SlideShare uma empresa Scribd logo
Tema: Uma Chamada no tempo certo
No Deserto tem Serpentes, Escorpiões e Sarça Ardente
“Apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Midiã; e,
levando o rebanho para o lado ocidental do deserto, chegou ao monte de Deus,
a Horebe. Apareceu-lhe o Anjo do SENHOR numa chama de fogo, no meio de
uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se
consumia.” (Êx 3.1-2 ARA)
Livro: Êxodo (significa saída/partida)
Autor: Moisés
Data Aproximada: 1.400 a.C.
Considerações Preliminares
Moisés era filho de Anrão (da Tribo de Levi) e Joquebede, irmão de Arão e
Miriã. Ele nasceu durante os terríveis anos em que os egípcios decretaram que
todos os bebês hebreus do sexo masculino fossem mortos ao nascer. Seus
pais o esconderam no meio da vegetação, na margem do Rio Nilo, dentro de
um cesto de junco. A descoberta daquela criança, pela princesa, filha de Faraó
foi providencial e ela salvou a vida do menino. Moisés foi educado na corte
egípcia como um promissor jovem nobre. Com 40 anos, vendo um egípcio
espancando um hebreu, o matou. Moisés foge e permanece na terra de Midiã
por 40 anos, até que o Anjo do SENHOR lhe aparece por meio de uma sarça,
uma manifestação visível de Deus, e então Deus chama-lhe para ser o
libertador do povo hebreu das mãos tiranas de Faraó e conduzi-los à terra
prometida (Êx 3).
Introdução
Na verdade, a ênfase deste sermão não está em Moisés, o representante da
Lei, mas sim no deserto, serpentes, escorpiões e sarça ardente.
Desenvolvimento
Deserto, serpentes e escorpiões, trazendo para os nossos dias, representam
as dificuldades da vida, provações, aflições. Tipificam os embates diários
travados exteriormente e até mesmo em nosso interior, porque muitas vezes
nos sentimos como terra seca, árida. Nossa alma anseia por água, refrigério,
chuva das bênçãos de Deus.
Mas se no deserto encontramos serpentes e escorpiões, também encontramos
a sarça ardente. Esse arbusto denominado sarça era comum na região da
península do Sinai, ainda mais pegando fogo, devido ao calor do clima
desértico. Mas a sarça ardente que Moisés contemplou pegava fogo mas não
se consumia. E esse fogo revelou o Anjo do SENHOR.
Algumas lições valiosas são aprendidas no deserto:
• No deserto, Deus trata as suas ovelhas. O texto de Êxodo 3 diz que Moisés
levou o rebanho para o lado ocidental do deserto. Nesse contexto, pela
revelação, podemos entender que Moisés representa o Bom Pastor, Jesus
Cristo. O rebanho representa os cristãos. Jesus leva o rebanho ao deserto para
tratá-lo. Se você está no deserto não é para morrer no deserto, mas para ser
tratado por Deus.
• No deserto ficamos sensíveis à voz de Deus e até mesmo algo corriqueiro se
transforma num canal poderoso de comunicação entre Deus e o homem.
• No deserto, Deus nos restaura;
• No deserto, Deus nos ensina a depender do provedor e não da provisão;
• No deserto, Deus revela os planos que têm para nossa vida.
• No deserto ficamos mais crente porque Deus busca tirar o Egito de dentro de
nós.
• No deserto, Deus trabalha em nós antes de trabalhar através de nós
(ministério). O próprio Jesus antes de dar início ao seu ministério passou 40
dias no deserto.
Conclusão
O deserto não é maior que a Promessa. Não há deserto que dure para
sempre. Na vida do cristão que teme a Deus, deserto tem caráter
pedagógico e é passageiro.
Durante os 40 anos no deserto, muitos foram os que pereceram por causa
da desobediência e até hoje muitos têm perecido no deserto da
incredulidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)
Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)
Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
Lição 2 - A intensidade das profecias de JeremiasLição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
Lição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
Éder Tomé
 
[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...
[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...
[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...
José Carlos Polozi
 
A palavra de deus não volta vazia 10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...
A palavra de deus não volta vazia   10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...A palavra de deus não volta vazia   10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...
A palavra de deus não volta vazia 10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...
Paulo Dias Nogueira
 
