SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
3. A Nova Vida
   em Cristo




         1/12
Depois que o homem começa uma nova
vida com Cristo, recebendo o perdão dos
seus pecados, a Bíblia diz que o mesmo
é uma nova criatura; portanto, devemos
conhecer algumas das condições dessa
nova vida.




                      2/12
3.1- A TRANSFORMAÇÃO DO HOMEM
• O homem salvo agora é uma nova
  criatura. 2 Cor 5:17 E, assim, se alguém
  está em Cristo, é nova criatura; as coisas
  antigas já passaram; eis que se fizeram
  novas.
• Deus insere na nossa natureza humana
  uma nova tendência através do Espírito
  Santo. Nascemos sob o pecado, com
  uma propensão inata e natural para
  perversão.

                           3/12
Quando abrimos o coração para Jesus,
Deus insere em nós uma nova tendência na
nossa natureza. Romanos 8:5,6...Porque os
que se inclinam para a carne cogitam das
coisas da carne; mas os que se inclinam para o
Espírito, das coisas do Espírito. Porque o
pendor da carne dá para a morte, mas o do
Espírito, para a vida e paz.
Quando aceitamos a Jesus, o Espírito Santo
vem sobre nossa vida e gera em nós uma
nova mentalidade,mortificando os efeitos da
carne, nos enchendo do seu poder para
vivermos segundo a mente de Deus.


                          4/12
• Deus nos dá consciência de que há
  prazeres que edificam e prazeres que
  geram a morte, e também nos dá poder
  para dizer não aos desejos da carne.
  Quanto mais investimento no Espírito,
  menos cederemos aos desejos da carne.
  Romanos 8:13Porque, se viverdes segundo
  a carne, caminhais para a morte; mas, se,
  pelo Espírito, mortificardes os feitos do
  corpo, certamente, vivereis.



                          5/12
3.2- O PROBLEMA DA TENTAÇÃO
A maior parte de nossas batalhas espirituais
são vencidas ou perdidas exatamente na
arena de nosso coração e mente.
Se levarmos cada pensamento a obediência
ao Senhor, nossa caminhada diária será
também obediente. Ao contrário, se
permitirmos que nossos pensamentos
tenham liberdade a ceder às sugestões
tentadoras do inimigo, logo nos
encontraremos, vivendo nossas fantasias
secretas.

                         6/12
Inicialmente nossos pensamentos não
são nada mais que reações involuntárias
aos estímulos externos. Por exemplo,
quando estou lendo a Bíblia ou adorando
a Deus na igreja, meus pensamentos se
dirigem a Deus, por outro lado quando
sou bombardeado com estímulos
materialistas e sexuais, meus
pensamentos se voltam para realização
desses desejos.



                      7/12
Nesse ponto meus pensamentos ainda se
encaixam no reino da tentação. Posso
rejeitá-los ou então criar um lugar para
eles em meu coração. Se me recuso a
permitir que se alojem, logo
desaparecerão e morrerão, pois precisam
de meu consentimento para existir. Os
meus pensamentos se transformam em
pecado, quando dou a eles permissão
para seu alojamento dentro de mim.



                       8/12
• Na raiz de cada luta espiritual, há duas
  forças em guerra, a vontade de Deus e a
  nossa vontade. Quando chega a tentação,
  somos o nosso pior inimigo. O tentador
  tem uma parte a executar, como também
  os amigos e colegas que nos influenciam,
  mas a parte deles é pequena. O papel
  principal é do inimigo interno, isto é, a
  nossa vontade. Tiago 1:14 Ao contrário,
  cada um é tentado pela sua própria cobiça,
  quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça,
  depois de haver concebido, dá à luz o pecado;
  e o pecado, uma vez consumado, gera a
  morte.
                            9/12
3.3- UMA VIDA VITORIOSA
A nossa vitória se dá quando nos
submetemos à vontade de Deus e
rejeitamos fazer a nossa vontade. Isto
significa se render ao senhorio de Cristo.
A cada obediência à vontade de Deus
produz um enfraquecimento da nossa
vontade. Todas às vezes que vencemos
uma batalha contra a tentação, enfiamos
uma faca em nosso “eu”.


                        10/12
Quando se trata da tentação, a causa
principal é a nossa natureza caída, isto é
a nossa predisposição pra pecar.
A única defesa do crente contra as
mentiras do diabo é a verdade da Palavra
de Deus. Nunca use nenhum raciocínio
ou lógica, porque você vai cair.




