SlideShare uma empresa Scribd logo
índice   INTRODUÇÃO____________________________________________________ 3

         REDUÇÃO NA TAXA DE NEGOCIAÇÃO______________________________         3
         AGENDAMENTOS_________________________________________________ 4

               1 - Agendamento de Compra________________________________ 5

               2 - Consulta e Edição de Agendamentos de Compras____________ 8

               3 - Reinvestimento Automático_______________________________ 9

               4 – Consulta e Edição de Reinvestimentos Automáticos__________ 13

               5 – Agendamento de Venda__________________________________ 14

               6 – Consulta e Edição de um Agendamento de Venda____________ 16
NOVAS FUNCIONALIDADES
                                 GUIA DO INVESTIDOR

INTRODUÇÃO
O Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA, desenvolveu novas funcionalidades para o
Tesouro Direto, que permitem programar compras e vendas, e reinvestir automaticamente os juros
semestrais dos títulos e o valor do resgate na data de vencimento.

Para ter acesso ao Tesouro Direto e às novas funcionalidades, os investidores devem estar cadastrados
em uma instituição financeira (banco, distribuidora ou corretora), conforme “passoapasso”, disponível
no site da BM&FBOVESPA e do Tesouro Direto. Os investidores cadastrados podem acessar o Tesouro
Direto pelo Home Broker da instituição financeira ou por meio do próprio site do Tesouro Direto.

Os investidores poderão consultar, no site do Tesouro Direto, quais agentes oferecem as novas funcio-
nalidades aos seus investidores.

Os investidores que decidirem fazer suas aplicações por meio de agendamento terão a vantagem de
realizar suas compras obedecendo à parcela mínima de apenas 1% do preço unitário de cada título,
desde que respeitado o limite financeiro mínimo de R$30,00. O limite financeiro máximo para as com-
pras programadas será o mesmo adotado para as compras tradicionais. Não há limite financeiro para
vendas.


REDUÇÃO NA TAXA DE NEGOCIAÇÃO
A BM&FBOVESPA incentivará a programação de investimentos, por meio de redução na taxa de
negociação.

1. 	 Para compras realizadas por meio da funcionalidade de compra programada a redução será de
     50% na taxa de negociação, a partir da terceira compra do mesmo agendamento1.

2. 	 Para as compras realizadas por meio do reinvestimento automático de juros ou resgates, não será
     cobrada taxa de negociação2.

Para facilitar os primeiros passos do investidor nas novas telas e funcionalidades do Tesouro Direto, a
BM&FBOVESPA e o Tesouro Nacional elaboraram este guia. As telas são intuitivas e autoexplicativas,
mas, caso surja alguma dúvida ao programar compras, reinvestimentos ou vendas, é só clicar na tecla
“Exibir Ajuda” e passar o cursor sobre cada campo da tela para obter uma breve explicação. Este guia
fornece descrições detalhadas sobre cada decisão que o investidor pode tomar dentro da modalidade
de agendamento.

“Passo a Passo” para se cadastrar no Tesouro Direto:
http://www.bmfbovespa.com.br/pt-br/mercados/outros-titulos/tesouro-direto/tesouro-direto-pas-
so-a-passo.aspx?idioma=pt-br

Compras e Vendas do site do Tesouro Direto:
https://seguro.cblc.com.br/tesourodireto/


1
    Atualmente, a taxa de negociação é de 0,1% sobre o valor da compra.
2
    Atualmente, a taxa de negociação é de 0,1% sobre o valor da compra.
Págs.
  4 5




AGENDAMENTOS   Ao entrar na área do site do Tesouro Direto destinada a compras
               e vendas, o investidor encontrará um novo item de menu do lado
               esquerdo. A opção “Agendamento” permite a programação de
               compras, o reinvestimento automático de juros e de resgates no
               vencimento e o agendamento de vendas.
1
      Agendamento                                             Passo 1: Escolha dos Títulos

         de Compra                                            Ao acessar a opção de agendamento de compra, o investidor verá
                                                              a tela para programação de compras, onde deve selecionar a insti-
                                                              tuição financeira (banco, distribuidora ou corretora) e a data da 1ª
                                                              compra. As compras ocorrerão mensalmente, na data escolhida, de
                                                              acordo com o valor especificado para cada título. O campo “Agente
                                                              de Custódia” (instituição financeira) estará preenchido, se o investi-
                                                              dor tiver apenas um agente.

                                                              Com a data de início definida, o investidor pode selecionar os títu-
                                                              los nos quais deseja investir. Após a escolha dos títulos, o investidor
                                                              deve preencher o valor a ser aplicado3 e prosseguir para a etapa se-
                                                              guinte de programação, clicando na opção “Próximo Passo”.




