SlideShare uma empresa Scribd logo
x
NSA - GABRIELA ANTUNES
ASTOLFI
CNPJ.: 51.265/0001-11
ORDEM DE SERVIÇO – 001/2023
Conforme estabelecido no item 1.7, letras “a-b-c”, NR-01 da Portaria 3214/78
1 de 2
Prestação de Serviços Terceirizados
NOME:
EMPRESA: SETOR: Construção Civil - Pintura
ELABORADO POR: Osni Kobus FUNÇÃO: Pintor de Obras REVISÃO: 01
OBRIGAÇÕES DO EMPREGADO
 Cumprir todas as normas expedidas pelo Empregador, inclusive esta ordem de serviço;
 Comunicar todas as condições inseguras presentes no ambiente ao supervisor imediato;
 Usar obrigatoriamente os Equipamentos de Proteção Individual indicados para a função;
 Manter a ordem, disciplina, higiene e segurança no trabalho;
 Acompanhar as atividades realizadas em seu ambiente de trabalho e orientar os empregados que estiverem em situação
de risco;
 Colaborar com a empresa na aplicação das Normas Regulamentadoras – NR’s. Adotando inclusive todas as medidas
determinadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego.
ATIVIDADES HABITUAIS DESENVOLVIDAS COMO PINTOR DE OBRAS
A função consistem em realizar pinturas nas superfícies externas e internas de edifícios e outras obras civis, raspando-a
amassando-as e cobrindo-as com uma ou várias camadas de tinta; revestimento de tetos, paredes; fachadas e outras
partes de edificações com papel e materiais plásticos e para tanto , entre outras atividades, preparar as superfícies a
revestir, combinar materiais e demais atividades inerentes a função.
RISCOS DAS ATIVIDADES
Riscos Físicos: Ruído
Riscos Ergonômicos: Postura/ esforço excessivo; transporte de latas de tintas e materiais diversos.
Riscos Químicos: Poeiras; tintas solventes.
Riscos Mecânicos ou Acidentes: Queda de mesmo nível, queda com diferença de nível; andaimes; balancins, PTA,
quedas de materiais, projeção de partículas, cortes ferimentos.
MEDIDAS PARA ELIMINAR OU NEUTRALIZAR A INSALUBRIDADE E AS CONDIÇÕES INSEGURAS
O Equipamento de Proteção Coletiva, o Equipamento de Proteção Individual e as Análises de Risco da Tarefa serão usadas
como medidas para eliminar e/ou neutralizar a insalubridade e condições inseguras.
MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES
 Usar obrigatoriamente os Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva indicados para a função;
 Cumprir todas as normas internas da Empresa, inclusive esta Ordem de Serviço, normas expedidas pela Contratante
sobre Segurança e Saúde Ocupacional;
 Estaquear corretamente o ponto de ancoragem a 45º;
 Realizar inspeções nos EPI’s e ferramentas manuais antes do início das atividades;
 Treinamentos de Segurança / DSS – Diálogo de Segurança e Saúde Ocupacional;
 Inspecione os andaimes no começo de cada jornada. Atenção a cada detalhe, ser minucioso nessa hora é muito
importante
 Se observar algum risco ainda que pequeno, não utilize o referido andaime. O mesmo vale para qualquer equipamento.
Nessa situação acione o reparo qualificado.
 Em serviços, próximos a sacadas ou vãos de janelas, deve utilizar o cinto de segurança
 Fixar o cinto sempre em base sólida e independente da estrutura do andaime ou balancim
 Inspecionar balancins no começo da cada jornada de trabalho
Isso não é dever só do Setor de Segurança do Trabalho, CIPA e empresa. Na realidade ninguém pode fazer mais pela sua
segurança do que você mesmo.
 Respeite as normas elaboradas para um trabalho seguro com o equipamento
 Evitar contato prolongado com as tintas.
 Use Máscara de segurança sempre que estiver lixando paredes
 Conheça a composição química da tinta que está utilizando. Para isso basta ler o rótulo do produto.
Troque sempre que possível as roupas sujas com o produto.
 Não levantar nem transportar peso acima da sua capacidade física, se precisar peça ajuda;
 Mantenha o local de trabalho desimpedido e organizado.
