SlideShare uma empresa Scribd logo
Universidade Positivo  Especialização em Engenharia de Software Engenharia de Requisitos Tiago Barros  |  [email_address]
Apresentação do professor ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Conteúdo do curso ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Método de avaliação ,[object Object],[object Object]
Equipes ,[object Object],[object Object]
Processos de desenvolvimento de software
Processos de desenvolvimento de software ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Processos de desenvolvimento de software ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Processos de desenvolvimento de software ,[object Object],[object Object],[object Object]
Processos de desenvolvimento de software ,[object Object],[object Object]
Processos de desenvolvimento de software ,[object Object],[object Object]
Prática ,[object Object],[object Object]
Engenharia de requisitos
Engenharia de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Processo de engenharia de requisitos Estudos de Viabilidade Elicitação e análise de requisitos Especificação e documentação de requisitos Validação de requisitos Gerenciamento de requisitos e mudanças
Estudos de viabilidade ,[object Object],[object Object]
Elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tipos de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tipos de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Elicitação de requisitos ,[object Object]
Elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object]
Elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Técnicas de elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Técnicas de elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Técnicas de elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Técnicas de elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],Analisar e compreender as atividades do usuário Protótipo em papel Avaliar protótipo com usuários finais Protótipo dinâmico Avaliar protótipo com usuários finais
Técnicas de elicitação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Prática ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Documentação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Documentação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Documentação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Documentação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Documentação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Documentação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Prática ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Prática – próxima aula ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Referências ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

engenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitosengenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitos
Fábio Nogueira de Lucena
 
Engenharia de requisitos
Engenharia de requisitosEngenharia de requisitos
Engenharia de requisitos
Tamires Guedes
 
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Rosanete Grassiani dos Santos
 
Rastreabilidade de Requisitos
Rastreabilidade de RequisitosRastreabilidade de Requisitos
Rastreabilidade de Requisitos
transparenciadesoftware
 
Engenharia de software i 3 - processos de engenharia de requisitos
Engenharia de software i   3 - processos de engenharia de requisitosEngenharia de software i   3 - processos de engenharia de requisitos
Engenharia de software i 3 - processos de engenharia de requisitos
Willian Moreira Figueiredo de Souza
 
Gerência de Requisitos
Gerência de RequisitosGerência de Requisitos
Gerência de Requisitos
Mauricio Volkweis Astiazara
 
Engenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RONEngenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RON
Eduardo Castro
 
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Luís Fernando Richter
 
Definição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitosDefinição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitos
ETEIT - Escola Técnica da Univale
 
Especificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de SoftwareEspecificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de Software
Ralph Rassweiler
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitos
elliando dias
 
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de RequisitosPrincipais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Norton Guimarães
 
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
Es   capítulo 4  - engenharia de requisitosEs   capítulo 4  - engenharia de requisitos
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
Felipe Oliveira
 
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Danielle Ballester, PMP,PSM,SFC,SDC,SMC,SPOC,SCT
 
1 requisitos funcionais e não funcionais ok
1  requisitos funcionais e não funcionais ok1  requisitos funcionais e não funcionais ok
1 requisitos funcionais e não funcionais okMarcos Morais de Sousa
 
Aula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitosAula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitos
Computação Depressão
 
Aula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitosAula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitos
Computação Depressão
 
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i   unidade 3 - levantamento de requisitosAp i   unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
Glauber Aquino
 
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de RequisitosPrincípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
elliando dias
 
A importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de usoA importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de uso
Hussani Oliveira
 

Mais procurados (20)

engenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitosengenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitos
 
Engenharia de requisitos
Engenharia de requisitosEngenharia de requisitos
Engenharia de requisitos
 
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
 
Rastreabilidade de Requisitos
Rastreabilidade de RequisitosRastreabilidade de Requisitos
Rastreabilidade de Requisitos
 
Engenharia de software i 3 - processos de engenharia de requisitos
Engenharia de software i   3 - processos de engenharia de requisitosEngenharia de software i   3 - processos de engenharia de requisitos
Engenharia de software i 3 - processos de engenharia de requisitos
 
Gerência de Requisitos
Gerência de RequisitosGerência de Requisitos
Gerência de Requisitos
 
Engenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RONEngenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RON
 
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
 
Definição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitosDefinição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitos
 
Especificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de SoftwareEspecificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de Software
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitos
 
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de RequisitosPrincipais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
 
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
Es   capítulo 4  - engenharia de requisitosEs   capítulo 4  - engenharia de requisitos
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
 
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
 
1 requisitos funcionais e não funcionais ok
1  requisitos funcionais e não funcionais ok1  requisitos funcionais e não funcionais ok
1 requisitos funcionais e não funcionais ok
 
Aula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitosAula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitos
 
Aula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitosAula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitos
 
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i   unidade 3 - levantamento de requisitosAp i   unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
 
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de RequisitosPrincípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
 
A importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de usoA importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de uso
 

Semelhante a Engenharia de Requisitos

Analise sistemas 04
Analise sistemas 04Analise sistemas 04
Analise sistemas 04
Caroline Raquel Rodrigues
 
Ciclo de vida processo
Ciclo de vida processoCiclo de vida processo
Ciclo de vida processo
Patrícia Melo
 
Aula1 eng software
Aula1 eng softwareAula1 eng software
Aula1 eng software
Portal_do_estudante_ADS
 
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de RequisitosAula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Rogerio P C do Nascimento
 
Análise de sistemas análise de requisitos
Análise de sistemas   análise de requisitosAnálise de sistemas   análise de requisitos
Análise de sistemas análise de requisitos
Má Puia
 
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane FidelixAula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Cris Fidelix
 
