SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Interbits – SuperPro ® Web



1. (Pucsp 1999) A produção do hormônio luteinizante estimula as células intersticiais ou de
"Leydig" a liberar um hormônio que, por sua vez, é responsável pela manutenção dos caracteres
sexuais.
Qual das alternativas a seguir corresponde corretamente ao que está descrito no texto?
a) A HIPÓFISE produz o HORMÔNIO LUTEINIZANTE que estimula os TESTÍCULOS a
   produzirem TESTOSTERONA.
b) Os TESTÍCULOS produzem o HORMÔNIO LUTEINIZANTE que estimula a HIPÓFISE a
   produzir ESTRÓGENO.
c) O HORMÔNIO LUTEINIZANTE estimula os TESTÍCULOS a produzirem ESTRÓGENO que
   estimula a HIPÓFISE.
d) O HORMÔNIO LUTEINIZANTE estimula os OVÁRIOS a produzirem PROGESTERONA que
   estimula a HIPÓFISE.
e) O HIPOTÁLAMO produz o HORMÔNIO LUTEINIZANTE que estimula a HIPÓFISE a produzir
   TESTOSTERONA.

2. (Fuvest 2001) Uma pessoa passará a excretar maior quantidade de ureia se aumentar, em sua
dieta alimentar, a quantidade de
a) amido.
b) cloreto de sódio.
c) glicídios.
d) lipídios.
e) proteínas.

3. (Fuvest 2001) Em uma pessoa jovem e com boa saúde, quando ocorre a sístole (contração)
dos ventrículos, as grandes artérias (1) e a pressão sanguínea em seu interior atinge, em média,
cerca de (2). Qual das alternativas a seguir contém os termos que substituem corretamente os
números 1 e 2 entre parênteses?
a) contraem-se; 120 mmHg
b) contraem-se; 80 mmHg
c) relaxam-se; 120 mmHg
d) relaxam-se; 80 mmHg
e) não se alteram; 120 mmHg

4. (Fatec 2002) Em pessoas normais, a concentração de glicose no sangue é estável e
corresponde a cerca de 1 grama de glicose por litro de sangue. Logo após uma refeição rica em
açúcar, a quantidade de glicose no sangue aumenta, porém volta algumas horas depois, à taxa
de 1g/ℓ aproximadamente. Por outro lado, mesmo que o organismo esteja em jejum durante
várias horas, essa concentração permanece inalterada.

Esse equilíbrio é resultado do papel
a) do glucagon, que promove a penetração de glicose nas células em geral, e da insulina, que
   estimula o fígado a transformar glicogênio em glicose.
b) do glucagon, que promove a penetração de glicogênio nas células em geral, e da insulina, que
   estimula o fígado a transformar glicose em glicogênio.
c) da insulina, que promove a penetração de glicose nas células em geral, e do glucagon, que
   estimula o fígado a transformar glicogênio em glicose.
d) da insulina, que promove a penetração de glicogênio nas células em geral, e do glucagon, que
   estimula o pâncreas a transformar glicose em glicogênio.
e) da insulina, que promove a penetração de glicose nas células em geral, e do glucagon, que
   estimula o pâncreas a transformar glicose em glicogênio.

5. (Pucsp 2001) Analise a tira de quadrinhos abaixo.


                                                                                    Página 1 de 1
Interbits – SuperPro ® Web




Nela, o personagem humano refere-se a um caráter sexual secundário, cuja manifestação é
devida ao hormônio
a) testosterona, produzido pela hipófise.
b) testosterona, produzidos pelas células intersticiais do testículo.
c) progesterona, produzido pela hipófise.
d) progesterona, produzido pelos túbulos seminíferos.
e) folículo-estimulante produzido pela hipófise.

6. (Fuvest 2003) Os rins artificiais são aparelhos utilizados por pacientes com distúrbios renais. A
função desses aparelhos é
a) oxigenar o sangue desses pacientes, uma vez que uma menor quantidade de gás oxigênio é
   liberada em sua corrente sanguínea.
b) nutrir o sangue desses pacientes, uma vez que sua capacidade de absorver nutrientes
   orgânicos está diminuída.
c) retirar o excesso de gás carbônico que se acumula no sangue desses pacientes.
d) retirar o excesso de glicose, proteínas e lipídios que se acumula no sangue desses pacientes.
e) retirar o excesso de íons e resíduos nitrogenados que se acumula no sangue desses
   pacientes.

7. (Fatec 2005) O gráfico a seguir evidencia a produção e flutuação dos quatro diferentes
hormônios sexuais envolvidos no ciclo menstrual.




Baseando-se nas curvas do gráfico e em seus conhecimentos sobre fisiologia animal, assinale a
alternativa correta.