 A bagunça é um causador de acidentes em potencial.
EPI’s DE USO OBRIGATÓRIOS
 Capacete com jugular ajustada ao queixo;
 Botina de segurança;
 Óculos de proteção
 Protetor Auricular tipo plug;
 Cinto de segurança com trava quedas, talabartes, linha de vida;
 Luvas de nitrílica/PVC;
 Proteção respiratória (Mascara PFF1).
x
NSA - GABRIELA ANTUNES
ASTOLFI
CNPJ.: 51.265/0001-11
ORDEM DE SERVIÇO – 001/2023
Conforme estabelecido no item 1.7, letras “a-b-c”, NR-01 da Portaria 3214/78
2 de 2
MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA
Usar as medidas de Proteção Coletiva que forem determinadas para o desenvolvimento de suas atividades. Sendo que
estas medidas serão divulgadas através das Análises de Risco da Tarefa.
MEDIDAS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE
 Recolher e dar destinação adequada aos resíduos de embalagens; latas, pincel, sobras de tinta, lixas, resíduos de EPIs
usados e sobra de alimentos;
 Recolher e acondicionar toda sobra e derrame de insumos ou materiais;
 Evitar desperdício de água e energia elétrica;
TREINAMENTOS OBRIGATÓRIOS
- Treinamento Introdutório de Segurança;
- Uso de EPIs – EPCs.
- Treinamento sobre sistema preventivo – combate a incêndio e uso dos extintores.
- Curso e reciclagem de NR – 18 e NR - 35 Trabalho em Altura
PROCEDIMENTOS EM CASO DE ACIDENTE
1- Comunicar imediatamente sua chefia imediata e a Segurança e Medicina do Trabalho;
2- Se possível aplicar os primeiros socorros à vítima;
3- Acionar a Brigada de Emergência através rádio ou telefone/ou chamar equipe capacitada (192 SAMU-193 Bombeiro
Militar);
4- Tomar as medidas legais pertinentes;
5- Investigar as causas dos fatos e tomar as ações cabíveis para a não repetição do fato;
PROIBIÇÕES
 Deixar de usar EPI;
 Operar equipamentos sem treinamento e autorização;
 Apresentar-se ao trabalho embriagado, ou beber durante a jornada de trabalho;
 Portar arma de fogo durante a jornada de trabalho;
 Operar equipamentos defeituosos;
 Fumar em locais proibidos;
 Descumprir as Normas de Segurança e Medicina da Empresa;
 Brincar em serviço;
 Utilizar adorno tipo (cordões/brincos)
 Correr no local de trabalho;
 Improvisar consertos em máquinas/ equipamentos;
 Executar serviços em instalações elétricas;
 Retirar proteção de máquinas, equipamentos ou áreas de trabalho oferecendo risco de acidente;
 Jogar água em equipamentos elétricos, tais como: motores, tomadas, painéis e transformadores.
PUNIÇÕES
Constitui ato faltoso a recusa injustificada do empregado no cumprimento do disposto nesta OS, gerando justa causa, o
qual ocorrerá conforme:
1- Advertência por escrito;
2- Suspensão do trabalho por 03 dias seqüentes;
3- Dispensa por justa causa, caso as advertências e suspensões cabíveis tenham sido aplicadas e não tenham surtido o
efeito esperado ou descontos em salário, ou indenizações em caso de danos propositais, ou extravios dos EPI’s, nos
Termos do Artigo 462, parágrafo 1º da CLT
MEDICINA DO TRABALHO
Deverá o empregado submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas Regulamentadoras;
Fica o Médico do Trabalho da empresa encarregado de comunicar por escrito ao empregado, através do ASO o resultado
dos exames médicos e complementares de diagnósticos aos quais os próprios trabalhadores forem submetidos.
TERMO DE RECEBIMENTO E COMPROMISSO
Recebi da Empresa: NSA, a Ordem de Serviço de mesmo teor desta, que agora assino, referente às minhas funções, que
foi elaborada atendendo a legislação trabalhista em vigor, a qual cumprirei. Tomo ciência também que esta OS poderá
sofrer alterações e revisões, e o não cumprimento de qualquer item desta OS implica em punição de acordo com a
legislação trabalhista e normas da empresa.
Rio Negrinho - SC, 01 de Setembro de 2023.
Assinatura: ___________________________________________________________________

