SlideShare uma empresa Scribd logo
“Tudo que é verdadeiro, por quem quer que seja dito, observa São Tomas de
Aquino, vem do Espírito Santo.”(João Paulo ll Observatore Romano)
Carta testamento: A alegria de Zaqueu
“Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixes a doutrina da sua
mãe.”(Provérbios 1,18).
“Porque meu povo se perde por falta de conhecimento...” (Oséias 4,6).
Meus irmãos,
E todos aqueles que chegarem a ter contato com estas palavras.
É com a graça de Deus que tenho a alegria em partilhar com todos, a paz que sinto, em
sofrer por aquilo que foi passado por nossos avós e recebemos de nossos pais: O tesouro
deprofessarmos“um só batismo”. (Efésios 4,5)
“Eu vos batizo na água, mas eis que vem outro mais poderoso do que eu, a quem não
sou digno de lhes desatar nem as sandálias; Ele vos batizaráno Espírito Santo e no fogo”.
(Lucas 3,16)
Não um batismo de arrependimento, pois “João tinha pregado, desde antes de sua
vinda, o batismo do arrependimento a todo o povo de Israel”. (Atos dos apóstolos 13-24).
Podemos nos perguntar então, mas porque Jesus foi batizado se Ele não tinha pecado? E o
próprio João Batista nos responde: “Eu não o conhecia, mas se vim batizar em águaé paraque
Ele se torne conhecido em Israel”. E a Palavra nos diz na declaração de João: “Vi o Espírito
descer do céu em forma de uma pomba e repousar sobre Ele. Eu não o conhecia, mas Aquele
que me mandou batizar em água disse-me: Sobre quem vires descer e repousar o Espírito
Santo, este é quem batizará no Espírito Santo”. (Lucas 1, 31-32)
Por que Jesus Cristo batizava os pagãos?
Responde-nos Jesus: “Em verdade, em verdade te digo, quem não renascer da água e
do Espírito não poderá entrar no reino de Deus”. (João 3,5)
“Mas Jesus aproximando-se lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide,
pois, e ensinai a todas as nações, batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.
(Mateus 28,18).
Além disso, para que não haja dúvida, mesmo aqueles que foram batizados por João
Batista, tiveram de ser batizados novamente, pois naquele tempo seu batismo já era inválido, e
somente valia o batismo de Jesus, ministrado por seus apóstolos e discípulos: “Recebestes o
Espírito Santo quando abraçastes a fé? Responderam-lhe: Não, nem sequer ouvimos dizer que
há um Espírito Santo! Então em que batismo fostes batizado? Perguntou Paulo.
Disseram:No batismo de João. Paulo então replicou: João só dava um batismo de
penitência, dizendo ao povo que cresse naquele que havia de vir depois dele, isto é Jesus.
Ouvindo isso foram batizados em nome do Senhor Jesus”.( Atos dos apóstolos19, 1-5).
Durante todas estas verdades é muito triste que hoje, mais de 2000 anos depois da
morte e ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo, ainda se encontre em vários lugaresdo
mundo, o batismo de João, batismo de arrependimento. E estes que propagam este batismo de
arrependimento que São Paulo já invalidou, são os mesmos responsáveis por muitas outras
sementes de divisões.
“Lembrai-vos de vossos dirigentes, que vos pregaram a palavra de Deus, e
considerando o fim de sua vida, imitai-lhes a fé.Jesus Cristo é o mesmo, ontem hoje e por
toda eternidade. Não vos deixeis enganar por qualquer espécie de doutrina estranha”.
(Hebreus 13,7-9), se estas palavras foram dirigidas àqueles cristãos que eram historicamente e
realmente os primeiros católicos, que podemos a luz da verdade, perceber o que está
acontecendo em nosso tempo muitas divisões, mas ai dos divisores!
Divisões estas, que acontecem, para que se manifeste a Glória de Deus!“Eu
endurecerei o coração do faraó e ele vos perseguirá. Eu serei glorificado as custas do
Faraóe todo o seu exercito, e os egípcios saberão que Eu sou o Senhor”. (Êxodo 14,4)
Sabemos que o antigo testamento é uma prefiguração do novo testamento, nesse trecho temos
uma perfeita prefiguração de todos aqueles que perseguem a Igreja de Deus.
Muitos egípcios reconheceram a glória de Deus e o seu senhoril junto ao povo
escolhido, edeixou tudo para trás para segui-Lo, da mesma forma, em todos os tempos e sobre
tudo agora nos últimos, muitos e muitos irão voltar ao colo da Santa Igreja,pois agora somos
chamados não por nossa filiação, raça ou condição social, e sim pelos méritos de Cristo.
Mas, não podemos esquecer de forma alguma o que o próprio Cristo nos disse: “Não
julgueis que vim trazer à paz a terra. Vim trazer não a paz, mas a espada”. (Mateus 10, 34)
“Os onze discípulos foram para a Galiléia, para a montanha que Jesus lhes tinha
designado. Quando o viram, adoraram-no, entretanto, alguns hesitavam ainda. Mas
Jesus, aproximando-se lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide,
pois, e ensinai a todas as nações, batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo.
Ensinai-os a observar tudo o que prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o
fim do mundo”. (Mateus 28, 16)
Eis aí, filhos e filhas da Criação, a grande ordem de um Deus feitohomem. Vejam, não
uma ordem pessoal que cada um pode acatar como quiser.
Fica claro que é um poder passado de Deus Pai paraDeus Filho e transmitida a
suaSanta Igreja pela graça de Deus Espirito Santo. E que ficou, fica e há de ficar conosco,
TODOSos dias até o fim do mundo.
Não é, de 496 anos para cá.
Não é, de 165 anos para cá.
Não é, de uma “Uma Novidade” para cá.
E SIM TODOS OS DIAS!!!
Por isso, com Cristo a sua Igreja diz: “Saulo, Saulo por que me persegues?Saulo
disse: Quem és, Senhor? Respondeu Ele: Eu sou Jesus, a quem tu persegues.” (Atos dos
Apóstolos 9, 4-5).Este, até então chamado Saulo, perseguia a Jesus e seus seguidores. Mas
pela graça e para a glória de Deus caiu do cavalo, caíram-lhe as escamas dos olhos e recebeu
o nome de Paulo.Também fora batizado e incorporado ao pequeno grupo de Cristãos.
Felizes e mil vezes felizes são aqueles que dizem e dirão como Saulo: “Senhor que
queres que eu faça?” (Atos dos Apóstolos 9,6).
É nessa autoridade de Cristo que está àsmaravilhas do batismo, pois é através dele que:
1ª – Confere a primeira graça santificante, que apaga o pecado original, e também os pecados
atuais,se existir.
2ª – Perdoa também toda pena por eles devida a Justiça Divina, dos pecados caso seja uma
pessoa adulta. (Pena – Veremos a frente)
3ª – Imprime na alma o caráter cristão; (marca que não apaga)
4ª – Faz o homem filho de Deus, membro da Igreja e herdeiros do paraíso;
5ª – Torna o homem capaz de receber os outros sacramentos;
Eis ai a maravilhosa riqueza do batismo que não se apagará jamais!
“O mandamento missionário, enviado por Deus as nações para ser o sacramento
universal da salvação, a Igreja, em virtude das exigência íntimas de sua própria catolicidade e
obedecendo à ordem do Seu Fundador, esforça-se para anunciar o Evangelho a todos os
homens: “ Ide, portanto , e fazei que todos os povos se tornem discípulos, batizando-os em
nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo e ensinai-os a observar tudo quanto vos ordenei.
E eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos.” (Mateus 28, 19-20)
(Catecismo da Igreja Católica = CDI parágrafo 849)
Sobre o batismo das crianças:
“Batizai também a família de Estefonas”. (1 Cor 1,16)
“Foi batizado com toda a sua família”. (Atos dos apóstolos 16, 15)
“Imediatamente foi batizado ele e toda a sua família”. (Atos dos apóstolos 16, 33)
Ora, é claro que se trata de famílias diferentes. É complicado acreditar que nessas famílias não
havia crianças menores. E,afinal, sendo o batismo um dom gratuito de Deus, não seriam as
crianças as primeiras merecedoras de tal graça?“Deixai que os pequeninos venham a mim,
não as impeçais.” (Marcos 10, 13-14)
Felizes e muito felizes são os pais que buscam a Verdade e desejam a Verdade para os
seus filhos, igualmente, os filhos que buscam e deseja a verdade para seus pais e irmãos.
Desde Abraão, Moisés, Josué, Davi, Isaias, Ezequiel... até Jesus Cristo, são mais de
1700 anos. E Deus sempre cumpriu suas promessas, independente da fidelidade do povo, que
muitas vezes mereceu somente castigos, mas, mesmo assim, nunca deixou de ser um povo
escolhido e querido por Deus. Depois de Jesus Cristo, TODOS nós somos e estamos
convidados a fazer parte do povo de Deus, por sua graça, graça essa que recebemos no
Batismo, conforme a autoridade recebida por Jesus e transmitida de geração a geração pelos
apóstolos, pela ação do Espirito Santo.
“Designou doze entre eles para ficar em sua companhia. Ele os enviaria a pregar com
o poder de expulsar os demônios”. (Marcos 3, 14-15). “Quem vos recebe a mim recebe, quem
vos rejeita a mim rejeita, e quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou”. (Lucas 9-10)
Toda autoridade que conhecemos forças armadas, governos, realeza, é passada de
forma significativa, pois é um acontecimento muito importante. Seria a Igreja diferente?
Mais de 2000 anos de perseguições internas e externas, aqueles que se declaram abertamente
seguidores do demônio a detesta. Cabe a nós fazermos uma pergunta simples: Se Jesus Cristo
não estivesse nesta Igreja, ela estaria ainda de pé?“Eis que estou convosco todos os dias até
o fim do mundo”. (Mateus 28, 20). Deus jamais abandonará a sua Igreja, pois Ele é fiel e
sempre cumpre suas promessas.“Não quero irmãos que ignorais este mistério para que não
vos gabeis de vossa sabedoria: esta cegueira de uma parte de Israel só durará ate que haja
entrado atotalidade dos pagãos. Então Israel em peso será salvo”. ( Romanos 11, 25-26)
Como está no livro de Isaias: “Mas virá como redentor de Sião, e aos filhos
arrependidos de Jacó. Oraculo do Senhor.” (Isaias 59,20). Em Jesus Cristo, Deus Pai
ampliou a promessa a todos os povos.
“O Senhor Deus fez brotar da terra, toda sorte de árvores de aspecto agradável e de
frutos bons para comer; e a árvore da vida no meio do jardim e a arvore da ciência do bem e
do mal”. (Genesis 2-9). A árvore da ciência do bem e do mal, já conhecemosna
desobediência de Adão e Eva, usando mal a sua liberdade. Então, qual seria a árvore da
vida no meio do jardim e o seu fruto? Na resposta, percebemos uma obediência. “Então
Jesus disse: Em verdade, em verdade vos digo: Se não comerdes a carne do filho do homem e
não beberes o seu sangue, não tereis a vida em vós mesmos. Quem comer a minha carne e
beber o meu sangue tem a vida eterna (árvore da vida) e eu ressuscitarei no último dia” (João
6- 55)
O corpo e o sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo estão por amor, “escondidos” e
verdadeiramente presentes na Sagrada Eucaristia, que é a Hóstia depois de consagrada no
Santo Sacrifício da SANTA MISSA.
“Se a divina Sabedoria quis que a Eucaristia não ficasse escondida debaixo do
esplendor de um diamante ou de outra pedra preciosa é porque não deseja ficar com o homem
apenas exteriormente. Esconder-se sob as aparências dum pequeno pedaço de pão que é o
alimento próprio do homem, possa penetrar dentro do seu coração e aí encontrar as suas
delícias. É a invenção dum amor intenso”. (São Luiz MariaG.Montfort)
“Isto é o meu corpo que será dado por vós, fazei isto em memória de mim”. (Lucas 22-19)
“Se alguém me ama diz o Senhor: guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e
Viremos a ele e faremos nele a Nossa morada” (João 14-23), a Sagrada Eucaristia.
Portanto, Deus não abandonará esta Igreja, tão perseguida de fora para dentro e mais
terrivelmente de dentro para fora. Graças a Deus, os membros fiéis da Santa Igreja estão
atentos ao novo martírio moderno, martírio não sangrento, em que se ataca a moral de quem
tem as máximas de Jesus Cristo isto é, a verdade no coração e o nome de sua Mãe Maria
Santíssima.
O clamor de São Miguel Arcanjo soará por todos os séculos: Quem como Deus!
Hoje,muitos se preocupam em pedir o envio do Espirito Santo, mas poucos se
preocupam em recebê-Lo o mais dignamente passível, em estado de graça com fervor, temor
e tremor na Sagrada Eucaristia e em todos os sacramentos.O nosso catecismo diz: “O Pai está
todo inteiro no Filho, todo inteiro no Espirito Santo, o Filho está todo inteiro no Pai,
todo inteiro no Espirito Santo, o Espirito Santo todo inteiro no Pai , todo inteiro no
Filho”.(Catecismo, paragrafo 255...) Eis um dos mistérios da nossa Fé.
Uma antiga oração da Igreja, que é recitada após comungar Jesus Eucarístico
diz:Santíssima Trindade Pai, Filho e Espirito Santo, permaneçam em meu coração
através do coração imaculado de Maria até a próxima comunhão.
Nosso catecismo nos fala sobre as ações do Espirito Santo em especial em
Pentecostes,em que Deus age em sua Igreja de ‘forma ordinária’, muito mais do que
‘extraordinária’, sendo a forma ordinária também extraordinária:“Dessa forma, Cristo
ressuscitado, ao dar o Espirito Santo aos apóstolos, confia-lhes seu poder de santificação: e
eles tornaram assim sinais sacramentais de Cristo. Pelo poder do mesmo Espirito Santo,
os apóstolos confiam este poder aos seus sucessores. Esta sucessão apostólica, estrutura toda
a vida litúrgica da igreja; ela mesma é o sacramental, transmitida pelo sacramento da ordem”.
(Catecismo parágrafo 1087). É do parágrafo nº 1084 ao nº 1134 temos uma ótima formação
sobre a ação do Espirito Santo de Deus em nossa Santa Igreja. Por caridade leiam estes
parágrafos.
O mesmo Deus Espirito Santo que em Pentecostes foi enviado por Cristo a sua Igreja,
é, ainda hoje, o santificador e consolador supremo dos cristãos, passado de forma ordinária
através do Papa, bispos e padres agindo extraordinariamente nos sacramentos. Em especial no
Batismo, que é a porta de entrada para receber todos os benefíciose riquezas dos méritos de
Cristo. “Feito membro da Igreja o batizado não pertence maisa si mesmo, mas aquele que
morreu e ressuscitou por nós. Logo é chamado a submeter-se aos outros, a servi-los na
comunhão da Igreja a ser“obediente e dócil” aos chefes da Igreja e a considera-los com
respeito e afeição. Assim como o batismo é fonte de responsabilidades e deveres, o batizado
também goza de direitos da Igreja:Receber os sacramentos; Seralimentado pela palavra de
Deus e ser sustentado pelos outros auxílios espirituais da Igreja.”
São insondáveis e misteriosas as riquezas do Batismo: “Tornando-se filhos de Deus
pela regeneração batismal, os batizados são obrigados a professar diante dos homens a fé,
que pela igreja receberam de Deus e a participar da atividade apostólica missionária do povo
de Deus.” (Catecismo parágrafo nº 1269 e 1270)
Nota: É importante lembrar que a nossa catequese fraca não é culpa de nossos párocos,
pois este problema é muito antigo.http://www.youtube.com/watch?v=L1W3VBc_O2I
A Igreja e a Família vêm sendo atacadashá séculos.
Um livro que relata os detalhes desta perseguição é – O anjo das trevas – de Pe. Julio
Maria:http://www.4shared.com/office/pa9kpUir/O_Anjo_das_Trevas.html
“O Espírito habita na Igreja e no coração dos fiéis como em um templo”. (Lumen
Gentium Concilio Vaticano II)
Por isso a renovação das promessas do nosso batismo é uma das urgências do nosso
tempo. Renovação esta que foi elevada a perfeição por um santo, instrumento dócil nas
“mãos” do Espírito Santo, chamado São Luiz G. Maria de Montfort que nos escreveu o livro
chamado: Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, em 1712, que neste
corrente ano de 2012, no qual vos escrevo, completa 300 anos. Uma devoção muito antiga,
dos primórdios da Igreja que São Luiz nos comunica através deste tratado que eu indico a
todos os cristãos.
“Os homens fazemno batismo voto de renunciar ao demônio e suas obras” (São
Thomas de Aquino, doutor da Igreja)
“E quando satanás avança numa alma?Quando consegue que a pessoa viva
tranquilamente e sem preocupação em um estado de preguiça espiritual causado pela
familiaridade com o pecado venialproposital(pecados leves), causando a diminuição do
espirito de oração e mortificação.E quando satanás vence uma alma?Quando consegue que a
pessoa viva tranquilamente em estado de pecado mortal, e por isso pronta para a viagem ao
inferno”. (Catecismo Essencial).
No livro intitulado“Estratégias de satanás” escrito pelo padre Pellegrino Exnetti, ele
depois de muitos anos de trabalhos e de ouvir muitas declarações feitaspelas pessoas
possuídas, reuniu as cinco coisas que o inimigo mais teme. Aqui estão elas em ordem
crescente:
1º - O sacramento da confissão, onde Cristo lava as nossas almas em Seu próprio sangue.
(veremos mais adiante)
2º - O sacramento da Eucaristia, presença viva e verdadeira de Jesus em Corpo, Sangue,
Alma e Divindade. A Trindade.
3º - A adoração Eucarística, onde continuamos a união com Jesus.
4º - O Santo Rosário, no qual contemplamos os mistérios de nossa fé em união com Maria
Santíssima.
5º - As aparições da SantíssimaVirgem,em que Elachama-nos eensinam-nos a levar Jesus.
6º - A obediência fiel ao Vigário de Cristo, o Papa.
“Eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os
mortos, por sua aparição e por seu reino: Prega a palavra, insiste oportuna e
inoportunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho em instruir.
Porque vira o tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação.
Levados pelas paixões e pelo desejo de escutar novidades ajustarão mestres para si.
Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão as fábulas”. (2 Timóteo 4, 1-14)
Alguma semelhança entre estes versículos e o que vivemos no mundo de hoje, não é
mera coincidência, pois já tínhamos sidos advertidos por Maria Santíssima, quando ela
apareceu em Fátima- Portugal: “Virá o tempo da apostasia”.
Apostasia→ Deserção da fé, abandono da crença.
E uma apostasia silenciosa e terrível vem crescendo como um câncer dentro da Santa Igreja
de Deus. O sentimentalismo. Esta erva daninha precisa ser cortada de nossos corações. Somos
sentimentais e isso não é ruim, ao passo que ser sentimentalista é extremamente nocivo para a
vida espiritual, travando as pessoas em uma mórbida conformidade com seu estado,
lembrando que na vida espiritual é impossível parar, ou progride ou regride.
Sentimentalismo→ Afetação do sentimento, ou da sensibilidade; exagero dos
sentidos e dos afetos ternos. Seria um novo vício capital!? Poderíamos parar por aqui e só
pelo sentido próprio da palavra purificar boa parte dos membros da nossa Igreja, desse câncer
que infelizmente esta enfraquecendo a fé de muitos, formando corações cismáticos; apostatas
e heréticos.São vistos por toda parte, gritam ser católicos e nunca leram um documento da
Santa Igreja e do Papa tendo internet em casa, se o faz, faz apenas por obrigação e com
indiferença.http://www.youtube.com/watch?v=ityIGdAOQlo (falaremos mais adiante)
Cisma→quer dizer separação, divisão. Teologicamente, incorre na recusa de sujeição ao
Sumo Pontífice (Papa).
Heresia→é a negação pertinaz (teimosa), após a recepção do Batismo, de qualquer verdade
que se deve crer com fé divina e católica (dogma), ou a dúvida pertinaz a respeito dessa
verdade.
Conheça os Dogmas: http://dogmasdefe.blogspot.com.br/p/os-dogmas-da-santa-igreja.html
Quanto ao sacramento da confissão no qual recebemos o perdão dos nossos pecados,
no antigo testamento era um poder exercido somente por Deus Pai, mas já no novo
testamento o próprio Jesus, Deus Filho nos diz: “O Filho do homem tem poder de perdoar
pecados na terra”. (Marcos 2-5)
Será que esta autoridade ficaria somente com Ele? Vejamos: “Soprou sobre eles
dizendo: Recebei o Espirito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados, lhes serão
perdoados; aqueles a quem os retiverdeslhes serão retidos.” (João 20, 22-25)
Paulo, apóstolo nos diz: “Por este motivo, eu te exorto a reavivar a chamado dom de
Deus que recebestes pela imposição das minhas mãos.”.
Mesmo com todas estas confirmações bíblicas sobre a confissão muitos, ainda, cheios
de vaidade dizem: Eu! Confessar com um pecador igual a mim?A estes, São Francisco de
Assis responde: “Se eu vesse na minha frente São Miguel Arcanjo e um padre mais pecador
da face da terra, primeiro eu cumprimentaria o padre, pois o padre traz-me Jesus Cristo na
Sagrada Eucaristia”. (Fontes Franciscanas)
Quanto deve ser a nossa reverencia para com os nossos bispos, pois sem eles não
teríamos padres. E o quanto deve ser a reverencia para com os nossos padres, pois sem eles
não teríamos Jesus tão perto de nós através da Eucaristia, e dos sacramentos.
Deus quis contar com o homem para a salvação do homem.
“... Os discípulos alegraram-se em ver o Senhor. Disse-lhes outra vez o Senhor: A
paz esteja convosco! Como o Pai me enviou assim também eu vos envio. Depois destas
palavras soprou sobre eles dizendo-lhes: Recebei o Espirito Santo; aqueles a quem perdoardes
os pecados lhes serão perdoados; aqueles a quem os retiverdes lhes serão retidos”. (João 20,20
-23)Eis o maravilhoso sacramento da confissão ou penitencia. Com essa passagem fica ainda
mais claro o apostolado de Cristo e Sua autoridade, que foi transmitidaaos apóstolos pela
ação do Espirito Santo, a autoridade de perdoar os pecados dos homens! Conferido aqueles
que receberam de Cristo pela ação do Espirito Santo na sucessão apostólica. Hoje
ministradopelos bispos e padres.
É bom Lembrar que para ser válido o sacramento ministrado, o confessor (pessoa
arrependida) deve acusar os seus pecados por contrição ou atrição.
Contrição→ É um perfeito e sincero arrependimento de tudo aquilo que fez e ofendeu a
Deus.
Atrição→ É o medo de ir para o inferno.
Ou seja, se você se confessar sem a contrição e sem acreditarna existência do
demônio, a confissão é inválida.
Há também aquelas pessoas que ao voltarem, e mesmo aquelas que se convertem de
uma maneira concreta dentro da Santa Igreja, citam um versículo muito conhecido: “...onde
abundou o pecado superabundou a graça”. (Romanos 5-20). É importante termos os pés no
chão, e a cabeça no céu, pois sim, superabundou a graça, mas também superabundará a Justiça
Divina.
Todo o pecado gera uma pena (mancha na alma), sendo uma pena eterna para os
pecados mortais e a pena temporal para os pecados veniais. Ao confessarmos nossos pecados
