SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
A Moda e as Novas Tecnologias
Tecnologia em Moda e Estilo Objecto de estudo Criação, produção e administração de moda; comportamento, fenómenos sociais e suas influências na moda e no estilo; propriedades técnicas de fios, fibras e tecidos; cores, formas e materiais; processos de modelagem e design; administração de processos de produção; desenvolvimento da área de marketing; processo de evolução da moda, contextualizando-o no tempo e no espaço. Campo de actuaçãoSectores têxteis e de confecção.
O que faz um Profissional de Moda 	Cria, coordena e orienta a produção de colecções de vestuário; pesquisa e descodifica informações de cultura e mercado; reconhece as características técnicas dos materiais têxteis (fibra, fios, tecidos), para adequá-los à finalidade do produto desejado; harmoniza cores, materiais e formas; identifica e aplica técnicas de representação gráfica do produto; faz modelagem de roupa e projecta sua aplicabilidade nos planos bidimensional e tridimensional; orienta o desenvolvimento das peças-piloto; harmoniza a criação e a técnica de produção; identifica técnicas de comunicação e divulgação do produto no mercado; gerência estratégias de planejamento, organização e controle no desenvolvimento do produto de moda.
Reflexão Sobre a Importância das Tecnologias na Moda  . O pano de fundo de todas as possibilidades – de estilo, de subjectividades, de consumo, de referências visuais, de comportamento, de crenças – só se configurou com a tecnologia.  É ela que nos permite ver melhor, apesar de suscitar cegueiras intelectuais impensáveis; mostra-nos milhões de referências apesar de eventuais comprometimentos culturais; presta-se a interesses de mercado lógicos mas possibilita o escambo e a troca sobretudo de ideias.
Tecnologias e funcionalidades Designer mistura tecnologia e moda em electrônicos artesanais. 	A  bolsa Boom Box tem altifalantes para serem usados com MP3 players, por exemplo: em vez de ter de usar o telemóvel e o MP3 player, encontra todas essas funcionalidades numa só bolsa.
Reflexão Sobre a Moda em Contextos Sociais  A moda foi definida como meio de expressão para a diferenciação social, particularmente as distinções sociais. Compreender as alterações das roupas em voga pode ser conceptualizado como forma de capital cultural. Há também a definição da moda em termos de ambivalência de identidade social - juventude versus maturidade, masculinidade versus feminilidade, trabalho versus lazer, conformidade versus rebeldia.
Reflexão Sobre a Moda em Contextos Sociais Grandes mudanças nos estilos de roupa são indicadores de importantes alterações nas relações sociais e nos níveis de tensão social. Assim, a autora estabelece a diferenciação entre moda de classe e moda de consumo. A moda de classe prevaleceu nos séculos XIX e começo do século XX, com identificação da posição social. Tinha regras rígidas sobre o uso de acessórios. A moda de consumo é multifacetada e satisfaz as exigências dos consumidores, em especial os jovens. Há uma grande gama de opções e muita diversidade estilística, com menor consenso sobre o que é moda. Estilos diferentes têm públicos (consumidores) diferentes. A idade substitui o status social como variável.
Comunicação de Massas nas Sociedades Contemporâneas     Podemos citar os meios de comunicação de massa mais comuns, que são: Televisão, Rádio, Revistas, Internet. Todos eles têm como principal função informar, educar e entreter de diferentes formas, com conteúdos seleccionados e desenvolvidos para seus determinados públicos. Os meios de comunicação de massa podem ser usados tanto para fornecer informações úteis e importantes para a população, como para alienar, determinar um modo de pensar, induzindo certos comportamentos e aquisição de certos produtos, por exemplo. Cabe aos órgãos responsáveis fiscalizarem que tipo de informação é transmitida por esses meios, como ao receptor das informações ter criatividade para seleccionar e internalizar as informações que considerar úteis para si, denunciados os abusos aos órgãos competentes.