                                                                                      Página 2 de 1
Interbits – SuperPro ® Web


a) Os hormônios gonadotróficos são produzidos no ovário.
b) Durante esse ciclo menstrual ocorreu a fecundação do óvulo, pois a taxa de progesterona
   diminui sensivelmente, o que prepara a mucosa uterina para a gravidez.
c) Quando a taxa de estrógeno no sangue atinge um nível elevado, a liberação de FSH e LH
   diminui e ocorre a menstruação.
d) A ovulação ocorre ao redor do 140. dia do ciclo e caracteriza-se pela saída do óvulo do
   folículo ovariano e consequente diminuição das taxas de estrógeno e progesterona.
e) Nos primeiros 14 dias do ciclo, pela ação do FSH ocorre a maturação do folículo ovariano, que
   secreta quantidades crescentes de estrógeno, provocando a proliferação das células do
   endométrio.

8. (Unifesp 2005) Nas mulheres, tanto a ovulação quanto a menstruação encontram-se
associadas a diferentes taxas hormonais.
O esquema seguinte reproduz tais eventos e identifica como A e B os hormônios envolvidos no
processo.




Antes de a menstruação ocorrer, a mulher passa por um período de tensão, denominando
"tensão pré-menstrual" (TPM), causada principalmente pela queda de produção de um desses
hormônios. Caso o óvulo seja fecundado e haja gravidez, não haverá TPM, porém, logo após o
parto, ocorrerá uma fase de tensão denominada "depressão pós-parto", também devido à falta
do mesmo hormônio.

a) Identifique qual hormônio, A ou B, é o responsável pela TPM, dê seu nome e explique por que
ele continua sendo produzido durante a gravidez.
b) Qual evento do parto leva à queda de produção desse hormônio e, consequentemente, à
depressão pós-parto? Por quê?

9. (Fuvest 2007) O gráfico a seguir mostra a variação na pressão sanguínea e na velocidade do
sangue em diferentes vasos do sistema circulatório humano.
Qual das alternativas correlaciona corretamente as regiões I, II e III do gráfico com o tipo de vaso
sanguíneo?




                                                                                     Página 3 de 1
Interbits – SuperPro ® Web




10. (Fuvest 2007) As figuras a seguir ilustram um experimento realizado por William Harvey,
cientista inglês do século XVII, que desvendou aspectos importantes da circulação sanguínea
humana. Harvey colocou um torniquete no braço de uma pessoa, o que fez certos vasos
sanguíneos tornarem-se salientes e com pequenas protuberâncias globosas (Fig. 1). Ele
pressionou um vaso em um ponto próximo a uma protuberância e deslizou o dedo em direção à
mão (de O para H na Fig. 2) de modo a espremer o sangue. O vaso permaneceu vazio de
sangue entre O e H, enquanto a pressão sobre esse último ponto foi mantida.




a) 1. Que vasos sanguíneos estão mostrados nos desenhos do experimento de Harvey?
2. Por que eles se tornaram salientes com a colocação do torniquete?
b) Por que o vaso permaneceu vazio, entre a protuberância O e o ponto H, enquanto a pressão
sobre esse último ponto foi mantida?

11. (Unicamp 2007) A figura a seguir apresenta os resultados obtidos durante um experimento que
visou medir o nível de glicose no sangue de uma pessoa saudável após uma refeição rica em
carboidratos. As dosagens de glicose no sangue foram obtidas a intervalos regulares de 30
minutos.




                                                                                   Página 4 de 1
Interbits – SuperPro ® Web




a) Explique os resultados obtidos nas etapas I e II mostradas na figura.
b) Sabendo-se que a pessoa só foi se alimentar novamente após 7 horas do início do
experimento, explique por que na etapa III o nível de glicose no sangue se manteve constante e
em dosagens consideradas normais.

12. (Mackenzie 2010) O aumento da perda de água por transpiração tem como principal
consequência
a) o aumento da produção de ADH, visando diminuir a produção de urina.
b) o aumento da produção de células sanguíneas, visando provocar aumento de pressão arterial.
c) a diminuição da frequência respiratória, visando diminuir a perda de água na respiração.
d) o aumento da reabsorção de água pelo intestino.
e) a diminuição da velocidade dos movimentos peristálticos.

13. (Unicamp 2010) A alimentação rica em gordura, o sedentarismo e o consumo de cigarro são
hábitos presentes na sociedade atual, sendo responsáveis, em parte, pela hipertensão arterial,
que, por sua vez, favorece o acúmulo de placas de gordura na parede interna das artérias,
causando a aterosclerose.

a) O que ocorre com o fluxo sanguíneo nas artérias em que há acúmulo de placas de gordura?
Justifique.
b) Em situação normal, quando o sangue bombeado pelo coração passa pelas artérias, esses
   vasos sofrem alterações estruturais, que permitem sua adaptação ao aumento de pressão.
   Explique como as artérias se alteram para se adaptar a esse aumento da pressão arterial.
   Que componente da parede da artéria permite essa adaptação?