apagamos pelo mérito do Sangue de Cristo toda a culpa e todas as penas eternas, todavia
ficam apenas as temporais a serem “pagas” a Justiça Divina, em vida ou após a morte. Daí
pode-se concluir que: Onde abundou o pecado superabundou à graça e também a
superabundará a Justiça Divina.
“Os que morrem na graça e na amizade de Deus, mas não estão completamente
purificados, embora tenham garantido sua salvação eterna, passam após sua morte, por uma
purificação, a fim de obter a santidade necessária para entrar na alegria do céu”. (Catecismo,
paragrafo 1030)
Vejamos o que alguns doutores da Igreja e santos dizem a respeito do purgatório:
“Como deve ser maravilhoso o céu, pois Deus exige uma purificação tão dolorosa das
almas”. (Santa Catarina de Sena – Doutora da Igreja)
“O fogo que envolve é o mesmo que atormenta os condenados no inferno, e esse fogo
é terrível.” (São Tomas de Aquino – Doutor da Igreja)
“ Reúne todas as penas que os homens tem sofrido, sofrem e sofrerão, desde o
principio do mundo até o fim dos tempos; junta todos os tormentos que os tiranos e os algozes
tem feito sofrer os mártires, e se as pobres almas do purgatório fosse permitida escolha,
prefeririam aqueles suplícios durante mil anos do que ficarem no purgatório mais um
dia”. ( Santa Catarina Genova)
Sabendo sobre a existência do purgatório, não devemos ter como projeto de vida ir
para o lá e sim para o céu diretamente! Pois o purgatório não é o fim nem o meio, mas uma
concessão Divina, pelas consequências de nossas faltas graças à bondade de Deus.
Portanto, quem muito erra, ainda que perdoado, tem muito a pagar a Justiça Divina. E
é mil vezes melhor reparar aqui nessavida do que na outra. Daí a importância dos méritos
e indulgências.
Méritos→ A retribuição devida por uma ação digna de recompensa. (Catecismo parágrafo
nº2006) Todas as nossas boas obras.
“... O vencedor não sofrerá dano algum na segunda morte” (Apocalipse 2, 11)
“... Vi então tronos, e os seus ocupantes sentaram-se e receberam o poder de
julgar...”(Apocalipse 20, 4)
“Eis que venho em breve, e a minha recompensa está comigo para dar a cada um
conforme as suas obras”. (Apocalipse 22, 17)
“Ajuntai para vós tesouros no céu...” (Mateus 6, 20)
Ora, ajuntar, se entende claramente como uma porção grande ou pequena dependendo
de quem ajunta. E cada um tem o livre arbítrio de ajuntar ou não tesouros no céu, que são
imperecíveis.
Importante lembrar que alma em pecado mortal não recebe nem méritos nem
indulgencias, por isso, devemos nos confessar sempre para não tornar improdutivas as nossas
boas obras com a mancha do pecado.
São três frutos meritórios, que recebemos por toda e qualquer boa ação:
Mérito:
→ Meritório- é indivisível somente daquela alma, alimento de graça,
→Impetratório- alcança graças que tenha pedido em oração, se for bom para a alma.
→Satisfatório- apaga parte da pena devida pelos pecados, pode se oferecida pelas almas do
purgatório, Satisfação da Justiça Divina.
“Ajuntai para vós tesouros no céu.” (Mateus 6,20)
Toda riqueza queajuntamos no céu podemos perder com um só pecado mortal. Só não
perdemos nada quando entregamos tudo nas mãos de nossa mãe querida, Maria
Santíssima, pois o demônio não pode roubar nada d’Ela. Eis um dos grandes motivos de
consagrar-nos totalmente a Ela, segundo São Luiz G. Maria de Montfort.
“Ajuntai para vós tesouros no céu.” (Mateus 6,20)
Além destas riquezas espirituais temos ainda outro grande tesouro,as Indulgências:
“As indulgências é a remissão da pena temporaldiante de Deus devidas pelos pecados já
perdoados, quanto a culpa, que o fiel bem disposto obtém, em condições, determinadas, pela
intervenção da Igreja que como dispensadora da redenção, distribui e aplica por sua
autoridade o tesouro da satisfação isto é dos méritos de cristo e dos Santos”. (Catecismo
parágrafo 1417) (Código de direito Canônico paragrafo 992)
As indulgências apagam apenas as penas temporais, pois as penas eternas só se
apagam com o sacramento da confissão.As indulgênciaspodem ser parciais ou plenárias.
Indulgência parcial→ Apaga parte da pena devida.
Indulgênciaplenária→Apaga toda a pena devida!
“Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20).
Nota:Usarei a contagem antiga de dias e anos para temos uma ideia do valor de cada obra em
ralação a outra obra.
“Qualquer fiel pode lucrar indulgência parciais ou plenárias para si mesmo ou aplica-
los aos defuntos como sufrágio (como alivio).” (Código de direito canônico, paragrafo 994).
As almas dos fiéis na Igreja Padecente isto é no purgatório, nos auxiliam no
combate espiritual, intercedendo com os anjos e santos a Deus para conseguirmos um maior
número de méritos, graças e aumento da glória, principalmente as almas que ajudamos.
Nota:
A santa Igreja Católica Apostólica Romana é:
Igreja Triunfante → Todos os anjos e santos que estão na glória.
Igreja Padecente → Todas as almas do purgatório.
Igreja Militante → Todos nós que lutamos na terra.
“Para que alguém seja capaz de lucrar indulgências deve ser batizado, não está
excomungado e encontrar-se em estado de graça (não está em pecado mortal), pelo menos no
fim das obras prescritas (obras que se lucram as indulgencias).” (código do direito canônico,
paragrafo nº 996/1)
Condições para lucrar indulgências parciais ou plenárias:
1- Intenção de adquirir as indulgências (desejar lucrar habitualmente);
2- Cumprimento das obras indulgenciadas;
3- Estar em estado de graça (Um ato de arrependimento perfeito).
Estes três pontos são condições para lucrar indulgencia parcial. Já a indulgencia plenária é
tão completa, que se alguém morre e conseguiu lucrá-la em vida, vai direto para o céu, mas
para isso é necessário além das primeiras condições, cumprir outras quatro que se seguem:
4- Não ter nenhum apego ao pecado, mesmo venial, ou seja, não ter nenhum vício
(ex.:cigarro, bebida, internet, novelas, jogos e etc.);
5- Confissão sacramental (dias antes ou depois da obra);
6- Comunhão Eucarística (no dia, dias antes ou depois da obra);
7- Oração segundo as intenções do Sumo Pontífice e Santo Padre o Papa (no dia da obra). É
suficiente um Pai-Nosso e uma Ave- Maria a cada pratica. (Tratado do livro nº III- Os
Sacramentos da Coleção Observância e Salvação, pág. 295).
O cristão que coloca em prática “a salutar instituição das indulgencias:
a) Vive sempre em estado de graça, isto é ‘com as malas prontas para a viagem à
eternidade’;
b) Torna mais rica a sua vida em obras sobrenaturais que dão glória a Deus e ajudam aos
irmãos;
c) Ajudam os ‘ membros da Igreja Padecente a ser mais rapidamente agregados a Igreja
Triunfante’;
d) Tem grande probabilidade de evitar, depois da morte, as penas do purgatório e de
ingressar imediatamente na sua posse do reino dos céus ” ! (Tratado do livro nº III- Os
Sacramentos da Coleção Observância e Salvação, pág. 295)
†As praticas mais indulgenciadas pela Igreja são:
a) Pela Eucaristia – Comunhão e Adoração;
b) Pela Via sacra – Contemplação (importância dos quadros na igreja);
c) Pelo Estudo bíblico (apaga pecados veniais);
d) Pela reza do terço e do santo rosário (terror dos demônios);
e) Pelas orações tradicionais da Igreja (Ex.: Vinde Espirito Santo...).
†Obras indulgenciadas pela Igreja
Algumas obras para lucrar indulgências plenárias:
1- Adoração ao Santíssimo durante pelo menos meia hora. (Obs.: Menos de meia hora a
indulgência é parcial);
2- Recitação do terço em uma Igreja, oratório, em família ou numa comunidade religiosa;
associação. (Obs.: Também é parcial);
3- Leitura da Sagrada, como leitura espiritual durante pelo menos meia hora. (Obs.:
Também é parcial);
4- Exercício da Via Sacra, as estações legitimamente erguidas (quanta importância tem
nossa Via Sacra nas Igreja);
5- Recepção piedosa da benção Urbi et orbi pelo próprio papa recebidas por meio de rádio
ou tv;
6- Visita ao cemitério no dia 1º de novembro ao dia 08 e rezar mentalmente pelos defuntos.
“Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20).
Exemplos de obras para lucrar indulgências parciais:
1- Cumprir suas obrigações e suportar as dificuldades do seu estado de vida, elevar a Deus o
coração com humilde confiança, acrescentando mesmo que seja mentalmente alguma
invocação piedosa (jaculatória);
2- Movido por um espirito de fé, empenha com animo misericordioso sua própria pessoa, ou
os seus bens no serviço dos irmãos que sofrem alguma necessidade (exemplo: Ajudar
vizinhos e parentes);
3- Com o espirito de penitencia se obtêm espontaneamente de alguma coisa licita que lhe é
agradável. (Exemplo: Jejum de alimentos, internet, jogos e língua);
4- Rezar o terço em qualquer dia do mês de outubro (lucra-se uma indulgencia parcial de
7 anos);
5- Rezar a oração de ‘Vinde Espirito Santo...’ durante 40 dias sem interrupção, para cada
dia ganhará uma indulgencia de 7 anos e ao final uma indulgência plenária, ou seja 280
anos de indulgência parcial e mais uma plenária.
“Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20).
“ Em verdade vos digo: Tudo que ligares na terra, será ligado no céu, e tudo que deligares na
terra, será desligado no céu’. (Mateus 18 – 18)
“Portanto, só a Igreja que é o sacramento universal da salvação da humanidade”
(Lumem Gentium nº 48 do Concilio Vaticano II )
Por vontade expressa do Pai e do Filho pode conceder as indulgencias:
A mãe Igreja, receptáculo do “dom de Deus”, como disse Santo Irineu († 202), distribua aos
seus filhos os méritos de Cristo e dos Santos. “Este é o tesouro da Igreja”.
Quantas maravilhas! Aí estão também as nossas riquezas!
É bom saber que é necessário apenas uma indulgência plenária para irmos direto para o céu,
por isso é a mais difícil de lucrar. Através dela também podemos tirar uma alma do purgatório
na hora! Almas que se lembrará de nós junto a Deus.
Devemos sim, ajuntar tesouros no céu! Para não corrermos o risco de sermos roubados pelo
demônio, a forma mais segura é nos consagrarmos. Consagrando assim, todos os nossos bens
interiores, exteriores, passado, presente e futuro e entregando todos nas mãos de Maria
Santíssima.
“... Esta te esmagará a cabeça...” (Genesis 3-15)
Uma inimizade querida pela vontade do próprio Deus: “Porei inimizade entre ti e a
Mulher entre a sua descendência e a d’Ela. Esta te esmagará a cabeça e tu lhe ferirá o
calcanhar”. (Genesis 3-15)
“Como viesse a faltar o vinho a mãe de Jesus disse-lhes: ‘Ele já não tem vinho’.
Respondeu Jesus: ‘Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou’ ”. (João 2-
3,4)
“Quando Jesus viu a sua mãe e perto d’Ela o discípulo que amava, disse a sua mãe:
‘Mulher eis aí o teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘ Eis aí a tua mãe’ ”. (João 19-26,27)
“Apareceu em seguida um grande sinal no céu, uma Mulher revestida de sol, a lua
debaixo de seus pés, e na cabeça uma coroa de doze estrelas”. (Apocalipse12,1)
Muitas vezes ao lermos as Sagradas Escrituras, nos esquecemos de que Jesus Cristo também é
Deus, e que as suas ações, todas elas, por mais simples que fossem, são e serão sempre
extraordinárias, não devemos esquecer que Jesus Cristo é o Filho de Deus, ocriador do calor,
frio, etc. e se permitiu sentir calor, frio etc., submisso aos sentidos e ao mesmo tempo Senhor
deles.
Quem é essa Mulher capaz de adiantar a hora de um Deus? “Minha hora ainda não
chegou”. (João 2,3-4)
Quem é esta Mulher de extrema confiança em Deus, que confia na autoridade de mãe
dada por Ele?“Disse então a sua Mãe aos discípulos: Fazei o que Ele vos disser”. (João 2,5)
Quem é essa Mulher, ao qual um Deus se submete e realiza o seu primeiro milagre
público? “Jesus ordena-lhes: Enchei as talhas de água (...) o chefe dos serventes aprovou da
água tornada em vinho”. (João 2, 7-9)
Não precisamos meditar nenhuma outra passagem bíblica para entendermos as
maravilhas que Deus realizou nesta Mulher, e o seu lugar no plano da salvação. Mas, aquele
coração que se sentir movido a perscrutar a sabedoria escondida por Deus aos soberbos
saibaque além das profecias escritas sobre Jesus e esta Mulher, existem muitas alusões,
prefigurações que são representações de Maria Santíssima no antigo testamento: Cântico dos
cânticos, Salmos, Sabedoria, Ester, Gênesis e muitos outros.
Não podemos amar quem não conhecemos.É tempo de conhecermos Maria
Santíssima!
Quantas e quantas vezes lemos nas Sagradas Escrituras sobre as montanhas, monte
Tabor, monte das Oliveiras, monte Sinai, monte Calvário e outros. São Luiz G. Maria de
Montfort, vem nos falar com ousadia e autoridade em uma das suas mais belas preces: “...
Qual é Senhor Deus da verdade, essa montanha misteriosa de que nos dizeis tantas
maravilhas, senãoMaria, vossa diletíssima Esposa, cuja base pusestes sobre o cimo das mais
altas montanhas”?...
“Quem és tu oh Imaculada”! (São Maximiliano Maria Kolbe)
Esta Mulher a quem Deus Filho foi submisso durante toda sua vida terrestre, por amor
filial, não o seria ontem, hoje e sempre?
A mulher que conhece o amor de mãe, sabe que nenhuma outra pessoa no planeta
amará a Jesus mais do que esta Mulher.
A Santa Missa é o Monte Calvário vamos com Maria Santíssima!
“Mulher, eis aí teu filho”. (João 19,26). Jesus poderia ter dito estas palavras, antes do
sofrimento e não do alto da Cruz. Acaso Jesus sendo Deus, não saberia onde, quando e como
iria morrer?
“Eis que subimos a Jerusalém e o Filho do Homem, será entregue aos príncipes dos
sacerdotes e escribas. Eles o condenarão a morte.” (Mateus 20,18)
Então, esta entrega de sua mãe émais sublime e significante do que parece, pois o apóstolo
João representa toda a humanidade.
Que mulher é esta?
“Junto a Cruz de Jesus estava de pé a sua mãe.” (João 19,23)Que mãe é esta? O
evangelista João escreve algo marcante e extraordinário detalhe que não pode passar
despercebido: “de pé”
Uma mãe que acompanha de pé, as últimas humilhantes e sofridas horas de seuFilho
exposto numa cruz. Esta mesma Mulher que já disse o seu sim a todos os propósitos de Deus,
agora espera o seu SIM: “ Eis aí a tua mãe”. (João 19-27)
“A mãe de Cristo, que está ao centro deste mistério se dá como mãe de cada individuo
e de toda a humanidade”. (Beato João Paulo II)
“Foi por meio de Maria Santíssima que Jesus veio ao mundo, e é por meio d’Ela que
Ele deve reinar no mundo”. (São Luiz Maria G. de Montfort)
A 13 de maio de 1917, em Fátima Portugal, Nossa Senhora vem nos fazer uma série
de pedidos que podemos entender como sendo urgentes, pois Ela mesma nos diz: “Vão muitas
almas para o inferno, porque não tem ninguém que reze e se sacrifique por elas.” (Maria
Santíssima, Fátima Portugal)Elapediu-nos:
1- Fazer penitência pela conversão dos pecadores (pode-se oferecer as suas obrigações diárias
como sacrifício);
2- Rezar o terço todos os dias (Lembra-se que foi a quase 100 anos atrás, hoje muitos padres
marianos pedem que se reze o rosário).
3- Ela nos ensinou a valorizar:
a) A divina Eucaristia;
b)O sacramento da confissão;
c)A devoção do seu imaculado coração;
d) Autoridade do papado;
e) A existência do céu, inferno e purgatório.
Vemos claramente que nossa mãe querida não veio trazer novidade, mas acentuar as
necessidades de assumirmos com autenticidade a nossa fé católica, apostólica e romana.Esta
mesma fé que professamos na oração do CREDO, que nos é passado de geração em geração
pela Santa Igreja.
Quem nunca ouviu a frase: Devemos olhar para aquilo que nos une e não para aquilo
que nos separa. Misericórdia! Esta frase é tão românticaquanto diabólica. O que nossa mãe,
Maria Santíssima veio valorizar é justamente aquilo que nos separa. Se não valorizarmos
cairemos em terríveis pecados como a negação dos dogmas ensinados pela Santa Igreja.
Em 1918 o ilustre cardeal Mercier da Bélgica afirmou que a primeira guerra mundial
era um castigo pelo crime que os homens cometeram ao colocar a única e verdadeira religião
católica, ao mesmo nível dos falsos credos. Disse o cardeal Mercier: “Em nome dos
Evangelhos e a luz das Encíclicas dos últimos quatro papas, Gregório XVI, Pio IX, Leão
XIII e Pio X, eu não hesito em afirmar que este indiferentismo religioso que põe ao mesmo
nível a religião de origem divina e as religiões inventadas pelo homem, de modo a inclui-las
todas no mesmo ceticismo (sistema filosófico segundo ao qual o homem não pode atingir a
verdade absoluta), é a blasfêmia que atrai castigos sobre a sociedade, muito mais que os
pecados dos indivíduos e das famílias”. (Disse o então cardeal Mercier em 1918 na Revista
uma visão do mundo baseado em Fátima - Por: Jhon Vennari)
A beata Ana Catarina Ememerinch (1774- 1824) freira alemã, fazia duras penitencias.
Estigmatizada teve a seguinte visão de nossos dias: “Viu o Vaticano rodeado por um fosso e
do outro lado do fosso estavam os descrentes. No centro de Roma no Vaticano, encontravam-
se os católicos. Estes atiravam para este fosso profundo os seus altares, as suas imagens e as
suas relíquias, quase tudo, até o fosso ficar cheio, os membros das outras religiões puderam
realmente atravessa-lo. Atravessaram-no, olharam para dentro do Vaticano e viram como os
católicos, pouco tinham para lhe oferecer, abanaram a cabeça, voltara as costas e foram”.
Qualquer semelhança entre essa visão e os tempos que vivemos não é mera coincidência.
Altares →Por uma errônea, interpretação do Concilio Vaticano II, por maior parte
das pessoas que nem se quer leram os seus documentos, houve depois do mesmo, mudanças
um tanto radicais em abandonar muitos ritos e fórmulas. Muitos altares de mármore foram
trocados por outros menos dignos. E muitas outras enormes mudanças que sem um estudo
minucioso das cartas encíclicas e dos papas Leão XIII, Pio IX, Gregório XVI e Pio X seria
de difícil compreensão.
Nota: Documentos no site oficial do vaticano
www.vatican.va (clique em ASanta Sé)
Imagens → Como a queda de um dominó levando outro consigo, assim algumas
pessoas vão espalhando erros sobre o Concilio Vaticano II. Apesar da advertência dos papas
citados,no qual recomendo a leitura, depois do tão falado “Espirito do concilio” e
infelizmente tão creditadoe divulgado sem que ofosse estudadode fato. Padre Paulo Ricardo
nos explica o quanto o concilio é bom, mas infelizmente muitos entraram num movimento de
palavras “vazias” que acarretou em muitos erros juntamente com a dessacralização do
sagrado. Em muitas igrejas hoje em dia, as imagens não existem mais como antes, e não se
veem mais quadros da via-sacra (Detalhe: Ao meditar a via-sacra em todos os quadros em
uma capela, se ganha uma indulgência plenária).
Relíquias→Nem precisa falar, imaginem que antigamente as Igrejas tinham pelo
menos uma relíquia ou objeto de algum santo, e hojeessetesouro de indulgências parciaisfoi
abandonado.
Vejam o que acontece depois na visão da beata: os católicos desprezam e pisam no
sagrado para atrair (aproximar) os membros. E esses membros abanaram a cabeça, pois não
viam nada que lhes atraíssem, infelizmente voltaram. Quem não conhece hoje em dia alguém
que tentou voltar para santa Igreja, que felizmente voltaram ou infelizmente se afastaram por
completo?
E mais, a beata Ana Catarina Ememerich (1774- 1824) viu o santo padre o Papa
rodeado de falsos amigos.
E hoje em que o sentimentalismo “esta na moda” devemos ficar atentos.
O problema do sentimentalismo→ Afetação do sentimento, ou da sensibilidade;
exagero dos sentidos e dos afetos ternos.Para entendermos melhor, vamos trilhar este caminho
e identificar as raízes que pode gerar em nós tal carência e tendência ao sentimentalismo, para
fazermos um exame de consciência e através do autoconhecimento descobrir o quanto somos
tendenciosos e curar nossa carência com o auxilio da graça de Deus por meio da Santíssima
Virgem, Rainha dos Anjos e terror dos demônios.
Ouvimos e vemos, não poucas vezes que somos uma geração fraca, de decisão fraca,
vontade fraca e muito carentes. Más de onde vem toda essa carência? Vem do primeiro berço
de formação de bons cidadãos. A família. Igreja doméstica. É só perguntar a um grupo de
pessoas: Quem mora com o pai e a mãe? Quem o pai e a mãe são legitimamente casados?
Quem o pai e a mãe são casamento de primeira união? Quem teve o abraço do pai e da mãe
somente no natal; ano novo; ou aniversário? Quem foi criado pelos avos; tios; amigos;
orfanatos? Quem foi criado por babas; domésticas, tendo os pais em casa? Quem o pai e a
mãe trabalhava de mais?
Então se abrem aos nossos olhos vários níveis de carências afetivas, diretas ou indiretamente
ligadas, que se a pessoa não identifica e combate ela pode cair em varias “válvulas de escape”
para estas carências que é: sensualismo; drogas; vícios; etc... E posteriormente a depressão.
Mas de uma forma não menos perigosa; silenciosa e muitas vezes nem o próprio individuo
percebe, no sentimentalismo. Falando sobre a santa escravidão de amor a Jesus por Maria, Pe.
Júlio Maria nos diz:
“Assim considerada, a Santa Escravidão é um verdadeiro exercício de perfeição, e, como diz
São Luís Maria Grignion de Montfort, uma Verdadeira Devoção.
Os sentimentalistas nada compreenderão da exposição deste segredo. Para eles tudo será
e ficará um segredo.
Só quem puser as mãos á obra e procurar assimilar o espírito desta devoção e reduzi-lo à
prática terá a felicidade de descobrir o segredo, de aproveitá-lo para a sua santificação.”
(O segredo da verdadeira devoção para com a Santíssima Virgem – Segundo São Luís Maria
G. de Montfort – Pe. Júlio Maria de Lombarde)Isso é muito grave! Acho que ninguém
gostaria de ser considerado sentimentalista, muito menos que suas carências fiquem
estampadas no seu modo de ser, por tanto, nos examinemos e lutemos contra estas tendências
sentimentalistas que nos foi apresentada no ataque as nossas famílias (um dos motivos).
Para termos uma fé sólida e podermos ajudar os nossos pastores em especial o nossa Papa.
Como nos curar e preencher o vazio deixado por tantos traumas? “Se ele fere também cuida
da ferida” (antífona do Salmo 59(60)) então devemos Confessar; Comungar; Adorar e rezar o
Santo Rosário para preencher com Deus um espaço que é de Deus.