A Influência dos Mass Média 	Com o poder de influência que os media possuem, não impulsiona os jovens para os valores que mantêm a sua dignidade, porque se eles tomassem consciência do quanto são manipulados, o mercado não teria a quem vender os seus produtos. O jovem é mais poroso e mais hedonismo. Para ser um bom consumidor, precisa estar aberto às influências e ser imediatista. Por isso, é o alvo perfeito do consumismo.
Consumismo e Marketing 	Infelizmente os media exercem uma influência muito forte não só nas crianças como também nos adultos. Acreditamos que a forma mais eficaz de controlo é através de exemplos saudáveis e muito diálogo.  Media
CONSUMO E MARKETING Consumo Infantil    O primeiro passo é cada um de nós adultos tomarmos decisões sobre o nosso comportamento de compra e consumo. Para quê ter coisas desnecessárias? Se percebermos que consumir não nos dará mais ou menos bem estar, começaremos uma atitude de mudança, então o próximo passo é transmitir aos outros, crianças e adultos. As crianças espelham-se nos exemplos que primeiro recebem em casa. E pior não dá para pedir a um filho que não fique 5 horas pendurado na Internet se os pais ficam, é incompreensível.
DIVULGAÇÃO DE PRODUTOS PUBLICITÁRIOS      As transformações tecnológicas e de valores da nossa sociedade para a subjectividade e o imaginário infantil e juvenil têm trazido determinadas ruptura e desafios, já que as noções sobre o que significa ser criança e jovem são criadas pelo adulto e, na maioria das vezes, não acompanham o ritmo das mudanças em curso. “Os personagens da media são invenções dos adultos, que querem capturar a diferença entre as crianças e eles mesmos”. Por isso, haveria uma cristalização da maneira como as crianças são representadas na maioria dos programas de televisão, no cinema e na publicidade. Essas leituras correspondem a visões hegemónicas dos adultos, que acabam oferecendo imagens saturadas do universo infantil.
CAMPANHA PUBLICITÁRIA ATRAVÉS DOS MEDIA      Dar a conhecer um produto é mais do que simplesmente dizer que esse produto existe. É essencial uma campanha de marketing que inclua uma campanha publicitária adequada para que o produto seja conhecido, adquirido, para além de que é importante criar uma clientela e de alguma forma “alimentá-la”, para que o produto não seja esquecido.As agências de publicidade têm este papel. Elas ocupam-se da actividade criativa, assim  como das formas de publicitar o produto para que este obtenha visibilidade e se obtenha o resultado pretendido. 	A criação da publicidade propriamente dita é apenas uma das áreas. O primeiro ponto é a secção de Atendimento. Aqui o cliente entre em contacto com a agência. O cliente apresenta o produto a ser publicitado. A agência encarrega-se de dar todas as informações necessárias para que a campanha seja levada a cabo, solicitando também qualquer informação adicional acerca do produto que seja necessária para optimizar a campanha. É o ponto de contacto, onde é também apresentado ao cliente o que se pretende fazer com o produto, as campanhas, etc.
MASS MEDIA- SELF MEDIA     Os Self Media surgiram após o apogeu dos Mass Media, isto foi possível devido ao desenvolvimento de equipamentos baseados em novas tecnologias de suporte de informação a custos acessíveis para um grande público.     Os Self Media são instrumentos que permitem a criação e o acesso à informação por selecção, reprodução e registo individual. Este Media é caracterizado por estar disponível através de uma vontade de procura orientada por classes ou grupos de interesse e ainda por o produtor e o receptor da informação poderem ser o mesmo agente. isto é, cada um dos utilizadores da informação é em simultâneo o seu produtor.      Os Self Media possuem suporte na audiografia, fotografia, reprografia, audiovideografia e multigrafia.
REDE SOCIAL     Rede Social é uma das formas de representação dos relacionamentos afectivos ou profissionais dos seres entre si ou entre seus agrupamentos de interesses mútuos.     Sentido geral, representa uma forma interactiva e funcionalmente articulada de exercício da acção social.  Redes sociais são redes de comunicação que envolvem a linguagem simbólica, os limites culturais e as relações de poder. 
FORMANDAS: MANUELA E SUSANA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaConceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propaganda
Sergio Montes
 
Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01
Ana Silva
 
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
Sobre A GeraçãO Digital  N GenersSobre A GeraçãO Digital  N Geners
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
Eduardo Magalhães
 
MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...
MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...
MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...
Luciana
 
Novo consumidor, velha publicidade
Novo consumidor, velha publicidadeNovo consumidor, velha publicidade
Novo consumidor, velha publicidade
Kátia Keller
 
TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...
TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...
TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...
Cintia Meneguelli
 
Marketing E Universo Infantil
Marketing E Universo InfantilMarketing E Universo Infantil
Marketing E Universo Infantil
Krisna Ribeiro
 

Mais procurados (20)

Conceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaConceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propaganda
 
Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01
 
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
Sobre A GeraçãO Digital  N GenersSobre A GeraçãO Digital  N Geners
Sobre A GeraçãO Digital N Geners
 
Marketing 3.0
Marketing 3.0 Marketing 3.0
Marketing 3.0
 
Licenciamento de Personagens como Estratégia de Marketing e Publicidade Infan...
Licenciamento de Personagens como Estratégia de Marketing e Publicidade Infan...Licenciamento de Personagens como Estratégia de Marketing e Publicidade Infan...
Licenciamento de Personagens como Estratégia de Marketing e Publicidade Infan...
 
MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...
MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...
MEIOS DE COMUNICAÇÃO PARA ATINGIR O PÚBLICO DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA EM CURI...
 
Brand experience como ferramenta de fortalecimento da relação entre indivíduo...
Brand experience como ferramenta de fortalecimento da relação entre indivíduo...Brand experience como ferramenta de fortalecimento da relação entre indivíduo...
Brand experience como ferramenta de fortalecimento da relação entre indivíduo...
 
Artigo - Comunicação digital e a contribuição
Artigo - Comunicação digital e a contribuiçãoArtigo - Comunicação digital e a contribuição
Artigo - Comunicação digital e a contribuição
 
Novo consumidor, velha publicidade
Novo consumidor, velha publicidadeNovo consumidor, velha publicidade
Novo consumidor, velha publicidade
 
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
 
Comunicação e Marketing
Comunicação e MarketingComunicação e Marketing
Comunicação e Marketing
 
TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...
TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...
TCC Novas estratégias publicitárias na conquista do consumidor: O caso do mar...
 
Slides aula de ética
Slides aula de éticaSlides aula de ética
Slides aula de ética
 
Plano de aula - "Mundodigital: consumo, interatividade e marketing"
Plano de aula - "Mundodigital: consumo, interatividade e marketing"Plano de aula - "Mundodigital: consumo, interatividade e marketing"
Plano de aula - "Mundodigital: consumo, interatividade e marketing"
 
Microambiente e
Microambiente eMicroambiente e
Microambiente e
 
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketingAula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
Aula 2 - Tarefas e ambiente de marketing
 
Apresentação da monografia: A Gestão de Marcas no Marketing 3.0
Apresentação da monografia: A Gestão de Marcas no Marketing 3.0Apresentação da monografia: A Gestão de Marcas no Marketing 3.0
Apresentação da monografia: A Gestão de Marcas no Marketing 3.0
 
Marketing E Universo Infantil
Marketing E Universo InfantilMarketing E Universo Infantil
Marketing E Universo Infantil
 
Guia campanha de Sindicalização
Guia campanha de SindicalizaçãoGuia campanha de Sindicalização
Guia campanha de Sindicalização
 
Marketing Politico Imagem Marca
Marketing Politico Imagem MarcaMarketing Politico Imagem Marca
Marketing Politico Imagem Marca
 

Destaque

Moda - Tecnologia da Moda
Moda - Tecnologia da ModaModa - Tecnologia da Moda
Moda - Tecnologia da Moda
Alice Moraes
 
Tecnologia na Moda
Tecnologia na ModaTecnologia na Moda
Tecnologia na Moda
Lara Lacerda
 
Fotografia de moda: história e fotógrafos
Fotografia de moda: história e fotógrafosFotografia de moda: história e fotógrafos
Fotografia de moda: história e fotógrafos
André Conti Silva
 
