Sétima   dePentecoste    s
Com.: Dom da Ciência ou conhecimento  É por este dom que nos é concedidoconhecer o verdadeiro valor das criaturas  em rela...
Isto acontece especialmente quando setrata de riquezas, prazer e de poder, osquais realmente podem ser obtidas das        ...
5º dia: A Catequese de Jesus    sobre o Espírito Santo
Vinde, Espírito Santo,enchei os corações dos vossos fiéis,      e acendei neles o fogo          do vosso amor.      Enviai...
Oremos: Ó Deus, que instruíste oscorações de Vossos fiéis com a Luz    do Espírito Santo, fazei que  apreciemos retamente ...
Oração IntrodutóriaC.: Vinde, Espírito Santo e enviai-nos do alto docéu, um raio da vossa luz!T.: Vinde, Pai dos pobres, v...
C.: Ó luz da felicidade, inundai plenamente oscorações dos vossos fiéis!T.:   Sem o vosso auxílio, nada pode ohomem, nada ...
C.: Dai aos vossos fiéis, que em vós confiam, ossete dons sagrados!T.: Dai-nos o mérito da virtude! Dai-nos otroféu da sal...
L eitura BíblicaEvangelho de Jesus Cristo segundo João,capítulo 14, versículos de 12 a 17:12. Em verdade, em verdade vos d...
14. Qualquer coisa que me pedirdes em meunome, vo-lo farei. 15. Se me amais, guardareisos meus mandamentos. 16. E eu rogar...
17. É o Espírito da Verdade, que o mundo nãopode receber, porque não o vê nem o conhece,mas vós o conhecereis, porque perm...
ReflexãoL.: Jesus Cristo é o portador definitivo das boasnovas da Revelação. Anuncia-nos comautoridade que Deus é Pai, que...
Refere-se a Ele, pela primeira vez, como aalguém, como a uma Pessoa. Explica-nos onovo modo como essa Pessoa Divina estará...
e que - era verdade - convinha a nós que Ele(Jesus) voltasse para o Pai, porque, assim, oEspírito viria para estar conosco...
Antes de sua ascensão, Jesus ainda nos faráoutras revelações a respeito da Pessoa doEspírito Santo. Mas, daquilo que já di...
a) o Espírito Santo é uma Pessoa; misteriosa,   divina, mas uma Pessoa;b) é necessária a Sua vinda para a   continuação da...
c) não estará mais apenas conosco, mas em    nós;d) e não por pouco tempo, mas eternamente;e) por Ele teremos acesso à ver...
Além dessas novidades apontadas por Jesus arespeito do novo modo de O Espírito Santoestar presente entre nós após a sua pa...
“No último dia, que é o principal dia de festa,estava Jesus de pé e clamava: ‘Se alguém tiversede, venha a mim e beba. Que...
C onsagração ao Divino E spírito Santo T.: Ó Espírito Santo, Divino Espírito deluz e de amor, eu vos consagro a minha inte...
Que o meu coração seja sempre inflamado doamor de Deus e pelo próximo. Que a minhavontade seja sempre conforme a vontadedi...
Oração Final C.: Espírito Santo, que conduziste osprofetas por desertos de areia ou pelaamplidão dos mares.T.: Sopra sobre...
C.: Sopra sobre nossos lábios, a fim deque só digam e cantem a Verdade deque liberta.T.: Abre nossos corações à beleza dom...
C.: Para que todos os nossos encontrossejam sempre louvores a Deus emotivos de amor.T.: E todas as criaturas constituamopo...
Hino L itúrgico              Veni C reator  Vem, Espírito Criador, visita o espírito             dos que são teus.   Enche...
Tu nos ofereces os sete dons, Tu és o        dedo da mão de Deus,    a verídica promessa do Pai:        Tu inspiras nossa ...
Afasta para longe de nós o inimigo.     Desde agora dá-nos a paz. Sê nosso guia no caminho para que     possamos evitar to...
