SlideShare uma empresa Scribd logo
QUEM SÃO 
OS 
FILHOS DE DEUS?
“Porque todos os que são guiados 
pelo Espírito de Deus, esses são 
Filhos de Deus” 
(Romanos 8:14)
“E, se somos filhos, somos logo 
herdeiros também, herdeiros de 
Deus, e co-herdeiros com Cristo: se 
é certo que com Ele padecemos, 
para que também com Ele sejamos 
glorificados.” 
(Romanos 8:17, KJV)
“Porque o Senhor corrige o que ama, e 
açoita a qualquer que recebe por filho. 
Se suportais a correção, Deus vos trata 
como filhos; porque, que filho há a quem 
o pai não corrija? 
Mas, se estais sem disciplina, da qual 
todos são feitos participantes, sois então 
bastardos, e não filhos.” 
(Hebreus 12: 6-8)
“Por isso saí do meio deles (dos infiéis, 
dos idólatras, dos dirigidos por Belial, etc...), e 
apartai-vos, diz o Senhor; e não 
toqueis nada imundo, e Eu vos 
receberei; e Eu serei para vós Pai, e 
vós sereis para mim filhos e filhas, 
diz o Senhor Todo-Poderoso.” 
(II Coríntios 6:17-18, parênteses acrescentados)
“Não há tal coisa como seguir a Cristo 
a menos que recuseis gratificar a 
inclinação e determineis obedecer a 
Deus. Não são vossos sentimentos, 
vossas emoções, que vos tornam um 
filho de Deus, mas o fazer a vontade de 
Deus.. Uma vida de utilidade está diante 
de vós se vossa vontade se tornar a 
vontade de Deus”. 
(Testimonies for the Church, Vol. 5, p. 515)
“Os ministros pregam coisas agradáveis para 
convirem a esses que professam a religião de um 
modo carnal. Não ousam pregar a Jesus e as 
verdades incisivas da Bíblia... Vi que se a falsa 
cobertura tivesse sido retirada dos membros da 
igreja, seriam reveladas tais iniqüidades, vilezas 
e corrupção, que o mais tímido filho de Deus não 
teria hesitado em chamar a esses professos 
cristãos pelo seu verdadeiro nome, filhos de seu 
pai, o diabo; pois suas obras o atestavam.” 
(EGW, Primeiros Escritos, p. 228)
As condições para sermos filhos de 
Deus são: 
1. Ser guiado pelo Espírito de Deus 
2. Padecer com Cristo 
3. Suportar a correção 
4. Separação do mundo 
5. Fazer a vontade de Deus
COMENTÁRIOS SOBRE O LIVRETO: 
“OS DEZ MANDAMENTOS” — Princípios divinos 
para melhorar seus relacionamentos, 
escrito por LORON WADE, 
Editado pela Casa Publicadora Brasileira, Tatuí.
Na página 29 lemos: 
“COMO TER CERTEZA DE PODERMOS USAR ESTE 
NOME (O nome “Filho de Deus”) ? 
Talvez você se pergunte: Como posso usar esse 
nome? Como posso ter a certeza de ser membro da 
família de Deus tanto na Terra como no Céu? Neste 
caso, congratulações! De todas as perguntas que 
alguém possa fazer na vida, essa é a mais importante. 
O Senhor Jesus Cristo nos apresentou a resposta na 
instrução que deu aos discípulos. Disse-lhes: “Ide, 
portanto, fazei discípulos de todas as nações, 
batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito 
Santo.” (Mateus 28:19). É através do batismo que 
adotamos esse santo nome.
Que pensamentos lhe vêm à mente quando ouve a 
palavra “batismo” ? 
— Bem — disse-me um jovem certa vez — quando 
ouço esta palavra, lembro-me do batismo da minha 
sobrinha, quando bebê. Os pais dela a seguraram nos 
braços. Todos nós, parentes e amigos, formamos com 
eles e os padrinhos um círculo ao redor da pia batismal. 
Ouvimos enquanto o sacerdote tocava a testa dela 
com água e pronunciava as seguintes palavras: “Ego 
baptizo te in nomine Patris, et Filii, et Spiritus Sancti. 
Amén.” E todos nós dissemos reverentemente: 
“Aaaaaaa-mem!” 
(“OS DEZ MANDAMENTOS” , página 29)
Comentários: 
Loron Wade afirma que é através do batismo 
em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo 
que adotamos o nome “Filho de Deus”. 
Já estudamos as condições para sermos 
Filhos de Deus, e verificamos que não é 
através do batismo que nos tornamos Filhos 
de Deus, e sim, cumprindo aquelas 
condições. 
Consideremos , agora, a questão do batismo.
“Ou, porventura, ignorais que todos os que fomos 
batizados em Cristo Jesus, fomos batizados na Sua 
morte? Fomos, pois, sepultados com Ele na morte 
pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado 
dentre os mortos pela glória do Pai, assim também 
andemos nós em novidade de vida. Porque se fomos 
