SlideShare uma empresa Scribd logo
RIBOSSOMO
S E SÍNTESE
PROTEICA
RIBOSSOMOS
Ribossomos são organelas não-membranosas, encontradas
principalmente em células eucariontes.
Tem como principal função a síntese de proteínas.
E composto por material genetico somado a algumas proteinas
RIBOSSOMOS
Geralmente estão livres no citoplasma.
Também podem se aderir a membranas de outras organelas, como o reticulo endoplasmático
granuloso ou o rugoso (RER).
É formado por duas estruturas chamadas de subunidades: maior e menor. Essas duas
estruturas se ligam uma há outra, se sobrepondo uma há outra para que seja possível ler
o RNAm.
ESTRUTURA DOS RIBOSSOMOS
ESTRUTURA DOS
RIBOSSOMOS
Apresentam em suas estruturas três sítios de ligação para o RNAt,
como veremos a seguir:
Sítio P: nele a molécula de RNAt (transportador) está ligada à
cadeia polipeptídica que está sendo formada;
Sítio A: nele se encontra o RNAt (transportador) que carrega o
próximo aminoácido a ser adicionado na cadeia polipeptídica;
Sítio E: após deixar o aminoácido que será adicionado na cadeia
polipeptídica, é nesse local que o RNAt (transportador) deixa o
ribossomo.
RELEMBRANDO!
Gene: é uma porção do DNA que guarda informação suficiente para produção de uma proteína. O
gene possui uma sequência especifica de ácidos nucleicos (identificados pelas letras A-T-C-G).
RNA mensageiro (mRNA): copia a informação diretamente do DNA após a transcrição e leva essa
informação para o citoplasma ao encontro do ribossomo.
RNA transportador (tRNA): carrega os aminoácidos e junto com os outros RNAs produz a proteína.
RNA ribossômico (rRNA): em associação com proteínas, forma o ribossomo, responsável pela
síntese proteica.
Aminoácidos: unidades formadoras de proteínas.
SÍNTESE PROTEÍCA
A síntese proteica e dividida em duas etapas:
transcrição e tradução.
Transcrição: acontece a leitura de um gene
para a formação de uma molécula de RNAm,
esta etapa ocorre no núcleo.
Traducao: ocorre a formação de proteína a
partir da informação contida no RNAm. Então
entra em ação o ribossomo (contendo RNAr)
e o RNAt, que carrega o aminoácido. Esta
etapa ocorre no citoplasma ou no retículo
endoplasmático rugoso.
TRANSCRIÇÃO – PRIMEIRA ETAPA
Ocorre ainda dentro do núcleo. Basicamente,
essa fase é para ‘’montar’’ o RNAm. Para isso
uma grande enzima chamada RNA
polymerase entra em ação se ligando ao DNA
até encontrar a região promotora, que indica
que um gene está começando.
Quando o RNA polymerase encontra a
sequência de termino, ele acaba a leitura e o
RNAm está formado, porém ainda está
imaturo.
Ainda dentro do núcleo ele passa por um
processo chamado de splicing ou
processamento do RNAm.
PROCESSAMENTO DO RNAm
(SPLICING)
No RNAm existem porções chamadas de
exon e intron. Os íntrons possuem a
função reguladora e são eliminados para
formação de RNAm maturo.
Nesse processo os exons podem sofrer
mudanças de local, o que permite o mesmo
gene ter sequências diferentes de
nucleotídeos e consequentemente produzir
proteínas diferentes.
RNAm
3 Nucleotídeos = 1 códon
Três nucleotídeos constituem um códon, cada códon codifica um aminoácido para a
proteína, na próxima fase..
A fita de RNAm carregando a informação vinda do DNA agora vai sair do núcleo, no
citoplasma irá acontecer a segunda fase da síntese de proteína.
CÓDIGO GENÉTICO
ETAPAS DA TRADUÇÃO
A síntese proteica ocorre em 3 etapas sucessivas:
1. Iniciação