14. (Unicamp 2011) Os gráficos A, B e C mostram as variações da secreção de insulina e
glucagon em função da concentração de glicose, e as variações da concentração de glicose no
sangue, após uma refeição rica em carboidratos.




                                                                                  Página 5 de 1
Interbits – SuperPro ® Web


Com base nos gráficos acima, pode-se afirmar que
a) se os níveis de glicose no sangue estão altos, a secreção de insulina aumenta para permitir
   que as moléculas de glicose sejam absorvidas pelas células, e os níveis de glucagon
   permanecem baixos, pois não há necessidade de o glicogênio ser transformado em glicose.
b) o aumento dos níveis de glicose no sangue causa um aumento da secreção de insulina e de
   glucagon por células do pâncreas, pois ambos os hormônios contribuem para que as
   moléculas de açúcar atravessem a membrana plasmática das células.
c) a secreção de glucagon é alta em indivíduos que tenham se alimentado de carboidrato duas
   horas antes, pois muitos desses carboidratos acabam se transformando em glicose; já com
   relação à insulina, ocorre um aumento porque os níveis de glicose estão elevados.
d) as células secretoras do pâncreas estão sempre produzindo grandes quantidades de insulina
   e de glucagon, pois esses dois hormônios são responsáveis pela captura de glicose do
   sangue para as células.




                                                                                 Página 6 de 1
Interbits – SuperPro ® Web



Gabarito:

Resposta da questão 1:
[A]

Resposta da questão 2:
[E]

Resposta da questão 3:
[C]

Resposta da questão 4:
[C]

Resposta da questão 5:
[B]

Resposta da questão 6:
[E]

Resposta da questão 7:
[E]

Resposta da questão 8:
 a) A TPM é causada pela diminuição da concentração sanguínea da progesterona (B). A
finalidade de manter a progesterona elevada é a manutenção da gravidez.

b) Durante o parto, a placenta é eliminada, provocando a queda da concentração sanguínea
materna de progesterona e, consequentemente, a depressão pós-parto.

Resposta da questão 9:
[A]

Resposta da questão 10:
 a) 1. Veias
2. O torniquete impediu o retorno do sangue, o que provocou o aumento de sangue acumulado.

b) As veias sempre transportam sangue para o coração. A pressão sobre o ponto H impede o
retorno do sangue venoso ao coração.

Resposta da questão 11:
a) Etapa I: houve a absorção de glicose, portanto o aumento da corrente sanguínea.
Etapa II: a insulina permitiu a entrada da glicose nos tecidos e células.

b) O glucagon permitiu a passagem da glicose do fígado e músculos para o sangue, mantendo
assim, a glicemia normal.

Resposta da questão 12:
[A]



                                                                                Página 7 de 1
Interbits – SuperPro ® Web


O candidato talvez pudesse pensar que o ADH provocasse a reabsorção de água pelo intestino
e assinalar erradamente a alternativa “D”. Porém, um aumento da perda de água por
transpiração leva a um aumento na produção do hormônio antidiurético (ADH), que provoca um
aumento da absorção de água pelos néfrons dos rins. Deve-se, portanto, assinalar a alternativa
“A”.

Resposta da questão 13:
 a) O acumulo de gordura causa uma diminuição no diâmetro interno das artérias, provocando
uma diminuição no fluxo sanguíneo e a consequente diminuição da quantidade de sangue que
passa por esse local.

b) Por serem elásticas, as artérias se dilatam com a passagem do sangue bombeado pelo
coração, adaptando-se ao aumento da pressão arterial. O componente das artérias que permite
que o vaso ceda à pressão sanguínea é o tecido muscular liso.

Resposta da questão 14:
[A]

Algumas horas após a refeição, o nível de glicose sanguínea aumenta. Nesse período, o
pâncreas secreta a insulina, hormônio que reduz a glicemia, pois facilita a entrada da glicose nas
células. O nível do hormônio pancreático glucagon permanece baixo, já que não há necessidade
de converter o glicogênio armazenado em glicose.




