SlideShare uma empresa Scribd logo
MAIO DE 68
A IMAGINAÇÃO AO PODER
MAIO DE 68 É O DIREITO:
.
A QUESTIONAR A
AUTORIDADE
À LIBERTAÇÃO FEMININA
MAIO DE 68 É O DIREITO:
À SEXUALIDADE À UNIVERSIDADE SEM CLASSES
À FELICIDADE
A REVOLTA DOS ESTUDANTES
ONDE TUDO COMEÇOU: NANTERRE
A 22 de março os estudantes
ocupam a universidade, nasce
o movimento liderado por
Daniel Chon-Bendit
A 2 de maio a universidade
é fechada
A REVOLTA ALASTRA A PARIS
Os estudantes da Sorbonne são
solidários com os colegas e as
consequências não tardam em
surgir…
A 3 de maio a Sorbonne é
fechada e 500 estudantes são
presos.
O CONFRONTO …
6 de maio:
As primeiras
barricadas
Pedras da calçada contra granadas de
gases lacrimogéneos …
A NOITE DAS BARRICADAS
A revolta atinge o seu auge na noite de
10 para 11 de maio
No dia seguinte …
A REVOLTA ESTUDANTIL GANHA A SIMPATIA DA
OPINÃO PÚBLICA
A 13 de maio, em Paris e
por toda a França, há
manifestações de apoio
aos estudantes como,
forma de protesto contra
a brutalidade da polícia
GREVE GERAL
A 15 de maio os trabalhadores
da Renault entram em greve..
Rapidamente o país fica paralisado por 7
milhões de grevistas. Fábricas, escritórios,
serviços públicos, transportes, param
todos.
Paris sem transportes
A CRISE POLÍTICA
O poder treme… a 24 de maio, o
presidente, o general de Gaulle,
propõe um referendo.
Sonha-se com uma solução de
esquerda que não se chega a
concretizar.
A 29 de maio, de Gaulle desaparece mas,
regressa em força, dissolve a Assembleia e
anuncia a realização de eleições
antecipadas.
O FIM DE UM SONHO
A 10 de junho, durante os distúrbios no
Quartier Latin, morre Gilles Tautin, de 17 anos.
É o fim da crise estudantil: a situação política,
essa, continuará agitada.
"Nada será como antes de maio de 68"
As instituições políticas não caíram mas
tremeram, e os franceses repensaram o seu
próprio futuro.
Houve, acima de tudo, uma alteração das
mentalidades, com o aparecimento de
mudanças há muito esperadas em França.
Os conservadores mantêm o poder,
mas a abertura a novas ideias é cada
vez maior, aumentando a
contestação por parte dos
intelectuais. O aparecimento e a
divulgação de trabalhos efetuados na
área das ciências sociais e humanas ,
são a prova disso.
A voz das minorias
começa a levantar-se.
Há uma crescente emancipação das
mulheres.
Generosidade maior, humanismo, ecologia
e nacionalismo são alguns dos conceitos
herdados de todo este movimento
contestatário de 68, antecâmara da
realidade dos anos 70 e 80.
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal
Powerpoint May 68 Portugal

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Movimento estudantil
Movimento estudantilMovimento estudantil
Movimento estudantil
Francisco Silva
 
Movimento estudantil
Movimento estudantilMovimento estudantil
Movimento estudantil
Iasmin Padilha
 
Artigo de luís antônio groppo em revista
Artigo de luís antônio groppo em revistaArtigo de luís antônio groppo em revista
Artigo de luís antônio groppo em revista
citacoesdosprojetos
 
Movimento Estudantil
Movimento EstudantilMovimento Estudantil
Movimento Estudantil
Leandro Picanço
 
O movimento estudantil
O movimento estudantilO movimento estudantil
O movimento estudantil
Lucas Nascimento
 
707 (1)
707 (1)707 (1)
O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...
O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...
O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...
Francisco de Paula Araújo
 
