SlideShare uma empresa Scribd logo
INVOCAÇÃO DOS DONS
DO ESPÍRITO SANTO
Canto: A NÓS DESCEI, DIVINA LUZ
/: A nós descei, Divina Luz!:/ Em nossas almas acendei /:
o amor, o amor de Jesus! :/
S – Vinde Espírito Santo e do céu mandai luminoso raio!
T – Vinde Pai dos pobres, doador dos dons, Luz dos
corações!
S – Grande defensor, em nós habitai e nos confortai!
T – Na fadiga pouso, no ardor brandura e na dor ternura!
S – Ó Luz venturosa, que vossos clarões encham os
corações!
T – Sem um tal poder, em qualquer vivente, nada de inocente!
S –Lavai o impuro, e regai o seco, sarai o enfermo!
T – Dobrai a dureza, aquecei o frio, livrai do desvio!
S – Aos fiéis que oram com vibrantes sons, dai os sete dons!
T – Dai virtude e prêmio e no fim dos dias, eterna alegria!
S – Aleluia! Aleluia! Aleluia!
T – Aleluia! Aleluia! Aleluia!
Comentarista:
A presença do Espírito Santo nas pessoas e na
comunidade se torna perceptível principalmente
através de seus dons e carismas, concedidos a
todos e a cada um para viver a unidade e a
comunhão de vida (Ef 4,1-7).
Essa variedade de dons é resumida pela Igreja na
doutrina dos sete dons Ordinários do Espírito
Santo:
sabedoria, entendimento, ciência, conselho,
piedade, fortaleza e temor de Deus.
Reflitamos brevemente sobre cada um deles.
sabedoria

Leitor:
O dom da sabedoria fortalece nossa
caridade e preparando-nos, desde já,
para a visão plena de Deus,
conferindo-lhe um conhecimento
eminente. O sábio, segundo Deus,
não é aquele que sabe coisas sobre
Deus, mas que vive Deus. Não é o que
simplesmente fala de Deus, mas
quem o contempla. A sabedoria traz o
gosto de Deus e de sua Palavra,
permitindo-nos avaliar corretamente
as realidades terrenas.
Canto: Senhor vem dar-nos Sabedoria,
que faz ter tudo como Deus quis. E
assim faremos da Eucaristia o grande
meio de ser Feliz.
Dá-nos, Senhor, esses dons, essa luz, e
nós veremos que pão é Jesus.
entendimento
Leitor:
O dom do entendimento torna a nossa fé
luz segura e sólida para o nosso
caminho. Mediante este dom, o Espírito
Santo nos permite perscrutar as
profundezas de Deus, comunicando ao
nosso coração uma particular
participação no conhecimento divino,
nos segredos do mundo e na
intimidade do próprio Deus.
Canto:
Dá-nos, Senhor o Entendimento, que
tudo ajuda a compreender. Para
nós vermos como é alimento o pão
e o vinho que Deus quer ser.
Dá-nos, Senhor, esses dons...
ciência

Leitor:
O dom da ciência nos permite um juízo
reto sobre as criaturas, não
colocando nelas a felicidade perfeita,
nem o fim absoluto de tudo o que
somos e temos. Faz com que o ser
humano entenda que a aparência
deste mundo é passageira (1Cor 7,31).
O dom da ciência orienta-nos para
Deus, desapegando-nos das
criaturas.
Canto:
Senhor vem dar-nos divina Ciência,
que como eterno faz ver sem véus:
"Tu vês por fora, Deus vê a
essência, pensas que é pão, mas é
nosso Deus".
Dá-nos, Senhor, esses dons,....
conselho

Leitor:
O dom do conselho nos é dado para
sanar a nossa natural precipitação ao
dar uma resposta a um problema
concreto que nos angustia, a uma
escolha que devemos fazer. Quem
acolhe este “conselho” sente-se em
paz, sereno, readquire força e
esperança. Também compreende que
todos temos fraquezas e, portanto,
devemos olhar-nos com olhos de
compaixão.
Canto:
Dá-nos, Senhor , o teu Conselho,
que nos faz sábios para guiar,
homem, mulher, jovem e velho,
nós guiaremos no santo altar.
Dá-nos, Senhor, esses dons...
piedade

