SlideShare uma empresa Scribd logo
As 7 verdades sobre
as Tentações
Apresentação
Edilson José Barbosa
Estudo Bíblico 99
É a TENTAÇÃO que nos coloca próximo do
abismo, no limite da queda e a ponto de
cometer o pecado.
Como não cair?
Precisamos aprender a lidar com as
tentações pois elas são muitas?
O que fazer? Eis uma questão difícil
Entregar-se a ela.
Lutar contra ela.
Pedir ajuda a Deus.
O que a bíblia diz
O Significado de Tentação
É a instigação que induz o desejo de algo.
Pode ser de uma pessoa, uma coisa, uma
circunstância ou outro tipo de estímulo.
Esta ligada à sedução e à provocação.
É um Impulso para a praticar alguma coisa
proibida ou não recomendada.
Desejo incontrolado e as vezes violento.
No âmbito religioso
Tentação é a incitação a pecar por
parte do Diabo. Satanás pode
provocar o ser humano levando-o a
fazer ou a deixar de fazer algo,
aproveitando-se da sua fraqueza
de homem principalmente para
afastá-lo de Deus.
Caindo em Tentação e as Consequências
Quantos sonhos ficaram para trás?
Quantos amigos você perdeu?
Quantas oportunidades já passaram?
Quantas famílias foram desfeitas?
Quantos ministérios foram corrompidos?
Quantas vidas se perderam para o inferno?
Quantas almas foram levadas?
Frustrações, culpas e arrependimentos.
Precisamos aprender muito nesse mundo
Tem muita gente vivendo na tentação,
achando que está na provação.
A tentação vem dos desejos existentes
em nós.
A tentação almeja afastar você do
padrão de vida moral estabelecido por
Deus.
As tentações podem ser usadas pelo
inimigo para estimular o que há de pior
dentro nós.
A tentação nos leva ao estado de
escravidão dos nossos próprios desejos.
Provação
É a Tentação no Sentido positivo
Significa prova, tribulação,
teste ou experiência para o
crescimento espiritual e
aumentar nossa intimidade
com Deus.
Muitas pessoas tem caído porque se aventuraram
sozinhas no mundo.
Muitas pessoas tem caído porque ainda não
entenderam que existe um Deus a quem podemos
recorrer.
Muitas pessoas tem caído porque preferem se
entregar aos desejos e paixões do mundo.
Muitas pessoas, mesmo conhecendo a palavra de
Deus, tem caído porque foram tentadas, não resistiram
e se entregaram ao pecado.
Vivendo no limite
Uma coisa é ser tentado
Outra coisa é cair em tentação.
Não era minha intenção ver pornografia, mas vi.
Não queria tomar aquela bebida, mas tomei.
Eu não queria fazer aquilo, mas não resistir.
Tentei e tentei mas não deu, acabei fazendo.
Aquela droga. O medicamento para dormir.
 Amigos de farra, só um copo. Não quero mas provei.
O relacionamento é complicado. Cedi e agora.
O sexo fora da hora. A gravidez indesejada.
O palavrão dito. A falta de paciência. Discussão.
 Podia evitar, me excedi e agora? Arrependi.
A compra sem dinheiro. A dívida. Me descontrolei.
Fui atraído pelo errado. Não queria ir, mas fui.
 Vacilei, fiz tudo errado e agora estou arrependido.
Quantas dessas
coisas poderiam
ter sido evitadas se