Os problemas da juventude nos anos 60
Os problemas da juventude nos anos 60Os problemas da juventude nos anos 60
Os problemas da juventude nos anos 60
Marisa Ferreira
 
Q15
Q15Q15
Feminismo criação
Feminismo   criaçãoFeminismo   criação
Feminismo criação
Denilson França
 
Alterações na estrutura social e nos comportamentos.
Alterações na estrutura social e nos comportamentos.Alterações na estrutura social e nos comportamentos.
Alterações na estrutura social e nos comportamentos.
nanasimao
 
O feminismo
O feminismoO feminismo
O feminismo
Natalia Dias
 
A revolução dos hábitos atual
A revolução dos hábitos atualA revolução dos hábitos atual
A revolução dos hábitos atual
Escola Estadual Alonso de Morais Andrade
 
As revoltas de junho no brasil e o anarquismo
As revoltas de junho no brasil e o anarquismoAs revoltas de junho no brasil e o anarquismo
As revoltas de junho no brasil e o anarquismo
Alexandre Lemos
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
Reginaldo Vitor Silva
 

Mais procurados (15)

Movimento estudantil
Movimento estudantilMovimento estudantil
Movimento estudantil
 
Movimento estudantil
Movimento estudantilMovimento estudantil
Movimento estudantil
 
Artigo de luís antônio groppo em revista
Artigo de luís antônio groppo em revistaArtigo de luís antônio groppo em revista
Artigo de luís antônio groppo em revista
 
Movimento Estudantil
Movimento EstudantilMovimento Estudantil
Movimento Estudantil
 
O movimento estudantil
O movimento estudantilO movimento estudantil
O movimento estudantil
 
707 (1)
707 (1)707 (1)
707 (1)
 
O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...
O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...
O movimento estudantil brasileiro como instância de construção de uma consciê...
 
Os problemas da juventude nos anos 60
Os problemas da juventude nos anos 60Os problemas da juventude nos anos 60
Os problemas da juventude nos anos 60
 
Q15
Q15Q15
Q15
 
Feminismo criação
Feminismo   criaçãoFeminismo   criação
Feminismo criação
 
Alterações na estrutura social e nos comportamentos.
Alterações na estrutura social e nos comportamentos.Alterações na estrutura social e nos comportamentos.
Alterações na estrutura social e nos comportamentos.
 
O feminismo
O feminismoO feminismo
O feminismo
 
A revolução dos hábitos atual
A revolução dos hábitos atualA revolução dos hábitos atual
A revolução dos hábitos atual
 
As revoltas de junho no brasil e o anarquismo
As revoltas de junho no brasil e o anarquismoAs revoltas de junho no brasil e o anarquismo
As revoltas de junho no brasil e o anarquismo
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
 

Destaque

Erasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english version
Erasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english versionErasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english version
Erasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english version
Yeh Portugal
 
Major scientific events in europe between 1945 and 1968 Portugal
Major scientific events in europe between 1945 and 1968 PortugalMajor scientific events in europe between 1945 and 1968 Portugal
Major scientific events in europe between 1945 and 1968 Portugal
Yeh Portugal
 
Winston Churchill Romania 2015-Portugal
Winston Churchill Romania 2015-PortugalWinston Churchill Romania 2015-Portugal
Winston Churchill Romania 2015-Portugal
Yeh Portugal
 
Picasso Romania 2015_Portugal
Picasso Romania 2015_PortugalPicasso Romania 2015_Portugal
Picasso Romania 2015_Portugal
Yeh Portugal
 
May 68 photos Portugal
May 68 photos PortugalMay 68 photos Portugal
May 68 photos Portugal
Yeh Portugal
 
Film Good Bye Lenin-Portugal
Film Good Bye Lenin-PortugalFilm Good Bye Lenin-Portugal
Film Good Bye Lenin-Portugal
Yeh Portugal
 
