SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
Baixar para ler offline
ROMA ANTIGA
Introdução:
• A história de Roma Antiga é fascinante em função
da cultura desenvolvida e dos avanços
conseguidos por esta civilização. De uma pequena
cidade, tornou-se um dos maiores impérios da
antiguidade. Dos romanos, herdamos uma série
de características culturais. O direito romano, até
os dias de hoje está presente na cultura ocidental,
assim como o latim, que deu origem a língua
portuguesa, francesa, italiana e espanhola.
Origem de Roma : explicação
mitológica
• Os romanos explicavam a origem de sua
cidade através do mito de Rômulo e
Remo. Segundo a mitologia romana, os
gêmeos foram jogados no rio Tibre, na
Itália. Resgatados por uma loba, que os
amamentou, foram criados
posteriormente por um casal de
pastores. Adultos, retornam a cidade
natal de Alba Longa e ganham terras
para fundar uma nova cidade que seria
Roma.
Lenda da Fundação de Roma
• A lenda de Rômulo e Remo.
LOCALIZAÇÃO:
Origens de Roma : explicação
histórica
• De acordo com os historiadores, a
fundação de Roma resulta da mistura
de três povos que foram habitar a
região da península itálica : gregos,
etruscos e italiotas. Desenvolveram na
região uma economia baseada na
agricultura e nas atividades pastoris.
A sociedade, nesta época, era formada
por patrícios (nobres proprietários de
terras ) e plebeus ( comerciantes,
artesãos e pequenos proprietários ).
ROMA:
• Roma : povoada
por pastores
nômades há
aproximadamente
1000 AC .
• Sociedade
Romana formada
por:
- Patrícios
- Plebeus
- Escravos.
ROMA: GEOGRAFIA
FÁVORAVEL À AGRICULTURA.
FORMAS DE GOVERNO
EM ROMA
• MONARQUIA:
(753-509-A.C).
• REPÚBLICA:
(509-27-A.C).
• IMPÉRIO:
(27-A.C-476-D.C).
MONARQUIA:(753 a.C a 509 a.C)
• No inicio de Roma o sistema político
era a monarquia, já que a cidade era
governada por um rei de origem
patrícia. A religião neste período era
politeísta, adotando deuses
semelhantes aos dos gregos, porém
com nomes diferentes. Nas artes
destacava-se a pintura de afrescos,
murais decorativos e esculturas com
influências gregas.
MONARQUIA
República Romana (509 a.C. a 27 a.C):
• Durante o período republicano, o senado Romano
ganhou grande poder político. Os senadores, de
origem patrícia, cuidavam das finanças públicas,
da administração e da política externa. As
atividades executivas eram exercidas pelos
cônsules e pelos tribunos da plebe.
A criação dos tribunos da plebe está ligada às
lutas dos plebeus por uma maior participação
política e melhores condições de vida. Em 367
a.C, foi aprovada a Lei Licínia, que garantia a
participação dos plebeus no Consulado (dois
cônsules eram eleitos: um patrício e um plebeu).
Esta lei também acabou com a escravidão por
dívidas (válida somente para cidadãos romanos).
PATRÍCIOS X PLEBEUS
SENADO:
Formação e Expansão do Império
Romano:
• Após dominar toda a península itálica, os
romanos partiram para as conquistas de outros
territórios. Com um exército bem preparado e
muitos recursos, venceram os cartagineses nas
Guerras Púnicas (século III a.C). Esta vitória foi
muito importante, pois garantiu a supremacia
romana no Mar Mediterrâneo. Os romanos
passaram a chamar o Mediterrâneo de Mare
Nostrum.
GUERRAS PÚNICAS
A Expansão romana e as
conquistas:
• Poder do exército
romano: força,
organização e
disciplina.
• Saques , respeito a
cultura dos
dominados e
cobrança de
impostos.
Expansão do Império Romano:
O IMPÉRIO:
• Após dominar Cartago, Roma ampliou suas
conquistas, dominando a Grécia, o Egito, a
Macedônia, a Gália, a Germânia, a Trácia, a Síria e
a Palestina.Com as conquistas, a vida e a
estrutura de Roma passaram por significativas
mudanças. O império romano passou a ser muito
mais comercial do que agrário. Povos
conquistados foram escravizados ou passaram a
pagar impostos para o império. As províncias
(regiões controladas por Roma) renderam grandes
recursos para Roma. A capital do Império Romano
enriqueceu e a vida dos romanos mudou.
EXPANSÃO ROMANA
“O SENADO E O POVO
ROMANO”
LUTAS POR REFORMA AGRÁRIA
TIBÉRIO & CAIO GRACO
REVOLTAS DE ESCRAVOS:
SPARTACUS
QUEM DOMINAVA O EXÉRCITO
DOMINAVA ROMA: TRIUNVIRATO
DA REPÚBLICA AO IMPÉRIO:
FIM DA REPÚBLICA
INÍCIO DO IMPÉRIO
CONQUISTAS ROMANAS
MELHOR EXÉRCITO DO MUNDO
O MAIOR IMPÉRIO DA HISTÓRIA
O Império Romano :
• Imperador: poder total: título de Augusto,
“Preferido dos deuses”.
• Otávio Augusto: período de grandes conquistas.
• Principais imperadores romanos: Augusto (27 a.C.
- 14 d.C), Tibério (14-37), Caligula (37-41), Nero (54-
68), Marco Aurelio (161-180), Comodus (180-192).
IMPERADORES:
Pão e Circo:
• Com o crescimento urbano vieram também os
problemas sociais para Roma. A escravidão gerou
muito desemprego na zona rural, pois muitos
camponeses perderam seus empregos. Esta
massa de desempregados migrou para as cidades
romanas em busca de empregos e melhores
condições de vida. Receoso de que pudesse
acontecer alguma revolta de desempregados, o
imperador criou a política do Pão e Circo. Esta
consistia em oferecer aos romanos alimentação e
diversão. Quase todos os dias ocorriam lutas de
gladiadores nos estádios ( o mais famoso foi o
Coliseu de Roma) , onde eram distribuídos
alimentos. Desta forma, a população carente
acabava esquecendo os problemas da vida,
diminuindo as chances de revolta.
PÃO & CIRCO:
LUTA DE GLADIADORES
• “ Pão e circo”: diversão e comida para evitar
conflitos.
A GRANDE ROMA:
POMPÉIA
RUÍNAS DE ROMA & POMPÉIA
Cultura Romana:
• Os romanos "copiaram" muitos aspectos da
arte, pintura e arquitetura grega.
FIM