unidos com Ele na semelhança da Sua morte, 
certamente o seremos também na semelhança da Sua 
ressurreição; sabendo isto, que foi crucificado com Ele 
o nosso velho homem, para que o corpo do pecado 
seja destruído, e não sirvamos o pecado como 
escravos.; porquanto quem morreu, justificado está do 
pecado.” 
(Rom. 6:3-7)
“O novo nascimento é uma experiência rara nesta 
época do mundo. Esta é a razão porque existem 
tantas perplexidades na igreja. Muitos e muitos 
que assumem o nome de Cristo são profanos e 
não santificados. Eles têm sido batizados, porém 
foram sepultados vivos. O ‘eu’ não morreu, e, 
portanto não ressuscitaram para uma novidade de 
vida em Cristo.” 
(Bible Commentary, vol. 6, p. 1075; (Rom. 6:3-7); 
Margaret Davis, Experience the Gospel, p. 20)
“O Consolador que Cristo prometeu enviar após subir 
ao céu é o Espírito em toda a plenitude da Divindade, 
tornando manifesto o poder da graça divina a todos 
que recebam e crêem em Cristo como um Salvador 
pessoal. Existem três personalidades vivas do trio 
celestial; em nome destes três grandes poderes ¾ o 
Pai, o Filho, e o Espírito Santo ¾ aqueles que 
recebem Cristo por viva fé são batizados, e estes 
poderes irão cooperar com os obedientes súditos do 
céu em seus esforços para viver a nova vida em 
Cristo. 
(Special Testemonies, Series B, Nº 7, pp. 62, 63 
(1905). { Evangelismo, p. 615}.
COMENTÁRIO DO TEXTO DE ELLEN WHITE 
1.Mesmo que o texto de Mateus 28:19 seja usado 
no batismo, ele não comprova o dogma da trindade. 
Batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito 
Santo, não implica em dizer que a divindade é 
composta de três deuses; que são três em Um; que 
não exista hierarquia na divindade, e que devemos 
adorar o Espírito Santo como adoramos o Pai. 
2. Este texto não diz que, após o batismo, a 
pessoa se torna um filho de Deus.
No livro de Atos, os discípulos batizavam em nome de 
Jesus: 
“E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos , e cada um de vós 
seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos 
pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;” (Atos 
2:38) 
“Respondeu, então Pedro: Pode alguém recusar a água, 
para que não sejam batizados estes, que também 
receberam como nós o Espírito Santo? E mandou que 
fossem batizados em nome do Senhor. Então rogaram 
que ficasse com eles por alguns dias.” (Atos 10: 47 e 48) 
“E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor 
Jesus.” (Atos 19: 5)
Rodapé da Bíblia de Jerusalém, Sobre Mateus 
28:18 a 20 
É possível que, em sua forma precisa, essa 
fórmula reflita influência do uso litúrgico 
posteriormente fixado na comunidade primitiva. 
Sabe-se que o livro dos Atos fala em batizar “em 
nome de Jesus” (Atos 1:5; 2:38). Mais tarde deve 
ter-se estabelecido a associação do batizado as 
três pessoas da trindade.
Enciclopédia Britânica, 11ª Edição, Vol. 3, p. 
365-366 
“A fórmula batismal foi mudada do nome de 
Jesus Cristo para as palavras Pai, Filho e 
Espírito Santo pela Igreja Católica no 2º século.” 
Idem, Vol. 3 pág. 82. “Em todas as fontes mais 
antigas afirma-se que o batismo era em Nome 
de Jesus Cristo.”
“Diversas igrejas batizam, sem dúvida, 
validamente; por esta razão, um cristão 
batizado numa delas não pode ser rebatizado, 
nem sequer sob condição. Conseqüentemente, 
as certidões de batismo delas valem para nós, 
como se fossem certidões da Igreja Católica. 
São elas: Igrejas Orientais, Episcopais do 
Brasil, Luteranas, Metodistas, Presbiterianas, 
Congregacionais, Batistas e Adventistas.” 
“Há um só Rebanho”, p. 251-252, 
Edições Loyola de 1989
§1278 “O rito essencial do Batismo consiste 
em mergulhar na água o candidato, ou em 
derramar água sobre sua cabeça 
pronunciando a invocação da Santíssima 
Trindade, isto é, do Pai, do Filho e do 
Espírito Santo.” 
“O Catecismo Católico”, p. 354. 
http://catecismo-az.tripod.com/conteúdo/a-z/a/batismo.html
CONCLUSÃO 
Ser batizado em nome do Pai, do 
Filho e do Espírito Santo não nos 
torna um filho de Deus, mas um filho 
da Igreja Católica!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cristologia aula01
Cristologia aula01Cristologia aula01
Cristologia aula01
Pastor W. Costa
 
