SlideShare uma empresa Scribd logo
Desafios da atualidade
 Lição 2 - O cristão e o trabalho




                    TEXTO BASE
                    2 Tessalonicenses
                       3:6-13
Introdução

                        Nas mais diferentes culturas,
                          a palavra ‘trabalho’ está
                          associada a:
                          Peso
                          Sacrifício
                          Renúncia aos prazeres da
                          vida

   O conceito que muitas pessoas têm relaciona a
trabalho a algo difícil e cansativo, uma pesada
obrigação
Por outro lado há
  pessoas que
  só pensam em
  trabalhar
  O trabalho vira
  uma obsessão O trabalho é tema amplamente tratado na
                  Bíblia. À luz das Escrituras:
  Transforma o
  indivíduo em    Como o cristão deve encarar o
  escravo         trabalho? É benção de Deus ou
                  maldição? Quais devem ser as
                  motivações do cristão para o trabalho?
                  Quais as distorções?
1. O trabalho é ordem de Deus
                            O próprio Senhor Deus nos dá o
                            exemplo quanto ao valor do
                            trabalho

                                As obras da criação foram
                                fruto do Seu trabalho

Conforme Gn 1:28 e 2:15, muito antes da queda, Deus delegou
ao homem a incumbência de trabalhar cuidando da terra

   Isso prova que o trabalho não é maldição e consequência
   do pecado
   Embora, após a queda, o trabalho tenha se tornado árduo
   penoso e suado (Gn 3:150-20)
O homem recebeu o
mandato de ser o
administrador da criação

   Deus conta com o
   nosso trabalho para a
   preservação de toda a
   sua obra
   Assim, todo
   empreendimento
   humano deve-se dar
   em perfeita harmonia
   com os interesses de
   Deus, revelados em sua
   Palavra
Devemos trabalhar com
zelo e
responsabilidade,
como recomenda
Paulo:

"Tudo quanto fizerdes,
fazei-o de todo o coração,
como para o Senhor e não
para homens, cientes de
que recebereis do Senhor a
recompensa da herança. A
Cristo, o Senhor, é que
estais servindo“.

             (Cl 3:23-24)
A declaração de Jesus, conforme
João 5:17, aponta para a origem
divina do trabalho e se constitui
em exemplo para nós:

“Meu Pai trabalha até agora, e eu
trabalho também”.
2. Trabalho é uma necessidade humana
               “O trabalho é uma expressão
               do espírito.” (Proudhon)

               De fato, o trabalho é uma
               condição moral do homem
                  Que nele se satisfaz física e
                  espiritualmente
                  O trabalho valoriza e
                  dignifica o ser humano
2. Trabalho é uma necessidade humana
                   Muitas pessoas se
                   realizam em sua
                   profissão, vendo o
                   trabalho como um
                   meio, e não um fim,
                   para o aperfeiçoamento
                   da vida

                     Mais do que fonte
                     de lucro, é realização
                     pessoal, uma
                     necessidade vital do
                     ser humano
Além disso, o trabalho possibilita o companheirismo

   Preenchendo, assim, uma das principais necessidades
   humanas, que a sociabilidade

A ociosidade é perniciosa, mas o trabalho enobre e
dignifica o homem (II Ts 3:10-12)
3. O trabalho é fator de progresso
                        Por meio do trabalho podemos
                        expressar o nosso amor e
                        oferecer a nossa contribuição
                        para o desenvolvimento do
                        mundo

                          O trabalho gera riqueza e
                          progresso
                          A Bíblia defende a justa
“O trabalhador é          remuneração pelo trabalho
digno do seu              realizado
salário.” (ITm 5:18b)
Antes de ser visto como
                           meio de realização
                           pessoal, o trabalho deve
                           ser uma expressão de
                           amor ao próximo

                              O trabalho de cada um
                              permite o bem-estar
                              de todos

Isso é o que se pode chamar de amor político ou social

Isto é: buscar com o trabalho o crescimento do outro e
o desenvolvimento da sociedade
4. O trabalho é fonte de bençãos
                            Quando é que o trabalho se
                            constitui numa fonte de
                            benção?

                            A) Quando é resposta à
                               vocação

 Segundo Calvino, o trabalho deve ser visto como "um
  posto que foi designado pelo Senhor".