                                                                                    Página 8 de 1
Interbits – SuperPro ® Web




Resumo das questões selecionadas nesta atividade

Data de elaboração:   08/06/2011 às 00:33
Nome do arquivo:      rev2


Origem/Doc:
Server INTERBITS

Legenda:
Q/Prova = número da questão na prova
Q/DB = número da questão no banco de dados do SuperPro®


Q/prova    Q/DB       Matéria               Fonte                    Tipo

 1         30235      Biologia              Pucsp/1999                 Múltipla escolha
 2         35706      Biologia              Fuvest/2001                Múltipla escolha
 3         35707      Biologia              Fuvest/2001                Múltipla escolha
 4         37531      Biologia              Fatec/2002                 Múltipla escolha
 5         37646      Biologia              Pucsp/2001                 Múltipla escolha
 6         42469      Biologia              Fuvest/2003                Múltipla escolha
 7         54718      Biologia              Fatec/2005                 Múltipla escolha
 8         54720      Biologia              Unifesp/2005               Analítica
 9         70568      Biologia              Fuvest/2007                Múltipla escolha
 10        81636      Biologia              Fuvest/2007                Analítica
 11        81652      Biologia              Unicamp/2007               Analítica
 12        90071      Biologia              Mackenzie/2010             Múltipla escolha
 13        91268      Biologia              Unicamp/2010               Analítica
 14        100747     Biologia              Unicamp/2011               Múltipla escolha




                                                                             Página 9 de 1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação de ciencias 3 8° ano 1° bim - 2013
Avaliação de ciencias 3    8° ano 1° bim - 2013Avaliação de ciencias 3    8° ano 1° bim - 2013
Avaliação de ciencias 3 8° ano 1° bim - 2013
Luciano Mendes
 
Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010
Leonardo Kaplan
 
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Leonardo Kaplan
 
Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)
Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)
Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)
laffuespi2012
 
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do AmanhãProva 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Leonardo Kaplan
 
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do AmanhãProva 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Leonardo Kaplan
 
Lista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e Circulação
Lista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e CirculaçãoLista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e Circulação
Lista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e Circulação
James Martins
 

Mais procurados (20)

exercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
exercícios Digestório, Respiratório e Circulatórioexercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
exercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
 
Avaliação de ciencias 3 8° ano 1° bim - 2013
Avaliação de ciencias 3    8° ano 1° bim - 2013Avaliação de ciencias 3    8° ano 1° bim - 2013
Avaliação de ciencias 3 8° ano 1° bim - 2013
 
Ciências - 8º ano
Ciências - 8º anoCiências - 8º ano
Ciências - 8º ano
 
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martinsLista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
 
Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 3º bim - 2010
 
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
 
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
Prova SME Rio de Janeiro - 8º ano - 1º bim - 2010
 
Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)
Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)
Prova de seleção da liga acadêmica de fisiologia e farmacologia (1)
 
Aula 12 sistema respiratório
Aula 12   sistema respiratórioAula 12   sistema respiratório
Aula 12 sistema respiratório
 
Estudo dirigido 2 bim
Estudo dirigido 2 bimEstudo dirigido 2 bim
Estudo dirigido 2 bim
 
Ed sistema urinário
Ed   sistema urinárioEd   sistema urinário
Ed sistema urinário
 
Revisão de Biologia - Sistema Nervoso
Revisão de Biologia - Sistema NervosoRevisão de Biologia - Sistema Nervoso
Revisão de Biologia - Sistema Nervoso
 
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do AmanhãProva 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
 
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadasLista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
 
Lista de exercícios
Lista de exercíciosLista de exercícios
Lista de exercícios
 
A ..A Fisiologia do sangue (2)
A ..A Fisiologia do sangue (2)A ..A Fisiologia do sangue (2)
A ..A Fisiologia do sangue (2)
 
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do AmanhãProva 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
Prova 8º ano 1º bimestre - 2010 - SME - Cientistas do Amanhã
 
Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.
 
Lista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e Circulação
Lista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e CirculaçãoLista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e Circulação
Lista de exercícios - Biologia - Digestão, Respiração e Circulação
 
6º_CIENCIAS_NATUREZA_2.pdf
6º_CIENCIAS_NATUREZA_2.pdf6º_CIENCIAS_NATUREZA_2.pdf
6º_CIENCIAS_NATUREZA_2.pdf
 

Semelhante a Questao rev2

Uni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano prontoUni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano pronto
Dayse Raquel
 
Treinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratórioTreinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratório
emanuel
 
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Leonardo Kaplan
 
1 s exercicios 2bim_enviado01052014
1 s  exercicios 2bim_enviado010520141 s  exercicios 2bim_enviado01052014
1 s exercicios 2bim_enviado01052014
Ionara Urrutia Moura
 
Fisiologia Questões Parte 1
Fisiologia Questões Parte 1Fisiologia Questões Parte 1
Fisiologia Questões Parte 1
delanievov
 