5º dia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

5º dia

722 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
372
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5º dia

  1. 1. Sétima dePentecoste s
  2. 2. Com.: Dom da Ciência ou conhecimento É por este dom que nos é concedidoconhecer o verdadeiro valor das criaturas em relação ao seu Criador. O homemmoderno, por causa do desenvolvimentodas ciências, é exposto particularmente à tentação em dar uma interpretação naturalista ao mundo.
  3. 3. Isto acontece especialmente quando setrata de riquezas, prazer e de poder, osquais realmente podem ser obtidas das coisas materiais.
  4. 4. 5º dia: A Catequese de Jesus sobre o Espírito Santo
  5. 5. Vinde, Espírito Santo,enchei os corações dos vossos fiéis, e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado. E renovareis a face da terra.
  6. 6. Oremos: Ó Deus, que instruíste oscorações de Vossos fiéis com a Luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas ascoisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém.
  7. 7. Oração IntrodutóriaC.: Vinde, Espírito Santo e enviai-nos do alto docéu, um raio da vossa luz!T.: Vinde, Pai dos pobres, vinde, fonte detodos os dons, vinde, luz dos corações!C.: Consolador magnífico! Doce hóspede daalma! Doce reconforto!T.: Sois repouso para o nosso trabalho,calmante para as nossas paixões, lenitivopara as nossas lágrimas!
  8. 8. C.: Ó luz da felicidade, inundai plenamente oscorações dos vossos fiéis!T.: Sem o vosso auxílio, nada pode ohomem, nada produz de bom!C.: Lavai as nossas manchas! Banhai a nossaaridez! Sarai as nossas feridas!T.: Dobrai a nossa dureza! Aquecei a nossafraqueza! Retificai os nossos erros!
  9. 9. C.: Dai aos vossos fiéis, que em vós confiam, ossete dons sagrados!T.: Dai-nos o mérito da virtude! Dai-nos otroféu da salvação! Dai-nos a alegria eterna!Amém! Aleluia!
  10. 10. L eitura BíblicaEvangelho de Jesus Cristo segundo João,capítulo 14, versículos de 12 a 17:12. Em verdade, em verdade vos digo: aqueleque crê em mim fará também as obras que eufaço, e fará ainda maiores do que estas, porquevou para junto do Pai. 13. E tudo o que pedirdesao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que oPai seja glorificado no Filho.
  11. 11. 14. Qualquer coisa que me pedirdes em meunome, vo-lo farei. 15. Se me amais, guardareisos meus mandamentos. 16. E eu rogarei ao Pai,e ele vos dará outro Paráclito, para que fiqueeternamente convosco.
  12. 12. 17. É o Espírito da Verdade, que o mundo nãopode receber, porque não o vê nem o conhece,mas vós o conhecereis, porque permaneceráconvosco e estará em vós.C.: Palavra da Salvação.T.: Glória a vós Senhor.
  13. 13. ReflexãoL.: Jesus Cristo é o portador definitivo das boasnovas da Revelação. Anuncia-nos comautoridade que Deus é Pai, que Ele e o Pai sãoum e que o Espírito Santo é o “outro Paráclito”que haveria de vir para dar testemunho dele.Nos capítulos 14, 15 e 16 do Evangelho de SãoJoão, especialmente, Jesus expõe aos seusdiscípulos uma nova e esclarecedora catequesesobre o Espírito Santo.
  14. 14. Refere-se a Ele, pela primeira vez, como aalguém, como a uma Pessoa. Explica-nos onovo modo como essa Pessoa Divina estará emnosso meio, e qual a essência de sua missão:estará conosco eternamente; e não só conosco,mas em nós (Jo 4, 15-17); ensinar-nos-á todasas coisas e nos recordará tudo o que Jesus nosdisse (Jo 14,26); dará testemunho, não de Simesmo, mas de Jesus (Jo 15,26);
  15. 15. e que - era verdade - convinha a nós que Ele(Jesus) voltasse para o Pai, porque, assim, oEspírito viria para estar conosco e nosconvenceria a respeito do pecado, da justiça edo juízo (Jo 16, 7-8); e que Ele nos conduziria àcompleta verdade, pois não falaria de Simesmo, mas tomaria daquilo que ouvira dopróprio Cristo, e o glorificaria! (Jo 16, 13-14).
