SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Mª João 5º ano
Reprodução: capacidade
que os seres vivos têm de
originar seres com
características semelhantes.
Esta função tem como
finalidade dar continuidade
às espécies , impedindo a
sua extinção.
Reprodução
Sexuada Assexuada
São necessários dois Um único ser
seres vivos para divide-se e dá
dar origem a outros. origem a descen-
dentes.
Ex: estrela-do-mar.
Procura no teu livro, na página 56, um exemplo de
um animal que possua reprodução assexuada.
Multiplicação vegetativa
A REPRODUÇÃO SEXUADA nos
animais caracteriza-se pelo
acasalamento de um macho com
uma fêmea, permitindo a
fecundação.
Os machos produzem células
sexuais masculinas –
espermatozóides – e as fêmeas as
células sexuais femininas –
oócitos.
Da união destes dois tipos de
células resulta o ovo.
Reprodução
sexuada
Macho
Espermatozoides
Fêmea
Óvulos
OVO
Existem espécies em que é possível
distinguir perfeitamente os
indivíduos dos dois sexos –
Dimorfismo sexual.
Dimorfismo sexual pouco acentuado.
As tartarugas só alcançam a
maturidade sexual aos 3 anos;
Garras nos machos são muito mais
largas;
As garras das fêmeas podem ser
grandes mas proporcionais;
A cauda do macho é mais espessa e
longa;
A carapaça dos machos tem uma
curvatura ligeiramente maior
A época de reprodução
é altura do ano em que os animais
acasalam.
O macho e a fêmea envolvem-se
numa série de comportamentos –
parada nupcial – que tem como
finalidade o reconhecimento dos
animais da mesma espécie.
Que resultará novos seres.
ETAPAS DO COMPORTAMENTO ANIMAL
Comunicação
•Sinais sonoros
(Ex: sapo, o cuco, o gato)
•Sinais odoríferos
( Ex: Insectos)
•Sinais visuais
( Ex: pavão)
Reconhecimento
Se a aceitação for mutua existe
por vezes a oferta de presentes,
bailados, gestos de amor e
combates.
Acasalamento.
A este conjunto de comportamentos chamamos
Parada Nupcial
Comportamento dos animais na
época da reprodução
Época de reprodução: época do ano em que
os animais acasalam.
Geralmente a altura do nascimento das crias
coincide com a época em que o alimento é
mais abundante, necessário à sobrevivência
das crias.
Parada nupcial: conjunto de comportamentos
antes, durante e após o acasalamento.
Os animais utilizam os órgãos dos sentidos para comunicar.
No interior do corpo da mãe e
alimenta-se das substâncias
que a mãe lhe fornece.
O embrião desenvolve-se no exterior do corpo da mãe, num
ovo e alimenta-se das substâncias que o ovo contém.
•Postura
•Eclosão
•Incubação
Quando o novo ser se desenvolve dentro de um ovo que está dentro do
corpo materno e se alimenta das reservas alimentares que estão no
ovo.
x: São ovovíparos numerosos insectos, alguns gastrópodes,
peixes, e alguns sáurios (lagarto) e ofídios (cobra).
O desenvolvimento do novo ser inicia-se logo a seguir da
fecundação. E conforme a espécie pode ocorrer fora ou
dentro do corpo da mãe.
•Ovíparo: quando o novo ser se desenvolve dentro de
um ovo e o seu alimento é as reservas que estão no ovo.
•Vivíparo: quando o novo ser se desenvolve dentro do
corpo da materno e se alimenta de substâncias que a
mãe lhe fornece.
•Ovovivíparo: quando o novo ser se desenvolve dentro
de um ovo que está dentro do corpo materno e se
alimenta das reservas alimentares que estão no ovo.
Existem animais como o bicho-da-seda e a rã que nascem com um aspeto muito
diferente dos progenitores. – Desenvolvimento Indireto.
Assim só depois de sofrerem transformações internas e externas – Metamorfoses - é
que ficam semelhantes aos seus pais.
A metamorfose é completa quando os animais passam por 3 fases:
•LARVA
•NINFA
•ADULTO
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano

01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa
Carla Gomes
 
01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa
Carla Gomes
 
ReproduçãO Nos Animais1
ReproduçãO Nos Animais1ReproduçãO Nos Animais1
ReproduçãO Nos Animais1
Tânia Reis
 
