SlideShare uma empresa Scribd logo
Relatório montagem de
cabo de rede
Realizado por: André Borges
Curso vocacional básico operador de informática
Escola profissional serra da estrela
Sumário
 Quais as ferramentas que devemos utilizar
 Matérias
 Ordem de cabo A
 Ordem de cabo Crossover (B)
 A ligação da fêmea RJ-45
 Como fazer um cabo de rede
Quais as ferramentas que devemos
utilizar
 X-ato
 Alicate de cravar ficha RJ-45 e ficha RJ-11
 Alicate de descravar
 Navalha
Matérias
 Cabo de par trançado
 Ficha RJ-45
 Fêmea RJ-45
Ordem de cabo de A
 1- Laranja/branco
 2- Laranja
 3- Verde/branco
 4- Azul
 5- Azul/branco
 6- Verde
 7- Castanho/branco
 8- Castanho
Ordem de cabo Crossover B
 1- Verde/branco
 2- Verde
 3- Laranja/branco
 4- Azul
 5- Azul/branco
 6- Laranja
 7- Castanho/branco
 8- castanho
A ligação da fêmea RJ-45
 1- Laranja/branco
 2- Laranja
 3- Verde/branco
 4- Azul
 5- Azul/branco
 6- Verde
 7- Castanho/branco
 8- Castanho
Como fazer um cabo de rede
 1º Etapa
 Temos que descarnar o cabo de rede
 2ºEtapa
 Temos que desentrançar o fios
 3ºEtapa
 Acerta os fios do cabo de rede
 4ºEtapa
 Temos que por ordem cabo A
 5ºEtapa
 Encaixa na ficha RJ-45
 6º Etapa
 Por fim cravar a ficha RJ-45 e
Esta pronta a ser utilizada
Conclusão
 Com este trabalho a prendi muito como fazer um cabo de rede
 E gostei muito de trabalho porque não tinha ideia que um cabo tao pequeno
era capaz de transmitir internet para os PC.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Meios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicosMeios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicos
Suguha
 
Como fazer cabos de rede
Como fazer cabos de redeComo fazer cabos de rede
Como fazer cabos de rede
Alessandro Fazenda
 
Aula 1: Conceitos de redes sem fio
Aula 1: Conceitos de redes sem fioAula 1: Conceitos de redes sem fio
Aula 1: Conceitos de redes sem fio
camila_seixas
 
A importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissãoA importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissão
H P
 
Tipos de cabos
Tipos de cabosTipos de cabos
Tipos de cabos
Gonçalo
 
Cablagem de rede
Cablagem de redeCablagem de rede
Cablagem de rede
André Barroso
 
Placa de vídeo, Placa de Som e Placa de Rede
Placa de vídeo, Placa de Som e Placa de RedePlaca de vídeo, Placa de Som e Placa de Rede
Placa de vídeo, Placa de Som e Placa de Rede
Victor Nunes
 
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo CoaxialRede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
Marcelo Carvalho
 
49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede
Marco Guimarães
 
Redes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamentoRedes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamento
Mauro Pereira
 
ConstruçãO De Um Cabo De Redes
ConstruçãO De Um Cabo De RedesConstruçãO De Um Cabo De Redes
ConstruçãO De Um Cabo De Redes
Muninatania
 
Modelo OSI Visão Geral
Modelo OSI   Visão GeralModelo OSI   Visão Geral
Modelo OSI Visão Geral
André Nobre
 
Conceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson Costa
Conceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson CostaConceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson Costa
Conceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson Costa
Jefferson Costa
 
Padrão ethernet
Padrão ethernetPadrão ethernet
Padrão ethernet
Leandro Silva
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
Janieles Araujo
 
Cabeamento estruturado redes de computadores
Cabeamento estruturado   redes de computadoresCabeamento estruturado   redes de computadores
Cabeamento estruturado redes de computadores
Leonardo Guimarães
 
Noções de redes de computadores
Noções de redes de computadoresNoções de redes de computadores
Noções de redes de computadores
Filipe Flores
 
Redes I - 5.1 Tecnologias de Redes LAN
Redes I - 5.1 Tecnologias de Redes LANRedes I - 5.1 Tecnologias de Redes LAN
Redes I - 5.1 Tecnologias de Redes LAN
Mauro Tapajós
 