Visit to a modern art museum Portugal
Visit to a modern art museum PortugalVisit to a modern art museum Portugal
Visit to a modern art museum Portugal
Yeh Portugal
 
Music Presentation Poland - Portugal
Music Presentation Poland - PortugalMusic Presentation Poland - Portugal
Music Presentation Poland - Portugal
Yeh Portugal
 
Workshop Prezi Portugal
Workshop Prezi PortugalWorkshop Prezi Portugal
Workshop Prezi Portugal
Yeh Portugal
 
Meeting in Spain - Portugal
Meeting in Spain - PortugalMeeting in Spain - Portugal
Meeting in Spain - Portugal
Yeh Portugal
 
Christmas Cards Portugal
Christmas Cards PortugalChristmas Cards Portugal
Christmas Cards Portugal
Yeh Portugal
 
Trip to Romania - Portugal
Trip to Romania - PortugalTrip to Romania - Portugal
Trip to Romania - Portugal
Yeh Portugal
 
Project Kid´s Guernica Portugal
Project Kid´s Guernica PortugalProject Kid´s Guernica Portugal
Project Kid´s Guernica Portugal
Yeh Portugal
 
Slogans of may 68 Portugal
Slogans of may 68 PortugalSlogans of may 68 Portugal
Slogans of may 68 Portugal
Yeh Portugal
 
Meeting in Greece Portugal
Meeting in Greece PortugalMeeting in Greece Portugal
Meeting in Greece Portugal
Yeh Portugal
 
25th April exhibition Portugal
25th April exhibition Portugal25th April exhibition Portugal
25th April exhibition Portugal
Yeh Portugal
 
Portugal presentation esac 2015
Portugal presentation esac 2015Portugal presentation esac 2015
Portugal presentation esac 2015
eftihia67
 
Meeting in Poland_Poland
Meeting in Poland_PolandMeeting in Poland_Poland
Meeting in Poland_Poland
Yeh Portugal
 
Portuguese history since world war ii until today
Portuguese history since world war ii until todayPortuguese history since world war ii until today
Portuguese history since world war ii until today
Yeh Portugal
 
Project dissemination school_site_portugal
Project dissemination school_site_portugalProject dissemination school_site_portugal
Project dissemination school_site_portugal
Yeh Portugal
 

Destaque (20)

Erasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english version
Erasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english versionErasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english version
Erasmus questionnaire 1968_1989_Portugal_english version
 
Major scientific events in europe between 1945 and 1968 Portugal
Major scientific events in europe between 1945 and 1968 PortugalMajor scientific events in europe between 1945 and 1968 Portugal
Major scientific events in europe between 1945 and 1968 Portugal
 
Winston Churchill Romania 2015-Portugal
Winston Churchill Romania 2015-PortugalWinston Churchill Romania 2015-Portugal
Winston Churchill Romania 2015-Portugal
 
Picasso Romania 2015_Portugal
Picasso Romania 2015_PortugalPicasso Romania 2015_Portugal
Picasso Romania 2015_Portugal
 
May 68 photos Portugal
May 68 photos PortugalMay 68 photos Portugal
May 68 photos Portugal
 
Film Good Bye Lenin-Portugal
Film Good Bye Lenin-PortugalFilm Good Bye Lenin-Portugal
Film Good Bye Lenin-Portugal
 
Visit to a modern art museum Portugal
Visit to a modern art museum PortugalVisit to a modern art museum Portugal
Visit to a modern art museum Portugal
 
Music Presentation Poland - Portugal
Music Presentation Poland - PortugalMusic Presentation Poland - Portugal
Music Presentation Poland - Portugal
 
Workshop Prezi Portugal
Workshop Prezi PortugalWorkshop Prezi Portugal
Workshop Prezi Portugal
 
Meeting in Spain - Portugal
Meeting in Spain - PortugalMeeting in Spain - Portugal
Meeting in Spain - Portugal
 
