SlideShare uma empresa Scribd logo
MARIANNE
http://maconariacapixaba.blogspot.com.br/20…/…/marianne.html
(Link Maçonaria Capixaba no final desta edição)
Vocês sabem quem é a mulher que vem estampada em nossas notas de Real?
Se isso lhes aguça a curiosidade, deem uma espiadinha na matéria abaixo... .
Com a palavra os estudiosos....
Você sabe a relação entre a Estátua da Liberdade e a mulher estampada nas
notas do Real? Elas são a mesma pessoa: Marianne. E, por incrível que pareça,
Marianne não está presente apenas nos EUA e em nosso rico dinheirinho. Ela
também está presente na Maçonaria.
Até os livros escolares já se renderam à verdade de que a Maçonaria teve
papel fundamental na Revolução Francesa, com a qual compartilha seu
principal lema: “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”. Pois bem, a Liberdade
deveria ser o primeiro princípio a ser alcançado, pois sem Liberdade não
haveria como promover a Igualdade e vivenciar a Fraternidade. E os franceses
adotaram como símbolo dessa liberdade a imagem de uma mulher, a qual
ficou conhecida como Marianne. Seu surgimento deu-se entre Setembro e
Outubro de 1792, e seu nome nada mais é do que a união de Marie e Anne,
dois nomes muito comuns entre as mulheres francesas do século XVIII.
Marianne se tornou símbolo da Revolução e de seus ideais e, com o êxito do
povo, alegoria da República. Era chamada por uns de “Senhora da Liberdade”
e por outros de “Senhora da Maçonaria”.
Bustos de Marianne contendo o lema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”
não somente podem ser vistos em praticamente todas as prefeituras e
principais edifícios públicos da França, como é peça obrigatória em todos os
templos maçônicos daquele país. Há várias versões de Marianne portando
objetos diversos, entre o famoso barrete, feixes, coroa, triângulo, estrela
flamígera ou mesmo segurando uma colméia. Em uma de suas versões mais
populares, Marianne veste uma faixa maçônica contendo Esquadro e
Compasso, abelhas, Nível e Prumo.
Quando a França resolveu presentear os EUA em comemoração aos seus 100
anos de declaração de independência, fez isso através da Estátua da Liberdade:
uma versão maçônica de Marianne, feita pelo maçom Frederic Auguste. Não
demorou para que Marianne se tornasse alegoria da República em todo o
Ocidente, incluindo, é claro, o Brasil. Se os americanos conseguem ver a
Maçonaria na nota de um dólar, através do “Olho que tudo vê”, nós brasileiros
podemos encontrá-la em todas as nossas notas através dela, Marianne, a
Senhora da Liberdade, a Senhora da Maçonaria.
Segundo o texto acima, publicado pelos estudiosos, o nome Marianne nada
mais é do que a união de Marie e Anne, dois nomes muito comuns entre as
mulheres francesas do século XVIII. Em qualquer lugar que se procure a
origem deste nome, encontra-se sempre a mesma afirmação, de que é a união
entre os dois nomes comuns franceses da época da revolução francesa. Mas
será mesmo verdade? Será que os maçons franceses seriam tão banais?
Nada mais distante da realidade que a afirmação acima.
Então, quem é a verdadeira Marianne?
Marianne não é ninguém menos que Maria Madalena.
Mas por que? O que tem Madalena a ver com Marianne?
Madalena não era nome de batismo, muito menos toponímico do vilarejo
Migdal. Madalena é a corrupção da palavra hebraica, Migdal, que, em
português significa Torre.
Na época de Jesus, os judeus usavam a palavra Migdal (Torre) como nome
titular de suas altas sacerdotisas. Madalena, por ser uma alta sacerdotisa
Nazarena, tinha o título de Torre, Migdal em hebraico, para denotar sua alta
estatura de sacerdotisa.
Sendo assim, Maria não era Madalena, ela era isto sim, Maria, a Torre, em
hebraico, Maria, a Migdal. Ops, como ela poderia ser Maria, a Migdal, se ela
era judia e o nome Maria é latino?
Isto mesmo, ela não se chamava Maria. O nome dela era de origem egípcia
passado para o hebraico por corruptela. O nome egípcio Mery-amom (Amada
de Amon) foi transferido por corruptela para o hebraico como Miriam ou
Mariamne, portanto ela chamava-se Mariamne e possuía o título Migdal, daí
Mariamne, a Migdal.
Vejam o depoimento em vídeo do falecido professor François Bovon, da
Harvard Divinity School. Bovon, suíço, estudioso da Bíblia e historiador dos
primórdios do cristianismo, falecido em 2013, não foi pouca coisa não, para se
ter uma idéia, foi Professor Emérito da Harvard Divinity School, graduado
pela University of Lausanne com doutorado em teologia pela University of
Basel, professor na Faculdade de Teologia da University of Geneva, professor
honorário da University of Geneva, Doutor Honorário pela University of
Uppsala e presidente da Society of Theology da Suíça. Está bom assim?
Bovon afirma em seu depoimento no vídeo disponível aqui mesmo neste face
ou no link
https://www.youtube.com/watch?v=gIAUCdSjWYM
A propósito, várias mulheres famosas serviram de modelo para confecção de
bustos e selos como representação oficial da república Francesa. Foram elas:
o 1968 : Brigitte Bardot
o 1972 : Michèle Morgan
o 1978 : Mireille Mathieu
o 1985 : Catherine Deneuve
o 1989 : Inès de la Fressange
o 2000 : Laetitia Casta
o 2012 : Sophie Marceau
O novo selo da França com a figura de Marianne foi apresentado pelo atual
presidente da França, François Hollande, no Dia da Bastilha, 14 de julho de
2013. Serviu como modelo a ativista fundadora do Movimento Feminista
Francês (Femen), Inna Shevchenko, causando polêmica no país, como pode
ser visto no portal G1 em http://g1.globo.com/…/fundadora-do-femen-inspira-
selo-com-s…
Maçonaria Capixaba: MARIANNE
http://maconariacapixaba.blogspot.com.br/20…/…/marianne.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fenicios
FeniciosFenicios
Fenicios
Janayna Lira
 