3
 A compra será realizada até limite máximo do valor especificado no agendamento. Importante ressaltar que a quantidade de títulos adquiridos e por consequência
seus valores dependerão do preço unitário de negociação do título no dia em que a compra programada será realizada.
Págs.
 6 7




Agendamento    Passo 2: Programação das Compras

   de Compra
               Nesse passo, o investidor seleciona se as compras ocorrerão apenas
               uma vez (no dia da data da 1ª compra) ou por quanto tempo a ope-
               ração irá se repetir, escolhendo uma data limite de compras ou de-
               finindo a quantidade de compras desejada. O investidor também
               tem a opção de que as compras ocorram até que a programação seja
               cancelada por ele. Com a opção selecionada, o investidor pode se-
               guir com o agendamento.
Passo 3: Confirmação do Fluxo de Compras
Nesse passo, o investidor pode conferir o fluxo de investimentos
agendado e, se desejar, pode cancelar uma ou mais compras agen-
dadas, desmarcando a opção na coluna à direita. Com o agenda-
mento de compras definido, de acordo com o desejo do investidor,
ele pode confirmar a programação.




Confirmada a programação, é gerado um protocolo do agendamen-
to, que poderá ser editado conforme a descrição a seguir.

O investidor poderá possuir até 4 agendamentos de compras ativos.
Págs.
    8 9




Consulta e Edição



2
                    Com a compra agendada, o investidor tem, por meio da opção “Con-
                    sultar/Editar”, no menu a sua esquerda, as possibilidades de consul-

de Agendamentos
                    tar, alterar ou cancelar as programações realizadas.

                    Seleção do Agendamento
      de Compras    Ao acessar a opção “Consultar/Editar”, o investidor pode realizar a
                    consulta de acordo com os critérios disponíveis, como número do
                    protocolo, código da instituição financeira (banco, distribuidora ou
                    correta), período do agendamento, entre outros. O campo “Agente
                    de Custódia” (instituição financeira) estará preenchido, se o investi-
                    dor tiver apenas um agente.

                    Uma vez realizada a consulta, os protocolos serão exibidos de acordo
                    com os critérios informados. Para visualizar o agendamento, basta
                    clicar sobre o número do protocolo e seguir, conforme desejar, pelos
                    passos 1, 2 e 3. Para cancelar o agendamento, basta clicar em “cance-
                    lar” e confirmar o cancelamento.

                    Alteração dos Títulos e do Valor das Compras
                    Com o agendamento selecionado, o investidor pode editar os parâ-
                    metros escolhidos no momento do agendamento da compra. O in-
                    vestidor pode alterar ou selecionar novos títulos e reduzir os valores
                    agendados. O investidor não poderá aumentar o valor total agen-
                    dado. Neste caso, o investidor deve realizar um novo agendamento.

                    Alteração do Fluxo de Compras e Confirmação
                    Na tela seguinte, o investidor pode realizar alterações no fluxo de
                    compras agendadas, por exemplo, pode cancelar uma compra em
                    um mês específico conforme sua vontade, desmarcando a opção à
                    direita ou também, pode reincluir uma operação que tenha sido des-
                    marcada anteriormente.

                    Após efetuar as alterações, o investidor deve confirmar suas altera-
                    ções para que sejam gravadas no protocolo. Qualquer alteração deve
                    ser feita até um dia antes da realização da compra.

                    Caso as alterações não sejam confirmadas, o agendamento ficará
                    com o status “Pendente de Confirmação” e as compras não serão
                    realizadas.
Reinvestimento



3
                 No menu “Reinvestimento”, o investidor pode programar o reinvesti-
                 mento automático dos juros recebidos semestralmente e dos resga-

    Automático   tes nos vencimentos dos títulos.

                 Ao acessar o menu “Reinvestimento”, o investidor deve selecionar a
                 instituição financeira (banco, distribuidora ou corretora) onde está o
                 título para o qual será realizado o agendamento de reinvestimento
                 dos juros semestrais ou do valor do resgate. O campo “Agente de
                 Custódia” (instituição financeira) estará preenchido, se o investidor
                 tiver apenas um agente.
Págs.
  10 11




Reinvestimento   Passo 1: Escolha dos Títulos para Reinvestimento dos Juros

    Automático
                 Com a seleção da instituição financeira, o investidor escolhe a data
                 em que será iniciado o reinvestimento. Preenchidos os campos com
                 o código da instituição financeira e a data de início, são apresentados
                 para o investidor os títulos que pagam juros semestrais e que estão
                 custodiados na instituição financeira selecionada.

                 Aqui, o investidor irá decidir para quais títulos deseja programar o
                 reinvestimento dos juros a serem pagos. A tela apresenta as informa-
                 ções de data de vencimento, data do próximo pagamento de juros
                 e o saldo atual dos títulos. O investidor escolhe em qual título e o
                 percentual que deseja reaplicar. Esse percentual será aplicado sobre
                 o valor dos juros líquido de taxas e impostos.




                 Com a seleção feita, o investidor pode clicar na opção “Próximo Passo”
                 para continuar o agendamento.
Passo 2: Escolha dos Títulos para Reinvestimento do Resgate
Essa tela mostra todos os títulos que o investidor possui, na institui-
ção financeira selecionada, com informações sobre a data de venci-
mento e a quantidade atual de títulos. O investidor pode agendar o
reinvestimento desses títulos que ocorrerá sempre na data de venci-
mento dos títulos (resgate), ou no próximo dia útil.

