SlideShare uma empresa Scribd logo
Revisão do discipulado
Te x t o B í b l i c o
"Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho."(Salmos 119.105)
Algumas informações sobre a Bíblia
indispensáveis ao crente:
A palavra bíblia quer dizer "livros" ou seja, um
conjunto de livros reunidos em um só.
A bíblia é a palavra de Deus, porque através
dela, o Senhor se dá a conhecer aos homens. Isso
se chama revelação divina – Deus fez o homem
conhecer fatos.
Deus inspirou os escritores da bíblia, capacitando-
os a receber e transmitir o ensino sem mistura ou
erro – Isso chama-se inspiração divina.
Os 66 livros foram escritos por aproximadamente
40 homens, em dois idiomas principais: hebraico
(AT) e grego (NT).
O tradutor mais conhecido da bíblia
no Brasil para o português é João
Ferreira de Almeida.
Lição 01 - CONHECENDO A BÍBLIA
Lição 02 - CONHECENDO DEUS
Te x t o B í b l i c o
"Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós" (Tiago 4.8a)
Conceito: ser subexistente por si próprio.
Na Bíblia, os nomes Deus mais conhecidos de são:
Deus - Senhor - Jeová - Pai
Os principais atributos de Deus são:
Soberania - chefe, maioral ou supremo.
Eternidade - não teve um inicio de dias e jamais terá um fim.
Imutável - jamais muda em sua natureza e aspecto.
Onisciência - possui todo conhecimento que existe.
Onipresença - está presente em todo tempo e espaço.
Onipotência - pode todas as coisas.
O pai, o Filho e o Espírito Santo (a Santíssima trindade) existem em um só
Deus. (Mateus 3.16,17; João 15.16)
Faz parte de nosso credo religioso, crê na existência da Santíssima Trindade.
Lição 03 - CONHECENDO A SALVAÇÃO
Te x t o B í b l i c o
"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado
entre os homens, pelo qual devamos ser salvos."(Atos 4.12)
Conceitos de Salvação:
É um ato soberano de Deus, onde Ele, através de Cristo Jesus,
deseja salvar a todos, sem exceção.(2 Coríntios 5.18,19; Tito 2.11)
Um ato da infinita misericórdia de Deus
Necessidades da salvação:
Origem do pecado (Romanos 3.23)
A herança do pecado - a natureza pecaminosa (Romanos 5.12 - 14)
Efeitos do pecado: Morte, medo, enfermidades, etc
Três aspectos da Salvação:
Justificação - Instantâneo
Regeneração - instantâneo e progressivo
Santificação - progressivo.
Lição 04 - CONHECENDO A IGREJA
Conceito - A palavra igreja quer dizer uma reunião de pessoas chamadas para fora.
Todos os crentes espalhados pelo mundo formam a igreja.
Aspecto da igreja:
Local e Universal
Visível e invisível
Símbolos da igreja:
Corpo - organismo vivo, com muitos membros.
Templo - cada crente é um templo de Deus.
Noiva - "apresentar como uma virgem pura a
um marido, a saber, a Cristo" (2 Co 11.2)
Família - fazemos parte da família real e
divina (Mateus 12.50)
Te x t o B í b l i c o
"Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos,
e da família de Deus"(Efésios 2.19)
Lição 04 - CONHECENDO A IGREJA
Te x t o B í b l i c o
"Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos,
e da família de Deus"(Efésios 2.19)
Objetivos da igreja:
Evangelizar o mundo.
Lugar para o crente cultuar a Deus.
Lugar para o crente praticar a mordomia cristã.
Lugar para o ensino da disciplina e norma de conduta cristã.
As duas ordenanças da igreja:
o batismo em águas - é um testemunho público da confissão cristã
a santa ceia do Senhor: Pão e vinho(os dois elementos).
Lição 05 - CONHECENDO O VALOR DA ORAÇÃO
Te x t o B í b l i c o
"Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não
chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez,
e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto"(Tiago 5.17,18)
Definição:
Falar com Deus - "é um dialogo que mantemos com o Pai celestial."
É ter comunhão com Deus - "participação de crenças e ideias"
Não é rezar - repetições de citações elaboradas por alguém.
Posições de orar: de joelhos, de pé, sentado, deitado, etc
Locais de orar: no templo, em particular, em família, etc.