tivéssemos aberto
mão de alguns
desejos e
buscado seguir o
que Jesus nos
ensinou?
Quem sabe
chegou
o momento de
sair de perto do
ABISMO, antes
que seja tarde
demais...
Mapa da tentação
Visual Atenção
Contemplação Beleza
Satisfação Desejo
Decisão Consentimento
Sugestão
Atração
Inclinação
Aceitação
Visual
Satisfação Inclinação
Pare de ser manipulado pelo inimigo
As
verdades sobre
a tentações
1. Inevitável
As principais versões
da Bíblia em língua
portuguesa indicam
que todos passarão
por tentações
2 - Maligna
A afirmação de que
Deus não pode ser
tentado pelo mal
salienta o caráter
bondoso de Deus.
Não existe
tentação boa.
3 - Humana
Deus não é o
responsável pela
tentação; Ele não tenta
ninguém (Tg 1.13).
A tentação tem por
objetivo fazer pecar,
INDUZIR AO ERRO.
Errar é
mais fácil
que
acertar.
4 - Identificável
Embora o nome de
“tentador” seja
atribuído ao diabo,
vimos que o maior
problema da tentação
não é o diabo, e sim
os nossos desejos.
Não arrume desculpa. Todos nós
sabemos identificar uma tentação.
O diabo também
tem seu desejo.
5 - Escala
A tentação
se encarrega
de anunciar,
propagar,
oferecer,
estimular
a prática do pecado.
Processo gradativo
6 - Destino
O objetivo e a
consequência final
do pecado é sempre
a morte. Foi assim
desde o início com a
serpente no jardim
do Éden.
7 - Alternativa
Precisamos resistir
ao diabo, mas
devemos fugir das
nossas paixões .
É muito difícil
vencermos
sozinhos o
nosso próprio
instinto.
O que precisamos entender
Que o desejo só tem dois fins:
ou é SACIADO ou ABANDONADO.
Jesus nos diz que existem dois caminhos a
seguir:
UM QUE LEVA À VIDA;
OUTRO QUE LEVA À MORTE.
Você está
sendo
seduzido?
Satanás apelou para os desejos humanos de Jesus,
mas nosso Senhor não fantasiou a respeito da
sugestão de Satanás.
A palavra de Deus Diz
“Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou
tentado por Deus; porque Deus não
pode ser tentado pelo mal e ele
mesmo a ninguém tenta.”
Tiago 1.13-15
Não culpe Deus quando você é tentado e cai; mas
agradeça-lhe pelas boas dádivas que ele lhe dá e por
procurar salvá-lo de seus pecados (1:13-18).
Esteja pronto para ouvir o que Deus diz, tardio para
responder, e tardio para enfurecer-se, quando não
concordar (1:19-20).
Em vez de resistir à verdade, afaste o mal e receba com
mansidão a palavra implantada em você (1:21).
Não seja apenas um ouvinte da palavra; seja um
cumpridor da obra que Deus manda (1:22-25).
Lembre-se que provações não são tentações. Aceite-as
com alegria, sabendo que elas farão de você uma pessoa
melhor (Tiago 1:2-4).
Peça a Deus sabedoria para que você possa saber como
vencê-las (1:5-8).
Reserve tempo para lembrar com prazer e gratidão das
bênçãos espirituais que você possui, não importa qual seja
a sua condição física (1:9-11).
Pense no prêmio que Deus prometeu àqueles que
perseverarem (1:12).
Por meio da oração
Deus nos dá forças para resistirmos.
As 7 verdades sobre as tentações pptx

