SlideShare uma empresa Scribd logo
Revolução Francesa
A situação da França no século XVIII era de extrema injustiça social na
época do Antigo Regime. A França era um país absolutista nesta época. O
rei governava com poderes absolutos, controlando a economia, a justiça,
a política e até mesmo a religião dos súditos. Havia a falta de
democracia, pois os trabalhadores não podiam votar, nem mesmo dar
opiniões na forma de governo e os oposicionistas eram presos na
Bastilha.
A sociedade francesa do século XVIII era estratificada e hierarquizada. No
topo da pirâmide social, estava o clero que também tinha o privilégio de
não pagar impostos. Abaixo do clero, estava a nobreza formada pelo rei,
sua família, condes, duques, marqueses e outros nobres que viviam de
banquetes e muito luxo na corte. A base da sociedade era formada pelo
terceiro estado trabalhadores, camponeses e burguesia que sustentava
toda a sociedade com seu trabalho e com o pagamento de altos
impostos.
A Revolução Francesa (14/07/1789)
A situação social era tão grave e o nível de insatisfação popular tão grande que o povo foi
às ruas com o objetivo de tomar o poder e arrancar do governo a monarquia comandada
pelo rei Luis XVI. O primeiro alvo dos revolucionários foi a Bastilha. A Queda da Bastilha
em 14/07/1789 marca o início do processo revolucionário, pois a prisão política era o
símbolo da monarquia francesa.
O lema dos revolucionários era "Liberdade, Igualdade e Fraternidade ", pois ele resumia
muito bem os desejos do terceiro estado francês.
Durante o processo revolucionário, grande parte da nobreza deixou a França, porém a
família real foi capturada enquanto tentava fugir do país. Presos, os integrantes da
monarquia, entre eles o rei Luis XVI e sua esposa Maria Antonieta foram guilhotinados
em 1793. O clero também não saiu impune, pois os bens da Igreja foram confiscados
durante a revolução.
No mês de agosto de 1789, a Assembleia Constituinte cancelou todos os direitos feudais
que existiam e promulgou a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Este
importante documento trazia significativos avanços sociais, garantindo direitos iguais aos
cidadãos, além de maior participação política para o povo.
Consequenciais da Revolução francesa
A Revolução Francesa foi um importante marco na História Moderna da nossa
civilização. Significou o fim do sistema absolutista e dos privilégios da nobreza. O povo
ganhou mais autonomia e seus direitos sociais passaram a ser respeitados. A vida dos
trabalhadores urbanos e rurais melhorou significativamente. Por outro lado, a
burguesia conduziu o processo de forma a garantir seu domínio social. As bases de uma
sociedade burguesa e capitalista foram estabelecidas durante a revolução. A Revolução
Francesa também influenciou, com seus ideais iluministas, a independência de alguns
países da América Espanhola e o movimento de Inconfidência Mineira no Brasil.
2°C
Melissa, Alice, Gabrieli, Gislaine, Elisangela
Revolução Francesa
Trabalho dedicado a professora Geisa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

_Resumo Revolução Francesa
_Resumo Revolução Francesa_Resumo Revolução Francesa
_Resumo Revolução Francesa
Lela Leite
 
Revolucao francesa 1
Revolucao francesa 1Revolucao francesa 1
Revolucao francesa 1
sesi8
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Atkinson Junior
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
historiando
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Sebastião Herodes
 
A frança antes da revolução
A frança antes da revoluçãoA frança antes da revolução
A frança antes da revolução
Nelia Salles Nantes
 
A revolução francesa e a mudança na sociedade
A revolução francesa e a mudança na sociedadeA revolução francesa e a mudança na sociedade
A revolução francesa e a mudança na sociedade
Thiago Nunes
 
Revolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E D
Revolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E DRevolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E D
Revolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E D
Tâmara Almeida
 
Regiane e joão slaide hist
Regiane e joão slaide histRegiane e joão slaide hist
Regiane e joão slaide hist
abadiacampos
 
Iris
IrisIris
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fasesRevolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Matheus Alves
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Maria Gomes
 
Revolução francesa
Revolução francesa Revolução francesa
Revolução francesa
Sergio Cardoso
 
