoSENAC
 
O_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdf
O_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdfO_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdf
O_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdf
Athena542429
 
Este trabalho trata
Este trabalho trataEste trabalho trata
Este trabalho trata
Roni Reis
 
Arquitetura de Software
Arquitetura de SoftwareArquitetura de Software
Arquitetura de Software
Fábio Nogueira de Lucena
 
Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...
Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...
Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...
Edson Oliveira Junior
 
Software de Modelagem e Simulação de Processos.ppt
Software de Modelagem e Simulação de Processos.pptSoftware de Modelagem e Simulação de Processos.ppt
Software de Modelagem e Simulação de Processos.ppt
AndersonCosta722284
 
UML1.pdf
UML1.pdfUML1.pdf
UML
UMLUML
Engenharia de Requisitos
Engenharia de RequisitosEngenharia de Requisitos
Engenharia de Requisitos
Tiago Barros
 
O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012
O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012
O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012
Carlos Antonio Castro Oliveira
 
Engenharia de-software-1217199594686494-9
Engenharia de-software-1217199594686494-9Engenharia de-software-1217199594686494-9
Engenharia de-software-1217199594686494-9
wilsonguns
 
Aula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e umlAula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e uml
neilaxavier
 

Semelhante a Visao Geral Rup (20)

Modelagem Arquitetural e Visão 4+1
Modelagem Arquitetural e Visão 4+1Modelagem Arquitetural e Visão 4+1
Modelagem Arquitetural e Visão 4+1
 
Processo Unificado de Desenvolvimento de Software
Processo Unificado de Desenvolvimento de SoftwareProcesso Unificado de Desenvolvimento de Software
Processo Unificado de Desenvolvimento de Software
 
347842.ppt
347842.ppt347842.ppt
347842.ppt
 
03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de software03 Modelo de processo de software
03 Modelo de processo de software
 
Aula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGIL
Aula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGILAula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGIL
Aula 03 - IBM Rational Unified Process- METODOLOGIA ÁGIL
 
Aula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_Engineering
Aula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_EngineeringAula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_Engineering
Aula_4_e_5_-_RUP_Rapid_Unified_Process_Software_Engineering
 
ES4.ppt
ES4.pptES4.ppt
ES4.ppt
 
Saam & arquiteturas_iu_halan
Saam & arquiteturas_iu_halanSaam & arquiteturas_iu_halan
Saam & arquiteturas_iu_halan
 
Engenharia De Software
Engenharia De SoftwareEngenharia De Software
Engenharia De Software
 
O_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdf
O_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdfO_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdf
O_Ciclo_de_Vida_do_Desenvolvimento_de_Sistemas.pdf
 
Este trabalho trata
Este trabalho trataEste trabalho trata
Este trabalho trata
 
Arquitetura de Software
Arquitetura de SoftwareArquitetura de Software
Arquitetura de Software
 
Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...
Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...
Proposta de uma Abordagem Formal para o Gerenciamento de Variabilidades em Mo...
 
Software de Modelagem e Simulação de Processos.ppt
Software de Modelagem e Simulação de Processos.pptSoftware de Modelagem e Simulação de Processos.ppt
Software de Modelagem e Simulação de Processos.ppt
 
UML1.pdf
UML1.pdfUML1.pdf
UML1.pdf
 
UML
UMLUML
UML
 
Engenharia de Requisitos
Engenharia de RequisitosEngenharia de Requisitos
Engenharia de Requisitos
 
O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012
O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012
O emprego do_rup_na_uml_-_trabalho_poo_2012
 
Engenharia de-software-1217199594686494-9
Engenharia de-software-1217199594686494-9Engenharia de-software-1217199594686494-9
Engenharia de-software-1217199594686494-9
 
Aula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e umlAula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e uml
 