Exercícios de Biologia - osmorrregulação
Exercícios de Biologia - osmorrregulaçãoExercícios de Biologia - osmorrregulação
Exercícios de Biologia - osmorrregulação
Isaura Mourão
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Filomena Tome
 
Biologia(grupo b )
Biologia(grupo b )Biologia(grupo b )
Biologia(grupo b )
cavip
 

Semelhante a Questao rev2 (20)

Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
 
Uni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano prontoUni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano pronto
 
Biologia exercicios fisiologia_animal_circulacao_gabarito_resolucao
Biologia exercicios fisiologia_animal_circulacao_gabarito_resolucaoBiologia exercicios fisiologia_animal_circulacao_gabarito_resolucao
Biologia exercicios fisiologia_animal_circulacao_gabarito_resolucao
 
Treinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratórioTreinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratório
 
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
 
Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015
Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015
Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015
 
Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015
Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015
Lista 1 s_ exercicios 2bim_2015
 
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
 
Teste 9.3
Teste 9.3Teste 9.3
Teste 9.3
 
1 s exercicios 2bim_enviado01052014
1 s  exercicios 2bim_enviado010520141 s  exercicios 2bim_enviado01052014
1 s exercicios 2bim_enviado01052014
 
Discursivo.14
Discursivo.14Discursivo.14
Discursivo.14
 
Fisiologia Questões Parte 1
Fisiologia Questões Parte 1Fisiologia Questões Parte 1
Fisiologia Questões Parte 1
 
8ºano respiratório e sensorial
8ºano respiratório e sensorial8ºano respiratório e sensorial
8ºano respiratório e sensorial
 
Exercicio parte 2
Exercicio parte 2Exercicio parte 2
Exercicio parte 2
 
Biologia B aula 3
Biologia B aula 3Biologia B aula 3
Biologia B aula 3
 
Exercícios de Biologia - osmorrregulação
Exercícios de Biologia - osmorrregulaçãoExercícios de Biologia - osmorrregulação
Exercícios de Biologia - osmorrregulação
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
 
Biologia(grupo b )
Biologia(grupo b )Biologia(grupo b )
Biologia(grupo b )
 
Caderno azul
Caderno azulCaderno azul
Caderno azul
 

Mais de letyap

Secreção celular
Secreção celularSecreção celular
Secreção celular
letyap
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
letyap
 
Capítulo 1 ciência da vida
Capítulo 1   ciência da vidaCapítulo 1   ciência da vida
Capítulo 1 ciência da vida
letyap
 
Bases da reprodução
Bases da reproduçãoBases da reprodução
Bases da reprodução
letyap
 
Divisão celular
Divisão celularDivisão celular
Divisão celular
letyap
 
Tecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervosoTecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervoso
letyap
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologia
letyap
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
letyap
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
letyap
 
Núcleo
NúcleoNúcleo
Núcleo
letyap
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
letyap
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
letyap
 
Moluscos novo
Moluscos novoMoluscos novo
Moluscos novo
letyap
 
Vírus e bactérias
Vírus e bactériasVírus e bactérias
Vírus e bactérias
letyap
 
Membrana
MembranaMembrana
Membrana
letyap
 
Citologia organelas
Citologia   organelasCitologia   organelas
Citologia organelas
letyap
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
letyap
 

Mais de letyap (20)

Secreção celular
Secreção celularSecreção celular
Secreção celular
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Ba 01
Ba 01Ba 01
Ba 01
 
Capítulo 1 ciência da vida
Capítulo 1   ciência da vidaCapítulo 1   ciência da vida
Capítulo 1 ciência da vida
 
Bases da reprodução
Bases da reproduçãoBases da reprodução
Bases da reprodução
 
Divisão celular
Divisão celularDivisão celular
Divisão celular
 
Tecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervosoTecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervoso
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologia
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Núcleo
NúcleoNúcleo
Núcleo
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
 
Moluscos novo
Moluscos novoMoluscos novo
Moluscos novo
 
Vírus e bactérias
Vírus e bactériasVírus e bactérias
Vírus e bactérias
 
Membrana
MembranaMembrana
Membrana
 
Citologia organelas
Citologia   organelasCitologia   organelas
Citologia organelas
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 