2. Alongamento
3. Finalização
INICIAÇÃO
Nessa etapa ocorre a união das duas subunidades do ribossomo com o RNAm e RNAt, este trazendo
o primeiro aminoácido da cadeia polipeptídica.
ALONGAMENTO
Durante essa etapa, os demais aminoácidos que compõem a cadeia polipeptídica são adicionados.
O anticódon do RNAt pareia-se com o RNAm no sítio A. O RNAr (RNA ribossômico) catalisa a
formação da ligação peptídica entre o novo aminoácido e a cadeia em formação.
ALONGAMENTO
O polipeptídio é separado do RNAt presente no sítio P e ligado ao aminoácido do RNAt do sítio A. O
RNAt presente no sítio P é deslocado ao sítio E é retirado, em seguida, do ribossomo, enquanto o
RNAt do sítio A é deslocado ao sítio P. O RNAm também é deslocado no ribossomo e leva ao sítio A
o próximo códon a ser traduzido, dando sequência ao processo até a identificação do códon de
término.
FINALIZAÇÃO
Após a identificação do códon de término, uma proteína, chamada de fator de término, liga-se a
esse códon induzindo a ligação de uma molécula de água na porção final da cadeia, fazendo com
que ocorra a quebra da ligação entre o peptídio e o RNAt presente no sítio P. O peptídio formado é
então liberado através do túnel de término presente na subunidade maior do ribossomo.
ribossomos e síntese proteica.pptx
BIBLIOGRAFIA
Citologia: resumo, células e organelas - Toda Matéria (todamateria.com.br)
Estrutura e Função dos Ribossomos - Toda Matéria (todamateria.com.br)
Ribossomos: aprenda o que é e veja quais são suas funções - Manual do Enem (querobolsa.com.br)
Ribossomos: o que são, localização e função - Brasil Escola (uol.com.br)
Síntese Proteica: transcrição, tradução e exercícios - Toda Matéria (todamateria.com.br)
Síntese Proteica (Parte 1) - Transcrição | Prof. Samuel Cunha – YouTube
Síntese Proteica (Parte 2) - Tradução | Prof. Samuel Cunha – YouTube
Síntese proteica - Transcrição e Tradução do DNA - YouTube
GINCANA
VALE – BOMBOM
PERGUNTA 1
Onde os ribossomos são formados?
a) DNA
b) Citoplasma
c) Códon
d) Nucléolo
PERGUNTA 1
Onde os ribossomos são formados?
a) DNA
b) Citoplasma
c) Códon
d) Nucléolo
PERGUNTA 2
A estrutura do ribossomo apresenta três estruturas
de sítios de ligação para o RNAt, quais são elas?
a) Sítio P, Sítio G e Sítio A
b) Sítio A, Sítio B e Sítio C
c) Sítio P, Sítio A e Sítio E
d) Sítio D, Sítio E e Sítio B
PERGUNTA 2
A estrutura do ribossomo apresenta três estruturas
de sítios de ligação para o RNAt, quais são elas?
a) Sítio P, Sítio G e Sítio A
b) Sítio A, Sítio B e Sítio C
c) Sítio P, Sítio A e Sítio E
d) Sítio D, Sítio E e Sítio B
PERGUNTA 3
Dentre os códons abaixo, qual não representa um códon de
terminação?
a) UAA
b) UAG
c) UGA
d) AUG
PERGUNTA 3
Dentre os códons abaixo, qual não representa um códon de
terminação?
a) UAA
b) UAG
c) UGA
d) AUG
PERGUNTA 4
Quais são as etapas da síntese de proteína?
a) Leitura e tradução
b) Cópia e leitura
c) Transcrição e tradução
d) Transcrição e leitura
PERGUNTA 4
Quais são as etapas da síntese de proteína?
a) Leitura e tradução
b) Cópia e leitura
c) Transcrição e tradução
d) Transcrição e leitura
PERGUNTA 5
Quantas etapas a tradução do RNA possui?
a) 3
b) 7
c) 5
d) 2
PERGUNTA 5
Quantas etapas a tradução do RNA possui?
a) 3
b) 7
c) 5
d) 2
OBRIGADA
PELA ATENÇÃO
E
PARTICIPAÇÃO!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mitose e meiose
Mitose e meioseMitose e meiose
Mitose e meiose
Andrey Moreira
 