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptxLição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Celso Napoleon
 
Ellen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graçaEllen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graça
Ezequiel Gomes
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
O Outro Consolador e as Duas Naturezas de Jesus
O Outro Consolador e as Duas Naturezas de JesusO Outro Consolador e as Duas Naturezas de Jesus
O Outro Consolador e as Duas Naturezas de Jesus
ASD Remanescentes
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Éder Tomé
 
Batalha espiritual
Batalha espiritualBatalha espiritual
Batalha espiritual
Carlos Cirleno Neves
 
Obras da carne
Obras da carneObras da carne
Obras da carne
Jorge Maykon
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
guestc5d870
 
20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM
20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM
20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM
RODRIGO FERREIRA
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Erberson Pinheiro
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
Paulo Roberto
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.pptO Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.ppt
Herbert de Carvalho
 
O pecado de Davi
O pecado de DaviO pecado de Davi
O pecado de Davi
Paulo Roberto
 
Lição 11 - O Juízo Final
Lição 11 - O Juízo FinalLição 11 - O Juízo Final
Lição 11 - O Juízo Final
Andrew Guimarães
 
50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I
Itamar Freire
 
Apostila caravana do arrependimento
Apostila   caravana do arrependimentoApostila   caravana do arrependimento
Apostila caravana do arrependimento
Luã França
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Erberson Pinheiro
 
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus CristoLição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

Cristologia aula01
Cristologia aula01Cristologia aula01
Cristologia aula01
 
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptxLição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
 
Ellen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graçaEllen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graça
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
O Outro Consolador e as Duas Naturezas de Jesus
O Outro Consolador e as Duas Naturezas de JesusO Outro Consolador e as Duas Naturezas de Jesus
O Outro Consolador e as Duas Naturezas de Jesus
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
 
Batalha espiritual
Batalha espiritualBatalha espiritual
Batalha espiritual
 
Obras da carne
Obras da carneObras da carne
Obras da carne
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM
20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM
20º AULA - A BATALHA DO ARMAGEDOM
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
O Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.pptO Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.ppt
 
O pecado de Davi
O pecado de DaviO pecado de Davi
O pecado de Davi
 
Lição 11 - O Juízo Final
Lição 11 - O Juízo FinalLição 11 - O Juízo Final
Lição 11 - O Juízo Final
 
50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I
 
Apostila caravana do arrependimento
Apostila   caravana do arrependimentoApostila   caravana do arrependimento
Apostila caravana do arrependimento
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus CristoLição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
 

Destaque

Agora Somos Filhos de Deus
Agora Somos Filhos de DeusAgora Somos Filhos de Deus
Agora Somos Filhos de Deus
Jucieudo Costa
 
Colossenses - Cap. 03 parte 01
Colossenses - Cap. 03 parte 01Colossenses - Cap. 03 parte 01
Colossenses - Cap. 03 parte 01
Daniel M Junior
 
Diante do trono
Diante do tronoDiante do trono
Discipulado eco 2
Discipulado eco 2Discipulado eco 2
Discipulado eco 2
Devotio Christus
 
Deus é pai
Deus é paiDeus é pai
Deus é pai
Mauro Renato
 
Rascunho da ultima aula de cristologia
Rascunho da ultima aula de cristologiaRascunho da ultima aula de cristologia
Rascunho da ultima aula de cristologia
Mateus Silva
 