Devemos nos unir aos sofrimentos do Santo Padre, da Santa Igreja e da Santíssima Mãe de
Deus sempre Virgem. Como? Nossa Mãe já nos disse, e repito:
.Confessando-se periodicamente,(ao menos 1 vez no mês)
.Mantendo-se em estado de graça.
.Comungando em reparação do Sagrado Coração Jesus e Maria.
.Rezando no mínimo o terço todos os dias ( tudo com Maria).
E para melhor ser fiel a Santa Igreja, convém a nós, nos tempos em que vivemos
criar associações obedientes ao Santo Padre, e que lute pelos direitos e deveres dos
cristãos. Está no Código de Direito Canônico:
“Os fiéis tem o direito de fundar e dirigir livremente associações para fins de caridade
e piedade, ou para favorecer a vocaçãocristã no mundo, e de se reunir para consecução
comum dessas finalidades”. (Código de direito canônico cân. 215)
Tais associações auxiliam os fieis a cumprirem melhor os seus direitos e deveres.
“Todos os fiéis, tem o direito e o dever de trabalhar, a fim de que o anúncio divino da
salvação chegue sempre a todos os homens, de todos os tempos e de todo o mundo”. (Código
de direito canônico cân. 211)
Quando virá o completo triunfo do coração do Imaculado Coração de Nossa Mãe,
Maria Santíssima Sempre Virgem grande Mãe de Deus?Não sei. Mas saibam todos, que nossa
Mãe querida, já está triunfando, mas ainda não é conhecida e amada o bastante. Ela irá
preparar-nos como soldados e conduzir-nos para o último derramamento de sangue que
forrará a terra inteira como um grande tapete vermelho para vinda gloriosa de Nosso Senhor e
Salvador Jesus Cristo.
“Mulher eis aí o teu Filho”. (João 19-26)
Sim!
“Filhos eis aí a tua Mãe”. (João 19-27)
Que todas as almas digam Sim!
“Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20).
Meu filho quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. (Maria
Santíssima, Fátima 1917).
Por todas estas suplicas de nossa Mãe querida, tanto em Fátima como em todo o
mundo, e nos tempos em que vivemos é urgente este pedido:
- CONSAGRA-TE A SANTÍSSIMA VIRGEM! Segundo o método São Luiz Maria G. de
Montforf, em seu livro“O Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria”, no
primeiro parágrafo São Luiz afirma:
“Foi pela Santíssima Virgem que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por Ela
que deve reinar no mundo”. (Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, pág.
nº1)
“Maria é Mãe de todos os membros do Salvador, porque ela, pela sua caridade,
cooperou no nascimento dos fiéis, na Igreja. Maria é o modelo vivo de Deus, porque foi só
Nela que um Deus-Homem se formou, de verdade, sem perder qualquer traço de sua
divindade; e porque só Nela é que o homem pode verdadeiramente e de uma maneira viva,
forma-se em Deus, na medida em que a natureza humana disto é capaz, pela graça de Jesus
Cristo”. (Santo Agostinho extraído do Manual da Legião de Manual)
Legião de Maria! Que nome bem escolhido! (Papa Pio XI)
Frank Duff nasceu na Irlanda, 7 de junho de 1889, foi membro da Sociedade São
Vicente de Paulo. Leu o tratado da Verdadeira devoção a Santíssima Virgem, mais de 20
vezes e em 7 de setembro de 1921 as Vésperas da Natividade de Nossa Sra., fundou
juntamente com o Padre Michel Toher e um grupo de senhoras o primeiroPraesidiumda
Legião de Maria com o título de Nossa Senhora da Misericórdia.
A Legião de Maria é sem sombras de duvidas uma das melhores formas do escravo
de Maria, exercer os seus deveres e direitos batismais, sendo leigo.
“A Legião de Maria apresenta a verdadeira face da Igreja Católica”. (João XXIII.
Papa)
Quando o legionário tomar consciência de quem ele é nas mãos de Maria Santíssima,
o Brasil e o mundo calar-se-ão diante desses leões: “...Um batalhão de leões destemidos entre
tantas lebres tímidas. (...) A coragem do Leão por sua santa cólera e por seu ardente e
prudente zelo contra os demônios e filhos da Babilônia; (...) Um exército em boa ordem de
batalha e bem disciplinado, para de concreto atacar os inimigos de Deus que já tocaram a
rebate”... (prece de São Luiz Maria G. de Montfort)
Em suas cartas o papa Leão XIII, vem nos falando claramente quem são esses
inimigos de Deus, que já tocaram arrebate filhos de Babilônia, eles rastejam na história como
serpentes e atacam como ladrões a Igreja de Deus.
E são os escravos da Santíssima Virgem Maria que irão esmagar com a força dessa
soberana Rainha todas as heresias e seitas.
“A Legião de Maria é uma Associação de Católicos que, com a aprovação da Igreja
(...) tem como fim a glória de Deus, por meio da Santificaçãodos seus membros, pela
oração e cooperação ativa (...) na obra de Maria e da Igreja: O esmagamento da cabeça da
serpente e a extensão do Reino de Cristo”. (Manual da Legião de Maria cap. 2). Portanto, se
você já for escravo e na sua cidade não tiver um Praesidium da Legião de Maria, adquira um
manualleigio mariae, ecom a ajuda do seu pároco,funde um praesidium, mas não se esqueça
da advertência contida do próprio manual: “... se não estais dispostos a por em prática o
sistema como vem escrito nestas paginas, por favor, não fundeis a Legião. Leia
cuidadosamente a este respeito no capítulo 20”... (Manual da Legião de Maria – nota
preliminar).
Papa João Paulo II à Legião de Maria: “As minhas boas vindas são dirigidas a cada
um de vós (...). Os meus predecessores, a começar por Pio XI, dirigiram palavras de
reconhecimento a Legião de Maria (...) ‘Sois um movimento de leigos que vos propondes
fazer da fé a aspiração da vossa vida, para conseguirdes a santidade pessoal. (...) Mas hoje a
Igreja através do concílio, chama todos os cristãos leigos a este ideal, (Lúmen Gentium, 10 e
38) (...) A vossa vocação própria, como leigos a serdes um Povo de Deus (...). O mesmo
Concilio Vaticano II exorta todos os leigosa aceitarem com pronta generosidade o
chamamento a uma mais íntima união com o Senhor (...). A Vossa espiritualidade é
eminentemente Mariana, não só porque a Legião se gloria do nome de Maria como sua
bandeira desfraldada, mas acima de tudo, porque baseia a sua espiritualidade e apostolado no
princípio dinâmico da união com Maria, na verdade da íntima participação de Maria no plano
da salvação. (...) A vossa legião faz parte dos movimentos que sentem
pessoalmentecomprometidos a propagar-se ou fazernascer a fé, (...) É nesta perspectividade
de fé e de amor que vos concedo, de todo o coração a Benção Apostólica.” (Papa João Paulo
II, 30 de outubro de 1982, tratado do manual da Legião de Maria)
A Legião de Maria tem muitas outras Glórias, indulgências, bênçãos Papais, Cartas
Papais que se fosse enumerá-las e descreve-las daria um belo livro. Mas reescrevi aqui
algumas, apenas para reanimar, reacender, de dar um breve entendimento ao legionário que
sua missão égrande e árdua, mas também cheias de glórias.
No Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, São Luiz vem nos falar
que:49 – A salvação do mundo começou por Maria, e é por ela que se deve consumar. (...) 50
– Deus quer, portanto, revelar e manifestar Maria, a obra prima de suas mãos, nesses
derradeiros tempos (...) Maria deve brilhar mais do que nunca em misericórdia, força e
graça nestes últimos tempos.
Em misericórdia, para reconduzir e receber amorosamente os pecadores e
extraviados, que se converterãoe regressarão para a Igreja Católica.
Em força, para se opor aos inimigos de Deus, idólatras, cismáticos, maometanos,
judeus e ímpios endurecidos que se revoltarão terrivelmente, para seduzir e fazer cair
por meio de promessas e ameaças, todos os que lhe forem contrários.
Em graça, para animar e suster os valorosos soldados e fiéis servos de Jesus Cristo,
que combaterão pelos seus interesses.
Enfim, Maria deve ser terrível para o demônio e seus algozes, como um exército
disposto em linha de batalha. (CT 6, 3-9), principalmente nestes últimos tempos. A razão
disso é que o “demônio intensifica todos os dias seus esforços, visto que pouco tempo lhe
resta” (Apocalipse 12,12), e muito mais do que nunca, para perder as almas. Suscitará em
breve cruéis perseguições, e armará terríveis emboscadas aos servos fieis e verdadeiros filhos
de Maria, pois lhes são preciso mais esforços para vencer estes, do que os outros.
51 – Estas últimas e cruéis perseguições do demônio aumentarão dia-a-dia, até vir o reino do
anticristo. É principalmente a estas que se deve aplicar a primeira e célebrepredição e
maldição de Deus proferida no Paraíso Terrestre, contra a serpente. Vem a proposito explica-
la aqui, para a glória da Santíssima Virgem, salvação dos seus filhos e confusão dos
demônios: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela;
Ela te esmagará a cabeça, e tu armarás ciladas ao seu calcanhar”. (Genêsis 3, 15)
Tratado da Verdadeira devoção a Santíssima Virgem.
Por isso nestes últimos tempos, é a própria mãe de Deus e nossa que irá intensificar
em força e virtude os seus servos, seja leigos consagrados, movimentos marianos,
comunidades marianas, associações marianas e todos aqueles que levam o santíssimo nome de
Jesus e Maria no coração. Estamos à beira de grandes tempestades, dentro e fora da Santa
Igreja e o nosso coração é uma pequena barca a navegar com grande barca mãe, a quem
estiver próximo da Eucaristia e Maria Santíssima não irá se afundar mesmo que tudo pareça
contrario, pois os inimigos da Igreja não nos atacarão.
“Eu endurecerei o coração do faraó e ele vos perseguirá. Eu serei glorificado as
custas do faraó e todo o seu exército, e os egípcios saberão que Eu sou o Senhor”.
(Êxodo 14, 4).
Tendo em vista os tempos em que vivemos, o mundo a beira de grandes guerras e a
Igreja sofrendo grandes perseguições; convém buscarmos devoções “urgentes” através da:
Consagração Total a Santíssima Virgem (Tratado da Verdadeira devoção a
SantíssimaVirgem Maria de São Luiz) dever;
Rezar o Santo Rosário diariamente (dever do cristão);
As 15 orações e as 7 orações de Santa Brígida;
Recitação diária das 03 Aves Marias (ao acordar e ao dormir).
Todo o dia ao se levantar e antes de dormir reza-se:
1ª Ave Maria: Maria minha Mãe, livrai-me de morrer em pecado mortal, pelo poder
que Vos concedeu o Eterno Pai.
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as
mulheres e bendito é o fruto do teu ventre Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai
por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém
2ª Ave Maria: Pela sabedoria que vos concedeu o filho.
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as
mulheres e bendito é o fruto do teu ventre Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai
por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém
3ªAve Maria: Pelo amor que vos concedeu o Espírito Santos.
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as
mulheres e bendito é o fruto do teu ventre Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai
por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém
Consagração a São Miguel Arcanjo (devocionário de São Miguel).
Devoção a São José e consagração (devocionário de São José).
As sete dores de Nossa Senhora (devocionário de Nossa Senhora).
Mensagem da mãe de Deus que vem da Hungria.
Jesus Misericordioso e Sagrados Coração de Jesus e Maria.
Parecem muitas, mas não são, são apenas algumas das melhores, é bom entendermos
que a consagração total e o rosário diário não são mais uma necessidade e sim uma
condição para se viver bem o cristianismo autêntico uma obrigação e um dever.
As 15 e as 7 orações da santa Brígida, nosso Senhor promete conceder graças
suficientes para a salvação de toda família,as 15 orações tem de ser recitadas todos os dias
durante 1 ano, e as 7 orações todas os dias durante 12 anos.
As devoções acima citadas são encontradas em devocionários nas livrarias católicas.
A mensagem da Mãe de Deus que vem da Hungria:
Em 1950 a Hungria sofre tempestades internas, o comunismo persegue a Igreja
fortemente desfazendo ordens religiosas obrigando religiosos a viverem como leigos e
perseguindo os católicos com extrema dureza. Em meio a estas perseguições Nossas Senhora
faz 5 promessas a quem quiseram consagrar-se a ela. Lembro que é uma consagração de
emergência em que nos oferecemos como cordeiros de Cristo esperando toda sorte de
sofrimentos pela salvação das almas, um compromisso que pode ser feito por qualquer devoto
da Santíssima Virgem. As promessas são:
1º - O vosso nome será escrito no coração ardente do amor de Jesus e no meu coração
Imaculado.
2º - Com a vossa doação, unida aos méritos de Jesus, evitareis a muitas almas a condenação
eterna. Os méritos de vossa oferta se difundirão sobre as almas até o fim do mundo.
3º - Nenhum membro da vossa família (pai, mãe e filhos) será condenado, mesmo que as
aparências externas fizessem temer isso, por que antes que a sua alma se separe do corpo, ele
obterá no profundo coração a graça da reconciliação.
4º - No dia da oferta viva de vossa vida, serão libertados do purgatório todas as almas de
vossos familiares (tio, avó, primo ou prima, etc.)
5º - Na hora de vossa morte vos assistirei a acompanharei diante da Santíssima
Trindadepara que tenhais o lugar preparado para vós e sejais eternamente bem aventurados!
Mas entendam bem! É uma séria oferta de amor!Estejam convictos que não faltaram
sofrimentos, mas em todos sereis felizes na conformidade com a vontade de Deus.
Consagração (de preferência pós-comunhão)
A oferta de amor
Em nome do Pai... / Pai nosso... / Ave Maria.... / Glória ao Pai....
Meu Jesus na presença da Santíssima Trindade, de Maria nossa mãe Celeste, unidos ao
mérito do Teu preciosíssimo Sangue e do Sacrifício da Cruz, segundo as intenções de teu
Sacratíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, eu te ofereço, por todo o
tempo que viverei, por toda a minha vida, todas as minhas boas obras, os meus
sacrifícios e os meus sofrimentos em adoração á Santíssima Trindade e em espirito de
reparação, pela unidade da Santa Igreja, pelo Santo Padre, pelos nossos sacerdotes, para
obter vocações santas e por todas as almas até o fim do mundo.
Meu Jesus acolha esta oferta de minha vida e conceda-me a graça de permanecer fiel até
a morte. Amém! Em nome do Pai... (Pequeno devocionário)–Bom renovar mensalmente.
Jesus Misericordioso, também uma grande devoção que encontramos facilmente nas
livrarias católicas:Nas primeiras sextas-feiras e nos primeiros sábados de cada mês
confessar e comungar em reparação aos Sagrados corações de Jesus e de Maria.
As pessoas escolhem muitas vezes a devoção que mais gostam, ou fazem cada uma
dependendo do tempo na Igreja, mas lembro e exorto que nenhuma devoção, nenhuma!
Exclui o Santo Rosário:
Palavras da própria mãe de Jesus o Deus feito homem a cerca do rosário:
“Recebe, meu filho, este Santo Rosário, qual arma invencível, com o qual abaterás
todos os inimigos do meu povo”.(Tolosa, França – Santíssima Virgem Maria São Domingos,
1204)
“Que todos os dias, rezem o terço com a devoção para obter a paz no
mundo”.(Santíssima Virgem aos videntes em Fátima, 1917).
Palavras dos santos padres Papas:
“O Rosário é uma chuva constante de benção sobre o povo cristão”. (Urbano IV, Papa)
“O Rosário é açoite do demônio.” (Adriano VI, Papa)
“O Rosário é a salvação dos cristãos”. ( Clemente VIII, Papa)
“Pelo Rosário foram dissipadas as trevas da heresia, e a luz da fé católica brilhou com
todo esplendor”. (São Pio V, Papa)
“Pelo Rosário alcançou-se a proteção de Maria e aplacou-se a ira de Deus”. (Gregório
XII, Papa)
“O Rosário é a devoção mais eficaz para recuperar a graça” (Conseguir a contrição).
(Gregório XIV, Papa)
“O Rosário é a súmula dos mistérios de Religião, o compendio do Evangelho e a
oração mais profícua para aumentar no coração dos fies a devoção a Maria Santíssima. (...) Se
são Domingos conseguiu no seu tempo, vitória contra os inimigos da Igreja, também, nós a
conseguiremos, valendo-nos das mesmas armas”. (Pio IV, Papa)
“Diga a todos que eu amo o Rosário e o Papa Reza todos os dias o Rosário”. ( Pio XI
ao superior dos Dominicanos)
“Necessitamos tantos do auxilio divino como na idade em que o grande São Domingos
levantou o estandarte do Rosário de Maria contra os males de sua época”. (Leão XIII, Papa)
Palavras dos Santos:
“O Rosário é a devoção mais divina de todos os que têm o Cristianismo”. (São Carlos
Borromeu)
“Coragem meu irmão. Fixemos os olhos na terra, o espírito no céu e o Rosário na
mão”. (São Luiz do Contalício)
“Diremos que o Rosário da Santíssima Mãe de Deus é a verdadeira via láctea, pois
todos os santos que a Igreja, pela canonização colocou no céu, e nos mandou venerar neste
primeiro século, todos, sem excluir nenhum foram devotos do Rosário”. (Padre Vieira)
Promessas do Rosário
A Santíssima Virgem a São Domingos e ao bem aventurado Alamo em favor de quem reza:
1º- A devoção ao Rosário é grande sinal de predestinação;
2º- Quem recita piedosamente o Rosário e perseverar nesta devoção será atendido em suas
orações;
3º- Os que propagarem o Rosário serão atendidos por mim em todos os seus males.
4º- Persevere no meu Rosário e lhe valerei em suas necessidades e as de todas as almas que
me servirem por esta prática de piedade;
5º- Aquele que reza piedosamente o Rosário, meditando os mistérios, converter-se-á se for
pecador;
6º- Os que rezam o meu Rosário acharão, durante a vida e na morte, conforto e luz;
7º- Aquele que se recomenda a mim pelo Rosário, não perecerá;
8º- Aos que rezam o meu Rosário prometo minha proteçãoespecial;
9º- Prega o Rosário (diz ao Bem aventurado Alano), é a arma poderosa contra o inferno e um
escudo infalível contra as setas do inimigo;
10º-Quem reza devotamente o Rosário crescerá em graça, se for justo otornar-se-á digno de
vida;
11º- Prometo manancial de graças aos devotos do meu Rosário;
12 º- Quero que os que contam meus louvores pelo Rosário tenham luz, liberdade e plenitude
de graças;
13º- Os verdadeiros devotos do meu Rosário não morrerão sem os sacramentos e não
perderão o sentido nem a palavra antes de ter confessado;
14º- Sou, de modo especial, a Mãe dos filhos do Rosário, queestão no Purgatório: todos os
dias liberto algum;
15º- Os verdadeirosfilhos do meu Rosário gozarão grande glória no céu.
Indulgências a cerca do Rosário: (Obs.: Algumas)
1º -Pela recitação do terço05 anos de indulgencia parcialcada vez que rezar, e se for em
comunidade ou em família: 10 anos de indulgencia parcial uma vez ao dia.
2º - Se o terço for rezado diante do Santíssimo Sacramento, exposto ou não, lucra-se
indulgencia plenária cada vez (com as condições explicadas anteriormente).
Nota:
Pelo uso do terço ou rosário bento com as indulgências do Rosário feitas por um sacerdote
dominicano ou autorizado além das indulgências mencionadas o fiel recebe:
a) a)Indulgencia de 100 dias em cada Pai-Nosso e em cada Ave-Maria recitada,
b) b)Aos que rezarem o terço todos os dias ganha-se indulgencia plenária uma vez por ano, no
dia de sua escolha,
c) c)500 dias em cada Pai-Nosso e em cada Ave-Maria se o terço ou Rosário tiver sido bento
com as indulgencias de um padre da ordem Cruzios (do manual do Rosário).
(As maravilhas do Santo Rosário tirados do Livro o tesouro do Santo Rosário por Frei
Cristóvão Priolli)
Nota:
Uso contagem antiga de dias meses e anos para termos uma idéia do quanto a oração é
rica e enriquecida. Lembrando que para o santo Rosário a própria Virgem Santíssima
enriqueceu pessoalmente muitas vezes a vários santos diferentes!
Quantas maravilhas obtemosatravés do Rosário!
Rezem! Pois este pode ser o último apelo de Nossa Senhora, para salvar a tua alma. Note que
Jesus Cristo é o coração do Rosário.
Como rezar o Santo Rosário?
Com o terço na mão, reza-se:
1º-Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo.
2º-Oferecimento: Oferece-se o terço em honra de algum Santo, a Jesus; Maria; José, Deus
Pai, Santíssima Trindade.... Pede-se uma graça. É sempre bom pedir: Dai-me Senhor por meio
de Maria Santíssima as graças necessárias para a minha salvação e para a salvação das almas
que me foram confiadas.
3º- Segurando o crucifixo do terço, reza-se o Credo:
CREDO:Creio em Deus Pai Todo Poderoso, Criador do céu e da terra e em Jesus Cristo seu
Único Filho nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espirito Santo, nascido da
Virgem Maria, foi crucificado, morto e sepultado desceu a mansão dos mortos, ressuscitou ao
terceiro dia subiu aos céus, está sentado a direita de Deus Pai Todo Poderoso, donde há de vir
julgar os vivos e os mortos, creio no Espirito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão
dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne na vida eterna. Amém.
4ª – Na primeira conta grande reza-se o Pai Nosso:
PAI-NOSSO: Pai Nosso que estais no céu, santificado seja o vosso nome, vem a nós o Vosso
Reino, seja feita a Vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai
hoje, perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não
nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal, amém.
5º -Em cada uma das três contas pequenas reza-se uma Ave-Maria sendo:
PrimeiraAve-Maria: Em honra a Deus Pai e a virgindade de Maria Santíssima antes do
Parto.
AVE MARIA:Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita Sóis Vós entre as
mulheres e bendito é o fruto do Vosso ventre: Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai por nós
pecadores, agora e na hora de nossa morte, amém.
Segunda Ave-Maria: Em honra a Deus Filho e a virgindade de Maria Santíssima durante o
parto. Ave-Maria cheia de graça...
Terceira Ave-Maria: Em honra a Deus Filho e a virgindade de Maria Santíssima depois do
parto.
6º- Na conta grande segue rezando Gloria, ô Meu Bom Jesus e uma Jaculatória:
GLÓRIA: Glória ao Pai, ao Filho e ao Espirito Santo, como era no princípio agora e sempre.
Amém.
Ô MEU JESUS:Ô meu Bom Jesus, perdoai-nos e livrai-nos do fogo do inferno, levai as
almas todas para o céu e socorrei principalmente aquelas que mais precisarem. Ó Maria
Concebida sem pecado. Rogai por nós que recorremos a Vós.
JACULATÓRIA: Jesus, Maria e José eu vos amo. Salvai as almas e alimentai a minha fé.
7º - Ainda na conta grande: Contempla o mistério, reza-se um Pai –Nosso.