Leitor:
O dom da piedade nasce de um Deus
piedoso, bondoso e cheio de
misericórdia para com os que erram.
Nosso Deus é Deus da aliança e do
perdão. Se Deus vive a sua aliança
com o homem de maneira tão
envolvente, o homem, por sua vez,
sente-se também convidado a ser
piedoso com todos.
Canto:
Dá-nos Senhor, filial Piedade, a
doce forma de amar enfim; Para
que amemos quem, na verdade,
aqui amou-nos até o fim.
Dá-nos, Senhor, esses dons...
fortaleza

Leitor:
O dom da fortaleza nos torna corajosos para
enfrentar as dificuldades da vida cristã.
Torna forte e heróica a fé. Lembremos a
coragem dos mártires. Dá-nos perseverança
e firmeza nas decisões.

A fortaleza manifesta-se também na esperança.
Afirma o profeta Isaías: “Os que esperam em
Jahweh renovam suas forças, criam asas
como águias, correm e não se fadigam,
andam e não se cansam” (Is 40,31). Todos
nós precisamos da força do Espírito Santo!
Canto:
Senhor vem dar-nos a Fortaleza, a
santa força do coração. Só quem
vencer vai sentar-se à mesa, para
quem luta Deus quer pão.
Dá-nos, Senhor, esses dons...
temor de
Deus

Leitor:
O dom do temor de Deus, tratando-se de um
dom do Espírito Santo, não deve confundirse com o medo de Deus. Também não
significa uma atitude servil diante de Deus.
Este dom nos mantém no devido respeito
diante de Deus e na submissão à sua
vontade, afastando-nos de tudo o que lhe
possa desagradar.
A confiança no Senhor constitui a terceira
característica do temor de Deus. Diz o livro
do Eclesiástico: “O temor do Senhor é
glória e honra, alegria e coroa de júbilo.
Alegra o coração, dá contentamento, gozo e
vida longa. A raiz da sabedoria é o temor do
Senhor; e seus ramos são vida longa”
(Eclo 1,9-10.18).
Canto:
Dá-nos, enfim, Temor sublime de
não amá-los como convêm: o
Cristo hóstia, que nos redime, o
Pai celeste que nos quer bem.
Dá-nos, Senhor, esses dons, essa
luz, e nós veremos que pão é
Jesus.
A vinda do Espírito Santo fez
dos Apóstolos, e hoje faz de
nós, testemunhas e profetas (At
1,8; 2,17-18). Ele mesmo
assume a função de “guia” e dá
impulso à missão, “abre as
portas” para a evangelização,
reunindo o povo de Deus na
escuta do Evangelho, na
comunhão fraterna, na oração
e na Eucaristia.
Canto: VINDE, ESPIRITO SANTO
Vinde, Espírito Santo, Vinde esplendor de Deus Pai!
Vinde, Espírito de Jesus! Vinde, Espírito Santo!
Vinde, nos confortai !
Vós sois o Pai dos pobres: vinde nos habitar!
Vós sois a Luz Divina: vinde nos clarear!
Vós sois de Deus consolo: vinde nos abrasar!
Vós sois a paz da alma: vinde nos acalmar!
Vós sois Divina água: vinde nos renovar!
Vós sois materno seio: vinde regenerar!
Vós sois Divina chama: vinde purificar!
Vós, santa medicina que pode nos curar!
Vós sois o dom, a graça: vinde nos elevar!
Vós sois divino sopro: vinde nos inspirar!
Vós sois celeste fogo: vinde nos abrasar!
Vós o amor divino: vinde nos desposar!
Vós sois o Santo óleo: vinde fortificar!
Vós sois um vento forte: vinde nos transformar!
Oração do Divino Espírito Santo
Vinde Espírito Santo!
Enchei os corações dos Vossos fiéis e
acendei neles o fogo do vosso amor.
Enviai o Vosso Espírito,
e tudo será criado.
E renovareis a face da terra.

