SlideShare uma empresa Scribd logo
O que é Reprodução Assexuada?

É o tipo de reprodução que não envolve
gametas masculinos e femininos. Esse
processo leva à formação de descendentes
geneticamente iguais entre si e aos seus
ancestrais, formando o que podemos chamar
clone.
Na reprodução assexuada, não há
recombinação genética nem a variabilidade
  da espécie.Todos os indivíduos ” nascem”
 iguais. Sem essa recombinação genética, a
população vai ficar exatamente igual e não
   vai acarretar na evolução das espécies.
Mas é um modo rápido de se reproduzir, já
que não há a necessidade de encontrar um
              parceiro para isso.
Há dois tipos de Reprodução
                     Assexuada:
                Binária                                     Divisão Múltipla
Onde, a célula que constitui o corpo do indivíduo se   Consiste na segmentação do corpo do indivíduo,
divide por mitose em outras duas idênticas:            originando diversos segmentos com capacidade de
                                                       formar novos indivíduos completos:
Veja um vídeo da Reprodução
      Assexuada Binária:
Fragmentação

       A fragmentação é um tipo de
       reprodução assexuada em que se
       obtêm vários indivíduos a partir
       da regeneração de fragmentos de
       um indivíduo progenitor. No
       fundo consiste na divisão do
       corpo do organismo progenitor
       em várias partes e cada uma
       dessas partes é capaz de
       regenerar as partes em falta.
       Este tipo de reprodução ocorre
       em animais como esponjas,
       estrelas-do-mar, anêmonas,
       minhocas e planárias.
GEMULAÇÃO

• Neste tipo de reprodução assexuada há a formação de expansões,
  chamadas gomos ou gemas, na superfície da célula ou do indivíduo que,
  ao separarem-se, dão origem aos novos indivíduos, geralmente de menor
  tamanho que o progenitor.
•       Também se pode chamar a este tipo de reprodução assexuada de
  gemiparidade. Ocorre em seres unicelulares, como as leveduras, e em
  seres pluricelulares, como a esponja e a hidra.
PARTENOGÊNESE

• Neste tipo de reprodução assexuada dá-se o desenvolvimento
   de um indivíduo a partir de um óvulo não fecundado. Este
            tipo de reprodução assexuada ocorre nas
  abelhas, pulgões, alguns peixes, anfíbios, répteis e na dáfnia.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reprodução Animal
Reprodução AnimalReprodução Animal
Reprodução Animal
César Milani
 
TIPOS DE REPRODUÇÃO
TIPOS DE REPRODUÇÃOTIPOS DE REPRODUÇÃO
TIPOS DE REPRODUÇÃO
Flávio Luiz João João
 
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptxREPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
RonaldoAlves313237
 
Reino Protista 7 ano
Reino Protista 7 anoReino Protista 7 ano
Reino Protista 7 ano
UFMS
 
Tipos de reprodução
Tipos de reproduçãoTipos de reprodução
Tipos de reprodução
URCA
 
IV. 1 Formação de novas espécies
IV. 1 Formação de novas espéciesIV. 1 Formação de novas espécies
IV. 1 Formação de novas espécies
Rebeca Vale
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
César Milani
 
Seleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptaçãoSeleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptação
Kamila Joyce
 
Noções de evolução
Noções de evoluçãoNoções de evolução
Noções de evolução
emanuel
 
Espécies
EspéciesEspécies
Espécies
unesp
 
Reino protoctista
Reino protoctistaReino protoctista
Reino protoctista
Marcia Bantim
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
Hugo Martins
 
9 evolucionismo
9  evolucionismo9  evolucionismo
9 evolucionismo
margaridabt
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Juliana Mendes
 
I.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivosI.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivos
Rebeca Vale
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
Fabiano Reis
 
Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011
Roberto Bagatini
 
Camuflagem e mimetismo
Camuflagem e mimetismoCamuflagem e mimetismo
Camuflagem e mimetismo
JoseOliveiraPT
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
Rebeca Vale
 