 Quando o indivíduo trabalha consciente de que está
  exercendo uma vocação dada por Deus, o resultado é
  abençoador.
B) Quando é realizado com
                              excelência


 Todo trabalho deve ser executado conforme a
  capacidade do indivíduo

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as
tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há
obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria
alguma.” (Ec 9:10)
 Cada um deve dar o melhor de si, buscando a
  excelência naquilo que faz

 Mais do que aprovação dos homens, devemos buscar a
  aprovação do Senhor (Cl 3:23)
C) Quando são respeitadas
                             as leis trabalhistas


 O trabalhador deve fazer por merecer o seus salário,
  deve trabalhar de forma diligente e responsável, mas os
  empregadores devem honrar o trabalhador, com
  remunerações justas e o respeito às leis trabalhistas

 A exploração é condenada na Bíblia
D) Quando é equilibrado
                              com descanso


 O trabalho não pode se transformar numa obsessão

“Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde,
comer o pão que penosamente granjeastes; aos seus
amados ele o dá enquanto dormem.” (Sl 127:2)
João Calvino dizia:

“Os fiéis devem repousar de
suas próprias obras, a fim de
sentirem a necessidade de Deus
em suas vidas”.

 O trabalho deve ser
  equilibrado com o descanso
  e a ocupação com as coisas
  do reino de Deus
E) Quando é submetido à
                              direção do Senhor


A Bíblia “se interessa em que todos os homens, seja qual
for a sua ocupação, subordinem cada motivo à vontade de
Deus”. (Paul S. Minear)

 O cristão deve buscar a orientação divina para o seu
  trabalho
Site da Igreja
www.ipb706sul.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

COMUNHÃO - Unidade para Crescer
COMUNHÃO - Unidade para CrescerCOMUNHÃO - Unidade para Crescer
COMUNHÃO - Unidade para Crescer
IBMemorialJC
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
Biblia facil temas biblicos
Biblia facil temas biblicosBiblia facil temas biblicos
Biblia facil temas biblicos
SEC DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA
 
Como preparar uma pregação
Como preparar uma pregaçãoComo preparar uma pregação
Como preparar uma pregação
Alípio Vallim
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
Jessé Lopes
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Joanilson França Garcia
 
Estudo 01 tipos de oração geral
Estudo 01  tipos de oração geralEstudo 01  tipos de oração geral
Estudo 01 tipos de oração geral
Jaed Gomes
 
Avivamento
AvivamentoAvivamento
Apostila evangelismo
Apostila evangelismoApostila evangelismo
Apostila evangelismo
Vandeir Monteiro Mendes
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Éder Tomé
 
Apostila de homilética
Apostila de homiléticaApostila de homilética
Apostila de homilética
Alberto Simonton
 
Homilética arte de pregar
Homilética   arte de pregar Homilética   arte de pregar
Homilética arte de pregar
Paulo Ferreira
 
HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Homilética
HomiléticaHomilética
Homilética
Moisés Sampaio
 
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do CrenteLição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Éder Tomé
 
Aula 3 como preparar um sermão textual
Aula 3   como preparar um sermão textualAula 3   como preparar um sermão textual
Aula 3 como preparar um sermão textual
teologobrasil
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
RODRIGO FERREIRA
 
O Poder da Língua - Tiago 3.1-12
O Poder da Língua - Tiago 3.1-12O Poder da Língua - Tiago 3.1-12
O Poder da Língua - Tiago 3.1-12
Marconi Pacheco
 
A doutrina do pecado
A doutrina do pecadoA doutrina do pecado
A doutrina do pecado
Marcianno Teofilo
 
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUSA NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
Sandra Dias
 

Mais procurados (20)

COMUNHÃO - Unidade para Crescer
COMUNHÃO - Unidade para CrescerCOMUNHÃO - Unidade para Crescer
COMUNHÃO - Unidade para Crescer
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Biblia facil temas biblicos
Biblia facil temas biblicosBiblia facil temas biblicos
Biblia facil temas biblicos
 
Como preparar uma pregação
Como preparar uma pregaçãoComo preparar uma pregação
Como preparar uma pregação
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
Estudo 01 tipos de oração geral
Estudo 01  tipos de oração geralEstudo 01  tipos de oração geral
Estudo 01 tipos de oração geral
 
Avivamento
AvivamentoAvivamento
Avivamento
 
Apostila evangelismo
Apostila evangelismoApostila evangelismo
Apostila evangelismo
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
Apostila de homilética
Apostila de homiléticaApostila de homilética
Apostila de homilética
 
