SlideShare uma empresa Scribd logo
"Creio que falar com Deus é sempre melhor do que falar sobre Deus;"
                                                    (Teresa de Lisieux)
Lição 4

PROPÓSITO COM A
    ORAÇÃO.
Textos Bíblicos

Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda
oração e súplica; tendo isso em mente, estejam
atentos e perseverem na oração por todos os santos.
                                      Efésios 6:18


Orem continuamente.
1 Tessalonicenses 5:17
Mensagem Valiosa

Eu clamo a ti, ó Deus, pois tu me respondes; inclina
para mim os teus ouvidos e ouve a minha oração.
                                      Salmos 17:6
Verdade Aplicada

Devemos colocar diante de Deus, através da
oração,   todas   as   nossas   necessidades,   pois
Ele, segundo Sua vontade, as responderá.
Introdução

                     Vídeo: Máscaras


  http://www.youtube.com/watch?v=SIrydNsNgCQ&feature=related




Diante de Deus as “máscaras” de nada adiantam,
pois Ele sabe realmente quem somos.
A Oração do Pai Nosso

É considerada a oração cristã mais repetida no
mundo. Porém, essa é umas das orações menos
compreendidas, pois a intenção de Jesus era ensinar
verdades profundas e não repetições mecânicas. Na
realidade, Jesus estava ensinando sobre o significado
de orar, estabelecendo as prioridades que devemos
ter em mente ao conversarmos com Deus.
Vocês, orem assim: „Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o
teu nome.
Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no
céu.
Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.
Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos
devedores.
E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu
é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém‟.
Mateus 6:9-13
1. Propósitos da oração

Jesus ensinou na “Oração do Pai Nosso” seis petições:
1.   Oração dirigida a Deus o Pai, reverência e
     reconhecimento da soberania de Deus;
2. Praticar as leis do reino de Deus;
3. Acatar a vontade de Deus para nossas vidas;
4. Apresentar nossas necessidades ao Senhor;
5. Quando pedimos perdão devemos também
     perdoar;
6. Pedir ajuda ao Único que pode guerrear por nós;
2. Devemos invocar o Nome do Senhor

Se vocês permanecerem em mim, e as minhas
palavras permanecerem em vocês, pedirão o que
quiserem, e lhes será concedido.
                                   João 15:7
Não podemos cair na armadilha de que Deus
atenderá aos nossos caprichos. Tiago 4:3 diz:
"Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o
gastardes em vossos deleites.”

Mas se orarmos com submissão à vontade de Deus
saberemos receber a resposta Dele e aprenderemos a
pedir como convém.
Invocar é implorar a proteção, o socorro e o auxílio
do Todo-Poderoso.



“e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e
você me honrará.” Salmos 50:15
3. Propósitos da oração intercessória...

O propósito da oração intercessória é abençoar
vidas, alcançar vitória e a intervenção divina em
favor de Seu povo.
Nossos Intercessores

 Jesus - é o nosso intercessor:

 “Portanto ele é capaz de salvar definitivamente
 aqueles que, por meio dele, aproximam-se de
 Deus, pois vive sempre para interceder por eles.”
 Hebreus 7:25
 Espírito Santo – intercede a Deus por nós quando

 não sabemos como orar.

“Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa
 fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o
 próprio Espírito intercede por nós com gemidos
 inexprimíveis. ” Romanos 8:26
Devemos interceder uns dos outros, e até por
              nossos inimigos:

“Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e
 orem uns pelos outros para serem curados. A
 oração de um justo é poderosa e eficaz.”
                                            Tiago 5.16


“Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por
 aqueles que os perseguem,”             Mateus 5:44
Tipos de oração:

 De gratidão;

 De louvor;

 De arrependimento;

 De petições;

 De clamor;

 De intercessão –oração de fé e esperança.
Conclusão

"Cinco minutos de oração atenta valem mais do que
meia-hora de oração dispersa.”   Paul Freston



Analisando a Bíblia vemos que ela não restringe a
oração a um momento, local ou a uma posição
corporal específica. O que realmente importa é
realmente orar.
“Orai sem cessar.” 1 Tessalonicenses 5:17
Reflita

“Nós oramos e escutamos. Deus repete sua palavra –
a mesma palavra – e nos restaura, renovando-nos
em nosso compromisso.”
                                   Eugene Peterson
Vídeo: Como não orar....

http://www.youtube.com/watch?v=Po9spsxJrL8&feature=related

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Éder Tomé
 
Maturidade Espiritual
Maturidade EspiritualMaturidade Espiritual
Maturidade Espiritual
cicero luis leite da silva
 