O investidor seleciona os títulos para os quais deseja realizar o rein-
vestimento, define em qual título e qual o percentual deseja reapli-
car. Esse percentual será aplicado sobre o valor do resgate líquido de
taxas e impostos.




Com as opções preenchidas, o investidor pode seguir para o próxi-
mo passo.
Págs.
  12 13




Reinvestimento    Passo 3: Confirmação dos Fluxos de Reinvestimentos

    Automático
                  Aqui, são apresentados os fluxos dos reinvestimentos agendados
                  pelo investidor, tanto dos juros, quanto dos resgates. O investidor
                  tem a opção de “desmarcar” um ou mais reinvestimentos agendados.




                 Após alterar ou não o fluxo, o investidor pode confirmar o agenda-
                 mento dos reinvestimentos, o qual poderá ser alterado ou cancelado
                 conforme a explicação a seguir.

                 O investidor poderá ter apenas um agendamento de reinvestimento
                 ativo.
Consulta e   Após agendar um reinvestimento, o investidor tem, por meio da
                   opção “Consultar/Editar”, no menu a sua esquerda, a opção de con-

       Edição de
                   sultar, alterar ou cancelar o agendamento realizado.




4
                   Busca dos Reinvestimentos Programados
Reinvestimentos    Ao acessar a opção “Consultar/Editar”, o investidor poderá realizar a
    Automáticos    consulta de acordo com os critérios disponíveis, como número do
                   protocolo, código da instituição financeira (banco, distribuidora ou
                   corretora), período do agendamento, entre outros.

                   Uma vez realizada a consulta, os protocolos serão exibidos de acor-
                   do com os critérios informados. Para visualizar o agendamento,
                   basta clicar sobre o número do protocolo. Para cancelar o agenda-
                   mento, basta clicar em “cancelar” e confirmar o cancelamento.

                   Alteração dos Parâmetros do Reinvestimento dos Juros
                   Com o agendamento selecionado, o investidor pode editar os parâ-
                   metros escolhidos no momento do agendamento do reinvestimen-
                   to como, por exemplo, a data de início do reinvestimento.

                   Nesse passo, o investidor pode consultar/editar o reinvestimento
                   dos juros, podendo alterar os títulos que terão os juros reinvestidos,
                   os títulos nos quais os juros serão reinvestidos e o percentual do
                   valor dos juros líquido de taxas e impostos a serem reinvestidos.

                   Alteração dos Parâmetros do Reinvestimento dos Resgates
                   Aqui, o investidor pode consultar ou editar o agendamento de rein-
                   vestimentos dos resgates dos títulos, podendo alterar os títulos que
                   terão os regastes reinvestidos, alterar os títulos nos quais os resga-
                   tes serão reinvestidos e o percentual do valor do resgate líquido de
                   taxas e impostos que será reinvestido.

                   Alteração do Fluxo de Reinvestimentos e Confirmação
                   Aqui, são apresentados os fluxos dos reinvestimentos agendados,
                   conforme as alterações realizadas nos passos anteriores, tanto de
                   juros, quanto de resgates. O investidor tem a opção de cancelar
                   uma ou mais operações agendadas, desmarcando-as na coluna
                   “Agendar”, à direita. Poderá também reincluir uma operação que te-
                   nha sido desmarcada anteriormente. Após alterar ou não o fluxo, o
                   investidor deve confirmar o agendamento do reinvestimento para
                   que as alterações dos passos anteriores sejam salvas. Após a con-
                   firmação, o investidor poderá editar novamente o agendamento.

                   Caso as alterações não sejam confirmadas, o agendamento ficará
                   com o status “Pendente de Confirmação” e os reinvestimentos não
                   serão realizados.
Págs.
           14 15




    5
     Agendamento                                               No menu “Agendamento de venda”, o investidor tem a opção de
                                                               agendar a venda dos títulos que possui em sua carteira, nas datas

         de Venda
                                                               disponibilizadas pelo Tesouro. Isso significa que o investidor que de-
                                                               seje vender antecipadamente os títulos (ou uma parcela deles) po-
                                                               derá escolher com antecedência, em qual quarta-feira4 se desfazerá
                                                               de seus ativos.

                                                               Passo 1: Indicação do Agente de Custódia
                                                               Ao acessar a opção “Agendamento de venda”, no menu à esquerda
                                                               da tela, o investidor deverá indicar a instituição financeira (banco,
                                                               distribuidora ou corretora) onde estão custodiados os títulos que
                                                               deseja vender. O campo “Agente de Custódia” (instituição financeira)
                                                               estará preenchido, se o investidor tiver apenas um agente.




                                                               Após indicar a instituição financeira onde estão custodiados os
                                                               títulos, o investidor pode clicar em continuar para fazer o agenda-
                                                               mento da venda.