7 09 revolucao_francesa_1
7 09 revolucao_francesa_17 09 revolucao_francesa_1
7 09 revolucao_francesa_1
Edvaldo Rodrigues dos Santos
 
Revolucaofrancesa 1789 1799
Revolucaofrancesa 1789 1799Revolucaofrancesa 1789 1799
Revolucaofrancesa 1789 1799
Rondinelly Silva
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Leide Soares Matoso
 
Resumo revolucao francesa
Resumo revolucao francesaResumo revolucao francesa
Resumo revolucao francesa
David Muniz
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
eiprofessor
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
Eduardo Sousa
 

Mais procurados (19)

_Resumo Revolução Francesa
_Resumo Revolução Francesa_Resumo Revolução Francesa
_Resumo Revolução Francesa
 
Revolucao francesa 1
Revolucao francesa 1Revolucao francesa 1
Revolucao francesa 1
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
A frança antes da revolução
A frança antes da revoluçãoA frança antes da revolução
A frança antes da revolução
 
A revolução francesa e a mudança na sociedade
A revolução francesa e a mudança na sociedadeA revolução francesa e a mudança na sociedade
A revolução francesa e a mudança na sociedade
 
Revolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E D
Revolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E DRevolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E D
Revolução Francesa - Prof André Teixeira 1º A,B,C E D
 
Regiane e joão slaide hist
Regiane e joão slaide histRegiane e joão slaide hist
Regiane e joão slaide hist
 
Iris
IrisIris
Iris
 
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fasesRevolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesa Revolução francesa
Revolução francesa
 
7 09 revolucao_francesa_1
7 09 revolucao_francesa_17 09 revolucao_francesa_1
7 09 revolucao_francesa_1
 
Revolucaofrancesa 1789 1799
Revolucaofrancesa 1789 1799Revolucaofrancesa 1789 1799
Revolucaofrancesa 1789 1799
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Resumo revolucao francesa
Resumo revolucao francesaResumo revolucao francesa
Resumo revolucao francesa
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 

Semelhante a Revolução Francesa

Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Ana Vilardouro
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Nilton Silva Jardim Junior
 
Considerar este jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...
Considerar este   jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...Considerar este   jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...
Considerar este jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...
alunoitv
 
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio RomanoRevolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
alunoitv
 
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio RomanoRevolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
alunoitv
 
Revolução Francesa até o final do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o final do Império NapoleonicoRevolução Francesa até o final do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o final do Império Napoleonico
alunoitv
 
Revolução francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução francesa ate o fim do Imperio RomanoRevolução francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução francesa ate o fim do Imperio Romano
alunoitv
 
Revolução Francesa até o fim do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o fim do Império NapoleonicoRevolução Francesa até o fim do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o fim do Império Napoleonico
alunoitv
 
Revolução f rancesa
Revolução f rancesaRevolução f rancesa
Revolução f rancesa
Evellin Rodrigues
 
REVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESAREVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESA
FelipeBicudo1
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
MargarethFranklim
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
mesmoeumesmo
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
Nelia Salles Nantes
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
Nelia Salles Nantes
 
Revolução Francesa por Hobsbawm
Revolução Francesa por HobsbawmRevolução Francesa por Hobsbawm
Revolução Francesa por Hobsbawm
Aléxia Martins
 
Roteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIX
Roteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIXRoteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIX
Roteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIX
josafaslima
 
A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...
A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...
A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...
Fernando Alcoforado
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Janaína Tavares
 
Revolução francesa - Prof. Elvis John
Revolução francesa - Prof. Elvis JohnRevolução francesa - Prof. Elvis John
Revolução francesa - Prof. Elvis John
ElvisJohnR
 
Iris
IrisIris

Semelhante a Revolução Francesa (20)

Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Considerar este jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...
Considerar este   jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...Considerar este   jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...
Considerar este jv e pedro - revoluçao francesa ate o fim do imperio napole...
 