Intercessão
Intercessão Intercessão
Intercessão
Sandra Dias
 
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaLição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Éder Tomé
 
A família e a igreja
A família e a igrejaA família e a igreja
A família e a igreja
Moisés Sampaio
 
O valor do perdão
O valor do perdãoO valor do perdão
O valor do perdão
Quenia Damata
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
Márcio Martins
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
Rodrigo Bomfim
 
Lição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha Natureza
Lição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha NaturezaLição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha Natureza
Lição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha Natureza
Éder Tomé
 
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e OfertasLição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
Éder Tomé
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
Pastor Wanderley
 
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
Quenia Damata
 
Deus, nós e a nossa família
Deus, nós  e  a  nossa  famíliaDeus, nós  e  a  nossa  família
Deus, nós e a nossa família
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Aprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansãoAprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansão
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Escola de oração e intercessão
Escola de oração e intercessãoEscola de oração e intercessão
Escola de oração e intercessão
MatheusMoraes394890
 
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Anderson Favaro
 
Lição 1 - A Necessidade de Restauração na Alma
Lição 1 - A Necessidade de Restauração na AlmaLição 1 - A Necessidade de Restauração na Alma
Lição 1 - A Necessidade de Restauração na Alma
Éder Tomé
 
4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão
talmidimted
 
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASILO DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
Joary Jossué Carlesso
 

Mais procurados (20)

Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Maturidade Espiritual
Maturidade EspiritualMaturidade Espiritual
Maturidade Espiritual
 
Intercessão
Intercessão Intercessão
Intercessão
 
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaLição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
 
A família e a igreja
A família e a igrejaA família e a igreja
A família e a igreja
 
O valor do perdão
O valor do perdãoO valor do perdão
O valor do perdão
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
 
Lição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha Natureza
Lição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha NaturezaLição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha Natureza
Lição 3 - Vencendo os Mecanismos de Defesa da Velha Natureza
 
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e OfertasLição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
Lição 7 - A Mordomia dos Dízimos e Ofertas
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
 
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
 
Deus, nós e a nossa família
Deus, nós  e  a  nossa  famíliaDeus, nós  e  a  nossa  família
Deus, nós e a nossa família
 
Aprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansãoAprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansão
 
Escola de oração e intercessão
Escola de oração e intercessãoEscola de oração e intercessão
Escola de oração e intercessão
 
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
 
Lição 1 - A Necessidade de Restauração na Alma
Lição 1 - A Necessidade de Restauração na AlmaLição 1 - A Necessidade de Restauração na Alma
Lição 1 - A Necessidade de Restauração na Alma
 
4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão
 
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASILO DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
 

Destaque

Propósito com a família.
Propósito com a família.Propósito com a família.
Propósito com a família.
Quenia Damata
 
Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.
Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.
Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.
Quenia Damata
 
Propósito em conhecer a Deus.
Propósito em conhecer a Deus.Propósito em conhecer a Deus.
Propósito em conhecer a Deus.
Quenia Damata
 
Ofertas & dizimo
Ofertas & dizimo  Ofertas & dizimo
Ofertas & dizimo
marco elizeu
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
Quenia Damata
 
Boletim 83
Boletim 83Boletim 83
Boletim 83
prsergioipb
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Quenia Damata
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
Quenia Damata
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
Quenia Damata
 
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Quenia Damata
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Quenia Damata
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Quenia Damata
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
Quenia Damata
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Quenia Damata
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Quenia Damata
 
O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversos
edbtr
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
Quenia Damata
 
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
Leonam dos Santos
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Quenia Damata
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
Vinicio Pacifico
 

Destaque (20)

Propósito com a família.
Propósito com a família.Propósito com a família.
Propósito com a família.
 
Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.
Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.
Propósito em ser fiel nos dízimos e nas ofertas.
 
Propósito em conhecer a Deus.
Propósito em conhecer a Deus.Propósito em conhecer a Deus.
Propósito em conhecer a Deus.
 
Ofertas & dizimo
Ofertas & dizimo  Ofertas & dizimo
Ofertas & dizimo
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
 
Boletim 83
Boletim 83Boletim 83
Boletim 83
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
 
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
 
O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversos
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
 
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
 

Semelhante a Propósito com a oração.

Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Carlos Allvarenga
 
O que é oração
O que é oraçãoO que é oração
O que é oração
Joselito Machado
 
Oração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em pratica
Oração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em praticaOração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em pratica
Oração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em pratica
EnoqueReis5
 
JORMI - Jornal Missionário n° 58
JORMI - Jornal Missionário n° 58JORMI - Jornal Missionário n° 58
JORMI - Jornal Missionário n° 58
trabalho como autonomo
 
Segredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficazSegredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficaz
Juraci Rocha
 
Curso de oração
Curso de oraçãoCurso de oração
Curso de oração
copydesign
 
Dp16 a oracao
Dp16 a oracaoDp16 a oracao
Dp16 a oracao
Elsa Matânia
 
estudos 2.docx
estudos 2.docxestudos 2.docx
estudos 2.docx
sergio dos santos
 
Licao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
AndreLuizMontanheiro
 
Lição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem CessarLição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem Cessar
Éder Tomé
 
O Poder da Oração
O Poder da OraçãoO Poder da Oração
O Poder da Oração
Vanguarda Cristã
 
John piper a oração que constroi a eternidade
John piper   a oração que constroi a eternidadeJohn piper   a oração que constroi a eternidade
John piper a oração que constroi a eternidade
Marcelo Mardson Souza Lima E Silva
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
baixarlivros1
 
Pai Nosso
Pai   NossoPai   Nosso
A prece
A preceA prece
A prece
Mila Genç
 
A armadura de deus 7
A armadura de deus 7A armadura de deus 7
A armadura de deus 7
Antonio Proclamai Santos
 
Intercessão e batalha espiritual igreja escola base .pdf
Intercessão e batalha espiritual igreja escola base  .pdfIntercessão e batalha espiritual igreja escola base  .pdf
Intercessão e batalha espiritual igreja escola base .pdf
DenivalSouza1
 
A oração do x.tão 2
A oração do x.tão 2A oração do x.tão 2
A oração do x.tão 2
Antenor Antenor
 
02
0202
Estudo 04 inimigos da oração
Estudo 04   inimigos da oraçãoEstudo 04   inimigos da oração
Estudo 04 inimigos da oração
Jaed Gomes
 

Semelhante a Propósito com a oração. (20)

Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosa
 
O que é oração
O que é oraçãoO que é oração
O que é oração
 
Oração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em pratica
Oração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em praticaOração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em pratica
Oração:A chave da vitória que todo cristão tem que colocar em pratica
 
JORMI - Jornal Missionário n° 58
JORMI - Jornal Missionário n° 58JORMI - Jornal Missionário n° 58
JORMI - Jornal Missionário n° 58
 
Segredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficazSegredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficaz
 
Curso de oração
Curso de oraçãoCurso de oração
Curso de oração
 
Dp16 a oracao
Dp16 a oracaoDp16 a oracao
Dp16 a oracao
 
estudos 2.docx
estudos 2.docxestudos 2.docx
estudos 2.docx
 
Licao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 13 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
Lição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem CessarLição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem Cessar
 
O Poder da Oração
O Poder da OraçãoO Poder da Oração
O Poder da Oração
 
John piper a oração que constroi a eternidade
John piper   a oração que constroi a eternidadeJohn piper   a oração que constroi a eternidade
John piper a oração que constroi a eternidade
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
 
Pai Nosso
Pai   NossoPai   Nosso
Pai Nosso
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
A armadura de deus 7
A armadura de deus 7A armadura de deus 7
A armadura de deus 7
 
Intercessão e batalha espiritual igreja escola base .pdf
Intercessão e batalha espiritual igreja escola base  .pdfIntercessão e batalha espiritual igreja escola base  .pdf
Intercessão e batalha espiritual igreja escola base .pdf
 
A oração do x.tão 2
A oração do x.tão 2A oração do x.tão 2
A oração do x.tão 2
 
02
0202
02
 
Estudo 04 inimigos da oração
Estudo 04   inimigos da oraçãoEstudo 04   inimigos da oração
Estudo 04 inimigos da oração
 

Mais de Quenia Damata

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
Quenia Damata
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Quenia Damata
 
O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
Quenia Damata
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
Quenia Damata
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
Quenia Damata
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Quenia Damata
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
Quenia Damata
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Quenia Damata
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
Quenia Damata
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
Quenia Damata
 
O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6
Quenia Damata
 
O caráter de Deus
O caráter de DeusO caráter de Deus
O caráter de Deus
Quenia Damata
 
A verdadeira Adoração
A verdadeira AdoraçãoA verdadeira Adoração
A verdadeira Adoração
Quenia Damata
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
Quenia Damata
 
Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.
Quenia Damata
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?
Quenia Damata
 
Deus, o Pai Perfeito
Deus, o  Pai PerfeitoDeus, o  Pai Perfeito
Deus, o Pai Perfeito
Quenia Damata
 

Mais de Quenia Damata (17)

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
 
O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
 
O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6
 
O caráter de Deus
O caráter de DeusO caráter de Deus
O caráter de Deus
 
A verdadeira Adoração
A verdadeira AdoraçãoA verdadeira Adoração
A verdadeira Adoração
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
 
Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?
 
