SlideShare uma empresa Scribd logo
Angiospermas Presença de flor, semente e ...  Fruto Lucy Freitas
AS FLORES DAS  ANGIOSPERMAS
OS FRUTOS DAS ANGIOSPERMAS
Quais são as principais características das angiospermas? São  vasculares  e possuem  raiz ,  caule ,  folhas ,  flores ,   sementes  e  frutos . Também não necessitam da água para que ocorra a fecundação. Suas  flores produzem o néctar   (solução açucarada) que  atrai animais , como, abelhas, borboletas, formigas, pássaros, morcegos e outros que acabam  polinizando-as . Da  união dos gametas , forma-se o  embrião  (dentro de uma semente). Após a fecundação, o  ovário da flor  se desenvolve e se transforma em  fruto  (com a semente dentro).  É o  grupo vegetal mais recente e mais abundante da Terra . Esse sucesso na dispersão se deve ao fato de que todas as flores possuem ovários, ou seja, produzem  frutos , uma estrutura que além de  proteger a semente  serve como elemento de  atração para os animais dispersores de sementes .

Recomendado para você

Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas

O documento descreve as características das briófitas e pteridófitas, as duas divisões de plantas sem flores. As briófitas são pequenas plantas sem vasos que transportam nutrientes de célula a célula. As pteridófitas foram as primeiras a desenvolver vasos para conduzir água e nutrientes, permitindo seu crescimento maior. Ambos os grupos se reproduzem por esporos produzidos em fases sexuadas e assexuadas.

ensinofundamentalaula
Xilema e floema
Xilema e floemaXilema e floema
Xilema e floema

O documento descreve o transporte de seiva nas plantas vasculares, especificamente o xilema e o floema. O xilema transporta a seiva bruta das raízes para os órgãos aéreos, constituída principalmente por água e sais minerais. O floema transporta a seiva elaborada das folhas para os outros órgãos, constituída principalmente por água, compostos orgânicos e nutrientes. Ambos os tecidos contêm células especializadas que facilitam o transporte de fluidos.

Biologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia VegetalBiologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia Vegetal

O documento discute a morfologia vegetal, incluindo sistemas radiculares, caulinares e foliares, além de tipos de frutos. É descrito o desenvolvimento de raízes, caules e folhas, bem como suas principais características morfológicas e funções. Diferentes tipos de frutos também são explicados, como frutos secos, carnosos e pseudofrutos.

GIMNOSPERMAS 1. São plantas  vasculares . 2. Possuem  raiz ,  caule ,  folhas,  estróbilos  e sementes. 3. Não necessitam da água para que ocorra a fecundação.  4. O gameta masculino não é flagelado. É transportado dentro do grão de pólen. 5. Da união dos gametas, forma-se o embrião (dentro de uma semente). 6. O embrião fica protegido na semente, que possui reservas nutritivas e uma proteção contra a desidratação. 7. A estrutura reprodutora é o  estróbilo . 8. Os gametas são produzidos nos  estróbilos. 9. Os estróbilos não atraem os animais, por isso  são polinizadas pelo vento. 10. As flores  não possuem ovários , portanto  não produzem frutos  (a semente é nua) ANGIOSPERMAS 1. São plantas  vasculares . 2. Possuem  raiz ,  caule ,  folhas,  flores ,   sementes e  frutos .   3. Não necessitam da água para que ocorra a fecundação.  4. O gameta masculino não é flagelado. É transportado dentro do grão de pólen. 5. Da união dos gametas, forma-se o embrião (dentro de uma semente). 6. O embrião fica protegido na semente, que possui reservas nutritivas e uma proteção contra a desidratação. 7. A estrutura reprodutora é a  flor. 8. Os gametas são produzidos na  flor. 9. As flores produzem o néctar  que atrai  animais que fazem a polinização. 10. As flores  possuem ovários  que, após a fecundação, se transformam em  frutos  (com a semente dentro). RECORDANDO
sépala pétala Carpelo=Pistilo estigma estilete ovário óvulo receptáculo antera filete estame pedúnculo
PARTES DA FLOR MASCULINA = ANDROCEU  FEMININA=GINECEU Filete  Estigma Formado de Estames  Formado de Pistilos  Estilete (em geral vários)   Antera  (em geral só um)  Ovário
PARTES DA FLOR HERMAFRODITA 1. Pedúnculo 2. Receptáculo  (onde ficam presas as demais peças florais) 3. Cálice (conjunto de sépalas) 4. Corola (conjunto de pétalas) 5. Androceu (conjunto de estames) 6. Gineceu (conjunto de pistilos)

Recomendado para você

V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e sementeV.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente

Baseado em: PEREIRA, A. M; WALDHELM, M. Novo passaporte para Ciências. 7o ano. 2a ed. São Paulo: Editora do Brasil, 2009.

