SlideShare uma empresa Scribd logo
Célia,Nathalya,Stéphany, Ana Carolina,Cayo,Bruno,Marianne. 2M1 O Período de Dom João VI  Vinda da família real ao Brasil
Ana Carolina 1. Biografia de Dom João VI
Dom João VI nasceu em Lisboa no dia 13 de maio de 1767 onde faleceu no dia 10 de março de 1826. Era filho de D. Pedro III e de Maria Isabel,por motivo do problema mental de sua mãe,passou a governar desde  1792, porém só se tornou Príncipe regente a partir de 1799.  Em 1816,com a morte de D.Maria,sua mãe ,subiu ao trono e em 1818 foi aclamado Rei de Portugal,do Brasil e Algarves.Fundou o reino unido de Portugal,Brasil e Algarves nessa mesma época. Dom João VI era casado com D. Carlota Joaquina da Espanha,pai de 9 filhos,um deles seria Pedro que seria o imperador do Brasil.
Em virtude do conflito entre França e Inglaterra ,Napoleão decretou o bloqueio continental.Quando Portugal foi invadida pelas tropas de  , a família real portuguesa com toda a corte embarcou para o Rio de Janeiro. Ao chegar ao Brasil,D.João declarou livres as industrias brasileiras e abriu os portos do Brasil ao comércio estrangeiro.Passou depois a residir no Rio de Janeiro,registrando-se também importantes movimentos militares que proporcionaram a ampliação de terras. Em 1821,a família real e sua corte seguiram para Portugal,deixando aqui o herdeiro do trono português, o Príncipe D.Pedro,que ficou como regente. Chegando a Portugal,D.João VI foi obrigado a assinar a Constituição,mais seu filho D.Miguel organizou um movimento absolutista,que vitorioso, repôs D.João como rei absoluto.
 
Bruno 2. Razões da fuga da Família Real portuguesa de Portugal
Napoleão Bonaparte foi o Imperador da França . Após ver sua frota de navios ser destruída pela frota inglesa , Napoleão criou o bloqueio continental como uma estratégia para enfraquecer a Inglaterra. O bloqueio continental proibia o comércio dos países da Europa com a Inglaterra , e os países que não se aderissem ao bloqueio seriam invadidos pelo exército Francês. Nessa época Dom João VI era o rei de Portugal e teve a importante tarefa de decidir o rumo de Portugal , tendo de escolher entre 3 alternativas :  1ª alternativa - Dom João ficar em Portugal e aceitar o bloqueio continental , mas isso iria romper tratados comerciais e militares entre Portugal e Inglaterra , e provavelmente isso faria com que  os ingleses atacassem Portugal. 2ª alternativa - Dom João ficar em Portugal e não aderir ao bloqueio continental , mas isso era uma declaração  da destruição de Portugal , porque faria com que o exército de Napoleão invadisse Portugal. 3ª alternativa - Fugir com a Família Real e a corte para o Brasil , (naquela época alguns países da Europa tinham colônias na América)
Dom João decidiu então fugir com a família real e a corte para o Brasil . Antes da ''fuga'' Dom João deixou uma carta explicando as razões de optar pela fuga para o Brasil e deixava claro a sua decepção por ter que abandonar o seus súditos.
Stéphany 3. Vinda da Família Real ao Brasil
Em Novembro de 1807, D.João, com sua corte, e toda sua família, fogem para o Brasil, evitando que fossem aprisionados. 15 mil pessoas, e em média 14 navios saíram de Portugal, sendo 4 dos navios apenas para a Família Real.  Isso era estratégico, eles pensavam assim, caso um dos navios naufragasse, não se perdia toda a família.  Com eles trouxeram, tudo que puderam, documentos, riquezas e etc. A viagem foi bastante difícil, ocorreu a epidemia do piolho, ameaças de naufrágios, a escassez de água e comida, entre outros problemas.  Dia 22 de Janeiro de 1808, D.João chega ao Brasil, onde desembarca em Salvador.
Chegando lá ele abre os portos brasileiros para as nações amigas, isso quer dizer, que os países iam poder comercializar com o Brasil, incluindo, evidentemente a Inglaterra. Essa ação foi o motivo para o fim do pacto colonial.  O pacto colonial eram leis, normas e regras metrópoles impunham às suas colônias. Estas leis tinham como objetivo principal fazer com que as colônias só comprassem e vendessem produtos de sua metrópole..  Em Março, D.João resolve ir para o Rio de Janeiro, chegando lá faz a sede de seu governo. 
 