4
 O Tesouro Nacional realiza semanalmente, das 9h das quartas-feiras até as 5h das quintas-feiras, a recompra de títulos. Excepcionalmente, nas semanas em que
houver reunião do Copom - Comitê de Política Monetária do Banco Central, a recompra dos títulos será interrompida entre 17h de quarta-feira e 9h de quinta-feira (à
exceção das LFT) e retomada entre 9h de quinta-feira e 5h de sexta-feira.
Passo 2: Escolha dos Títulos, da Data de Venda e Confirmação
Com a instituição financeira especificada, o investidor visualiza to-
dos os títulos que possui em carteira, custodiados por esse agente.
Nesta tela, o investidor escolhe a data em que deseja vender os títu-
los de acordo com as datas disponíveis (datas de recompra de títu-
los). Após indicar a data de venda, o investidor seleciona os títulos
que deseja vender e a quantidade para venda do título selecionado.




Com esses parâmetros definidos, o investidor pode confirmar o seu
agendamento, o qual poderá ser editado ou cancelado até um dia
antes da data agendada.
Págs.
 16




   Consulta e   Após efetuar o agendamento de venda, o investidor pode a qualquer
                momento consultar, editar ou cancelar esse agendamento.

 Edição de um




6
                Busca dos Agendamentos de Venda

Agendamento     Após acessar a opção “Consultar/Editar”, o investidor poderá rea-
                lizar a consulta de acordo com os critérios disponíveis, como nú-
     de Venda   mero do protocolo, código da instituição financeira (banco, dis-
                tribuidora ou corretora), período do agendamento, entre outros.
                O campo “Agente de Custódia” estará preenchido, se o investidor
                tiver apenas um agente.

                Realizada a busca, o investidor seleciona o agendamento que de-
                seja consultar, editar ou cancelar. Para cancelar o agendamen-
                to de venda, o investidor deve clicar em “Cancelar” e confirmar o
                cancelamento.

                Alteração do Agendamento de Venda e Confirmação
                O investidor pode visualizar o agendamento e alterar a data da ven-
                da, títulos e quantidades, conforme desejar.

                Após realizar as alterações, o investidor deve confirmá-las, ou o agen-
                damento ficará com o status “Pendente de Confirmação” e as venda
                não serão realizadas.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Tesouro direto

13 guia tesouro-direto
13 guia tesouro-direto13 guia tesouro-direto
13 guia tesouro-direto
wdilkin
 
Derivativos
DerivativosDerivativos
Mercado capitais
Mercado capitaisMercado capitais
Mercado capitais
simuladocontabil
 
Tesouro Direto
Tesouro DiretoTesouro Direto
Como investir
Como investirComo investir
Como investir
claudiusinhos
 
Dicionário matemática financeira
Dicionário matemática financeiraDicionário matemática financeira
Dicionário matemática financeira
uemerson_xavier
 
Resumo xp
Resumo  xpResumo  xp
Resumo xp
Merikabq
 
Cra
CraCra
Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...
Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...
Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...
J. Barbato
 
Cdb
CdbCdb
Guia BOVESPA - Comprar e vender ações
Guia BOVESPA - Comprar e vender açõesGuia BOVESPA - Comprar e vender ações
Guia BOVESPA - Comprar e vender ações
Leandro Trelesse Vieira
 
Casa própria
Casa própriaCasa própria
Casa própria
Consórcio de Imóveis
 
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Luiz Avelar
 
Tesouro Direto.pdf
Tesouro Direto.pdfTesouro Direto.pdf
Tesouro Direto.pdf
PAULOJOSE80
 
Mercado%20 financeiro
Mercado%20 financeiroMercado%20 financeiro
Mercado%20 financeiro
Envilian Pires
 
Financiamento de imóvel na planta
Financiamento de imóvel na plantaFinanciamento de imóvel na planta
Financiamento de imóvel na planta
Ronaldo Roscoe
 
Cartilha minha casa minha vida
Cartilha minha casa minha vidaCartilha minha casa minha vida
Cartilha minha casa minha vida
AdrianoOliveira368
 
Microsoft word cartilha - bolsa.doc - adriana
Microsoft word   cartilha - bolsa.doc - adrianaMicrosoft word   cartilha - bolsa.doc - adriana
Microsoft word cartilha - bolsa.doc - adriana
marcello_mhc
 
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementarLivreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
Lhx Agente de Investimento XP.
 
Cartilha da compra consciente
Cartilha da compra conscienteCartilha da compra consciente
Cartilha da compra consciente
Guilherme Souza Oliveira
 

Semelhante a Tesouro direto (20)

13 guia tesouro-direto
13 guia tesouro-direto13 guia tesouro-direto
13 guia tesouro-direto
 
Derivativos
DerivativosDerivativos
Derivativos
 
Mercado capitais
Mercado capitaisMercado capitais
Mercado capitais
 
Tesouro Direto
Tesouro DiretoTesouro Direto
Tesouro Direto
 
Como investir
Como investirComo investir
Como investir
 
Dicionário matemática financeira
Dicionário matemática financeiraDicionário matemática financeira
Dicionário matemática financeira
 
Resumo xp
Resumo  xpResumo  xp
Resumo xp
 
Cra
CraCra
Cra
 
Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...
Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...
Técnicas em Compras e Solicitação de Compras. Ajudando pessoas a entender est...
 