LBA Lição 7 - A vida segundo o espírito
LBA Lição 7 - A  vida segundo o espíritoLBA Lição 7 - A  vida segundo o espírito
LBA Lição 7 - A vida segundo o espírito
Natalino das Neves Neves
 
O jesus que cura book
O jesus que cura bookO jesus que cura book
O jesus que cura book
Sidinei Kauer
 
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
pralucianaevangelista
 
O Propósito da Tentação
O Propósito da TentaçãoO Propósito da Tentação
O Propósito da Tentação
pralucianaevangelista
 
4 fases da tentação
4 fases da tentação4 fases da tentação
4 fases da tentação
viniciusbig
 
Regiões por onde Jesus andou e pregou!
Regiões por onde Jesus andou e pregou!Regiões por onde Jesus andou e pregou!
Regiões por onde Jesus andou e pregou!
Aristides Monteiro
 
Provação, tentação e consequências
Provação, tentação  e consequênciasProvação, tentação  e consequências
Provação, tentação e consequências
Almy Alves
 
Vaso novo diante do trono (corinho)
Vaso novo   diante do trono (corinho)Vaso novo   diante do trono (corinho)
Vaso novo diante do trono (corinho)
Dieison Moraes
 
Perdoa-te
Perdoa-tePerdoa-te
Perdoa-te
Luiza Goes
 
93. dependo de ti
93. dependo de ti93. dependo de ti
93. dependo de ti
Lukas Silva
 
Tentação e provação
Tentação e provaçãoTentação e provação
Tentação e provação
Vilmar Nascimento
 
Vaso Novo
Vaso NovoVaso Novo
Vaso Novo
Ivan Monteiro
 
O que acontece quando Jesus entra no meu lar
O que acontece quando Jesus entra no meu larO que acontece quando Jesus entra no meu lar
O que acontece quando Jesus entra no meu lar
Elder Moraes
 
Jesus sonda os corações
Jesus sonda os coraçõesJesus sonda os corações
Jesus sonda os corações
Tiago Silveira
 

Destaque (20)

Agora Somos Filhos de Deus
Agora Somos Filhos de DeusAgora Somos Filhos de Deus
Agora Somos Filhos de Deus
 
Colossenses - Cap. 03 parte 01
Colossenses - Cap. 03 parte 01Colossenses - Cap. 03 parte 01
Colossenses - Cap. 03 parte 01
 
Diante do trono
Diante do tronoDiante do trono
Diante do trono
 
Discipulado eco 2
Discipulado eco 2Discipulado eco 2
Discipulado eco 2
 
Deus é pai
Deus é paiDeus é pai
Deus é pai
 
Rascunho da ultima aula de cristologia
Rascunho da ultima aula de cristologiaRascunho da ultima aula de cristologia
Rascunho da ultima aula de cristologia
 
LBA Lição 7 - A vida segundo o espírito
LBA Lição 7 - A  vida segundo o espíritoLBA Lição 7 - A  vida segundo o espírito
LBA Lição 7 - A vida segundo o espírito
 
O jesus que cura book
O jesus que cura bookO jesus que cura book
O jesus que cura book
 
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
 
O Propósito da Tentação
O Propósito da TentaçãoO Propósito da Tentação
O Propósito da Tentação
 
4 fases da tentação
4 fases da tentação4 fases da tentação
4 fases da tentação
 
Regiões por onde Jesus andou e pregou!
Regiões por onde Jesus andou e pregou!Regiões por onde Jesus andou e pregou!
Regiões por onde Jesus andou e pregou!
 
Provação, tentação e consequências
Provação, tentação  e consequênciasProvação, tentação  e consequências
Provação, tentação e consequências
 
Vaso novo diante do trono (corinho)
Vaso novo   diante do trono (corinho)Vaso novo   diante do trono (corinho)
Vaso novo diante do trono (corinho)
 
Perdoa-te
Perdoa-tePerdoa-te
Perdoa-te
 
93. dependo de ti
93. dependo de ti93. dependo de ti
93. dependo de ti
 
Tentação e provação
Tentação e provaçãoTentação e provação
Tentação e provação
 
Vaso Novo
Vaso NovoVaso Novo
Vaso Novo
 
O que acontece quando Jesus entra no meu lar
O que acontece quando Jesus entra no meu larO que acontece quando Jesus entra no meu lar
O que acontece quando Jesus entra no meu lar
 
Jesus sonda os corações
Jesus sonda os coraçõesJesus sonda os corações
Jesus sonda os corações
 

Semelhante a Quem são os filhos de Deus nessa terra?

Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Gerson G. Ramos
 
Apostila treinamento-para-batismo
Apostila treinamento-para-batismoApostila treinamento-para-batismo
Apostila treinamento-para-batismo
Marcos Luiz DA Silva
 
O QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdfO QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdf
SEDUC-PA
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Éder Tomé
 
Lição 6 o batismo - folha grande
Lição 6   o batismo - folha grandeLição 6   o batismo - folha grande
Lição 6 o batismo - folha grande
csssss2012
 
Sacramento da Familia.pdf
Sacramento da Familia.pdfSacramento da Familia.pdf
Sacramento da Familia.pdf
DinaelMarcosMarques1
 
SACRAMENTO.pdf
SACRAMENTO.pdfSACRAMENTO.pdf
SACRAMENTO.pdf
robertoSowza2
 
Carta alegria de zaqueu
Carta   alegria de zaqueuCarta   alegria de zaqueu
Carta alegria de zaqueu
Fraternidade de Maria
 
Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...
Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...
Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...
Servo33
 
162 respostas biblicas a doutrina da trindade
162 respostas biblicas a doutrina da trindade162 respostas biblicas a doutrina da trindade
162 respostas biblicas a doutrina da trindade
José Silva
 
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Gerson G. Ramos
 
4 textos de Ellen White que não são dela...
4 textos de Ellen White que não são dela...4 textos de Ellen White que não são dela...
4 textos de Ellen White que não são dela...
José Silva
 
Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.
felipe_higa
 
Livrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa franciscoLivrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa francisco
torrasko
 
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhorEncontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
torrasko
 
O Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de DeusO Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de Deus
José Silva
 
O principio da Criação
O principio da CriaçãoO principio da Criação
O principio da Criação
oitavaera
 
Basicão em pdf
Basicão em pdfBasicão em pdf
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na BíbliaEstudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
Fernando Xavier China
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Celso Napoleon
 

Semelhante a Quem são os filhos de Deus nessa terra? (20)

Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
 
Apostila treinamento-para-batismo
Apostila treinamento-para-batismoApostila treinamento-para-batismo
Apostila treinamento-para-batismo
 
O QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdfO QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdf
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
 
Lição 6 o batismo - folha grande
Lição 6   o batismo - folha grandeLição 6   o batismo - folha grande
Lição 6 o batismo - folha grande
 
Sacramento da Familia.pdf
Sacramento da Familia.pdfSacramento da Familia.pdf
Sacramento da Familia.pdf
 
SACRAMENTO.pdf
SACRAMENTO.pdfSACRAMENTO.pdf
SACRAMENTO.pdf
 
Carta alegria de zaqueu
Carta   alegria de zaqueuCarta   alegria de zaqueu
Carta alegria de zaqueu
 
Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...
Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...
Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixe...
 
162 respostas biblicas a doutrina da trindade
162 respostas biblicas a doutrina da trindade162 respostas biblicas a doutrina da trindade
162 respostas biblicas a doutrina da trindade
 
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
 
4 textos de Ellen White que não são dela...
4 textos de Ellen White que não são dela...4 textos de Ellen White que não são dela...
4 textos de Ellen White que não são dela...
 
Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.
 
Livrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa franciscoLivrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa francisco
 
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhorEncontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
 
O Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de DeusO Espírito Santo de Deus
O Espírito Santo de Deus
 
O principio da Criação
O principio da CriaçãoO principio da Criação
O principio da Criação
 
Basicão em pdf
Basicão em pdfBasicão em pdf
Basicão em pdf
 
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na BíbliaEstudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
 

Mais de Bruno Da Montanha

O noivo vem!
O noivo vem!O noivo vem!
O noivo vem!
Bruno Da Montanha
 
A verdadeira riqueza
A verdadeira riquezaA verdadeira riqueza
A verdadeira riqueza
Bruno Da Montanha
 
Relatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombi
Relatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombiRelatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombi
Relatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombi
Bruno Da Montanha
 
A fronteira final
A fronteira finalA fronteira final
A fronteira final
Bruno Da Montanha
 
Hierarquia celestial
Hierarquia celestialHierarquia celestial
Hierarquia celestial
Bruno Da Montanha
 
A criacao-de-abelhas-nativas-cartilha
A criacao-de-abelhas-nativas-cartilhaA criacao-de-abelhas-nativas-cartilha
A criacao-de-abelhas-nativas-cartilha
Bruno Da Montanha
 