Trabalho Nanotecnologia Textil
Trabalho Nanotecnologia TextilTrabalho Nanotecnologia Textil
Trabalho Nanotecnologia Textil
Carolina Afiune
 

Destaque (9)

Moda - Tecnologia da Moda
Moda - Tecnologia da ModaModa - Tecnologia da Moda
Moda - Tecnologia da Moda
 
Tecnologia na Moda
Tecnologia na ModaTecnologia na Moda
Tecnologia na Moda
 
MODA, MÚSICA e TECNOLOGIA
MODA, MÚSICA e TECNOLOGIAMODA, MÚSICA e TECNOLOGIA
MODA, MÚSICA e TECNOLOGIA
 
Sustentabilidade e Moda
Sustentabilidade e ModaSustentabilidade e Moda
Sustentabilidade e Moda
 
Antes de ser e-Commerce, é Varejo. E antes de ser ROI, é Marketing. - Álvaro ...
Antes de ser e-Commerce, é Varejo. E antes de ser ROI, é Marketing. - Álvaro ...Antes de ser e-Commerce, é Varejo. E antes de ser ROI, é Marketing. - Álvaro ...
Antes de ser e-Commerce, é Varejo. E antes de ser ROI, é Marketing. - Álvaro ...
 
Fotografia Publicitária Para o Mercado da Moda
Fotografia Publicitária Para o Mercado da ModaFotografia Publicitária Para o Mercado da Moda
Fotografia Publicitária Para o Mercado da Moda
 
Marketing de Varejo Cap.I Las Casas
Marketing de Varejo Cap.I Las CasasMarketing de Varejo Cap.I Las Casas
Marketing de Varejo Cap.I Las Casas
 
Fotografia de moda: história e fotógrafos
Fotografia de moda: história e fotógrafosFotografia de moda: história e fotógrafos
Fotografia de moda: história e fotógrafos
 
Trabalho Nanotecnologia Textil
Trabalho Nanotecnologia TextilTrabalho Nanotecnologia Textil
Trabalho Nanotecnologia Textil
 

Semelhante a Manuela e susana

Fernanda maia silva _e_adelaide
Fernanda maia silva _e_adelaideFernanda maia silva _e_adelaide
Fernanda maia silva _e_adelaide
aventuradamoda
 
Trabalho de Grupo de Celeste e Sandra
Trabalho de Grupo de Celeste e SandraTrabalho de Grupo de Celeste e Sandra
Trabalho de Grupo de Celeste e Sandra
lilianassantos
 
Midia social
Midia socialMidia social
Midia social
carla1568
 
Média Social
Média SocialMédia Social
Média Social
marade
 
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era DigitalPublicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
renatofrigo
 
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
taniamaciel
 

Semelhante a Manuela e susana (20)

Alice e candida
Alice e candidaAlice e candida
Alice e candida
 
Fernanda maia silva _e_adelaide
Fernanda maia silva _e_adelaideFernanda maia silva _e_adelaide
Fernanda maia silva _e_adelaide
 
Trabalho de Grupo de Celeste e Sandra
Trabalho de Grupo de Celeste e SandraTrabalho de Grupo de Celeste e Sandra
Trabalho de Grupo de Celeste e Sandra
 
Rafael arevalo
Rafael arevaloRafael arevalo
Rafael arevalo
 
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
 
Conceicao e aida
Conceicao e aidaConceicao e aida
Conceicao e aida
 
Palestra Gal Kury - O Povo dez 2015
Palestra Gal Kury - O Povo dez 2015Palestra Gal Kury - O Povo dez 2015
Palestra Gal Kury - O Povo dez 2015
 
Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
 
Mídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e RelevânciaMídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e Relevância
 
Fernanda e maria_luz
Fernanda e maria_luzFernanda e maria_luz
Fernanda e maria_luz
 
Midia social
Midia socialMidia social
Midia social
 
Média Social
Média SocialMédia Social
Média Social
 
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era DigitalPublicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
 
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
 
Aurora e zulmira
Aurora e zulmiraAurora e zulmira
Aurora e zulmira
 
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
 
Massaxnicho
MassaxnichoMassaxnicho
Massaxnicho
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midiaRedes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midiaRedes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
 