Homilética arte de pregar
Homilética   arte de pregar Homilética   arte de pregar
Homilética arte de pregar
 
HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
HERMENÊUTICA E HOMILÉTICA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
 
Homilética
HomiléticaHomilética
Homilética
 
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do CrenteLição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
 
Aula 3 como preparar um sermão textual
Aula 3   como preparar um sermão textualAula 3   como preparar um sermão textual
Aula 3 como preparar um sermão textual
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
O Poder da Língua - Tiago 3.1-12
O Poder da Língua - Tiago 3.1-12O Poder da Língua - Tiago 3.1-12
O Poder da Língua - Tiago 3.1-12
 
A doutrina do pecado
A doutrina do pecadoA doutrina do pecado
A doutrina do pecado
 
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUSA NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
A NATUREZA DA IGREJA DE JESUS
 

Semelhante a Licao 2 o cristao e o trabalho

Trabalho
TrabalhoTrabalho
LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho
LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho
LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho
boasnovassena
 
Jovens Estudo 6 - Vocação
Jovens Estudo 6 - VocaçãoJovens Estudo 6 - Vocação
Jovens Estudo 6 - Vocação
uriank
 
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptxSERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
NelsonPereira6258
 
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptxSERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
NelsonPereira6258
 
Ética Puritada do trabalho
Ética Puritada do trabalhoÉtica Puritada do trabalho
Ética Puritada do trabalho
uriank
 
Palavra o centro do coração de deus
Palavra   o centro do coração de deusPalavra   o centro do coração de deus
Palavra o centro do coração de deus
Adriano Gonçalves Martins
 
Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891
Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891
Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891
Cultagri,Lda
 
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do TrabalhoLição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
Éder Tomé
 
relacionamento no ambiente de trabalho
relacionamento no ambiente de trabalhorelacionamento no ambiente de trabalho
relacionamento no ambiente de trabalho
Dannilo Stelio
 
Lei de trabalho
Lei de trabalhoLei de trabalho
Lei de trabalho
Carlos José Dalto
 
Lição 9: A MORDOMIA DO TRABALHO
Lição 9: A MORDOMIA DO TRABALHOLição 9: A MORDOMIA DO TRABALHO
Lição 9: A MORDOMIA DO TRABALHO
Hamilton Souza
 
4º trimestre 2015 jovens lição 03
4º trimestre 2015 jovens lição 034º trimestre 2015 jovens lição 03
4º trimestre 2015 jovens lição 03
Joel Silva
 
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
antonio ferreira
 
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
antonio ferreira
 
Institutogamaliel.com os cristãos e as boas obras
Institutogamaliel.com os cristãos e as boas obrasInstitutogamaliel.com os cristãos e as boas obras
Institutogamaliel.com os cristãos e as boas obras
Instituto Teológico Gamaliel
 
Apostila maf obreiros
Apostila maf obreirosApostila maf obreiros
Apostila maf obreiros
maftaguatinga
 
Principios bíblico da obra de Deus
Principios bíblico da obra de DeusPrincipios bíblico da obra de Deus
Principios bíblico da obra de Deus
Edleusa Silva
 
Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão
Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristãoLição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão
Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão
Éder Tomé
 
11 Diferenças entre Trabalho e Ministério
11 Diferenças entre Trabalho e Ministério11 Diferenças entre Trabalho e Ministério
11 Diferenças entre Trabalho e Ministério
José Henrique Botani
 

Semelhante a Licao 2 o cristao e o trabalho (20)

Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho
LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho
LIÇÃO 3 (JOVENS) - Relacionamento no ambiente de trabalho
 
Jovens Estudo 6 - Vocação
Jovens Estudo 6 - VocaçãoJovens Estudo 6 - Vocação
Jovens Estudo 6 - Vocação
 
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptxSERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
 
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptxSERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
SERVIR AO SENHOR COM OS NOSSOS BENS.pptx
 
Ética Puritada do trabalho
Ética Puritada do trabalhoÉtica Puritada do trabalho
Ética Puritada do trabalho
 
Palavra o centro do coração de deus
Palavra   o centro do coração de deusPalavra   o centro do coração de deus
Palavra o centro do coração de deus
 
Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891
Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891
Lio3 relacionamentotrabalho-151018015530-lva1-app6891
 