Devemos orar: Ao dormir, ao acordar, sempre(1 Ts 5.17)
Lição 06 - O DISCÍPULO E A FÉ
Te x t o B í b l i c o
"ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se
não vêem" (Hebreus 11.1)
Algumas observações sobre fé:
Jesus é o autor e consumador de nossa fé (Hebreus
12.2)
Sem fé é impossível agradar a Deus(Hebreus 12.2)
A fé nasce na vida de cada um quando se ouve a
palavra de Deus ou seja, é um processo progressivo e
não instantâneo.
Temos que exercitar (praticar) nossa fé
Os tipos de fé:
Fé para salvação - é onde tudo começa.
Fé vitoriosa - confiança plena em Deus
Dom da fé - um dos nove dons espirituais
(sobrenatural)
Dimensões da fé
Sem fé
Pouca fé
Lição 07 - O DISCÍPULO E A OBEDIÊNCIA
Te x t o B í b l i c o
"Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios,
como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o
sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros" (1 Samuel 15.22)
Conceito: Obediência é o ato de submeter-se à alguém
A quem devemos ser obedientes?
A Deus - espiritualmente
Aos pais - familiarmente
Aos patrões - superiores
Aos nossos pastores e lideres - no âmbito da eklesia.
Exemplo de obediência:
AT - Abrão: "Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que
havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia."(Hebreus 11.8)
NT - Paulo: "Por isso, ó rei Agripa, não fui desobediente à visão celestial."(Atos
26.19)
Efeitos da obediência:
Tem o Espírito Santo - Atos 5.32
São inabaláveis - Mateus 7.24
São conhecidos de Deus - Romanos 16.19
Glorificam a Deus - 2 Coríntios 9.13
Lição 08 - O DISCÍPULO E O DÍZIMO
T e x t o B í b l i c o
"Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova
de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre
vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes" (Malaquias 3.10)
Verdades sobre o dízimo:
Dízimo é pagar, entregar ou devolver a décima parta de TUDO que se ganha a D
Não é obrigatório e sim voluntário
É um ato de fé nas promessas de Deus
É uma forma de gratidão a Deus.
É ajudar na obra de Deus aqui na terra.
Dízimo no AT:
Nos dia de Abraão (Gênesis 14.24)
Nos dias de Jacó (Gênesis 28.18-22)
Nos dias de Moises (Deuteronômio 26.1-15)
Dízimo no NT:
Jesus e o dízimo (Mateus 23.23,24)
Nas epistolas (1 Coríntios 16.2; 2 Coríntios 9.7)
Lição 09 - O DISCÍPULO E O ESPÍRITO SANTO
Te x t o B í b l i c o
"Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis
testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos
confins da terra" (Atos 1.8)
Conceito: Espírito Santo é a terceira pessoa da trindade. Ele é Deus
igualmente ao Pai
e ao Filho.
Provas bíblicas de sua divindade:
Onipotente - pode todas as coisas
Onisciente - sabe todas as coisas (Salmos 139.7; 1 Co 2.11)
Onipresente - Está presente em todos os lugares ao mesmo tempo.
(Jeremias 23.23,24)
Provas de sua personalidade:
Vontade própria (1 Coríntios 12.11)
Ele se entristece (Efésios 4.30)
Tem ciúmes (Tiago 4.5)
Fala e ordena (Atos 13.2)
Ensina (João 14.26)
Intercede (Romanos 8.26)
Lição 09 - O DISCÍPULO E O ESPÍRITO SANTO
Nomes do Espírito Santo
Espírito de Deus (Lucas 4.18)
Espírito do Senhor (Lucas 11.20)
Consolador (João 14.16,26)
Espírito de Cristo (Romanos 8.9)
Espírito de Graça (2 Coríntios 12.9)
Espírito de Verdade (João 14.17)
Espírito de Vida (Romanos 8.11)
Símbolos do Espírito Santo
Fogo (Mateus 3.11)
Vento (João 3.8)
Água (João 7.37)
Selo (Efésios 1.13,14)
Azeite (Lucas 4.18)
Pomba (Mateus 3.16)
Te x t o B í b l i c o
"Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis
testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos
confins da terra" (Atos 1.8)
Lição 09 - O DISCÍPULO E O ESPÍRITO SANTO
Obras do Espírito Santo
No pecador:
"E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do
juízo." (João 16.8)
No crente:
Consola, conduz, ensina, concede poder, intercede, santifica, Produz
frutos, concede dons espirituais.
Na igreja:
Na obra missionária, na pregação, na oração
Te x t o B í b l i c o
"Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis
testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos
confins da terra" (Atos 1.8)
Lição 10-O DISCÍPULO VIVENDO CHEIO DO ESPÍRITO
Te x t o B í b l i c o
"E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos
do Espírito"(Efésios 5.18)
Todo crente recebe o Espírito Santo:
No momento da conversão (Atos 19.2)
Como promessa e garantia da salvação (2 Coríntios 1.22;
Efésios 1.13,14)
O que é o batismo no Espírito Santo?
Uma promessa do Pai (Joel 2.28,29)
Um revestimento de poder (Lucas 24.49)
Uma necessidade (Atos 19.6)
Dádivas do Espírito Santo
Os frutos do Espírito (Gálatas 5.22)
Os dons espirituais (1 Coríntios 12.8-10)
Lição 11 - O DISCÍPULO E OS DONS DO E. SANTO
Te x t o B í b l i c o
"Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes"(1 Coríntios 12.1)
Conceito:
Dom - presente, dádiva. Capacitação sobrenatural. Uma manifestação
sobrenatural.
Classificação dos dons:
Dons de revelação
Palavra da sabedoria (v.8)
Palavra da ciência (v.8)
Discernimento de espírito (v.10)
Dons de poder
Fé (v.9)
Curar (v.9)
Operação de maravilhas (v.10)
Dons de inspiração ou verbais
Profecia (v.10)
Variedade de línguas (v.10)
Interpretação de línguas (v.10)
Lição 12 - O DISCÍPULO E O FRUTO DO E. SANTO
Te x t o B í b l i c o
"Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé,
mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei." (Gálatas 5.22,23)
Definição: - São nove virtudes ou qualidades da personalidade de Deus
implantada pelo Espírito Santo no crente.
O fruto do Espírito Santo representa:
O caráter do Cristão - as minhas ações me dizem quem eu sou.
A maturidade cristã - união, limpeza, frutificação, pacificação, etc.
Lição 12 - O DISCÍPULO E O FRUTO DO E. SANTO
Classificações do fruto do Espírito Santo:
Qualidades Universais - o nosso relacionamento com Deus.
Amor
Gozo ou alegria
Paz
Qualidades sociais - o nosso relacionamento com os cristãos.
Longanimidade
Benignidade
Bondade.
Demais qualidades - vida intima ou pessoal do cristão.
Fé ou fidelidade
Mansidão
Temperança - auto controle.
Te x t o B í b l i c o
"Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé,
mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei." (Gálatas 5.22,23)
Lição 12 - O DISCÍPULO E O FRUTO DO E. SANTO
DISTINÇÃO ENTRE OS DONS E O FRUTO
1. Os dons são dados - O fruto é gerado.
2. Os dons vêm após o batismo no Espírito Santo - O fruto é na conversão.
3. Os dons são de fora para dentro - O fruto vem do interior.
4. Os dons já vem completo - O fruto requer tempo para crescer.
5. Os dons são dotação de poder para o crente - O fruto expressa o seu caráter.
6. Os dons são distintos - O fruto é indivisível.
7. Os dons confere poder - O fruto confere autoridade.
8. Os dons comunicam espiritualidade - O fruto irrepreensão.
9. Os dons identificam o que fazemos - O fruto mostra o que somos.
10. O mais interessante é que os dons podem ser imitados - Porém o fruto nunca o
Te x t o B í b l i c o
"Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé,
mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei." (Gálatas 5.22,23)
Lição 13 - O DISCÍPULO E O EVANGELISMO
Te x t o B í b l i c o
"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura."(Marcos 16.15)
O que é o evangelismo?
É o emprego da palavra de Deus por todo os crentes, com o sincero desejo
de ganhar para Cristo em todos os lugares, em todo o tempo e por todos os meios.
Por que devemos evangelizar?
Todos precisam de um salvador
Recebemos uma ordem do Senhor Jesus
Onde devemos evangelizar?
Nos cultos, Nos lares, Nos trabalhos, Nos transportes,
nos hospitais, penitenciarias e outras instituições públicas.
Em todos os lugares.
Requisitos necessários para evangelizar
Ler e estudar a bíblia.
Amor pelas almas
Ter vida santa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de DeusO Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de Deus
José Silva
 