Cdb
CdbCdb
Cdb
 
Guia BOVESPA - Comprar e vender ações
Guia BOVESPA - Comprar e vender açõesGuia BOVESPA - Comprar e vender ações
Guia BOVESPA - Comprar e vender ações
 
Casa própria
Casa própriaCasa própria
Casa própria
 
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
Método de Avaliação de Fluxo de Caixa, Matemática financeira . Professor John...
 
Tesouro Direto.pdf
Tesouro Direto.pdfTesouro Direto.pdf
Tesouro Direto.pdf
 
Mercado%20 financeiro
Mercado%20 financeiroMercado%20 financeiro
Mercado%20 financeiro
 
Financiamento de imóvel na planta
Financiamento de imóvel na plantaFinanciamento de imóvel na planta
Financiamento de imóvel na planta
 
Cartilha minha casa minha vida
Cartilha minha casa minha vidaCartilha minha casa minha vida
Cartilha minha casa minha vida
 
Microsoft word cartilha - bolsa.doc - adriana
Microsoft word   cartilha - bolsa.doc - adrianaMicrosoft word   cartilha - bolsa.doc - adriana
Microsoft word cartilha - bolsa.doc - adriana
 
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementarLivreto pgbl%20 prevcomplementar
Livreto pgbl%20 prevcomplementar
 
Cartilha da compra consciente
Cartilha da compra conscienteCartilha da compra consciente
Cartilha da compra consciente
 

Mais de Kayros Consultoria

Auditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no Agronegócio
Auditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no AgronegócioAuditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no Agronegócio
Auditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no Agronegócio
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015
Kayros Consultoria
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015
Kayros Consultoria
 
Diagnostico empresarial kayros consultoria
Diagnostico empresarial kayros consultoriaDiagnostico empresarial kayros consultoria
Diagnostico empresarial kayros consultoria
Kayros Consultoria
 
Guia de investimentos - BM&FBovespa
Guia de investimentos - BM&FBovespaGuia de investimentos - BM&FBovespa
Guia de investimentos - BM&FBovespa
Kayros Consultoria
 
apresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoria
apresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoriaapresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoria
apresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoria
Kayros Consultoria
 
Planejando suas conquistas passo a passo
Planejando suas conquistas passo a passoPlanejando suas conquistas passo a passo
Planejando suas conquistas passo a passo
Kayros Consultoria
 
Introdução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitaisIntrodução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitais
Kayros Consultoria
 
Como investir na bolsa em 6 passos
Como investir na bolsa em 6 passosComo investir na bolsa em 6 passos
Como investir na bolsa em 6 passos
Kayros Consultoria
 

Mais de Kayros Consultoria (20)

Auditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no Agronegócio
Auditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no AgronegócioAuditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no Agronegócio
Auditoria Digital Tributária - Pis e Cofins no Agronegócio
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Abril.2016
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Março.2016
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Fevereiro.2016
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Janeiro.2016
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Dezembro.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | Novembro.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 10.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 09.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 08.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 07.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 06.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 05.2015
 
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015
Boletim do Empresário Kayros Consultoria | 04.2015
 
Diagnostico empresarial kayros consultoria
Diagnostico empresarial kayros consultoriaDiagnostico empresarial kayros consultoria
Diagnostico empresarial kayros consultoria
 
Guia de investimentos - BM&FBovespa
Guia de investimentos - BM&FBovespaGuia de investimentos - BM&FBovespa
Guia de investimentos - BM&FBovespa
 
apresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoria
apresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoriaapresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoria
apresentação | modelo de negócios 2014 - Institucional Kayros Consultoria
 
Planejando suas conquistas passo a passo
Planejando suas conquistas passo a passoPlanejando suas conquistas passo a passo
Planejando suas conquistas passo a passo
 
Introdução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitaisIntrodução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitais
 
Como investir na bolsa em 6 passos
Como investir na bolsa em 6 passosComo investir na bolsa em 6 passos
Como investir na bolsa em 6 passos
 

