SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
A reprodução
Apresentação
índice
• Pág.2/1-Apresentação e titulo
• Pág.3- índice
• Pág.4/2-O que é a reprodução
• Pág.5/3-Imagem do ciclo da vida
• Pág.6/4—tipos de reprodução
• Pág.7/5-imagem do tipo de reprodução
• Pág.8/6-esquema sobre o ciclo da vida
• Pág.9/7-fecundação
 índice
O que é a reprodução?
A reprodução é a capacidade que os seres vivos tem de originar
seres semelhantes.
Há espécies que se reproduzem ao logo de todos o ano e há outros
que fazem numa época especifica a época de reprodução.
A sequência de acontecimento e transformações desde que são
formados até que produzem os seus próprios descendentes
chama-se ciclo da vida.
Ciclo da vida
Reprodução sexuada Reprodução assexuada
O novo ser é formado com O novo ser é formado sem
intervenção de células sexuais intervenção de células
(femininas e masculinas) sexuais (femininas e
masculinas)
Existe dois tipos de reprodução
Reprodução sexuada Reprodução assexuada
espermatozóide Óvulo Fecundação Ovo
EmbriãoVai se darNascimentocrescimento
Interna Externa
Se o macho deposita os Se ocorre no ambiente,
espermatozóides no interior fora do corpo materno.
do corpo da fêmeas As fêmeas e os machos
libertam os gâmetas para
água.
Este tipo de Fecundação ocorre
nos mamíferos, aves, répteis, Este tipo de fecundação
e em alguns anfíbios e peixes ocorre na maioria dos
anfíbios
Fecundação
pode ser
Após a fecundação dá se inicio do embrião, que pode ocorrer
no interior ou exterior do corpo materno.
Os animais podem ser Vivíparos, ovovíparos ou ovíparos.
 Nos Vivíparos o desenvolvimento do embrião ocorre no
interior do corpo materno.
 Nos Ovovivíparos o desenvolvimento do embrião ocorre
dentro do ovo mas no interior do corpo materno.
 Nos Ovíparos o desenvolvimento do embrião ocorre
dentro do ovo mas fora do corpo materno.
Neste ultimo caso diz-se que os animais passam por
metamorfose até atingirem a fase adulta.
Nos animais Ovíparos , ate á fase adulta o
desenvolvimento pode ser:
 Directo : Quando nascem, os animais são parecidos
aos pais
 Indirecto: Quando nascem, os animais não são
parecidos aos pais, ate á fase adulta passam por
varias metamorfoses.
Dimorfismo Sexual
O dimorfismo sexual são as diferenças no exterior entre o
macho e a fêmea.
O comportamento estão relacionados com a
reprodução dos animais.
O conjunto de comportamento que os animais
manifestam para atrair e escolher um parceiro para a
reprodução denomina-se Parada Nupcial ou Ritual
de Acasalamento.
A parada nupcial compreende as etapas:
Parada Nupcial Comunicação Encontro
Acasalamento
A comunicação entre o macho e a fêmea pode ser feita
através:
 Da emissão de sons – mensagens sonoras
 Da libertação de cheiros – mensagens odoríferas ou
olfactivas
 Através de cores ou movimentos característicos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

ReproduçãO Nos Animais
ReproduçãO Nos AnimaisReproduçãO Nos Animais
ReproduçãO Nos Animais
 
Reprodução nos Animais
 Reprodução nos Animais Reprodução nos Animais
Reprodução nos Animais
 
ReproduçãO Nos Animais1
ReproduçãO Nos Animais1ReproduçãO Nos Animais1
ReproduçãO Nos Animais1
 
Reprodução dos animais
Reprodução dos animaisReprodução dos animais
Reprodução dos animais
 
Reprodução dos animais
Reprodução dos animaisReprodução dos animais
Reprodução dos animais
 
Metamorfoses
MetamorfosesMetamorfoses
Metamorfoses
 
A reprodução dos animais
A reprodução dos animaisA reprodução dos animais
A reprodução dos animais
 
Reprodução dos animais
Reprodução dos animaisReprodução dos animais
Reprodução dos animais
 