OREMOS
Deus, que instruístes os corações dos
vossos fiéis com a luz do Espírito Santo,
fazei com que apreciemos retamente
todas as coisas segundo o mesmo Espírito
e gozemos sempre da sua consolação.
Por Cristo, Senhor nosso.

AMÉM.
Ajuda-me Senhor
Ajudai-me, Senhor, a amar como Tu me amas e a compreender
como Tu me compreendes.
Ensina-me, Senhor, a aceitar os outros como Tu me aceitas,
respeitando-os como Tu me respeitas e suportando-os com
paciência, como Tu me suportas com paciência infinita.
Ajuda-me, Senhor, a perdoar como Tu me perdoas e a fazer pelos
outros todo o bem que fazes por mim.
Senhor, Tu que me aceitas como eu sou, ajuda-me a ser o que Tu
queres que eu seja, Tua semelhança no amor.
Transforma o meu coração para que ele seja bom, justo, manso,
paciente, compreensivo, generoso, tolerante e cheio de
misericórdia, para que através do meu amor humano,
semelhante ao teu, eu possa levar ao meu irmão a alegria, a
paz, o consolo, a esperança, o perdão e a salvação do Teu
amor Divino. Amém.”
Autor: Frei Anselmo Fracasso O.F.M.
“O vento sopra onde
quer. Ouves a sua voz,
mas não sabes de
onde vem, nem para
onde vai.
Assim é todo aquele
que é nascido do
Espírito” - João 3:8
Texto: Pe. Valter Goedert
Instituto Teológico de SC (Itesc)
Florianópolis, SC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos
033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos
033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos
OrdineGesu
 
Exercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracao
Exercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracaoExercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracao
Exercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracao
Karine Serrano
 
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
Clayton de Almeida Souza
 
A prece
A preceA prece
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
Fátima Abreu
 
Apostila 03 - prece (2)
Apostila   03 - prece (2)Apostila   03 - prece (2)
Apostila 03 - prece (2)
Alice Lirio
 
Oração dominical
Oração dominicalOração dominical
Oração dominical
Henrique Vieira
 
chama do Carmo_207
chama do Carmo_207chama do Carmo_207
chama do Carmo_207
Frei João
 
A prece
A preceA prece
A Prece
A PreceA Prece
A Prece
guest713ad8
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
MariadaSilva95
 
034 2006 O Amanhã
034 2006   O Amanhã034 2006   O Amanhã
034 2006 O Amanhã
pedrasdacoroa
 
Resumo sermão do monte
Resumo sermão do monteResumo sermão do monte
Resumo sermão do monte
marckmel
 
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipeMétodo do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Elizangela Serrati
 
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - JesusA Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
Antonino Silva
 
O poder da Prece
O poder da PreceO poder da Prece
O poder da Prece
Cleuta Fraga
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
jonasecj
 
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
José Luiz Silva Pinto
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
igmateus
 
Interpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai NossoInterpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai Nosso
Helio Cruz
 

Mais procurados (20)

033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos
033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos
033c - A conversão de todos os homens é já no Destino dos Não Cristãos
 
Exercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracao
Exercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracaoExercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracao
Exercicios espirituais-preparatorios-para-a-consagracao
 
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
 
Apostila 03 - prece (2)
Apostila   03 - prece (2)Apostila   03 - prece (2)
Apostila 03 - prece (2)
 
Oração dominical
Oração dominicalOração dominical
Oração dominical
 
chama do Carmo_207
chama do Carmo_207chama do Carmo_207
chama do Carmo_207
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
A Prece
A PreceA Prece
A Prece
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
034 2006 O Amanhã
034 2006   O Amanhã034 2006   O Amanhã
034 2006 O Amanhã
 