1EM #12 membrana e osmose
1EM #12 membrana e osmose1EM #12 membrana e osmose
1EM #12 membrana e osmose
Professô Kyoshi
 
Aula sobre histologia
Aula sobre   histologiaAula sobre   histologia
Aula sobre histologia
Marcionedes De Souza
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
Marcia Bantim
 
Celula eucariotica
Celula eucariotica Celula eucariotica
Celula eucariotica
Adrianne Mendonça
 
Reticulo Endoplasmático
Reticulo EndoplasmáticoReticulo Endoplasmático
Reticulo Endoplasmático
BIOGERALDO
 
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticasTransportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
César Milani
 
Trabalho de Biologia Geral Lisossomos e Endossomos
Trabalho de Biologia Geral Lisossomos e EndossomosTrabalho de Biologia Geral Lisossomos e Endossomos
Trabalho de Biologia Geral Lisossomos e Endossomos
Universidade Norte do Paraná
 
Lisossomos
LisossomosLisossomos
Lisossomos
danilo oliveira
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
MARCIAMP
 
Aula 8 ciclo celular mitose e meiose
Aula 8   ciclo celular mitose e meioseAula 8   ciclo celular mitose e meiose
Aula 8 ciclo celular mitose e meiose
MARCIAMP
 
Membrana Plasmática
Membrana PlasmáticaMembrana Plasmática
Membrana Plasmática
Joemille Leal
 
Mitose
MitoseMitose
Mitose
Isabel Lopes
 
Tecido epitelial
Tecido epitelialTecido epitelial
Tecido epitelial
Caio Maximino
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
César Milani
 
Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6
César Milani
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celular
César Milani
 
Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1
icsanches
 
Organização celular 2
Organização celular 2Organização celular 2
Organização celular 2
Silvana Sanches
 
Aula 11 fungos
Aula   11 fungosAula   11 fungos
Aula 11 fungos
Gildo Crispim
 

Mais procurados (20)

Mitose e meiose
Mitose e meioseMitose e meiose
Mitose e meiose
 
1EM #12 membrana e osmose
1EM #12 membrana e osmose1EM #12 membrana e osmose
1EM #12 membrana e osmose
 
Aula sobre histologia
Aula sobre   histologiaAula sobre   histologia
Aula sobre histologia
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
 
Celula eucariotica
Celula eucariotica Celula eucariotica
Celula eucariotica
 
Reticulo Endoplasmático
Reticulo EndoplasmáticoReticulo Endoplasmático
Reticulo Endoplasmático
 
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticasTransportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
 
Trabalho de Biologia Geral Lisossomos e Endossomos
Trabalho de Biologia Geral Lisossomos e EndossomosTrabalho de Biologia Geral Lisossomos e Endossomos
Trabalho de Biologia Geral Lisossomos e Endossomos
 
Lisossomos
LisossomosLisossomos
Lisossomos
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Aula 8 ciclo celular mitose e meiose
Aula 8   ciclo celular mitose e meioseAula 8   ciclo celular mitose e meiose
Aula 8 ciclo celular mitose e meiose
 
Membrana Plasmática
Membrana PlasmáticaMembrana Plasmática
Membrana Plasmática
 
Mitose
MitoseMitose
Mitose
 
Tecido epitelial
Tecido epitelialTecido epitelial
Tecido epitelial
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celular
 
Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1
 
Organização celular 2
Organização celular 2Organização celular 2
Organização celular 2
 
Aula 11 fungos
Aula   11 fungosAula   11 fungos
Aula 11 fungos
 

Semelhante a ribossomos e síntese proteica.pptx

Apresentação2.pdf
Apresentação2.pdfApresentação2.pdf
Apresentação2.pdf
LinoReis1
 
Biologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de BiologiaBiologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de Biologia
natboy51
 
Dna, rna, síntese protéica
Dna, rna, síntese protéicaDna, rna, síntese protéica
Dna, rna, síntese protéica
Larissa Yamazaki
 
17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado
17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado
17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado
Mário Samico Samico
 
Os ácidos nucleicos e a síntese de proteínas
Os ácidos nucleicos e a síntese de proteínasOs ácidos nucleicos e a síntese de proteínas
Os ácidos nucleicos e a síntese de proteínas
Delminda Venancio
 
Aula3 sintese prtn
Aula3 sintese prtnAula3 sintese prtn
Aula3 sintese prtn
Adila Trubat
 