Folha
FolhaFolha
Folha

O documento descreve as partes e funções das folhas em plantas. Discute o limbo, pecíolo, bainha e como a seiva é transportada. Também cobre os tipos de folhas de acordo com a morfologia, habitat e divisão em monocotiledôneas e dicotiledôneas.

adaptações da folhapartes da folhafolha
Raiz
RaizRaiz
Raiz

As 3 frases principais são: 1) As raízes absorvem e conduzem água e minerais, acumulam nutrientes e fixam a planta no solo. 2) Existem diferentes tipos de raízes classificadas de acordo com o ambiente em que vivem e suas funções, incluindo raízes terrestres, aéreas e aquáticas. 3) As raízes terrestres incluem raízes axiais, fasciculadas e tuberosas, enquanto as raízes aéreas podem surgir em diferentes partes da planta

raiz
Formado  por  pistilos.  Cada pistilo é formado por: 1. Estigma (recebe o grão de pólen) 2. Estilete (por onde desce o tubo polínico) 3. Ovário (onde está o(s) óvulo(s) (após a fecundação transforma-se em fruto). ATENÇÃO: A maioria das flores apresenta seu Gineceu composto por apenas um pistilo. Assim Gineceu e Pistilo se confundem  em uma só peça. Algumas flores apresentam seu Gineceu composto por mais de um pistilo. Ex: roseira e magnólia. GINECEU
Formado  de estames. Cada estame é formado por: 1. Filete (cabinho do estame) 2. Antera (onde são produzidos os grãos de pólen) ANDROCEU
RECORDANDO
Agora é a sua vez. Dê os nomes das estruturas numeradas:

Recomendado para você

Classificação das folhas
Classificação das folhasClassificação das folhas
Classificação das folhas

As folhas podem ser classificadas de acordo com sua forma, margem, e disposição das nervuras. Quanto à forma, as folhas podem ser inteiras ou recortadas, e quanto às nervuras, podem ser uninérveas, paralelinérveas, peninérveas ou palminérveas.

Flores
FloresFlores
Flores

1) O documento descreve as características e estrutura das flores em angiospermas, incluindo os principais órgãos reprodutivos como sépalas, pétalas, estames e carpelos. 2) As flores podem ser completas ou incompletas dependendo do número de verticilos florais presentes, e perfeitas ou imperfeitas dependendo da presença de androceu e gineceu. 3) A reprodução envolve a meiose na formação de grãos de pólen e óvulos, e a dupla fec

Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas

O documento descreve os principais órgãos reprodutores das plantas com flores e o processo de reprodução sexuada, incluindo a polinização, fecundação, frutificação, disseminação e germinação. Explica que as flores contêm os órgãos masculinos (estames) e femininos (carpelos) que produzem pólen e óvulos, e que a polinização envolve a transferência de pólen entre as anteras e o estigma.

PARA VOCÊ NÃO ESQUECER:
Você dissecou esta flor em aula prática. Aproveite para recordar suas partes reprodutoras. Estigma do Gineceu Estame do  Androceu
Pelo  VENTO   (ANEMOFILIA) Produzem muito pólen Pouco atrativas Estames e estigmas projetados (Transporte do grão de pólen da antera do estame até o estigma do gineceu) POLINIZAÇÃO Figura 3:  gramínea com suas inflorescências ao vento. Figura 1: flor de planta anemófila (gramínea) Figura 2: esquema da flor de uma planta anemófila (gramínea)
Flores vistosas, com cheiro, com nectários Por  INSETOS   (ENTOMOFILIA),  AVES  (ORNITOFILIA) ou  MAMÍFEROS POLINIZAÇÃO

Recomendado para você

Aula gimnospermas
Aula   gimnospermasAula   gimnospermas
Aula gimnospermas

O documento discute as características das gimnospermas, incluindo que elas são vasculares sem frutos, possuem flores dióicas ou monóicas e sementes, e sua fase dominante é a esporofítica. Também descreve seus filos principais, órgãos reprodutores e hábitat em regiões temperadas.

polenestrobillopinha
Caule
CauleCaule
Caule

O documento descreve as principais partes e tipos de caule. O caule é o órgão que liga a raiz às folhas, sustenta a planta e transporta a seiva. Pode ser aéreo, subterrâneo ou aquático. Exemplos de tipos de caule incluem tronco, estipe, colmo, haste e rasteiro. O caule pode também se modificar em espinhos, gavinhas ou cladódios para se adaptar ao meio ambiente.

Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas

Angiospermas são plantas vasculares com flores e frutos. Possuem características únicas como flores, frutos e sementes. Sua reprodução envolve polinização, fecundação dupla, formação de sementes e dispersão de frutos.

botânica
ESTRATÉGIAS  DE  ATRAÇÃO BRÁCTEAS orientando  os polinizadores para o local onde estão as  flores FLOR simulando fêmeas para atrair o  polinizador INFLORESCÊNCIAS quando as flores são pequenas
CICLO DE VIDA DE  UMA ANGIOSPERMA
Antes de falarmos das etapas da reprodução, verifique os nomes das partes   femininas (gineceu) e masculinas (androceu)
Etapas: Polinização – Formação do tubo polínico – fecundação – formação da semente

Recomendado para você

Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae

O documento descreve as principais características do Reino Plantae, incluindo Briófitas, Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas. As plantas são organismos eucariontes, pluricelulares, fotossintetizantes e que se reproduzem tanto sexualmente quanto assexualmente.