Resumo sermão do monte
Resumo sermão do monteResumo sermão do monte
Resumo sermão do monte
 
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipeMétodo do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
 
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - JesusA Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
A Prece - Pai Nosso - Evangelização Espírita Infantil - Jesus
 
O poder da Prece
O poder da PreceO poder da Prece
O poder da Prece
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
 
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
 
Interpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai NossoInterpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai Nosso
 

Semelhante a Invocacao espirito

6º dia
6º dia6º dia
6º dia
babins
 
5º dia
5º dia5º dia
5º dia
babins
 
7º dia
7º dia7º dia
7º dia
babins
 
4º culto sábado - segundo culto jovem
4º culto   sábado - segundo culto jovem4º culto   sábado - segundo culto jovem
4º culto sábado - segundo culto jovem
wendelberg
 
As orações
As oraçõesAs orações
Novena pentecostes simplificada
Novena pentecostes simplificadaNovena pentecostes simplificada
Novena pentecostes simplificada
Tatiano Ribeiro Dos Santos
 
Missa de petencostes
Missa de petencostesMissa de petencostes
Missa de petencostes
Marlei Orlandin
 
Novena ao Espírito Santo com textos de São João Eudes
Novena ao Espírito Santo com textos de São João EudesNovena ao Espírito Santo com textos de São João Eudes
Novena ao Espírito Santo com textos de São João Eudes
Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
José Vieira Dos Santos
 
cantos - CRISMA.pdf
cantos - CRISMA.pdfcantos - CRISMA.pdf
cantos - CRISMA.pdf
JosHiltonIsaiasdaSil
 
1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração
Catequese Anjos dos Céus
 
Nos Lugares Celestiais(LUC) - MM
Nos Lugares Celestiais(LUC) - MMNos Lugares Celestiais(LUC) - MM
Nos Lugares Celestiais(LUC) - MM
Gérson Fagundes da Cunha
 
Cantos folheto de cantos
Cantos folheto de cantosCantos folheto de cantos
Cantos folheto de cantos
torrasko
 
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
leniogravacoes
 
4º dia
4º dia4º dia
4º dia
babins
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
MariadaSilva95
 
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.
Lucas Licerre
 
Tríduo Eudista ao Coração de Jesus
Tríduo Eudista ao Coração de Jesus Tríduo Eudista ao Coração de Jesus
Tríduo Eudista ao Coração de Jesus
Unidad de Espiritualidad Eudista
 
NOVENA do Esírito Santo.pdf
NOVENA do Esírito Santo.pdfNOVENA do Esírito Santo.pdf
NOVENA do Esírito Santo.pdf
Jsb0007
 

Semelhante a Invocacao espirito (20)

6º dia
6º dia6º dia
6º dia
 
5º dia
5º dia5º dia
5º dia
 
7º dia
7º dia7º dia
7º dia
 
4º culto sábado - segundo culto jovem
4º culto   sábado - segundo culto jovem4º culto   sábado - segundo culto jovem
4º culto sábado - segundo culto jovem
 
As orações
As oraçõesAs orações
As orações
 
Novena pentecostes simplificada
Novena pentecostes simplificadaNovena pentecostes simplificada
Novena pentecostes simplificada
 
Missa de petencostes
Missa de petencostesMissa de petencostes
Missa de petencostes
 
Novena ao Espírito Santo com textos de São João Eudes
Novena ao Espírito Santo com textos de São João EudesNovena ao Espírito Santo com textos de São João Eudes
Novena ao Espírito Santo com textos de São João Eudes
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
 
VIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp t
VIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp                       tVIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp                       t
VIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp t
 
cantos - CRISMA.pdf
cantos - CRISMA.pdfcantos - CRISMA.pdf
cantos - CRISMA.pdf
 
1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração
 
Nos Lugares Celestiais(LUC) - MM
Nos Lugares Celestiais(LUC) - MMNos Lugares Celestiais(LUC) - MM
Nos Lugares Celestiais(LUC) - MM
 
Cantos folheto de cantos
Cantos folheto de cantosCantos folheto de cantos
Cantos folheto de cantos
 
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
 
4º dia
4º dia4º dia
4º dia
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.
 