  16. 16. Antes de sua ascensão, Jesus ainda nos faráoutras revelações a respeito da Pessoa doEspírito Santo. Mas, daquilo que já disse atéaqui, podemos compreender com mais clarezaque:
  17. 17. a) o Espírito Santo é uma Pessoa; misteriosa, divina, mas uma Pessoa;b) é necessária a Sua vinda para a continuação da obra da salvação iniciada por Jesus, sobre quem Ele testemunhará;
  18. 18. c) não estará mais apenas conosco, mas em nós;d) e não por pouco tempo, mas eternamente;e) por Ele teremos acesso à verdade sobre o Cristo, de quem Ele recordará eternamente as palavras e os feitos.
  19. 19. Além dessas novidades apontadas por Jesus arespeito do novo modo de O Espírito Santoestar presente entre nós após a sua partida,temos um outro elemento que é de fatofundamental para o entendimento do significadode Pentecostes. E um dos textos - chave paraesse entendimento é o que nos oferece oEvangelho de João no seu capítulo 7,versículos de 37 a 39, quando diz:
  20. 20. “No último dia, que é o principal dia de festa,estava Jesus de pé e clamava: ‘Se alguém tiversede, venha a mim e beba. Quem crê em mim,como diz a Escritura: Do seu interior manarãorios de água viva’ (Zc 14, 8; Is 58, 11). Diziaisso, referindo-se aos que cressem nele, poisainda não fora dado o Espírito, visto que Jesusainda não tinha sido glorificado.”
  21. 21. C onsagração ao Divino E spírito Santo T.: Ó Espírito Santo, Divino Espírito deluz e de amor, eu vos consagro a minha inteligência, o meu coração e a minhavontade, todo o meu ser, no tempo e na eternidade. Que a minha inteligência seja sempre dócil às vossas celestesinspirações e à doutrina da Santa Igreja Católica, de que sois guia infalível.
  22. 22. Que o meu coração seja sempre inflamado doamor de Deus e pelo próximo. Que a minhavontade seja sempre conforme a vontadedivina, e que toda a minha vida seja umaimitação fiel da vida e das virtudes de NossoSenhor e Salvador Jesus Cristo, a quem, com oPai e convosco, sejam dadas honra e glóriapara sempre Amém.(Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória ao Pai)
  23. 23. Oração Final C.: Espírito Santo, que conduziste osprofetas por desertos de areia ou pelaamplidão dos mares.T.: Sopra sobre nossos olhos, a fim deque, por toda parte, saibam ver aTrindade Santa.
  24. 24. C.: Sopra sobre nossos lábios, a fim deque só digam e cantem a Verdade deque liberta.T.: Abre nossos corações à beleza domundo, ao alegre esplendor das formassensíveis
  25. 25. C.: Para que todos os nossos encontrossejam sempre louvores a Deus emotivos de amor.T.: E todas as criaturas constituamoportunidades que nos levem aoCriador. Amém.
  26. 26. Hino L itúrgico Veni C reator Vem, Espírito Criador, visita o espírito dos que são teus. Enche de graça e de esplendor os corações que tu mesmo criaste. Nós te chamamos o Defensor, dom de Deus altíssimo.fonte viva, fogo, amor e unção da graça.
  27. 27. Tu nos ofereces os sete dons, Tu és o dedo da mão de Deus, a verídica promessa do Pai: Tu inspiras nossa voz. Abrasa-nos em tua luz, enche nossos corações. O que é fragilidade em nosso corpo revigora com Teu vigor.
  28. 28. Afasta para longe de nós o inimigo. Desde agora dá-nos a paz. Sê nosso guia no caminho para que possamos evitar todo mal. Dá que conheçamos o Pai, revela-nos o filho,Tu és o Espírito do Pai e do filho. Que sempre creiamos em Ti! FIM

×