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
IBMemorialJC
 
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Cristiano Marinho Maciel
 
Estudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e OfertasEstudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e Ofertas
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
Eduardo Sousa Gomes
 
Curso de batalha espiritual
Curso de batalha  espiritualCurso de batalha  espiritual
Curso de batalha espiritual
ManoelMacerate
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
jonasecj
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
Moisés Sampaio
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
Leandro Morais Almeida
 
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptFamília, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
Jeronimo Nunes
 
Batalha espiritual
Batalha espiritualBatalha espiritual
Batalha espiritual
Carlos Cirleno Neves
 
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritualPalestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Caroline Calaça
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
A mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênçãoA mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênção
Vilmar Nascimento
 
A TENTAÇÃO DE JESUS
A TENTAÇÃO DE JESUSA TENTAÇÃO DE JESUS
A TENTAÇÃO DE JESUS
Pr. Gerson Eller
 
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Erberson Pinheiro
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
Joel Silva
 
50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I
Itamar Freire
 
Reverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do Senhor
Reverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do SenhorReverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do Senhor
Reverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do Senhor
Magno Marinho
 
Como o inimigo age em nossas vidas part 1 2
Como  o inimigo age em nossas vidas part 1 2Como  o inimigo age em nossas vidas part 1 2
Como o inimigo age em nossas vidas part 1 2
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Ministrações do encontro
Ministrações do  encontroMinistrações do  encontro
Ministrações do encontro
Pastora Rosinha Silva
 

Mais procurados (20)

Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
 
Estudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e OfertasEstudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e Ofertas
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
Curso de batalha espiritual
Curso de batalha  espiritualCurso de batalha  espiritual
Curso de batalha espiritual
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
 
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptFamília, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
 
Batalha espiritual
Batalha espiritualBatalha espiritual
Batalha espiritual
 
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritualPalestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 
A mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênçãoA mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênção
 
A TENTAÇÃO DE JESUS
A TENTAÇÃO DE JESUSA TENTAÇÃO DE JESUS
A TENTAÇÃO DE JESUS
 
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
 
50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I
 
Reverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do Senhor
Reverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do SenhorReverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do Senhor
Reverencia: Como devem se portar os Cristão na Casa do Senhor
 
Como o inimigo age em nossas vidas part 1 2
Como  o inimigo age em nossas vidas part 1 2Como  o inimigo age em nossas vidas part 1 2
Como o inimigo age em nossas vidas part 1 2
 
Ministrações do encontro
Ministrações do  encontroMinistrações do  encontro
Ministrações do encontro
 

Semelhante a As 7 verdades sobre as tentações pptx

Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
EBJ IPBCP
 
EBJ - Encontro 01/07/2012
EBJ - Encontro 01/07/2012EBJ - Encontro 01/07/2012
EBJ - Encontro 01/07/2012
EBJ IPBCP
 
Tem04
Tem04Tem04
O cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pubO cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Jovens25 lição07
Jovens25   lição07Jovens25   lição07
Jovens25 lição07
ipbjn
 
VENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕESVENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕES
Nilson Dias Carla
 
Sexualidade e pureza crista
Sexualidade e pureza cristaSexualidade e pureza crista
Sexualidade e pureza crista
Adriano Silva
 
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Adriano Silva
 
SERMÃO 08 - INDECISÃO.docx
SERMÃO 08 - INDECISÃO.docxSERMÃO 08 - INDECISÃO.docx
SERMÃO 08 - INDECISÃO.docx
LonAlmeida1
 
Boletim CBG_18 ago-2013
Boletim CBG_18 ago-2013Boletim CBG_18 ago-2013
Boletim CBG_18 ago-2013
Silas Roberto Nogueira
 
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
Luiz antonio gasparetto   realização -  curso completoLuiz antonio gasparetto   realização -  curso completo
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
saioborba
 
TentaçãO
TentaçãOTentaçãO
270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo
mariag81
 
270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo
mariag81
 
Resenha reconstruindo sua vida emocional
Resenha reconstruindo sua vida emocionalResenha reconstruindo sua vida emocional
Resenha reconstruindo sua vida emocional
André Sandiêgo Falcão
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
Rosa Luzia Da Hora
 
Pg realizado na casa da kelly
Pg realizado na casa da kellyPg realizado na casa da kelly
Pg realizado na casa da kelly
alexsandr22
 
Co dependência
Co dependênciaCo dependência
Co dependência
crpvni
 
EBOOK - JA.pdf
EBOOK - JA.pdfEBOOK - JA.pdf
EBOOK - JA.pdf
MimySouza1
 
Aula 1 introd. mundanismo
Aula 1  introd. mundanismoAula 1  introd. mundanismo
Aula 1 introd. mundanismo
Laura E Ricardo Cardoso
 

Semelhante a As 7 verdades sobre as tentações pptx (20)

Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
 
EBJ - Encontro 01/07/2012
EBJ - Encontro 01/07/2012EBJ - Encontro 01/07/2012
EBJ - Encontro 01/07/2012
 
Tem04
Tem04Tem04
Tem04
 
O cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pubO cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pub
 
Jovens25 lição07
Jovens25   lição07Jovens25   lição07
Jovens25 lição07
 
VENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕESVENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕES
 
Sexualidade e pureza crista
Sexualidade e pureza cristaSexualidade e pureza crista
Sexualidade e pureza crista
 
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
Usando a net com santidade e mais algumas coisas importantes para jovens e ad...
 
