SlideShare uma empresa Scribd logo
1
PREVENÇÃO ÁS DROGAS
RAMO SÊNIOR
PATRULHA POTIGURA
CURSO AVANÇADO RAMO SÊNIOR
2º.SEMESTRE 2016
2
Apresentação da Patrulha
Bruno Camargo Silva Cláudio Zago
Fábio SpinaMarcelo Goulart
Carina Andreza
Christina Mirabal
3
O que é droga?
É QUALQUER
SUBSTÂNCIA NÃO
PRODUZIDA PELO
ORGANISMO E QUE
ALTERA O
FUNCIONAMENTO
NORMAL DO CORPO.
4
Drogas lícitas
Permitidas para maiores de 18 anos.
As drogas mais consumidas por adultos e adolecentes no
brasil são as drogas legalizadas, como álcool e tabaco.
Drogas que não parecem drogas
São utilizadas para diversas finalidades: limpeza,
tratamento médico, estética etc.
Solventes e inalante, calmante, medicamentos para
emagracer, anaboliznates
5
Álcool
O que é:
Bebida obtida da fermentação (vinho,
cerveja, chope) ou da destilação de
vegetais (cachaça, uísque, vodca,
conhaque).
Efeitos:
Inicialmente, a pessoa fica mais alegre,
desinibida e falante quando consome
álcool. Conforme o tempo passa e o
consumo aumenta, surgem sintomas
como tristeza, sonolência e falta de
coordenação motora.
6
Álcool
7
Tabaco
O que é:
Planta da qual é fabricado o cigarro e
extraída a nicotina, que causa a
dependência
física. Além desta, o cigarro possui mais
de 4700 substâncias
tóxicas, como alcatrão, agrotóxicos,
substâncias radioativas e naftalina.
Efeitos:
Provoca aumento nos batimentos
cardíacos e na pressão arterial. Causa
uma sensação de relaxamento e de
melhora no humor.
8
Tabaco
9
Inalantes
O que são:
Substâncias químicas normalmente utilizadas
como solventes, que podem
ser aspiradas pelo nariz ou pela boca.
Efeitos:
Inicialmente provocam euforia, tonturas, perturbações
visuais e auditivas,
náuseas, espirros, tosse, salivação excessiva e faces
avermelhadas.
Em seguida, surgem os efeitos depressores, levando à
falta de coordenação
motora, dificuldades em falar e caminhar, vertigens, visão
embaçada,
tremores e alucinações.
O consumo em grandes quantidades pode levar ao coma
e à morte.
O usuário também pode morrer por falta de ar, caso
desmaie com o saco
plástico na boca e no nariz.
Também pode ocorrer a morte súbita por inalação de
solventes, um fenômeno
geralmente associado ao uso de inalantes, seguido de
algum
exercício físico ou situação de estresse.
10
Ansiolíticos
O que são:
Medicamentos destinados à diminuição da
ansiedade e da tensão, bem como
ao tratamento de insônia e distúrbios epiléticos.
Podem ser utilizados de forma controlada, com
indicação e acompanhamento
médico. Porém, muitas pessoas utilizam essas
substâncias de forma indevida,
sem indicação médica, em qualquer situação em que
acreditem estarem
nervosas ou estressadas.
Efeitos:
Diminuem o estado de alerta e provocam
relaxamento muscular. A pessoa
fica mais tranquila, como se estivesse desligada e
sonolenta. Em doses altas,
deixam a pessoa “mole”, com dificuldade para andar
e ficar em pé. Podem levar
à queda da pressão, a desmaios e à menor atenção.
Misturados com álcool,
podem levar ao coma mais facilmente.
11
Anfetaminas
O que são:
Drogas sintéticas, com efeito estimulante sobre a
atividade mental.
Podem ser usadas com acompanhamento médico
para regimes
de emagrecimento. Entretanto, muitas pessoas
utilizam esses
medicamentos de forma indevida e sem prescrição.
Efeitos:
Provocam euforia, fala acelerada, redução da
sensação de cansaço
e falta de sono e de apetite. O indivíduo sente-se
cheio de energia e
realiza esforços exagerados, além da capacidade do
organismo. Porém,
quando o efeito passa, o usuário sente-se deprimido,
excessivamente
cansado e não consegue realizar tarefas básicas
cotidianas.
12
Esteróides Anabolizantes
O que são:
Drogas desenvolvidas para tratamento médico que
substituem a testosterona
(hormônio masculino). Muitas vezes são usadas
inadequadamente por pessoas
que querem aumentar a massa muscular ou por
atletas que buscam melhorar
o desempenho no esporte.
Efeitos:
O principal efeito é o aumento da musculatura.
Ocorre um inchaço,
resultante do acúmulo de água no interior das células
musculares.
Alguns usuários relatam melhora do desempenho
físico, mas isto
não é comprovado. Em doses maiores podem causar
mudanças
comportamentais como irritabilidade, agressividade,