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha

Este documento descreve as características e partes principais de uma folha. Uma folha geralmente é verde, realiza fotossíntese e transpiração, e armazena água e nutrientes. Uma folha pode ser simples com um limbo inteiro ou composta com vários folíolos. O documento também explica a anatomia interna de uma folha, incluindo os tecidos como a cutícula, epiderme, parênquima e vasos condutores.

Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas

As briófitas são um grupo de plantas terrestres primitivas formado por mais de 20.000 espécies divididas em três filos. Foram as primeiras plantas a deixar o meio aquático e a colonizar a terra há cerca de 430 milhões de anos. Apresentam morfologia simples sem raízes, caule e folhas verdadeiras, reproduzindo-se através da alternância de gerações entre o esporófito e o gametófito.

Após a fecundação ocorre: 1. Oosfera + gameta masculino dão origem ao embrião 2. O óvulo se desenvolve e se transforma em semente 3. O ovário se desenvolve e dá origem ao fruto (com a semente dentro)
Vários grãos de pólen podem cair sobre o estigma.  Todos  podem germinar, formando vários tubos polínicos. Cada tubo polínico levará um gameta masculino até a oosfera de um óvulo. Após a fecundação, cada óvulo fecundado dará origem a uma semente.
Dicotiledônea Monocotiledônea A semente de feijão possui dois cotilédones. Dentro deles estão armazenadas as substâncias nutritivas  (endosperma) para desenvolvimento do embrião. O grão de milho, na realidade é um pequeno fruto. O cotilédone é único e reduzido. A semente (embrião+cotilédone+endosperma) ocupa todo o volume do fruto (grão de milho). SEMENTE
 

Recomendado para você

7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas

Este documento descreve as principais características do reino vegetal. Apresenta as principais classificações de plantas de acordo com suas estruturas e modos de reprodução, incluindo briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas. Também aborda brevemente as plantas carnívoras e as antigas samambaias-gigantes.

botanicaclassificacaoplantas
Angiospermas www unifev_edu_br
Angiospermas www unifev_edu_brAngiospermas www unifev_edu_br
Angiospermas www unifev_edu_br

O documento descreve as características principais das angiospermas, incluindo que elas constituem o maior grupo de plantas, dividido em Monocotiledôneas e Dicotiledôneas. As angiospermas se reproduzem sexuadamente através da dupla fecundação que ocorre na flor e resulta na formação da semente.

Formação de fruto e semente
Formação de fruto e sementeFormação de fruto e semente
Formação de fruto e semente

1. O documento descreve o processo de polinização e fecundação em angiospermas, incluindo a formação do pólen e grão de pólen, mecanismos de polinização cruzada e autopolinização, e a dupla fecundação. 2. Também descreve os tipos de frutos, incluindo carnosos, secos, e pseudofrutos, e mecanismos de dispersão de sementes como anemocoria e zoocoria. 3. Os processos reprodutivos das angiospermas, como a polinização e

Condições Mínimas Água Temperatura ideal Gás Oxigênio (O 2 ) dicotiledônea monocotiledônea
MONOCOTILEDÔNEAS DICOTILEDÔNEAS RAIZ FASCICULADA FOLHA COM NERVURAS PARALELI-NÉRVIAS RAIZ AXIAL FOLHA COM NERVURAS RETICULADAS DIFERENÇAS ENTRE   FLORES TRÍMERAS FLORES PENTAMERAS OU TETRÂMERAS
DA FLOR AO FRUTO Após a fecundação as pétalas, as sépalas e os estames murcham. Estigma e estilete também caem. Sobra o ovário com o(s) óvulo(s) fecundado(s).  Agora o ovário se desenvolve e se transforma em fruto. Dentro dele está(ão) a(s) semente(s) originada(s) do óvulo(s) fecundado(s).
FRUTO  Provém do desenvolvimento do ovário e do óvulo fecundado Polinização Fruto formado Formação do fruto

Recomendado para você

Reprodução 7º ano
Reprodução 7º anoReprodução 7º ano
Reprodução 7º ano

O documento discute os conceitos de reprodução, definindo-a como a característica que permite a continuidade das espécies através da transmissão de características hereditárias. Aborda os tipos de reprodução (assexuada e sexuada), explicando suas vantagens e desvantagens. Também descreve processos como fecundação, desenvolvimento direto e indireto em diferentes espécies.

reprodução sexuadareprodução assexuada
Reprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com florReprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com flor

Este documento descreve os processos de reprodução em plantas com flor, incluindo polinização, fecundação, frutificação e disseminação. Também explica a reprodução em plantas sem flor como musgos e fetos através da produção e dispersão de esporos.