Lição 5 - Atributos indispensaveis de um profeta
Lição 5 - Atributos indispensaveis de um profetaLição 5 - Atributos indispensaveis de um profeta
Lição 5 - Atributos indispensaveis de um profeta
Éder Tomé
 
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetasLição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Éder Tomé
 
Adoracao em vao
Adoracao em vaoAdoracao em vao
Adoracao em vao
Matheus Ebenézer
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06
Joel Silva
 
Lição 4 - Jeremias: suas crises e solidão
Lição 4 - Jeremias: suas crises e solidãoLição 4 - Jeremias: suas crises e solidão
Lição 4 - Jeremias: suas crises e solidão
Éder Tomé
 
Slide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as nações
Slide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as naçõesSlide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as nações
Slide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as nações
Éder Tomé
 
Lição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
Lição 10 O profeta desce a casa do OleiroLição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
Lição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
Éder Tomé
 
2021 1º trimestre jovens lição 02
2021 1º trimestre jovens lição 022021 1º trimestre jovens lição 02
2021 1º trimestre jovens lição 02
Joel Silva
 
Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017
Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017
Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017
Éder Tomé
 
Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013
Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013
Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013
Gerson G. Ramos
 
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da BabilôniaLição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Éder Tomé
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...
[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...
[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...
José Carlos Polozi
 
Cantata ALEGRIA - 2014
Cantata ALEGRIA - 2014Cantata ALEGRIA - 2014
Cantata ALEGRIA - 2014
Lucia Silveira
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
José Carlos Polozi
 
[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...
[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...
[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...
José Carlos Polozi
 

Mais procurados (20)

Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)
Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)
Lição 3 - Mardoqueu e sua Integridade (Windscreen)
 
Lição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
Lição 2 - A intensidade das profecias de JeremiasLição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
Lição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
 
[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...
[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...
[EBD Maranata] Lição 11 - Os propósitos de Deus se cumprirão em nós | Revista...
 
A palavra de deus não volta vazia 10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...
A palavra de deus não volta vazia   10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...A palavra de deus não volta vazia   10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...
A palavra de deus não volta vazia 10 07 2005 - 15 dom. tempo comum - culto ...
 
Lição 5 - Atributos indispensaveis de um profeta
Lição 5 - Atributos indispensaveis de um profetaLição 5 - Atributos indispensaveis de um profeta
Lição 5 - Atributos indispensaveis de um profeta
 
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetasLição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
 
Adoracao em vao
Adoracao em vaoAdoracao em vao
Adoracao em vao
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06
 
Lição 4 - Jeremias: suas crises e solidão
Lição 4 - Jeremias: suas crises e solidãoLição 4 - Jeremias: suas crises e solidão
Lição 4 - Jeremias: suas crises e solidão
 
Slide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as nações
Slide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as naçõesSlide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as nações
Slide Lição 09 – O Senhor é soberano entre as nações
 
Lição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
Lição 10 O profeta desce a casa do OleiroLição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
Lição 10 O profeta desce a casa do Oleiro
 
2021 1º trimestre jovens lição 02
2021 1º trimestre jovens lição 022021 1º trimestre jovens lição 02
2021 1º trimestre jovens lição 02
 
Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017
Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017
Jeremias - Resumo do 2 Trimestre 2017
 
Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013
Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013
Amor e julgamento: o dilema de Deus_Lição original com textos_222013
 
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da BabilôniaLição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
Lição 12 - Juda é levado para o cativeiro da Babilônia
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
 
[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...
[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...
[EBD Maranata] Lição 9 - A importância da experiência com Deus | Revista A ba...
 
Cantata ALEGRIA - 2014
Cantata ALEGRIA - 2014Cantata ALEGRIA - 2014
Cantata ALEGRIA - 2014
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
 
[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...
[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...
[EBD Maranata] Lição 1 - Uma vida de prosperidade | Revista A base para uma v...
 