euforia, distração,
esquecimento e confusão mental.
13
Drogas ilícitas
São substâncias proibidas de serem produzidas,
comercializadas e consumidas. Em alguns países,
determinadas drogas são permitidas sendo que seu uso é
considerado normal e integrante da cultura. Tais substâncias
podem ser estimulantes, depressivas ou perturbadoras do
sistema nervoso central, o que perceptivelmente altera em
grande escala o organismo.
É importante esclarecer que a dependência das drogas é
tratável, ou seja, através do auxílio médico e familiar uma
pessoa pode deixar o vício e voltar a ter uma vida normal sem
que necessite depositar substâncias que criam falsas
necessidades no organismo.
14
Maconha
O que é:
Droga obtida a partir de folhas e flores secas da
planta Cannabis sativa.
Apresenta-se como uma erva de coloração variando
de verde a marrom.
Efeitos:
Normalmente provoca sensações de bem-estar,
relaxamento e vontade
de rir. Entretanto, muitas vezes pode ter efeitos
opostos como: angústia,
medo, ansiedade, paranoia e confusão mental.
Também provoca alucinações, diminuição dos
reflexos, prejuízos para a
memória e dificuldade de percepção temporal e
espacial – a pessoa não
sabe onde está, nem quantas horas se passaram.
15
LSD
O que é:
Droga sintética, fabricada em laboratório, com
capacidade de produzir
reações perturbadoras e alucinógenas.
Efeitos:
Alucinações visuais e auditivas, aumento da
sensibilidade sensorial (cores
e sons mais fortes), confusão, perda da noção do
tempo, do espaço e do
controle emocional, pensamentos desordenados,
euforia alternada com
angústia, dificuldade de concentração.
Entre os sintomas físicos estão: dilatação das
pupilas, transpiração, insônia,
aumento dos batimentos cardíacos e da pressão
arterial, boca seca,
tremores, náuseas e vômitos.
16
Ecstasy
O que é:
Droga sintética produzida em laboratório, muito
utilizada por adeptos
de festas de longa duração, devido a sua ação
estimulante. Apresenta-se
normalmente na forma de pequenos comprimidos,
com cores, tamanhos e
formatos diferentes.
Efeitos:
Euforia, alucinações, diminuição das sensações de
sono e de cansaço,
aumento da socialização e do interesse sexual. Os
efeitos físicos são: boca
seca, náuseas, dores de cabeça, perda de apetite,
aumento dos batimentos
cardíacos e da pressão arterial, entre outros. Pode
levar à morte devido ao
aumento excessivo da temperatura do corpo ou pelo
consumo exagerado
de água.
17
Cocaína
O que é:
Substância estimulante extraída das folhas da coca,
uma planta encontrada
na América do Sul. Apresenta-se como um pó branco
e brilhante, similar ao
bicarbonato de sódio.
Efeitos:
Euforia, excitação, sensação de bem-estar e de
poder, facilidade de se
relacionar socialmente, sensação de força e
disposição, falta de apetite
e insônia. O coração dispara, a temperatura corporal
e a pressão arterial
aumentam.
Em casos de superdosagem, pode causar parada
cardiorrespiratória e
morte por overdose. Quando o efeito da droga
acaba, ocorrem sensações
de cansaço e de depressão, o que pode levar o
usuário a consumir a droga
novamente.
18
Crack
O que é:
Droga obtida da mistura de pasta base de cocaína
com bicarbonato de sódio.
Por ser produzida clandestinamente, também pode
conter substâncias
tóxicas como: cal, querosene, gasolina e soda
cáustica. É comercializada em
forma de pedra.
Efeitos:
Seus efeitos iniciais são semelhantes aos da
cocaína: euforia, excitação e
sensação de bem-estar. Quando a droga termina, o
efeito desagradável
também é parecido, porém muito mais forte. O
usuário sente-se deprimido
e tem uma vontade incontrolável de consumir
quantidades ainda maiores
da droga.
Como o tempo de ação da droga é mais rápido (de
cinco a dez minutos), o
usuário tem necessidade de consumir a droga com
maior frequência.
19
Obrigado !
E lembre-se
Sempre Alerta!
20
Fontes
www.sesipr.org.br/cuide-se mais/...drogas/.../caderno_adolescentes_online[42936].pdf
http://brasilescola.uol.com.br/drogas/drogas-ilicitas.htm
www.mp.ro.gov.br/documents/29249/1586481/alcool_e_drogas_-_adolescencia.ppt
www.saude.sc.gov.br/geral/planos/.../Prevencao_ao_uso_indevido_de_drogas.ppt
www.brasilsolidario.com.br/wp-content/.../Palestra_Prevencao_Drogas_abril_2014.pdf