Reprodução em animais
Reprodução em animaisReprodução em animais
Reprodução em animais
 
Reprodução nos animais
Reprodução nos animais Reprodução nos animais
Reprodução nos animais
 
Reprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animaisReprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animais
 
Tipos de reproduçao dos animais
Tipos de reproduçao dos animaisTipos de reproduçao dos animais
Tipos de reproduçao dos animais
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
animais oviparos viviparo
animais oviparos viviparoanimais oviparos viviparo
animais oviparos viviparo
 
Reprodução dos animais Poppy
Reprodução dos animais PoppyReprodução dos animais Poppy
Reprodução dos animais Poppy
 
Reprodução Nos Animais
Reprodução Nos AnimaisReprodução Nos Animais
Reprodução Nos Animais
 
Continuidade Da Vida
Continuidade Da VidaContinuidade Da Vida
Continuidade Da Vida
 
4 Processos Reprodutivos nos animais 2016
4 Processos Reprodutivos nos animais 20164 Processos Reprodutivos nos animais 2016
4 Processos Reprodutivos nos animais 2016
 
Ficha Informativa 2
Ficha Informativa 2Ficha Informativa 2
Ficha Informativa 2
 
5 -adolescencia_e_puberdade
5  -adolescencia_e_puberdade5  -adolescencia_e_puberdade
5 -adolescencia_e_puberdade
 

Semelhante a Animais Reprodução 5F

Semelhante a Animais Reprodução 5F (20)

Aula 20 - Ciências - O ciclo de vida e a reprodução.pdf
Aula  20 - Ciências  - O ciclo de vida e a reprodução.pdfAula  20 - Ciências  - O ciclo de vida e a reprodução.pdf
Aula 20 - Ciências - O ciclo de vida e a reprodução.pdf
 
Reprodução humana ciencias 3d
Reprodução humana ciencias 3dReprodução humana ciencias 3d
Reprodução humana ciencias 3d
 
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptxREPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
 
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo  W Inglesh trablho Sifa.docxsegundo  W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
 
Reprodução nos-animais
Reprodução nos-animaisReprodução nos-animais
Reprodução nos-animais
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
Reprohumana
ReprohumanaReprohumana
Reprohumana
 
reproducao 2.ppt
reproducao 2.pptreproducao 2.ppt
reproducao 2.ppt
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
Reproduçao humana
Reproduçao humanaReproduçao humana
Reproduçao humana
 
Aula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humanaAula 8º ano - Reprodução humana
Aula 8º ano - Reprodução humana
 
Reprodução 7º ano
Reprodução 7º anoReprodução 7º ano
Reprodução 7º ano
 
Reprodução nos animais
Reprodução nos animaisReprodução nos animais
Reprodução nos animais
 
Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011
 
Sistema reprodutor
Sistema reprodutorSistema reprodutor
Sistema reprodutor
 
Ppoint.bio.reprodução
Ppoint.bio.reproduçãoPpoint.bio.reprodução
Ppoint.bio.reprodução
 
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
 
Reproducao
ReproducaoReproducao
Reproducao
 

Mais de MariaJoão Agualuza (20)

Locomoção dos animais - Ciências Naturais
Locomoção dos animais - Ciências NaturaisLocomoção dos animais - Ciências Naturais
Locomoção dos animais - Ciências Naturais
 
4 FormasSimetriaRevestimento
4 FormasSimetriaRevestimento4 FormasSimetriaRevestimento
4 FormasSimetriaRevestimento
 
3 Revestimento.pptx
3 Revestimento.pptx3 Revestimento.pptx
3 Revestimento.pptx
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Diversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5DDiversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5D
 
Diversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5DDiversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5D
 
Alimentacao 5F
 Alimentacao 5F Alimentacao 5F
Alimentacao 5F
 
Revestimento 5ºF
Revestimento 5ºFRevestimento 5ºF
Revestimento 5ºF
 
Forma dos animais 5F
Forma dos animais 5FForma dos animais 5F
Forma dos animais 5F
 
Animais
Animais Animais
Animais
 
Animais Locomoção
Animais LocomoçãoAnimais Locomoção
Animais Locomoção
 
Animais Revestimento
Animais RevestimentoAnimais Revestimento
Animais Revestimento
 