Curas e milagres, será que existem mesmo
Curas e milagres, será que existem mesmoCuras e milagres, será que existem mesmo
Curas e milagres, será que existem mesmo
Bruno Da Montanha
 
Relatório de missões brasil nordeste ibiapina ce nov 2017
Relatório de missões brasil  nordeste ibiapina ce nov 2017Relatório de missões brasil  nordeste ibiapina ce nov 2017
Relatório de missões brasil nordeste ibiapina ce nov 2017
Bruno Da Montanha
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
Bruno Da Montanha
 
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
Bruno Da Montanha
 
Relatório de missões estado do Mato grosso Brasil
Relatório de missões   estado do Mato grosso BrasilRelatório de missões   estado do Mato grosso Brasil
Relatório de missões estado do Mato grosso Brasil
Bruno Da Montanha
 
A questão oriental, profecias daniel e apocalipse
A questão oriental, profecias daniel e apocalipseA questão oriental, profecias daniel e apocalipse
A questão oriental, profecias daniel e apocalipse
Bruno Da Montanha
 
Missão no estado do espirito santo brasil julho-agosto
Missão no estado do espirito santo  brasil  julho-agostoMissão no estado do espirito santo  brasil  julho-agosto
Missão no estado do espirito santo brasil julho-agosto
Bruno Da Montanha
 
Como ficar blindado contra as doenças!
Como ficar blindado contra as doenças!Como ficar blindado contra as doenças!
Como ficar blindado contra as doenças!
Bruno Da Montanha
 
Porque estamos no tempo do fim ?
Porque estamos no tempo do fim ?Porque estamos no tempo do fim ?
Porque estamos no tempo do fim ?
Bruno Da Montanha
 
Você é feito da terra
Você é feito da terraVocê é feito da terra
Você é feito da terra
Bruno Da Montanha
 
O caminho da vitória
O caminho da vitória O caminho da vitória
O caminho da vitória
Bruno Da Montanha
 
Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017
Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017
Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017
Bruno Da Montanha
 
Relatorio missao nordeste março 2017
Relatorio missao nordeste março 2017Relatorio missao nordeste março 2017
Relatorio missao nordeste março 2017
Bruno Da Montanha
 
O ungido perseguido
O ungido perseguidoO ungido perseguido
O ungido perseguido
Bruno Da Montanha
 

Mais de Bruno Da Montanha (20)

O noivo vem!
O noivo vem!O noivo vem!
O noivo vem!
 
A verdadeira riqueza
A verdadeira riquezaA verdadeira riqueza
A verdadeira riqueza
 
Relatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombi
Relatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombiRelatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombi
Relatório de missões 2 de agosto a 20 setembro 2018 missao na kombi
 
A fronteira final
A fronteira finalA fronteira final
A fronteira final
 
Hierarquia celestial
Hierarquia celestialHierarquia celestial
Hierarquia celestial
 
A criacao-de-abelhas-nativas-cartilha
A criacao-de-abelhas-nativas-cartilhaA criacao-de-abelhas-nativas-cartilha
A criacao-de-abelhas-nativas-cartilha
 
Curas e milagres, será que existem mesmo
Curas e milagres, será que existem mesmoCuras e milagres, será que existem mesmo
Curas e milagres, será que existem mesmo
 
Relatório de missões brasil nordeste ibiapina ce nov 2017
Relatório de missões brasil  nordeste ibiapina ce nov 2017Relatório de missões brasil  nordeste ibiapina ce nov 2017
Relatório de missões brasil nordeste ibiapina ce nov 2017
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
 
Relatório de missões estado do Mato grosso Brasil
Relatório de missões   estado do Mato grosso BrasilRelatório de missões   estado do Mato grosso Brasil
Relatório de missões estado do Mato grosso Brasil
 
A questão oriental, profecias daniel e apocalipse
A questão oriental, profecias daniel e apocalipseA questão oriental, profecias daniel e apocalipse
A questão oriental, profecias daniel e apocalipse
 
Missão no estado do espirito santo brasil julho-agosto
Missão no estado do espirito santo  brasil  julho-agostoMissão no estado do espirito santo  brasil  julho-agosto
Missão no estado do espirito santo brasil julho-agosto
 
Como ficar blindado contra as doenças!
Como ficar blindado contra as doenças!Como ficar blindado contra as doenças!
Como ficar blindado contra as doenças!
 