Familia real no_brasil
Familia real no_brasilFamilia real no_brasil
Familia real no_brasil
Priscila Azeredo
 
Martin luther king
Martin luther kingMartin luther king
Martin luther king
marialurdes72
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
Dina Pécurto
 
Afeganistão
AfeganistãoAfeganistão
Afeganistão
Monica Alves
 
Fidel Castro
Fidel CastroFidel Castro
A noite dos cristais
A noite dos cristaisA noite dos cristais
A noite dos cristais
Andreia Margarido
 
História jk 9.ano
História jk 9.anoHistória jk 9.ano
História jk 9.ano
orim84
 
Reforma Protestante, João Calvino
Reforma Protestante, João CalvinoReforma Protestante, João Calvino
Reforma Protestante, João Calvino
Leandro Couto
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
cattonia
 
I Guerra Mundial
I Guerra MundialI Guerra Mundial
I Guerra Mundial
Teresa Maia
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
Murilo Benevides
 
Taiwan
TaiwanTaiwan
Taiwan
Ana Graziely
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
Elizabeth
 
Fmi charges Fundo Monetário Internacional
Fmi charges Fundo Monetário InternacionalFmi charges Fundo Monetário Internacional
Fmi charges Fundo Monetário Internacional
Eddieuepg
 
A gastronomia portuguese e belga
A gastronomia portuguese e belgaA gastronomia portuguese e belga
A gastronomia portuguese e belga
Raquel Tavares
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
Rafael Lucas da Silva
 
9º ano estados totalitários
9º ano   estados totalitários9º ano   estados totalitários
9º ano estados totalitários
Jorge Marcos Oliveira
 
Holodomor: a grande fome na Ucrânia
Holodomor: a grande fome na UcrâniaHolodomor: a grande fome na Ucrânia
Holodomor: a grande fome na Ucrânia
Barbarabp
 
Da URSS a Rússia
Da URSS a RússiaDa URSS a Rússia
Da URSS a Rússia
Rogério Bartilotti
 

Mais procurados (20)

Fenicios
FeniciosFenicios
Fenicios
 
Familia real no_brasil
Familia real no_brasilFamilia real no_brasil
Familia real no_brasil
 
Martin luther king
Martin luther kingMartin luther king
Martin luther king
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
 
Afeganistão
AfeganistãoAfeganistão
Afeganistão
 
Fidel Castro
Fidel CastroFidel Castro
Fidel Castro
 
A noite dos cristais
A noite dos cristaisA noite dos cristais
A noite dos cristais
 