Tesouro direto

  • 1.
  • 2. índice INTRODUÇÃO____________________________________________________ 3 REDUÇÃO NA TAXA DE NEGOCIAÇÃO______________________________ 3 AGENDAMENTOS_________________________________________________ 4 1 - Agendamento de Compra________________________________ 5 2 - Consulta e Edição de Agendamentos de Compras____________ 8 3 - Reinvestimento Automático_______________________________ 9 4 – Consulta e Edição de Reinvestimentos Automáticos__________ 13 5 – Agendamento de Venda__________________________________ 14 6 – Consulta e Edição de um Agendamento de Venda____________ 16
  • 3. NOVAS FUNCIONALIDADES GUIA DO INVESTIDOR INTRODUÇÃO O Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA, desenvolveu novas funcionalidades para o Tesouro Direto, que permitem programar compras e vendas, e reinvestir automaticamente os juros semestrais dos títulos e o valor do resgate na data de vencimento. Para ter acesso ao Tesouro Direto e às novas funcionalidades, os investidores devem estar cadastrados em uma instituição financeira (banco, distribuidora ou corretora), conforme “passoapasso”, disponível no site da BM&FBOVESPA e do Tesouro Direto. Os investidores cadastrados podem acessar o Tesouro Direto pelo Home Broker da instituição financeira ou por meio do próprio site do Tesouro Direto. Os investidores poderão consultar, no site do Tesouro Direto, quais agentes oferecem as novas funcio- nalidades aos seus investidores. Os investidores que decidirem fazer suas aplicações por meio de agendamento terão a vantagem de realizar suas compras obedecendo à parcela mínima de apenas 1% do preço unitário de cada título, desde que respeitado o limite financeiro mínimo de R$30,00. O limite financeiro máximo para as com- pras programadas será o mesmo adotado para as compras tradicionais. Não há limite financeiro para vendas. REDUÇÃO NA TAXA DE NEGOCIAÇÃO A BM&FBOVESPA incentivará a programação de investimentos, por meio de redução na taxa de negociação. 1. Para compras realizadas por meio da funcionalidade de compra programada a redução será de 50% na taxa de negociação, a partir da terceira compra do mesmo agendamento1. 2. Para as compras realizadas por meio do reinvestimento automático de juros ou resgates, não será cobrada taxa de negociação2. Para facilitar os primeiros passos do investidor nas novas telas e funcionalidades do Tesouro Direto, a BM&FBOVESPA e o Tesouro Nacional elaboraram este guia. As telas são intuitivas e autoexplicativas, mas, caso surja alguma dúvida ao programar compras, reinvestimentos ou vendas, é só clicar na tecla “Exibir Ajuda” e passar o cursor sobre cada campo da tela para obter uma breve explicação. Este guia fornece descrições detalhadas sobre cada decisão que o investidor pode tomar dentro da modalidade de agendamento. “Passo a Passo” para se cadastrar no Tesouro Direto: http://www.bmfbovespa.com.br/pt-br/mercados/outros-titulos/tesouro-direto/tesouro-direto-pas- so-a-passo.aspx?idioma=pt-br Compras e Vendas do site do Tesouro Direto: https://seguro.cblc.com.br/tesourodireto/ 1 Atualmente, a taxa de negociação é de 0,1% sobre o valor da compra. 2 Atualmente, a taxa de negociação é de 0,1% sobre o valor da compra.
  • 4. Págs. 4 5 AGENDAMENTOS Ao entrar na área do site do Tesouro Direto destinada a compras e vendas, o investidor encontrará um novo item de menu do lado esquerdo. A opção “Agendamento” permite a programação de compras, o reinvestimento automático de juros e de resgates no vencimento e o agendamento de vendas.
  • 5. 1 Agendamento Passo 1: Escolha dos Títulos de Compra Ao acessar a opção de agendamento de compra, o investidor verá a tela para programação de compras, onde deve selecionar a insti- tuição financeira (banco, distribuidora ou corretora) e a data da 1ª compra. As compras ocorrerão mensalmente, na data escolhida, de acordo com o valor especificado para cada título. O campo “Agente de Custódia” (instituição financeira) estará preenchido, se o investi- dor tiver apenas um agente. Com a data de início definida, o investidor pode selecionar os títu- los nos quais deseja investir. Após a escolha dos títulos, o investidor deve preencher o valor a ser aplicado3 e prosseguir para a etapa se- guinte de programação, clicando na opção “Próximo Passo”. 3 A compra será realizada até limite máximo do valor especificado no agendamento. Importante ressaltar que a quantidade de títulos adquiridos e por consequência seus valores dependerão do preço unitário de negociação do título no dia em que a compra programada será realizada.
  • 6. Págs. 6 7 Agendamento Passo 2: Programação das Compras de Compra Nesse passo, o investidor seleciona se as compras ocorrerão apenas uma vez (no dia da data da 1ª compra) ou por quanto tempo a ope- ração irá se repetir, escolhendo uma data limite de compras ou de- finindo a quantidade de compras desejada. O investidor também tem a opção de que as compras ocorram até que a programação seja cancelada por ele. Com a opção selecionada, o investidor pode se- guir com o agendamento.