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação drogas 2
Apresentação drogas 2Apresentação drogas 2
Apresentação drogas 2
Alinebrauna Brauna
 
Drogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitosDrogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitos
Aline Costa
 
Palestras sobre drogas
Palestras sobre drogasPalestras sobre drogas
Palestras sobre drogas
Otacilio Fraga
 
Palestra drogas setembro 2011
Palestra drogas setembro 2011Palestra drogas setembro 2011
Palestra drogas setembro 2011
Walquíria Domingues
 
Aula 8 Principais drogas e seus efeitos
Aula 8 Principais drogas e seus efeitosAula 8 Principais drogas e seus efeitos
Aula 8 Principais drogas e seus efeitos
Ana Filadelfi
 
Alcool e outras drogas
Alcool e outras drogasAlcool e outras drogas
Alcool e outras drogas
blogspott
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas
-
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
Maria Pessoa
 
Drogas - Profº Gilberto de Jesus
Drogas - Profº Gilberto de JesusDrogas - Profº Gilberto de Jesus
Drogas - Profº Gilberto de Jesus
Gilberto de Jesus
 
Drogas e Consequências
Drogas e Consequências Drogas e Consequências
Drogas e Consequências
Walquiria Dutra
 
Slide sobre drogas
Slide sobre drogasSlide sobre drogas
Slide sobre drogas
Ericka Vanessa Andrade
 
Tipos de Drogas
Tipos de DrogasTipos de Drogas
Tipos de Drogas
maria.j.fontes
 
Apresentação drogas escola
Apresentação drogas escolaApresentação drogas escola
Apresentação drogas escola
Alinebrauna Brauna
 
Drogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitasDrogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitas
duartefran
 
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPATDrogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Claudio Cesar Pontes ن
 
Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010
Alinebrauna Brauna
 
Palestra Eldorado
Palestra EldoradoPalestra Eldorado
Palestra Eldorado
Cristina Riqueti
 
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na SociedadeApresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
juliogoomes01
 
Palestra drogas escolas
Palestra drogas   escolasPalestra drogas   escolas
Palestra drogas escolas
Edson Demarch
 
Drogas
DrogasDrogas

Mais procurados (20)

Apresentação drogas 2
Apresentação drogas 2Apresentação drogas 2
Apresentação drogas 2
 
Drogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitosDrogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitos
 
Palestras sobre drogas
Palestras sobre drogasPalestras sobre drogas
Palestras sobre drogas
 
Palestra drogas setembro 2011
Palestra drogas setembro 2011Palestra drogas setembro 2011
Palestra drogas setembro 2011
 