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio RomanoRevolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
 
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio RomanoRevolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução Francesa ate o fim do Imperio Romano
 
Revolução Francesa até o final do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o final do Império NapoleonicoRevolução Francesa até o final do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o final do Império Napoleonico
 
Revolução francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução francesa ate o fim do Imperio RomanoRevolução francesa ate o fim do Imperio Romano
Revolução francesa ate o fim do Imperio Romano
 
Revolução Francesa até o fim do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o fim do Império NapoleonicoRevolução Francesa até o fim do Império Napoleonico
Revolução Francesa até o fim do Império Napoleonico
 
Revolução f rancesa
Revolução f rancesaRevolução f rancesa
Revolução f rancesa
 
REVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESAREVOLUÇÃO FRANCESA
REVOLUÇÃO FRANCESA
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
Revolução Francesa por Hobsbawm
Revolução Francesa por HobsbawmRevolução Francesa por Hobsbawm
Revolução Francesa por Hobsbawm
 
Roteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIX
Roteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIXRoteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIX
Roteiro de Aula - Da Revolução Francesa ao Imperialismo do Séc. XIX
 
A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...
A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...
A social democracia é a solução para o fracasso do liberalismo, do socialismo...
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revolução francesa - Prof. Elvis John
Revolução francesa - Prof. Elvis JohnRevolução francesa - Prof. Elvis John
Revolução francesa - Prof. Elvis John
 
Iris
IrisIris
Iris
 

Mais de E.E. Prof. João Magiano Pinto

As bandeiras de ouro e diamante
As bandeiras de ouro e diamanteAs bandeiras de ouro e diamante
As bandeiras de ouro e diamante
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte
Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte  Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte
Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"
Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"
Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Projeto Politico Pedagógico
Projeto Politico Pedagógico Projeto Politico Pedagógico
Projeto Politico Pedagógico
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Declaração dos Direitos Humanos
Declaração dos Direitos HumanosDeclaração dos Direitos Humanos
Declaração dos Direitos Humanos
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Civilização Indiana
Civilização Indiana Civilização Indiana
Civilização Indiana
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Seminário Japão Antigo
Seminário  Japão AntigoSeminário  Japão Antigo
Seminário Japão Antigo
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
A crise do antigo regime francês
A crise do antigo regime francês A crise do antigo regime francês
A crise do antigo regime francês
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Ascensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão BonaparteAscensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão Bonaparte
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Origens da Cultura Indiana
Origens da Cultura Indiana Origens da Cultura Indiana
Origens da Cultura Indiana
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
República Jacobina e a Fase do Terror
República Jacobina e a Fase do TerrorRepública Jacobina e a Fase do Terror
República Jacobina e a Fase do Terror
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
A queda de Napoleão
A queda de NapoleãoA queda de Napoleão
A queda de Napoleão
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
O Diretório
O DiretórioO Diretório
Primeira Guerra Mundial- 2014
 Primeira Guerra Mundial- 2014 Primeira Guerra Mundial- 2014
Primeira Guerra Mundial- 2014
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
As consequências da Primeira Guerra Mundial
As consequências da Primeira Guerra MundialAs consequências da Primeira Guerra Mundial
As consequências da Primeira Guerra Mundial
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana carolinePaíses que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Mesopotâmia
 Mesopotâmia Mesopotâmia
O Nazismo
O NazismoO Nazismo

Mais de E.E. Prof. João Magiano Pinto (20)

As bandeiras de ouro e diamante
As bandeiras de ouro e diamanteAs bandeiras de ouro e diamante
As bandeiras de ouro e diamante
 
Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte
Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte  Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte
Revolução Francesa:Assembleia Nacional Constituinte
 
Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"
Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"
Pesquisa de Campo "Participação dos Jovens no Processo Político em 2018"
 
Projeto Politico Pedagógico
Projeto Politico Pedagógico Projeto Politico Pedagógico
Projeto Politico Pedagógico
 
Declaração dos Direitos Humanos
Declaração dos Direitos HumanosDeclaração dos Direitos Humanos
Declaração dos Direitos Humanos
 
Civilização Indiana
Civilização Indiana Civilização Indiana
Civilização Indiana
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa Países que foram influenciados pela revolução francesa
Países que foram influenciados pela revolução francesa
 
Seminário Japão Antigo
Seminário  Japão AntigoSeminário  Japão Antigo
Seminário Japão Antigo
 