Reprodução nas plantas
Reprodução nas plantasReprodução nas plantas
Reprodução nas plantas

As plantas se reproduzem por sementes ou esporos para garantir a continuidade das espécies. As plantas com flor formam sementes através da polinização e fecundação, onde o pólen é transportado aos óvulos. Um banco mundial de sementes foi criado na Noruega para preservar a diversidade genética de plantas cultiváveis.

pericarpo O FRUTO É FORMADO POR: PERICARPO (originado do ovário) SEMENTE  (originada do óvulo)
EPICARPO  (casca) MESOCARPO  (branco) ENDOCARPO  comestível, envolve a semente) SEMENTE (dentro do endocarpo formando um caroço) ENDOCARPO  (duro) MESOCARPO (comestível) EPICARPO  (casca) PERICARPO PERICARPO SEMENTE PARTES DO FRUTO
Laranja: endocarpo Abacate: mesocarpo epicarpo  Tomate: pericarpo  mesocarpo endocarpo PARTES COMESTÍVEIS DOS FRUTOS
Originam-se de outras partes da flor (exceto do ovário) Podem originar-se do pedúnculo (cajú) ou do receptáculo  (maçã e figo) PSEUDOFRUTOS   ou falsos frutos

Recomendado para você

Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução

O documento discute os tipos de reprodução, incluindo reprodução assexuada, como cissiparidade e esporulação, e reprodução sexuada, que envolve meiose e fecundação. Também aborda casos especiais como partenogênese e poliembrionia.

ReproduçãO Nas Plantas Com Flor
ReproduçãO Nas Plantas Com FlorReproduçãO Nas Plantas Com Flor
ReproduçãO Nas Plantas Com Flor

Na maioria das plantas com flor, a reprodução é sexuada, com órgãos masculinos (anteras) e femininos (ovários) localizados nas flores. Os grãos de pólen nas anteras fertilizam os óvulos nos ovários através da polinização, direta ou cruzada por vento, insetos, aves ou pequenos mamíferos. A fecundação dá origem a sementes que germinam sob condições adequadas de humidade, ar, temperatura e estado da semente, desenvolvendo um novo embrião.

ciencias natureza
Reprodução nas Plantas
Reprodução nas PlantasReprodução nas Plantas
Reprodução nas Plantas

O documento descreve os órgãos sexuais masculinos e femininos das plantas e como a polinização ocorre. Ele explica que flores masculinas contêm apenas órgãos sexuais masculinos, flores femininas contêm apenas órgãos sexuais femininos, e flores hermafroditas contêm ambos. O pólen é produzido nas anteras das flores masculinas e é transferido para o estigma das flores femininas durante a polinização.

PSEUDOFRUTOS
inflorescência bráctea Flores brácteas INFLORESCÊNCIAS (conjuntos de flores)
Originam-se de inflorescências cujas flores foram fertilizadas INFRUTESCÊNCIAS (conjuntos de frutos)
CLASSIFICAÇÃO DOS FRUTOS Obs: Não há necessidade de decorar as informações acima.  Elas foram adicionadas somente como curiosidade

Recomendado para você

Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011

Este documento discute os tipos de reprodução nos seres vivos, incluindo reprodução assexuada (bipartição, brotamento, regeneração e esporulação) e reprodução sexuada. A reprodução sexuada envolve a troca de gametas entre indivíduos, resultando em descendentes geneticamente diferentes dos pais. Alguns tipos especiais de reprodução incluem partenogênese, pedogênese e poliembrionia. Cuidados parentais como monogamia, poliginia e poliandria aumentam as chances de sobrevivência da

Plantas Gimnospermas Y Angiospermas
Plantas Gimnospermas Y AngiospermasPlantas Gimnospermas Y Angiospermas
Plantas Gimnospermas Y Angiospermas

Las gimnospermas y angiospermas son plantas vasculares que se reproducen sexualmente. Las gimnospermas producen semillas desnudas sin fruto, mientras que las angiospermas enfrutan las semillas dentro de un ovario maduro. Las flores de las angiospermas atraen a los polinizadores y su ovario se convierte en fruto luego de la fecundación, dando origen a una nueva planta cuando la semilla germina.

angiospermasgimnospermasbotánica
Biologia 11 reprodução assexuada
Biologia 11   reprodução assexuadaBiologia 11   reprodução assexuada
Biologia 11 reprodução assexuada

O documento discute os processos de reprodução assexuada e sexuada em seres vivos. Apresenta diferentes métodos de reprodução assexuada como bipartição, gemulação, esporulação e multiplicação vegetativa. Também discute vantagens e desvantagens da reprodução assexuada.