                        11/12
• O próprio Senhor Jesus ao ser tentado
  usou a verdade da palavra de Deus.
  Mateus 4:3,4...Então, o tentador,
  aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de
  Deus, manda que estas pedras se
  transformem em pães. Jesus, porém,
  respondeu: Está escrito:
• Não só de pão viverá o homem, mas de
  toda palavra que procede da boca de
  Deus.


                          12/12
3. a nova vida em cristo
3. a nova vida em cristo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
IBMemorialJC
 
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionaisVencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Michel Plattiny
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
Cleudson Corrêa
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
Eid Marques
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Ezequiel Gomes
 
Santificação : Uma nova maneira de viver
Santificação : Uma nova maneira de viverSantificação : Uma nova maneira de viver
Santificação : Uma nova maneira de viver
ESTUDANTETEOLOGIA
 

Mais procurados (20)

sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5   jesus e a implantação do reino de deussLição 5   jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
 
7 taças do apocalipse
7 taças do apocalipse7 taças do apocalipse
7 taças do apocalipse
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionaisVencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionais
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
 
Lição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de Apostasia
Lição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de ApostasiaLição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de Apostasia
Lição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de Apostasia
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
O plano de salvação de Deus
O plano de salvação de DeusO plano de salvação de Deus
O plano de salvação de Deus
 
BEMA - O Tribunal de Cristo
BEMA - O Tribunal de CristoBEMA - O Tribunal de Cristo
BEMA - O Tribunal de Cristo
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
 
Lição 3 Hebreus
Lição 3   HebreusLição 3   Hebreus
Lição 3 Hebreus
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
 
Santificação : Uma nova maneira de viver
Santificação : Uma nova maneira de viverSantificação : Uma nova maneira de viver
Santificação : Uma nova maneira de viver
 
Apostila - Resumo de Escatologia: Quais são os sinais dos cumprimentos profét...
Apostila - Resumo de Escatologia: Quais são os sinais dos cumprimentos profét...Apostila - Resumo de Escatologia: Quais são os sinais dos cumprimentos profét...
Apostila - Resumo de Escatologia: Quais são os sinais dos cumprimentos profét...
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
 
A arte de pregar
A arte de pregarA arte de pregar
A arte de pregar
 

Destaque

Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2
Paulo Dias Nogueira
 
Morrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4) - sermão
Morrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4)  - sermãoMorrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4)  - sermão
Morrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4) - sermão
Paulo Dias Nogueira
 
5.a import+óncia do jejum
5.a import+óncia do jejum5.a import+óncia do jejum
5.a import+óncia do jejum
talmidimted
 
Descobrindo a Nova Vida Em Cristo Quem é Jesus Cristo - Mark Robinson
Descobrindo a Nova Vida Em Cristo   Quem é Jesus Cristo - Mark RobinsonDescobrindo a Nova Vida Em Cristo   Quem é Jesus Cristo - Mark Robinson
Descobrindo a Nova Vida Em Cristo Quem é Jesus Cristo - Mark Robinson
Evandro Santos
 
4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão
talmidimted
 
Nova criatura kleber lucas
Nova criatura   kleber lucasNova criatura   kleber lucas
Nova criatura kleber lucas
Dieison Moraes
 

Destaque (20)

A Nova Vida em Cristo
A Nova Vida em CristoA Nova Vida em Cristo
A Nova Vida em Cristo
 
Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2
 
LBA Lição 9 - A nova vida em cristo
LBA Lição 9 - A nova vida em cristoLBA Lição 9 - A nova vida em cristo
LBA Lição 9 - A nova vida em cristo
 
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTOLIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
 
Velha natureza
Velha naturezaVelha natureza
Velha natureza
 
Nova criatura
Nova criaturaNova criatura
Nova criatura
 
Morrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4) - sermão
Morrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4)  - sermãoMorrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4)  - sermão
Morrer para o mundo e viver para Deus (cl 3 1 4) - sermão
 
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do EspiritoAs Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
 
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
 
minha realidade em Cristo
minha realidade em Cristominha realidade em Cristo
minha realidade em Cristo
 
5.a import+óncia do jejum
5.a import+óncia do jejum5.a import+óncia do jejum
5.a import+óncia do jejum
 