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do TrabalhoLição 9 - A Mordomia do Trabalho
Lição 9 - A Mordomia do Trabalho
 
relacionamento no ambiente de trabalho
relacionamento no ambiente de trabalhorelacionamento no ambiente de trabalho
relacionamento no ambiente de trabalho
 
Lei de trabalho
Lei de trabalhoLei de trabalho
Lei de trabalho
 
Lição 9: A MORDOMIA DO TRABALHO
Lição 9: A MORDOMIA DO TRABALHOLição 9: A MORDOMIA DO TRABALHO
Lição 9: A MORDOMIA DO TRABALHO
 
4º trimestre 2015 jovens lição 03
4º trimestre 2015 jovens lição 034º trimestre 2015 jovens lição 03
4º trimestre 2015 jovens lição 03
 
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
 
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
6495623 watcheman-nee-a-obra-de-deus
 
Institutogamaliel.com os cristãos e as boas obras
Institutogamaliel.com os cristãos e as boas obrasInstitutogamaliel.com os cristãos e as boas obras
Institutogamaliel.com os cristãos e as boas obras
 
Apostila maf obreiros
Apostila maf obreirosApostila maf obreiros
Apostila maf obreiros
 
Principios bíblico da obra de Deus
Principios bíblico da obra de DeusPrincipios bíblico da obra de Deus
Principios bíblico da obra de Deus
 
Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão
Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristãoLição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão
Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão
 
11 Diferenças entre Trabalho e Ministério
11 Diferenças entre Trabalho e Ministério11 Diferenças entre Trabalho e Ministério
11 Diferenças entre Trabalho e Ministério
 

Mais de IPB706Sul

Divórcio
DivórcioDivórcio
Divórcio
IPB706Sul
 
O cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiroO cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiro
IPB706Sul
 
O cristão e a pobreza
O cristão e a pobrezaO cristão e a pobreza
O cristão e a pobreza
IPB706Sul
 
O cristão e a moda
O cristão e a modaO cristão e a moda
O cristão e a moda
IPB706Sul
 
Licao 1 o cristao e a natureza
Licao 1   o cristao e a naturezaLicao 1   o cristao e a natureza
Licao 1 o cristao e a natureza
IPB706Sul
 
Licao 1 o cristao e a natureza
Licao 1   o cristao e a naturezaLicao 1   o cristao e a natureza
Licao 1 o cristao e a natureza
IPB706Sul
 
Características e consequências do Secularismo na Igreja
Características e consequências do Secularismo na IgrejaCaracterísticas e consequências do Secularismo na Igreja
Características e consequências do Secularismo na Igreja
IPB706Sul
 
A secularizacao da igreja
A secularizacao da igrejaA secularizacao da igreja
A secularizacao da igreja
IPB706Sul
 

Mais de IPB706Sul (8)

Divórcio
DivórcioDivórcio
Divórcio
 
O cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiroO cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiro
 
O cristão e a pobreza
O cristão e a pobrezaO cristão e a pobreza
O cristão e a pobreza
 
O cristão e a moda
O cristão e a modaO cristão e a moda
O cristão e a moda
 
Licao 1 o cristao e a natureza
Licao 1   o cristao e a naturezaLicao 1   o cristao e a natureza
Licao 1 o cristao e a natureza
 
Licao 1 o cristao e a natureza
Licao 1   o cristao e a naturezaLicao 1   o cristao e a natureza
Licao 1 o cristao e a natureza
 
Características e consequências do Secularismo na Igreja
Características e consequências do Secularismo na IgrejaCaracterísticas e consequências do Secularismo na Igreja
Características e consequências do Secularismo na Igreja
 
A secularizacao da igreja
A secularizacao da igrejaA secularizacao da igreja
A secularizacao da igreja
 