Marianne 4. Mudanças na colônia com a chegada da corte portuguesa no Rio de Janeiro
Ainda em Salvador Dom João abriu os portos do Brasil aos países amigos, permitindo que navios estrangeiros comerciassem livremente nos portos brasileiros. Essa medida foi de grande importância para a economia brasileira. De Salvador, a comitiva partiu para o Rio de Janeiro, onde chegou em 08 de março de 1808. O Rio de Janeiro tornou-se a sede da corte Portuguesa. Com a chegada da Família Real ao Brasil, novos tempos para a colônia.
Célia 5. Formação do Reino Unido
Com a vinda da família real ao Brasil,cria-se uma situação politicamente estranha pois Dom João VI estava no Brasil,não em Portugal,pois naquela época Brasil era considerado uma Colônia. Durante a vinda da família real ao Brasil,estava acontecendo o congresso de Viena,e segundo este congresso a casa de Bragança seria restaurada.Porem Dom João VI estava no Brasil não em Portugal,e como o Brasil era considerado uma colônia não tinha o mesmo status que Portugal.
A solução para resolver essa controvérsia foi elevar o Brasil a condição de Reino Unido,se juntando com Portugal e Algarves. É bom vocês saberem que para Grã-Bretanha elevar o Brasil á reino unido era considerado um insulto porque na pratica o Brasil estava a um passo da independência.
Cayo 6.  Revolução do Porto
[object Object]
Nathalya 7. Retorno de D. João VI à Europa
Dom. joão VI, teve voltar para Portugal ,pois em 1820, ocorreu a Revolução do Porto, sendo que os revolucionários vitoriosos passaram a exigir o retorno de D. João VI para Portugal e a aprovação de uma Constituição.Objetivando por um fim ao absolutismo da Dinastia de Bragança ,com isso Dom. João ficou com medo de perder seu trono aqui no Brasil e nomeou, seu filho Pedro Príncipe Regente do Brasil. E sendo assim em 1822 Dom. Pedro com o acontecimento do dia do "FICO" , condenou ao Brasil a sua Independência.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasilChegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Felipe de Souza
 
O ouro do brasil
O ouro do brasilO ouro do brasil
O ouro do brasil
Raimundo Alves de Araújo
 
A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808
ProfessoresColeguium
 
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O BrasilVinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
henrique.jay
 
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c
3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c
Daniel Alves Bronstrup
 
260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres
260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres
260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres
MariGiopato
 
O processo de independencia do brasil (2)
O processo de independencia do brasil (2)O processo de independencia do brasil (2)
O processo de independencia do brasil (2)
Zeze Silva
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil
Anderson Torres
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
historiando
 
A família real no Brasil
A família real no BrasilA família real no Brasil
A família real no Brasil
Ana Luísa Walterfang
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
Pedro Henrique
 
A vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasilA vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasil
Janayna Lira
 
História do Brasil: Brasil Colônia
História do Brasil: Brasil ColôniaHistória do Brasil: Brasil Colônia
História do Brasil: Brasil Colônia
Marilia Pimentel
 
Vinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasilVinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasil
Welington Ernane Porfírio
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasilwww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do Brasil
AulasDeHistoriaApoio
 
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
Marco Aurélio Gondim
 
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
profrogerio1
 
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Brasil: das conjurações à independência
Brasil: das conjurações à independênciaBrasil: das conjurações à independência
Brasil: das conjurações à independência
Edenilson Morais
 
Brasil fuga da corte
Brasil fuga da corteBrasil fuga da corte
Brasil fuga da corte
Douglas Barraqui
 

Mais procurados (20)

Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasilChegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
Chegada da Família Real – início do processo de independência do brasil
 
O ouro do brasil
O ouro do brasilO ouro do brasil
O ouro do brasil
 
A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808
 
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O BrasilVinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
 
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c
3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c3° ano  - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c
3° ano - Brasil colônia - aula 3 e 4 - apostila 1 c
 
260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres
260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres
260894843 historia-do-imperio-joao-camilo-de-oliveira-torres
 
O processo de independencia do brasil (2)
O processo de independencia do brasil (2)O processo de independencia do brasil (2)
O processo de independencia do brasil (2)
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
A família real no Brasil
A família real no BrasilA família real no Brasil
A família real no Brasil
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
 
A vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasilA vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasil
 
História do Brasil: Brasil Colônia
História do Brasil: Brasil ColôniaHistória do Brasil: Brasil Colônia
História do Brasil: Brasil Colônia
 
Vinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasilVinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasil
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasilwww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do Brasil
 
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
 
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
Brasil Império (Primeiro Reinado / Regências / Segundo Reinado)
 
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
 
Brasil: das conjurações à independência
Brasil: das conjurações à independênciaBrasil: das conjurações à independência
Brasil: das conjurações à independência
 