Destaque

Pea técnicas de negociação 8ª série
Pea técnicas de negociação    8ª sériePea técnicas de negociação    8ª série
Pea técnicas de negociação 8ª série
Everton Maliska
 
Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom as melhores m...
Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom   as melhores m...Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom   as melhores m...
Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom as melhores m...
listass
 
Questoes pre historia
Questoes pre historiaQuestoes pre historia
Questoes pre historia
Dilson Luis Oliveira
 
Como organizar um culto de adolescentes
Como organizar um culto de adolescentesComo organizar um culto de adolescentes
Como organizar um culto de adolescentes
Wálmada Santos da Silva
 
La regla de los tercios en la fotografía
La regla de los tercios en la fotografíaLa regla de los tercios en la fotografía
La regla de los tercios en la fotografía
Ruben Rojas
 
Uso metronidazol em feridas
Uso metronidazol em feridasUso metronidazol em feridas
Uso metronidazol em feridas
HEHA
 
Ponto a ponto_16
Ponto a ponto_16Ponto a ponto_16
Ponto a ponto_16
gavetadefichas
 
Release ACCB Ilhéus abr 2015
Release ACCB Ilhéus   abr 2015Release ACCB Ilhéus   abr 2015
Release ACCB Ilhéus abr 2015
Guy Valerio Barros dos Santos
 
Programa momento de vitória
Programa momento de vitóriaPrograma momento de vitória
Programa momento de vitória
Lucio Alves
 
EXtinção isabella e lívia
EXtinção isabella e líviaEXtinção isabella e lívia
EXtinção isabella e lívia
Argos Santos
 
Um sinal amarelo nos patrimônios de afetação
Um sinal amarelo nos patrimônios de afetaçãoUm sinal amarelo nos patrimônios de afetação
Um sinal amarelo nos patrimônios de afetação
Elpidio Alves Pinheiro
 
Ejercicios resolver de formulas de hidroxidos 5
Ejercicios resolver  de formulas de hidroxidos 5Ejercicios resolver  de formulas de hidroxidos 5
Ejercicios resolver de formulas de hidroxidos 5
ANGIE_ADONNA
 
Caminhos vinnicius
Caminhos vinniciusCaminhos vinnicius
Caminhos vinnicius
Argos Santos
 
Release ACCB Itabuna abr 2015
Release ACCB Itabuna   abr 2015Release ACCB Itabuna   abr 2015
Release ACCB Itabuna abr 2015
Guy Valerio Barros dos Santos
 
Ponto a ponto_51
Ponto a ponto_51Ponto a ponto_51
Ponto a ponto_51
gavetadefichas
 
Marco orla
Marco orlaMarco orla
Mapa conceptual
Mapa conceptual Mapa conceptual
Mapa conceptual
AleJo HernanDez
 
Mz Group artigo Assembleias Online
Mz Group artigo Assembleias OnlineMz Group artigo Assembleias Online
Mz Group artigo Assembleias Online
MZ .
 
Criação de logomarcas
Criação de logomarcasCriação de logomarcas
Criação de logomarcas
fabioladaiane
 
Collage
CollageCollage

Destaque (20)

Pea técnicas de negociação 8ª série
Pea técnicas de negociação    8ª sériePea técnicas de negociação    8ª série
Pea técnicas de negociação 8ª série
 
Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom as melhores m...
Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom   as melhores m...Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom   as melhores m...
Calvin klein, acostamento, convicto, osklen, dudalina, volcom as melhores m...
 
Questoes pre historia
Questoes pre historiaQuestoes pre historia
Questoes pre historia
 
Como organizar um culto de adolescentes
Como organizar um culto de adolescentesComo organizar um culto de adolescentes
Como organizar um culto de adolescentes
 
La regla de los tercios en la fotografía
La regla de los tercios en la fotografíaLa regla de los tercios en la fotografía
La regla de los tercios en la fotografía
 
Uso metronidazol em feridas
Uso metronidazol em feridasUso metronidazol em feridas
Uso metronidazol em feridas
 
Ponto a ponto_16
Ponto a ponto_16Ponto a ponto_16
Ponto a ponto_16
 
Release ACCB Ilhéus abr 2015
Release ACCB Ilhéus   abr 2015Release ACCB Ilhéus   abr 2015
Release ACCB Ilhéus abr 2015
 