Manuela e susana

  • 1. A Moda e as Novas Tecnologias
  • 2. Tecnologia em Moda e Estilo Objecto de estudo Criação, produção e administração de moda; comportamento, fenómenos sociais e suas influências na moda e no estilo; propriedades técnicas de fios, fibras e tecidos; cores, formas e materiais; processos de modelagem e design; administração de processos de produção; desenvolvimento da área de marketing; processo de evolução da moda, contextualizando-o no tempo e no espaço. Campo de actuaçãoSectores têxteis e de confecção.
  • 3. O que faz um Profissional de Moda Cria, coordena e orienta a produção de colecções de vestuário; pesquisa e descodifica informações de cultura e mercado; reconhece as características técnicas dos materiais têxteis (fibra, fios, tecidos), para adequá-los à finalidade do produto desejado; harmoniza cores, materiais e formas; identifica e aplica técnicas de representação gráfica do produto; faz modelagem de roupa e projecta sua aplicabilidade nos planos bidimensional e tridimensional; orienta o desenvolvimento das peças-piloto; harmoniza a criação e a técnica de produção; identifica técnicas de comunicação e divulgação do produto no mercado; gerência estratégias de planejamento, organização e controle no desenvolvimento do produto de moda.
  • 4. Reflexão Sobre a Importância das Tecnologias na Moda . O pano de fundo de todas as possibilidades – de estilo, de subjectividades, de consumo, de referências visuais, de comportamento, de crenças – só se configurou com a tecnologia. É ela que nos permite ver melhor, apesar de suscitar cegueiras intelectuais impensáveis; mostra-nos milhões de referências apesar de eventuais comprometimentos culturais; presta-se a interesses de mercado lógicos mas possibilita o escambo e a troca sobretudo de ideias.
  • 5. Tecnologias e funcionalidades Designer mistura tecnologia e moda em electrônicos artesanais. A bolsa Boom Box tem altifalantes para serem usados com MP3 players, por exemplo: em vez de ter de usar o telemóvel e o MP3 player, encontra todas essas funcionalidades numa só bolsa.
  • 6. Reflexão Sobre a Moda em Contextos Sociais A moda foi definida como meio de expressão para a diferenciação social, particularmente as distinções sociais. Compreender as alterações das roupas em voga pode ser conceptualizado como forma de capital cultural. Há também a definição da moda em termos de ambivalência de identidade social - juventude versus maturidade, masculinidade versus feminilidade, trabalho versus lazer, conformidade versus rebeldia.
  • 7. Reflexão Sobre a Moda em Contextos Sociais Grandes mudanças nos estilos de roupa são indicadores de importantes alterações nas relações sociais e nos níveis de tensão social. Assim, a autora estabelece a diferenciação entre moda de classe e moda de consumo. A moda de classe prevaleceu nos séculos XIX e começo do século XX, com identificação da posição social. Tinha regras rígidas sobre o uso de acessórios. A moda de consumo é multifacetada e satisfaz as exigências dos consumidores, em especial os jovens. Há uma grande gama de opções e muita diversidade estilística, com menor consenso sobre o que é moda. Estilos diferentes têm públicos (consumidores) diferentes. A idade substitui o status social como variável.
  • 8. Comunicação de Massas nas Sociedades Contemporâneas Podemos citar os meios de comunicação de massa mais comuns, que são: Televisão, Rádio, Revistas, Internet. Todos eles têm como principal função informar, educar e entreter de diferentes formas, com conteúdos seleccionados e desenvolvidos para seus determinados públicos. Os meios de comunicação de massa podem ser usados tanto para fornecer informações úteis e importantes para a população, como para alienar, determinar um modo de pensar, induzindo certos comportamentos e aquisição de certos produtos, por exemplo. Cabe aos órgãos responsáveis fiscalizarem que tipo de informação é transmitida por esses meios, como ao receptor das informações ter criatividade para seleccionar e internalizar as informações que considerar úteis para si, denunciados os abusos aos órgãos competentes.