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a O.S Pintores.doc

cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Bruno Borges
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
RivaTstFerraresi
 
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Andre Cruz
 
Treinamento de NR35 básico .pptx
Treinamento de NR35 básico         .pptxTreinamento de NR35 básico         .pptx
Treinamento de NR35 básico .pptx
JoselioPgaso
 
Trabalho em altura
Trabalho em alturaTrabalho em altura
Trabalho em altura
Marlisobreira
 
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Luiz Guilherme
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
DSOPCMG
 
CURSO NR 35.pptx
CURSO NR 35.pptxCURSO NR 35.pptx
CURSO NR 35.pptx
BelarminoFelix
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
adelmapereiraazevedo
 
Ordem de-servico-vigia
Ordem de-servico-vigiaOrdem de-servico-vigia
Ordem de-servico-vigia
Marcelo Santos
 
trabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppttrabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppt
MoissCittonCampagnar
 
Curso de trabalho em altura da NR35.pptx
Curso de trabalho em altura da NR35.pptxCurso de trabalho em altura da NR35.pptx
Curso de trabalho em altura da NR35.pptx
CleisonSouza4
 
Ordem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricistaOrdem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricista
Rerisson Cristiano R Rodrigues
 
Treinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptxTreinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptx
robertoprestes2
 
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
Anderson Arcanjo
 
Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc
Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.docModelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc
Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc
InaraSantos12
 
Tecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalhoTecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalho
Samara Oliveira
 
#Ordem de serviço
#Ordem de serviço#Ordem de serviço
#Ordem de serviço
Erika Cabral Teves
 
Ordem serviço
Ordem serviçoOrdem serviço
Ordem serviço
Josenildotsst
 
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.pptTREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
MrcioBueno11
 

Semelhante a O.S Pintores.doc (20)

cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
Treinamento de NR35 básico .pptx
Treinamento de NR35 básico         .pptxTreinamento de NR35 básico         .pptx
Treinamento de NR35 básico .pptx
 
Trabalho em altura
Trabalho em alturaTrabalho em altura
Trabalho em altura
 
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
Cursodetrabalhoemaltura nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
CURSO NR 35.pptx
CURSO NR 35.pptxCURSO NR 35.pptx
CURSO NR 35.pptx
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
Ordem de-servico-vigia
Ordem de-servico-vigiaOrdem de-servico-vigia
Ordem de-servico-vigia
 
trabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppttrabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppt
 
Curso de trabalho em altura da NR35.pptx
Curso de trabalho em altura da NR35.pptxCurso de trabalho em altura da NR35.pptx
Curso de trabalho em altura da NR35.pptx
 
Ordem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricistaOrdem de-servico-eletricista
Ordem de-servico-eletricista
 
Treinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptxTreinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptx
 
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
01 - Modelo Ordem de Servico (1).doc
 
Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc
Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.docModelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc
Modelo-de-Ordem-de-Servico-NR-01.doc
 
Tecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalhoTecnico de seguranca_do_trabalho
Tecnico de seguranca_do_trabalho
 
#Ordem de serviço
#Ordem de serviço#Ordem de serviço
#Ordem de serviço
 
Ordem serviço
Ordem serviçoOrdem serviço
Ordem serviço
 
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.pptTREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
 

Mais de osnikobus1

1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
osnikobus1
 
8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
osnikobus1
 
APR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalho
APR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalhoAPR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalho
APR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalho
osnikobus1
 
7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
osnikobus1
 
NR 35.ppt
NR 35.pptNR 35.ppt
NR 35.ppt
osnikobus1
 
NR 18.ppt
NR 18.pptNR 18.ppt
NR 18.ppt
osnikobus1
 

Mais de osnikobus1 (6)

1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
 
8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
8. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
 
APR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalho
APR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalhoAPR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalho
APR - LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO nos ambientes de trabalho
 
7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
7. Modelo de relatorio de investigacao de acidente.doc
 