Deus, o Pai Perfeito
Deus, o  Pai PerfeitoDeus, o  Pai Perfeito
Deus, o Pai Perfeito
 

Último

Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 

Último (16)

Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 

Propósito com a oração.

  • 1. "Creio que falar com Deus é sempre melhor do que falar sobre Deus;" (Teresa de Lisieux)
  • 3. Textos Bíblicos Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos. Efésios 6:18 Orem continuamente. 1 Tessalonicenses 5:17
  • 4. Mensagem Valiosa Eu clamo a ti, ó Deus, pois tu me respondes; inclina para mim os teus ouvidos e ouve a minha oração. Salmos 17:6
  • 5. Verdade Aplicada Devemos colocar diante de Deus, através da oração, todas as nossas necessidades, pois Ele, segundo Sua vontade, as responderá.
  • 6. Introdução Vídeo: Máscaras http://www.youtube.com/watch?v=SIrydNsNgCQ&feature=related Diante de Deus as “máscaras” de nada adiantam, pois Ele sabe realmente quem somos.
  • 7. A Oração do Pai Nosso É considerada a oração cristã mais repetida no mundo. Porém, essa é umas das orações menos compreendidas, pois a intenção de Jesus era ensinar verdades profundas e não repetições mecânicas. Na realidade, Jesus estava ensinando sobre o significado de orar, estabelecendo as prioridades que devemos ter em mente ao conversarmos com Deus.
  • 8. Vocês, orem assim: „Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém‟. Mateus 6:9-13
  • 9. 1. Propósitos da oração Jesus ensinou na “Oração do Pai Nosso” seis petições: 1. Oração dirigida a Deus o Pai, reverência e reconhecimento da soberania de Deus; 2. Praticar as leis do reino de Deus; 3. Acatar a vontade de Deus para nossas vidas; 4. Apresentar nossas necessidades ao Senhor; 5. Quando pedimos perdão devemos também perdoar; 6. Pedir ajuda ao Único que pode guerrear por nós;
  • 10. 2. Devemos invocar o Nome do Senhor Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido. João 15:7
  • 11. Não podemos cair na armadilha de que Deus atenderá aos nossos caprichos. Tiago 4:3 diz: "Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” Mas se orarmos com submissão à vontade de Deus saberemos receber a resposta Dele e aprenderemos a pedir como convém.
  • 12. Invocar é implorar a proteção, o socorro e o auxílio do Todo-Poderoso. “e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará.” Salmos 50:15
  • 13. 3. Propósitos da oração intercessória... O propósito da oração intercessória é abençoar vidas, alcançar vitória e a intervenção divina em favor de Seu povo.
  • 14. Nossos Intercessores  Jesus - é o nosso intercessor: “Portanto ele é capaz de salvar definitivamente aqueles que, por meio dele, aproximam-se de Deus, pois vive sempre para interceder por eles.” Hebreus 7:25
  • 15.  Espírito Santo – intercede a Deus por nós quando não sabemos como orar. “Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. ” Romanos 8:26
  • 16. Devemos interceder uns dos outros, e até por nossos inimigos: “Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz.” Tiago 5.16 “Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem,” Mateus 5:44
  • 17. Tipos de oração:  De gratidão;  De louvor;  De arrependimento;  De petições;  De clamor;  De intercessão –oração de fé e esperança.
  • 18. Conclusão "Cinco minutos de oração atenta valem mais do que meia-hora de oração dispersa.” Paul Freston Analisando a Bíblia vemos que ela não restringe a oração a um momento, local ou a uma posição corporal específica. O que realmente importa é realmente orar.
  • 19. “Orai sem cessar.” 1 Tessalonicenses 5:17
  • 20. Reflita “Nós oramos e escutamos. Deus repete sua palavra – a mesma palavra – e nos restaura, renovando-nos em nosso compromisso.” Eugene Peterson
  • 21. Vídeo: Como não orar.... http://www.youtube.com/watch?v=Po9spsxJrL8&feature=related