Qual o real significado do batismo
Qual o real significado do batismoQual o real significado do batismo
Qual o real significado do batismo
Julio MontSant
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvação
Josue Lima
 
O batismo nas águas
O  batismo nas águasO  batismo nas águas
O batismo nas águas
Marcelo Santos
 
Cristologia aula01
Cristologia aula01Cristologia aula01
Cristologia aula01
Pastor W. Costa
 
O espirito santo de deus
O  espirito  santo  de  deusO  espirito  santo  de  deus
O espirito santo de deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Éder Tomé
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Lição 8 - A ordenança da Ceia do Senhor
Lição 8 - A ordenança da Ceia do SenhorLição 8 - A ordenança da Ceia do Senhor
Lição 8 - A ordenança da Ceia do Senhor
Éder Tomé
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
RODRIGO FERREIRA
 
Lição 1 - A Doutrina da Trindade
Lição 1 - A Doutrina da TrindadeLição 1 - A Doutrina da Trindade
Lição 1 - A Doutrina da Trindade
Éder Tomé
 
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Presentepravoce SOS
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
guestc5d870
 
8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo
Moisés Sampaio
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
Alberto Nery
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
Joselito Machado
 
Lição 5 Poder irresistível da comunhão na igreja
Lição 5   Poder irresistível da comunhão na igrejaLição 5   Poder irresistível da comunhão na igreja
Lição 5 Poder irresistível da comunhão na igreja
Wander Sousa
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Éder Tomé
 
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
Romulo Roosemberg
 

Mais procurados (20)

O Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de DeusO Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de Deus
 
Qual o real significado do batismo
Qual o real significado do batismoQual o real significado do batismo
Qual o real significado do batismo
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvação
 
O batismo nas águas
O  batismo nas águasO  batismo nas águas
O batismo nas águas
 
Cristologia aula01
Cristologia aula01Cristologia aula01
Cristologia aula01
 
O espirito santo de deus
O  espirito  santo  de  deusO  espirito  santo  de  deus
O espirito santo de deus
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
Lição 8 - A ordenança da Ceia do Senhor
Lição 8 - A ordenança da Ceia do SenhorLição 8 - A ordenança da Ceia do Senhor
Lição 8 - A ordenança da Ceia do Senhor
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
Lição 1 - A Doutrina da Trindade
Lição 1 - A Doutrina da TrindadeLição 1 - A Doutrina da Trindade
Lição 1 - A Doutrina da Trindade
 
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
 
Lição 5 Poder irresistível da comunhão na igreja
Lição 5   Poder irresistível da comunhão na igrejaLição 5   Poder irresistível da comunhão na igreja
Lição 5 Poder irresistível da comunhão na igreja
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
 
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
 

Destaque

Discipulado 1 aluno -
Discipulado 1   aluno -Discipulado 1   aluno -
Discipulado 1 aluno -
Deonice E Orlando Sazonov
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Prof. Robson Santos
 
DISICIPULADO 2 - ALUNO
DISICIPULADO 2 - ALUNODISICIPULADO 2 - ALUNO
DISICIPULADO 2 - ALUNO
Deonice E Orlando Sazonov
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.02
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.02Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.02
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.02
Arthur Luna
 
Conhecendo a deus
Conhecendo a deusConhecendo a deus
Conhecendo a deus
Jesus Cristo
 
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Josue Lima
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 05 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 05 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 05 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 05 - caruaru- 2014
Arthur Luna
 
Conhecendo a Bíblia
Conhecendo a BíbliaConhecendo a Bíblia
Conhecendo a Bíblia
Erberson Pinheiro
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 01 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 01 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 01 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 01 - caruaru- 2014
Arthur Luna
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 04 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 04 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 04 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 04 - caruaru- 2014
Arthur Luna
 
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDO professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
Valdinar Viana
 
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesus
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesusDISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesus
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesus
Natalino das Neves Neves
 
Discipulado para Novos Crentes
Discipulado para Novos Crentes  Discipulado para Novos Crentes
Discipulado para Novos Crentes
Eduardo Sales de lima
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.01
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.01Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.01
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.01
Arthur Luna
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 03 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 03 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 03 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 03 - caruaru- 2014
Arthur Luna
 
Conhecendo a bíblia sagrada
Conhecendo a bíblia sagradaConhecendo a bíblia sagrada
Conhecendo a bíblia sagrada
Adão Brás AB
 
Conhecendo a biblia
Conhecendo a bibliaConhecendo a biblia
Conhecendo a biblia
Fabio Oleszczuk
 
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaLição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Erberson Pinheiro
 

Destaque (20)

Discipulado 1 aluno -
Discipulado 1   aluno -Discipulado 1   aluno -
Discipulado 1 aluno -
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
 
DISICIPULADO 2 - ALUNO
DISICIPULADO 2 - ALUNODISICIPULADO 2 - ALUNO
DISICIPULADO 2 - ALUNO
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.02
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.02Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.02
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.02
 
Conhecendo a deus
Conhecendo a deusConhecendo a deus
Conhecendo a deus
 
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 05 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 05 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 05 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 05 - caruaru- 2014
 
Conhecendo a Bíblia
Conhecendo a BíbliaConhecendo a Bíblia
Conhecendo a Bíblia
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 01 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 01 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 01 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 01 - caruaru- 2014
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 04 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 04 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 04 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 04 - caruaru- 2014
 