Vida nova
Vida novaVida nova
Vida nova
 
Descobrindo a Nova Vida Em Cristo Quem é Jesus Cristo - Mark Robinson
Descobrindo a Nova Vida Em Cristo   Quem é Jesus Cristo - Mark RobinsonDescobrindo a Nova Vida Em Cristo   Quem é Jesus Cristo - Mark Robinson
Descobrindo a Nova Vida Em Cristo Quem é Jesus Cristo - Mark Robinson
 
Nova Criatura
Nova CriaturaNova Criatura
Nova Criatura
 
4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão
 
Nova criatura
Nova criaturaNova criatura
Nova criatura
 
EBD Fé com Libras - Jacó rouba benção
EBD Fé com Libras - Jacó rouba bençãoEBD Fé com Libras - Jacó rouba benção
EBD Fé com Libras - Jacó rouba benção
 
A Oração na Vida Cristã
A Oração na Vida CristãA Oração na Vida Cristã
A Oração na Vida Cristã
 
Nova criatura kleber lucas
Nova criatura   kleber lucasNova criatura   kleber lucas
Nova criatura kleber lucas
 
Realidades da nova criatura aula 1_2015
Realidades da nova criatura aula 1_2015Realidades da nova criatura aula 1_2015
Realidades da nova criatura aula 1_2015
 

Semelhante a 3. a nova vida em cristo

John piper como matar o pecado
John piper   como matar o pecadoJohn piper   como matar o pecado
John piper como matar o pecado
Eney Araujo
 
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da faltaMuitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
antonio ferreira
 
A armadura do cristão, por arthur walkington pink
A armadura do cristão, por arthur walkington pinkA armadura do cristão, por arthur walkington pink
A armadura do cristão, por arthur walkington pink
Deusdete Soares
 

Semelhante a 3. a nova vida em cristo (20)

Tentação
TentaçãoTentação
Tentação
 
Ebd lições séries 04 - 2ºtrimestre 2016
Ebd   lições séries 04 - 2ºtrimestre 2016Ebd   lições séries 04 - 2ºtrimestre 2016
Ebd lições séries 04 - 2ºtrimestre 2016
 
Deus, o Senhor Supremo - Negando a Vontade Própria - Thomas Manton
Deus, o Senhor Supremo - Negando a Vontade Própria - Thomas MantonDeus, o Senhor Supremo - Negando a Vontade Própria - Thomas Manton
Deus, o Senhor Supremo - Negando a Vontade Própria - Thomas Manton
 
Notícias gospel
Notícias gospelNotícias gospel
Notícias gospel
 
Conhecendo a vontade positiva de deus
Conhecendo a vontade positiva de deusConhecendo a vontade positiva de deus
Conhecendo a vontade positiva de deus
 
Suportando a provação_342014_GGR
Suportando a provação_342014_GGRSuportando a provação_342014_GGR
Suportando a provação_342014_GGR
 
O apagar das graças do Espírito - John Dod
O apagar das graças do Espírito  -  John DodO apagar das graças do Espírito  -  John Dod
O apagar das graças do Espírito - John Dod
 
John piper como matar o pecado
John piper   como matar o pecadoJohn piper   como matar o pecado
John piper como matar o pecado
 
JORMI - Jornal Missionário nº 100
JORMI - Jornal Missionário nº 100JORMI - Jornal Missionário nº 100
JORMI - Jornal Missionário nº 100
 
Campo de batalha da mente joyce meyer
Campo de batalha da mente   joyce meyerCampo de batalha da mente   joyce meyer
Campo de batalha da mente joyce meyer
 
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da faltaMuitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
 
A batalha espiritual
A batalha espiritualA batalha espiritual
A batalha espiritual
 
A batalha espiritual
A batalha espiritualA batalha espiritual
A batalha espiritual
 
A armadura do cristão, por arthur walkington pink
A armadura do cristão, por arthur walkington pinkA armadura do cristão, por arthur walkington pink
A armadura do cristão, por arthur walkington pink
 
Qual o Propósito de Deus na Sua Vida.pdf
Qual o Propósito de Deus na Sua Vida.pdfQual o Propósito de Deus na Sua Vida.pdf
Qual o Propósito de Deus na Sua Vida.pdf
 
Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher LoveMortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
 
Suportando a provação_Lição_original com textos_342014
Suportando a provação_Lição_original com textos_342014Suportando a provação_Lição_original com textos_342014
Suportando a provação_Lição_original com textos_342014
 