Mais procurados (20)

Reprodução Animal
Reprodução AnimalReprodução Animal
Reprodução Animal
 
TIPOS DE REPRODUÇÃO
TIPOS DE REPRODUÇÃOTIPOS DE REPRODUÇÃO
TIPOS DE REPRODUÇÃO
 
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptxREPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
REPRODUÇÃO DOS SERES VIVOS .pptx
 
Reino Protista 7 ano
Reino Protista 7 anoReino Protista 7 ano
Reino Protista 7 ano
 
Tipos de reprodução
Tipos de reproduçãoTipos de reprodução
Tipos de reprodução
 
IV. 1 Formação de novas espécies
IV. 1 Formação de novas espéciesIV. 1 Formação de novas espécies
IV. 1 Formação de novas espécies
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 
Seleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptaçãoSeleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptação
 
Noções de evolução
Noções de evoluçãoNoções de evolução
Noções de evolução
 
Espécies
EspéciesEspécies
Espécies
 
Reino protoctista
Reino protoctistaReino protoctista
Reino protoctista
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
 
9 evolucionismo
9  evolucionismo9  evolucionismo
9 evolucionismo
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 
I.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivosI.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivos
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Reprodução seres vivos 2011
Reprodução seres vivos   2011Reprodução seres vivos   2011
Reprodução seres vivos 2011
 
Camuflagem e mimetismo
Camuflagem e mimetismoCamuflagem e mimetismo
Camuflagem e mimetismo
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
 

Semelhante a O que é reprodução assexuada

Reprodução e desenvolvimento
Reprodução e desenvolvimentoReprodução e desenvolvimento
14052675 reproducao-animal
14052675 reproducao-animal14052675 reproducao-animal
14052675 reproducao-animal
Maria Jaqueline Mesquita
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
Werner Mendoza Blanco
 
Reprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animaisReprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animais
Ivaristo Americo
 
Reprodução Assexuada
Reprodução AssexuadaReprodução Assexuada
Reprodução Assexuada
João Leitão
 
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo  W Inglesh trablho Sifa.docxsegundo  W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
abondio
 
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
agrapacanatejuga
 
Reprodução - Biologia
Reprodução - BiologiaReprodução - Biologia
Reprodução - Biologia
jefersondutra08
 
Reproduçao 8 ano
Reproduçao 8 anoReproduçao 8 ano
Reproduçao 8 ano
kelymota
 
MECANISMOS REPRODUTIVOS.ppt
MECANISMOS REPRODUTIVOS.pptMECANISMOS REPRODUTIVOS.ppt
MECANISMOS REPRODUTIVOS.ppt
VniaGomes29
 
Processos Reprodutivos.pptx
Processos Reprodutivos.pptxProcessos Reprodutivos.pptx
Processos Reprodutivos.pptx
LIDEMIRMARTINSDEARAU
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
margaridabt
 
Reprodução 7º ano
Reprodução 7º anoReprodução 7º ano
Reprodução 7º ano
Juliana Evelyn Dos Santos
 
reproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptx
reproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptxreproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptx
reproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptx
RonaldoAlves313237
 
Mitose.13
Mitose.13Mitose.13
Mitose
MitoseMitose
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
margaridabt
 
Ppoint.bio.reprodução
Ppoint.bio.reproduçãoPpoint.bio.reprodução
Ppoint.bio.reprodução
Albano Novaes
 
Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01
Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01
Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01
Ivonaldo Cícero dos Santos
 
8ano_cn (2).pdf
8ano_cn (2).pdf8ano_cn (2).pdf
8ano_cn (2).pdf
Aglis Delgado
 

Semelhante a O que é reprodução assexuada (20)

Reprodução e desenvolvimento
Reprodução e desenvolvimentoReprodução e desenvolvimento
Reprodução e desenvolvimento
 
14052675 reproducao-animal
14052675 reproducao-animal14052675 reproducao-animal
14052675 reproducao-animal
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
Reprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animaisReprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animais
 