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDO professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
 
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesus
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesusDISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesus
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 1 - Quem é jesus
 
Discipulado para Novos Crentes
Discipulado para Novos Crentes  Discipulado para Novos Crentes
Discipulado para Novos Crentes
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.01
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.01Discipulado ciclo básico ieadp   aula 02 - caruaru- 2014 part.01
Discipulado ciclo básico ieadp aula 02 - caruaru- 2014 part.01
 
Discipulado ciclo básico ieadp aula 03 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp   aula 03 - caruaru- 2014Discipulado ciclo básico ieadp   aula 03 - caruaru- 2014
Discipulado ciclo básico ieadp aula 03 - caruaru- 2014
 
Conhecendo a bíblia sagrada
Conhecendo a bíblia sagradaConhecendo a bíblia sagrada
Conhecendo a bíblia sagrada
 
Conhecendo a biblia
Conhecendo a bibliaConhecendo a biblia
Conhecendo a biblia
 
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 1 - AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO
 
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
 
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaLição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
 

Semelhante a Revisão do discipulado

007 conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf
007   conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf007   conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf
007 conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf
airtonbatista
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
Tiago Silva
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
CursosTeologicos
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
faculdadeteologica
 
Dp16 a oracao
Dp16 a oracaoDp16 a oracao
Dp16 a oracao
Elsa Matânia
 
Teologia
TeologiaTeologia
Apostila 01
Apostila 01Apostila 01
Apostila 01
marcelo olegario
 
Apostila 011
Apostila 011Apostila 011
Apostila 011
Omar Gebara
 
Apostila 01 angelologia
Apostila 01   angelologiaApostila 01   angelologia
Apostila 01 angelologia
Queli Souza
 
Apostila 01
Apostila 01Apostila 01
Apostila 01
Apostila 01Apostila 01
Apostila 01
Omar Gebara
 
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicasTeologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
Joel O. Silva
 
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicasTeologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
Joel da Silva
 
A santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteA santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crente
Eder L. Souza
 
Oração: a força do reavivamento resumo 232013
Oração: a força do reavivamento resumo 232013Oração: a força do reavivamento resumo 232013
Oração: a força do reavivamento resumo 232013
Gerson G. Ramos
 
Seminário de apresentação para o estudo do livro Nisto Cremos
Seminário de apresentação para o estudo do livro Nisto CremosSeminário de apresentação para o estudo do livro Nisto Cremos
Seminário de apresentação para o estudo do livro Nisto Cremos
TullyEhlers1
 
Luzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosantoLuzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosanto
Luiza Dayana
 
1ª o espírito santo na vida do crente
1ª o espírito santo na vida do crente1ª o espírito santo na vida do crente
1ª o espírito santo na vida do crente
FUNVIC
 

Semelhante a Revisão do discipulado (20)

007 conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf
007   conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf007   conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf
007 conhecimento de deus - j.i.packer - espirito-vf
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
 
Dp16 a oracao
Dp16 a oracaoDp16 a oracao
Dp16 a oracao
 
Teologia
TeologiaTeologia
Teologia
 
Apostila 01
Apostila 01Apostila 01
Apostila 01
 
Apostila 011
Apostila 011Apostila 011
Apostila 011
 
Apostila 01 angelologia
Apostila 01   angelologiaApostila 01   angelologia
Apostila 01 angelologia
 
Apostila 01
Apostila 01Apostila 01
Apostila 01
 
Apostila 01
Apostila 01Apostila 01
Apostila 01
 
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicasTeologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
 
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicasTeologia. 1 doutrinas bíblicas
Teologia. 1 doutrinas bíblicas
 
A santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteA santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crente
 
Oração: a força do reavivamento resumo 232013
Oração: a força do reavivamento resumo 232013Oração: a força do reavivamento resumo 232013
Oração: a força do reavivamento resumo 232013
 
Seminário de apresentação para o estudo do livro Nisto Cremos
Seminário de apresentação para o estudo do livro Nisto CremosSeminário de apresentação para o estudo do livro Nisto Cremos
Seminário de apresentação para o estudo do livro Nisto Cremos
 
Luzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosantoLuzparavida espiritosanto
Luzparavida espiritosanto
 
1ª o espírito santo na vida do crente
1ª o espírito santo na vida do crente1ª o espírito santo na vida do crente
1ª o espírito santo na vida do crente
 

Mais de Valdinar Viana

Ultima lição de 2014 10
Ultima lição de 2014 10Ultima lição de 2014 10
Ultima lição de 2014 10
Valdinar Viana
 