História jk 9.ano
História jk 9.anoHistória jk 9.ano
História jk 9.ano
 
Reforma Protestante, João Calvino
Reforma Protestante, João CalvinoReforma Protestante, João Calvino
Reforma Protestante, João Calvino
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 
I Guerra Mundial
I Guerra MundialI Guerra Mundial
I Guerra Mundial
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Taiwan
TaiwanTaiwan
Taiwan
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
 
Fmi charges Fundo Monetário Internacional
Fmi charges Fundo Monetário InternacionalFmi charges Fundo Monetário Internacional
Fmi charges Fundo Monetário Internacional
 
A gastronomia portuguese e belga
A gastronomia portuguese e belgaA gastronomia portuguese e belga
A gastronomia portuguese e belga
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
 
9º ano estados totalitários
9º ano   estados totalitários9º ano   estados totalitários
9º ano estados totalitários
 
Holodomor: a grande fome na Ucrânia
Holodomor: a grande fome na UcrâniaHolodomor: a grande fome na Ucrânia
Holodomor: a grande fome na Ucrânia
 
Da URSS a Rússia
Da URSS a RússiaDa URSS a Rússia
Da URSS a Rússia
 

Destaque

O ENIGMA DA MATÉRIA ESCURA
O ENIGMA DA MATÉRIA ESCURAO ENIGMA DA MATÉRIA ESCURA
O ENIGMA DA MATÉRIA ESCURA
Claudio José Ayrosa Rosière
 
Símbolos da Monarquia e da República Portuguesa
Símbolos da Monarquia e da República PortuguesaSímbolos da Monarquia e da República Portuguesa
Símbolos da Monarquia e da República Portuguesa
Sérgio Bernardo
 
La revolution francaise
La  revolution francaiseLa  revolution francaise
La revolution francaise
Cathy Woods
 
Brasil republica
Brasil republicaBrasil republica
Brasil republica
Bruna Camargo
 
Oficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artes
Oficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artesOficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artes
Oficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artes
Folha de Pernambuco
 
PaíSes Europeus
PaíSes EuropeusPaíSes Europeus
PaíSes Europeus
Bruno Reimão
 
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho GabaritoProva Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Jana Bento
 
Símbolos do Espírito Santo
Símbolos do Espírito SantoSímbolos do Espírito Santo
Símbolos do Espírito Santo
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
A revolução americana
A revolução americanaA revolução americana
A revolução americana
cattonia
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
Carlos Vieira
 
A França
A FrançaA França
A França
isabel preto
 
França
FrançaFrança
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
cruchinho
 
França
FrançaFrança
2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis
2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis
2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis
Heloisa Cerri
 
Oficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmara
Oficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmaraOficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmara
Oficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmara
Folha de Pernambuco
 
A Revolução Americana
A Revolução Americana   A Revolução Americana
A Revolução Americana
Susana Simões
 
Modelo de carta p solicitação de estagio
Modelo de carta p solicitação de estagioModelo de carta p solicitação de estagio
Modelo de carta p solicitação de estagio
Rosane Domingues
 
Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
Maria Gomes
 
Saber e fazer 8º ano aluno
Saber e fazer 8º ano   alunoSaber e fazer 8º ano   aluno
Saber e fazer 8º ano aluno
Caroline Barbosa
 

Destaque (20)

O ENIGMA DA MATÉRIA ESCURA
O ENIGMA DA MATÉRIA ESCURAO ENIGMA DA MATÉRIA ESCURA
O ENIGMA DA MATÉRIA ESCURA
 
Símbolos da Monarquia e da República Portuguesa
Símbolos da Monarquia e da República PortuguesaSímbolos da Monarquia e da República Portuguesa
Símbolos da Monarquia e da República Portuguesa
 
La revolution francaise
La  revolution francaiseLa  revolution francaise
La revolution francaise
 
Brasil republica
Brasil republicaBrasil republica
Brasil republica
 
Oficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artes
Oficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artesOficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artes
Oficio 14 2013 solicitação de audiência pública sobre escola municipal de artes
 
PaíSes Europeus
PaíSes EuropeusPaíSes Europeus
PaíSes Europeus
 
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho GabaritoProva Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
 
Símbolos do Espírito Santo
Símbolos do Espírito SantoSímbolos do Espírito Santo
Símbolos do Espírito Santo
 
A revolução americana
A revolução americanaA revolução americana
A revolução americana
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
 