Porque estamos no tempo do fim ?
Porque estamos no tempo do fim ?Porque estamos no tempo do fim ?
Porque estamos no tempo do fim ?
 
Você é feito da terra
Você é feito da terraVocê é feito da terra
Você é feito da terra
 
O caminho da vitória
O caminho da vitória O caminho da vitória
O caminho da vitória
 
Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017
Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017
Terceiro encontro de Lorena -SP 14 a 18 junho 2017
 
Relatorio missao nordeste março 2017
Relatorio missao nordeste março 2017Relatorio missao nordeste março 2017
Relatorio missao nordeste março 2017
 
O ungido perseguido
O ungido perseguidoO ungido perseguido
O ungido perseguido
 

Último

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 

Último (12)

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 

Quem são os filhos de Deus nessa terra?

  • 1. QUEM SÃO OS FILHOS DE DEUS?
  • 2. “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são Filhos de Deus” (Romanos 8:14)
  • 3. “E, se somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros com Cristo: se é certo que com Ele padecemos, para que também com Ele sejamos glorificados.” (Romanos 8:17, KJV)
  • 4. “Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos.” (Hebreus 12: 6-8)
  • 5. “Por isso saí do meio deles (dos infiéis, dos idólatras, dos dirigidos por Belial, etc...), e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e Eu vos receberei; e Eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.” (II Coríntios 6:17-18, parênteses acrescentados)
  • 6. “Não há tal coisa como seguir a Cristo a menos que recuseis gratificar a inclinação e determineis obedecer a Deus. Não são vossos sentimentos, vossas emoções, que vos tornam um filho de Deus, mas o fazer a vontade de Deus.. Uma vida de utilidade está diante de vós se vossa vontade se tornar a vontade de Deus”. (Testimonies for the Church, Vol. 5, p. 515)
  • 7. “Os ministros pregam coisas agradáveis para convirem a esses que professam a religião de um modo carnal. Não ousam pregar a Jesus e as verdades incisivas da Bíblia... Vi que se a falsa cobertura tivesse sido retirada dos membros da igreja, seriam reveladas tais iniqüidades, vilezas e corrupção, que o mais tímido filho de Deus não teria hesitado em chamar a esses professos cristãos pelo seu verdadeiro nome, filhos de seu pai, o diabo; pois suas obras o atestavam.” (EGW, Primeiros Escritos, p. 228)
  • 8. As condições para sermos filhos de Deus são: 1. Ser guiado pelo Espírito de Deus 2. Padecer com Cristo 3. Suportar a correção 4. Separação do mundo 5. Fazer a vontade de Deus
  • 9. COMENTÁRIOS SOBRE O LIVRETO: “OS DEZ MANDAMENTOS” — Princípios divinos para melhorar seus relacionamentos, escrito por LORON WADE, Editado pela Casa Publicadora Brasileira, Tatuí.
  • 10. Na página 29 lemos: “COMO TER CERTEZA DE PODERMOS USAR ESTE NOME (O nome “Filho de Deus”) ? Talvez você se pergunte: Como posso usar esse nome? Como posso ter a certeza de ser membro da família de Deus tanto na Terra como no Céu? Neste caso, congratulações! De todas as perguntas que alguém possa fazer na vida, essa é a mais importante. O Senhor Jesus Cristo nos apresentou a resposta na instrução que deu aos discípulos. Disse-lhes: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.” (Mateus 28:19). É através do batismo que adotamos esse santo nome.
  • 11. Que pensamentos lhe vêm à mente quando ouve a palavra “batismo” ? — Bem — disse-me um jovem certa vez — quando ouço esta palavra, lembro-me do batismo da minha sobrinha, quando bebê. Os pais dela a seguraram nos braços. Todos nós, parentes e amigos, formamos com eles e os padrinhos um círculo ao redor da pia batismal. Ouvimos enquanto o sacerdote tocava a testa dela com água e pronunciava as seguintes palavras: “Ego baptizo te in nomine Patris, et Filii, et Spiritus Sancti. Amén.” E todos nós dissemos reverentemente: “Aaaaaaa-mem!” (“OS DEZ MANDAMENTOS” , página 29)
  • 12. Comentários: Loron Wade afirma que é através do batismo em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo que adotamos o nome “Filho de Deus”. Já estudamos as condições para sermos Filhos de Deus, e verificamos que não é através do batismo que nos tornamos Filhos de Deus, e sim, cumprindo aquelas condições. Consideremos , agora, a questão do batismo.