Christmas Cards Portugal
Christmas Cards PortugalChristmas Cards Portugal
Christmas Cards Portugal
 
Trip to Romania - Portugal
Trip to Romania - PortugalTrip to Romania - Portugal
Trip to Romania - Portugal
 
Project Kid´s Guernica Portugal
Project Kid´s Guernica PortugalProject Kid´s Guernica Portugal
Project Kid´s Guernica Portugal
 
Slogans of may 68 Portugal
Slogans of may 68 PortugalSlogans of may 68 Portugal
Slogans of may 68 Portugal
 
Meeting in Greece Portugal
Meeting in Greece PortugalMeeting in Greece Portugal
Meeting in Greece Portugal
 
25th April exhibition Portugal
25th April exhibition Portugal25th April exhibition Portugal
25th April exhibition Portugal
 
Portugal presentation esac 2015
Portugal presentation esac 2015Portugal presentation esac 2015
Portugal presentation esac 2015
 
Meeting in Poland_Poland
Meeting in Poland_PolandMeeting in Poland_Poland
Meeting in Poland_Poland
 
Portuguese history since world war ii until today
Portuguese history since world war ii until todayPortuguese history since world war ii until today
Portuguese history since world war ii until today
 
Project dissemination school_site_portugal
Project dissemination school_site_portugalProject dissemination school_site_portugal
Project dissemination school_site_portugal
 

Semelhante a Powerpoint May 68 Portugal

215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
Alline Garcia
 
ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012
ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012 ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012
ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012
Sérgio Pitaki
 
Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008
Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008
Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008
citacoesdosprojetosdeotavioluizmachado
 
Conceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.ppt
Conceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.pptConceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.ppt
Conceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.ppt
GuilhermeMarinhoMira
 
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptOS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
Alison Oliveira
 
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptOS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
alexpercon007
 
Questionário 01
Questionário 01Questionário 01
Questionário 01
roberto mosca junior
 
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptx
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptxOS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptx
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptx
jullyanafreitas1
 
Juventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dezJuventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dez
Elisio Estanque
 
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundoO insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
Fernando Alcoforado
 
Capitalismo, ciência, tecnologia e barbárie
Capitalismo, ciência, tecnologia e barbárieCapitalismo, ciência, tecnologia e barbárie
Capitalismo, ciência, tecnologia e barbárie
Fernando Alcoforado
 
Teoria da comunicação unidade vi
Teoria da comunicação unidade viTeoria da comunicação unidade vi
Teoria da comunicação unidade vi
Harutchy
 
Em defesa de um novo projeto iluminista
Em defesa de um novo projeto iluministaEm defesa de um novo projeto iluminista
Em defesa de um novo projeto iluminista
Fernando Alcoforado
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
araujombarbara
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5
Escola Estadual Antônio Carlos
 
Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5
Escola Estadual Antônio Carlos
 
Introdução.docx mutações nos comportamentos 12º b
Introdução.docx mutações nos comportamentos 12º bIntrodução.docx mutações nos comportamentos 12º b
Introdução.docx mutações nos comportamentos 12º b
Felicianoferro Ferro
 
1968
19681968
As mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofiaAs mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofia
Erica Frau
 

Semelhante a Powerpoint May 68 Portugal (20)

215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
 
ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012
ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012 ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012
ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG – SOBRAMES CE – ANTOLOGIA 2012
 
Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008
Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008
Artigo de luís antônio groppo em revista em 2008
 
Conceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.ppt
Conceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.pptConceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.ppt
Conceito_de_Diferenca_Lefebvre_04.05.ppt
 
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptOS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
 
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptOS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.ppt
 
Questionário 01
Questionário 01Questionário 01
Questionário 01
 
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptx
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptxOS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptx
OS_CLASSICOS_DA_SOCIOLOGIA_DURKHEIM-2.pptx
 
Juventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dezJuventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dez
 
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundoO insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
 