A França
A FrançaA França
A França
 
França
FrançaFrança
França
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
 
França
FrançaFrança
França
 
2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis
2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis
2º ofício de solicitação de estagiário para consolidação de leis
 
Oficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmara
Oficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmaraOficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmara
Oficio 13 2013 solicitação de reunião com preseidência da câmara
 
A Revolução Americana
A Revolução Americana   A Revolução Americana
A Revolução Americana
 
Modelo de carta p solicitação de estagio
Modelo de carta p solicitação de estagioModelo de carta p solicitação de estagio
Modelo de carta p solicitação de estagio
 
Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820Revolução liberal portuguesa de1820
Revolução liberal portuguesa de1820
 
Saber e fazer 8º ano aluno
Saber e fazer 8º ano   alunoSaber e fazer 8º ano   aluno
Saber e fazer 8º ano aluno
 

Mais de Claudio José Ayrosa Rosière

GÊNESIS OF THE GRAIL KINGS
GÊNESIS OF THE GRAIL KINGSGÊNESIS OF THE GRAIL KINGS
GÊNESIS OF THE GRAIL KINGS
Claudio José Ayrosa Rosière
 
FORMAS MUTANTES HUMANAS
FORMAS MUTANTES HUMANASFORMAS MUTANTES HUMANAS
FORMAS MUTANTES HUMANAS
Claudio José Ayrosa Rosière
 
TEOLOGIA NAZISTA
TEOLOGIA NAZISTATEOLOGIA NAZISTA
ANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTO
ANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTOANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTO
ANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTO
Claudio José Ayrosa Rosière
 
THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...
THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...
THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...
Claudio José Ayrosa Rosière
 
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2
 DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2 DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2
Claudio José Ayrosa Rosière
 
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1
Claudio José Ayrosa Rosière
 
JESUS, HISTÓRIA FABRICADA
JESUS, HISTÓRIA FABRICADAJESUS, HISTÓRIA FABRICADA
JESUS, HISTÓRIA FABRICADA
Claudio José Ayrosa Rosière
 
MUNDO HIPÓCRITA
MUNDO HIPÓCRITAMUNDO HIPÓCRITA
ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51
ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51
ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51
Claudio José Ayrosa Rosière
 
ROBERT PATTINSON E DRÁCULA
ROBERT PATTINSON E DRÁCULAROBERT PATTINSON E DRÁCULA
ROBERT PATTINSON E DRÁCULA
Claudio José Ayrosa Rosière
 
ORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADA
ORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADAORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADA
ORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADA
Claudio José Ayrosa Rosière
 
A VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOS
A VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOSA VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOS
A VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOS
Claudio José Ayrosa Rosière
 
WALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLER
WALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLERWALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLER
WALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLER
Claudio José Ayrosa Rosière
 
MORTE DE LORD LICHFIELD / SEGREDOS DE O CÓDIGO DA VINCI
MORTE   DE   LORD   LICHFIELD   /  SEGREDOS   DE  O   CÓDIGO   DA   VINCIMORTE   DE   LORD   LICHFIELD   /  SEGREDOS   DE  O   CÓDIGO   DA   VINCI
MORTE DE LORD LICHFIELD / SEGREDOS DE O CÓDIGO DA VINCI
Claudio José Ayrosa Rosière
 
COMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIII
COMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIIICOMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIII
COMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIII
Claudio José Ayrosa Rosière
 
JUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃO
JUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃOJUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃO
JUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃO
Claudio José Ayrosa Rosière
 
VATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVI
VATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVIVATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVI
VATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVI
Claudio José Ayrosa Rosière
 
RAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVIN
RAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVINRAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVIN
RAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVIN
Claudio José Ayrosa Rosière
 
FILME ANUNNAKI BANIDO
FILME ANUNNAKI BANIDOFILME ANUNNAKI BANIDO
FILME ANUNNAKI BANIDO
Claudio José Ayrosa Rosière
 

Mais de Claudio José Ayrosa Rosière (20)

GÊNESIS OF THE GRAIL KINGS
GÊNESIS OF THE GRAIL KINGSGÊNESIS OF THE GRAIL KINGS
GÊNESIS OF THE GRAIL KINGS
 
FORMAS MUTANTES HUMANAS
FORMAS MUTANTES HUMANASFORMAS MUTANTES HUMANAS
FORMAS MUTANTES HUMANAS
 
TEOLOGIA NAZISTA
TEOLOGIA NAZISTATEOLOGIA NAZISTA
TEOLOGIA NAZISTA
 
ANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTO
ANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTOANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTO
ANTON PARKS AFIRMA QUE OSÍRIS É CRISTO
 
THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...
THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...
THE PEOPLE AND PLACES IMPORTANT TO KING EGBERT & THE ORIGINS OF REDBURH OR RA...
 