Biologia molecular texto04 (8)final
Biologia molecular texto04 (8)finalBiologia molecular texto04 (8)final
Biologia molecular texto04 (8)final
Lilianm11
 
Acidosnucleicos
AcidosnucleicosAcidosnucleicos
Acidosnucleicos
Iuri Fretta Wiggers
 
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRADESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
MARCIAMP
 
Síntese proteica
Síntese proteicaSíntese proteica
Síntese proteica
Ana Arsénio
 
Transcrição gênica
Transcrição gênicaTranscrição gênica
Transcrição gênica
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Síntese de proteínas: transcrição / tradução
Síntese de proteínas: transcrição / traduçãoSíntese de proteínas: transcrição / tradução
Síntese de proteínas: transcrição / tradução
Gian Zelada
 
Tradução - síntese proteica
Tradução - síntese proteicaTradução - síntese proteica
Tradução - síntese proteica
ceap
 
Síntese de Proteínas
Síntese de ProteínasSíntese de Proteínas
Síntese de Proteínas
Camila Jachetto
 
aula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptx
aula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptxaula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptx
aula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptx
Larissa Paiva
 
2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas
2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas
2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas
Colégio Batista de Mantena
 
Ácidos nucleicos e a síntese proteicappt
Ácidos nucleicos e a síntese proteicapptÁcidos nucleicos e a síntese proteicappt
Ácidos nucleicos e a síntese proteicappt
WellisonBrito1
 
1 s äcidos nucleicos_maio
1 s äcidos nucleicos_maio1 s äcidos nucleicos_maio
1 s äcidos nucleicos_maio
Ionara Urrutia Moura
 
Metabolismo de controle II Síntese de proteínas - aulas 21 a 24
Metabolismo de controle II   Síntese de proteínas - aulas 21 a 24Metabolismo de controle II   Síntese de proteínas - aulas 21 a 24
Metabolismo de controle II Síntese de proteínas - aulas 21 a 24
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Transcrição gênica
Transcrição gênicaTranscrição gênica
Transcrição gênica
Alpha Colégio e Vestibulares
 

Semelhante a ribossomos e síntese proteica.pptx (20)

Apresentação2.pdf
Apresentação2.pdfApresentação2.pdf
Apresentação2.pdf
 
Biologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de BiologiaBiologia Celular: Dogma Central de Biologia
Biologia Celular: Dogma Central de Biologia
 
Dna, rna, síntese protéica
Dna, rna, síntese protéicaDna, rna, síntese protéica
Dna, rna, síntese protéica
 
17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado
17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado
17 09 16 aula 4 e 5 genetica sexta e sabado
 
Os ácidos nucleicos e a síntese de proteínas
Os ácidos nucleicos e a síntese de proteínasOs ácidos nucleicos e a síntese de proteínas
Os ácidos nucleicos e a síntese de proteínas
 
Aula3 sintese prtn
Aula3 sintese prtnAula3 sintese prtn
Aula3 sintese prtn
 
Biologia molecular texto04 (8)final
Biologia molecular texto04 (8)finalBiologia molecular texto04 (8)final
Biologia molecular texto04 (8)final
 
Acidosnucleicos
AcidosnucleicosAcidosnucleicos
Acidosnucleicos
 
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRADESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
ESPECÍFICA REPLIC TRANSC E TRAD
 
Síntese proteica
Síntese proteicaSíntese proteica
Síntese proteica
 
Transcrição gênica
Transcrição gênicaTranscrição gênica
Transcrição gênica
 
Síntese de proteínas: transcrição / tradução
Síntese de proteínas: transcrição / traduçãoSíntese de proteínas: transcrição / tradução
Síntese de proteínas: transcrição / tradução
 
Tradução - síntese proteica
Tradução - síntese proteicaTradução - síntese proteica
Tradução - síntese proteica
 
Síntese de Proteínas
Síntese de ProteínasSíntese de Proteínas
Síntese de Proteínas
 
aula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptx
aula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptxaula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptx
aula-4-nucleo-dogma-centra nucleo cel.pptx
 
2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas
2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas
2016 Frente 1 módulo 7 síntese de proteínas
 
Ácidos nucleicos e a síntese proteicappt
Ácidos nucleicos e a síntese proteicapptÁcidos nucleicos e a síntese proteicappt
Ácidos nucleicos e a síntese proteicappt
 