Processo Unificado(RUP)
Processo Unificado(RUP)Processo Unificado(RUP)
Processo Unificado(RUP)
elliando dias
 
Engenharia de Requisitos
Engenharia de RequisitosEngenharia de Requisitos
Engenharia de Requisitos
Cloves da Rocha
 
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
IedaRosanaKollingWie
 
Documento de requisitos
Documento de requisitosDocumento de requisitos
Documento de requisitos
Thiago Luis Colozio Casácio
 
Documento de requisitos
Documento de requisitosDocumento de requisitos
Documento de requisitos
Thiago Luis Colozio Casácio
 
Analise de requisitos estudo para prova
Analise de requisitos estudo para provaAnalise de requisitos estudo para prova
Analise de requisitos estudo para prova
Leonardo Almeida
 
Prototipação
PrototipaçãoPrototipação
Prototipação
Daniel Fernandes
 
Es capítulo 2 - processos de software
Es   capítulo 2  - processos de softwareEs   capítulo 2  - processos de software
Es capítulo 2 - processos de software
Felipe Oliveira
 
Este trabalho trata
Este trabalho trataEste trabalho trata
Este trabalho trata
Roni Reis
 
06 Requisitos
06 Requisitos06 Requisitos
06 Requisitos
Waldemar Roberti
 
Aula Gestão de Projetos
Aula Gestão de ProjetosAula Gestão de Projetos
Aula Gestão de Projetos
Rudson Kiyoshi Souza Carvalho
 
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
André Agostinho
 
AMSI.pptx
AMSI.pptxAMSI.pptx
AMSI.pptx
AndersonCunha61
 
Introdução a engenharia de software aula 01
Introdução a engenharia de software   aula 01Introdução a engenharia de software   aula 01
Introdução a engenharia de software aula 01
Franklin Matos Correia
 

Semelhante a Engenharia de Requisitos (20)

Analise sistemas 04
Analise sistemas 04Analise sistemas 04
Analise sistemas 04
 
Ciclo de vida processo
Ciclo de vida processoCiclo de vida processo
Ciclo de vida processo
 
Aula1 eng software
Aula1 eng softwareAula1 eng software
Aula1 eng software
 
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de RequisitosAula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
 
Análise de sistemas análise de requisitos
Análise de sistemas   análise de requisitosAnálise de sistemas   análise de requisitos
Análise de sistemas análise de requisitos
 
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane FidelixAula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Processo Unificado(RUP)
Processo Unificado(RUP)Processo Unificado(RUP)
Processo Unificado(RUP)
 
Engenharia de Requisitos
Engenharia de RequisitosEngenharia de Requisitos
Engenharia de Requisitos
 
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
 
Documento de requisitos
Documento de requisitosDocumento de requisitos
Documento de requisitos
 
Documento de requisitos
Documento de requisitosDocumento de requisitos
Documento de requisitos
 
Analise de requisitos estudo para prova
Analise de requisitos estudo para provaAnalise de requisitos estudo para prova
Analise de requisitos estudo para prova
 
Prototipação
PrototipaçãoPrototipação
Prototipação
 
Es capítulo 2 - processos de software
Es   capítulo 2  - processos de softwareEs   capítulo 2  - processos de software
Es capítulo 2 - processos de software
 
Este trabalho trata
Este trabalho trataEste trabalho trata
Este trabalho trata
 
06 Requisitos
06 Requisitos06 Requisitos
06 Requisitos
 
Aula Gestão de Projetos
Aula Gestão de ProjetosAula Gestão de Projetos
Aula Gestão de Projetos
 
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
 
AMSI.pptx
AMSI.pptxAMSI.pptx
AMSI.pptx
 
Introdução a engenharia de software aula 01
Introdução a engenharia de software   aula 01Introdução a engenharia de software   aula 01
Introdução a engenharia de software aula 01
 

Mais de Tiago Barros

Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
Tiago Barros
 
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
Tiago Barros
 
KNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperabilityKNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperability
Tiago Barros
 
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT SolutionsProviding Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
Tiago Barros
 
IEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards CommitteeIEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards Committee
Tiago Barros
 
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com ArduinoCESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
Tiago Barros
 
KNoT Manifesto
KNoT ManifestoKNoT Manifesto
KNoT Manifesto
Tiago Barros
 
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o BrasilKNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
Tiago Barros
 
Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
Tiago Barros
 
O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?
Tiago Barros
 
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveisInterfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
Tiago Barros
 
Curso de Arduino Completo
Curso de Arduino CompletoCurso de Arduino Completo
Curso de Arduino Completo
Tiago Barros
 
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao ArduinoC.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
Tiago Barros
 
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en DiseñoC.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Tiago Barros
 

Mais de Tiago Barros (20)

Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
 
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
 
KNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperabilityKNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperability
 
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT SolutionsProviding Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
 
IEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards CommitteeIEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards Committee
 
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com ArduinoCESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
 
KNoT Manifesto
KNoT ManifestoKNoT Manifesto
KNoT Manifesto
 
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o BrasilKNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
 
Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
 
O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?
 
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveisInterfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
 
Curso de Arduino Completo
Curso de Arduino CompletoCurso de Arduino Completo
Curso de Arduino Completo
 
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao ArduinoC.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
 
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en DiseñoC.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
 

Último

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 

Último (20)

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 

Engenharia de Requisitos

  • 1. Universidade Positivo Especialização em Engenharia de Software Engenharia de Requisitos Tiago Barros | [email_address]
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 14.
  • 15. Processo de engenharia de requisitos Estudos de Viabilidade Elicitação e análise de requisitos Especificação e documentação de requisitos Validação de requisitos Gerenciamento de requisitos e mudanças
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.