SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 05:Aprofundando os
Princípios da Intercessão
SEMINÁRIO INTERCESSÃO E
MISSÕES
SEMINÁRIO INTERCESSÃO E MISSÕES
O QUE É INTERCESSÃO?
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
O QUE É INTERCEDER?
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 INTERCESSÃO:
 Intercessão é toda intervenção feita no mundo espiritual
através de orações, súplicas e clamores ao Senhor, em favor
de outra pessoa ou situação, para conhecer o que está no
coração de Deus, descobrir sua vontade, e para que ela se
manifeste.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 INTERCEDER:
 Interceder é colocar-se no lugar de outro e pleitear sua causa
como se fosse a sua própria. É apresentar-se diante de Deus a
favor do homem. É ver a necessidade da intervenção de Deus
nas mais diversas situações
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 O intercessor deve ter um coração em chamas.
 Se não sentimos o coração ardendo, precisamos clamar ao
Espírito Santo para que produza o genuíno amor.
 O Senhor Jesus intercedia com o coração em chamas. Ele
chorou diante da cidade de Jerusalém, lamentando a rejeição
do povo judeu (Lc 19.41-44) e ofereceu-se ao Pai com forte
clamor, lágrimas, oração e súplicas (Hb 5.7)
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 Coração apaixonado pelo mundo perdido é um coração
esvaziado de si mesmo.
 A oração é o segredo para a paixão pelas almas.
 Cristianismo sem paixão não é capaz de impactar as nações,
de fazer diferença entre as demais religiões. A obra
missionária precisa de homens e mulheres possuídos de
paixão pelas vidas que perecem sem salvação. Paixão para
pregar, paixão para interceder com o coração ardente.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 O intercessor deve interceder com identificação
profunda.
 Moisés também é um exemplo de identificação.Ao
interceder pelo povo de Israel, teve a ousadia de dizer:
"Perdoa este povo ou, se não, risca-me do livro que escre-
voste" (Ex 32.32). Ele se colocou entre Deus e o povo,
e o Senhor aceitou a sua oferta.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 O Senhor Jesus começou a entristecer-se e a angustiar-se e
chegou a dilatar os poros e sangrar quando orava
intensamente diante do cálice da morte para nos dar a vida
eterna (Mt 26.36 e Lc 22.44). Isso é agonizar em oração.
Esse tipo de intercessão vem do profundo da alma, é algo
gerado no íntimo.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 Filhas da prostituição:
 Fruto da prostituição, as mulheres da minoria Badi no Nepal
estão condenadas a trabalhar com sexo por gerações. O
estigma e o rígido sistema de casta impediram essas pessoas
de saírem da ilegalidade, mas advogados dizem que tudo
começa a mudar lentamente.
 https://www.youtube.com/watch?v=uYLfaM5gbbI
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 Série de ataques violentos relacionados com a insurgência
jihadista na província de Cabo Delgado, rica em gás, no norte
de Moçambique.
 https://www.youtube.com/watch?v=PLIBW-MeT7s
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 Oração pelo momento eleitoral do nosso país.
 Um alerta importantíssimo aos cristãos do Brasil.
 Clamor pelo Brasil
 https://www.youtube.com/watch?v=c9msVGD4Rdg
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 A REALIDADE DA IGREJA PERSEGUIDA NA
COLÔMBIA |
 https://www.youtube.com/watch?v=kpxfvNaml9w
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 O intercessor deve ser uma pessoa de fé.
 "Tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis" (Mt.
21.22). Jesus colocou o tudo diante de nós, com apenas uma
condição — crer.
 O segredo é pela fé antever e persistir crendo. Mesmo
quando não alcançamos os resultados das nossas orações,
nossa fé diz que elas estão diante do trono como incenso e
serão lançadas sobre a terra (Ap 8.4-5
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 O intercessor deve exercer o clamor persistente.
 "Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o
dia e toda a noite jamais se calarão; vós os que fareis
lembrado o Senhor, não descanseis, nem deis a Ele descanso"
(Is 62.6-7).
 Perseverar é saber aguardar o tempo de Deus.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 A visão da eternidade é o incentivo maior para nos fazer
perseverar. Os heróis da fé nos dão o exemplo: "Todos estes
que obtiveram bom testemunho por sua fé não obtiveram,
contudo, a concretização da promessa" (Hb 11.39).
Morreram persistindo em crer que aquele que fez a promessa
é fiel
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 Resultados da intercessão:
 A. Para com Deus :
 ▪ Move o coração de Deus. ( Mt 18:18 ),
 ▪ Abre as nações.
 ▪ É a maior força do mundo.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 B. Para com os outros :
 ▪ É uma maneira de se ganhar almas. ( Sl 2:8-9 )
 C. Para conosco :
 ▪ Amigos de Deus. (Am 3:7).
 ▪ É a maneira mais profunda de conhecermos a Deus,
Chegamos mais perto de Deus do que qualquer outro
ministério.
 ▪Tira de nós toda a introspecção e auto-piedade e expande
nossa visão.Nos ajuda fisicamente. ( Is 40:31 )
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 D. Pedir ao Senhor que crie em nós uma vida de oração:
 E. Sermos cheios do Espírito Santo:
 ▪ Cumprir os requisitos para ser cheio do Espírito Santo. (Ef
5:18).
 ▪ Adorar e meditar nas grandezas de Deus.
 ▪Ter um coração cheio de fé crendo que vai nos usar. (Ef
1:19)
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 F. Sermos guiados por Deus:
 ▪ Reconhecermos que é Deus ( Is 40:28 )
 ▪ Cumprir as condições :Ter desejo. ( Jr 33:3 )
Humilharmos. ( II Cr 7:14 )Ter fé. (Tg 1:6 ) Escutar a voz
de Deus. ( Mc 9:7, I Sm 3:9, Jo 10:16 )
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 DESAFIO SEMANAL:
 Estudar aVida de Neemias e relacionar as estratégias que ele
utilizou com a intercessão vitoriosa.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
 Praticar a intercessão em situações do dia-a-dia na Igreja e
fora da Igreja.
 Usar o cartaz de prioridades missionárias e ter seu cantinho
de intercessão missionária.
 Todos somos intercessores a tempo e fora de tempo.
Aprofundando os Princípios da
Intercessão
Até a próxima aula.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a SEMINÁRIO INTERCESSÃO E MISSÕES AULA 05.pdf