Questao rev2

  • 1. Interbits – SuperPro ® Web 1. (Pucsp 1999) A produção do hormônio luteinizante estimula as células intersticiais ou de "Leydig" a liberar um hormônio que, por sua vez, é responsável pela manutenção dos caracteres sexuais. Qual das alternativas a seguir corresponde corretamente ao que está descrito no texto? a) A HIPÓFISE produz o HORMÔNIO LUTEINIZANTE que estimula os TESTÍCULOS a produzirem TESTOSTERONA. b) Os TESTÍCULOS produzem o HORMÔNIO LUTEINIZANTE que estimula a HIPÓFISE a produzir ESTRÓGENO. c) O HORMÔNIO LUTEINIZANTE estimula os TESTÍCULOS a produzirem ESTRÓGENO que estimula a HIPÓFISE. d) O HORMÔNIO LUTEINIZANTE estimula os OVÁRIOS a produzirem PROGESTERONA que estimula a HIPÓFISE. e) O HIPOTÁLAMO produz o HORMÔNIO LUTEINIZANTE que estimula a HIPÓFISE a produzir TESTOSTERONA. 2. (Fuvest 2001) Uma pessoa passará a excretar maior quantidade de ureia se aumentar, em sua dieta alimentar, a quantidade de a) amido. b) cloreto de sódio. c) glicídios. d) lipídios. e) proteínas. 3. (Fuvest 2001) Em uma pessoa jovem e com boa saúde, quando ocorre a sístole (contração) dos ventrículos, as grandes artérias (1) e a pressão sanguínea em seu interior atinge, em média, cerca de (2). Qual das alternativas a seguir contém os termos que substituem corretamente os números 1 e 2 entre parênteses? a) contraem-se; 120 mmHg b) contraem-se; 80 mmHg c) relaxam-se; 120 mmHg d) relaxam-se; 80 mmHg e) não se alteram; 120 mmHg 4. (Fatec 2002) Em pessoas normais, a concentração de glicose no sangue é estável e corresponde a cerca de 1 grama de glicose por litro de sangue. Logo após uma refeição rica em açúcar, a quantidade de glicose no sangue aumenta, porém volta algumas horas depois, à taxa de 1g/ℓ aproximadamente. Por outro lado, mesmo que o organismo esteja em jejum durante várias horas, essa concentração permanece inalterada. Esse equilíbrio é resultado do papel a) do glucagon, que promove a penetração de glicose nas células em geral, e da insulina, que estimula o fígado a transformar glicogênio em glicose. b) do glucagon, que promove a penetração de glicogênio nas células em geral, e da insulina, que estimula o fígado a transformar glicose em glicogênio. c) da insulina, que promove a penetração de glicose nas células em geral, e do glucagon, que estimula o fígado a transformar glicogênio em glicose. d) da insulina, que promove a penetração de glicogênio nas células em geral, e do glucagon, que estimula o pâncreas a transformar glicose em glicogênio. e) da insulina, que promove a penetração de glicose nas células em geral, e do glucagon, que estimula o pâncreas a transformar glicose em glicogênio. 5. (Pucsp 2001) Analise a tira de quadrinhos abaixo. Página 1 de 1
  • 2. Interbits – SuperPro ® Web Nela, o personagem humano refere-se a um caráter sexual secundário, cuja manifestação é devida ao hormônio a) testosterona, produzido pela hipófise. b) testosterona, produzidos pelas células intersticiais do testículo. c) progesterona, produzido pela hipófise. d) progesterona, produzido pelos túbulos seminíferos. e) folículo-estimulante produzido pela hipófise. 6. (Fuvest 2003) Os rins artificiais são aparelhos utilizados por pacientes com distúrbios renais. A função desses aparelhos é a) oxigenar o sangue desses pacientes, uma vez que uma menor quantidade de gás oxigênio é liberada em sua corrente sanguínea. b) nutrir o sangue desses pacientes, uma vez que sua capacidade de absorver nutrientes orgânicos está diminuída. c) retirar o excesso de gás carbônico que se acumula no sangue desses pacientes. d) retirar o excesso de glicose, proteínas e lipídios que se acumula no sangue desses pacientes. e) retirar o excesso de íons e resíduos nitrogenados que se acumula no sangue desses pacientes. 7. (Fatec 2005) O gráfico a seguir evidencia a produção e flutuação dos quatro diferentes hormônios sexuais envolvidos no ciclo menstrual. Baseando-se nas curvas do gráfico e em seus conhecimentos sobre fisiologia animal, assinale a alternativa correta. Página 2 de 1