Capitalismo, ciência, tecnologia e barbárie
Capitalismo, ciência, tecnologia e barbárieCapitalismo, ciência, tecnologia e barbárie
Capitalismo, ciência, tecnologia e barbárie
 
Teoria da comunicação unidade vi
Teoria da comunicação unidade viTeoria da comunicação unidade vi
Teoria da comunicação unidade vi
 
Em defesa de um novo projeto iluminista
Em defesa de um novo projeto iluministaEm defesa de um novo projeto iluminista
Em defesa de um novo projeto iluminista
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Ideologias do século XIX
 
Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5
 
Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5Exercicios sociologia 5
Exercicios sociologia 5
 
Introdução.docx mutações nos comportamentos 12º b
Introdução.docx mutações nos comportamentos 12º bIntrodução.docx mutações nos comportamentos 12º b
Introdução.docx mutações nos comportamentos 12º b
 
1968
19681968
1968
 
As mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofiaAs mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofia
 

Mais de Yeh Portugal

Rostos
RostosRostos
Rostos
Yeh Portugal
 
Kolbuszowa poland
Kolbuszowa polandKolbuszowa poland
Kolbuszowa poland
Yeh Portugal
 
Rencontre em roumanie
Rencontre em roumanie Rencontre em roumanie
Rencontre em roumanie
Yeh Portugal
 
Frutos
FrutosFrutos
Frutos
Yeh Portugal
 
Cartaz
CartazCartaz
Cartaz
Yeh Portugal
 
Salmon koulibiac
Salmon koulibiacSalmon koulibiac
Salmon koulibiac
Yeh Portugal
 
Receita
ReceitaReceita
Receita
Yeh Portugal
 
Artigo jornal
Artigo jornalArtigo jornal
Artigo jornal
Yeh Portugal
 
Jornal rostos
Jornal rostosJornal rostos
Jornal rostos
Yeh Portugal
 
Morue a gomes de sa
Morue a gomes de saMorue a gomes de sa
Morue a gomes de sa
Yeh Portugal
 
Codfish bras style
Codfish bras styleCodfish bras style
Codfish bras style
Yeh Portugal
 
Garlic marionated swordfish
Garlic marionated swordfishGarlic marionated swordfish
Garlic marionated swordfish
Yeh Portugal
 
Fish soup
Fish soupFish soup
Fish soup
Yeh Portugal
 
Why salted codfish helps the brain
Why salted codfish helps the brainWhy salted codfish helps the brain
Why salted codfish helps the brain
Yeh Portugal
 
Olive oil
Olive oilOlive oil
Olive oil
Yeh Portugal
 
Les colorants alimentaires
Les colorants alimentairesLes colorants alimentaires
Les colorants alimentaires
Yeh Portugal
 
Dark chocolate
Dark chocolateDark chocolate
Dark chocolate
Yeh Portugal
 
Conservantes
ConservantesConservantes
Conservantes
Yeh Portugal
 
Broccolis
BroccolisBroccolis
Broccolis
Yeh Portugal
 
Banana (1)
Banana (1)Banana (1)
Banana (1)
Yeh Portugal
 

Mais de Yeh Portugal (20)

Rostos
RostosRostos
Rostos
 
Kolbuszowa poland
Kolbuszowa polandKolbuszowa poland
Kolbuszowa poland
 
Rencontre em roumanie
Rencontre em roumanie Rencontre em roumanie
Rencontre em roumanie
 
Frutos
FrutosFrutos
Frutos
 
Cartaz
CartazCartaz
Cartaz
 
Salmon koulibiac
Salmon koulibiacSalmon koulibiac
Salmon koulibiac
 
Receita
ReceitaReceita
Receita
 
Artigo jornal
Artigo jornalArtigo jornal
Artigo jornal
 
Jornal rostos
Jornal rostosJornal rostos
Jornal rostos
 
Morue a gomes de sa
Morue a gomes de saMorue a gomes de sa
Morue a gomes de sa
 
Codfish bras style
Codfish bras styleCodfish bras style
Codfish bras style
 
Garlic marionated swordfish
Garlic marionated swordfishGarlic marionated swordfish
Garlic marionated swordfish
 