8º - Nas contas pequenas reza-se 10 Aves- Marias.
9º - No final das Aves-Marias reza-se: Gloria ao Pai... Ô Meu bom Jesus... Jaculatória.....
e Segue para a próxima dezena e contempla o próximo mistério.
Mistérios do Santo Rosário
Mistérios Gozosos (segundas e sábados)
1 Mistério contemplamos a Anunciação do Arcanjo Gabriel a Santíssima Virgem.
2 Mistério contemplamos a visita da Santíssima Mãe de Deus a sua prima Santa Isabel.
3 Mistério contemplamos o Nascimento do Menino Jesus em Belém.
4 Mistério contemplamos a apresentação do Menino Jesus no Templo.
5 Mistério contemplamos a perda e encontro do Menino Jesus no Templo aos 12 anos de
idade, conversando com os doutores da Lei.
Mistérios Luminosos (quintas-feiras)
1Mistério contemplamos o batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo.
2Mistério contemplamos o primeiro milagre de Nosso Senhor Jesus Cristo de forma pública,
realizado pela intercessão de Maria Santíssima.
3 Mistério Contemplamos Jesus pregando o Evangelho e convidado a conversão.
4 Mistério contemplamos a transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo.
5 Mistério contemplamos a instituição da Santíssima Eucaristia e do Sacerdócio cristão.
Mistérios Dolorosos (terças e sextas feiras)
1 Mistério contemplamos a agonia mortal de Jesus no horto.
2 Mistério contemplamos a flagelação de Nosso Senhor Jesus Cristo
3 Mistério Contemplamos a coroção de espinhos de Nosso Senhor Jesus Cristo.
4 Mistério contemplamos a subida dolorosa de Jesus no monte Calvário.
5 Mistério contemplamos a morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Mistérios Gloriosos (quartas-feiras e domingos)
1 Mistério contemplamos a ressurreição gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo
2 Mistério contemplamos a Ascenção de Nosso Senhor ao céu.
3 Mistério Contemplamos o Envio do Espírito Santo sobre Maria Santíssima e os apóstolos.
4 Mistério contemplamos a assunção de Maria Santíssima ao céu.
5 Mistério contemplamos a coroação de Maria Santíssima como Rainha do céu e da terra.
10º- Ao fim de cada Rosário ou terço, reza-se a Salve Rainha:
SALVE RAINHA: Salve Rainha Mãe de Misericórdia, vida doçura e esperança nossa salve,
a Vós brandamos degradados filhos de Eva, a Vós suspirando, gemendo e chorando neste vale
de lágrimas, seja pois, advogada nossa esses olhos misericordiosos a nós volveis, e depois
deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito é o fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedoso, ó
doce sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus. R Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Amém!
Atenção!
Outra maravilhosa devoção é a do Escapulário de Nossa Senhora do Carmo. Mas, fiquem
atentos, pois para ser válida a promessa de Nossa Senhora, o escapulário precisa ser de pano,
e o padre tem que fazer a imposição (que será feita uma vez na vida). A oração de imposição
é própria, e a pessoa fica de joelhos, o padre faz a oração e põe o escapulário.
Depois se perder ou rasgar é só colocar outro bento.
É o tempo de Maria Santíssima ser conhecida! E lembrem-se que a falta de
conhecimento, a ignorância, nunca irá salvar um católico negligente. E hoje, mais do que
nunca temos acesso à informação. Por isso informo abaixo os endereços eletrônicosde sites
católicos, para aumentarem o vosso conhecimento, pois a nossa batalha aqui na terra
também é intelectual. Fiquem atentos!
Sites recomentados:
www.padrepauloricardo → Fé católica
www.alexandriacarolica.com→ Baixar livros, principalmente os antigos que não é encontrado
mais em livrarias.
Livros que todo o fiel católico deve ter em casa:
- Bíblia Sagrada (Preferência a Ave-Maria);
- Catecismo (o completo) versão típica;
- Tratado da verdadeira devoção a Santíssima Virgem (de São Luiz MariaGrigmon de
Montfort);
- O segredo do Rosário Virgem (de São Luiz MariaGrigmon de Montfort);
- O segredo da Verdadeira Devoção (Padre Júlio Maria);
- Glórias de Maria (Santo Afonso Maria de Ligório) versão completa com os exemplos;
- Vida espiritual explicada à contemplada (Adolph Tanquerei)
- A vida espiritual explicada e comentada (Pe. José Alamano)
- Vida, paixão e glorificação do Cordeiro (Beata Catherine Emeric)
- Glória Polo (Testemunho de Glória Polo)
- O banquete do Cordeiro (testemunho de conversão de um ex pastor protestante)
- Compêndio do Vaticano II (Frei Frederico Vier O.F.M)
É muito importante também que os nossos filhos cresçam lendo a vida dos santos e
assistindo filmes para fomentar neles o desejo de santidade.
Por exemplo, a vida de santo Agostinho, são Padre Pio, Santa Catarina de Sena, São
Vicente Ferrier, São Domingos, Santo Afonso Maria de Ligório, São Luiz MariaGrigmon de
Montfort, Santa Madre Tereza, Santa Filomena,Os Santos Anjos, São Thomas de Aquino,
Santo Antônio, São Francisco, São Maximiliano, Santa Gemma, entre outros. Se você já leu,
ótimo, se não leu leia!
http://www.salvemaliturgia.com/2011/02/o-rito-da-imposicao-do-escapulario.html
Peça para o seu pároco e invista sua família com o sagrado escapulário de Maria
Santíssima.
Monte em sua paróquiauma biblioteca comunitária, com compras e empréstimos de
livros, onde o livro que você leu , fique disponível para outra pessoa ler, ou entre você e sua
família.
É Importante também ler sobre as aparições de Nossa Querida Mãe Maria Santíssima,
aprovadas pela Santa Igreja, ler sobre os conselhos práticos de ir para o céu sem precisar
passar pelo purgatório.
Poucos católicos sabem que, em certas ocasiões urgentes, como por exemplo, em
perigo de morte o batismo pode e deve ser ministrado por qualquer pessoa. Irei transcrever o
porquê:
Batismo em perigo de morte
Sendo o batismo o sacramento mais necessário para a salvação do homem, deve-se batizar a
criança em casa sempre quando ela estiver muito fraquinha ou em perigo de morte; pode ser
feito também imediatamente na hora do parto, quando nascer forado tempo ou mesmo parecer
morta, sem perder tempo e sem precisar chamar os padrinhos.
Neste caso, qualquer pessoa de ambos os sexos pode e deve ser batizado. Para batizar
toma-se uma caneca ou um copo com água (que não precisa estar benta), derrama-se a água
sobre a cabeça da criancinha, de maneira que corra sobre a cabeça e o rosto da criança e
dizendo a seguinte frase:Eu te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Se a
criança sobreviver deve ser levada à Igreja, para o padre completar os ritos do batismo.
Nota
Se um adulto pagão (não batizado) adoecer gravemente e não houver tempo para chamar um
sacerdote, ele deverá ser batizado. Neste caso é preciso ensinar-lhe brevemente os seguintes
pontos da nossa fé:1º Há um só Deus; 2º Em Deus há três pessoas: Pai, Filho e Espirito Santo;
3ºDeus Filho, Jesus cristo, se fez homem e morreu na cruz para a nossa salvação; 4º Deus
recompensa os bons no céu e castiga os maus no inferno. Antes do batismo ainda se reza o ato
de contrição. (Tirado do Manual “Cecília” por fiel Romano Koepe OFM, pág. 284 – 4)
Outra ocasião
Como assistir aos moribundos e batismo emperigo de morte
Sempre que alguém estiver gravemente doente, deve-se chamar o sacerdote, para que
o doente possa receber o perdão dos seus pecados e o grande conforto dos santos: os
sacramentos da Eucaristia e da Unção dos Enfermos. Caso não seja possível obter um
sacerdote, ou se houver perigo de morte, antes da chegada do padre, devemos nós mesmos,
prepara-lo para que possa apresentar-se diante de Deus com a consciência limpa de seus
pecados, devemos convidá-lo a acompanhar o Ato de Contrição, que rezaremos devagar e em
voz clara.
O Ato de Contrição é a oração mais necessária ao agonizante, porque na falta de
confissão, é o único meio para que se alcançar o perdão dos pecados mortais, que fecham o
céu. Se o doente já não puder falar, acompanhará em pensamento o Ato de Contrição.
É uma obra de caridade rezar estas orações também com os agonizantes que, tendo se
confessado e comungado não puderam ter, na última agonia, um sacerdote ao lado.
Um exemplo de perdão de pecado mortal em emergência pela contrição e intercessão da
Virgem Maria:
Lê-se na vida de Sóror Catarina de S. Agostinho que havia, no lugar em que morava
esta serva de Deus, uma mulher chamada Maria. A infeliz levara uma vida de pecados durante
mocidade. E já envelhecida de tal forma se obstinara na sua perversidade, que fora expulsa
pelos habitantes da cidade, e obrigada a viver numa gruta abandonada. Aí morreu finalmente,
sem os sacramentos e sem a assistência de ninguém.Sepultaram-na no campo como um bruto
qualquer. Sóror Catarina costumava recomendar a Deus com grande devoção as almas de
todos os falecidos. Mas, ao saber terrível morte da pobre velha, não cuidou de rezar por ela,
pensando como todos os outros, que já tivesse condenada. Eis que, passado quatro anos, em
certo dia se apresentou diante uma alma do purgatório, que lhe dizia: Sóror Catarina, que
triste sorte é a minha! Tu encomendas a Deus as almas de todos os que morrem e só da minha
alma não tens tido compaixão? ─ Mas quem és tú? Disse a serva de Deus. ─Eu sou,
respondeu ela, ─ aquela pobre Maria, que morreu na gruta. ─ E como se salvaste? ─ replicou
sóror Catarina. ─Sim, eu me salvei por misericórdia da Virgem Maria. ─ E como? ─ Quando
me vi próxima à morte estando juntamente tão cheia de pecados e desamparada por todos, me
voltei para a Mãe de Deus e lhe disse: Senhora, vós sóis o refúgio dos desamparados. Aqui
estou neste estado abandonada por todos. Vós sois a minha única esperança, só vós me podeis
valer; tende piedade de mim. Então a Santíssima Virgem obteve-me a graça de eu poder fazer
um Ato de Contrição; depois morri e fui salva. Além disso, a minha Rainha alcançou-me a
graça de ser abreviada a minha pena por sofrimentos mais intensos, porém menos demorados.
Só necessito de algumas missas para me livrar mais depressa do purgatório. Rogo-te que as
faças celebrar. Em troca prometo-te pedir sempre a Deus e à Santíssima Virgem por ti.
Sóror Catarina logo fez celebrar as missas. Depois de poucos dias lhe tornou a
aparecer aquela alma mais resplandecente do que o sol e lhe disse: Agora vou para o paraíso
cantar as misericórdias do Senhor e rogar por ti. (Extraído do livro Glórias de Maria de Santo
Afonso de Ligório)
Ato de Contrição
Meu Jesus, crucificado por minha culpa, estou muito arrependido de ter cometido
pecado, pois ofendi a Vós que Sois tão bom, e mereci ser castigado neste mundo e no
outro. Mas, perdoai-me Senhor. Não quero mais pecar. Amém(Tratado do Manual de
Santa Cecília por Frei Romano Koupe OFM, pág.284)
Vê que maravilha seria se todo católico soubesse disso e andasse sempre com uma
cópia desta oração, no bolso para que em qualquer emergência com risco de morte fosse
recitada.
Que maravilha é o batismo!
“O batismo planta na nossa alma a semente de mostarda e esta semente têm que ser
cultivada, para que ela cresça assim como a Igreja e com a Igreja”. (Pe. Frederic)
“Um sábio diz: dentro de nós temos dois cães um bom e um ruim, Qual deles vai
vencer dentro de você? Aquele que você alimentar mais”. (Completas pe. Fredric)
Digamos que o cão bom é a semente de mostarda e o cão ruim são as nossas
inclinações ao mal. Qual cão estamos alimentando? Na hora da nossa morte qual cão vencerá?
Podemos concluir que no mundo em que vivemos devemos rezar o Santo Rosário
diariamente como pede nossa Santa Mãe, e ir a Santa missa todos os domingos, poisos
mandamentos da Santa Igreja e os pedidos de Nossa Senhora são nossas principais receitas
para alimentar em nós o feroz guerreiro e combatente na fé.
Batismo, a primeira roupa do cristão a circuncisão do coração.
Pe. Luiz Virtuoso explica: “Completados que foram os oito dias para ser circuncisado,
o menino foi-lhe posto o nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser
concebido no seio materno.” (Lucas 2, 21). Aqui Jesus é circuncisado no 8º dia cumprindo o
preceito judaico.
“Não é verdadeiro o judeu o que o é exteriormente, nem verdadeira circuncisão a que
aparece exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é interiormente, a verdadeira
circuncisão é a do coração, segundo o espirito da lei, e não segundo a letra. Tal judeu recebe
o louvor não dos homens, e sim de Deus.” (Romanos 2, 3)
E como se dá esta circuncisão do coração?
“Nele também fostes circuncidados com circuncisão não feita por mão do homem,
mas com a circuncisão de Cristo que consiste no despojamento do nosso ser carnal.
Sepultados com Ele no batismo,com Ele também ressuscitaste com vossa fé no poder de
Deus, que ressuscitou dos mortos”. (Colossenses 2,11-12)“Negar o batismo a uma criança é
uma crueldade”!completa padre Luiz Virtuoso.
Quando estudamos a santa Igreja percebemos o que leva pessoas a darem a vida por
Ela, pois Ela é o Corpo Místico de Cristo e nela contém a verdade de uma forma clara e
absoluta, e a Verdade é Jesus Cristo Nosso Senhor e Salvador.
Assim, entendemos o motivo por qual uma criança no México chamado José Sanchez,
mesmos depois de torturado e ter arrancada as plantas dos seus pés e obrigadoa caminhar até
o local onde seria morto, ainda disse, para loucura dos revolucionistas: Viva Cristo Rei! O
mesmo pequeno José que escrevera antes para a sua mãe dizendo: ─ Mãe nunca foi tão fácil ir
para o céu.
Um herói de fé! Um mártir!
Um filme muito bom que relata a história que não aprendemos nas aulas de
história.Relata o verdadeiro papel da Igreja em situações extremas. O nome do filme é
Cristiada que se encontra no site: http://www.4shared.com/zip/5U4OWDvW/Cristiada.html
É para aqueles se perguntam! Nossa o cristão pode usar armas para defender a sua fé?
O nosso catecismo responde: “A resistência à opressão do poder político não recorrerá
legitimamente as armas, salvo se ocorrerem conjuntamente as seguintes condições: 1) em caso
de violação de certas graves e prolongadas dos direitos fundamentais; 2) depois de ter
esgotado todos os outros recursos; 3) sem provocar desordens piores; 4) que haja uma
esperança fundada no êxito; 5) se for impossível prover razoavelmente soluções melhores”.
(Catecismo da Igreja Católica, parágrafo 224) E também nos parágrafos 2308 e 2309.
E o pequeno José com certeza teve em sua mãe uma excelente catequista, pois ele soube a
hora certa de lutar e a hora certa de se entregar ao martírio. “O martírio é o supremo
testamento prestado à verdade da fé; designa um testemunho que vai até a morte. O mártir dá
testemunho de Cristo, morto e ressuscitado, ao qual está unido pela caridade. Dá testemunho
da verdade da fé da doutrina cristã. Enfrenta a morte num ato de fortaleza. Deixe-me ser
comido pelas feras, é por elas que é me concedido chegar até Deus,” diz Santo Inácio de
Antioquia:
Com maior cuidado,a Igreja recolhe as lembranças daqueles que foram até o fim, para
testemunhar a fé. São as “Atas dos Mártires” (Acta Martyrum) que constituem os arquivos da
verdade escritos com letras de sangue:
“De nada me servirão os encantos do mundo e dos reinos deste século. Melhor para
mim é morrer para me unir a Cristo Jesus do que reinar até as extremidades da terra. É a Ele,
que morreu por nós, que eu procuro; é a Ele que ressuscitou por nós, que eu quero.
Aproxima-se o momento em que eu serei gerado...¹ Eu vos bendigo por me terdes julgado
digno dessa hora, digno de ser contado no número de vossos mártires...Guardastes vossa
promessa, Deus da fidelidade e da verdade. Por essa graça e por todas as coisas, eu vos louvo,
vos bendigo e vos glorifico pelo eterno e celeste sumo sacerdote, Jesus Cristo, vosso filho
bem amado. Por Ele, que está convosco e com o Espirito, vos seja dada glória agora e por
todos os séculos. Amém ²”
¹ Santo Inácio de Antioquia
² São Policarpo(Catecismo da Igreja Católica, parágrafo 2472)
Como adquirir esta fortaleza? Como sermos fieis até a morte? São Luiz nos explica
como sermos fiéis ao nosso batismo até a morte, por isso recomendo a todos que adquiram o
“Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem” pois, só Maria Santíssima pode nos
conduzir fieis aos compromissos, que assumimos no batismo. Só por meio de uma verdadeira
devoção a Maria Santíssima, conseguiremos ser fiéis até a morte pois quem não conseguir ser
mártir nas pequenas coisas como conseguirá ser nos grandes sofrimentos que estão por vim a
Santa Igreja de Deus?
Adquira o Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria, e prepara-se
para a vinda gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo!
Viva Cristo Rei! Salve Maria!
Para pedir o livro do Tratado e o kit Consagra-te ligue para:
Minas Gerais (34) 3262- 0769
Goiás (62) 3316-5841
São Paulo (11) 4523-3384
Recife (81) 8864-0075
Salvador (71) 7114-0140
Paulo Afonso (71) 9234-4682
Ou em uma livraria católica mais próxima.
“Serão nuvens tonitruantes” (Marcos 3, 17; Salmo 103,7) que voarão pelos ares ao
menor sopro do Espirito Santo (...). Bradarão contra o pecado, clamarão contra o mundo,
fulminarão os demônios e o seus adeptos. (...) Serão verdadeiros apóstolos dos últimos
tempos, a quem o Senhor das virtudes dará a palavra e a força para operar maravilhas e
arrebatar gloriosos despojos do inimigo. Dormirão sem ouro e sem prata (...). Terão, no
entanto, as asas prateadas da pomba para irem com a reta intenção da glória de Deus e da
salvação das almas, aonde o Espirito Santo os chamar. Deixarão após si, nos lugares onde
tiverem pregado, “o ouro da caridade” que é o cumprimento de toda a lei”. (Romanos 13-10)
(Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem parágrafos 57 e 58)
Mais indicações
www.arcademariafraternidade.blogpost.com.br(Para conseguir o kit consagra-te na internet)
www.vatican.va (clique em Santa Sé)vaticano
www.ecclesiae.com.br (editora eclesian)
www.livrariapetrus.com.br (editora petrus)
www.youtube.com/santaigreja (fé católica)
Um filme para toda a família sobre as excelências da Santa Missa:
http://www.youtube.com/watch?v=sQr4ghNfF6E – (O Grande Milagre)
www.consagrate.com(conhecendo a consagração)
“Aonde está o seu tesouro aí está o seu coração” (Lucas 12-34)
Nossa batalha continua, também, sendo intelectual. Pois a inteligência é uma
faculdade da alma.
Vamos parar com o sentimentalismo!
Estamos em época difícil, em que temos o Deus dinheiro, o deus sentimento, o deus
afeto. Não que essas coisas não sejam boas, mas ao colocá-las no lugar do verdadeiro Deus, se
tornam diabólicas.
Madre Tereza passou por muitos anos, quase toda a sua vida em terrível noite escura,
porém sempre seguiu em frente, pois mesmo que o seu sentido não dissesse nada, em seu
intelecto ela sabia que Deus estava com ela. E ela tinha a ousadia dos santos. Quando o Papa
João Paulo II desceu do papamóvel para cumprimentá-la, ela disse ao santo padre: Santo
padre, quantas pessoas eu poderia alimentar com o dinheiro do seu papa móvel?
O santo padre não hesitou:
- Vendam o papa móvel e dê o dinheiro para madre Tereza.
Vede como se ama! De santo para santo!
Mas o que eles tinham em comum?
O que todos os santos e os que buscam a santidade têmOs sagrados nomes de Jesus e
de Maria no coração, testemunhando-Os a humanidade de forma concreta.
Em caso de morte em estado de graça:
Quer ir para o céu sem fazer uma terrível escala no purgatório:
1º) Li um livro sobre o “discernimento dos espíritos”, um sábio conselho de um
sacerdote chamado Inácio:
Bem, tão logo sintais tentados, multiplicai os atos da virtude contrária. Sois tentados pela
gula? Jejuai! Sois tentados pela cólera? Permanecei em silêncio! Pela ira? Rezai por vossos
inimigos! Pelo orgulho? Humilhai-vos! Pela sensualidade? Fazei penitência!
E santo Inácio completa o conselho com quatro contra-ataques as tentações:
a) Oração;
b) meditação;
c) Exame de consciência freqüente;
d) Um pouco de penitência.
2º) Todos, sem exceção de nenhum membro da família, deveriater pelo menos
30minutos de silêncio diário, para um gerenciamento de lembranças e sentimentos. E nos
sábados e domingos pelo menos uma hora fazendo reflexões sobre as questões: De onde
vim? Para onde vou? Quem sou? O que posso fazer para ser melhor? Quais as lembranças
guardo no coração? (Lembrando que não é possível excluir algumas lembranças, pois muitas
se tornam espinhos na carne para mortificar o nosso orgulho, e nos acompanhará por toda a
vida, sendo assim de suma importância aprender a conviver com eles e seguir em frente),
Quem eu devo perdoar? (Lembrando que o perdão liberta quem perdoa, e perdão não é
esquecimento, e sim decidir perdoar de todo o ser)
3º)Confessar frequentemente ( Não é bom dormir em estado de pecado mortal, quem
nos garantirá que iremos acordar no outro dia?)
4º) Rezar o rosário todos os dias. Sendo ao menos um terço em família.
5º)Ir a Santa Missa como nos ordena a Santa Igreja, todos os domingos e dias de festas
religiosas, como a quem vai no mesmo Calvário de Cristo a 2000 anos atrás, com Maria, em
Maria, por Mariapara Maria sempre virgem e Imaculada Mãe de Deus e nossa, que é o monte
calvário.
“Perguntaram a Pe. Pio como devemos ir a Santa Missa, ele respondeu:
Com Maria aos pés da Cruz.” (conta-nos Pe. Rodrigo Maria)
“A verdadeira alegria é fruto do sacrifício” (Pe. Joel)
6º) Estar constantemente ao dormir e ao levantar lembrando de nossa inevitável e terrível, os
novíssimos: morte, juízo, céu e inferno.
7º)Consagra-te totalmente a Maria Santíssima segundo o método de São Luiz MariaG. de
Montfort.
Salve Maria! Viva Cristo Rei!
 Mães nunca desistam de pedir pela conversão do seu filho.
Deus abençoe a todos!
Estaremos rezando por todos.
Divulguem estas palavras.
“Quem não quer ser santo faz o que quer, quem quer ser santo faz o que Deus quer”
(Pe. Rodrigo Maria)
Salve Maria!!!
Irmão José Eduardo do Preciosíssimo Sangue de Cristo
Fraternidade Arca De Maria
“ Leais são as feridas feitas pelo amigo,
mas os beijos do inimigo são enganosos.”(Provérbios 27:6)
Janeiro de 2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Culto de páscoa
Culto de páscoaCulto de páscoa
Intimidade
IntimidadeIntimidade
Espelho
EspelhoEspelho
Espelho
lucena
 