Reprodução humana e o crescimento
Reprodução humana e o crescimentoReprodução humana e o crescimento
Reprodução humana e o crescimento
Elsa RITA
 
Aula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humanaAula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humana
Leonardo Kaplan
 
Reprodução dos animais
Reprodução dos animaisReprodução dos animais
Reprodução dos animais
Paulo_Jorge
 
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animaisA diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
David_Costa_30
 
Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011
Roberto Bagatini
 
Reproduçao humana
Reproduçao humanaReproduçao humana
Reproduçao humana
Carla Gomes
 

Semelhante a Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano (20)

Animal Reproducao
Animal ReproducaoAnimal Reproducao
Animal Reproducao
 
ciencias_-_8o_ano_aula_6.pdf
ciencias_-_8o_ano_aula_6.pdfciencias_-_8o_ano_aula_6.pdf
ciencias_-_8o_ano_aula_6.pdf
 
01 tema1 grupoa
01 tema1 grupoa01 tema1 grupoa
01 tema1 grupoa
 
01 tema1 grupoa
01 tema1 grupoa01 tema1 grupoa
01 tema1 grupoa
 
01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa
 
01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa01 6 dreprotema1grupoa
01 6 dreprotema1grupoa
 
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
 
ReproduçãO Nos Animais1
ReproduçãO Nos Animais1ReproduçãO Nos Animais1
ReproduçãO Nos Animais1
 
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo  W Inglesh trablho Sifa.docxsegundo  W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
 
Reprodução humana e o crescimento
Reprodução humana e o crescimentoReprodução humana e o crescimento
Reprodução humana e o crescimento
 
Aula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humanaAula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humana
 
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptxREPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
 
Reprodução dos animais Poppy
Reprodução dos animais PoppyReprodução dos animais Poppy
Reprodução dos animais Poppy
 
Reprodução dos animais
Reprodução dos animaisReprodução dos animais
Reprodução dos animais
 
Reprodução 7º ano
Reprodução 7º anoReprodução 7º ano
Reprodução 7º ano
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animaisA diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
 
Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011
 
Aula 20 - Ciências - O ciclo de vida e a reprodução.pdf
Aula  20 - Ciências  - O ciclo de vida e a reprodução.pdfAula  20 - Ciências  - O ciclo de vida e a reprodução.pdf
Aula 20 - Ciências - O ciclo de vida e a reprodução.pdf
 
Reproduçao humana
Reproduçao humanaReproduçao humana
Reproduçao humana
 

Mais de MariaJoão Agualuza

Mais de MariaJoão Agualuza (20)

Locomoção dos animais - Ciências Naturais
Locomoção dos animais - Ciências NaturaisLocomoção dos animais - Ciências Naturais
Locomoção dos animais - Ciências Naturais
 
4 FormasSimetriaRevestimento
4 FormasSimetriaRevestimento4 FormasSimetriaRevestimento
4 FormasSimetriaRevestimento
 
3 Revestimento.pptx
3 Revestimento.pptx3 Revestimento.pptx
3 Revestimento.pptx
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Diversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5DDiversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5D
 
Diversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5DDiversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5D
 
Animais Reprodução 5F
Animais Reprodução 5F Animais Reprodução 5F
Animais Reprodução 5F
 
Alimentacao 5F
 Alimentacao 5F Alimentacao 5F
Alimentacao 5F
 
Revestimento 5ºF
Revestimento 5ºFRevestimento 5ºF
Revestimento 5ºF
 
Forma dos animais 5F
Forma dos animais 5FForma dos animais 5F
Forma dos animais 5F
 
Animais
Animais Animais
Animais
 
Animais Locomoção
Animais LocomoçãoAnimais Locomoção
Animais Locomoção
 
Animais Revestimento
Animais RevestimentoAnimais Revestimento
Animais Revestimento
 
Animais Revestimento
Animais RevestimentoAnimais Revestimento
Animais Revestimento
 
Formas dos Animais
Formas dos AnimaisFormas dos Animais
Formas dos Animais
 
Grelha Animais de Portugal
Grelha Animais de Portugal Grelha Animais de Portugal
Grelha Animais de Portugal
 
Triangulo angulointerno5ano
Triangulo angulointerno5anoTriangulo angulointerno5ano
Triangulo angulointerno5ano
 