"reprodução assexuada"
Descubra que parte da planta está representada na figura: 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 16 17 18
19 20 21 22 23 24

Recomendado para você

Biologia 11 reprodução sexuada
Biologia 11   reprodução sexuadaBiologia 11   reprodução sexuada
Biologia 11 reprodução sexuada

O documento discute os processos de reprodução sexuada e meiose. A reprodução sexuada envolve a fusão dos gâmetas masculino e feminino, duplicando o número de cromossomas. A meiose é o processo que permite a formação de gâmetas e esporos com metade do número de cromossomas, compensando a duplicação e mantendo o número constante entre gerações. A meiose envolve duas divisões celulares que reduzem o material genético para a formação de quatro células haploides.

"reprodução sexuada""meiose"
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas

Angiospermas possuem sementes dentro de frutos, que se originam das flores. São o grupo de plantas com maior diversidade e importância para a produção de matéria orgânica terrestre. As flores são estruturas reprodutoras modificadas que contém estames, pistilo e pétalas.

Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e IIFrente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II

1. As angiospermas são plantas adaptadas a vários ambientes terrestres e produzem flores com órgãos reprodutores masculinos e femininos. 2. Suas flores atraem animais polinizadores com néctar e produzem frutos com sementes após a fecundação. 3. Possuem grande sucesso evolutivo devido à produção de frutos que auxiliam na dispersão de sementes.

29 28 27 26 25 30

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FloresSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Turma Olímpica
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Isabella Silva
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Bruna Medeiros
 
Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
Andrea Barreto
 
Xilema e floema
Xilema e floemaXilema e floema
Xilema e floema
00367p
 
Biologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia VegetalBiologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia Vegetal
Carson Souza
 
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e sementeV.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
Rebeca Vale
 
Folha
FolhaFolha
Raiz
RaizRaiz
Classificação das folhas
Classificação das folhasClassificação das folhas
Classificação das folhas
00367p
 
Flores
FloresFlores
Flores
Jézili Dias
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
Sofia Mendes
 
Aula gimnospermas
Aula   gimnospermasAula   gimnospermas
Aula gimnospermas
Felipe Cavalcante
 
Caule
CauleCaule
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
SEMED de Santarém/PA
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Turma Olímpica
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
Bruna Medeiros
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
crisbassanimedeiros
 
Angiospermas www unifev_edu_br
Angiospermas www unifev_edu_brAngiospermas www unifev_edu_br
Angiospermas www unifev_edu_br
EduardoEmiliano
 

Mais procurados (20)

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FloresSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
 
Xilema e floema
Xilema e floemaXilema e floema
Xilema e floema
 
Biologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia VegetalBiologia - Morfologia Vegetal
Biologia - Morfologia Vegetal
 
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e sementeV.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
V.5 Angiospermas - flor, fruto e semente
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Classificação das folhas
Classificação das folhasClassificação das folhas
Classificação das folhas
 
Flores
FloresFlores
Flores
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
 
Aula gimnospermas
Aula   gimnospermasAula   gimnospermas
Aula gimnospermas
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
 
Angiospermas www unifev_edu_br
Angiospermas www unifev_edu_brAngiospermas www unifev_edu_br
Angiospermas www unifev_edu_br
 

Destaque

Formação de fruto e semente
Formação de fruto e sementeFormação de fruto e semente
Formação de fruto e semente
Marcos Albuquerque
 
Reprodução 7º ano
Reprodução 7º anoReprodução 7º ano
Reprodução 7º ano
Juliana Evelyn Dos Santos
 
Reprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com florReprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com flor
Tânia Reis
 
Reprodução nas plantas
Reprodução nas plantasReprodução nas plantas
Reprodução nas plantas
danielpinheiro
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
Fatima Comiotto
 
ReproduçãO Nas Plantas Com Flor
ReproduçãO Nas Plantas Com FlorReproduçãO Nas Plantas Com Flor
ReproduçãO Nas Plantas Com Flor
rukka
 
Reprodução nas Plantas
Reprodução nas PlantasReprodução nas Plantas
Reprodução nas Plantas
Helena Borralho
 
Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011
Roberto Bagatini
 
Plantas Gimnospermas Y Angiospermas
Plantas Gimnospermas Y AngiospermasPlantas Gimnospermas Y Angiospermas
Plantas Gimnospermas Y Angiospermas
Carlos Aguirre
 
Biologia 11 reprodução assexuada
Biologia 11   reprodução assexuadaBiologia 11   reprodução assexuada
Biologia 11 reprodução assexuada
Nuno Correia
 
Biologia 11 reprodução sexuada
Biologia 11   reprodução sexuadaBiologia 11   reprodução sexuada
Biologia 11 reprodução sexuada
Nuno Correia
 

Destaque (11)

Formação de fruto e semente
Formação de fruto e sementeFormação de fruto e semente
Formação de fruto e semente
 