  • 13. “Ou, porventura, ignorais que todos os que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados na Sua morte? Fomos, pois, sepultados com Ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Porque se fomos unidos com Ele na semelhança da Sua morte, certamente o seremos também na semelhança da Sua ressurreição; sabendo isto, que foi crucificado com Ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos.; porquanto quem morreu, justificado está do pecado.” (Rom. 6:3-7)
  • 14. “O novo nascimento é uma experiência rara nesta época do mundo. Esta é a razão porque existem tantas perplexidades na igreja. Muitos e muitos que assumem o nome de Cristo são profanos e não santificados. Eles têm sido batizados, porém foram sepultados vivos. O ‘eu’ não morreu, e, portanto não ressuscitaram para uma novidade de vida em Cristo.” (Bible Commentary, vol. 6, p. 1075; (Rom. 6:3-7); Margaret Davis, Experience the Gospel, p. 20)
  • 15. “O Consolador que Cristo prometeu enviar após subir ao céu é o Espírito em toda a plenitude da Divindade, tornando manifesto o poder da graça divina a todos que recebam e crêem em Cristo como um Salvador pessoal. Existem três personalidades vivas do trio celestial; em nome destes três grandes poderes ¾ o Pai, o Filho, e o Espírito Santo ¾ aqueles que recebem Cristo por viva fé são batizados, e estes poderes irão cooperar com os obedientes súditos do céu em seus esforços para viver a nova vida em Cristo. (Special Testemonies, Series B, Nº 7, pp. 62, 63 (1905). { Evangelismo, p. 615}.
  • 16. COMENTÁRIO DO TEXTO DE ELLEN WHITE 1.Mesmo que o texto de Mateus 28:19 seja usado no batismo, ele não comprova o dogma da trindade. Batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, não implica em dizer que a divindade é composta de três deuses; que são três em Um; que não exista hierarquia na divindade, e que devemos adorar o Espírito Santo como adoramos o Pai. 2. Este texto não diz que, após o batismo, a pessoa se torna um filho de Deus.
  • 17. No livro de Atos, os discípulos batizavam em nome de Jesus: “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos , e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;” (Atos 2:38) “Respondeu, então Pedro: Pode alguém recusar a água, para que não sejam batizados estes, que também receberam como nós o Espírito Santo? E mandou que fossem batizados em nome do Senhor. Então rogaram que ficasse com eles por alguns dias.” (Atos 10: 47 e 48) “E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus.” (Atos 19: 5)
  • 18. Rodapé da Bíblia de Jerusalém, Sobre Mateus 28:18 a 20 É possível que, em sua forma precisa, essa fórmula reflita influência do uso litúrgico posteriormente fixado na comunidade primitiva. Sabe-se que o livro dos Atos fala em batizar “em nome de Jesus” (Atos 1:5; 2:38). Mais tarde deve ter-se estabelecido a associação do batizado as três pessoas da trindade.
  • 19. Enciclopédia Britânica, 11ª Edição, Vol. 3, p. 365-366 “A fórmula batismal foi mudada do nome de Jesus Cristo para as palavras Pai, Filho e Espírito Santo pela Igreja Católica no 2º século.” Idem, Vol. 3 pág. 82. “Em todas as fontes mais antigas afirma-se que o batismo era em Nome de Jesus Cristo.”
  • 20. “Diversas igrejas batizam, sem dúvida, validamente; por esta razão, um cristão batizado numa delas não pode ser rebatizado, nem sequer sob condição. Conseqüentemente, as certidões de batismo delas valem para nós, como se fossem certidões da Igreja Católica. São elas: Igrejas Orientais, Episcopais do Brasil, Luteranas, Metodistas, Presbiterianas, Congregacionais, Batistas e Adventistas.” “Há um só Rebanho”, p. 251-252, Edições Loyola de 1989
  • 21. §1278 “O rito essencial do Batismo consiste em mergulhar na água o candidato, ou em derramar água sobre sua cabeça pronunciando a invocação da Santíssima Trindade, isto é, do Pai, do Filho e do Espírito Santo.” “O Catecismo Católico”, p. 354. http://catecismo-az.tripod.com/conteúdo/a-z/a/batismo.html
  • 22. CONCLUSÃO Ser batizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo não nos torna um filho de Deus, mas um filho da Igreja Católica!