Tríduo Eudista ao Coração de Jesus
Tríduo Eudista ao Coração de Jesus Tríduo Eudista ao Coração de Jesus
Tríduo Eudista ao Coração de Jesus
 
NOVENA do Esírito Santo.pdf
NOVENA do Esírito Santo.pdfNOVENA do Esírito Santo.pdf
NOVENA do Esírito Santo.pdf
 

Mais de Sizenando Go Emanuel

Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01
Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01
Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01
Sizenando Go Emanuel
 
Pentecostes
PentecostesPentecostes
Pagando o pato
Pagando o patoPagando o pato
Pagando o pato
Sizenando Go Emanuel
 
O manto de_n_s_de_guadalupe2
O manto de_n_s_de_guadalupe2O manto de_n_s_de_guadalupe2
O manto de_n_s_de_guadalupe2
Sizenando Go Emanuel
 
As promessas-se-cumprem-em-jesus
As promessas-se-cumprem-em-jesusAs promessas-se-cumprem-em-jesus
As promessas-se-cumprem-em-jesus
Sizenando Go Emanuel
 
Vida augusto branco
Vida augusto brancoVida augusto branco
Vida augusto branco
Sizenando Go Emanuel
 
A promessa-da-nova-alianca
A promessa-da-nova-aliancaA promessa-da-nova-alianca
A promessa-da-nova-alianca
Sizenando Go Emanuel
 

Mais de Sizenando Go Emanuel (7)

Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01
Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01
Ensino01 carismas-121003225112-phpapp01
 
Pentecostes
PentecostesPentecostes
Pentecostes
 
Pagando o pato
Pagando o patoPagando o pato
Pagando o pato
 
O manto de_n_s_de_guadalupe2
O manto de_n_s_de_guadalupe2O manto de_n_s_de_guadalupe2
O manto de_n_s_de_guadalupe2
 
As promessas-se-cumprem-em-jesus
As promessas-se-cumprem-em-jesusAs promessas-se-cumprem-em-jesus
As promessas-se-cumprem-em-jesus
 
Vida augusto branco
Vida augusto brancoVida augusto branco
Vida augusto branco
 
A promessa-da-nova-alianca
A promessa-da-nova-aliancaA promessa-da-nova-alianca
A promessa-da-nova-alianca
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 