Caminhoverdadevidal164
Caminhoverdadevidal164Caminhoverdadevidal164
Caminhoverdadevidal164
Manoel Gamas
 
Batismo o que significa sua importância para você
Batismo   o que significa sua importância para vocêBatismo   o que significa sua importância para você
Batismo o que significa sua importância para você
Luiz Ferreira
 
Como Reconhecer a Voz de Deus
Como Reconhecer a Voz de DeusComo Reconhecer a Voz de Deus
Como Reconhecer a Voz de Deus
IBMemorialJC
 
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 
A Corsa Missionãria
A Corsa MissionãriaA Corsa Missionãria
A Corsa Missionãria
Jefte Hugo Viana Viana
 
Culto de senhoras 22.11.2017
Culto de senhoras 22.11.2017Culto de senhoras 22.11.2017
Culto de senhoras 22.11.2017
Icm Bela Vista
 
63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus
Jaasiel Gomes de Oliveira
 
Do fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucessoDo fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucesso
Marcos De Oliveira Leite
 
O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
E Não Haverá Mais Dor
E Não Haverá Mais DorE Não Haverá Mais Dor
E Não Haverá Mais Dor
IBMemorialJC
 
Sim, ele é o cristo lição 06
Sim, ele é o cristo  lição 06Sim, ele é o cristo  lição 06
Sim, ele é o cristo lição 06
Mariângela Domeniche Perdomo
 
No lugar errado
No lugar erradoNo lugar errado
No lugar errado
Pastor Robson Colaço
 
Sim, ele é o cristo lição 07
Sim, ele é o cristo  lição 07Sim, ele é o cristo  lição 07
Sim, ele é o cristo lição 07
Mariângela Domeniche Perdomo
 
Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
Envolvimento x Comprometimento
Envolvimento x ComprometimentoEnvolvimento x Comprometimento
Envolvimento x Comprometimento
Vagner Mello
 
A infidelidade conjugal
A infidelidade conjugalA infidelidade conjugal
A infidelidade conjugal
Vivaldo Linhares
 
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus 21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
pibararas
 

Mais procurados (20)

Culto de páscoa
Culto de páscoaCulto de páscoa
Culto de páscoa
 
Intimidade
IntimidadeIntimidade
Intimidade
 
Espelho
EspelhoEspelho
Espelho
 
Caminhoverdadevidal164
Caminhoverdadevidal164Caminhoverdadevidal164
Caminhoverdadevidal164
 
Batismo o que significa sua importância para você
Batismo   o que significa sua importância para vocêBatismo   o que significa sua importância para você
Batismo o que significa sua importância para você
 
Como Reconhecer a Voz de Deus
Como Reconhecer a Voz de DeusComo Reconhecer a Voz de Deus
Como Reconhecer a Voz de Deus
 
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
A Corsa Missionãria
A Corsa MissionãriaA Corsa Missionãria
A Corsa Missionãria
 
Culto de senhoras 22.11.2017
Culto de senhoras 22.11.2017Culto de senhoras 22.11.2017
Culto de senhoras 22.11.2017
 
63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus
 
Do fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucessoDo fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucesso
 
O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.
 
E Não Haverá Mais Dor
E Não Haverá Mais DorE Não Haverá Mais Dor
E Não Haverá Mais Dor
 
Sim, ele é o cristo lição 06
Sim, ele é o cristo  lição 06Sim, ele é o cristo  lição 06
Sim, ele é o cristo lição 06
 
No lugar errado
No lugar erradoNo lugar errado
No lugar errado
 
Sim, ele é o cristo lição 07
Sim, ele é o cristo  lição 07Sim, ele é o cristo  lição 07
Sim, ele é o cristo lição 07
 
Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Envolvimento x Comprometimento
Envolvimento x ComprometimentoEnvolvimento x Comprometimento
Envolvimento x Comprometimento
 
A infidelidade conjugal
A infidelidade conjugalA infidelidade conjugal
A infidelidade conjugal
 
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus 21/09 - Em busca de intimidade com Deus
21/09 - Em busca de intimidade com Deus
 

Destaque

Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!
DanielD15
 
Uma carta para os jovens
Uma carta para os jovensUma carta para os jovens
Uma carta para os jovens
Fabiana de Cássia Batista Palácios
 
Carta formal uv power
Carta formal uv powerCarta formal uv power
Carta formal uv power
nicolas-proyectos
 
Manual de realização do encontro com DEUS
Manual de realização do encontro com DEUSManual de realização do encontro com DEUS
Manual de realização do encontro com DEUS
Evangelista Duarte
 
Uma Carta Para Ti
Uma Carta Para TiUma Carta Para Ti
Uma Carta Para Ti
JNR
 
Tu e a confissão
Tu e a confissãoTu e a confissão
Tu e a confissão
Servo33
 
A cultura pornográfica e a banalização da sexualidade
A cultura pornográfica e a banalização da sexualidadeA cultura pornográfica e a banalização da sexualidade
A cultura pornográfica e a banalização da sexualidade
Servo33
 
La trampa rota (armadilha moderna)
La trampa rota (armadilha moderna)La trampa rota (armadilha moderna)
La trampa rota (armadilha moderna)
Servo33
 
Familia Santo Papa Joao Paulo ll
Familia   Santo Papa Joao Paulo llFamilia   Santo Papa Joao Paulo ll
Familia Santo Papa Joao Paulo ll
Servo33
 
Seqüestrando o cérebro — como funciona a pornografia
Seqüestrando o cérebro — como funciona a pornografiaSeqüestrando o cérebro — como funciona a pornografia
Seqüestrando o cérebro — como funciona a pornografia
Servo33
 
A pandemia pornográfica estamos inundados de pornografia
A pandemia pornográfica estamos inundados de pornografiaA pandemia pornográfica estamos inundados de pornografia
A pandemia pornográfica estamos inundados de pornografia
Servo33
 
Carta 7
Carta 7Carta 7
Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...
Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...
Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...
Helma Aguiar
 
Mensagens reveladas na palavra de deus 2
Mensagens reveladas na palavra de deus 2Mensagens reveladas na palavra de deus 2
Mensagens reveladas na palavra de deus 2
Elvys Marinho
 
• Santo ambrósio profecia sobre o fim dos
•  Santo ambrósio profecia sobre o fim dos•  Santo ambrósio profecia sobre o fim dos
• Santo ambrósio profecia sobre o fim dos
Servo33
 
Os custos sociais da pornografia
Os custos sociais da pornografiaOs custos sociais da pornografia
Os custos sociais da pornografia
Servo33
 
Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja
Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja
Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja
Servo33
 
Carta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-CrentesCarta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-Crentes
Cristian Carvalho
 
Pequena historia da igreja
Pequena historia da igrejaPequena historia da igreja
Pequena historia da igreja
Servo33
 
7387773 manual-de-realizacao-do-encontro
7387773 manual-de-realizacao-do-encontro7387773 manual-de-realizacao-do-encontro
7387773 manual-de-realizacao-do-encontro
João Paulo Gomes Rodrigues
 

Destaque (20)

Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!
 
Uma carta para os jovens
Uma carta para os jovensUma carta para os jovens
Uma carta para os jovens
 
Carta formal uv power
Carta formal uv powerCarta formal uv power
Carta formal uv power
 
Manual de realização do encontro com DEUS
Manual de realização do encontro com DEUSManual de realização do encontro com DEUS
Manual de realização do encontro com DEUS
 
Uma Carta Para Ti
Uma Carta Para TiUma Carta Para Ti
Uma Carta Para Ti
 
Tu e a confissão
Tu e a confissãoTu e a confissão
Tu e a confissão
 
A cultura pornográfica e a banalização da sexualidade
A cultura pornográfica e a banalização da sexualidadeA cultura pornográfica e a banalização da sexualidade
A cultura pornográfica e a banalização da sexualidade
 
La trampa rota (armadilha moderna)
La trampa rota (armadilha moderna)La trampa rota (armadilha moderna)
La trampa rota (armadilha moderna)
 
Familia Santo Papa Joao Paulo ll
Familia   Santo Papa Joao Paulo llFamilia   Santo Papa Joao Paulo ll
Familia Santo Papa Joao Paulo ll
 
Seqüestrando o cérebro — como funciona a pornografia
Seqüestrando o cérebro — como funciona a pornografiaSeqüestrando o cérebro — como funciona a pornografia
Seqüestrando o cérebro — como funciona a pornografia
 
A pandemia pornográfica estamos inundados de pornografia
A pandemia pornográfica estamos inundados de pornografiaA pandemia pornográfica estamos inundados de pornografia
A pandemia pornográfica estamos inundados de pornografia
 
Carta 7
Carta 7Carta 7
Carta 7
 
Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...
Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...
Carta apostolica-mulieris-dignitatem-sobre-a-dignidade-e-a-vocaçao-da-mulher-...
 
Mensagens reveladas na palavra de deus 2
Mensagens reveladas na palavra de deus 2Mensagens reveladas na palavra de deus 2
Mensagens reveladas na palavra de deus 2
 
• Santo ambrósio profecia sobre o fim dos
•  Santo ambrósio profecia sobre o fim dos•  Santo ambrósio profecia sobre o fim dos
• Santo ambrósio profecia sobre o fim dos
 
Os custos sociais da pornografia
Os custos sociais da pornografiaOs custos sociais da pornografia
Os custos sociais da pornografia
 
Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja
Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja
Os dez mandamentos de Deus e os cinco Preceitos da Santa Igreja
 
Carta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-CrentesCarta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-Crentes
 
Pequena historia da igreja
Pequena historia da igrejaPequena historia da igreja
Pequena historia da igreja
 
7387773 manual-de-realizacao-do-encontro
7387773 manual-de-realizacao-do-encontro7387773 manual-de-realizacao-do-encontro
7387773 manual-de-realizacao-do-encontro
 

Semelhante a Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixes a doutrina da sua mãe.”(Provérbios 1,18). “Porque meu povo se perde por falta de conhecimento...” (Oséias 4,6).

O QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdfO QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdf
SEDUC-PA
 
A pregação do "óbvio": morte e ressurreição de Cristo
A pregação do "óbvio": morte e ressurreição de CristoA pregação do "óbvio": morte e ressurreição de Cristo
A pregação do "óbvio": morte e ressurreição de Cristo
Estação 4
 
Apostila discipulado
Apostila discipuladoApostila discipulado
Apostila discipulado
Adriana Ferreira
 
A pregação do óbvio morte e ressurreição de cristo
A pregação do óbvio   morte e ressurreição de cristoA pregação do óbvio   morte e ressurreição de cristo
A pregação do óbvio morte e ressurreição de cristo
Daniela Sipert
 
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Gerson G. Ramos
 
Apostasia
ApostasiaApostasia
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotosLivro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
aloisio de carvalho
 
Quem são os filhos de Deus nessa terra?
   Quem são os filhos de Deus nessa terra?   Quem são os filhos de Deus nessa terra?
Quem são os filhos de Deus nessa terra?
Bruno Da Montanha
 
Missões e as redes sociais
Missões e as redes sociaisMissões e as redes sociais
Missões e as redes sociais
Bruno Cesar Santos de Sousa
 
JESUS FILHO DE DEUS
JESUS FILHO DE DEUSJESUS FILHO DE DEUS
JESUS FILHO DE DEUS
ASD Remanescentes
 
Jesus o filho de deus
Jesus o filho de deusJesus o filho de deus
Jesus o filho de deus
Monteiro07
 
Estudo adicional_O Espírito Santo_332014
Estudo adicional_O Espírito Santo_332014Estudo adicional_O Espírito Santo_332014
Estudo adicional_O Espírito Santo_332014
Gerson G. Ramos
 
15 principiosespirita a luz evangelho
15 principiosespirita a luz evangelho15 principiosespirita a luz evangelho
15 principiosespirita a luz evangelho
marciot
 
EVANGELISMO.pptx
EVANGELISMO.pptxEVANGELISMO.pptx
EVANGELISMO.pptx
MateusFernandes900459
 
Intimidade com Deus
Intimidade com DeusIntimidade com Deus
Intimidade com Deus
Antonio Sampaio
 
João 17
João 17João 17
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminho
alvinosete
 
A divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaA divindade luz_biblia
A divindade luz_biblia
Luciano Armando
 
A divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaA divindade luz_biblia
A divindade luz_biblia
Jose Moraes
 
O evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola Sabatina
O evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola SabatinaO evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola Sabatina
O evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola Sabatina
Gerson G. Ramos
 

Semelhante a Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixes a doutrina da sua mãe.”(Provérbios 1,18). “Porque meu povo se perde por falta de conhecimento...” (Oséias 4,6). (20)

O QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdfO QUE É O BATISMO.pdf
O QUE É O BATISMO.pdf
 
A pregação do "óbvio": morte e ressurreição de Cristo
A pregação do "óbvio": morte e ressurreição de CristoA pregação do "óbvio": morte e ressurreição de Cristo
A pregação do "óbvio": morte e ressurreição de Cristo
 
Apostila discipulado
Apostila discipuladoApostila discipulado
Apostila discipulado
 
A pregação do óbvio morte e ressurreição de cristo
A pregação do óbvio   morte e ressurreição de cristoA pregação do óbvio   morte e ressurreição de cristo
A pregação do óbvio morte e ressurreição de cristo
 
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
Rituais e cerimônias da igreja_Resumo_Liç_942012_Esc_Sab.
 
Apostasia
ApostasiaApostasia
Apostasia
 
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotosLivro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
 
Quem são os filhos de Deus nessa terra?
   Quem são os filhos de Deus nessa terra?   Quem são os filhos de Deus nessa terra?
Quem são os filhos de Deus nessa terra?
 
Missões e as redes sociais
Missões e as redes sociaisMissões e as redes sociais
Missões e as redes sociais
 
JESUS FILHO DE DEUS
JESUS FILHO DE DEUSJESUS FILHO DE DEUS
JESUS FILHO DE DEUS
 
Jesus o filho de deus
Jesus o filho de deusJesus o filho de deus
Jesus o filho de deus
 
Estudo adicional_O Espírito Santo_332014
Estudo adicional_O Espírito Santo_332014Estudo adicional_O Espírito Santo_332014
Estudo adicional_O Espírito Santo_332014
 
15 principiosespirita a luz evangelho
15 principiosespirita a luz evangelho15 principiosespirita a luz evangelho
15 principiosespirita a luz evangelho
 
EVANGELISMO.pptx
EVANGELISMO.pptxEVANGELISMO.pptx
EVANGELISMO.pptx
 
Intimidade com Deus
Intimidade com DeusIntimidade com Deus
Intimidade com Deus
 
João 17
João 17João 17
João 17
 
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminho
 
A divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaA divindade luz_biblia
A divindade luz_biblia
 
A divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaA divindade luz_biblia
A divindade luz_biblia
 
O evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola Sabatina
O evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola SabatinaO evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola Sabatina
O evangelho chega a Tessalônica_Contexto do Trimestre_1_Lição da Escola Sabatina
 

Último

15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
Sammis Reachers
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
PIB Penha
 

Último (14)

15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
 

Carta alegria de zaqueu - Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixes a doutrina da sua mãe.”(Provérbios 1,18). “Porque meu povo se perde por falta de conhecimento...” (Oséias 4,6).