Brasil fuga da corte
Brasil fuga da corteBrasil fuga da corte
Brasil fuga da corte
 

Semelhante a Slide historia

A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
Brunno Andrade
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
PORTAL69
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
Janaína Tavares
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
Barbarataliuli
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
Barbarataliuli
 
Revolução Liberal Portuguesa
Revolução Liberal PortuguesaRevolução Liberal Portuguesa
Revolução Liberal Portuguesa
Claudia Ferreira Carrega
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
Valéria Shoujofan
 
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
marianasloureiro
 
A Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VIA Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VI
Mariana Loureiro
 
Produção textual 04.10
Produção textual 04.10Produção textual 04.10
Produção textual 04.10
PIBIDSolondeLucena
 
História do brasil
História do brasilHistória do brasil
História do brasil
sueli ramos
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
Acrópole - História & Educação
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
Dismael Sagás
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
Dismael Sagás
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
harlissoncarvalho
 
A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)
A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)
A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)
jessica Nogueira
 
Vinda família real para o Brasil
Vinda família real para o BrasilVinda família real para o Brasil
Vinda família real para o Brasil
Núcia História
 
Brasil da independencia ao 2 reianado
Brasil  da independencia ao 2 reianadoBrasil  da independencia ao 2 reianado
Brasil da independencia ao 2 reianado
Professor de História
 
Vinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasilVinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasil
João Marcelo
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 

Semelhante a Slide historia (20)

A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
 
A Fase de D. João VI
A Fase de D. João VIA Fase de D. João VI
A Fase de D. João VI
 
Revolução Liberal Portuguesa
Revolução Liberal PortuguesaRevolução Liberal Portuguesa
Revolução Liberal Portuguesa
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
 
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
 
A Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VIA Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VI
 
Produção textual 04.10
Produção textual 04.10Produção textual 04.10
Produção textual 04.10
 
História do brasil
História do brasilHistória do brasil
História do brasil
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
 
A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)
A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)
A família real no brasil ( formação do estado Brasileiro)
 
Vinda família real para o Brasil
Vinda família real para o BrasilVinda família real para o Brasil
Vinda família real para o Brasil
 
Brasil da independencia ao 2 reianado
Brasil  da independencia ao 2 reianadoBrasil  da independencia ao 2 reianado
Brasil da independencia ao 2 reianado
 
Vinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasilVinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasil
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
 

Último

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 

Último (20)