  • 7. Passo 3: Confirmação do Fluxo de Compras Nesse passo, o investidor pode conferir o fluxo de investimentos agendado e, se desejar, pode cancelar uma ou mais compras agen- dadas, desmarcando a opção na coluna à direita. Com o agenda- mento de compras definido, de acordo com o desejo do investidor, ele pode confirmar a programação. Confirmada a programação, é gerado um protocolo do agendamen- to, que poderá ser editado conforme a descrição a seguir. O investidor poderá possuir até 4 agendamentos de compras ativos.
  • 8. Págs. 8 9 Consulta e Edição 2 Com a compra agendada, o investidor tem, por meio da opção “Con- sultar/Editar”, no menu a sua esquerda, as possibilidades de consul- de Agendamentos tar, alterar ou cancelar as programações realizadas. Seleção do Agendamento de Compras Ao acessar a opção “Consultar/Editar”, o investidor pode realizar a consulta de acordo com os critérios disponíveis, como número do protocolo, código da instituição financeira (banco, distribuidora ou correta), período do agendamento, entre outros. O campo “Agente de Custódia” (instituição financeira) estará preenchido, se o investi- dor tiver apenas um agente. Uma vez realizada a consulta, os protocolos serão exibidos de acordo com os critérios informados. Para visualizar o agendamento, basta clicar sobre o número do protocolo e seguir, conforme desejar, pelos passos 1, 2 e 3. Para cancelar o agendamento, basta clicar em “cance- lar” e confirmar o cancelamento. Alteração dos Títulos e do Valor das Compras Com o agendamento selecionado, o investidor pode editar os parâ- metros escolhidos no momento do agendamento da compra. O in- vestidor pode alterar ou selecionar novos títulos e reduzir os valores agendados. O investidor não poderá aumentar o valor total agen- dado. Neste caso, o investidor deve realizar um novo agendamento. Alteração do Fluxo de Compras e Confirmação Na tela seguinte, o investidor pode realizar alterações no fluxo de compras agendadas, por exemplo, pode cancelar uma compra em um mês específico conforme sua vontade, desmarcando a opção à direita ou também, pode reincluir uma operação que tenha sido des- marcada anteriormente. Após efetuar as alterações, o investidor deve confirmar suas altera- ções para que sejam gravadas no protocolo. Qualquer alteração deve ser feita até um dia antes da realização da compra. Caso as alterações não sejam confirmadas, o agendamento ficará com o status “Pendente de Confirmação” e as compras não serão realizadas.
  • 9. Reinvestimento 3 No menu “Reinvestimento”, o investidor pode programar o reinvesti- mento automático dos juros recebidos semestralmente e dos resga- Automático tes nos vencimentos dos títulos. Ao acessar o menu “Reinvestimento”, o investidor deve selecionar a instituição financeira (banco, distribuidora ou corretora) onde está o título para o qual será realizado o agendamento de reinvestimento dos juros semestrais ou do valor do resgate. O campo “Agente de Custódia” (instituição financeira) estará preenchido, se o investidor tiver apenas um agente.
  • 10. Págs. 10 11 Reinvestimento Passo 1: Escolha dos Títulos para Reinvestimento dos Juros Automático Com a seleção da instituição financeira, o investidor escolhe a data em que será iniciado o reinvestimento. Preenchidos os campos com o código da instituição financeira e a data de início, são apresentados para o investidor os títulos que pagam juros semestrais e que estão custodiados na instituição financeira selecionada. Aqui, o investidor irá decidir para quais títulos deseja programar o reinvestimento dos juros a serem pagos. A tela apresenta as informa- ções de data de vencimento, data do próximo pagamento de juros e o saldo atual dos títulos. O investidor escolhe em qual título e o percentual que deseja reaplicar. Esse percentual será aplicado sobre o valor dos juros líquido de taxas e impostos. Com a seleção feita, o investidor pode clicar na opção “Próximo Passo” para continuar o agendamento.
  • 11. Passo 2: Escolha dos Títulos para Reinvestimento do Resgate Essa tela mostra todos os títulos que o investidor possui, na institui- ção financeira selecionada, com informações sobre a data de venci- mento e a quantidade atual de títulos. O investidor pode agendar o reinvestimento desses títulos que ocorrerá sempre na data de venci- mento dos títulos (resgate), ou no próximo dia útil. O investidor seleciona os títulos para os quais deseja realizar o rein- vestimento, define em qual título e qual o percentual deseja reapli- car. Esse percentual será aplicado sobre o valor do resgate líquido de taxas e impostos. Com as opções preenchidas, o investidor pode seguir para o próxi- mo passo.
  • 12. Págs. 12 13 Reinvestimento Passo 3: Confirmação dos Fluxos de Reinvestimentos Automático Aqui, são apresentados os fluxos dos reinvestimentos agendados pelo investidor, tanto dos juros, quanto dos resgates. O investidor tem a opção de “desmarcar” um ou mais reinvestimentos agendados. Após alterar ou não o fluxo, o investidor pode confirmar o agenda- mento dos reinvestimentos, o qual poderá ser alterado ou cancelado conforme a explicação a seguir. O investidor poderá ter apenas um agendamento de reinvestimento ativo.