SERMÃO 08 - INDECISÃO.docx
SERMÃO 08 - INDECISÃO.docxSERMÃO 08 - INDECISÃO.docx
SERMÃO 08 - INDECISÃO.docx
 
Boletim CBG_18 ago-2013
Boletim CBG_18 ago-2013Boletim CBG_18 ago-2013
Boletim CBG_18 ago-2013
 
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
Luiz antonio gasparetto   realização -  curso completoLuiz antonio gasparetto   realização -  curso completo
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
 
TentaçãO
TentaçãOTentaçãO
TentaçãO
 
270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo
 
270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo270741712 estudos-do-sozo
270741712 estudos-do-sozo
 
Resenha reconstruindo sua vida emocional
Resenha reconstruindo sua vida emocionalResenha reconstruindo sua vida emocional
Resenha reconstruindo sua vida emocional
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
 
Pg realizado na casa da kelly
Pg realizado na casa da kellyPg realizado na casa da kelly
Pg realizado na casa da kelly
 
Co dependência
Co dependênciaCo dependência
Co dependência
 
EBOOK - JA.pdf
EBOOK - JA.pdfEBOOK - JA.pdf
EBOOK - JA.pdf
 
Aula 1 introd. mundanismo
Aula 1  introd. mundanismoAula 1  introd. mundanismo
Aula 1 introd. mundanismo
 

Mais de Edilson Jose Barbosa Barbosa

Eb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forteEb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forte
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
EB112-a igreja missionária
EB112-a  igreja  missionáriaEB112-a  igreja  missionária
EB112-a igreja missionária
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111   Fazendo o bem sem olhar a quemEb 111   Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Eb 110 - o valor da vida
Eb   110 - o valor da  vida Eb   110 - o valor da  vida
Eb 110 - o valor da vida
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Um presente para Deus.
Um presente para Deus.Um presente para Deus.
Um presente para Deus.
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Abandone suas Alfaias
Abandone suas AlfaiasAbandone suas Alfaias
Abandone suas Alfaias
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Cidadão do céu
Cidadão do céuCidadão do céu
Eu e meu irmão
Eu e meu irmão Eu e meu irmão
Uma jornada com Deus
Uma   jornada  com DeusUma   jornada  com Deus
Uma jornada com Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Profecia do amor
Profecia do amorProfecia do amor
As torrentes do neguebe.
As  torrentes  do  neguebe.As  torrentes  do  neguebe.
As torrentes do neguebe.
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
Estudo 97   as torrents do neguebe.pubEstudo 97   as torrents do neguebe.pub
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O poder da palavra de Deus
O poder da palavra de DeusO poder da palavra de Deus
O poder da palavra de Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Vida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pubVida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Um altar para Deus
Um altar para DeusUm altar para Deus
Um altar para Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pubO perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Em busca da salvação pub
Em busca da salvação pubEm busca da salvação pub
Em busca da salvação pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Ele está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pubEle está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Ele está aqui part1
Ele está aqui  part1Ele está aqui  part1
Ele está aqui part1
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 

Mais de Edilson Jose Barbosa Barbosa (20)

Eb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forteEb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forte
 
EB112-a igreja missionária
EB112-a  igreja  missionáriaEB112-a  igreja  missionária
EB112-a igreja missionária
 
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111   Fazendo o bem sem olhar a quemEb 111   Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
 
Eb 110 - o valor da vida
Eb   110 - o valor da  vida Eb   110 - o valor da  vida
Eb 110 - o valor da vida
 
Um presente para Deus.
Um presente para Deus.Um presente para Deus.
Um presente para Deus.
 