Aula 8 Principais drogas e seus efeitos
Aula 8 Principais drogas e seus efeitosAula 8 Principais drogas e seus efeitos
Aula 8 Principais drogas e seus efeitos
 
Alcool e outras drogas
Alcool e outras drogasAlcool e outras drogas
Alcool e outras drogas
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Drogas - Profº Gilberto de Jesus
Drogas - Profº Gilberto de JesusDrogas - Profº Gilberto de Jesus
Drogas - Profº Gilberto de Jesus
 
Drogas e Consequências
Drogas e Consequências Drogas e Consequências
Drogas e Consequências
 
Slide sobre drogas
Slide sobre drogasSlide sobre drogas
Slide sobre drogas
 
Tipos de Drogas
Tipos de DrogasTipos de Drogas
Tipos de Drogas
 
Apresentação drogas escola
Apresentação drogas escolaApresentação drogas escola
Apresentação drogas escola
 
Drogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitasDrogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitas
 
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPATDrogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
 
Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010Palestra sobre drogas atual 2010
Palestra sobre drogas atual 2010
 
Palestra Eldorado
Palestra EldoradoPalestra Eldorado
Palestra Eldorado
 
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na SociedadeApresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
Apresentação sobre as Drogas: O que é, exemplos e Efeitos na Sociedade
 
Palestra drogas escolas
Palestra drogas   escolasPalestra drogas   escolas
Palestra drogas escolas
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 

Destaque

Apresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RS
Apresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RSApresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RS
Apresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RS
Eduardo Pereira
 
Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...
Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...
Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...
Ismael Strada
 
Potigura proteção juvenil
Potigura proteção juvenilPotigura proteção juvenil
Potigura proteção juvenil
Fabio Spina
 
Orientação da progressão sênior
Orientação da progressão sêniorOrientação da progressão sênior
Orientação da progressão sênior
Eduardo Pereira
 
Ramo senior fabio spina competencia do escotista
Ramo senior fabio spina competencia do escotistaRamo senior fabio spina competencia do escotista
Ramo senior fabio spina competencia do escotista
Fabio Spina
 
Manual do curso técnico do ramo sênior (1)
Manual do curso técnico do ramo sênior (1)Manual do curso técnico do ramo sênior (1)
Manual do curso técnico do ramo sênior (1)
escoteirodabahia
 
Quebra Gelo - Caderno de Atividades
Quebra Gelo - Caderno de AtividadesQuebra Gelo - Caderno de Atividades
Quebra Gelo - Caderno de Atividades
movimentodown
 

Destaque (7)

Apresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RS
Apresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RSApresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RS
Apresentação Ramo sênior conselhos e corte de honra - UEB-RS
 
Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...
Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...
Tropa Sênior - Conselho de Tropa e Patrulha, Corte de Honra, e livros da patr...
 
Potigura proteção juvenil
Potigura proteção juvenilPotigura proteção juvenil
Potigura proteção juvenil
 
Orientação da progressão sênior
Orientação da progressão sêniorOrientação da progressão sênior
Orientação da progressão sênior
 
Ramo senior fabio spina competencia do escotista
Ramo senior fabio spina competencia do escotistaRamo senior fabio spina competencia do escotista
Ramo senior fabio spina competencia do escotista
 
Manual do curso técnico do ramo sênior (1)
Manual do curso técnico do ramo sênior (1)Manual do curso técnico do ramo sênior (1)
Manual do curso técnico do ramo sênior (1)
 
Quebra Gelo - Caderno de Atividades
Quebra Gelo - Caderno de AtividadesQuebra Gelo - Caderno de Atividades
Quebra Gelo - Caderno de Atividades
 

Semelhante a Potiguara drogas e adolescencia

Substâncias Psicoactivas
Substâncias PsicoactivasSubstâncias Psicoactivas
Substâncias Psicoactivas
tocha_turma9a
 
Drogas 2
Drogas 2Drogas 2
Drogas 2
Ivaneth Almeida
 
Dicionário Das Drogas
Dicionário Das DrogasDicionário Das Drogas
Dicionário Das Drogas
Bugui94
 