A crise do antigo regime francês
A crise do antigo regime francês A crise do antigo regime francês
A crise do antigo regime francês
 
Ascensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão BonaparteAscensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão Bonaparte
 
Origens da Cultura Indiana
Origens da Cultura Indiana Origens da Cultura Indiana
Origens da Cultura Indiana
 
República Jacobina e a Fase do Terror
República Jacobina e a Fase do TerrorRepública Jacobina e a Fase do Terror
República Jacobina e a Fase do Terror
 
A queda de Napoleão
A queda de NapoleãoA queda de Napoleão
A queda de Napoleão
 
O Diretório
O DiretórioO Diretório
O Diretório
 
Primeira Guerra Mundial- 2014
 Primeira Guerra Mundial- 2014 Primeira Guerra Mundial- 2014
Primeira Guerra Mundial- 2014
 
As consequências da Primeira Guerra Mundial
As consequências da Primeira Guerra MundialAs consequências da Primeira Guerra Mundial
As consequências da Primeira Guerra Mundial
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana carolinePaíses que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
Países que foram influenciados pela revolução francesa ana caroline
 
Mesopotâmia
 Mesopotâmia Mesopotâmia
Mesopotâmia
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 

Último

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
MatildeBrites
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
MariaFatima425285
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 

Último (20)

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 

Revolução Francesa

  • 1. Revolução Francesa A situação da França no século XVIII era de extrema injustiça social na época do Antigo Regime. A França era um país absolutista nesta época. O rei governava com poderes absolutos, controlando a economia, a justiça, a política e até mesmo a religião dos súditos. Havia a falta de democracia, pois os trabalhadores não podiam votar, nem mesmo dar opiniões na forma de governo e os oposicionistas eram presos na Bastilha. A sociedade francesa do século XVIII era estratificada e hierarquizada. No topo da pirâmide social, estava o clero que também tinha o privilégio de não pagar impostos. Abaixo do clero, estava a nobreza formada pelo rei, sua família, condes, duques, marqueses e outros nobres que viviam de banquetes e muito luxo na corte. A base da sociedade era formada pelo terceiro estado trabalhadores, camponeses e burguesia que sustentava toda a sociedade com seu trabalho e com o pagamento de altos impostos.
  • 2. A Revolução Francesa (14/07/1789) A situação social era tão grave e o nível de insatisfação popular tão grande que o povo foi às ruas com o objetivo de tomar o poder e arrancar do governo a monarquia comandada pelo rei Luis XVI. O primeiro alvo dos revolucionários foi a Bastilha. A Queda da Bastilha em 14/07/1789 marca o início do processo revolucionário, pois a prisão política era o símbolo da monarquia francesa. O lema dos revolucionários era "Liberdade, Igualdade e Fraternidade ", pois ele resumia muito bem os desejos do terceiro estado francês. Durante o processo revolucionário, grande parte da nobreza deixou a França, porém a família real foi capturada enquanto tentava fugir do país. Presos, os integrantes da monarquia, entre eles o rei Luis XVI e sua esposa Maria Antonieta foram guilhotinados em 1793. O clero também não saiu impune, pois os bens da Igreja foram confiscados durante a revolução. No mês de agosto de 1789, a Assembleia Constituinte cancelou todos os direitos feudais que existiam e promulgou a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Este importante documento trazia significativos avanços sociais, garantindo direitos iguais aos cidadãos, além de maior participação política para o povo.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. Consequenciais da Revolução francesa A Revolução Francesa foi um importante marco na História Moderna da nossa civilização. Significou o fim do sistema absolutista e dos privilégios da nobreza. O povo ganhou mais autonomia e seus direitos sociais passaram a ser respeitados. A vida dos trabalhadores urbanos e rurais melhorou significativamente. Por outro lado, a burguesia conduziu o processo de forma a garantir seu domínio social. As bases de uma sociedade burguesa e capitalista foram estabelecidas durante a revolução. A Revolução Francesa também influenciou, com seus ideais iluministas, a independência de alguns países da América Espanhola e o movimento de Inconfidência Mineira no Brasil.
  • 7. 2°C Melissa, Alice, Gabrieli, Gislaine, Elisangela Revolução Francesa Trabalho dedicado a professora Geisa