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2
 DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2 DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 2
 
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1
DUQUE ESTRADA- ORIGEM DO SOBRENOME PARTE 1
 
JESUS, HISTÓRIA FABRICADA
JESUS, HISTÓRIA FABRICADAJESUS, HISTÓRIA FABRICADA
JESUS, HISTÓRIA FABRICADA
 
MUNDO HIPÓCRITA
MUNDO HIPÓCRITAMUNDO HIPÓCRITA
MUNDO HIPÓCRITA
 
ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51
ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51
ASSOCIATED PRESS - CIA RECONHECE ÁREA 51
 
ROBERT PATTINSON E DRÁCULA
ROBERT PATTINSON E DRÁCULAROBERT PATTINSON E DRÁCULA
ROBERT PATTINSON E DRÁCULA
 
ORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADA
ORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADAORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADA
ORIGEM ANCESTRAL DUQUE ESTRADA
 
A VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOS
A VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOSA VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOS
A VERDADE OCULTA NA MARATONA DE BOSTON E OS MERCENÁRIOS INFILTRADOS
 
WALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLER
WALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLERWALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLER
WALL STREET E A ASCENSÃO DE HITLER
 
MORTE DE LORD LICHFIELD / SEGREDOS DE O CÓDIGO DA VINCI
MORTE   DE   LORD   LICHFIELD   /  SEGREDOS   DE  O   CÓDIGO   DA   VINCIMORTE   DE   LORD   LICHFIELD   /  SEGREDOS   DE  O   CÓDIGO   DA   VINCI
MORTE DE LORD LICHFIELD / SEGREDOS DE O CÓDIGO DA VINCI
 
COMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIII
COMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIIICOMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIII
COMO KATE MIDDLETON PODE SER DESCENDENTE DE HENRIQUE VIII
 
JUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃO
JUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃOJUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃO
JUDAÍSMO - ORIGEM DA CIRCUNCISÃO
 
VATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVI
VATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVIVATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVI
VATICANO - A HISTÓRIA SECRETA DA RENÚNCIA DE BENTO XVI
 
RAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVIN
RAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVINRAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVIN
RAQUEL WELCH-DAVID CARRADINE-LEE MARVIN
 