Drogas na Adolescência
Drogas na AdolescênciaDrogas na Adolescência
Drogas na Adolescência
Thais Andalaft
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas e suas caracteristicas
Drogas e suas caracteristicasDrogas e suas caracteristicas
Drogas e suas caracteristicas
Henrique Alves Costa
 
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticasAs drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
Francisca Santos
 
Trabalho sobre drogas
Trabalho sobre drogasTrabalho sobre drogas
Trabalho sobre drogas
Alexander Jr
 
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptxOs Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Ricardo Silva
 
As drogas
As drogasAs drogas
As drogas
ticia_23
 
Drogas - Drogas Estimulantes
Drogas - Drogas EstimulantesDrogas - Drogas Estimulantes
Drogas - Drogas Estimulantes
biancavaleria
 
O perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power pointO perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power point
marretti
 
VÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITA
VÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITAVÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITA
VÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona
familiaestagio
 
Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.
Jocilaine Moreira
 
Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )
Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )
Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )
Valter Almeida
 
Apresentaçao fe
Apresentaçao feApresentaçao fe
Apresentaçao fe
Fernanda Iris
 
Apresentaçao fe
Apresentaçao feApresentaçao fe
Apresentaçao fe
Alex Eduardo Ribeiro
 
Drogas
Drogas Drogas
Drogas
Fernanda Iris
 
Folheto explicativo sobre as drogas de abuso
Folheto explicativo sobre as drogas de abusoFolheto explicativo sobre as drogas de abuso
Folheto explicativo sobre as drogas de abuso
Nucleo Nacional
 

Semelhante a Potiguara drogas e adolescencia (20)

Substâncias Psicoactivas
Substâncias PsicoactivasSubstâncias Psicoactivas
Substâncias Psicoactivas
 
Drogas 2
Drogas 2Drogas 2
Drogas 2
 
Dicionário Das Drogas
Dicionário Das DrogasDicionário Das Drogas
Dicionário Das Drogas
 
Drogas na Adolescência
Drogas na AdolescênciaDrogas na Adolescência
Drogas na Adolescência
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Drogas e suas caracteristicas
Drogas e suas caracteristicasDrogas e suas caracteristicas
Drogas e suas caracteristicas
 
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticasAs drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
 
Trabalho sobre drogas
Trabalho sobre drogasTrabalho sobre drogas
Trabalho sobre drogas
 
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptxOs Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
 
As drogas
As drogasAs drogas
As drogas
 
Drogas - Drogas Estimulantes
Drogas - Drogas EstimulantesDrogas - Drogas Estimulantes
Drogas - Drogas Estimulantes
 
O perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power pointO perigo das drogas apresentação power point
O perigo das drogas apresentação power point
 
VÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITA
VÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITAVÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITA
VÍCIOS COMUNS NA VISÃO ESPÍRITA
 
4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona4 plano de aula nervoso.mona
4 plano de aula nervoso.mona
 
Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.
 
Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )
Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )
Projeto Corpo e Saúde ( 8º ano )
 
Apresentaçao fe
Apresentaçao feApresentaçao fe
Apresentaçao fe
 
Apresentaçao fe
Apresentaçao feApresentaçao fe
Apresentaçao fe
 
Drogas
Drogas Drogas
Drogas
 
Folheto explicativo sobre as drogas de abuso
Folheto explicativo sobre as drogas de abusoFolheto explicativo sobre as drogas de abuso
Folheto explicativo sobre as drogas de abuso
 