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a O Novo Romano Novo.ppt (20)

Roma antiga resumo
Roma antiga resumoRoma antiga resumo
Roma antiga resumo
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
Roma antiga
 
PPT - Civilização Romana
PPT - Civilização RomanaPPT - Civilização Romana
PPT - Civilização Romana
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Módulo 2 contextualização
Módulo 2   contextualizaçãoMódulo 2   contextualização
Módulo 2 contextualização
 
Roma 01
Roma 01Roma 01
Roma 01
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
 
Capítulo 9 - Roma Antiga
Capítulo 9 - Roma AntigaCapítulo 9 - Roma Antiga
Capítulo 9 - Roma Antiga
 
ROMANOS.pptx
ROMANOS.pptxROMANOS.pptx
ROMANOS.pptx
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
gastronomia
gastronomiagastronomia
gastronomia
 
R O M A A N T I G A
R O M A  A N T I G AR O M A  A N T I G A
R O M A A N T I G A
 
Roma 1
Roma 1Roma 1
Roma 1
 
Aula 03 roma
Aula 03   romaAula 03   roma
Aula 03 roma
 
Roma antiga 2
Roma antiga 2Roma antiga 2
Roma antiga 2
 
Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
 
Civilização romana (Economia, Política e Sociedade) - pto.ppt
Civilização romana (Economia, Política e Sociedade) - pto.pptCivilização romana (Economia, Política e Sociedade) - pto.ppt
Civilização romana (Economia, Política e Sociedade) - pto.ppt
 
Império Romano - Ens. Médio
Império Romano - Ens. MédioImpério Romano - Ens. Médio
Império Romano - Ens. Médio
 

Último

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 

Último (20)