Licao 2 o cristao e o trabalho

  • 1.
  • 2. Desafios da atualidade Lição 2 - O cristão e o trabalho TEXTO BASE 2 Tessalonicenses 3:6-13
  • 3. Introdução Nas mais diferentes culturas, a palavra ‘trabalho’ está associada a: Peso Sacrifício Renúncia aos prazeres da vida O conceito que muitas pessoas têm relaciona a trabalho a algo difícil e cansativo, uma pesada obrigação
  • 4. Por outro lado há pessoas que só pensam em trabalhar O trabalho vira uma obsessão O trabalho é tema amplamente tratado na Bíblia. À luz das Escrituras: Transforma o indivíduo em Como o cristão deve encarar o escravo trabalho? É benção de Deus ou maldição? Quais devem ser as motivações do cristão para o trabalho? Quais as distorções?
  • 5. 1. O trabalho é ordem de Deus O próprio Senhor Deus nos dá o exemplo quanto ao valor do trabalho As obras da criação foram fruto do Seu trabalho Conforme Gn 1:28 e 2:15, muito antes da queda, Deus delegou ao homem a incumbência de trabalhar cuidando da terra Isso prova que o trabalho não é maldição e consequência do pecado Embora, após a queda, o trabalho tenha se tornado árduo penoso e suado (Gn 3:150-20)
  • 6. O homem recebeu o mandato de ser o administrador da criação Deus conta com o nosso trabalho para a preservação de toda a sua obra Assim, todo empreendimento humano deve-se dar em perfeita harmonia com os interesses de Deus, revelados em sua Palavra
  • 7. Devemos trabalhar com zelo e responsabilidade, como recomenda Paulo: "Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo“. (Cl 3:23-24)
  • 8. A declaração de Jesus, conforme João 5:17, aponta para a origem divina do trabalho e se constitui em exemplo para nós: “Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também”.
  • 9. 2. Trabalho é uma necessidade humana “O trabalho é uma expressão do espírito.” (Proudhon) De fato, o trabalho é uma condição moral do homem Que nele se satisfaz física e espiritualmente O trabalho valoriza e dignifica o ser humano
  • 10. 2. Trabalho é uma necessidade humana Muitas pessoas se realizam em sua profissão, vendo o trabalho como um meio, e não um fim, para o aperfeiçoamento da vida Mais do que fonte de lucro, é realização pessoal, uma necessidade vital do ser humano
  • 11. Além disso, o trabalho possibilita o companheirismo Preenchendo, assim, uma das principais necessidades humanas, que a sociabilidade A ociosidade é perniciosa, mas o trabalho enobre e dignifica o homem (II Ts 3:10-12)
  • 12. 3. O trabalho é fator de progresso Por meio do trabalho podemos expressar o nosso amor e oferecer a nossa contribuição para o desenvolvimento do mundo O trabalho gera riqueza e progresso A Bíblia defende a justa “O trabalhador é remuneração pelo trabalho digno do seu realizado salário.” (ITm 5:18b)
  • 13. Antes de ser visto como meio de realização pessoal, o trabalho deve ser uma expressão de amor ao próximo O trabalho de cada um permite o bem-estar de todos Isso é o que se pode chamar de amor político ou social Isto é: buscar com o trabalho o crescimento do outro e o desenvolvimento da sociedade
  • 14. 4. O trabalho é fonte de bençãos Quando é que o trabalho se constitui numa fonte de benção? A) Quando é resposta à vocação  Segundo Calvino, o trabalho deve ser visto como "um posto que foi designado pelo Senhor".  Quando o indivíduo trabalha consciente de que está exercendo uma vocação dada por Deus, o resultado é abençoador.
  • 15. B) Quando é realizado com excelência  Todo trabalho deve ser executado conforme a capacidade do indivíduo “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” (Ec 9:10)
  • 16.  Cada um deve dar o melhor de si, buscando a excelência naquilo que faz  Mais do que aprovação dos homens, devemos buscar a aprovação do Senhor (Cl 3:23)
  • 17. C) Quando são respeitadas as leis trabalhistas  O trabalhador deve fazer por merecer o seus salário, deve trabalhar de forma diligente e responsável, mas os empregadores devem honrar o trabalhador, com remunerações justas e o respeito às leis trabalhistas  A exploração é condenada na Bíblia
  • 18. D) Quando é equilibrado com descanso  O trabalho não pode se transformar numa obsessão “Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão que penosamente granjeastes; aos seus amados ele o dá enquanto dormem.” (Sl 127:2)
  • 19. João Calvino dizia: “Os fiéis devem repousar de suas próprias obras, a fim de sentirem a necessidade de Deus em suas vidas”.  O trabalho deve ser equilibrado com o descanso e a ocupação com as coisas do reino de Deus
  • 20. E) Quando é submetido à direção do Senhor A Bíblia “se interessa em que todos os homens, seja qual for a sua ocupação, subordinem cada motivo à vontade de Deus”. (Paul S. Minear)  O cristão deve buscar a orientação divina para o seu trabalho