  • 9. A Influência dos Mass Média Com o poder de influência que os media possuem, não impulsiona os jovens para os valores que mantêm a sua dignidade, porque se eles tomassem consciência do quanto são manipulados, o mercado não teria a quem vender os seus produtos. O jovem é mais poroso e mais hedonismo. Para ser um bom consumidor, precisa estar aberto às influências e ser imediatista. Por isso, é o alvo perfeito do consumismo.
  • 10. Consumismo e Marketing Infelizmente os media exercem uma influência muito forte não só nas crianças como também nos adultos. Acreditamos que a forma mais eficaz de controlo é através de exemplos saudáveis e muito diálogo.  Media
  • 11. CONSUMO E MARKETING Consumo Infantil   O primeiro passo é cada um de nós adultos tomarmos decisões sobre o nosso comportamento de compra e consumo. Para quê ter coisas desnecessárias? Se percebermos que consumir não nos dará mais ou menos bem estar, começaremos uma atitude de mudança, então o próximo passo é transmitir aos outros, crianças e adultos. As crianças espelham-se nos exemplos que primeiro recebem em casa. E pior não dá para pedir a um filho que não fique 5 horas pendurado na Internet se os pais ficam, é incompreensível.
  • 12. DIVULGAÇÃO DE PRODUTOS PUBLICITÁRIOS As transformações tecnológicas e de valores da nossa sociedade para a subjectividade e o imaginário infantil e juvenil têm trazido determinadas ruptura e desafios, já que as noções sobre o que significa ser criança e jovem são criadas pelo adulto e, na maioria das vezes, não acompanham o ritmo das mudanças em curso. “Os personagens da media são invenções dos adultos, que querem capturar a diferença entre as crianças e eles mesmos”. Por isso, haveria uma cristalização da maneira como as crianças são representadas na maioria dos programas de televisão, no cinema e na publicidade. Essas leituras correspondem a visões hegemónicas dos adultos, que acabam oferecendo imagens saturadas do universo infantil.
  • 13. CAMPANHA PUBLICITÁRIA ATRAVÉS DOS MEDIA Dar a conhecer um produto é mais do que simplesmente dizer que esse produto existe. É essencial uma campanha de marketing que inclua uma campanha publicitária adequada para que o produto seja conhecido, adquirido, para além de que é importante criar uma clientela e de alguma forma “alimentá-la”, para que o produto não seja esquecido.As agências de publicidade têm este papel. Elas ocupam-se da actividade criativa, assim  como das formas de publicitar o produto para que este obtenha visibilidade e se obtenha o resultado pretendido. A criação da publicidade propriamente dita é apenas uma das áreas. O primeiro ponto é a secção de Atendimento. Aqui o cliente entre em contacto com a agência. O cliente apresenta o produto a ser publicitado. A agência encarrega-se de dar todas as informações necessárias para que a campanha seja levada a cabo, solicitando também qualquer informação adicional acerca do produto que seja necessária para optimizar a campanha. É o ponto de contacto, onde é também apresentado ao cliente o que se pretende fazer com o produto, as campanhas, etc.
  • 14. MASS MEDIA- SELF MEDIA Os Self Media surgiram após o apogeu dos Mass Media, isto foi possível devido ao desenvolvimento de equipamentos baseados em novas tecnologias de suporte de informação a custos acessíveis para um grande público. Os Self Media são instrumentos que permitem a criação e o acesso à informação por selecção, reprodução e registo individual. Este Media é caracterizado por estar disponível através de uma vontade de procura orientada por classes ou grupos de interesse e ainda por o produtor e o receptor da informação poderem ser o mesmo agente. isto é, cada um dos utilizadores da informação é em simultâneo o seu produtor. Os Self Media possuem suporte na audiografia, fotografia, reprografia, audiovideografia e multigrafia.
  • 15. REDE SOCIAL Rede Social é uma das formas de representação dos relacionamentos afectivos ou profissionais dos seres entre si ou entre seus agrupamentos de interesses mútuos. Sentido geral, representa uma forma interactiva e funcionalmente articulada de exercício da acção social. Redes sociais são redes de comunicação que envolvem a linguagem simbólica, os limites culturais e as relações de poder.