Potiguara drogas e adolescencia

  • 1. 1 PREVENÇÃO ÁS DROGAS RAMO SÊNIOR PATRULHA POTIGURA CURSO AVANÇADO RAMO SÊNIOR 2º.SEMESTRE 2016
  • 2. 2 Apresentação da Patrulha Bruno Camargo Silva Cláudio Zago Fábio SpinaMarcelo Goulart Carina Andreza Christina Mirabal
  • 3. 3 O que é droga? É QUALQUER SUBSTÂNCIA NÃO PRODUZIDA PELO ORGANISMO E QUE ALTERA O FUNCIONAMENTO NORMAL DO CORPO.
  • 4. 4 Drogas lícitas Permitidas para maiores de 18 anos. As drogas mais consumidas por adultos e adolecentes no brasil são as drogas legalizadas, como álcool e tabaco. Drogas que não parecem drogas São utilizadas para diversas finalidades: limpeza, tratamento médico, estética etc. Solventes e inalante, calmante, medicamentos para emagracer, anaboliznates
  • 5. 5 Álcool O que é: Bebida obtida da fermentação (vinho, cerveja, chope) ou da destilação de vegetais (cachaça, uísque, vodca, conhaque). Efeitos: Inicialmente, a pessoa fica mais alegre, desinibida e falante quando consome álcool. Conforme o tempo passa e o consumo aumenta, surgem sintomas como tristeza, sonolência e falta de coordenação motora.
  • 7. 7 Tabaco O que é: Planta da qual é fabricado o cigarro e extraída a nicotina, que causa a dependência física. Além desta, o cigarro possui mais de 4700 substâncias tóxicas, como alcatrão, agrotóxicos, substâncias radioativas e naftalina. Efeitos: Provoca aumento nos batimentos cardíacos e na pressão arterial. Causa uma sensação de relaxamento e de melhora no humor.
  • 9. 9 Inalantes O que são: Substâncias químicas normalmente utilizadas como solventes, que podem ser aspiradas pelo nariz ou pela boca. Efeitos: Inicialmente provocam euforia, tonturas, perturbações visuais e auditivas, náuseas, espirros, tosse, salivação excessiva e faces avermelhadas. Em seguida, surgem os efeitos depressores, levando à falta de coordenação motora, dificuldades em falar e caminhar, vertigens, visão embaçada, tremores e alucinações. O consumo em grandes quantidades pode levar ao coma e à morte. O usuário também pode morrer por falta de ar, caso desmaie com o saco plástico na boca e no nariz. Também pode ocorrer a morte súbita por inalação de solventes, um fenômeno geralmente associado ao uso de inalantes, seguido de algum exercício físico ou situação de estresse.
  • 10. 10 Ansiolíticos O que são: Medicamentos destinados à diminuição da ansiedade e da tensão, bem como ao tratamento de insônia e distúrbios epiléticos. Podem ser utilizados de forma controlada, com indicação e acompanhamento médico. Porém, muitas pessoas utilizam essas substâncias de forma indevida, sem indicação médica, em qualquer situação em que acreditem estarem nervosas ou estressadas. Efeitos: Diminuem o estado de alerta e provocam relaxamento muscular. A pessoa fica mais tranquila, como se estivesse desligada e sonolenta. Em doses altas, deixam a pessoa “mole”, com dificuldade para andar e ficar em pé. Podem levar à queda da pressão, a desmaios e à menor atenção. Misturados com álcool, podem levar ao coma mais facilmente.
  • 11. 11 Anfetaminas O que são: Drogas sintéticas, com efeito estimulante sobre a atividade mental. Podem ser usadas com acompanhamento médico para regimes de emagrecimento. Entretanto, muitas pessoas utilizam esses medicamentos de forma indevida e sem prescrição. Efeitos: Provocam euforia, fala acelerada, redução da sensação de cansaço e falta de sono e de apetite. O indivíduo sente-se cheio de energia e realiza esforços exagerados, além da capacidade do organismo. Porém, quando o efeito passa, o usuário sente-se deprimido, excessivamente cansado e não consegue realizar tarefas básicas cotidianas.
  • 12. 12 Esteróides Anabolizantes O que são: Drogas desenvolvidas para tratamento médico que substituem a testosterona (hormônio masculino). Muitas vezes são usadas inadequadamente por pessoas que querem aumentar a massa muscular ou por atletas que buscam melhorar o desempenho no esporte. Efeitos: O principal efeito é o aumento da musculatura. Ocorre um inchaço, resultante do acúmulo de água no interior das células musculares. Alguns usuários relatam melhora do desempenho físico, mas isto não é comprovado. Em doses maiores podem causar mudanças comportamentais como irritabilidade, agressividade, euforia, distração, esquecimento e confusão mental.