Reprodução 7º ano
Reprodução 7º anoReprodução 7º ano
Reprodução 7º ano
 
Reprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com florReprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com flor
 
Reprodução nas plantas
Reprodução nas plantasReprodução nas plantas
Reprodução nas plantas
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
ReproduçãO Nas Plantas Com Flor
ReproduçãO Nas Plantas Com FlorReproduçãO Nas Plantas Com Flor
ReproduçãO Nas Plantas Com Flor
 
Reprodução nas Plantas
Reprodução nas PlantasReprodução nas Plantas
Reprodução nas Plantas
 
Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011
 
Plantas Gimnospermas Y Angiospermas
Plantas Gimnospermas Y AngiospermasPlantas Gimnospermas Y Angiospermas
Plantas Gimnospermas Y Angiospermas
 
Biologia 11 reprodução assexuada
Biologia 11   reprodução assexuadaBiologia 11   reprodução assexuada
Biologia 11 reprodução assexuada
 
Biologia 11 reprodução sexuada
Biologia 11   reprodução sexuadaBiologia 11   reprodução sexuada
Biologia 11 reprodução sexuada
 

Semelhante a ReproduçãO Nas Angiospermas (1)

Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Andre Luiz Nascimento
 
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e IIFrente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Colégio Batista de Mantena
 
Angiosperamas
AngiosperamasAngiosperamas
Angiosperamas
Iuri Fretta Wiggers
 
Reprodução das plantas com flor
Reprodução das plantas com florReprodução das plantas com flor
Reprodução das plantas com flor
Sandra Soeiro
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
biologando
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
infoeducp2
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
MariaJoão Agualuza
 
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermasAula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Fatima Comiotto
 
Angio mono dico
Angio mono dicoAngio mono dico
Angio mono dico
caca-filho
 
Aulas sobre plantas
Aulas sobre plantasAulas sobre plantas
Aulas sobre plantas
Fatima Comiotto
 
reino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.pptreino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.ppt
IsamaraRochaLima
 
Frutos & Pseudofrutos
Frutos & PseudofrutosFrutos & Pseudofrutos
Frutos & Pseudofrutos
Heronides Araújo
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Fatima Comiotto
 
Frutos e sementes
Frutos e sementesFrutos e sementes
Frutos e sementes
Vitor Morais
 
Reino Plantae
Reino PlantaeReino Plantae
Reino Plantae
Katia Valeria
 
Angiospermas - Renato Paiva
Angiospermas - Renato PaivaAngiospermas - Renato Paiva
Angiospermas - Renato Paiva
Turma Olímpica
 
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.pptreinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
isispatriciagomes
 
Flores e frutos
Flores e frutosFlores e frutos
Flores e frutos
URCA
 
Botânica
BotânicaBotânica

Semelhante a ReproduçãO Nas Angiospermas (1) (20)

Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e IIFrente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
Frente 3 Módulo 4, 5 Reprodução nas angiospermas I e II
 
Angiosperamas
AngiosperamasAngiosperamas
Angiosperamas
 
Reprodução das plantas com flor
Reprodução das plantas com florReprodução das plantas com flor
Reprodução das plantas com flor
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
 
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermasAula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
 
Angio mono dico
Angio mono dicoAngio mono dico
Angio mono dico
 
Aulas sobre plantas
Aulas sobre plantasAulas sobre plantas
Aulas sobre plantas
 
reino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.pptreino-plantae-metaphyta.ppt
reino-plantae-metaphyta.ppt
 
Frutos & Pseudofrutos
Frutos & PseudofrutosFrutos & Pseudofrutos
Frutos & Pseudofrutos
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Frutos e sementes
Frutos e sementesFrutos e sementes
Frutos e sementes
 
Reino Plantae
Reino PlantaeReino Plantae
Reino Plantae
 
Angiospermas - Renato Paiva
Angiospermas - Renato PaivaAngiospermas - Renato Paiva
Angiospermas - Renato Paiva
 
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
 
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.pptreinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
 
Flores e frutos
Flores e frutosFlores e frutos
Flores e frutos
 
Botânica
BotânicaBotânica
Botânica
 

Mais de infoeducp2

Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
infoeducp2
 
1+ + Fotos Historicas
1+ + Fotos Historicas1+ + Fotos Historicas
1+ + Fotos Historicas
infoeducp2
 
Barroco 8º Ano
Barroco   8º AnoBarroco   8º Ano
Barroco 8º Ano
infoeducp2
 
Formação da música brasileira: fase colonial
Formação da música brasileira: fase colonialFormação da música brasileira: fase colonial
Formação da música brasileira: fase colonial
infoeducp2
 
Circunferências
CircunferênciasCircunferências
Circunferências
infoeducp2
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
infoeducp2
 
Reino Protoctista
Reino ProtoctistaReino Protoctista
Reino Protoctista
infoeducp2
 