Reprodução Assexuada
Reprodução AssexuadaReprodução Assexuada
Reprodução Assexuada
 
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo  W Inglesh trablho Sifa.docxsegundo  W Inglesh trablho Sifa.docx
segundo W Inglesh trablho Sifa.docx
 
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
 
Reprodução - Biologia
Reprodução - BiologiaReprodução - Biologia
Reprodução - Biologia
 
Reproduçao 8 ano
Reproduçao 8 anoReproduçao 8 ano
Reproduçao 8 ano
 
MECANISMOS REPRODUTIVOS.ppt
MECANISMOS REPRODUTIVOS.pptMECANISMOS REPRODUTIVOS.ppt
MECANISMOS REPRODUTIVOS.ppt
 
Processos Reprodutivos.pptx
Processos Reprodutivos.pptxProcessos Reprodutivos.pptx
Processos Reprodutivos.pptx
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
 
Reprodução 7º ano
Reprodução 7º anoReprodução 7º ano
Reprodução 7º ano
 
reproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptx
reproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptxreproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptx
reproduoassexuadaesexuada-101019201814-phpapp01.pptx
 
Mitose.13
Mitose.13Mitose.13
Mitose.13
 
Mitose
MitoseMitose
Mitose
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
 
Ppoint.bio.reprodução
Ppoint.bio.reproduçãoPpoint.bio.reprodução
Ppoint.bio.reprodução
 
Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01
Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01
Reproduoassexuadaesexuada 101019201814-phpapp01
 
8ano_cn (2).pdf
8ano_cn (2).pdf8ano_cn (2).pdf
8ano_cn (2).pdf
 

Último

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 

Último (20)

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 

O que é reprodução assexuada

  • 1. O que é Reprodução Assexuada? É o tipo de reprodução que não envolve gametas masculinos e femininos. Esse processo leva à formação de descendentes geneticamente iguais entre si e aos seus ancestrais, formando o que podemos chamar clone.
  • 2. Na reprodução assexuada, não há recombinação genética nem a variabilidade da espécie.Todos os indivíduos ” nascem” iguais. Sem essa recombinação genética, a população vai ficar exatamente igual e não vai acarretar na evolução das espécies. Mas é um modo rápido de se reproduzir, já que não há a necessidade de encontrar um parceiro para isso.
  • 3. Há dois tipos de Reprodução Assexuada: Binária Divisão Múltipla Onde, a célula que constitui o corpo do indivíduo se Consiste na segmentação do corpo do indivíduo, divide por mitose em outras duas idênticas: originando diversos segmentos com capacidade de formar novos indivíduos completos:
  • 4. Veja um vídeo da Reprodução Assexuada Binária:
  • 5. Fragmentação A fragmentação é um tipo de reprodução assexuada em que se obtêm vários indivíduos a partir da regeneração de fragmentos de um indivíduo progenitor. No fundo consiste na divisão do corpo do organismo progenitor em várias partes e cada uma dessas partes é capaz de regenerar as partes em falta. Este tipo de reprodução ocorre em animais como esponjas, estrelas-do-mar, anêmonas, minhocas e planárias.
  • 6. GEMULAÇÃO • Neste tipo de reprodução assexuada há a formação de expansões, chamadas gomos ou gemas, na superfície da célula ou do indivíduo que, ao separarem-se, dão origem aos novos indivíduos, geralmente de menor tamanho que o progenitor. • Também se pode chamar a este tipo de reprodução assexuada de gemiparidade. Ocorre em seres unicelulares, como as leveduras, e em seres pluricelulares, como a esponja e a hidra.
  • 7. PARTENOGÊNESE • Neste tipo de reprodução assexuada dá-se o desenvolvimento de um indivíduo a partir de um óvulo não fecundado. Este tipo de reprodução assexuada ocorre nas abelhas, pulgões, alguns peixes, anfíbios, répteis e na dáfnia.