Cura-da-alma-2012.ppt
Cura-da-alma-2012.pptCura-da-alma-2012.ppt
Cura-da-alma-2012.ppt
 
Interceder
IntercederInterceder
Interceder
 
Dominio propio 2018
Dominio propio 2018Dominio propio 2018
Dominio propio 2018
 

Mais de talmidimted

Relatorio de celula 071012
Relatorio de celula 071012Relatorio de celula 071012
Relatorio de celula 071012
talmidimted
 
3.o carater de cristo
3.o carater de cristo3.o carater de cristo
3.o carater de cristo
talmidimted
 
2 a obediencia do discipulo
2  a obediencia do discipulo2  a obediencia do discipulo
2 a obediencia do discipulo
talmidimted
 
1 o discipulo de cristo
1  o discipulo de cristo1  o discipulo de cristo
1 o discipulo de cristo
talmidimted
 
Igrejas em pequenos grupos
Igrejas em pequenos gruposIgrejas em pequenos grupos
Igrejas em pequenos grupos
talmidimted
 
9 a import+óncia da igreja local
9  a import+óncia da igreja local9  a import+óncia da igreja local
9 a import+óncia da igreja local
talmidimted
 
Relatorio meu culto familiar
Relatorio meu culto familiarRelatorio meu culto familiar
Relatorio meu culto familiar
talmidimted
 
Orienta+º+áes para meu culto familiar
Orienta+º+áes para meu culto familiarOrienta+º+áes para meu culto familiar
Orienta+º+áes para meu culto familiar
talmidimted
 
O segredo de obede 2 culto nos lares
O segredo de obede 2 culto nos laresO segredo de obede 2 culto nos lares
O segredo de obede 2 culto nos lares
talmidimted
 
Administrando minhas finan+ºas
Administrando minhas finan+ºasAdministrando minhas finan+ºas
Administrando minhas finan+ºas
talmidimted
 
8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo
8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo
8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo
talmidimted
 
7. o caminho da properidade
7. o caminho da properidade7. o caminho da properidade
7. o caminho da properidade
talmidimted
 
6. o batismo no espirito santo
6. o batismo no espirito santo6. o batismo no espirito santo
6. o batismo no espirito santo
talmidimted
 
Questionario sobre salvacao tedi
Questionario sobre salvacao tediQuestionario sobre salvacao tedi
Questionario sobre salvacao tedi
talmidimted
 
Exercicio do video
Exercicio do videoExercicio do video
Exercicio do video
talmidimted
 
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
talmidimted
 

Mais de talmidimted (19)

Relatorio de celula 071012
Relatorio de celula 071012Relatorio de celula 071012
Relatorio de celula 071012
 
3.o carater de cristo
3.o carater de cristo3.o carater de cristo
3.o carater de cristo
 
2 a obediencia do discipulo
2  a obediencia do discipulo2  a obediencia do discipulo
2 a obediencia do discipulo
 
1 o discipulo de cristo
1  o discipulo de cristo1  o discipulo de cristo
1 o discipulo de cristo
 
Pequenos grupos
Pequenos gruposPequenos grupos
Pequenos grupos
 
Pequenos grupos
Pequenos gruposPequenos grupos
Pequenos grupos
 
Igrejas em pequenos grupos
Igrejas em pequenos gruposIgrejas em pequenos grupos
Igrejas em pequenos grupos
 
9 a import+óncia da igreja local
9  a import+óncia da igreja local9  a import+óncia da igreja local
9 a import+óncia da igreja local
 
Relatorio meu culto familiar
Relatorio meu culto familiarRelatorio meu culto familiar
Relatorio meu culto familiar
 
Orienta+º+áes para meu culto familiar
Orienta+º+áes para meu culto familiarOrienta+º+áes para meu culto familiar
Orienta+º+áes para meu culto familiar
 
O segredo de obede 2 culto nos lares
O segredo de obede 2 culto nos laresO segredo de obede 2 culto nos lares
O segredo de obede 2 culto nos lares
 
Administrando minhas finan+ºas
Administrando minhas finan+ºasAdministrando minhas finan+ºas
Administrando minhas finan+ºas
 
8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo
8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo
8. as finan+ças e a boa administra+ç+âo
 
7. o caminho da properidade
7. o caminho da properidade7. o caminho da properidade
7. o caminho da properidade
 