W 5 c_n5
W 5 c_n5W 5 c_n5
W 5 c_n5
 
Triangulos paralelogramos
Triangulos paralelogramosTriangulos paralelogramos
Triangulos paralelogramos
 
Gafanhoto
GafanhotoGafanhoto
Gafanhoto
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 

Último (20)

o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 

Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano

  • 2. Reprodução: capacidade que os seres vivos têm de originar seres com características semelhantes. Esta função tem como finalidade dar continuidade às espécies , impedindo a sua extinção. Reprodução Sexuada Assexuada São necessários dois Um único ser seres vivos para divide-se e dá dar origem a outros. origem a descen- dentes. Ex: estrela-do-mar.
  • 3. Procura no teu livro, na página 56, um exemplo de um animal que possua reprodução assexuada.
  • 5. A REPRODUÇÃO SEXUADA nos animais caracteriza-se pelo acasalamento de um macho com uma fêmea, permitindo a fecundação. Os machos produzem células sexuais masculinas – espermatozóides – e as fêmeas as células sexuais femininas – oócitos. Da união destes dois tipos de células resulta o ovo.
  • 6.
  • 8. Existem espécies em que é possível distinguir perfeitamente os indivíduos dos dois sexos – Dimorfismo sexual.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Dimorfismo sexual pouco acentuado. As tartarugas só alcançam a maturidade sexual aos 3 anos; Garras nos machos são muito mais largas; As garras das fêmeas podem ser grandes mas proporcionais; A cauda do macho é mais espessa e longa; A carapaça dos machos tem uma curvatura ligeiramente maior
  • 13. A época de reprodução é altura do ano em que os animais acasalam. O macho e a fêmea envolvem-se numa série de comportamentos – parada nupcial – que tem como finalidade o reconhecimento dos animais da mesma espécie.
  • 14. Que resultará novos seres. ETAPAS DO COMPORTAMENTO ANIMAL Comunicação •Sinais sonoros (Ex: sapo, o cuco, o gato) •Sinais odoríferos ( Ex: Insectos) •Sinais visuais ( Ex: pavão) Reconhecimento Se a aceitação for mutua existe por vezes a oferta de presentes, bailados, gestos de amor e combates. Acasalamento. A este conjunto de comportamentos chamamos Parada Nupcial
  • 15. Comportamento dos animais na época da reprodução Época de reprodução: época do ano em que os animais acasalam. Geralmente a altura do nascimento das crias coincide com a época em que o alimento é mais abundante, necessário à sobrevivência das crias.
  • 16. Parada nupcial: conjunto de comportamentos antes, durante e após o acasalamento. Os animais utilizam os órgãos dos sentidos para comunicar.
  • 17.
  • 18.
  • 19. No interior do corpo da mãe e alimenta-se das substâncias que a mãe lhe fornece.
  • 20. O embrião desenvolve-se no exterior do corpo da mãe, num ovo e alimenta-se das substâncias que o ovo contém. •Postura •Eclosão •Incubação
  • 21. Quando o novo ser se desenvolve dentro de um ovo que está dentro do corpo materno e se alimenta das reservas alimentares que estão no ovo. x: São ovovíparos numerosos insectos, alguns gastrópodes, peixes, e alguns sáurios (lagarto) e ofídios (cobra).
  • 22. O desenvolvimento do novo ser inicia-se logo a seguir da fecundação. E conforme a espécie pode ocorrer fora ou dentro do corpo da mãe. •Ovíparo: quando o novo ser se desenvolve dentro de um ovo e o seu alimento é as reservas que estão no ovo. •Vivíparo: quando o novo ser se desenvolve dentro do corpo da materno e se alimenta de substâncias que a mãe lhe fornece. •Ovovivíparo: quando o novo ser se desenvolve dentro de um ovo que está dentro do corpo materno e se alimenta das reservas alimentares que estão no ovo.
  • 23.
  • 24. Existem animais como o bicho-da-seda e a rã que nascem com um aspeto muito diferente dos progenitores. – Desenvolvimento Indireto. Assim só depois de sofrerem transformações internas e externas – Metamorfoses - é que ficam semelhantes aos seus pais. A metamorfose é completa quando os animais passam por 3 fases: •LARVA •NINFA •ADULTO