  • 1. “Tudo que é verdadeiro, por quem quer que seja dito, observa São Tomas de Aquino, vem do Espírito Santo.”(João Paulo ll Observatore Romano) Carta testamento: A alegria de Zaqueu “Filho meu, houve a instrução de teu pai e não deixes a doutrina da sua mãe.”(Provérbios 1,18). “Porque meu povo se perde por falta de conhecimento...” (Oséias 4,6). Meus irmãos, E todos aqueles que chegarem a ter contato com estas palavras. É com a graça de Deus que tenho a alegria em partilhar com todos, a paz que sinto, em sofrer por aquilo que foi passado por nossos avós e recebemos de nossos pais: O tesouro deprofessarmos“um só batismo”. (Efésios 4,5) “Eu vos batizo na água, mas eis que vem outro mais poderoso do que eu, a quem não sou digno de lhes desatar nem as sandálias; Ele vos batizaráno Espírito Santo e no fogo”. (Lucas 3,16) Não um batismo de arrependimento, pois “João tinha pregado, desde antes de sua vinda, o batismo do arrependimento a todo o povo de Israel”. (Atos dos apóstolos 13-24). Podemos nos perguntar então, mas porque Jesus foi batizado se Ele não tinha pecado? E o próprio João Batista nos responde: “Eu não o conhecia, mas se vim batizar em águaé paraque Ele se torne conhecido em Israel”. E a Palavra nos diz na declaração de João: “Vi o Espírito descer do céu em forma de uma pomba e repousar sobre Ele. Eu não o conhecia, mas Aquele que me mandou batizar em água disse-me: Sobre quem vires descer e repousar o Espírito Santo, este é quem batizará no Espírito Santo”. (Lucas 1, 31-32) Por que Jesus Cristo batizava os pagãos? Responde-nos Jesus: “Em verdade, em verdade te digo, quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no reino de Deus”. (João 3,5) “Mas Jesus aproximando-se lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, pois, e ensinai a todas as nações, batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. (Mateus 28,18). Além disso, para que não haja dúvida, mesmo aqueles que foram batizados por João Batista, tiveram de ser batizados novamente, pois naquele tempo seu batismo já era inválido, e somente valia o batismo de Jesus, ministrado por seus apóstolos e discípulos: “Recebestes o Espírito Santo quando abraçastes a fé? Responderam-lhe: Não, nem sequer ouvimos dizer que há um Espírito Santo! Então em que batismo fostes batizado? Perguntou Paulo. Disseram:No batismo de João. Paulo então replicou: João só dava um batismo de
  • 2. penitência, dizendo ao povo que cresse naquele que havia de vir depois dele, isto é Jesus. Ouvindo isso foram batizados em nome do Senhor Jesus”.( Atos dos apóstolos19, 1-5). Durante todas estas verdades é muito triste que hoje, mais de 2000 anos depois da morte e ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo, ainda se encontre em vários lugaresdo mundo, o batismo de João, batismo de arrependimento. E estes que propagam este batismo de arrependimento que São Paulo já invalidou, são os mesmos responsáveis por muitas outras sementes de divisões. “Lembrai-vos de vossos dirigentes, que vos pregaram a palavra de Deus, e considerando o fim de sua vida, imitai-lhes a fé.Jesus Cristo é o mesmo, ontem hoje e por toda eternidade. Não vos deixeis enganar por qualquer espécie de doutrina estranha”. (Hebreus 13,7-9), se estas palavras foram dirigidas àqueles cristãos que eram historicamente e realmente os primeiros católicos, que podemos a luz da verdade, perceber o que está acontecendo em nosso tempo muitas divisões, mas ai dos divisores! Divisões estas, que acontecem, para que se manifeste a Glória de Deus!“Eu endurecerei o coração do faraó e ele vos perseguirá. Eu serei glorificado as custas do Faraóe todo o seu exercito, e os egípcios saberão que Eu sou o Senhor”. (Êxodo 14,4) Sabemos que o antigo testamento é uma prefiguração do novo testamento, nesse trecho temos uma perfeita prefiguração de todos aqueles que perseguem a Igreja de Deus. Muitos egípcios reconheceram a glória de Deus e o seu senhoril junto ao povo escolhido, edeixou tudo para trás para segui-Lo, da mesma forma, em todos os tempos e sobre tudo agora nos últimos, muitos e muitos irão voltar ao colo da Santa Igreja,pois agora somos chamados não por nossa filiação, raça ou condição social, e sim pelos méritos de Cristo. Mas, não podemos esquecer de forma alguma o que o próprio Cristo nos disse: “Não julgueis que vim trazer à paz a terra. Vim trazer não a paz, mas a espada”. (Mateus 10, 34) “Os onze discípulos foram para a Galiléia, para a montanha que Jesus lhes tinha designado. Quando o viram, adoraram-no, entretanto, alguns hesitavam ainda. Mas Jesus, aproximando-se lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, pois, e ensinai a todas as nações, batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo. Ensinai-os a observar tudo o que prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo”. (Mateus 28, 16) Eis aí, filhos e filhas da Criação, a grande ordem de um Deus feitohomem. Vejam, não uma ordem pessoal que cada um pode acatar como quiser. Fica claro que é um poder passado de Deus Pai paraDeus Filho e transmitida a suaSanta Igreja pela graça de Deus Espirito Santo. E que ficou, fica e há de ficar conosco, TODOSos dias até o fim do mundo. Não é, de 496 anos para cá.
  • 3. Não é, de 165 anos para cá. Não é, de uma “Uma Novidade” para cá. E SIM TODOS OS DIAS!!! Por isso, com Cristo a sua Igreja diz: “Saulo, Saulo por que me persegues?Saulo disse: Quem és, Senhor? Respondeu Ele: Eu sou Jesus, a quem tu persegues.” (Atos dos Apóstolos 9, 4-5).Este, até então chamado Saulo, perseguia a Jesus e seus seguidores. Mas pela graça e para a glória de Deus caiu do cavalo, caíram-lhe as escamas dos olhos e recebeu o nome de Paulo.Também fora batizado e incorporado ao pequeno grupo de Cristãos. Felizes e mil vezes felizes são aqueles que dizem e dirão como Saulo: “Senhor que queres que eu faça?” (Atos dos Apóstolos 9,6). É nessa autoridade de Cristo que está àsmaravilhas do batismo, pois é através dele que: 1ª – Confere a primeira graça santificante, que apaga o pecado original, e também os pecados atuais,se existir. 2ª – Perdoa também toda pena por eles devida a Justiça Divina, dos pecados caso seja uma pessoa adulta. (Pena – Veremos a frente) 3ª – Imprime na alma o caráter cristão; (marca que não apaga) 4ª – Faz o homem filho de Deus, membro da Igreja e herdeiros do paraíso; 5ª – Torna o homem capaz de receber os outros sacramentos; Eis ai a maravilhosa riqueza do batismo que não se apagará jamais! “O mandamento missionário, enviado por Deus as nações para ser o sacramento universal da salvação, a Igreja, em virtude das exigência íntimas de sua própria catolicidade e obedecendo à ordem do Seu Fundador, esforça-se para anunciar o Evangelho a todos os homens: “ Ide, portanto , e fazei que todos os povos se tornem discípulos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo e ensinai-os a observar tudo quanto vos ordenei. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos.” (Mateus 28, 19-20) (Catecismo da Igreja Católica = CDI parágrafo 849) Sobre o batismo das crianças: “Batizai também a família de Estefonas”. (1 Cor 1,16) “Foi batizado com toda a sua família”. (Atos dos apóstolos 16, 15) “Imediatamente foi batizado ele e toda a sua família”. (Atos dos apóstolos 16, 33) Ora, é claro que se trata de famílias diferentes. É complicado acreditar que nessas famílias não havia crianças menores. E,afinal, sendo o batismo um dom gratuito de Deus, não seriam as crianças as primeiras merecedoras de tal graça?“Deixai que os pequeninos venham a mim, não as impeçais.” (Marcos 10, 13-14) Felizes e muito felizes são os pais que buscam a Verdade e desejam a Verdade para os seus filhos, igualmente, os filhos que buscam e deseja a verdade para seus pais e irmãos.
  • 4. Desde Abraão, Moisés, Josué, Davi, Isaias, Ezequiel... até Jesus Cristo, são mais de 1700 anos. E Deus sempre cumpriu suas promessas, independente da fidelidade do povo, que muitas vezes mereceu somente castigos, mas, mesmo assim, nunca deixou de ser um povo escolhido e querido por Deus. Depois de Jesus Cristo, TODOS nós somos e estamos convidados a fazer parte do povo de Deus, por sua graça, graça essa que recebemos no Batismo, conforme a autoridade recebida por Jesus e transmitida de geração a geração pelos apóstolos, pela ação do Espirito Santo. “Designou doze entre eles para ficar em sua companhia. Ele os enviaria a pregar com o poder de expulsar os demônios”. (Marcos 3, 14-15). “Quem vos recebe a mim recebe, quem vos rejeita a mim rejeita, e quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou”. (Lucas 9-10) Toda autoridade que conhecemos forças armadas, governos, realeza, é passada de forma significativa, pois é um acontecimento muito importante. Seria a Igreja diferente? Mais de 2000 anos de perseguições internas e externas, aqueles que se declaram abertamente seguidores do demônio a detesta. Cabe a nós fazermos uma pergunta simples: Se Jesus Cristo não estivesse nesta Igreja, ela estaria ainda de pé?“Eis que estou convosco todos os dias até o fim do mundo”. (Mateus 28, 20). Deus jamais abandonará a sua Igreja, pois Ele é fiel e sempre cumpre suas promessas.“Não quero irmãos que ignorais este mistério para que não vos gabeis de vossa sabedoria: esta cegueira de uma parte de Israel só durará ate que haja entrado atotalidade dos pagãos. Então Israel em peso será salvo”. ( Romanos 11, 25-26) Como está no livro de Isaias: “Mas virá como redentor de Sião, e aos filhos arrependidos de Jacó. Oraculo do Senhor.” (Isaias 59,20). Em Jesus Cristo, Deus Pai ampliou a promessa a todos os povos. “O Senhor Deus fez brotar da terra, toda sorte de árvores de aspecto agradável e de frutos bons para comer; e a árvore da vida no meio do jardim e a arvore da ciência do bem e do mal”. (Genesis 2-9). A árvore da ciência do bem e do mal, já conhecemosna desobediência de Adão e Eva, usando mal a sua liberdade. Então, qual seria a árvore da vida no meio do jardim e o seu fruto? Na resposta, percebemos uma obediência. “Então Jesus disse: Em verdade, em verdade vos digo: Se não comerdes a carne do filho do homem e não beberes o seu sangue, não tereis a vida em vós mesmos. Quem comer a minha carne e beber o meu sangue tem a vida eterna (árvore da vida) e eu ressuscitarei no último dia” (João 6- 55) O corpo e o sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo estão por amor, “escondidos” e verdadeiramente presentes na Sagrada Eucaristia, que é a Hóstia depois de consagrada no Santo Sacrifício da SANTA MISSA. “Se a divina Sabedoria quis que a Eucaristia não ficasse escondida debaixo do esplendor de um diamante ou de outra pedra preciosa é porque não deseja ficar com o homem apenas exteriormente. Esconder-se sob as aparências dum pequeno pedaço de pão que é o
  • 5. alimento próprio do homem, possa penetrar dentro do seu coração e aí encontrar as suas delícias. É a invenção dum amor intenso”. (São Luiz MariaG.Montfort) “Isto é o meu corpo que será dado por vós, fazei isto em memória de mim”. (Lucas 22-19) “Se alguém me ama diz o Senhor: guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e Viremos a ele e faremos nele a Nossa morada” (João 14-23), a Sagrada Eucaristia. Portanto, Deus não abandonará esta Igreja, tão perseguida de fora para dentro e mais terrivelmente de dentro para fora. Graças a Deus, os membros fiéis da Santa Igreja estão atentos ao novo martírio moderno, martírio não sangrento, em que se ataca a moral de quem tem as máximas de Jesus Cristo isto é, a verdade no coração e o nome de sua Mãe Maria Santíssima. O clamor de São Miguel Arcanjo soará por todos os séculos: Quem como Deus! Hoje,muitos se preocupam em pedir o envio do Espirito Santo, mas poucos se preocupam em recebê-Lo o mais dignamente passível, em estado de graça com fervor, temor e tremor na Sagrada Eucaristia e em todos os sacramentos.O nosso catecismo diz: “O Pai está todo inteiro no Filho, todo inteiro no Espirito Santo, o Filho está todo inteiro no Pai, todo inteiro no Espirito Santo, o Espirito Santo todo inteiro no Pai , todo inteiro no Filho”.(Catecismo, paragrafo 255...) Eis um dos mistérios da nossa Fé. Uma antiga oração da Igreja, que é recitada após comungar Jesus Eucarístico diz:Santíssima Trindade Pai, Filho e Espirito Santo, permaneçam em meu coração através do coração imaculado de Maria até a próxima comunhão. Nosso catecismo nos fala sobre as ações do Espirito Santo em especial em Pentecostes,em que Deus age em sua Igreja de ‘forma ordinária’, muito mais do que ‘extraordinária’, sendo a forma ordinária também extraordinária:“Dessa forma, Cristo ressuscitado, ao dar o Espirito Santo aos apóstolos, confia-lhes seu poder de santificação: e eles tornaram assim sinais sacramentais de Cristo. Pelo poder do mesmo Espirito Santo, os apóstolos confiam este poder aos seus sucessores. Esta sucessão apostólica, estrutura toda a vida litúrgica da igreja; ela mesma é o sacramental, transmitida pelo sacramento da ordem”. (Catecismo parágrafo 1087). É do parágrafo nº 1084 ao nº 1134 temos uma ótima formação sobre a ação do Espirito Santo de Deus em nossa Santa Igreja. Por caridade leiam estes parágrafos. O mesmo Deus Espirito Santo que em Pentecostes foi enviado por Cristo a sua Igreja, é, ainda hoje, o santificador e consolador supremo dos cristãos, passado de forma ordinária através do Papa, bispos e padres agindo extraordinariamente nos sacramentos. Em especial no Batismo, que é a porta de entrada para receber todos os benefíciose riquezas dos méritos de Cristo. “Feito membro da Igreja o batizado não pertence maisa si mesmo, mas aquele que morreu e ressuscitou por nós. Logo é chamado a submeter-se aos outros, a servi-los na comunhão da Igreja a ser“obediente e dócil” aos chefes da Igreja e a considera-los com
  • 6. respeito e afeição. Assim como o batismo é fonte de responsabilidades e deveres, o batizado também goza de direitos da Igreja:Receber os sacramentos; Seralimentado pela palavra de Deus e ser sustentado pelos outros auxílios espirituais da Igreja.” São insondáveis e misteriosas as riquezas do Batismo: “Tornando-se filhos de Deus pela regeneração batismal, os batizados são obrigados a professar diante dos homens a fé, que pela igreja receberam de Deus e a participar da atividade apostólica missionária do povo de Deus.” (Catecismo parágrafo nº 1269 e 1270) Nota: É importante lembrar que a nossa catequese fraca não é culpa de nossos párocos, pois este problema é muito antigo.http://www.youtube.com/watch?v=L1W3VBc_O2I A Igreja e a Família vêm sendo atacadashá séculos. Um livro que relata os detalhes desta perseguição é – O anjo das trevas – de Pe. Julio Maria:http://www.4shared.com/office/pa9kpUir/O_Anjo_das_Trevas.html “O Espírito habita na Igreja e no coração dos fiéis como em um templo”. (Lumen Gentium Concilio Vaticano II) Por isso a renovação das promessas do nosso batismo é uma das urgências do nosso tempo. Renovação esta que foi elevada a perfeição por um santo, instrumento dócil nas “mãos” do Espírito Santo, chamado São Luiz G. Maria de Montfort que nos escreveu o livro chamado: Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, em 1712, que neste corrente ano de 2012, no qual vos escrevo, completa 300 anos. Uma devoção muito antiga, dos primórdios da Igreja que São Luiz nos comunica através deste tratado que eu indico a todos os cristãos. “Os homens fazemno batismo voto de renunciar ao demônio e suas obras” (São Thomas de Aquino, doutor da Igreja) “E quando satanás avança numa alma?Quando consegue que a pessoa viva tranquilamente e sem preocupação em um estado de preguiça espiritual causado pela familiaridade com o pecado venialproposital(pecados leves), causando a diminuição do espirito de oração e mortificação.E quando satanás vence uma alma?Quando consegue que a pessoa viva tranquilamente em estado de pecado mortal, e por isso pronta para a viagem ao inferno”. (Catecismo Essencial). No livro intitulado“Estratégias de satanás” escrito pelo padre Pellegrino Exnetti, ele depois de muitos anos de trabalhos e de ouvir muitas declarações feitaspelas pessoas possuídas, reuniu as cinco coisas que o inimigo mais teme. Aqui estão elas em ordem crescente: 1º - O sacramento da confissão, onde Cristo lava as nossas almas em Seu próprio sangue. (veremos mais adiante)
  • 7. 2º - O sacramento da Eucaristia, presença viva e verdadeira de Jesus em Corpo, Sangue, Alma e Divindade. A Trindade. 3º - A adoração Eucarística, onde continuamos a união com Jesus. 4º - O Santo Rosário, no qual contemplamos os mistérios de nossa fé em união com Maria Santíssima. 5º - As aparições da SantíssimaVirgem,em que Elachama-nos eensinam-nos a levar Jesus. 6º - A obediência fiel ao Vigário de Cristo, o Papa. “Eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu reino: Prega a palavra, insiste oportuna e inoportunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho em instruir. Porque vira o tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas paixões e pelo desejo de escutar novidades ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão as fábulas”. (2 Timóteo 4, 1-14) Alguma semelhança entre estes versículos e o que vivemos no mundo de hoje, não é mera coincidência, pois já tínhamos sidos advertidos por Maria Santíssima, quando ela apareceu em Fátima- Portugal: “Virá o tempo da apostasia”. Apostasia→ Deserção da fé, abandono da crença. E uma apostasia silenciosa e terrível vem crescendo como um câncer dentro da Santa Igreja de Deus. O sentimentalismo. Esta erva daninha precisa ser cortada de nossos corações. Somos sentimentais e isso não é ruim, ao passo que ser sentimentalista é extremamente nocivo para a vida espiritual, travando as pessoas em uma mórbida conformidade com seu estado, lembrando que na vida espiritual é impossível parar, ou progride ou regride. Sentimentalismo→ Afetação do sentimento, ou da sensibilidade; exagero dos sentidos e dos afetos ternos. Seria um novo vício capital!? Poderíamos parar por aqui e só pelo sentido próprio da palavra purificar boa parte dos membros da nossa Igreja, desse câncer que infelizmente esta enfraquecendo a fé de muitos, formando corações cismáticos; apostatas e heréticos.São vistos por toda parte, gritam ser católicos e nunca leram um documento da Santa Igreja e do Papa tendo internet em casa, se o faz, faz apenas por obrigação e com indiferença.http://www.youtube.com/watch?v=ityIGdAOQlo (falaremos mais adiante) Cisma→quer dizer separação, divisão. Teologicamente, incorre na recusa de sujeição ao Sumo Pontífice (Papa).
  • 8. Heresia→é a negação pertinaz (teimosa), após a recepção do Batismo, de qualquer verdade que se deve crer com fé divina e católica (dogma), ou a dúvida pertinaz a respeito dessa verdade. Conheça os Dogmas: http://dogmasdefe.blogspot.com.br/p/os-dogmas-da-santa-igreja.html Quanto ao sacramento da confissão no qual recebemos o perdão dos nossos pecados, no antigo testamento era um poder exercido somente por Deus Pai, mas já no novo testamento o próprio Jesus, Deus Filho nos diz: “O Filho do homem tem poder de perdoar pecados na terra”. (Marcos 2-5) Será que esta autoridade ficaria somente com Ele? Vejamos: “Soprou sobre eles dizendo: Recebei o Espirito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados, lhes serão perdoados; aqueles a quem os retiverdeslhes serão retidos.” (João 20, 22-25) Paulo, apóstolo nos diz: “Por este motivo, eu te exorto a reavivar a chamado dom de Deus que recebestes pela imposição das minhas mãos.”. Mesmo com todas estas confirmações bíblicas sobre a confissão muitos, ainda, cheios de vaidade dizem: Eu! Confessar com um pecador igual a mim?A estes, São Francisco de Assis responde: “Se eu vesse na minha frente São Miguel Arcanjo e um padre mais pecador da face da terra, primeiro eu cumprimentaria o padre, pois o padre traz-me Jesus Cristo na Sagrada Eucaristia”. (Fontes Franciscanas) Quanto deve ser a nossa reverencia para com os nossos bispos, pois sem eles não teríamos padres. E o quanto deve ser a reverencia para com os nossos padres, pois sem eles não teríamos Jesus tão perto de nós através da Eucaristia, e dos sacramentos. Deus quis contar com o homem para a salvação do homem. “... Os discípulos alegraram-se em ver o Senhor. Disse-lhes outra vez o Senhor: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou assim também eu vos envio. Depois destas palavras soprou sobre eles dizendo-lhes: Recebei o Espirito Santo; aqueles a quem perdoardes os pecados lhes serão perdoados; aqueles a quem os retiverdes lhes serão retidos”. (João 20,20 -23)Eis o maravilhoso sacramento da confissão ou penitencia. Com essa passagem fica ainda mais claro o apostolado de Cristo e Sua autoridade, que foi transmitidaaos apóstolos pela ação do Espirito Santo, a autoridade de perdoar os pecados dos homens! Conferido aqueles que receberam de Cristo pela ação do Espirito Santo na sucessão apostólica. Hoje ministradopelos bispos e padres. É bom Lembrar que para ser válido o sacramento ministrado, o confessor (pessoa arrependida) deve acusar os seus pecados por contrição ou atrição. Contrição→ É um perfeito e sincero arrependimento de tudo aquilo que fez e ofendeu a Deus.
  • 9. Atrição→ É o medo de ir para o inferno. Ou seja, se você se confessar sem a contrição e sem acreditarna existência do demônio, a confissão é inválida. Há também aquelas pessoas que ao voltarem, e mesmo aquelas que se convertem de uma maneira concreta dentro da Santa Igreja, citam um versículo muito conhecido: “...onde abundou o pecado superabundou a graça”. (Romanos 5-20). É importante termos os pés no chão, e a cabeça no céu, pois sim, superabundou a graça, mas também superabundará a Justiça Divina. Todo o pecado gera uma pena (mancha na alma), sendo uma pena eterna para os pecados mortais e a pena temporal para os pecados veniais. Ao confessarmos nossos pecados apagamos pelo mérito do Sangue de Cristo toda a culpa e todas as penas eternas, todavia ficam apenas as temporais a serem “pagas” a Justiça Divina, em vida ou após a morte. Daí pode-se concluir que: Onde abundou o pecado superabundou à graça e também a superabundará a Justiça Divina. “Os que morrem na graça e na amizade de Deus, mas não estão completamente purificados, embora tenham garantido sua salvação eterna, passam após sua morte, por uma purificação, a fim de obter a santidade necessária para entrar na alegria do céu”. (Catecismo, paragrafo 1030) Vejamos o que alguns doutores da Igreja e santos dizem a respeito do purgatório: “Como deve ser maravilhoso o céu, pois Deus exige uma purificação tão dolorosa das almas”. (Santa Catarina de Sena – Doutora da Igreja) “O fogo que envolve é o mesmo que atormenta os condenados no inferno, e esse fogo é terrível.” (São Tomas de Aquino – Doutor da Igreja) “ Reúne todas as penas que os homens tem sofrido, sofrem e sofrerão, desde o principio do mundo até o fim dos tempos; junta todos os tormentos que os tiranos e os algozes tem feito sofrer os mártires, e se as pobres almas do purgatório fosse permitida escolha, prefeririam aqueles suplícios durante mil anos do que ficarem no purgatório mais um dia”. ( Santa Catarina Genova) Sabendo sobre a existência do purgatório, não devemos ter como projeto de vida ir para o lá e sim para o céu diretamente! Pois o purgatório não é o fim nem o meio, mas uma concessão Divina, pelas consequências de nossas faltas graças à bondade de Deus. Portanto, quem muito erra, ainda que perdoado, tem muito a pagar a Justiça Divina. E é mil vezes melhor reparar aqui nessavida do que na outra. Daí a importância dos méritos e indulgências.
  • 10. Méritos→ A retribuição devida por uma ação digna de recompensa. (Catecismo parágrafo nº2006) Todas as nossas boas obras. “... O vencedor não sofrerá dano algum na segunda morte” (Apocalipse 2, 11) “... Vi então tronos, e os seus ocupantes sentaram-se e receberam o poder de julgar...”(Apocalipse 20, 4) “Eis que venho em breve, e a minha recompensa está comigo para dar a cada um conforme as suas obras”. (Apocalipse 22, 17) “Ajuntai para vós tesouros no céu...” (Mateus 6, 20) Ora, ajuntar, se entende claramente como uma porção grande ou pequena dependendo de quem ajunta. E cada um tem o livre arbítrio de ajuntar ou não tesouros no céu, que são imperecíveis. Importante lembrar que alma em pecado mortal não recebe nem méritos nem indulgencias, por isso, devemos nos confessar sempre para não tornar improdutivas as nossas boas obras com a mancha do pecado. São três frutos meritórios, que recebemos por toda e qualquer boa ação: Mérito: → Meritório- é indivisível somente daquela alma, alimento de graça, →Impetratório- alcança graças que tenha pedido em oração, se for bom para a alma. →Satisfatório- apaga parte da pena devida pelos pecados, pode se oferecida pelas almas do purgatório, Satisfação da Justiça Divina. “Ajuntai para vós tesouros no céu.” (Mateus 6,20) Toda riqueza queajuntamos no céu podemos perder com um só pecado mortal. Só não perdemos nada quando entregamos tudo nas mãos de nossa mãe querida, Maria Santíssima, pois o demônio não pode roubar nada d’Ela. Eis um dos grandes motivos de consagrar-nos totalmente a Ela, segundo São Luiz G. Maria de Montfort. “Ajuntai para vós tesouros no céu.” (Mateus 6,20) Além destas riquezas espirituais temos ainda outro grande tesouro,as Indulgências: “As indulgências é a remissão da pena temporaldiante de Deus devidas pelos pecados já perdoados, quanto a culpa, que o fiel bem disposto obtém, em condições, determinadas, pela intervenção da Igreja que como dispensadora da redenção, distribui e aplica por sua autoridade o tesouro da satisfação isto é dos méritos de cristo e dos Santos”. (Catecismo parágrafo 1417) (Código de direito Canônico paragrafo 992) As indulgências apagam apenas as penas temporais, pois as penas eternas só se apagam com o sacramento da confissão.As indulgênciaspodem ser parciais ou plenárias.
  • 11. Indulgência parcial→ Apaga parte da pena devida. Indulgênciaplenária→Apaga toda a pena devida! “Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20). Nota:Usarei a contagem antiga de dias e anos para temos uma ideia do valor de cada obra em ralação a outra obra. “Qualquer fiel pode lucrar indulgência parciais ou plenárias para si mesmo ou aplica- los aos defuntos como sufrágio (como alivio).” (Código de direito canônico, paragrafo 994). As almas dos fiéis na Igreja Padecente isto é no purgatório, nos auxiliam no combate espiritual, intercedendo com os anjos e santos a Deus para conseguirmos um maior número de méritos, graças e aumento da glória, principalmente as almas que ajudamos. Nota: A santa Igreja Católica Apostólica Romana é: Igreja Triunfante → Todos os anjos e santos que estão na glória. Igreja Padecente → Todas as almas do purgatório. Igreja Militante → Todos nós que lutamos na terra. “Para que alguém seja capaz de lucrar indulgências deve ser batizado, não está excomungado e encontrar-se em estado de graça (não está em pecado mortal), pelo menos no fim das obras prescritas (obras que se lucram as indulgencias).” (código do direito canônico, paragrafo nº 996/1) Condições para lucrar indulgências parciais ou plenárias: 1- Intenção de adquirir as indulgências (desejar lucrar habitualmente); 2- Cumprimento das obras indulgenciadas; 3- Estar em estado de graça (Um ato de arrependimento perfeito). Estes três pontos são condições para lucrar indulgencia parcial. Já a indulgencia plenária é tão completa, que se alguém morre e conseguiu lucrá-la em vida, vai direto para o céu, mas para isso é necessário além das primeiras condições, cumprir outras quatro que se seguem: 4- Não ter nenhum apego ao pecado, mesmo venial, ou seja, não ter nenhum vício (ex.:cigarro, bebida, internet, novelas, jogos e etc.); 5- Confissão sacramental (dias antes ou depois da obra); 6- Comunhão Eucarística (no dia, dias antes ou depois da obra);