  • 3. Interbits – SuperPro ® Web a) Os hormônios gonadotróficos são produzidos no ovário. b) Durante esse ciclo menstrual ocorreu a fecundação do óvulo, pois a taxa de progesterona diminui sensivelmente, o que prepara a mucosa uterina para a gravidez. c) Quando a taxa de estrógeno no sangue atinge um nível elevado, a liberação de FSH e LH diminui e ocorre a menstruação. d) A ovulação ocorre ao redor do 140. dia do ciclo e caracteriza-se pela saída do óvulo do folículo ovariano e consequente diminuição das taxas de estrógeno e progesterona. e) Nos primeiros 14 dias do ciclo, pela ação do FSH ocorre a maturação do folículo ovariano, que secreta quantidades crescentes de estrógeno, provocando a proliferação das células do endométrio. 8. (Unifesp 2005) Nas mulheres, tanto a ovulação quanto a menstruação encontram-se associadas a diferentes taxas hormonais. O esquema seguinte reproduz tais eventos e identifica como A e B os hormônios envolvidos no processo. Antes de a menstruação ocorrer, a mulher passa por um período de tensão, denominando "tensão pré-menstrual" (TPM), causada principalmente pela queda de produção de um desses hormônios. Caso o óvulo seja fecundado e haja gravidez, não haverá TPM, porém, logo após o parto, ocorrerá uma fase de tensão denominada "depressão pós-parto", também devido à falta do mesmo hormônio. a) Identifique qual hormônio, A ou B, é o responsável pela TPM, dê seu nome e explique por que ele continua sendo produzido durante a gravidez. b) Qual evento do parto leva à queda de produção desse hormônio e, consequentemente, à depressão pós-parto? Por quê? 9. (Fuvest 2007) O gráfico a seguir mostra a variação na pressão sanguínea e na velocidade do sangue em diferentes vasos do sistema circulatório humano. Qual das alternativas correlaciona corretamente as regiões I, II e III do gráfico com o tipo de vaso sanguíneo? Página 3 de 1
  • 4. Interbits – SuperPro ® Web 10. (Fuvest 2007) As figuras a seguir ilustram um experimento realizado por William Harvey, cientista inglês do século XVII, que desvendou aspectos importantes da circulação sanguínea humana. Harvey colocou um torniquete no braço de uma pessoa, o que fez certos vasos sanguíneos tornarem-se salientes e com pequenas protuberâncias globosas (Fig. 1). Ele pressionou um vaso em um ponto próximo a uma protuberância e deslizou o dedo em direção à mão (de O para H na Fig. 2) de modo a espremer o sangue. O vaso permaneceu vazio de sangue entre O e H, enquanto a pressão sobre esse último ponto foi mantida. a) 1. Que vasos sanguíneos estão mostrados nos desenhos do experimento de Harvey? 2. Por que eles se tornaram salientes com a colocação do torniquete? b) Por que o vaso permaneceu vazio, entre a protuberância O e o ponto H, enquanto a pressão sobre esse último ponto foi mantida? 11. (Unicamp 2007) A figura a seguir apresenta os resultados obtidos durante um experimento que visou medir o nível de glicose no sangue de uma pessoa saudável após uma refeição rica em carboidratos. As dosagens de glicose no sangue foram obtidas a intervalos regulares de 30 minutos. Página 4 de 1
  • 5. Interbits – SuperPro ® Web a) Explique os resultados obtidos nas etapas I e II mostradas na figura. b) Sabendo-se que a pessoa só foi se alimentar novamente após 7 horas do início do experimento, explique por que na etapa III o nível de glicose no sangue se manteve constante e em dosagens consideradas normais. 12. (Mackenzie 2010) O aumento da perda de água por transpiração tem como principal consequência a) o aumento da produção de ADH, visando diminuir a produção de urina. b) o aumento da produção de células sanguíneas, visando provocar aumento de pressão arterial. c) a diminuição da frequência respiratória, visando diminuir a perda de água na respiração. d) o aumento da reabsorção de água pelo intestino. e) a diminuição da velocidade dos movimentos peristálticos. 13. (Unicamp 2010) A alimentação rica em gordura, o sedentarismo e o consumo de cigarro são hábitos presentes na sociedade atual, sendo responsáveis, em parte, pela hipertensão arterial, que, por sua vez, favorece o acúmulo de placas de gordura na parede interna das artérias, causando a aterosclerose. a) O que ocorre com o fluxo sanguíneo nas artérias em que há acúmulo de placas de gordura? Justifique. b) Em situação normal, quando o sangue bombeado pelo coração passa pelas artérias, esses vasos sofrem alterações estruturais, que permitem sua adaptação ao aumento de pressão. Explique como as artérias se alteram para se adaptar a esse aumento da pressão arterial. Que componente da parede da artéria permite essa adaptação? 14. (Unicamp 2011) Os gráficos A, B e C mostram as variações da secreção de insulina e glucagon em função da concentração de glicose, e as variações da concentração de glicose no sangue, após uma refeição rica em carboidratos. Página 5 de 1