FILME ANUNNAKI BANIDO
FILME ANUNNAKI BANIDOFILME ANUNNAKI BANIDO
FILME ANUNNAKI BANIDO
 

SÍMBOLO OFICIAL DA REPÚBLICA FRANCESA - MARIANNE

  • 1. MARIANNE http://maconariacapixaba.blogspot.com.br/20…/…/marianne.html (Link Maçonaria Capixaba no final desta edição) Vocês sabem quem é a mulher que vem estampada em nossas notas de Real? Se isso lhes aguça a curiosidade, deem uma espiadinha na matéria abaixo... . Com a palavra os estudiosos.... Você sabe a relação entre a Estátua da Liberdade e a mulher estampada nas notas do Real? Elas são a mesma pessoa: Marianne. E, por incrível que pareça, Marianne não está presente apenas nos EUA e em nosso rico dinheirinho. Ela também está presente na Maçonaria. Até os livros escolares já se renderam à verdade de que a Maçonaria teve papel fundamental na Revolução Francesa, com a qual compartilha seu principal lema: “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”. Pois bem, a Liberdade deveria ser o primeiro princípio a ser alcançado, pois sem Liberdade não haveria como promover a Igualdade e vivenciar a Fraternidade. E os franceses adotaram como símbolo dessa liberdade a imagem de uma mulher, a qual ficou conhecida como Marianne. Seu surgimento deu-se entre Setembro e Outubro de 1792, e seu nome nada mais é do que a união de Marie e Anne, dois nomes muito comuns entre as mulheres francesas do século XVIII. Marianne se tornou símbolo da Revolução e de seus ideais e, com o êxito do povo, alegoria da República. Era chamada por uns de “Senhora da Liberdade” e por outros de “Senhora da Maçonaria”. Bustos de Marianne contendo o lema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” não somente podem ser vistos em praticamente todas as prefeituras e principais edifícios públicos da França, como é peça obrigatória em todos os templos maçônicos daquele país. Há várias versões de Marianne portando objetos diversos, entre o famoso barrete, feixes, coroa, triângulo, estrela flamígera ou mesmo segurando uma colméia. Em uma de suas versões mais populares, Marianne veste uma faixa maçônica contendo Esquadro e Compasso, abelhas, Nível e Prumo. Quando a França resolveu presentear os EUA em comemoração aos seus 100 anos de declaração de independência, fez isso através da Estátua da Liberdade: uma versão maçônica de Marianne, feita pelo maçom Frederic Auguste. Não
  • 2. demorou para que Marianne se tornasse alegoria da República em todo o Ocidente, incluindo, é claro, o Brasil. Se os americanos conseguem ver a Maçonaria na nota de um dólar, através do “Olho que tudo vê”, nós brasileiros podemos encontrá-la em todas as nossas notas através dela, Marianne, a Senhora da Liberdade, a Senhora da Maçonaria. Segundo o texto acima, publicado pelos estudiosos, o nome Marianne nada mais é do que a união de Marie e Anne, dois nomes muito comuns entre as mulheres francesas do século XVIII. Em qualquer lugar que se procure a
  • 3. origem deste nome, encontra-se sempre a mesma afirmação, de que é a união entre os dois nomes comuns franceses da época da revolução francesa. Mas será mesmo verdade? Será que os maçons franceses seriam tão banais? Nada mais distante da realidade que a afirmação acima. Então, quem é a verdadeira Marianne? Marianne não é ninguém menos que Maria Madalena. Mas por que? O que tem Madalena a ver com Marianne? Madalena não era nome de batismo, muito menos toponímico do vilarejo Migdal. Madalena é a corrupção da palavra hebraica, Migdal, que, em português significa Torre. Na época de Jesus, os judeus usavam a palavra Migdal (Torre) como nome titular de suas altas sacerdotisas. Madalena, por ser uma alta sacerdotisa Nazarena, tinha o título de Torre, Migdal em hebraico, para denotar sua alta estatura de sacerdotisa. Sendo assim, Maria não era Madalena, ela era isto sim, Maria, a Torre, em hebraico, Maria, a Migdal. Ops, como ela poderia ser Maria, a Migdal, se ela era judia e o nome Maria é latino? Isto mesmo, ela não se chamava Maria. O nome dela era de origem egípcia passado para o hebraico por corruptela. O nome egípcio Mery-amom (Amada de Amon) foi transferido por corruptela para o hebraico como Miriam ou Mariamne, portanto ela chamava-se Mariamne e possuía o título Migdal, daí Mariamne, a Migdal. Vejam o depoimento em vídeo do falecido professor François Bovon, da Harvard Divinity School. Bovon, suíço, estudioso da Bíblia e historiador dos primórdios do cristianismo, falecido em 2013, não foi pouca coisa não, para se ter uma idéia, foi Professor Emérito da Harvard Divinity School, graduado pela University of Lausanne com doutorado em teologia pela University of Basel, professor na Faculdade de Teologia da University of Geneva, professor honorário da University of Geneva, Doutor Honorário pela University of Uppsala e presidente da Society of Theology da Suíça. Está bom assim?
  • 4. Bovon afirma em seu depoimento no vídeo disponível aqui mesmo neste face ou no link https://www.youtube.com/watch?v=gIAUCdSjWYM A propósito, várias mulheres famosas serviram de modelo para confecção de bustos e selos como representação oficial da república Francesa. Foram elas: o 1968 : Brigitte Bardot o 1972 : Michèle Morgan o 1978 : Mireille Mathieu o 1985 : Catherine Deneuve o 1989 : Inès de la Fressange o 2000 : Laetitia Casta o 2012 : Sophie Marceau O novo selo da França com a figura de Marianne foi apresentado pelo atual presidente da França, François Hollande, no Dia da Bastilha, 14 de julho de 2013. Serviu como modelo a ativista fundadora do Movimento Feminista Francês (Femen), Inna Shevchenko, causando polêmica no país, como pode ser visto no portal G1 em http://g1.globo.com/…/fundadora-do-femen-inspira- selo-com-s… Maçonaria Capixaba: MARIANNE http://maconariacapixaba.blogspot.com.br/20…/…/marianne.html