Packet Tracer
Packet TracerPacket Tracer
Packet Tracer
danists
 
Barramentos
Barramentos Barramentos
Barramentos
Bruna Ribeiro Vieira
 

Mais procurados (20)

Meios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicosMeios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicos
 
Como fazer cabos de rede
Como fazer cabos de redeComo fazer cabos de rede
Como fazer cabos de rede
 
Aula 1: Conceitos de redes sem fio
Aula 1: Conceitos de redes sem fioAula 1: Conceitos de redes sem fio
Aula 1: Conceitos de redes sem fio
 
A importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissãoA importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissão
 
Tipos de cabos
Tipos de cabosTipos de cabos
Tipos de cabos
 
Cablagem de rede
Cablagem de redeCablagem de rede
Cablagem de rede
 
Placa de vídeo, Placa de Som e Placa de Rede
Placa de vídeo, Placa de Som e Placa de RedePlaca de vídeo, Placa de Som e Placa de Rede
Placa de vídeo, Placa de Som e Placa de Rede
 
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo CoaxialRede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
 
49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede49778140 projeto-de-rede
49778140 projeto-de-rede
 
Redes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamentoRedes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamento
 
ConstruçãO De Um Cabo De Redes
ConstruçãO De Um Cabo De RedesConstruçãO De Um Cabo De Redes
ConstruçãO De Um Cabo De Redes
 
Modelo OSI Visão Geral
Modelo OSI   Visão GeralModelo OSI   Visão Geral
Modelo OSI Visão Geral
 
Conceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson Costa
Conceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson CostaConceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson Costa
Conceitos básicos de redes de computadores - Prof. Jefferson Costa
 
Padrão ethernet
Padrão ethernetPadrão ethernet
Padrão ethernet
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
 
Cabeamento estruturado redes de computadores
Cabeamento estruturado   redes de computadoresCabeamento estruturado   redes de computadores
Cabeamento estruturado redes de computadores
 
Noções de redes de computadores
Noções de redes de computadoresNoções de redes de computadores
Noções de redes de computadores
 
Redes I - 5.1 Tecnologias de Redes LAN
Redes I - 5.1 Tecnologias de Redes LANRedes I - 5.1 Tecnologias de Redes LAN
Redes I - 5.1 Tecnologias de Redes LAN
 
Packet Tracer
Packet TracerPacket Tracer
Packet Tracer
 
Barramentos
Barramentos Barramentos
Barramentos
 

Último

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 

Último (20)

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 

Relatório montagem de cabo de rede

  • 1. Relatório montagem de cabo de rede Realizado por: André Borges Curso vocacional básico operador de informática Escola profissional serra da estrela
  • 2. Sumário  Quais as ferramentas que devemos utilizar  Matérias  Ordem de cabo A  Ordem de cabo Crossover (B)  A ligação da fêmea RJ-45  Como fazer um cabo de rede
  • 3. Quais as ferramentas que devemos utilizar  X-ato  Alicate de cravar ficha RJ-45 e ficha RJ-11  Alicate de descravar  Navalha
  • 4. Matérias  Cabo de par trançado  Ficha RJ-45  Fêmea RJ-45
  • 5. Ordem de cabo de A  1- Laranja/branco  2- Laranja  3- Verde/branco  4- Azul  5- Azul/branco  6- Verde  7- Castanho/branco  8- Castanho
  • 6. Ordem de cabo Crossover B  1- Verde/branco  2- Verde  3- Laranja/branco  4- Azul  5- Azul/branco  6- Laranja  7- Castanho/branco  8- castanho
  • 7. A ligação da fêmea RJ-45  1- Laranja/branco  2- Laranja  3- Verde/branco  4- Azul  5- Azul/branco  6- Verde  7- Castanho/branco  8- Castanho
  • 8. Como fazer um cabo de rede  1º Etapa  Temos que descarnar o cabo de rede
  • 9.  2ºEtapa  Temos que desentrançar o fios
  • 10.  3ºEtapa  Acerta os fios do cabo de rede
  • 11.  4ºEtapa  Temos que por ordem cabo A
  • 12.  5ºEtapa  Encaixa na ficha RJ-45
  • 13.  6º Etapa  Por fim cravar a ficha RJ-45 e Esta pronta a ser utilizada
  • 14. Conclusão  Com este trabalho a prendi muito como fazer um cabo de rede  E gostei muito de trabalho porque não tinha ideia que um cabo tao pequeno era capaz de transmitir internet para os PC.