NR 35.ppt
NR 35.pptNR 35.ppt
NR 35.ppt
 
NR 18.ppt
NR 18.pptNR 18.ppt
NR 18.ppt
 

O.S Pintores.doc

  • 1. x NSA - GABRIELA ANTUNES ASTOLFI CNPJ.: 51.265/0001-11 ORDEM DE SERVIÇO – 001/2023 Conforme estabelecido no item 1.7, letras “a-b-c”, NR-01 da Portaria 3214/78 1 de 2 Prestação de Serviços Terceirizados NOME: EMPRESA: SETOR: Construção Civil - Pintura ELABORADO POR: Osni Kobus FUNÇÃO: Pintor de Obras REVISÃO: 01 OBRIGAÇÕES DO EMPREGADO  Cumprir todas as normas expedidas pelo Empregador, inclusive esta ordem de serviço;  Comunicar todas as condições inseguras presentes no ambiente ao supervisor imediato;  Usar obrigatoriamente os Equipamentos de Proteção Individual indicados para a função;  Manter a ordem, disciplina, higiene e segurança no trabalho;  Acompanhar as atividades realizadas em seu ambiente de trabalho e orientar os empregados que estiverem em situação de risco;  Colaborar com a empresa na aplicação das Normas Regulamentadoras – NR’s. Adotando inclusive todas as medidas determinadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. ATIVIDADES HABITUAIS DESENVOLVIDAS COMO PINTOR DE OBRAS A função consistem em realizar pinturas nas superfícies externas e internas de edifícios e outras obras civis, raspando-a amassando-as e cobrindo-as com uma ou várias camadas de tinta; revestimento de tetos, paredes; fachadas e outras partes de edificações com papel e materiais plásticos e para tanto , entre outras atividades, preparar as superfícies a revestir, combinar materiais e demais atividades inerentes a função. RISCOS DAS ATIVIDADES Riscos Físicos: Ruído Riscos Ergonômicos: Postura/ esforço excessivo; transporte de latas de tintas e materiais diversos. Riscos Químicos: Poeiras; tintas solventes. Riscos Mecânicos ou Acidentes: Queda de mesmo nível, queda com diferença de nível; andaimes; balancins, PTA, quedas de materiais, projeção de partículas, cortes ferimentos. MEDIDAS PARA ELIMINAR OU NEUTRALIZAR A INSALUBRIDADE E AS CONDIÇÕES INSEGURAS O Equipamento de Proteção Coletiva, o Equipamento de Proteção Individual e as Análises de Risco da Tarefa serão usadas como medidas para eliminar e/ou neutralizar a insalubridade e condições inseguras. MEDIDAS PREVENTIVAS PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES  Usar obrigatoriamente os Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva indicados para a função;  Cumprir todas as normas internas da Empresa, inclusive esta Ordem de Serviço, normas expedidas pela Contratante sobre Segurança e Saúde Ocupacional;  Estaquear corretamente o ponto de ancoragem a 45º;  Realizar inspeções nos EPI’s e ferramentas manuais antes do início das atividades;  Treinamentos de Segurança / DSS – Diálogo de Segurança e Saúde Ocupacional;  Inspecione os andaimes no começo de cada jornada. Atenção a cada detalhe, ser minucioso nessa hora é muito importante  Se observar algum risco ainda que pequeno, não utilize o referido andaime. O mesmo vale para qualquer equipamento. Nessa situação acione o reparo qualificado.  Em serviços, próximos a sacadas ou vãos de janelas, deve utilizar o cinto de segurança  Fixar o cinto sempre em base sólida e independente da estrutura do andaime ou balancim  Inspecionar balancins no começo da cada jornada de trabalho Isso não é dever só do Setor de Segurança do Trabalho, CIPA e empresa. Na realidade ninguém pode fazer mais pela sua segurança do que você mesmo.  Respeite as normas elaboradas para um trabalho seguro com o equipamento  Evitar contato prolongado com as tintas.  Use Máscara de segurança sempre que estiver lixando paredes  Conheça a composição química da tinta que está utilizando. Para isso basta ler o rótulo do produto. Troque sempre que possível as roupas sujas com o produto.  Não levantar nem transportar peso acima da sua capacidade física, se precisar peça ajuda;  Mantenha o local de trabalho desimpedido e organizado.  A bagunça é um causador de acidentes em potencial. EPI’s DE USO OBRIGATÓRIOS  Capacete com jugular ajustada ao queixo;  Botina de segurança;  Óculos de proteção  Protetor Auricular tipo plug;  Cinto de segurança com trava quedas, talabartes, linha de vida;  Luvas de nitrílica/PVC;  Proteção respiratória (Mascara PFF1).