Abandone suas Alfaias
Abandone suas AlfaiasAbandone suas Alfaias
Abandone suas Alfaias
 
Cidadão do céu
Cidadão do céuCidadão do céu
Cidadão do céu
 
Eu e meu irmão
Eu e meu irmão Eu e meu irmão
Eu e meu irmão
 
Uma jornada com Deus
Uma   jornada  com DeusUma   jornada  com Deus
Uma jornada com Deus
 
Profecia do amor
Profecia do amorProfecia do amor
Profecia do amor
 
As torrentes do neguebe.
As  torrentes  do  neguebe.As  torrentes  do  neguebe.
As torrentes do neguebe.
 
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
Estudo 97   as torrents do neguebe.pubEstudo 97   as torrents do neguebe.pub
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
 
O poder da palavra de Deus
O poder da palavra de DeusO poder da palavra de Deus
O poder da palavra de Deus
 
Vida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pubVida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pub
 
Um altar para Deus
Um altar para DeusUm altar para Deus
Um altar para Deus
 
O perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pubO perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pub
 
Em busca da salvação pub
Em busca da salvação pubEm busca da salvação pub
Em busca da salvação pub
 
Ele está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pubEle está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pub
 
Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2
 
Ele está aqui part1
Ele está aqui  part1Ele está aqui  part1
Ele está aqui part1
 

Último

1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 

Último (14)