Fish soup
Fish soupFish soup
Fish soup
 
Why salted codfish helps the brain
Why salted codfish helps the brainWhy salted codfish helps the brain
Why salted codfish helps the brain
 
Olive oil
Olive oilOlive oil
Olive oil
 
Les colorants alimentaires
Les colorants alimentairesLes colorants alimentaires
Les colorants alimentaires
 
Dark chocolate
Dark chocolateDark chocolate
Dark chocolate
 
Conservantes
ConservantesConservantes
Conservantes
 
Broccolis
BroccolisBroccolis
Broccolis
 
Banana (1)
Banana (1)Banana (1)
Banana (1)
 

Último

UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 

Powerpoint May 68 Portugal

  • 1. MAIO DE 68 A IMAGINAÇÃO AO PODER
  • 2. MAIO DE 68 É O DIREITO: . A QUESTIONAR A AUTORIDADE À LIBERTAÇÃO FEMININA
  • 3. MAIO DE 68 É O DIREITO: À SEXUALIDADE À UNIVERSIDADE SEM CLASSES À FELICIDADE
  • 4. A REVOLTA DOS ESTUDANTES ONDE TUDO COMEÇOU: NANTERRE A 22 de março os estudantes ocupam a universidade, nasce o movimento liderado por Daniel Chon-Bendit A 2 de maio a universidade é fechada
  • 5. A REVOLTA ALASTRA A PARIS Os estudantes da Sorbonne são solidários com os colegas e as consequências não tardam em surgir… A 3 de maio a Sorbonne é fechada e 500 estudantes são presos.
  • 6. O CONFRONTO … 6 de maio: As primeiras barricadas Pedras da calçada contra granadas de gases lacrimogéneos …
  • 7. A NOITE DAS BARRICADAS A revolta atinge o seu auge na noite de 10 para 11 de maio No dia seguinte …
  • 8. A REVOLTA ESTUDANTIL GANHA A SIMPATIA DA OPINÃO PÚBLICA A 13 de maio, em Paris e por toda a França, há manifestações de apoio aos estudantes como, forma de protesto contra a brutalidade da polícia
  • 9. GREVE GERAL A 15 de maio os trabalhadores da Renault entram em greve.. Rapidamente o país fica paralisado por 7 milhões de grevistas. Fábricas, escritórios, serviços públicos, transportes, param todos. Paris sem transportes
  • 10. A CRISE POLÍTICA O poder treme… a 24 de maio, o presidente, o general de Gaulle, propõe um referendo. Sonha-se com uma solução de esquerda que não se chega a concretizar. A 29 de maio, de Gaulle desaparece mas, regressa em força, dissolve a Assembleia e anuncia a realização de eleições antecipadas.
  • 11. O FIM DE UM SONHO A 10 de junho, durante os distúrbios no Quartier Latin, morre Gilles Tautin, de 17 anos. É o fim da crise estudantil: a situação política, essa, continuará agitada.
  • 12. "Nada será como antes de maio de 68" As instituições políticas não caíram mas tremeram, e os franceses repensaram o seu próprio futuro. Houve, acima de tudo, uma alteração das mentalidades, com o aparecimento de mudanças há muito esperadas em França. Os conservadores mantêm o poder, mas a abertura a novas ideias é cada vez maior, aumentando a contestação por parte dos intelectuais. O aparecimento e a divulgação de trabalhos efetuados na área das ciências sociais e humanas , são a prova disso. A voz das minorias começa a levantar-se. Há uma crescente emancipação das mulheres. Generosidade maior, humanismo, ecologia e nacionalismo são alguns dos conceitos herdados de todo este movimento contestatário de 68, antecâmara da realidade dos anos 70 e 80.