Programa momento de vitória
Programa momento de vitóriaPrograma momento de vitória
Programa momento de vitória
 
EXtinção isabella e lívia
EXtinção isabella e líviaEXtinção isabella e lívia
EXtinção isabella e lívia
 
Um sinal amarelo nos patrimônios de afetação
Um sinal amarelo nos patrimônios de afetaçãoUm sinal amarelo nos patrimônios de afetação
Um sinal amarelo nos patrimônios de afetação
 
Ejercicios resolver de formulas de hidroxidos 5
Ejercicios resolver  de formulas de hidroxidos 5Ejercicios resolver  de formulas de hidroxidos 5
Ejercicios resolver de formulas de hidroxidos 5
 
Caminhos vinnicius
Caminhos vinniciusCaminhos vinnicius
Caminhos vinnicius
 
Release ACCB Itabuna abr 2015
Release ACCB Itabuna   abr 2015Release ACCB Itabuna   abr 2015
Release ACCB Itabuna abr 2015
 
Ponto a ponto_51
Ponto a ponto_51Ponto a ponto_51
Ponto a ponto_51
 
Marco orla
Marco orlaMarco orla
Marco orla
 
Mapa conceptual
Mapa conceptual Mapa conceptual
Mapa conceptual
 
Mz Group artigo Assembleias Online
Mz Group artigo Assembleias OnlineMz Group artigo Assembleias Online
Mz Group artigo Assembleias Online
 
Criação de logomarcas
Criação de logomarcasCriação de logomarcas
Criação de logomarcas
 
Collage
CollageCollage
Collage
 

Semelhante a No deserto tem serpentes

Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Pastor Adilson Lopes Oficial
 
6 exodo 1 12
6 exodo 1 126 exodo 1 12
6 exodo 1 12
PIB Penha
 
FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...
FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...
FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...
Pedro Manoel Rosa Domingues Santos
 
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verdeBoletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
apostolohelio
 
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verdeBoletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
apostolohelio
 
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verdeBoletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
apostolohelio
 
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
José Carlos Polozi
 
INTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUSINTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUS
Pastor Cerqueira
 
Revisão
RevisãoRevisão
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.comO Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
leitemel
 
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religiosoJesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Leandro Nazareth Souto
 
Revisão
Revisão Revisão
Atendendo o chamado de deus
Atendendo o chamado de deusAtendendo o chamado de deus
Atendendo o chamado de deus
Sebastião Luiz Chagas
 
1 introducao ao pentateuco
1 introducao ao pentateuco1 introducao ao pentateuco
1 introducao ao pentateuco
PIB Penha
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
Cláudio Fajardo
 
2 exodo
2 exodo2 exodo
2 exodo
PIB Penha
 
O deserto
O desertoO deserto
O deserto
guest9c13a7
 
Idm a vida e o ministério de jesus
Idm   a vida e o ministério de jesusIdm   a vida e o ministério de jesus
Idm a vida e o ministério de jesus
Iuri Abreu Saraiva
 
Historia Sagrada para Pequeninos
Historia Sagrada para PequeninosHistoria Sagrada para Pequeninos
Historia Sagrada para Pequeninos
Maria Antonieta Silva
 
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRLição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Gerson G. Ramos
 

Semelhante a No deserto tem serpentes (20)

Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
 
6 exodo 1 12
6 exodo 1 126 exodo 1 12
6 exodo 1 12
 
FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...
FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...
FORMAÇÃO DE MINISTRO DA PALAVRA DE DEUS - Ministério Pastora Juciara Ferrone ...
 
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verdeBoletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
 
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verdeBoletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
 
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verdeBoletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
Boletim 412 20 01-2013 -do egito a canaã - verde
 
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
 
INTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUSINTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUS
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.comO Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
 
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religiosoJesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
Jesus, cristo e os desafios do ecumenismo e do diálogo inter religioso
 
Revisão
Revisão Revisão
Revisão
 
Atendendo o chamado de deus
Atendendo o chamado de deusAtendendo o chamado de deus
Atendendo o chamado de deus
 
1 introducao ao pentateuco
1 introducao ao pentateuco1 introducao ao pentateuco
1 introducao ao pentateuco
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
 