  • 2. x NSA - GABRIELA ANTUNES ASTOLFI CNPJ.: 51.265/0001-11 ORDEM DE SERVIÇO – 001/2023 Conforme estabelecido no item 1.7, letras “a-b-c”, NR-01 da Portaria 3214/78 2 de 2 MEDIDAS DE PROTEÇÃO COLETIVA Usar as medidas de Proteção Coletiva que forem determinadas para o desenvolvimento de suas atividades. Sendo que estas medidas serão divulgadas através das Análises de Risco da Tarefa. MEDIDAS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE  Recolher e dar destinação adequada aos resíduos de embalagens; latas, pincel, sobras de tinta, lixas, resíduos de EPIs usados e sobra de alimentos;  Recolher e acondicionar toda sobra e derrame de insumos ou materiais;  Evitar desperdício de água e energia elétrica; TREINAMENTOS OBRIGATÓRIOS - Treinamento Introdutório de Segurança; - Uso de EPIs – EPCs. - Treinamento sobre sistema preventivo – combate a incêndio e uso dos extintores. - Curso e reciclagem de NR – 18 e NR - 35 Trabalho em Altura PROCEDIMENTOS EM CASO DE ACIDENTE 1- Comunicar imediatamente sua chefia imediata e a Segurança e Medicina do Trabalho; 2- Se possível aplicar os primeiros socorros à vítima; 3- Acionar a Brigada de Emergência através rádio ou telefone/ou chamar equipe capacitada (192 SAMU-193 Bombeiro Militar); 4- Tomar as medidas legais pertinentes; 5- Investigar as causas dos fatos e tomar as ações cabíveis para a não repetição do fato; PROIBIÇÕES  Deixar de usar EPI;  Operar equipamentos sem treinamento e autorização;  Apresentar-se ao trabalho embriagado, ou beber durante a jornada de trabalho;  Portar arma de fogo durante a jornada de trabalho;  Operar equipamentos defeituosos;  Fumar em locais proibidos;  Descumprir as Normas de Segurança e Medicina da Empresa;  Brincar em serviço;  Utilizar adorno tipo (cordões/brincos)  Correr no local de trabalho;  Improvisar consertos em máquinas/ equipamentos;  Executar serviços em instalações elétricas;  Retirar proteção de máquinas, equipamentos ou áreas de trabalho oferecendo risco de acidente;  Jogar água em equipamentos elétricos, tais como: motores, tomadas, painéis e transformadores. PUNIÇÕES Constitui ato faltoso a recusa injustificada do empregado no cumprimento do disposto nesta OS, gerando justa causa, o qual ocorrerá conforme: 1- Advertência por escrito; 2- Suspensão do trabalho por 03 dias seqüentes; 3- Dispensa por justa causa, caso as advertências e suspensões cabíveis tenham sido aplicadas e não tenham surtido o efeito esperado ou descontos em salário, ou indenizações em caso de danos propositais, ou extravios dos EPI’s, nos Termos do Artigo 462, parágrafo 1º da CLT MEDICINA DO TRABALHO Deverá o empregado submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas Regulamentadoras; Fica o Médico do Trabalho da empresa encarregado de comunicar por escrito ao empregado, através do ASO o resultado dos exames médicos e complementares de diagnósticos aos quais os próprios trabalhadores forem submetidos. TERMO DE RECEBIMENTO E COMPROMISSO Recebi da Empresa: NSA, a Ordem de Serviço de mesmo teor desta, que agora assino, referente às minhas funções, que foi elaborada atendendo a legislação trabalhista em vigor, a qual cumprirei. Tomo ciência também que esta OS poderá sofrer alterações e revisões, e o não cumprimento de qualquer item desta OS implica em punição de acordo com a legislação trabalhista e normas da empresa. Rio Negrinho - SC, 01 de Setembro de 2023. Assinatura: ___________________________________________________________________