Intercessão
Intercessão Intercessão
Intercessão
Sandra Dias
 
Formação intercessão apóstila i
Formação intercessão apóstila iFormação intercessão apóstila i
Formação intercessão apóstila i
Tatiano Ribeiro Dos Santos
 
Apostila treinamento
Apostila treinamentoApostila treinamento
Apostila treinamento
Joao Rumpel
 
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Carlos Allvarenga
 
Reuniões jef 2011 2012
Reuniões jef 2011 2012 Reuniões jef 2011 2012
Reuniões jef 2011 2012
conceicaoborges
 
Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011
conceicaoborges
 
Propósito com a oração.
Propósito com a oração.Propósito com a oração.
Propósito com a oração.
Quenia Damata
 
estudos 2.docx
estudos 2.docxestudos 2.docx
estudos 2.docx
sergio dos santos
 
Meus esboços 1
Meus esboços 1Meus esboços 1
Meus esboços 1
Carlos Allvarenga
 
Curso de oração
Curso de oraçãoCurso de oração
Curso de oração
copydesign
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
Eduardo Sousa Gomes
 
Slide intercessão 22.pptx
Slide intercessão 22.pptxSlide intercessão 22.pptx
Slide intercessão 22.pptx
Fábio Alvarenga
 
MODULO 4 ensino 03 04 formas
MODULO 4 ensino 03 04 formasMODULO 4 ensino 03 04 formas
MODULO 4 ensino 03 04 formas
Roberto baruc Gomes de Andrade
 
Batismo no espirito santo
Batismo no espirito santoBatismo no espirito santo
Batismo no espirito santo
Marcos Eleandro Da Costa
 
4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais
Jr Buzinely
 
A Oração na Vida Cristã
A Oração na Vida CristãA Oração na Vida Cristã
A oração, nossa força
A oração, nossa forçaA oração, nossa força
A oração, nossa força
CE BV
 
HOLA in PORTUGUESE
HOLA in PORTUGUESEHOLA in PORTUGUESE
HOLA in PORTUGUESE
dearl1
 
A prece
A preceA prece
A prece
Marta Gomes
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
baixarlivros1
 

Semelhante a SEMINÁRIO INTERCESSÃO E MISSÕES AULA 05.pdf (20)

Intercessão
Intercessão Intercessão
Intercessão
 
Formação intercessão apóstila i
Formação intercessão apóstila iFormação intercessão apóstila i
Formação intercessão apóstila i
 