1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 

As 7 verdades sobre as tentações pptx

  • 1. As 7 verdades sobre as Tentações Apresentação Edilson José Barbosa Estudo Bíblico 99
  • 2. É a TENTAÇÃO que nos coloca próximo do abismo, no limite da queda e a ponto de cometer o pecado.
  • 4. Precisamos aprender a lidar com as tentações pois elas são muitas?
  • 5. O que fazer? Eis uma questão difícil Entregar-se a ela. Lutar contra ela. Pedir ajuda a Deus.
  • 6. O que a bíblia diz
  • 7. O Significado de Tentação É a instigação que induz o desejo de algo. Pode ser de uma pessoa, uma coisa, uma circunstância ou outro tipo de estímulo. Esta ligada à sedução e à provocação. É um Impulso para a praticar alguma coisa proibida ou não recomendada. Desejo incontrolado e as vezes violento.
  • 8. No âmbito religioso Tentação é a incitação a pecar por parte do Diabo. Satanás pode provocar o ser humano levando-o a fazer ou a deixar de fazer algo, aproveitando-se da sua fraqueza de homem principalmente para afastá-lo de Deus.
  • 9. Caindo em Tentação e as Consequências Quantos sonhos ficaram para trás? Quantos amigos você perdeu? Quantas oportunidades já passaram? Quantas famílias foram desfeitas? Quantos ministérios foram corrompidos? Quantas vidas se perderam para o inferno? Quantas almas foram levadas? Frustrações, culpas e arrependimentos.
  • 10. Precisamos aprender muito nesse mundo Tem muita gente vivendo na tentação, achando que está na provação.
  • 11. A tentação vem dos desejos existentes em nós. A tentação almeja afastar você do padrão de vida moral estabelecido por Deus. As tentações podem ser usadas pelo inimigo para estimular o que há de pior dentro nós. A tentação nos leva ao estado de escravidão dos nossos próprios desejos.
  • 12. Provação É a Tentação no Sentido positivo Significa prova, tribulação, teste ou experiência para o crescimento espiritual e aumentar nossa intimidade com Deus.
  • 13. Muitas pessoas tem caído porque se aventuraram sozinhas no mundo. Muitas pessoas tem caído porque ainda não entenderam que existe um Deus a quem podemos recorrer. Muitas pessoas tem caído porque preferem se entregar aos desejos e paixões do mundo. Muitas pessoas, mesmo conhecendo a palavra de Deus, tem caído porque foram tentadas, não resistiram e se entregaram ao pecado.
  • 14. Vivendo no limite Uma coisa é ser tentado Outra coisa é cair em tentação.
  • 15. Não era minha intenção ver pornografia, mas vi. Não queria tomar aquela bebida, mas tomei. Eu não queria fazer aquilo, mas não resistir. Tentei e tentei mas não deu, acabei fazendo. Aquela droga. O medicamento para dormir.  Amigos de farra, só um copo. Não quero mas provei. O relacionamento é complicado. Cedi e agora. O sexo fora da hora. A gravidez indesejada. O palavrão dito. A falta de paciência. Discussão.  Podia evitar, me excedi e agora? Arrependi. A compra sem dinheiro. A dívida. Me descontrolei. Fui atraído pelo errado. Não queria ir, mas fui.  Vacilei, fiz tudo errado e agora estou arrependido.
  • 16. Quantas dessas coisas poderiam ter sido evitadas se tivéssemos aberto mão de alguns desejos e buscado seguir o que Jesus nos ensinou?
  • 17. Quem sabe chegou o momento de sair de perto do ABISMO, antes que seja tarde demais...
  • 18. Mapa da tentação Visual Atenção Contemplação Beleza Satisfação Desejo Decisão Consentimento Sugestão Atração Inclinação Aceitação Visual Satisfação Inclinação
  • 19. Pare de ser manipulado pelo inimigo
  • 21. 1. Inevitável As principais versões da Bíblia em língua portuguesa indicam que todos passarão por tentações
  • 22. 2 - Maligna A afirmação de que Deus não pode ser tentado pelo mal salienta o caráter bondoso de Deus. Não existe tentação boa.
  • 23. 3 - Humana Deus não é o responsável pela tentação; Ele não tenta ninguém (Tg 1.13). A tentação tem por objetivo fazer pecar, INDUZIR AO ERRO. Errar é mais fácil que acertar.
  • 24. 4 - Identificável Embora o nome de “tentador” seja atribuído ao diabo, vimos que o maior problema da tentação não é o diabo, e sim os nossos desejos. Não arrume desculpa. Todos nós sabemos identificar uma tentação. O diabo também tem seu desejo.
  • 25. 5 - Escala A tentação se encarrega de anunciar, propagar, oferecer, estimular a prática do pecado. Processo gradativo
  • 26. 6 - Destino O objetivo e a consequência final do pecado é sempre a morte. Foi assim desde o início com a serpente no jardim do Éden.
  • 27. 7 - Alternativa Precisamos resistir ao diabo, mas devemos fugir das nossas paixões . É muito difícil vencermos sozinhos o nosso próprio instinto.
  • 28. O que precisamos entender Que o desejo só tem dois fins: ou é SACIADO ou ABANDONADO. Jesus nos diz que existem dois caminhos a seguir: UM QUE LEVA À VIDA; OUTRO QUE LEVA À MORTE.
  • 30. Satanás apelou para os desejos humanos de Jesus, mas nosso Senhor não fantasiou a respeito da sugestão de Satanás.
  • 31. A palavra de Deus Diz “Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta.” Tiago 1.13-15
  • 32. Não culpe Deus quando você é tentado e cai; mas agradeça-lhe pelas boas dádivas que ele lhe dá e por procurar salvá-lo de seus pecados (1:13-18). Esteja pronto para ouvir o que Deus diz, tardio para responder, e tardio para enfurecer-se, quando não concordar (1:19-20). Em vez de resistir à verdade, afaste o mal e receba com mansidão a palavra implantada em você (1:21). Não seja apenas um ouvinte da palavra; seja um cumpridor da obra que Deus manda (1:22-25).
  • 33. Lembre-se que provações não são tentações. Aceite-as com alegria, sabendo que elas farão de você uma pessoa melhor (Tiago 1:2-4). Peça a Deus sabedoria para que você possa saber como vencê-las (1:5-8). Reserve tempo para lembrar com prazer e gratidão das bênçãos espirituais que você possui, não importa qual seja a sua condição física (1:9-11). Pense no prêmio que Deus prometeu àqueles que perseverarem (1:12).
  • 34. Por meio da oração Deus nos dá forças para resistirmos.