1 s äcidos nucleicos_maio
1 s äcidos nucleicos_maio1 s äcidos nucleicos_maio
1 s äcidos nucleicos_maio
 
Metabolismo de controle II Síntese de proteínas - aulas 21 a 24
Metabolismo de controle II   Síntese de proteínas - aulas 21 a 24Metabolismo de controle II   Síntese de proteínas - aulas 21 a 24
Metabolismo de controle II Síntese de proteínas - aulas 21 a 24
 
Transcrição gênica
Transcrição gênicaTranscrição gênica
Transcrição gênica
 

ribossomos e síntese proteica.pptx

  • 2. RIBOSSOMOS Ribossomos são organelas não-membranosas, encontradas principalmente em células eucariontes. Tem como principal função a síntese de proteínas. E composto por material genetico somado a algumas proteinas
  • 3. RIBOSSOMOS Geralmente estão livres no citoplasma. Também podem se aderir a membranas de outras organelas, como o reticulo endoplasmático granuloso ou o rugoso (RER). É formado por duas estruturas chamadas de subunidades: maior e menor. Essas duas estruturas se ligam uma há outra, se sobrepondo uma há outra para que seja possível ler o RNAm.
  • 5. ESTRUTURA DOS RIBOSSOMOS Apresentam em suas estruturas três sítios de ligação para o RNAt, como veremos a seguir: Sítio P: nele a molécula de RNAt (transportador) está ligada à cadeia polipeptídica que está sendo formada; Sítio A: nele se encontra o RNAt (transportador) que carrega o próximo aminoácido a ser adicionado na cadeia polipeptídica; Sítio E: após deixar o aminoácido que será adicionado na cadeia polipeptídica, é nesse local que o RNAt (transportador) deixa o ribossomo.
  • 6. RELEMBRANDO! Gene: é uma porção do DNA que guarda informação suficiente para produção de uma proteína. O gene possui uma sequência especifica de ácidos nucleicos (identificados pelas letras A-T-C-G). RNA mensageiro (mRNA): copia a informação diretamente do DNA após a transcrição e leva essa informação para o citoplasma ao encontro do ribossomo. RNA transportador (tRNA): carrega os aminoácidos e junto com os outros RNAs produz a proteína. RNA ribossômico (rRNA): em associação com proteínas, forma o ribossomo, responsável pela síntese proteica. Aminoácidos: unidades formadoras de proteínas.
  • 7. SÍNTESE PROTEÍCA A síntese proteica e dividida em duas etapas: transcrição e tradução. Transcrição: acontece a leitura de um gene para a formação de uma molécula de RNAm, esta etapa ocorre no núcleo. Traducao: ocorre a formação de proteína a partir da informação contida no RNAm. Então entra em ação o ribossomo (contendo RNAr) e o RNAt, que carrega o aminoácido. Esta etapa ocorre no citoplasma ou no retículo endoplasmático rugoso.
  • 8. TRANSCRIÇÃO – PRIMEIRA ETAPA Ocorre ainda dentro do núcleo. Basicamente, essa fase é para ‘’montar’’ o RNAm. Para isso uma grande enzima chamada RNA polymerase entra em ação se ligando ao DNA até encontrar a região promotora, que indica que um gene está começando. Quando o RNA polymerase encontra a sequência de termino, ele acaba a leitura e o RNAm está formado, porém ainda está imaturo. Ainda dentro do núcleo ele passa por um processo chamado de splicing ou processamento do RNAm.
  • 9. PROCESSAMENTO DO RNAm (SPLICING) No RNAm existem porções chamadas de exon e intron. Os íntrons possuem a função reguladora e são eliminados para formação de RNAm maturo. Nesse processo os exons podem sofrer mudanças de local, o que permite o mesmo gene ter sequências diferentes de nucleotídeos e consequentemente produzir proteínas diferentes.