Animais Revestimento
Animais RevestimentoAnimais Revestimento
Animais Revestimento
 
Formas dos Animais
Formas dos AnimaisFormas dos Animais
Formas dos Animais
 
Grelha Animais de Portugal
Grelha Animais de Portugal Grelha Animais de Portugal
Grelha Animais de Portugal
 
Triangulo angulointerno5ano
Triangulo angulointerno5anoTriangulo angulointerno5ano
Triangulo angulointerno5ano
 
W 5 c_n5
W 5 c_n5W 5 c_n5
W 5 c_n5
 
Triangulos paralelogramos
Triangulos paralelogramosTriangulos paralelogramos
Triangulos paralelogramos
 
Gafanhoto
GafanhotoGafanhoto
Gafanhoto
 
A Vida Mágica da Sementinha
A Vida Mágica da SementinhaA Vida Mágica da Sementinha
A Vida Mágica da Sementinha
 

Último

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 

Animais Reprodução 5F

  • 3. índice • Pág.2/1-Apresentação e titulo • Pág.3- índice • Pág.4/2-O que é a reprodução • Pág.5/3-Imagem do ciclo da vida • Pág.6/4—tipos de reprodução • Pág.7/5-imagem do tipo de reprodução • Pág.8/6-esquema sobre o ciclo da vida • Pág.9/7-fecundação
  • 5. O que é a reprodução? A reprodução é a capacidade que os seres vivos tem de originar seres semelhantes. Há espécies que se reproduzem ao logo de todos o ano e há outros que fazem numa época especifica a época de reprodução. A sequência de acontecimento e transformações desde que são formados até que produzem os seus próprios descendentes chama-se ciclo da vida.
  • 7. Reprodução sexuada Reprodução assexuada O novo ser é formado com O novo ser é formado sem intervenção de células sexuais intervenção de células (femininas e masculinas) sexuais (femininas e masculinas) Existe dois tipos de reprodução
  • 9. espermatozóide Óvulo Fecundação Ovo EmbriãoVai se darNascimentocrescimento
  • 10. Interna Externa Se o macho deposita os Se ocorre no ambiente, espermatozóides no interior fora do corpo materno. do corpo da fêmeas As fêmeas e os machos libertam os gâmetas para água. Este tipo de Fecundação ocorre nos mamíferos, aves, répteis, Este tipo de fecundação e em alguns anfíbios e peixes ocorre na maioria dos anfíbios Fecundação pode ser
  • 11.
  • 12. Após a fecundação dá se inicio do embrião, que pode ocorrer no interior ou exterior do corpo materno. Os animais podem ser Vivíparos, ovovíparos ou ovíparos.  Nos Vivíparos o desenvolvimento do embrião ocorre no interior do corpo materno.  Nos Ovovivíparos o desenvolvimento do embrião ocorre dentro do ovo mas no interior do corpo materno.  Nos Ovíparos o desenvolvimento do embrião ocorre dentro do ovo mas fora do corpo materno. Neste ultimo caso diz-se que os animais passam por metamorfose até atingirem a fase adulta.
  • 13. Nos animais Ovíparos , ate á fase adulta o desenvolvimento pode ser:  Directo : Quando nascem, os animais são parecidos aos pais  Indirecto: Quando nascem, os animais não são parecidos aos pais, ate á fase adulta passam por varias metamorfoses.
  • 14.
  • 15. Dimorfismo Sexual O dimorfismo sexual são as diferenças no exterior entre o macho e a fêmea.
  • 16. O comportamento estão relacionados com a reprodução dos animais. O conjunto de comportamento que os animais manifestam para atrair e escolher um parceiro para a reprodução denomina-se Parada Nupcial ou Ritual de Acasalamento. A parada nupcial compreende as etapas: Parada Nupcial Comunicação Encontro Acasalamento
  • 17. A comunicação entre o macho e a fêmea pode ser feita através:  Da emissão de sons – mensagens sonoras  Da libertação de cheiros – mensagens odoríferas ou olfactivas  Através de cores ou movimentos característicos.