O Professor Precisa Saber - Nosso Credo
O Professor Precisa Saber - Nosso CredoO Professor Precisa Saber - Nosso Credo
O Professor Precisa Saber - Nosso Credo
Valdinar Viana
 
Maratona da ebd 2014
Maratona da  ebd   2014Maratona da  ebd   2014
Maratona da ebd 2014
Valdinar Viana
 
Missões Virtuais
Missões VirtuaisMissões Virtuais
Missões Virtuais
Valdinar Viana
 
O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!
O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!
O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!
Valdinar Viana
 
O jovem cristão e o uso da internet
O jovem cristão e o uso da internetO jovem cristão e o uso da internet
O jovem cristão e o uso da internet
Valdinar Viana
 

Mais de Valdinar Viana (6)

Ultima lição de 2014 10
Ultima lição de 2014 10Ultima lição de 2014 10
Ultima lição de 2014 10
 
O Professor Precisa Saber - Nosso Credo
O Professor Precisa Saber - Nosso CredoO Professor Precisa Saber - Nosso Credo
O Professor Precisa Saber - Nosso Credo
 
Maratona da ebd 2014
Maratona da  ebd   2014Maratona da  ebd   2014
Maratona da ebd 2014
 
Missões Virtuais
Missões VirtuaisMissões Virtuais
Missões Virtuais
 
O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!
O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!
O professor (EBD) precisa saber - Bíblia!
 
O jovem cristão e o uso da internet
O jovem cristão e o uso da internetO jovem cristão e o uso da internet
O jovem cristão e o uso da internet
 

Último

Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 

Último (20)

Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 

Revisão do discipulado

  • 2. Te x t o B í b l i c o "Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho."(Salmos 119.105) Algumas informações sobre a Bíblia indispensáveis ao crente: A palavra bíblia quer dizer "livros" ou seja, um conjunto de livros reunidos em um só. A bíblia é a palavra de Deus, porque através dela, o Senhor se dá a conhecer aos homens. Isso se chama revelação divina – Deus fez o homem conhecer fatos. Deus inspirou os escritores da bíblia, capacitando- os a receber e transmitir o ensino sem mistura ou erro – Isso chama-se inspiração divina. Os 66 livros foram escritos por aproximadamente 40 homens, em dois idiomas principais: hebraico (AT) e grego (NT). O tradutor mais conhecido da bíblia no Brasil para o português é João Ferreira de Almeida. Lição 01 - CONHECENDO A BÍBLIA
  • 3. Lição 02 - CONHECENDO DEUS Te x t o B í b l i c o "Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós" (Tiago 4.8a) Conceito: ser subexistente por si próprio. Na Bíblia, os nomes Deus mais conhecidos de são: Deus - Senhor - Jeová - Pai Os principais atributos de Deus são: Soberania - chefe, maioral ou supremo. Eternidade - não teve um inicio de dias e jamais terá um fim. Imutável - jamais muda em sua natureza e aspecto. Onisciência - possui todo conhecimento que existe. Onipresença - está presente em todo tempo e espaço. Onipotência - pode todas as coisas. O pai, o Filho e o Espírito Santo (a Santíssima trindade) existem em um só Deus. (Mateus 3.16,17; João 15.16) Faz parte de nosso credo religioso, crê na existência da Santíssima Trindade.
  • 4. Lição 03 - CONHECENDO A SALVAÇÃO Te x t o B í b l i c o "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos."(Atos 4.12) Conceitos de Salvação: É um ato soberano de Deus, onde Ele, através de Cristo Jesus, deseja salvar a todos, sem exceção.(2 Coríntios 5.18,19; Tito 2.11) Um ato da infinita misericórdia de Deus Necessidades da salvação: Origem do pecado (Romanos 3.23) A herança do pecado - a natureza pecaminosa (Romanos 5.12 - 14) Efeitos do pecado: Morte, medo, enfermidades, etc Três aspectos da Salvação: Justificação - Instantâneo Regeneração - instantâneo e progressivo Santificação - progressivo.
  • 5. Lição 04 - CONHECENDO A IGREJA Conceito - A palavra igreja quer dizer uma reunião de pessoas chamadas para fora. Todos os crentes espalhados pelo mundo formam a igreja. Aspecto da igreja: Local e Universal Visível e invisível Símbolos da igreja: Corpo - organismo vivo, com muitos membros. Templo - cada crente é um templo de Deus. Noiva - "apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo" (2 Co 11.2) Família - fazemos parte da família real e divina (Mateus 12.50) Te x t o B í b l i c o "Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus"(Efésios 2.19)
  • 6. Lição 04 - CONHECENDO A IGREJA Te x t o B í b l i c o "Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus"(Efésios 2.19) Objetivos da igreja: Evangelizar o mundo. Lugar para o crente cultuar a Deus. Lugar para o crente praticar a mordomia cristã. Lugar para o ensino da disciplina e norma de conduta cristã. As duas ordenanças da igreja: o batismo em águas - é um testemunho público da confissão cristã a santa ceia do Senhor: Pão e vinho(os dois elementos).
  • 7. Lição 05 - CONHECENDO O VALOR DA ORAÇÃO Te x t o B í b l i c o "Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto"(Tiago 5.17,18) Definição: Falar com Deus - "é um dialogo que mantemos com o Pai celestial." É ter comunhão com Deus - "participação de crenças e ideias" Não é rezar - repetições de citações elaboradas por alguém. Posições de orar: de joelhos, de pé, sentado, deitado, etc Locais de orar: no templo, em particular, em família, etc. Devemos orar: Ao dormir, ao acordar, sempre(1 Ts 5.17)
  • 8. Lição 06 - O DISCÍPULO E A FÉ Te x t o B í b l i c o "ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem" (Hebreus 11.1) Algumas observações sobre fé: Jesus é o autor e consumador de nossa fé (Hebreus 12.2) Sem fé é impossível agradar a Deus(Hebreus 12.2) A fé nasce na vida de cada um quando se ouve a palavra de Deus ou seja, é um processo progressivo e não instantâneo. Temos que exercitar (praticar) nossa fé Os tipos de fé: Fé para salvação - é onde tudo começa. Fé vitoriosa - confiança plena em Deus Dom da fé - um dos nove dons espirituais (sobrenatural) Dimensões da fé Sem fé Pouca fé
  • 9. Lição 07 - O DISCÍPULO E A OBEDIÊNCIA Te x t o B í b l i c o "Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros" (1 Samuel 15.22) Conceito: Obediência é o ato de submeter-se à alguém A quem devemos ser obedientes? A Deus - espiritualmente Aos pais - familiarmente Aos patrões - superiores Aos nossos pastores e lideres - no âmbito da eklesia. Exemplo de obediência: AT - Abrão: "Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia."(Hebreus 11.8) NT - Paulo: "Por isso, ó rei Agripa, não fui desobediente à visão celestial."(Atos 26.19) Efeitos da obediência: Tem o Espírito Santo - Atos 5.32 São inabaláveis - Mateus 7.24 São conhecidos de Deus - Romanos 16.19 Glorificam a Deus - 2 Coríntios 9.13