  • 10. RNAm 3 Nucleotídeos = 1 códon Três nucleotídeos constituem um códon, cada códon codifica um aminoácido para a proteína, na próxima fase.. A fita de RNAm carregando a informação vinda do DNA agora vai sair do núcleo, no citoplasma irá acontecer a segunda fase da síntese de proteína.
  • 12. ETAPAS DA TRADUÇÃO A síntese proteica ocorre em 3 etapas sucessivas: 1. Iniciação 2. Alongamento 3. Finalização
  • 13. INICIAÇÃO Nessa etapa ocorre a união das duas subunidades do ribossomo com o RNAm e RNAt, este trazendo o primeiro aminoácido da cadeia polipeptídica.
  • 14. ALONGAMENTO Durante essa etapa, os demais aminoácidos que compõem a cadeia polipeptídica são adicionados. O anticódon do RNAt pareia-se com o RNAm no sítio A. O RNAr (RNA ribossômico) catalisa a formação da ligação peptídica entre o novo aminoácido e a cadeia em formação.
  • 15. ALONGAMENTO O polipeptídio é separado do RNAt presente no sítio P e ligado ao aminoácido do RNAt do sítio A. O RNAt presente no sítio P é deslocado ao sítio E é retirado, em seguida, do ribossomo, enquanto o RNAt do sítio A é deslocado ao sítio P. O RNAm também é deslocado no ribossomo e leva ao sítio A o próximo códon a ser traduzido, dando sequência ao processo até a identificação do códon de término.
  • 16. FINALIZAÇÃO Após a identificação do códon de término, uma proteína, chamada de fator de término, liga-se a esse códon induzindo a ligação de uma molécula de água na porção final da cadeia, fazendo com que ocorra a quebra da ligação entre o peptídio e o RNAt presente no sítio P. O peptídio formado é então liberado através do túnel de término presente na subunidade maior do ribossomo.
  • 18. BIBLIOGRAFIA Citologia: resumo, células e organelas - Toda Matéria (todamateria.com.br) Estrutura e Função dos Ribossomos - Toda Matéria (todamateria.com.br) Ribossomos: aprenda o que é e veja quais são suas funções - Manual do Enem (querobolsa.com.br) Ribossomos: o que são, localização e função - Brasil Escola (uol.com.br) Síntese Proteica: transcrição, tradução e exercícios - Toda Matéria (todamateria.com.br) Síntese Proteica (Parte 1) - Transcrição | Prof. Samuel Cunha – YouTube Síntese Proteica (Parte 2) - Tradução | Prof. Samuel Cunha – YouTube Síntese proteica - Transcrição e Tradução do DNA - YouTube
  • 20. PERGUNTA 1 Onde os ribossomos são formados? a) DNA b) Citoplasma c) Códon d) Nucléolo
  • 21. PERGUNTA 1 Onde os ribossomos são formados? a) DNA b) Citoplasma c) Códon d) Nucléolo
  • 22. PERGUNTA 2 A estrutura do ribossomo apresenta três estruturas de sítios de ligação para o RNAt, quais são elas? a) Sítio P, Sítio G e Sítio A b) Sítio A, Sítio B e Sítio C c) Sítio P, Sítio A e Sítio E d) Sítio D, Sítio E e Sítio B
  • 23. PERGUNTA 2 A estrutura do ribossomo apresenta três estruturas de sítios de ligação para o RNAt, quais são elas? a) Sítio P, Sítio G e Sítio A b) Sítio A, Sítio B e Sítio C c) Sítio P, Sítio A e Sítio E d) Sítio D, Sítio E e Sítio B
  • 24. PERGUNTA 3 Dentre os códons abaixo, qual não representa um códon de terminação? a) UAA b) UAG c) UGA d) AUG
  • 25. PERGUNTA 3 Dentre os códons abaixo, qual não representa um códon de terminação? a) UAA b) UAG c) UGA d) AUG
  • 26. PERGUNTA 4 Quais são as etapas da síntese de proteína? a) Leitura e tradução b) Cópia e leitura c) Transcrição e tradução d) Transcrição e leitura
  • 27. PERGUNTA 4 Quais são as etapas da síntese de proteína? a) Leitura e tradução b) Cópia e leitura c) Transcrição e tradução d) Transcrição e leitura
  • 28. PERGUNTA 5 Quantas etapas a tradução do RNA possui? a) 3 b) 7 c) 5 d) 2
  • 29. PERGUNTA 5 Quantas etapas a tradução do RNA possui? a) 3 b) 7 c) 5 d) 2