Visao Geral Rup

  • 2. Visão Geral do RUP Objetivo Depois desta aula você terá uma visão geral do RUP (uma metodologia para desenvolvimento de software), incluindo suas características e seus componentes principais.
  • 3. O que é o RUP? O nome é uma abreviação de Rational Unified Process mas na verdade é Processo + Métodos + Linguagem (UML) e os autores argumentam que é Framework para gerar processos
  • 4. O que é o RUP? Conjunto de atividades bem definidas com responsáveis com artefatos de entrada e saída com dependências entre as mesmas e ordem de execução com modelo de ciclo de vida descrição sistemática de como devem ser realizadas guias (de ferramentas ou não), templates utilizando diagramas de UML
  • 5. Características Principais do RUP O desenvolvimento de sistemas seguindo o RUP é Iterativo e incremental Guiado por casos de uso (use cases) Baseado na arquitetura do sistema
  • 6. O RUP é iterativo e incremental O ciclo de vida de um sistema consiste de quatro fases: Concepção (define o escopo do projeto) Elaboração (detalha os requisitos e a arquitetura) Construção (desenvolve o sistema) Transição (implanta o sistema) tempo concepção elaboração construção transição
  • 7. O RUP é iterativo e incremental Cada fase é dividida em iterações: Minor Milestones: Releases Inception Elaboration Construction Transition Transition iteration Preliminary iteration Architect. iteration Architect. iteration Devel.. iteration Devel.. iteration Devel.. iteration Transition iteration
  • 8. O RUP é iterativo e incremental Cada iteração é planejada realiza uma seqüência de atividades (de elicitação de requisitos, análise e projeto, implementação, etc.) distintas geralmente resulta em uma versão executável do sistema é avaliada segundo critérios de sucesso previamente definidos
  • 9. O RUP é iterativo e incremental
  • 10. O RUP é guiado por casos de uso Os casos de uso não servem apenas para definir os requisitos do sistema Várias atividades do RUP são guiadas pelos casos de uso: planejamento das iterações criação e validação do modelo de projeto planejamento da integração do sistema definição dos casos de teste
  • 11. O RUP é baseado na arquitetura do sistema Arquitetura visão geral do sistema em termos dos seus subsistemas e como estes se relacionam A arquitetura é prototipada e definida logo nas primeiras iterações O desenvolvimento consiste em complementar a arquitetura A arquitetura serve para definir a organização da equipe de desenvolvimento e identificar oportunidades de reuso
  • 12. O RUP é baseado na arquitetura do sistema Idealmente, tem-se 5 visões da arquitetura Logical View Process View Deployment View Implementation View Programmers Software management Analysts/ Designers Structure System Engineering System topology Delivery,installation Communication System integrators Performance Scalability Throughput End-user Functionality
  • 13. Organização do RUP Fluxos de atividades Atividades passos entradas e saídas guias (de ferramentas ou não), templates Responsáveis (papel e perfil, não pessoa) Artefatos
  • 15. Elicitação de Requisitos Projetista da Interface com o Usuário Especificador de UC Arquiteto Priorizar UC Analista de Sistema Desenvolver Documento de Visão Elicitar necessidades dos Stakeholders Encontrar Atores e Casos de Uso Revisor de Requisitos Gerenciar Dependências Capturar um vocabulário comum Detalhar UC Modelar a Interface com o Usuário Revisar os Requisitos Prototipar a Interface com o Usuário Estruturar o Modelo de UC
  • 16. Análise e Projeto (Simplificado) Analisar caso de uso Projetista Projetista de banco de dados Revisar projeto Projetar caso de uso Arquiteto Revisor do projeto Projetar base de dados Projetar arquitetura Projetar subsistema Projetar classes
  • 17. Implementação Estruturar Modelo de Implementação Revisor de Código Programador Integrador do Sistema e Subsistemas Planejar Integração Integrar Sistema e Subsistemas Implementar Componentes Corrigir Defeitos Realizar Testes de Unidade Revisar Código Fonte
  • 18. Testes Programador Implementar Testes Testador de Integração Testador de Sistema Projetista de Testes Elaborar Plano de Testes Executar Testes de Integração Executar Testes de Sistema Projetar Testes Avaliar Testes
  • 19. Resumo O RUP é: iterativo e incremental guiado por casos de uso baseado na arquitetura do sistema organizado em fases, iterações, fluxos, atividades e passos
  • 20. Referências Ivar Jacobson, Grady Booch e James Rumbaugh. T he Unified Software Development Process. Capítulos 1 a 5. Philippe Kruchten. The Rational Unified Process – an Introduction.