Old Rio Photos
Old Rio PhotosOld Rio Photos
Old Rio Photos
infoeducp2
 

Mais de infoeducp2 (8)

Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
1+ + Fotos Historicas
1+ + Fotos Historicas1+ + Fotos Historicas
1+ + Fotos Historicas
 
Barroco 8º Ano
Barroco   8º AnoBarroco   8º Ano
Barroco 8º Ano
 
Formação da música brasileira: fase colonial
Formação da música brasileira: fase colonialFormação da música brasileira: fase colonial
Formação da música brasileira: fase colonial
 
Circunferências
CircunferênciasCircunferências
Circunferências
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Reino Protoctista
Reino ProtoctistaReino Protoctista
Reino Protoctista
 
Old Rio Photos
Old Rio PhotosOld Rio Photos
Old Rio Photos
 

Último

Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
Daniel273024
 
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redaçãoRedação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
GrazielaTorrezan
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
 
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redaçãoRedação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 

ReproduçãO Nas Angiospermas (1)

  • 1. Angiospermas Presença de flor, semente e ... Fruto Lucy Freitas
  • 2. AS FLORES DAS ANGIOSPERMAS
  • 3. OS FRUTOS DAS ANGIOSPERMAS
  • 4. Quais são as principais características das angiospermas? São vasculares e possuem raiz , caule , folhas , flores , sementes e frutos . Também não necessitam da água para que ocorra a fecundação. Suas flores produzem o néctar (solução açucarada) que atrai animais , como, abelhas, borboletas, formigas, pássaros, morcegos e outros que acabam polinizando-as . Da união dos gametas , forma-se o embrião (dentro de uma semente). Após a fecundação, o ovário da flor se desenvolve e se transforma em fruto (com a semente dentro). É o grupo vegetal mais recente e mais abundante da Terra . Esse sucesso na dispersão se deve ao fato de que todas as flores possuem ovários, ou seja, produzem frutos , uma estrutura que além de proteger a semente serve como elemento de atração para os animais dispersores de sementes .
  • 5. GIMNOSPERMAS 1. São plantas vasculares . 2. Possuem raiz , caule , folhas, estróbilos e sementes. 3. Não necessitam da água para que ocorra a fecundação. 4. O gameta masculino não é flagelado. É transportado dentro do grão de pólen. 5. Da união dos gametas, forma-se o embrião (dentro de uma semente). 6. O embrião fica protegido na semente, que possui reservas nutritivas e uma proteção contra a desidratação. 7. A estrutura reprodutora é o estróbilo . 8. Os gametas são produzidos nos estróbilos. 9. Os estróbilos não atraem os animais, por isso são polinizadas pelo vento. 10. As flores não possuem ovários , portanto não produzem frutos (a semente é nua) ANGIOSPERMAS 1. São plantas vasculares . 2. Possuem raiz , caule , folhas, flores , sementes e frutos . 3. Não necessitam da água para que ocorra a fecundação. 4. O gameta masculino não é flagelado. É transportado dentro do grão de pólen. 5. Da união dos gametas, forma-se o embrião (dentro de uma semente). 6. O embrião fica protegido na semente, que possui reservas nutritivas e uma proteção contra a desidratação. 7. A estrutura reprodutora é a flor. 8. Os gametas são produzidos na flor. 9. As flores produzem o néctar que atrai animais que fazem a polinização. 10. As flores possuem ovários que, após a fecundação, se transformam em frutos (com a semente dentro). RECORDANDO
  • 6. sépala pétala Carpelo=Pistilo estigma estilete ovário óvulo receptáculo antera filete estame pedúnculo
  • 7. PARTES DA FLOR MASCULINA = ANDROCEU FEMININA=GINECEU Filete Estigma Formado de Estames Formado de Pistilos Estilete (em geral vários) Antera (em geral só um) Ovário
  • 8. PARTES DA FLOR HERMAFRODITA 1. Pedúnculo 2. Receptáculo (onde ficam presas as demais peças florais) 3. Cálice (conjunto de sépalas) 4. Corola (conjunto de pétalas) 5. Androceu (conjunto de estames) 6. Gineceu (conjunto de pistilos)