  • 10. Lição 08 - O DISCÍPULO E O DÍZIMO T e x t o B í b l i c o "Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes" (Malaquias 3.10) Verdades sobre o dízimo: Dízimo é pagar, entregar ou devolver a décima parta de TUDO que se ganha a D Não é obrigatório e sim voluntário É um ato de fé nas promessas de Deus É uma forma de gratidão a Deus. É ajudar na obra de Deus aqui na terra. Dízimo no AT: Nos dia de Abraão (Gênesis 14.24) Nos dias de Jacó (Gênesis 28.18-22) Nos dias de Moises (Deuteronômio 26.1-15) Dízimo no NT: Jesus e o dízimo (Mateus 23.23,24) Nas epistolas (1 Coríntios 16.2; 2 Coríntios 9.7)
  • 11. Lição 09 - O DISCÍPULO E O ESPÍRITO SANTO Te x t o B í b l i c o "Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra" (Atos 1.8) Conceito: Espírito Santo é a terceira pessoa da trindade. Ele é Deus igualmente ao Pai e ao Filho. Provas bíblicas de sua divindade: Onipotente - pode todas as coisas Onisciente - sabe todas as coisas (Salmos 139.7; 1 Co 2.11) Onipresente - Está presente em todos os lugares ao mesmo tempo. (Jeremias 23.23,24) Provas de sua personalidade: Vontade própria (1 Coríntios 12.11) Ele se entristece (Efésios 4.30) Tem ciúmes (Tiago 4.5) Fala e ordena (Atos 13.2) Ensina (João 14.26) Intercede (Romanos 8.26)
  • 12. Lição 09 - O DISCÍPULO E O ESPÍRITO SANTO Nomes do Espírito Santo Espírito de Deus (Lucas 4.18) Espírito do Senhor (Lucas 11.20) Consolador (João 14.16,26) Espírito de Cristo (Romanos 8.9) Espírito de Graça (2 Coríntios 12.9) Espírito de Verdade (João 14.17) Espírito de Vida (Romanos 8.11) Símbolos do Espírito Santo Fogo (Mateus 3.11) Vento (João 3.8) Água (João 7.37) Selo (Efésios 1.13,14) Azeite (Lucas 4.18) Pomba (Mateus 3.16) Te x t o B í b l i c o "Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra" (Atos 1.8)
  • 13. Lição 09 - O DISCÍPULO E O ESPÍRITO SANTO Obras do Espírito Santo No pecador: "E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo." (João 16.8) No crente: Consola, conduz, ensina, concede poder, intercede, santifica, Produz frutos, concede dons espirituais. Na igreja: Na obra missionária, na pregação, na oração Te x t o B í b l i c o "Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra" (Atos 1.8)
  • 14. Lição 10-O DISCÍPULO VIVENDO CHEIO DO ESPÍRITO Te x t o B í b l i c o "E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito"(Efésios 5.18) Todo crente recebe o Espírito Santo: No momento da conversão (Atos 19.2) Como promessa e garantia da salvação (2 Coríntios 1.22; Efésios 1.13,14) O que é o batismo no Espírito Santo? Uma promessa do Pai (Joel 2.28,29) Um revestimento de poder (Lucas 24.49) Uma necessidade (Atos 19.6) Dádivas do Espírito Santo Os frutos do Espírito (Gálatas 5.22) Os dons espirituais (1 Coríntios 12.8-10)
  • 15. Lição 11 - O DISCÍPULO E OS DONS DO E. SANTO Te x t o B í b l i c o "Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes"(1 Coríntios 12.1) Conceito: Dom - presente, dádiva. Capacitação sobrenatural. Uma manifestação sobrenatural. Classificação dos dons: Dons de revelação Palavra da sabedoria (v.8) Palavra da ciência (v.8) Discernimento de espírito (v.10) Dons de poder Fé (v.9) Curar (v.9) Operação de maravilhas (v.10) Dons de inspiração ou verbais Profecia (v.10) Variedade de línguas (v.10) Interpretação de línguas (v.10)
  • 16. Lição 12 - O DISCÍPULO E O FRUTO DO E. SANTO Te x t o B í b l i c o "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei." (Gálatas 5.22,23) Definição: - São nove virtudes ou qualidades da personalidade de Deus implantada pelo Espírito Santo no crente. O fruto do Espírito Santo representa: O caráter do Cristão - as minhas ações me dizem quem eu sou. A maturidade cristã - união, limpeza, frutificação, pacificação, etc.
  • 17. Lição 12 - O DISCÍPULO E O FRUTO DO E. SANTO Classificações do fruto do Espírito Santo: Qualidades Universais - o nosso relacionamento com Deus. Amor Gozo ou alegria Paz Qualidades sociais - o nosso relacionamento com os cristãos. Longanimidade Benignidade Bondade. Demais qualidades - vida intima ou pessoal do cristão. Fé ou fidelidade Mansidão Temperança - auto controle. Te x t o B í b l i c o "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei." (Gálatas 5.22,23)
  • 18. Lição 12 - O DISCÍPULO E O FRUTO DO E. SANTO DISTINÇÃO ENTRE OS DONS E O FRUTO 1. Os dons são dados - O fruto é gerado. 2. Os dons vêm após o batismo no Espírito Santo - O fruto é na conversão. 3. Os dons são de fora para dentro - O fruto vem do interior. 4. Os dons já vem completo - O fruto requer tempo para crescer. 5. Os dons são dotação de poder para o crente - O fruto expressa o seu caráter. 6. Os dons são distintos - O fruto é indivisível. 7. Os dons confere poder - O fruto confere autoridade. 8. Os dons comunicam espiritualidade - O fruto irrepreensão. 9. Os dons identificam o que fazemos - O fruto mostra o que somos. 10. O mais interessante é que os dons podem ser imitados - Porém o fruto nunca o Te x t o B í b l i c o "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei." (Gálatas 5.22,23)
  • 19. Lição 13 - O DISCÍPULO E O EVANGELISMO Te x t o B í b l i c o "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura."(Marcos 16.15) O que é o evangelismo? É o emprego da palavra de Deus por todo os crentes, com o sincero desejo de ganhar para Cristo em todos os lugares, em todo o tempo e por todos os meios. Por que devemos evangelizar? Todos precisam de um salvador Recebemos uma ordem do Senhor Jesus Onde devemos evangelizar? Nos cultos, Nos lares, Nos trabalhos, Nos transportes, nos hospitais, penitenciarias e outras instituições públicas. Em todos os lugares. Requisitos necessários para evangelizar Ler e estudar a bíblia. Amor pelas almas Ter vida santa