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 

Slide historia

  • 1. Célia,Nathalya,Stéphany, Ana Carolina,Cayo,Bruno,Marianne. 2M1 O Período de Dom João VI  Vinda da família real ao Brasil
  • 2. Ana Carolina 1. Biografia de Dom João VI
  • 3. Dom João VI nasceu em Lisboa no dia 13 de maio de 1767 onde faleceu no dia 10 de março de 1826. Era filho de D. Pedro III e de Maria Isabel,por motivo do problema mental de sua mãe,passou a governar desde 1792, porém só se tornou Príncipe regente a partir de 1799. Em 1816,com a morte de D.Maria,sua mãe ,subiu ao trono e em 1818 foi aclamado Rei de Portugal,do Brasil e Algarves.Fundou o reino unido de Portugal,Brasil e Algarves nessa mesma época. Dom João VI era casado com D. Carlota Joaquina da Espanha,pai de 9 filhos,um deles seria Pedro que seria o imperador do Brasil.
  • 4. Em virtude do conflito entre França e Inglaterra ,Napoleão decretou o bloqueio continental.Quando Portugal foi invadida pelas tropas de , a família real portuguesa com toda a corte embarcou para o Rio de Janeiro. Ao chegar ao Brasil,D.João declarou livres as industrias brasileiras e abriu os portos do Brasil ao comércio estrangeiro.Passou depois a residir no Rio de Janeiro,registrando-se também importantes movimentos militares que proporcionaram a ampliação de terras. Em 1821,a família real e sua corte seguiram para Portugal,deixando aqui o herdeiro do trono português, o Príncipe D.Pedro,que ficou como regente. Chegando a Portugal,D.João VI foi obrigado a assinar a Constituição,mais seu filho D.Miguel organizou um movimento absolutista,que vitorioso, repôs D.João como rei absoluto.
  • 5.  
  • 6. Bruno 2. Razões da fuga da Família Real portuguesa de Portugal
  • 7. Napoleão Bonaparte foi o Imperador da França . Após ver sua frota de navios ser destruída pela frota inglesa , Napoleão criou o bloqueio continental como uma estratégia para enfraquecer a Inglaterra. O bloqueio continental proibia o comércio dos países da Europa com a Inglaterra , e os países que não se aderissem ao bloqueio seriam invadidos pelo exército Francês. Nessa época Dom João VI era o rei de Portugal e teve a importante tarefa de decidir o rumo de Portugal , tendo de escolher entre 3 alternativas : 1ª alternativa - Dom João ficar em Portugal e aceitar o bloqueio continental , mas isso iria romper tratados comerciais e militares entre Portugal e Inglaterra , e provavelmente isso faria com que  os ingleses atacassem Portugal. 2ª alternativa - Dom João ficar em Portugal e não aderir ao bloqueio continental , mas isso era uma declaração  da destruição de Portugal , porque faria com que o exército de Napoleão invadisse Portugal. 3ª alternativa - Fugir com a Família Real e a corte para o Brasil , (naquela época alguns países da Europa tinham colônias na América)
  • 8. Dom João decidiu então fugir com a família real e a corte para o Brasil . Antes da ''fuga'' Dom João deixou uma carta explicando as razões de optar pela fuga para o Brasil e deixava claro a sua decepção por ter que abandonar o seus súditos.
  • 9. Stéphany 3. Vinda da Família Real ao Brasil
  • 10. Em Novembro de 1807, D.João, com sua corte, e toda sua família, fogem para o Brasil, evitando que fossem aprisionados. 15 mil pessoas, e em média 14 navios saíram de Portugal, sendo 4 dos navios apenas para a Família Real. Isso era estratégico, eles pensavam assim, caso um dos navios naufragasse, não se perdia toda a família. Com eles trouxeram, tudo que puderam, documentos, riquezas e etc. A viagem foi bastante difícil, ocorreu a epidemia do piolho, ameaças de naufrágios, a escassez de água e comida, entre outros problemas. Dia 22 de Janeiro de 1808, D.João chega ao Brasil, onde desembarca em Salvador.
  • 11. Chegando lá ele abre os portos brasileiros para as nações amigas, isso quer dizer, que os países iam poder comercializar com o Brasil, incluindo, evidentemente a Inglaterra. Essa ação foi o motivo para o fim do pacto colonial. O pacto colonial eram leis, normas e regras metrópoles impunham às suas colônias. Estas leis tinham como objetivo principal fazer com que as colônias só comprassem e vendessem produtos de sua metrópole.. Em Março, D.João resolve ir para o Rio de Janeiro, chegando lá faz a sede de seu governo. 
  • 12.  
  • 13. Marianne 4. Mudanças na colônia com a chegada da corte portuguesa no Rio de Janeiro
  • 14. Ainda em Salvador Dom João abriu os portos do Brasil aos países amigos, permitindo que navios estrangeiros comerciassem livremente nos portos brasileiros. Essa medida foi de grande importância para a economia brasileira. De Salvador, a comitiva partiu para o Rio de Janeiro, onde chegou em 08 de março de 1808. O Rio de Janeiro tornou-se a sede da corte Portuguesa. Com a chegada da Família Real ao Brasil, novos tempos para a colônia.
  • 15. Célia 5. Formação do Reino Unido
  • 16. Com a vinda da família real ao Brasil,cria-se uma situação politicamente estranha pois Dom João VI estava no Brasil,não em Portugal,pois naquela época Brasil era considerado uma Colônia. Durante a vinda da família real ao Brasil,estava acontecendo o congresso de Viena,e segundo este congresso a casa de Bragança seria restaurada.Porem Dom João VI estava no Brasil não em Portugal,e como o Brasil era considerado uma colônia não tinha o mesmo status que Portugal.
  • 17. A solução para resolver essa controvérsia foi elevar o Brasil a condição de Reino Unido,se juntando com Portugal e Algarves. É bom vocês saberem que para Grã-Bretanha elevar o Brasil á reino unido era considerado um insulto porque na pratica o Brasil estava a um passo da independência.
  • 18. Cayo 6. Revolução do Porto
  • 19.
  • 20. Nathalya 7. Retorno de D. João VI à Europa
  • 21. Dom. joão VI, teve voltar para Portugal ,pois em 1820, ocorreu a Revolução do Porto, sendo que os revolucionários vitoriosos passaram a exigir o retorno de D. João VI para Portugal e a aprovação de uma Constituição.Objetivando por um fim ao absolutismo da Dinastia de Bragança ,com isso Dom. João ficou com medo de perder seu trono aqui no Brasil e nomeou, seu filho Pedro Príncipe Regente do Brasil. E sendo assim em 1822 Dom. Pedro com o acontecimento do dia do "FICO" , condenou ao Brasil a sua Independência.