Último (12)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 

Invocacao espirito

  • 1. INVOCAÇÃO DOS DONS DO ESPÍRITO SANTO
  • 2. Canto: A NÓS DESCEI, DIVINA LUZ /: A nós descei, Divina Luz!:/ Em nossas almas acendei /: o amor, o amor de Jesus! :/ S – Vinde Espírito Santo e do céu mandai luminoso raio! T – Vinde Pai dos pobres, doador dos dons, Luz dos corações! S – Grande defensor, em nós habitai e nos confortai! T – Na fadiga pouso, no ardor brandura e na dor ternura! S – Ó Luz venturosa, que vossos clarões encham os corações! T – Sem um tal poder, em qualquer vivente, nada de inocente! S –Lavai o impuro, e regai o seco, sarai o enfermo! T – Dobrai a dureza, aquecei o frio, livrai do desvio! S – Aos fiéis que oram com vibrantes sons, dai os sete dons! T – Dai virtude e prêmio e no fim dos dias, eterna alegria! S – Aleluia! Aleluia! Aleluia! T – Aleluia! Aleluia! Aleluia!
  • 3. Comentarista: A presença do Espírito Santo nas pessoas e na comunidade se torna perceptível principalmente através de seus dons e carismas, concedidos a todos e a cada um para viver a unidade e a comunhão de vida (Ef 4,1-7). Essa variedade de dons é resumida pela Igreja na doutrina dos sete dons Ordinários do Espírito Santo: sabedoria, entendimento, ciência, conselho, piedade, fortaleza e temor de Deus. Reflitamos brevemente sobre cada um deles.
  • 4. sabedoria Leitor: O dom da sabedoria fortalece nossa caridade e preparando-nos, desde já, para a visão plena de Deus, conferindo-lhe um conhecimento eminente. O sábio, segundo Deus, não é aquele que sabe coisas sobre Deus, mas que vive Deus. Não é o que simplesmente fala de Deus, mas quem o contempla. A sabedoria traz o gosto de Deus e de sua Palavra, permitindo-nos avaliar corretamente as realidades terrenas.
  • 5. Canto: Senhor vem dar-nos Sabedoria, que faz ter tudo como Deus quis. E assim faremos da Eucaristia o grande meio de ser Feliz. Dá-nos, Senhor, esses dons, essa luz, e nós veremos que pão é Jesus.
  • 6. entendimento Leitor: O dom do entendimento torna a nossa fé luz segura e sólida para o nosso caminho. Mediante este dom, o Espírito Santo nos permite perscrutar as profundezas de Deus, comunicando ao nosso coração uma particular participação no conhecimento divino, nos segredos do mundo e na intimidade do próprio Deus.
  • 7. Canto: Dá-nos, Senhor o Entendimento, que tudo ajuda a compreender. Para nós vermos como é alimento o pão e o vinho que Deus quer ser. Dá-nos, Senhor, esses dons...
  • 8. ciência Leitor: O dom da ciência nos permite um juízo reto sobre as criaturas, não colocando nelas a felicidade perfeita, nem o fim absoluto de tudo o que somos e temos. Faz com que o ser humano entenda que a aparência deste mundo é passageira (1Cor 7,31). O dom da ciência orienta-nos para Deus, desapegando-nos das criaturas.
  • 9. Canto: Senhor vem dar-nos divina Ciência, que como eterno faz ver sem véus: "Tu vês por fora, Deus vê a essência, pensas que é pão, mas é nosso Deus". Dá-nos, Senhor, esses dons,....
  • 10. conselho Leitor: O dom do conselho nos é dado para sanar a nossa natural precipitação ao dar uma resposta a um problema concreto que nos angustia, a uma escolha que devemos fazer. Quem acolhe este “conselho” sente-se em paz, sereno, readquire força e esperança. Também compreende que todos temos fraquezas e, portanto, devemos olhar-nos com olhos de compaixão.
  • 11. Canto: Dá-nos, Senhor , o teu Conselho, que nos faz sábios para guiar, homem, mulher, jovem e velho, nós guiaremos no santo altar. Dá-nos, Senhor, esses dons...
  • 12. piedade Leitor: O dom da piedade nasce de um Deus piedoso, bondoso e cheio de misericórdia para com os que erram. Nosso Deus é Deus da aliança e do perdão. Se Deus vive a sua aliança com o homem de maneira tão envolvente, o homem, por sua vez, sente-se também convidado a ser piedoso com todos.
  • 13. Canto: Dá-nos Senhor, filial Piedade, a doce forma de amar enfim; Para que amemos quem, na verdade, aqui amou-nos até o fim. Dá-nos, Senhor, esses dons...