  • 13. 13 Drogas ilícitas São substâncias proibidas de serem produzidas, comercializadas e consumidas. Em alguns países, determinadas drogas são permitidas sendo que seu uso é considerado normal e integrante da cultura. Tais substâncias podem ser estimulantes, depressivas ou perturbadoras do sistema nervoso central, o que perceptivelmente altera em grande escala o organismo. É importante esclarecer que a dependência das drogas é tratável, ou seja, através do auxílio médico e familiar uma pessoa pode deixar o vício e voltar a ter uma vida normal sem que necessite depositar substâncias que criam falsas necessidades no organismo.
  • 14. 14 Maconha O que é: Droga obtida a partir de folhas e flores secas da planta Cannabis sativa. Apresenta-se como uma erva de coloração variando de verde a marrom. Efeitos: Normalmente provoca sensações de bem-estar, relaxamento e vontade de rir. Entretanto, muitas vezes pode ter efeitos opostos como: angústia, medo, ansiedade, paranoia e confusão mental. Também provoca alucinações, diminuição dos reflexos, prejuízos para a memória e dificuldade de percepção temporal e espacial – a pessoa não sabe onde está, nem quantas horas se passaram.
  • 15. 15 LSD O que é: Droga sintética, fabricada em laboratório, com capacidade de produzir reações perturbadoras e alucinógenas. Efeitos: Alucinações visuais e auditivas, aumento da sensibilidade sensorial (cores e sons mais fortes), confusão, perda da noção do tempo, do espaço e do controle emocional, pensamentos desordenados, euforia alternada com angústia, dificuldade de concentração. Entre os sintomas físicos estão: dilatação das pupilas, transpiração, insônia, aumento dos batimentos cardíacos e da pressão arterial, boca seca, tremores, náuseas e vômitos.
  • 16. 16 Ecstasy O que é: Droga sintética produzida em laboratório, muito utilizada por adeptos de festas de longa duração, devido a sua ação estimulante. Apresenta-se normalmente na forma de pequenos comprimidos, com cores, tamanhos e formatos diferentes. Efeitos: Euforia, alucinações, diminuição das sensações de sono e de cansaço, aumento da socialização e do interesse sexual. Os efeitos físicos são: boca seca, náuseas, dores de cabeça, perda de apetite, aumento dos batimentos cardíacos e da pressão arterial, entre outros. Pode levar à morte devido ao aumento excessivo da temperatura do corpo ou pelo consumo exagerado de água.
  • 17. 17 Cocaína O que é: Substância estimulante extraída das folhas da coca, uma planta encontrada na América do Sul. Apresenta-se como um pó branco e brilhante, similar ao bicarbonato de sódio. Efeitos: Euforia, excitação, sensação de bem-estar e de poder, facilidade de se relacionar socialmente, sensação de força e disposição, falta de apetite e insônia. O coração dispara, a temperatura corporal e a pressão arterial aumentam. Em casos de superdosagem, pode causar parada cardiorrespiratória e morte por overdose. Quando o efeito da droga acaba, ocorrem sensações de cansaço e de depressão, o que pode levar o usuário a consumir a droga novamente.
  • 18. 18 Crack O que é: Droga obtida da mistura de pasta base de cocaína com bicarbonato de sódio. Por ser produzida clandestinamente, também pode conter substâncias tóxicas como: cal, querosene, gasolina e soda cáustica. É comercializada em forma de pedra. Efeitos: Seus efeitos iniciais são semelhantes aos da cocaína: euforia, excitação e sensação de bem-estar. Quando a droga termina, o efeito desagradável também é parecido, porém muito mais forte. O usuário sente-se deprimido e tem uma vontade incontrolável de consumir quantidades ainda maiores da droga. Como o tempo de ação da droga é mais rápido (de cinco a dez minutos), o usuário tem necessidade de consumir a droga com maior frequência.