  • 13. Consulta e Após agendar um reinvestimento, o investidor tem, por meio da opção “Consultar/Editar”, no menu a sua esquerda, a opção de con- Edição de sultar, alterar ou cancelar o agendamento realizado. 4 Busca dos Reinvestimentos Programados Reinvestimentos Ao acessar a opção “Consultar/Editar”, o investidor poderá realizar a Automáticos consulta de acordo com os critérios disponíveis, como número do protocolo, código da instituição financeira (banco, distribuidora ou corretora), período do agendamento, entre outros. Uma vez realizada a consulta, os protocolos serão exibidos de acor- do com os critérios informados. Para visualizar o agendamento, basta clicar sobre o número do protocolo. Para cancelar o agenda- mento, basta clicar em “cancelar” e confirmar o cancelamento. Alteração dos Parâmetros do Reinvestimento dos Juros Com o agendamento selecionado, o investidor pode editar os parâ- metros escolhidos no momento do agendamento do reinvestimen- to como, por exemplo, a data de início do reinvestimento. Nesse passo, o investidor pode consultar/editar o reinvestimento dos juros, podendo alterar os títulos que terão os juros reinvestidos, os títulos nos quais os juros serão reinvestidos e o percentual do valor dos juros líquido de taxas e impostos a serem reinvestidos. Alteração dos Parâmetros do Reinvestimento dos Resgates Aqui, o investidor pode consultar ou editar o agendamento de rein- vestimentos dos resgates dos títulos, podendo alterar os títulos que terão os regastes reinvestidos, alterar os títulos nos quais os resga- tes serão reinvestidos e o percentual do valor do resgate líquido de taxas e impostos que será reinvestido. Alteração do Fluxo de Reinvestimentos e Confirmação Aqui, são apresentados os fluxos dos reinvestimentos agendados, conforme as alterações realizadas nos passos anteriores, tanto de juros, quanto de resgates. O investidor tem a opção de cancelar uma ou mais operações agendadas, desmarcando-as na coluna “Agendar”, à direita. Poderá também reincluir uma operação que te- nha sido desmarcada anteriormente. Após alterar ou não o fluxo, o investidor deve confirmar o agendamento do reinvestimento para que as alterações dos passos anteriores sejam salvas. Após a con- firmação, o investidor poderá editar novamente o agendamento. Caso as alterações não sejam confirmadas, o agendamento ficará com o status “Pendente de Confirmação” e os reinvestimentos não serão realizados.
  • 14. Págs. 14 15 5 Agendamento No menu “Agendamento de venda”, o investidor tem a opção de agendar a venda dos títulos que possui em sua carteira, nas datas de Venda disponibilizadas pelo Tesouro. Isso significa que o investidor que de- seje vender antecipadamente os títulos (ou uma parcela deles) po- derá escolher com antecedência, em qual quarta-feira4 se desfazerá de seus ativos. Passo 1: Indicação do Agente de Custódia Ao acessar a opção “Agendamento de venda”, no menu à esquerda da tela, o investidor deverá indicar a instituição financeira (banco, distribuidora ou corretora) onde estão custodiados os títulos que deseja vender. O campo “Agente de Custódia” (instituição financeira) estará preenchido, se o investidor tiver apenas um agente. Após indicar a instituição financeira onde estão custodiados os títulos, o investidor pode clicar em continuar para fazer o agenda- mento da venda. 4 O Tesouro Nacional realiza semanalmente, das 9h das quartas-feiras até as 5h das quintas-feiras, a recompra de títulos. Excepcionalmente, nas semanas em que houver reunião do Copom - Comitê de Política Monetária do Banco Central, a recompra dos títulos será interrompida entre 17h de quarta-feira e 9h de quinta-feira (à exceção das LFT) e retomada entre 9h de quinta-feira e 5h de sexta-feira.
  • 15. Passo 2: Escolha dos Títulos, da Data de Venda e Confirmação Com a instituição financeira especificada, o investidor visualiza to- dos os títulos que possui em carteira, custodiados por esse agente. Nesta tela, o investidor escolhe a data em que deseja vender os títu- los de acordo com as datas disponíveis (datas de recompra de títu- los). Após indicar a data de venda, o investidor seleciona os títulos que deseja vender e a quantidade para venda do título selecionado. Com esses parâmetros definidos, o investidor pode confirmar o seu agendamento, o qual poderá ser editado ou cancelado até um dia antes da data agendada.
  • 16. Págs. 16 Consulta e Após efetuar o agendamento de venda, o investidor pode a qualquer momento consultar, editar ou cancelar esse agendamento. Edição de um 6 Busca dos Agendamentos de Venda Agendamento Após acessar a opção “Consultar/Editar”, o investidor poderá rea- lizar a consulta de acordo com os critérios disponíveis, como nú- de Venda mero do protocolo, código da instituição financeira (banco, dis- tribuidora ou corretora), período do agendamento, entre outros. O campo “Agente de Custódia” estará preenchido, se o investidor tiver apenas um agente. Realizada a busca, o investidor seleciona o agendamento que de- seja consultar, editar ou cancelar. Para cancelar o agendamen- to de venda, o investidor deve clicar em “Cancelar” e confirmar o cancelamento. Alteração do Agendamento de Venda e Confirmação O investidor pode visualizar o agendamento e alterar a data da ven- da, títulos e quantidades, conforme desejar. Após realizar as alterações, o investidor deve confirmá-las, ou o agen- damento ficará com o status “Pendente de Confirmação” e as venda não serão realizadas.