  • 6. Interbits – SuperPro ® Web Com base nos gráficos acima, pode-se afirmar que a) se os níveis de glicose no sangue estão altos, a secreção de insulina aumenta para permitir que as moléculas de glicose sejam absorvidas pelas células, e os níveis de glucagon permanecem baixos, pois não há necessidade de o glicogênio ser transformado em glicose. b) o aumento dos níveis de glicose no sangue causa um aumento da secreção de insulina e de glucagon por células do pâncreas, pois ambos os hormônios contribuem para que as moléculas de açúcar atravessem a membrana plasmática das células. c) a secreção de glucagon é alta em indivíduos que tenham se alimentado de carboidrato duas horas antes, pois muitos desses carboidratos acabam se transformando em glicose; já com relação à insulina, ocorre um aumento porque os níveis de glicose estão elevados. d) as células secretoras do pâncreas estão sempre produzindo grandes quantidades de insulina e de glucagon, pois esses dois hormônios são responsáveis pela captura de glicose do sangue para as células. Página 6 de 1
  • 7. Interbits – SuperPro ® Web Gabarito: Resposta da questão 1: [A] Resposta da questão 2: [E] Resposta da questão 3: [C] Resposta da questão 4: [C] Resposta da questão 5: [B] Resposta da questão 6: [E] Resposta da questão 7: [E] Resposta da questão 8: a) A TPM é causada pela diminuição da concentração sanguínea da progesterona (B). A finalidade de manter a progesterona elevada é a manutenção da gravidez. b) Durante o parto, a placenta é eliminada, provocando a queda da concentração sanguínea materna de progesterona e, consequentemente, a depressão pós-parto. Resposta da questão 9: [A] Resposta da questão 10: a) 1. Veias 2. O torniquete impediu o retorno do sangue, o que provocou o aumento de sangue acumulado. b) As veias sempre transportam sangue para o coração. A pressão sobre o ponto H impede o retorno do sangue venoso ao coração. Resposta da questão 11: a) Etapa I: houve a absorção de glicose, portanto o aumento da corrente sanguínea. Etapa II: a insulina permitiu a entrada da glicose nos tecidos e células. b) O glucagon permitiu a passagem da glicose do fígado e músculos para o sangue, mantendo assim, a glicemia normal. Resposta da questão 12: [A] Página 7 de 1
  • 8. Interbits – SuperPro ® Web O candidato talvez pudesse pensar que o ADH provocasse a reabsorção de água pelo intestino e assinalar erradamente a alternativa “D”. Porém, um aumento da perda de água por transpiração leva a um aumento na produção do hormônio antidiurético (ADH), que provoca um aumento da absorção de água pelos néfrons dos rins. Deve-se, portanto, assinalar a alternativa “A”. Resposta da questão 13: a) O acumulo de gordura causa uma diminuição no diâmetro interno das artérias, provocando uma diminuição no fluxo sanguíneo e a consequente diminuição da quantidade de sangue que passa por esse local. b) Por serem elásticas, as artérias se dilatam com a passagem do sangue bombeado pelo coração, adaptando-se ao aumento da pressão arterial. O componente das artérias que permite que o vaso ceda à pressão sanguínea é o tecido muscular liso. Resposta da questão 14: [A] Algumas horas após a refeição, o nível de glicose sanguínea aumenta. Nesse período, o pâncreas secreta a insulina, hormônio que reduz a glicemia, pois facilita a entrada da glicose nas células. O nível do hormônio pancreático glucagon permanece baixo, já que não há necessidade de converter o glicogênio armazenado em glicose. Página 8 de 1
  • 9. Interbits – SuperPro ® Web Resumo das questões selecionadas nesta atividade Data de elaboração: 08/06/2011 às 00:33 Nome do arquivo: rev2 Origem/Doc: Server INTERBITS Legenda: Q/Prova = número da questão na prova Q/DB = número da questão no banco de dados do SuperPro® Q/prova Q/DB Matéria Fonte Tipo 1 30235 Biologia Pucsp/1999 Múltipla escolha 2 35706 Biologia Fuvest/2001 Múltipla escolha 3 35707 Biologia Fuvest/2001 Múltipla escolha 4 37531 Biologia Fatec/2002 Múltipla escolha 5 37646 Biologia Pucsp/2001 Múltipla escolha 6 42469 Biologia Fuvest/2003 Múltipla escolha 7 54718 Biologia Fatec/2005 Múltipla escolha 8 54720 Biologia Unifesp/2005 Analítica 9 70568 Biologia Fuvest/2007 Múltipla escolha 10 81636 Biologia Fuvest/2007 Analítica 11 81652 Biologia Unicamp/2007 Analítica 12 90071 Biologia Mackenzie/2010 Múltipla escolha 13 91268 Biologia Unicamp/2010 Analítica 14 100747 Biologia Unicamp/2011 Múltipla escolha Página 9 de 1