Apostila treinamento
Apostila treinamentoApostila treinamento
Apostila treinamento
 
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosa
 
Reuniões jef 2011 2012
Reuniões jef 2011 2012 Reuniões jef 2011 2012
Reuniões jef 2011 2012
 
Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011
 
Propósito com a oração.
Propósito com a oração.Propósito com a oração.
Propósito com a oração.
 
estudos 2.docx
estudos 2.docxestudos 2.docx
estudos 2.docx
 
Meus esboços 1
Meus esboços 1Meus esboços 1
Meus esboços 1
 
Curso de oração
Curso de oraçãoCurso de oração
Curso de oração
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
 
Slide intercessão 22.pptx
Slide intercessão 22.pptxSlide intercessão 22.pptx
Slide intercessão 22.pptx
 
MODULO 4 ensino 03 04 formas
MODULO 4 ensino 03 04 formasMODULO 4 ensino 03 04 formas
MODULO 4 ensino 03 04 formas
 
Batismo no espirito santo
Batismo no espirito santoBatismo no espirito santo
Batismo no espirito santo
 
4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais
 
A Oração na Vida Cristã
A Oração na Vida CristãA Oração na Vida Cristã
A Oração na Vida Cristã
 
A oração, nossa força
A oração, nossa forçaA oração, nossa força
A oração, nossa força
 
HOLA in PORTUGUESE
HOLA in PORTUGUESEHOLA in PORTUGUESE
HOLA in PORTUGUESE
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
 

Último

Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 

Último (10)

Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 

SEMINÁRIO INTERCESSÃO E MISSÕES AULA 05.pdf

  • 1. Aula 05:Aprofundando os Princípios da Intercessão SEMINÁRIO INTERCESSÃO E MISSÕES
  • 2. SEMINÁRIO INTERCESSÃO E MISSÕES O QUE É INTERCESSÃO?
  • 3. Aprofundando os Princípios da Intercessão O QUE É INTERCEDER?
  • 4. Aprofundando os Princípios da Intercessão  INTERCESSÃO:  Intercessão é toda intervenção feita no mundo espiritual através de orações, súplicas e clamores ao Senhor, em favor de outra pessoa ou situação, para conhecer o que está no coração de Deus, descobrir sua vontade, e para que ela se manifeste.
  • 5. Aprofundando os Princípios da Intercessão  INTERCEDER:  Interceder é colocar-se no lugar de outro e pleitear sua causa como se fosse a sua própria. É apresentar-se diante de Deus a favor do homem. É ver a necessidade da intervenção de Deus nas mais diversas situações
  • 6. Aprofundando os Princípios da Intercessão  O intercessor deve ter um coração em chamas.  Se não sentimos o coração ardendo, precisamos clamar ao Espírito Santo para que produza o genuíno amor.  O Senhor Jesus intercedia com o coração em chamas. Ele chorou diante da cidade de Jerusalém, lamentando a rejeição do povo judeu (Lc 19.41-44) e ofereceu-se ao Pai com forte clamor, lágrimas, oração e súplicas (Hb 5.7)
  • 7. Aprofundando os Princípios da Intercessão  Coração apaixonado pelo mundo perdido é um coração esvaziado de si mesmo.  A oração é o segredo para a paixão pelas almas.  Cristianismo sem paixão não é capaz de impactar as nações, de fazer diferença entre as demais religiões. A obra missionária precisa de homens e mulheres possuídos de paixão pelas vidas que perecem sem salvação. Paixão para pregar, paixão para interceder com o coração ardente.
  • 8. Aprofundando os Princípios da Intercessão  O intercessor deve interceder com identificação profunda.  Moisés também é um exemplo de identificação.Ao interceder pelo povo de Israel, teve a ousadia de dizer: "Perdoa este povo ou, se não, risca-me do livro que escre- voste" (Ex 32.32). Ele se colocou entre Deus e o povo, e o Senhor aceitou a sua oferta.
  • 9. Aprofundando os Princípios da Intercessão  O Senhor Jesus começou a entristecer-se e a angustiar-se e chegou a dilatar os poros e sangrar quando orava intensamente diante do cálice da morte para nos dar a vida eterna (Mt 26.36 e Lc 22.44). Isso é agonizar em oração. Esse tipo de intercessão vem do profundo da alma, é algo gerado no íntimo.
  • 10. Aprofundando os Princípios da Intercessão  Filhas da prostituição:  Fruto da prostituição, as mulheres da minoria Badi no Nepal estão condenadas a trabalhar com sexo por gerações. O estigma e o rígido sistema de casta impediram essas pessoas de saírem da ilegalidade, mas advogados dizem que tudo começa a mudar lentamente.  https://www.youtube.com/watch?v=uYLfaM5gbbI
  • 11. Aprofundando os Princípios da Intercessão  Série de ataques violentos relacionados com a insurgência jihadista na província de Cabo Delgado, rica em gás, no norte de Moçambique.  https://www.youtube.com/watch?v=PLIBW-MeT7s
  • 12. Aprofundando os Princípios da Intercessão  Oração pelo momento eleitoral do nosso país.  Um alerta importantíssimo aos cristãos do Brasil.  Clamor pelo Brasil  https://www.youtube.com/watch?v=c9msVGD4Rdg
  • 13. Aprofundando os Princípios da Intercessão  A REALIDADE DA IGREJA PERSEGUIDA NA COLÔMBIA |  https://www.youtube.com/watch?v=kpxfvNaml9w
  • 14. Aprofundando os Princípios da Intercessão  O intercessor deve ser uma pessoa de fé.  "Tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis" (Mt. 21.22). Jesus colocou o tudo diante de nós, com apenas uma condição — crer.  O segredo é pela fé antever e persistir crendo. Mesmo quando não alcançamos os resultados das nossas orações, nossa fé diz que elas estão diante do trono como incenso e serão lançadas sobre a terra (Ap 8.4-5
  • 15. Aprofundando os Princípios da Intercessão  O intercessor deve exercer o clamor persistente.  "Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós os que fareis lembrado o Senhor, não descanseis, nem deis a Ele descanso" (Is 62.6-7).  Perseverar é saber aguardar o tempo de Deus.
  • 16. Aprofundando os Princípios da Intercessão  A visão da eternidade é o incentivo maior para nos fazer perseverar. Os heróis da fé nos dão o exemplo: "Todos estes que obtiveram bom testemunho por sua fé não obtiveram, contudo, a concretização da promessa" (Hb 11.39). Morreram persistindo em crer que aquele que fez a promessa é fiel
  • 17. Aprofundando os Princípios da Intercessão  Resultados da intercessão:  A. Para com Deus :  ▪ Move o coração de Deus. ( Mt 18:18 ),  ▪ Abre as nações.  ▪ É a maior força do mundo.
  • 18. Aprofundando os Princípios da Intercessão  B. Para com os outros :  ▪ É uma maneira de se ganhar almas. ( Sl 2:8-9 )  C. Para conosco :  ▪ Amigos de Deus. (Am 3:7).  ▪ É a maneira mais profunda de conhecermos a Deus, Chegamos mais perto de Deus do que qualquer outro ministério.  ▪Tira de nós toda a introspecção e auto-piedade e expande nossa visão.Nos ajuda fisicamente. ( Is 40:31 )
  • 19. Aprofundando os Princípios da Intercessão  D. Pedir ao Senhor que crie em nós uma vida de oração:  E. Sermos cheios do Espírito Santo:  ▪ Cumprir os requisitos para ser cheio do Espírito Santo. (Ef 5:18).  ▪ Adorar e meditar nas grandezas de Deus.  ▪Ter um coração cheio de fé crendo que vai nos usar. (Ef 1:19)
  • 20. Aprofundando os Princípios da Intercessão  F. Sermos guiados por Deus:  ▪ Reconhecermos que é Deus ( Is 40:28 )  ▪ Cumprir as condições :Ter desejo. ( Jr 33:3 ) Humilharmos. ( II Cr 7:14 )Ter fé. (Tg 1:6 ) Escutar a voz de Deus. ( Mc 9:7, I Sm 3:9, Jo 10:16 )
  • 21. Aprofundando os Princípios da Intercessão  DESAFIO SEMANAL:  Estudar aVida de Neemias e relacionar as estratégias que ele utilizou com a intercessão vitoriosa.
  • 22. Aprofundando os Princípios da Intercessão  Praticar a intercessão em situações do dia-a-dia na Igreja e fora da Igreja.  Usar o cartaz de prioridades missionárias e ter seu cantinho de intercessão missionária.  Todos somos intercessores a tempo e fora de tempo.
  • 23. Aprofundando os Princípios da Intercessão Até a próxima aula.