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 

O Novo Romano Novo.ppt

  • 2. Introdução: • A história de Roma Antiga é fascinante em função da cultura desenvolvida e dos avanços conseguidos por esta civilização. De uma pequena cidade, tornou-se um dos maiores impérios da antiguidade. Dos romanos, herdamos uma série de características culturais. O direito romano, até os dias de hoje está presente na cultura ocidental, assim como o latim, que deu origem a língua portuguesa, francesa, italiana e espanhola.
  • 3. Origem de Roma : explicação mitológica • Os romanos explicavam a origem de sua cidade através do mito de Rômulo e Remo. Segundo a mitologia romana, os gêmeos foram jogados no rio Tibre, na Itália. Resgatados por uma loba, que os amamentou, foram criados posteriormente por um casal de pastores. Adultos, retornam a cidade natal de Alba Longa e ganham terras para fundar uma nova cidade que seria Roma.
  • 4. Lenda da Fundação de Roma • A lenda de Rômulo e Remo.
  • 6. Origens de Roma : explicação histórica • De acordo com os historiadores, a fundação de Roma resulta da mistura de três povos que foram habitar a região da península itálica : gregos, etruscos e italiotas. Desenvolveram na região uma economia baseada na agricultura e nas atividades pastoris. A sociedade, nesta época, era formada por patrícios (nobres proprietários de terras ) e plebeus ( comerciantes, artesãos e pequenos proprietários ).
  • 7. ROMA: • Roma : povoada por pastores nômades há aproximadamente 1000 AC . • Sociedade Romana formada por: - Patrícios - Plebeus - Escravos.
  • 9. FORMAS DE GOVERNO EM ROMA • MONARQUIA: (753-509-A.C). • REPÚBLICA: (509-27-A.C). • IMPÉRIO: (27-A.C-476-D.C).
  • 10. MONARQUIA:(753 a.C a 509 a.C) • No inicio de Roma o sistema político era a monarquia, já que a cidade era governada por um rei de origem patrícia. A religião neste período era politeísta, adotando deuses semelhantes aos dos gregos, porém com nomes diferentes. Nas artes destacava-se a pintura de afrescos, murais decorativos e esculturas com influências gregas.
  • 12. República Romana (509 a.C. a 27 a.C): • Durante o período republicano, o senado Romano ganhou grande poder político. Os senadores, de origem patrícia, cuidavam das finanças públicas, da administração e da política externa. As atividades executivas eram exercidas pelos cônsules e pelos tribunos da plebe. A criação dos tribunos da plebe está ligada às lutas dos plebeus por uma maior participação política e melhores condições de vida. Em 367 a.C, foi aprovada a Lei Licínia, que garantia a participação dos plebeus no Consulado (dois cônsules eram eleitos: um patrício e um plebeu). Esta lei também acabou com a escravidão por dívidas (válida somente para cidadãos romanos).
  • 15. Formação e Expansão do Império Romano: • Após dominar toda a península itálica, os romanos partiram para as conquistas de outros territórios. Com um exército bem preparado e muitos recursos, venceram os cartagineses nas Guerras Púnicas (século III a.C). Esta vitória foi muito importante, pois garantiu a supremacia romana no Mar Mediterrâneo. Os romanos passaram a chamar o Mediterrâneo de Mare Nostrum.
  • 17. A Expansão romana e as conquistas: • Poder do exército romano: força, organização e disciplina. • Saques , respeito a cultura dos dominados e cobrança de impostos.
  • 19. O IMPÉRIO: • Após dominar Cartago, Roma ampliou suas conquistas, dominando a Grécia, o Egito, a Macedônia, a Gália, a Germânia, a Trácia, a Síria e a Palestina.Com as conquistas, a vida e a estrutura de Roma passaram por significativas mudanças. O império romano passou a ser muito mais comercial do que agrário. Povos conquistados foram escravizados ou passaram a pagar impostos para o império. As províncias (regiões controladas por Roma) renderam grandes recursos para Roma. A capital do Império Romano enriqueceu e a vida dos romanos mudou.
  • 21. “O SENADO E O POVO ROMANO”
  • 22. LUTAS POR REFORMA AGRÁRIA TIBÉRIO & CAIO GRACO
  • 24. QUEM DOMINAVA O EXÉRCITO DOMINAVA ROMA: TRIUNVIRATO
  • 25. DA REPÚBLICA AO IMPÉRIO:
  • 29. O MAIOR IMPÉRIO DA HISTÓRIA
  • 30. O Império Romano : • Imperador: poder total: título de Augusto, “Preferido dos deuses”. • Otávio Augusto: período de grandes conquistas. • Principais imperadores romanos: Augusto (27 a.C. - 14 d.C), Tibério (14-37), Caligula (37-41), Nero (54- 68), Marco Aurelio (161-180), Comodus (180-192).
  • 32. Pão e Circo: • Com o crescimento urbano vieram também os problemas sociais para Roma. A escravidão gerou muito desemprego na zona rural, pois muitos camponeses perderam seus empregos. Esta massa de desempregados migrou para as cidades romanas em busca de empregos e melhores condições de vida. Receoso de que pudesse acontecer alguma revolta de desempregados, o imperador criou a política do Pão e Circo. Esta consistia em oferecer aos romanos alimentação e diversão. Quase todos os dias ocorriam lutas de gladiadores nos estádios ( o mais famoso foi o Coliseu de Roma) , onde eram distribuídos alimentos. Desta forma, a população carente acabava esquecendo os problemas da vida, diminuindo as chances de revolta.
  • 34. LUTA DE GLADIADORES • “ Pão e circo”: diversão e comida para evitar conflitos.
  • 37. RUÍNAS DE ROMA & POMPÉIA
  • 38. Cultura Romana: • Os romanos "copiaram" muitos aspectos da arte, pintura e arquitetura grega.
  • 39. FIM