6. o batismo no espirito santo
6. o batismo no espirito santo6. o batismo no espirito santo
6. o batismo no espirito santo
 
Questionario sobre salvacao tedi
Questionario sobre salvacao tediQuestionario sobre salvacao tedi
Questionario sobre salvacao tedi
 
Exercicio do video
Exercicio do videoExercicio do video
Exercicio do video
 
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
 
1 a bã­blia a palavra de deus
1 a bã­blia a palavra de deus1 a bã­blia a palavra de deus
1 a bã­blia a palavra de deus
 

Último (7)

Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 

3. a nova vida em cristo

  • 1. 3. A Nova Vida em Cristo 1/12
  • 2. Depois que o homem começa uma nova vida com Cristo, recebendo o perdão dos seus pecados, a Bíblia diz que o mesmo é uma nova criatura; portanto, devemos conhecer algumas das condições dessa nova vida. 2/12
  • 3. 3.1- A TRANSFORMAÇÃO DO HOMEM • O homem salvo agora é uma nova criatura. 2 Cor 5:17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. • Deus insere na nossa natureza humana uma nova tendência através do Espírito Santo. Nascemos sob o pecado, com uma propensão inata e natural para perversão. 3/12
  • 4. Quando abrimos o coração para Jesus, Deus insere em nós uma nova tendência na nossa natureza. Romanos 8:5,6...Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito. Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz. Quando aceitamos a Jesus, o Espírito Santo vem sobre nossa vida e gera em nós uma nova mentalidade,mortificando os efeitos da carne, nos enchendo do seu poder para vivermos segundo a mente de Deus. 4/12
  • 5. • Deus nos dá consciência de que há prazeres que edificam e prazeres que geram a morte, e também nos dá poder para dizer não aos desejos da carne. Quanto mais investimento no Espírito, menos cederemos aos desejos da carne. Romanos 8:13Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. 5/12
  • 6. 3.2- O PROBLEMA DA TENTAÇÃO A maior parte de nossas batalhas espirituais são vencidas ou perdidas exatamente na arena de nosso coração e mente. Se levarmos cada pensamento a obediência ao Senhor, nossa caminhada diária será também obediente. Ao contrário, se permitirmos que nossos pensamentos tenham liberdade a ceder às sugestões tentadoras do inimigo, logo nos encontraremos, vivendo nossas fantasias secretas. 6/12
  • 7. Inicialmente nossos pensamentos não são nada mais que reações involuntárias aos estímulos externos. Por exemplo, quando estou lendo a Bíblia ou adorando a Deus na igreja, meus pensamentos se dirigem a Deus, por outro lado quando sou bombardeado com estímulos materialistas e sexuais, meus pensamentos se voltam para realização desses desejos. 7/12
  • 8. Nesse ponto meus pensamentos ainda se encaixam no reino da tentação. Posso rejeitá-los ou então criar um lugar para eles em meu coração. Se me recuso a permitir que se alojem, logo desaparecerão e morrerão, pois precisam de meu consentimento para existir. Os meus pensamentos se transformam em pecado, quando dou a eles permissão para seu alojamento dentro de mim. 8/12
  • 9. • Na raiz de cada luta espiritual, há duas forças em guerra, a vontade de Deus e a nossa vontade. Quando chega a tentação, somos o nosso pior inimigo. O tentador tem uma parte a executar, como também os amigos e colegas que nos influenciam, mas a parte deles é pequena. O papel principal é do inimigo interno, isto é, a nossa vontade. Tiago 1:14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. 9/12
  • 10. 3.3- UMA VIDA VITORIOSA A nossa vitória se dá quando nos submetemos à vontade de Deus e rejeitamos fazer a nossa vontade. Isto significa se render ao senhorio de Cristo. A cada obediência à vontade de Deus produz um enfraquecimento da nossa vontade. Todas às vezes que vencemos uma batalha contra a tentação, enfiamos uma faca em nosso “eu”. 10/12
  • 11. Quando se trata da tentação, a causa principal é a nossa natureza caída, isto é a nossa predisposição pra pecar. A única defesa do crente contra as mentiras do diabo é a verdade da Palavra de Deus. Nunca use nenhum raciocínio ou lógica, porque você vai cair. 11/12
  • 12. • O próprio Senhor Jesus ao ser tentado usou a verdade da palavra de Deus. Mateus 4:3,4...Então, o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. Jesus, porém, respondeu: Está escrito: • Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. 12/12