2 exodo
2 exodo2 exodo
2 exodo
 
O deserto
O desertoO deserto
O deserto
 
Idm a vida e o ministério de jesus
Idm   a vida e o ministério de jesusIdm   a vida e o ministério de jesus
Idm a vida e o ministério de jesus
 
Historia Sagrada para Pequeninos
Historia Sagrada para PequeninosHistoria Sagrada para Pequeninos
Historia Sagrada para Pequeninos
 
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRLição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
 

Último

DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 

Último (20)

DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 

No deserto tem serpentes

  • 1. Tema: Uma Chamada no tempo certo No Deserto tem Serpentes, Escorpiões e Sarça Ardente “Apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Midiã; e, levando o rebanho para o lado ocidental do deserto, chegou ao monte de Deus, a Horebe. Apareceu-lhe o Anjo do SENHOR numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia.” (Êx 3.1-2 ARA) Livro: Êxodo (significa saída/partida) Autor: Moisés Data Aproximada: 1.400 a.C. Considerações Preliminares Moisés era filho de Anrão (da Tribo de Levi) e Joquebede, irmão de Arão e Miriã. Ele nasceu durante os terríveis anos em que os egípcios decretaram que todos os bebês hebreus do sexo masculino fossem mortos ao nascer. Seus pais o esconderam no meio da vegetação, na margem do Rio Nilo, dentro de um cesto de junco. A descoberta daquela criança, pela princesa, filha de Faraó foi providencial e ela salvou a vida do menino. Moisés foi educado na corte egípcia como um promissor jovem nobre. Com 40 anos, vendo um egípcio espancando um hebreu, o matou. Moisés foge e permanece na terra de Midiã por 40 anos, até que o Anjo do SENHOR lhe aparece por meio de uma sarça, uma manifestação visível de Deus, e então Deus chama-lhe para ser o libertador do povo hebreu das mãos tiranas de Faraó e conduzi-los à terra prometida (Êx 3). Introdução Na verdade, a ênfase deste sermão não está em Moisés, o representante da Lei, mas sim no deserto, serpentes, escorpiões e sarça ardente. Desenvolvimento Deserto, serpentes e escorpiões, trazendo para os nossos dias, representam as dificuldades da vida, provações, aflições. Tipificam os embates diários travados exteriormente e até mesmo em nosso interior, porque muitas vezes nos sentimos como terra seca, árida. Nossa alma anseia por água, refrigério, chuva das bênçãos de Deus. Mas se no deserto encontramos serpentes e escorpiões, também encontramos a sarça ardente. Esse arbusto denominado sarça era comum na região da península do Sinai, ainda mais pegando fogo, devido ao calor do clima desértico. Mas a sarça ardente que Moisés contemplou pegava fogo mas não se consumia. E esse fogo revelou o Anjo do SENHOR. Algumas lições valiosas são aprendidas no deserto: • No deserto, Deus trata as suas ovelhas. O texto de Êxodo 3 diz que Moisés levou o rebanho para o lado ocidental do deserto. Nesse contexto, pela revelação, podemos entender que Moisés representa o Bom Pastor, Jesus
  • 2. Cristo. O rebanho representa os cristãos. Jesus leva o rebanho ao deserto para tratá-lo. Se você está no deserto não é para morrer no deserto, mas para ser tratado por Deus. • No deserto ficamos sensíveis à voz de Deus e até mesmo algo corriqueiro se transforma num canal poderoso de comunicação entre Deus e o homem. • No deserto, Deus nos restaura; • No deserto, Deus nos ensina a depender do provedor e não da provisão; • No deserto, Deus revela os planos que têm para nossa vida. • No deserto ficamos mais crente porque Deus busca tirar o Egito de dentro de nós. • No deserto, Deus trabalha em nós antes de trabalhar através de nós (ministério). O próprio Jesus antes de dar início ao seu ministério passou 40 dias no deserto. Conclusão O deserto não é maior que a Promessa. Não há deserto que dure para sempre. Na vida do cristão que teme a Deus, deserto tem caráter pedagógico e é passageiro. Durante os 40 anos no deserto, muitos foram os que pereceram por causa da desobediência e até hoje muitos têm perecido no deserto da incredulidade.