SlideShare uma empresa Scribd logo
REVOLUÇÃO
INDUSTRIAL E
IMPERIALISMO –
O MUNDO NO
SÉC. XIX.
ELETIVA: GRANDES GUERRAS MUNDIAIS – PROF. ESTEVÃO - 2024
INDUSTRIALIZAÇÃ
O E IMPERIALISMO
AUMENTO
EXTRAORDINÁRIO DA
POPULAÇÃO MUNDIAL
CRESCIMENTO
POPULACIONA
L - FATORES
• MODERNIZAÇÃO DA
AGRICULTURA E
AUMENTO NA OFERTA
DE ALIMENTOS;
• AVANÇOS NA MEDICINA –
VACINA (VARÍOLA – 1796)
CRESCIMENTO DESORDENADO DA
POPULAÇÃO
• DOENÇAS – FEBRE TIFOIDE,
CÓLERA,
• SUPERESPLORAÇÃO DOS
TRABALHADORES.
• RESISTÊNCIA DOS
TRABALHADORES: SINDICATOS,
GREVES
NOVAS TEORIAS SOCIAIS
LIBERALISMO
SOCIALISMO/COMUNISMO
ANARQUISMO
SEGUNDA
REVOLUÇÃO
INDUSTRIAL -
FATORES
• EXTRAORDINÁRIO
CRESCIMENTO DE
MERCADOS
CONSUMIDORES NA
EUROPA;
• ACUMULAÇÃO DE
CAPITAL DESDE A
PRIMEIRA REVOLUÇÃO
INDUSTRIAL NO SÉC
XVIII.
• AVANÇOS NA CIÊNCIA E
TECNOLOGIA –
INDUSTRIA,
COMUNICAÇÕES E
TRANSPORTES
SIDERURGIA
(1856)
GERADOR DE
ELETRICIDADE
LAMPADA
ELÉTRICA
(1856)
Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY
THOMAS EDSON
MÁQUINAS À
VAPOR DE
CARVÃO
1885: “L'Obéissante” (“O
Obediente”), transporte
coletivo à vapor de Amédée
Bollée
MÁQUINAS À
VAPOR DE
CARVÃO
1892: “Violet”, o primeiro
carro
produzido nos EUA
MOTOR DE
COMBUSTÃO
INTERNA
• Nikolaus Otto e seu motor de
combustão interna movido a gás
(1861)
MOTOR DE
COMBUSTÃO
INTERNA
MOTOR DE COMBUSTÃO INTERNA
Karl Benz, Gottlieb Daimler (da
indústria Daimler-Benz) e o
primeiro modelo de carro com
motor de combustão interna (1885)
RUDOL PH DI ESEL : MOTOR DE ÓL EO VEGETAL EM 1887
PETRÓLEO
TELÉGRAFO(1836
)
Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-NC-ND
TELEFONE
Alexander Graham Bell e
seu sistema telefônico
(1876)
O TAYLORISMO
• ADMINISTRAÇÃO
CIENTÍFICA DO
TRABALHO
• (FREDERICK TAYLOR –
1865/1915)
FORDISMO
HENRY FORD – LINHA
DE MONTAGEM (1913)
LINHA DE
MONTAGEM
DA FORD
O IMPERIALISMO/NEOCOLONIALISMO
• BUSCA POR NOVOS MERCADOS FORNECEDORES DE MATÉRIAS PRIMAS;
• BUSCA POR MAIORES MERCADOS CONSUMIDORES;
• DARWINISMO SOCIAL – “MISSÃO CIVILIZADORA DOS EUROPEUS
O IMPERIALISMO NA ÁFRICA
FRANCESES NA ARGÉLIA
BELGAS NO
CONGO
LEOPOLDO II DA BÉLGICA
RESISTÊNCI
A
• REVOLTA DE BANBATA
• ZULUS (SUL DA ÁFRICA)
CONTRA A DOMINAÇÃO
BRITÂNICA.
REVOLTA
DOS
SIPAIOS
• INDIANOS CONTRA A
DOMINAÇÃO
BRITÂNICA.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a REVOLUÇÃO industrial E IMPERIALISMO.pptx

CAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdf
CAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdfCAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdf
CAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdf
MARCELACARNEIROGOMES
 
capitalismo industrial
capitalismo industrialcapitalismo industrial
capitalismo industrial
anaclarajames
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
Robert Plant
 
Riqueza x Pobreza
Riqueza x PobrezaRiqueza x Pobreza
Riqueza x Pobreza
Professor-Roney
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
felipeimh
 
C30 slides
C30 slidesC30 slides
C30 slides
Walter Lippold
 
A civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIXA civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIX
BeatrizMarques25
 
Oimperialismonasiaenafrica
Oimperialismonasiaenafrica Oimperialismonasiaenafrica
Oimperialismonasiaenafrica
Guilherme Cordeiro
 
revolução industrial
revolução industrialrevolução industrial
revolução industrial
Ana Batista
 
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
Vítor Santos
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMOREVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
Grazi Oliveira
 
A Cultura do Salão: tempo, espaço e local
A Cultura do Salão: tempo, espaço e localA Cultura do Salão: tempo, espaço e local
A Cultura do Salão: tempo, espaço e local
Hca Faro
 
O imperialismo na Ásia e na África
O imperialismo na Ásia e na ÁfricaO imperialismo na Ásia e na África
O imperialismo na Ásia e na África
Patrícia Sanches
 
Enem 2012
Enem 2012Enem 2012
A sociedade industrial e urbana parte 1
A sociedade industrial e urbana   parte 1A sociedade industrial e urbana   parte 1
A sociedade industrial e urbana parte 1
cattonia
 
Capitalismo industrial
Capitalismo industrialCapitalismo industrial
Capitalismo industrial
Elisa Mitye Akiyama
 
5609898
56098985609898
5609898
Adriana Silva
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
eiprofessor
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
eiprofessor
 
Slide conflitos mundiais
Slide  conflitos mundiaisSlide  conflitos mundiais
Slide conflitos mundiais
julio2012souto
 

Semelhante a REVOLUÇÃO industrial E IMPERIALISMO.pptx (20)

CAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdf
CAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdfCAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdf
CAPITALISMO, RIQUEZA E POBRREZA - EJA INICIAL.pdf
 
capitalismo industrial
capitalismo industrialcapitalismo industrial
capitalismo industrial
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
 
Riqueza x Pobreza
Riqueza x PobrezaRiqueza x Pobreza
Riqueza x Pobreza
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
 
C30 slides
C30 slidesC30 slides
C30 slides
 
A civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIXA civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIX
 
Oimperialismonasiaenafrica
Oimperialismonasiaenafrica Oimperialismonasiaenafrica
Oimperialismonasiaenafrica
 
revolução industrial
revolução industrialrevolução industrial
revolução industrial
 
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMOREVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
 
A Cultura do Salão: tempo, espaço e local
A Cultura do Salão: tempo, espaço e localA Cultura do Salão: tempo, espaço e local
A Cultura do Salão: tempo, espaço e local
 
O imperialismo na Ásia e na África
O imperialismo na Ásia e na ÁfricaO imperialismo na Ásia e na África
O imperialismo na Ásia e na África
 
Enem 2012
Enem 2012Enem 2012
Enem 2012
 
A sociedade industrial e urbana parte 1
A sociedade industrial e urbana   parte 1A sociedade industrial e urbana   parte 1
A sociedade industrial e urbana parte 1
 
Capitalismo industrial
Capitalismo industrialCapitalismo industrial
Capitalismo industrial
 
5609898
56098985609898
5609898
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
 
Slide conflitos mundiais
Slide  conflitos mundiaisSlide  conflitos mundiais
Slide conflitos mundiais
 

Último

UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 

REVOLUÇÃO industrial E IMPERIALISMO.pptx