  • 14. fortaleza Leitor: O dom da fortaleza nos torna corajosos para enfrentar as dificuldades da vida cristã. Torna forte e heróica a fé. Lembremos a coragem dos mártires. Dá-nos perseverança e firmeza nas decisões. A fortaleza manifesta-se também na esperança. Afirma o profeta Isaías: “Os que esperam em Jahweh renovam suas forças, criam asas como águias, correm e não se fadigam, andam e não se cansam” (Is 40,31). Todos nós precisamos da força do Espírito Santo!
  • 15. Canto: Senhor vem dar-nos a Fortaleza, a santa força do coração. Só quem vencer vai sentar-se à mesa, para quem luta Deus quer pão. Dá-nos, Senhor, esses dons...
  • 16. temor de Deus Leitor: O dom do temor de Deus, tratando-se de um dom do Espírito Santo, não deve confundirse com o medo de Deus. Também não significa uma atitude servil diante de Deus. Este dom nos mantém no devido respeito diante de Deus e na submissão à sua vontade, afastando-nos de tudo o que lhe possa desagradar. A confiança no Senhor constitui a terceira característica do temor de Deus. Diz o livro do Eclesiástico: “O temor do Senhor é glória e honra, alegria e coroa de júbilo. Alegra o coração, dá contentamento, gozo e vida longa. A raiz da sabedoria é o temor do Senhor; e seus ramos são vida longa” (Eclo 1,9-10.18).
  • 17. Canto: Dá-nos, enfim, Temor sublime de não amá-los como convêm: o Cristo hóstia, que nos redime, o Pai celeste que nos quer bem. Dá-nos, Senhor, esses dons, essa luz, e nós veremos que pão é Jesus.
  • 18. A vinda do Espírito Santo fez dos Apóstolos, e hoje faz de nós, testemunhas e profetas (At 1,8; 2,17-18). Ele mesmo assume a função de “guia” e dá impulso à missão, “abre as portas” para a evangelização, reunindo o povo de Deus na escuta do Evangelho, na comunhão fraterna, na oração e na Eucaristia.
  • 19. Canto: VINDE, ESPIRITO SANTO Vinde, Espírito Santo, Vinde esplendor de Deus Pai! Vinde, Espírito de Jesus! Vinde, Espírito Santo! Vinde, nos confortai ! Vós sois o Pai dos pobres: vinde nos habitar! Vós sois a Luz Divina: vinde nos clarear! Vós sois de Deus consolo: vinde nos abrasar! Vós sois a paz da alma: vinde nos acalmar! Vós sois Divina água: vinde nos renovar! Vós sois materno seio: vinde regenerar! Vós sois Divina chama: vinde purificar! Vós, santa medicina que pode nos curar! Vós sois o dom, a graça: vinde nos elevar! Vós sois divino sopro: vinde nos inspirar! Vós sois celeste fogo: vinde nos abrasar! Vós o amor divino: vinde nos desposar! Vós sois o Santo óleo: vinde fortificar! Vós sois um vento forte: vinde nos transformar!
  • 20. Oração do Divino Espírito Santo Vinde Espírito Santo! Enchei os corações dos Vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o Vosso Espírito, e tudo será criado. E renovareis a face da terra. OREMOS Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei com que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. AMÉM.
  • 21. Ajuda-me Senhor Ajudai-me, Senhor, a amar como Tu me amas e a compreender como Tu me compreendes. Ensina-me, Senhor, a aceitar os outros como Tu me aceitas, respeitando-os como Tu me respeitas e suportando-os com paciência, como Tu me suportas com paciência infinita. Ajuda-me, Senhor, a perdoar como Tu me perdoas e a fazer pelos outros todo o bem que fazes por mim. Senhor, Tu que me aceitas como eu sou, ajuda-me a ser o que Tu queres que eu seja, Tua semelhança no amor. Transforma o meu coração para que ele seja bom, justo, manso, paciente, compreensivo, generoso, tolerante e cheio de misericórdia, para que através do meu amor humano, semelhante ao teu, eu possa levar ao meu irmão a alegria, a paz, o consolo, a esperança, o perdão e a salvação do Teu amor Divino. Amém.” Autor: Frei Anselmo Fracasso O.F.M.
  • 22. “O vento sopra onde quer. Ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim é todo aquele que é nascido do Espírito” - João 3:8
  • 23. Texto: Pe. Valter Goedert Instituto Teológico de SC (Itesc) Florianópolis, SC