  • 9. Formado por pistilos. Cada pistilo é formado por: 1. Estigma (recebe o grão de pólen) 2. Estilete (por onde desce o tubo polínico) 3. Ovário (onde está o(s) óvulo(s) (após a fecundação transforma-se em fruto). ATENÇÃO: A maioria das flores apresenta seu Gineceu composto por apenas um pistilo. Assim Gineceu e Pistilo se confundem em uma só peça. Algumas flores apresentam seu Gineceu composto por mais de um pistilo. Ex: roseira e magnólia. GINECEU
  • 10. Formado de estames. Cada estame é formado por: 1. Filete (cabinho do estame) 2. Antera (onde são produzidos os grãos de pólen) ANDROCEU
  • 12. Agora é a sua vez. Dê os nomes das estruturas numeradas:
  • 13. PARA VOCÊ NÃO ESQUECER:
  • 14. Você dissecou esta flor em aula prática. Aproveite para recordar suas partes reprodutoras. Estigma do Gineceu Estame do Androceu
  • 15. Pelo VENTO (ANEMOFILIA) Produzem muito pólen Pouco atrativas Estames e estigmas projetados (Transporte do grão de pólen da antera do estame até o estigma do gineceu) POLINIZAÇÃO Figura 3: gramínea com suas inflorescências ao vento. Figura 1: flor de planta anemófila (gramínea) Figura 2: esquema da flor de uma planta anemófila (gramínea)
  • 16. Flores vistosas, com cheiro, com nectários Por INSETOS (ENTOMOFILIA), AVES (ORNITOFILIA) ou MAMÍFEROS POLINIZAÇÃO
  • 17. ESTRATÉGIAS DE ATRAÇÃO BRÁCTEAS orientando os polinizadores para o local onde estão as flores FLOR simulando fêmeas para atrair o polinizador INFLORESCÊNCIAS quando as flores são pequenas
  • 18. CICLO DE VIDA DE UMA ANGIOSPERMA
  • 19. Antes de falarmos das etapas da reprodução, verifique os nomes das partes femininas (gineceu) e masculinas (androceu)
  • 20. Etapas: Polinização – Formação do tubo polínico – fecundação – formação da semente
  • 21. Após a fecundação ocorre: 1. Oosfera + gameta masculino dão origem ao embrião 2. O óvulo se desenvolve e se transforma em semente 3. O ovário se desenvolve e dá origem ao fruto (com a semente dentro)
  • 22. Vários grãos de pólen podem cair sobre o estigma. Todos podem germinar, formando vários tubos polínicos. Cada tubo polínico levará um gameta masculino até a oosfera de um óvulo. Após a fecundação, cada óvulo fecundado dará origem a uma semente.
  • 23. Dicotiledônea Monocotiledônea A semente de feijão possui dois cotilédones. Dentro deles estão armazenadas as substâncias nutritivas (endosperma) para desenvolvimento do embrião. O grão de milho, na realidade é um pequeno fruto. O cotilédone é único e reduzido. A semente (embrião+cotilédone+endosperma) ocupa todo o volume do fruto (grão de milho). SEMENTE
  • 24.  
  • 25. Condições Mínimas Água Temperatura ideal Gás Oxigênio (O 2 ) dicotiledônea monocotiledônea
  • 26. MONOCOTILEDÔNEAS DICOTILEDÔNEAS RAIZ FASCICULADA FOLHA COM NERVURAS PARALELI-NÉRVIAS RAIZ AXIAL FOLHA COM NERVURAS RETICULADAS DIFERENÇAS ENTRE FLORES TRÍMERAS FLORES PENTAMERAS OU TETRÂMERAS
  • 27. DA FLOR AO FRUTO Após a fecundação as pétalas, as sépalas e os estames murcham. Estigma e estilete também caem. Sobra o ovário com o(s) óvulo(s) fecundado(s). Agora o ovário se desenvolve e se transforma em fruto. Dentro dele está(ão) a(s) semente(s) originada(s) do óvulo(s) fecundado(s).
  • 28. FRUTO Provém do desenvolvimento do ovário e do óvulo fecundado Polinização Fruto formado Formação do fruto
  • 29. pericarpo O FRUTO É FORMADO POR: PERICARPO (originado do ovário) SEMENTE (originada do óvulo)
  • 30. EPICARPO (casca) MESOCARPO (branco) ENDOCARPO comestível, envolve a semente) SEMENTE (dentro do endocarpo formando um caroço) ENDOCARPO (duro) MESOCARPO (comestível) EPICARPO (casca) PERICARPO PERICARPO SEMENTE PARTES DO FRUTO
  • 31. Laranja: endocarpo Abacate: mesocarpo epicarpo Tomate: pericarpo mesocarpo endocarpo PARTES COMESTÍVEIS DOS FRUTOS
  • 32. Originam-se de outras partes da flor (exceto do ovário) Podem originar-se do pedúnculo (cajú) ou do receptáculo (maçã e figo) PSEUDOFRUTOS ou falsos frutos
  • 34. inflorescência bráctea Flores brácteas INFLORESCÊNCIAS (conjuntos de flores)
  • 35. Originam-se de inflorescências cujas flores foram fertilizadas INFRUTESCÊNCIAS (conjuntos de frutos)
  • 36. CLASSIFICAÇÃO DOS FRUTOS Obs: Não há necessidade de decorar as informações acima. Elas foram adicionadas somente como curiosidade
  • 37. Descubra que parte da planta está representada na figura: 1 2 3 4 5 6
  • 38. 7 8 9 10 11 12
  • 39. 13 14 15 16 16 17 18
  • 40. 19 20 21 22 23 24
  • 41. 29 28 27 26 25 30