  • 12. 7- Oração segundo as intenções do Sumo Pontífice e Santo Padre o Papa (no dia da obra). É suficiente um Pai-Nosso e uma Ave- Maria a cada pratica. (Tratado do livro nº III- Os Sacramentos da Coleção Observância e Salvação, pág. 295). O cristão que coloca em prática “a salutar instituição das indulgencias: a) Vive sempre em estado de graça, isto é ‘com as malas prontas para a viagem à eternidade’; b) Torna mais rica a sua vida em obras sobrenaturais que dão glória a Deus e ajudam aos irmãos; c) Ajudam os ‘ membros da Igreja Padecente a ser mais rapidamente agregados a Igreja Triunfante’; d) Tem grande probabilidade de evitar, depois da morte, as penas do purgatório e de ingressar imediatamente na sua posse do reino dos céus ” ! (Tratado do livro nº III- Os Sacramentos da Coleção Observância e Salvação, pág. 295) †As praticas mais indulgenciadas pela Igreja são: a) Pela Eucaristia – Comunhão e Adoração; b) Pela Via sacra – Contemplação (importância dos quadros na igreja); c) Pelo Estudo bíblico (apaga pecados veniais); d) Pela reza do terço e do santo rosário (terror dos demônios); e) Pelas orações tradicionais da Igreja (Ex.: Vinde Espirito Santo...). †Obras indulgenciadas pela Igreja Algumas obras para lucrar indulgências plenárias: 1- Adoração ao Santíssimo durante pelo menos meia hora. (Obs.: Menos de meia hora a indulgência é parcial); 2- Recitação do terço em uma Igreja, oratório, em família ou numa comunidade religiosa; associação. (Obs.: Também é parcial); 3- Leitura da Sagrada, como leitura espiritual durante pelo menos meia hora. (Obs.: Também é parcial); 4- Exercício da Via Sacra, as estações legitimamente erguidas (quanta importância tem nossa Via Sacra nas Igreja); 5- Recepção piedosa da benção Urbi et orbi pelo próprio papa recebidas por meio de rádio ou tv; 6- Visita ao cemitério no dia 1º de novembro ao dia 08 e rezar mentalmente pelos defuntos.
  • 13. “Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20). Exemplos de obras para lucrar indulgências parciais: 1- Cumprir suas obrigações e suportar as dificuldades do seu estado de vida, elevar a Deus o coração com humilde confiança, acrescentando mesmo que seja mentalmente alguma invocação piedosa (jaculatória); 2- Movido por um espirito de fé, empenha com animo misericordioso sua própria pessoa, ou os seus bens no serviço dos irmãos que sofrem alguma necessidade (exemplo: Ajudar vizinhos e parentes); 3- Com o espirito de penitencia se obtêm espontaneamente de alguma coisa licita que lhe é agradável. (Exemplo: Jejum de alimentos, internet, jogos e língua); 4- Rezar o terço em qualquer dia do mês de outubro (lucra-se uma indulgencia parcial de 7 anos); 5- Rezar a oração de ‘Vinde Espirito Santo...’ durante 40 dias sem interrupção, para cada dia ganhará uma indulgencia de 7 anos e ao final uma indulgência plenária, ou seja 280 anos de indulgência parcial e mais uma plenária. “Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20). “ Em verdade vos digo: Tudo que ligares na terra, será ligado no céu, e tudo que deligares na terra, será desligado no céu’. (Mateus 18 – 18) “Portanto, só a Igreja que é o sacramento universal da salvação da humanidade” (Lumem Gentium nº 48 do Concilio Vaticano II ) Por vontade expressa do Pai e do Filho pode conceder as indulgencias: A mãe Igreja, receptáculo do “dom de Deus”, como disse Santo Irineu († 202), distribua aos seus filhos os méritos de Cristo e dos Santos. “Este é o tesouro da Igreja”. Quantas maravilhas! Aí estão também as nossas riquezas! É bom saber que é necessário apenas uma indulgência plenária para irmos direto para o céu, por isso é a mais difícil de lucrar. Através dela também podemos tirar uma alma do purgatório na hora! Almas que se lembrará de nós junto a Deus. Devemos sim, ajuntar tesouros no céu! Para não corrermos o risco de sermos roubados pelo demônio, a forma mais segura é nos consagrarmos. Consagrando assim, todos os nossos bens interiores, exteriores, passado, presente e futuro e entregando todos nas mãos de Maria Santíssima. “... Esta te esmagará a cabeça...” (Genesis 3-15)
  • 14. Uma inimizade querida pela vontade do próprio Deus: “Porei inimizade entre ti e a Mulher entre a sua descendência e a d’Ela. Esta te esmagará a cabeça e tu lhe ferirá o calcanhar”. (Genesis 3-15) “Como viesse a faltar o vinho a mãe de Jesus disse-lhes: ‘Ele já não tem vinho’. Respondeu Jesus: ‘Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou’ ”. (João 2- 3,4) “Quando Jesus viu a sua mãe e perto d’Ela o discípulo que amava, disse a sua mãe: ‘Mulher eis aí o teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘ Eis aí a tua mãe’ ”. (João 19-26,27) “Apareceu em seguida um grande sinal no céu, uma Mulher revestida de sol, a lua debaixo de seus pés, e na cabeça uma coroa de doze estrelas”. (Apocalipse12,1) Muitas vezes ao lermos as Sagradas Escrituras, nos esquecemos de que Jesus Cristo também é Deus, e que as suas ações, todas elas, por mais simples que fossem, são e serão sempre extraordinárias, não devemos esquecer que Jesus Cristo é o Filho de Deus, ocriador do calor, frio, etc. e se permitiu sentir calor, frio etc., submisso aos sentidos e ao mesmo tempo Senhor deles. Quem é essa Mulher capaz de adiantar a hora de um Deus? “Minha hora ainda não chegou”. (João 2,3-4) Quem é esta Mulher de extrema confiança em Deus, que confia na autoridade de mãe dada por Ele?“Disse então a sua Mãe aos discípulos: Fazei o que Ele vos disser”. (João 2,5) Quem é essa Mulher, ao qual um Deus se submete e realiza o seu primeiro milagre público? “Jesus ordena-lhes: Enchei as talhas de água (...) o chefe dos serventes aprovou da água tornada em vinho”. (João 2, 7-9) Não precisamos meditar nenhuma outra passagem bíblica para entendermos as maravilhas que Deus realizou nesta Mulher, e o seu lugar no plano da salvação. Mas, aquele coração que se sentir movido a perscrutar a sabedoria escondida por Deus aos soberbos saibaque além das profecias escritas sobre Jesus e esta Mulher, existem muitas alusões, prefigurações que são representações de Maria Santíssima no antigo testamento: Cântico dos cânticos, Salmos, Sabedoria, Ester, Gênesis e muitos outros. Não podemos amar quem não conhecemos.É tempo de conhecermos Maria Santíssima! Quantas e quantas vezes lemos nas Sagradas Escrituras sobre as montanhas, monte Tabor, monte das Oliveiras, monte Sinai, monte Calvário e outros. São Luiz G. Maria de Montfort, vem nos falar com ousadia e autoridade em uma das suas mais belas preces: “... Qual é Senhor Deus da verdade, essa montanha misteriosa de que nos dizeis tantas maravilhas, senãoMaria, vossa diletíssima Esposa, cuja base pusestes sobre o cimo das mais altas montanhas”?...
  • 15. “Quem és tu oh Imaculada”! (São Maximiliano Maria Kolbe) Esta Mulher a quem Deus Filho foi submisso durante toda sua vida terrestre, por amor filial, não o seria ontem, hoje e sempre? A mulher que conhece o amor de mãe, sabe que nenhuma outra pessoa no planeta amará a Jesus mais do que esta Mulher. A Santa Missa é o Monte Calvário vamos com Maria Santíssima! “Mulher, eis aí teu filho”. (João 19,26). Jesus poderia ter dito estas palavras, antes do sofrimento e não do alto da Cruz. Acaso Jesus sendo Deus, não saberia onde, quando e como iria morrer? “Eis que subimos a Jerusalém e o Filho do Homem, será entregue aos príncipes dos sacerdotes e escribas. Eles o condenarão a morte.” (Mateus 20,18) Então, esta entrega de sua mãe émais sublime e significante do que parece, pois o apóstolo João representa toda a humanidade. Que mulher é esta? “Junto a Cruz de Jesus estava de pé a sua mãe.” (João 19,23)Que mãe é esta? O evangelista João escreve algo marcante e extraordinário detalhe que não pode passar despercebido: “de pé” Uma mãe que acompanha de pé, as últimas humilhantes e sofridas horas de seuFilho exposto numa cruz. Esta mesma Mulher que já disse o seu sim a todos os propósitos de Deus, agora espera o seu SIM: “ Eis aí a tua mãe”. (João 19-27) “A mãe de Cristo, que está ao centro deste mistério se dá como mãe de cada individuo e de toda a humanidade”. (Beato João Paulo II) “Foi por meio de Maria Santíssima que Jesus veio ao mundo, e é por meio d’Ela que Ele deve reinar no mundo”. (São Luiz Maria G. de Montfort) A 13 de maio de 1917, em Fátima Portugal, Nossa Senhora vem nos fazer uma série de pedidos que podemos entender como sendo urgentes, pois Ela mesma nos diz: “Vão muitas almas para o inferno, porque não tem ninguém que reze e se sacrifique por elas.” (Maria Santíssima, Fátima Portugal)Elapediu-nos: 1- Fazer penitência pela conversão dos pecadores (pode-se oferecer as suas obrigações diárias como sacrifício); 2- Rezar o terço todos os dias (Lembra-se que foi a quase 100 anos atrás, hoje muitos padres marianos pedem que se reze o rosário). 3- Ela nos ensinou a valorizar: a) A divina Eucaristia; b)O sacramento da confissão; c)A devoção do seu imaculado coração; d) Autoridade do papado;
  • 16. e) A existência do céu, inferno e purgatório. Vemos claramente que nossa mãe querida não veio trazer novidade, mas acentuar as necessidades de assumirmos com autenticidade a nossa fé católica, apostólica e romana.Esta mesma fé que professamos na oração do CREDO, que nos é passado de geração em geração pela Santa Igreja. Quem nunca ouviu a frase: Devemos olhar para aquilo que nos une e não para aquilo que nos separa. Misericórdia! Esta frase é tão românticaquanto diabólica. O que nossa mãe, Maria Santíssima veio valorizar é justamente aquilo que nos separa. Se não valorizarmos cairemos em terríveis pecados como a negação dos dogmas ensinados pela Santa Igreja. Em 1918 o ilustre cardeal Mercier da Bélgica afirmou que a primeira guerra mundial era um castigo pelo crime que os homens cometeram ao colocar a única e verdadeira religião católica, ao mesmo nível dos falsos credos. Disse o cardeal Mercier: “Em nome dos Evangelhos e a luz das Encíclicas dos últimos quatro papas, Gregório XVI, Pio IX, Leão XIII e Pio X, eu não hesito em afirmar que este indiferentismo religioso que põe ao mesmo nível a religião de origem divina e as religiões inventadas pelo homem, de modo a inclui-las todas no mesmo ceticismo (sistema filosófico segundo ao qual o homem não pode atingir a verdade absoluta), é a blasfêmia que atrai castigos sobre a sociedade, muito mais que os pecados dos indivíduos e das famílias”. (Disse o então cardeal Mercier em 1918 na Revista uma visão do mundo baseado em Fátima - Por: Jhon Vennari) A beata Ana Catarina Ememerinch (1774- 1824) freira alemã, fazia duras penitencias. Estigmatizada teve a seguinte visão de nossos dias: “Viu o Vaticano rodeado por um fosso e do outro lado do fosso estavam os descrentes. No centro de Roma no Vaticano, encontravam- se os católicos. Estes atiravam para este fosso profundo os seus altares, as suas imagens e as suas relíquias, quase tudo, até o fosso ficar cheio, os membros das outras religiões puderam realmente atravessa-lo. Atravessaram-no, olharam para dentro do Vaticano e viram como os católicos, pouco tinham para lhe oferecer, abanaram a cabeça, voltara as costas e foram”. Qualquer semelhança entre essa visão e os tempos que vivemos não é mera coincidência. Altares →Por uma errônea, interpretação do Concilio Vaticano II, por maior parte das pessoas que nem se quer leram os seus documentos, houve depois do mesmo, mudanças um tanto radicais em abandonar muitos ritos e fórmulas. Muitos altares de mármore foram trocados por outros menos dignos. E muitas outras enormes mudanças que sem um estudo minucioso das cartas encíclicas e dos papas Leão XIII, Pio IX, Gregório XVI e Pio X seria de difícil compreensão. Nota: Documentos no site oficial do vaticano www.vatican.va (clique em ASanta Sé)
  • 17. Imagens → Como a queda de um dominó levando outro consigo, assim algumas pessoas vão espalhando erros sobre o Concilio Vaticano II. Apesar da advertência dos papas citados,no qual recomendo a leitura, depois do tão falado “Espirito do concilio” e infelizmente tão creditadoe divulgado sem que ofosse estudadode fato. Padre Paulo Ricardo nos explica o quanto o concilio é bom, mas infelizmente muitos entraram num movimento de palavras “vazias” que acarretou em muitos erros juntamente com a dessacralização do sagrado. Em muitas igrejas hoje em dia, as imagens não existem mais como antes, e não se veem mais quadros da via-sacra (Detalhe: Ao meditar a via-sacra em todos os quadros em uma capela, se ganha uma indulgência plenária). Relíquias→Nem precisa falar, imaginem que antigamente as Igrejas tinham pelo menos uma relíquia ou objeto de algum santo, e hojeessetesouro de indulgências parciaisfoi abandonado. Vejam o que acontece depois na visão da beata: os católicos desprezam e pisam no sagrado para atrair (aproximar) os membros. E esses membros abanaram a cabeça, pois não viam nada que lhes atraíssem, infelizmente voltaram. Quem não conhece hoje em dia alguém que tentou voltar para santa Igreja, que felizmente voltaram ou infelizmente se afastaram por completo? E mais, a beata Ana Catarina Ememerich (1774- 1824) viu o santo padre o Papa rodeado de falsos amigos. E hoje em que o sentimentalismo “esta na moda” devemos ficar atentos. O problema do sentimentalismo→ Afetação do sentimento, ou da sensibilidade; exagero dos sentidos e dos afetos ternos.Para entendermos melhor, vamos trilhar este caminho e identificar as raízes que pode gerar em nós tal carência e tendência ao sentimentalismo, para fazermos um exame de consciência e através do autoconhecimento descobrir o quanto somos tendenciosos e curar nossa carência com o auxilio da graça de Deus por meio da Santíssima Virgem, Rainha dos Anjos e terror dos demônios. Ouvimos e vemos, não poucas vezes que somos uma geração fraca, de decisão fraca, vontade fraca e muito carentes. Más de onde vem toda essa carência? Vem do primeiro berço de formação de bons cidadãos. A família. Igreja doméstica. É só perguntar a um grupo de pessoas: Quem mora com o pai e a mãe? Quem o pai e a mãe são legitimamente casados? Quem o pai e a mãe são casamento de primeira união? Quem teve o abraço do pai e da mãe somente no natal; ano novo; ou aniversário? Quem foi criado pelos avos; tios; amigos; orfanatos? Quem foi criado por babas; domésticas, tendo os pais em casa? Quem o pai e a mãe trabalhava de mais? Então se abrem aos nossos olhos vários níveis de carências afetivas, diretas ou indiretamente ligadas, que se a pessoa não identifica e combate ela pode cair em varias “válvulas de escape” para estas carências que é: sensualismo; drogas; vícios; etc... E posteriormente a depressão.
  • 18. Mas de uma forma não menos perigosa; silenciosa e muitas vezes nem o próprio individuo percebe, no sentimentalismo. Falando sobre a santa escravidão de amor a Jesus por Maria, Pe. Júlio Maria nos diz: “Assim considerada, a Santa Escravidão é um verdadeiro exercício de perfeição, e, como diz São Luís Maria Grignion de Montfort, uma Verdadeira Devoção. Os sentimentalistas nada compreenderão da exposição deste segredo. Para eles tudo será e ficará um segredo. Só quem puser as mãos á obra e procurar assimilar o espírito desta devoção e reduzi-lo à prática terá a felicidade de descobrir o segredo, de aproveitá-lo para a sua santificação.” (O segredo da verdadeira devoção para com a Santíssima Virgem – Segundo São Luís Maria G. de Montfort – Pe. Júlio Maria de Lombarde)Isso é muito grave! Acho que ninguém gostaria de ser considerado sentimentalista, muito menos que suas carências fiquem estampadas no seu modo de ser, por tanto, nos examinemos e lutemos contra estas tendências sentimentalistas que nos foi apresentada no ataque as nossas famílias (um dos motivos). Para termos uma fé sólida e podermos ajudar os nossos pastores em especial o nossa Papa. Como nos curar e preencher o vazio deixado por tantos traumas? “Se ele fere também cuida da ferida” (antífona do Salmo 59(60)) então devemos Confessar; Comungar; Adorar e rezar o Santo Rosário para preencher com Deus um espaço que é de Deus. Devemos nos unir aos sofrimentos do Santo Padre, da Santa Igreja e da Santíssima Mãe de Deus sempre Virgem. Como? Nossa Mãe já nos disse, e repito: .Confessando-se periodicamente,(ao menos 1 vez no mês) .Mantendo-se em estado de graça. .Comungando em reparação do Sagrado Coração Jesus e Maria. .Rezando no mínimo o terço todos os dias ( tudo com Maria). E para melhor ser fiel a Santa Igreja, convém a nós, nos tempos em que vivemos criar associações obedientes ao Santo Padre, e que lute pelos direitos e deveres dos cristãos. Está no Código de Direito Canônico: “Os fiéis tem o direito de fundar e dirigir livremente associações para fins de caridade e piedade, ou para favorecer a vocaçãocristã no mundo, e de se reunir para consecução comum dessas finalidades”. (Código de direito canônico cân. 215) Tais associações auxiliam os fieis a cumprirem melhor os seus direitos e deveres. “Todos os fiéis, tem o direito e o dever de trabalhar, a fim de que o anúncio divino da salvação chegue sempre a todos os homens, de todos os tempos e de todo o mundo”. (Código de direito canônico cân. 211) Quando virá o completo triunfo do coração do Imaculado Coração de Nossa Mãe, Maria Santíssima Sempre Virgem grande Mãe de Deus?Não sei. Mas saibam todos, que nossa Mãe querida, já está triunfando, mas ainda não é conhecida e amada o bastante. Ela irá
  • 19. preparar-nos como soldados e conduzir-nos para o último derramamento de sangue que forrará a terra inteira como um grande tapete vermelho para vinda gloriosa de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. “Mulher eis aí o teu Filho”. (João 19-26) Sim! “Filhos eis aí a tua Mãe”. (João 19-27) Que todas as almas digam Sim! “Ajuntai para vós tesouros do céu”... (Mateus 6-20). Meu filho quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. (Maria Santíssima, Fátima 1917). Por todas estas suplicas de nossa Mãe querida, tanto em Fátima como em todo o mundo, e nos tempos em que vivemos é urgente este pedido: - CONSAGRA-TE A SANTÍSSIMA VIRGEM! Segundo o método São Luiz Maria G. de Montforf, em seu livro“O Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria”, no primeiro parágrafo São Luiz afirma: “Foi pela Santíssima Virgem que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por Ela que deve reinar no mundo”. (Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, pág. nº1) “Maria é Mãe de todos os membros do Salvador, porque ela, pela sua caridade, cooperou no nascimento dos fiéis, na Igreja. Maria é o modelo vivo de Deus, porque foi só Nela que um Deus-Homem se formou, de verdade, sem perder qualquer traço de sua divindade; e porque só Nela é que o homem pode verdadeiramente e de uma maneira viva, forma-se em Deus, na medida em que a natureza humana disto é capaz, pela graça de Jesus Cristo”. (Santo Agostinho extraído do Manual da Legião de Manual) Legião de Maria! Que nome bem escolhido! (Papa Pio XI) Frank Duff nasceu na Irlanda, 7 de junho de 1889, foi membro da Sociedade São Vicente de Paulo. Leu o tratado da Verdadeira devoção a Santíssima Virgem, mais de 20 vezes e em 7 de setembro de 1921 as Vésperas da Natividade de Nossa Sra., fundou juntamente com o Padre Michel Toher e um grupo de senhoras o primeiroPraesidiumda Legião de Maria com o título de Nossa Senhora da Misericórdia. A Legião de Maria é sem sombras de duvidas uma das melhores formas do escravo de Maria, exercer os seus deveres e direitos batismais, sendo leigo. “A Legião de Maria apresenta a verdadeira face da Igreja Católica”. (João XXIII. Papa)
  • 20. Quando o legionário tomar consciência de quem ele é nas mãos de Maria Santíssima, o Brasil e o mundo calar-se-ão diante desses leões: “...Um batalhão de leões destemidos entre tantas lebres tímidas. (...) A coragem do Leão por sua santa cólera e por seu ardente e prudente zelo contra os demônios e filhos da Babilônia; (...) Um exército em boa ordem de batalha e bem disciplinado, para de concreto atacar os inimigos de Deus que já tocaram a rebate”... (prece de São Luiz Maria G. de Montfort) Em suas cartas o papa Leão XIII, vem nos falando claramente quem são esses inimigos de Deus, que já tocaram arrebate filhos de Babilônia, eles rastejam na história como serpentes e atacam como ladrões a Igreja de Deus. E são os escravos da Santíssima Virgem Maria que irão esmagar com a força dessa soberana Rainha todas as heresias e seitas. “A Legião de Maria é uma Associação de Católicos que, com a aprovação da Igreja (...) tem como fim a glória de Deus, por meio da Santificaçãodos seus membros, pela oração e cooperação ativa (...) na obra de Maria e da Igreja: O esmagamento da cabeça da serpente e a extensão do Reino de Cristo”. (Manual da Legião de Maria cap. 2). Portanto, se você já for escravo e na sua cidade não tiver um Praesidium da Legião de Maria, adquira um manualleigio mariae, ecom a ajuda do seu pároco,funde um praesidium, mas não se esqueça da advertência contida do próprio manual: “... se não estais dispostos a por em prática o sistema como vem escrito nestas paginas, por favor, não fundeis a Legião. Leia cuidadosamente a este respeito no capítulo 20”... (Manual da Legião de Maria – nota preliminar). Papa João Paulo II à Legião de Maria: “As minhas boas vindas são dirigidas a cada um de vós (...). Os meus predecessores, a começar por Pio XI, dirigiram palavras de reconhecimento a Legião de Maria (...) ‘Sois um movimento de leigos que vos propondes fazer da fé a aspiração da vossa vida, para conseguirdes a santidade pessoal. (...) Mas hoje a Igreja através do concílio, chama todos os cristãos leigos a este ideal, (Lúmen Gentium, 10 e 38) (...) A vossa vocação própria, como leigos a serdes um Povo de Deus (...). O mesmo Concilio Vaticano II exorta todos os leigosa aceitarem com pronta generosidade o chamamento a uma mais íntima união com o Senhor (...). A Vossa espiritualidade é eminentemente Mariana, não só porque a Legião se gloria do nome de Maria como sua bandeira desfraldada, mas acima de tudo, porque baseia a sua espiritualidade e apostolado no princípio dinâmico da união com Maria, na verdade da íntima participação de Maria no plano da salvação. (...) A vossa legião faz parte dos movimentos que sentem pessoalmentecomprometidos a propagar-se ou fazernascer a fé, (...) É nesta perspectividade de fé e de amor que vos concedo, de todo o coração a Benção Apostólica.” (Papa João Paulo II, 30 de outubro de 1982, tratado do manual da Legião de Maria)
  • 21. A Legião de Maria tem muitas outras Glórias, indulgências, bênçãos Papais, Cartas Papais que se fosse enumerá-las e descreve-las daria um belo livro. Mas reescrevi aqui algumas, apenas para reanimar, reacender, de dar um breve entendimento ao legionário que sua missão égrande e árdua, mas também cheias de glórias. No Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, São Luiz vem nos falar que:49 – A salvação do mundo começou por Maria, e é por ela que se deve consumar. (...) 50 – Deus quer, portanto, revelar e manifestar Maria, a obra prima de suas mãos, nesses derradeiros tempos (...) Maria deve brilhar mais do que nunca em misericórdia, força e graça nestes últimos tempos. Em misericórdia, para reconduzir e receber amorosamente os pecadores e extraviados, que se converterãoe regressarão para a Igreja Católica. Em força, para se opor aos inimigos de Deus, idólatras, cismáticos, maometanos, judeus e ímpios endurecidos que se revoltarão terrivelmente, para seduzir e fazer cair por meio de promessas e ameaças, todos os que lhe forem contrários. Em graça, para animar e suster os valorosos soldados e fiéis servos de Jesus Cristo, que combaterão pelos seus interesses. Enfim, Maria deve ser terrível para o demônio e seus algozes, como um exército disposto em linha de batalha. (CT 6, 3-9), principalmente nestes últimos tempos. A razão disso é que o “demônio intensifica todos os dias seus esforços, visto que pouco tempo lhe resta” (Apocalipse 12,12), e muito mais do que nunca, para perder as almas. Suscitará em breve cruéis perseguições, e armará terríveis emboscadas aos servos fieis e verdadeiros filhos de Maria, pois lhes são preciso mais esforços para vencer estes, do que os outros. 51 – Estas últimas e cruéis perseguições do demônio aumentarão dia-a-dia, até vir o reino do anticristo. É principalmente a estas que se deve aplicar a primeira e célebrepredição e maldição de Deus proferida no Paraíso Terrestre, contra a serpente. Vem a proposito explica- la aqui, para a glória da Santíssima Virgem, salvação dos seus filhos e confusão dos demônios: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela; Ela te esmagará a cabeça, e tu armarás ciladas ao seu calcanhar”. (Genêsis 3, 15) Tratado da Verdadeira devoção a Santíssima Virgem. Por isso nestes últimos tempos, é a própria mãe de Deus e nossa que irá intensificar em força e virtude os seus servos, seja leigos consagrados, movimentos marianos, comunidades marianas, associações marianas e todos aqueles que levam o santíssimo nome de Jesus e Maria no coração. Estamos à beira de grandes tempestades, dentro e fora da Santa Igreja e o nosso coração é uma pequena barca a navegar com grande barca mãe, a quem estiver próximo da Eucaristia e Maria Santíssima não irá se afundar mesmo que tudo pareça contrario, pois os inimigos da Igreja não nos atacarão.
  • 22. “Eu endurecerei o coração do faraó e ele vos perseguirá. Eu serei glorificado as custas do faraó e todo o seu exército, e os egípcios saberão que Eu sou o Senhor”. (Êxodo 14, 4). Tendo em vista os tempos em que vivemos, o mundo a beira de grandes guerras e a Igreja sofrendo grandes perseguições; convém buscarmos devoções “urgentes” através da: Consagração Total a Santíssima Virgem (Tratado da Verdadeira devoção a SantíssimaVirgem Maria de São Luiz) dever; Rezar o Santo Rosário diariamente (dever do cristão); As 15 orações e as 7 orações de Santa Brígida; Recitação diária das 03 Aves Marias (ao acordar e ao dormir). Todo o dia ao se levantar e antes de dormir reza-se: 1ª Ave Maria: Maria minha Mãe, livrai-me de morrer em pecado mortal, pelo poder que Vos concedeu o Eterno Pai. Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém 2ª Ave Maria: Pela sabedoria que vos concedeu o filho. Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém 3ªAve Maria: Pelo amor que vos concedeu o Espírito Santos. Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém Consagração a São Miguel Arcanjo (devocionário de São Miguel). Devoção a São José e consagração (devocionário de São José). As sete dores de Nossa Senhora (devocionário de Nossa Senhora). Mensagem da mãe de Deus que vem da Hungria. Jesus Misericordioso e Sagrados Coração de Jesus e Maria. Parecem muitas, mas não são, são apenas algumas das melhores, é bom entendermos que a consagração total e o rosário diário não são mais uma necessidade e sim uma condição para se viver bem o cristianismo autêntico uma obrigação e um dever. As 15 e as 7 orações da santa Brígida, nosso Senhor promete conceder graças suficientes para a salvação de toda família,as 15 orações tem de ser recitadas todos os dias durante 1 ano, e as 7 orações todas os dias durante 12 anos. As devoções acima citadas são encontradas em devocionários nas livrarias católicas.
  • 23. A mensagem da Mãe de Deus que vem da Hungria: Em 1950 a Hungria sofre tempestades internas, o comunismo persegue a Igreja fortemente desfazendo ordens religiosas obrigando religiosos a viverem como leigos e perseguindo os católicos com extrema dureza. Em meio a estas perseguições Nossas Senhora faz 5 promessas a quem quiseram consagrar-se a ela. Lembro que é uma consagração de emergência em que nos oferecemos como cordeiros de Cristo esperando toda sorte de sofrimentos pela salvação das almas, um compromisso que pode ser feito por qualquer devoto da Santíssima Virgem. As promessas são: 1º - O vosso nome será escrito no coração ardente do amor de Jesus e no meu coração Imaculado. 2º - Com a vossa doação, unida aos méritos de Jesus, evitareis a muitas almas a condenação eterna. Os méritos de vossa oferta se difundirão sobre as almas até o fim do mundo. 3º - Nenhum membro da vossa família (pai, mãe e filhos) será condenado, mesmo que as aparências externas fizessem temer isso, por que antes que a sua alma se separe do corpo, ele obterá no profundo coração a graça da reconciliação. 4º - No dia da oferta viva de vossa vida, serão libertados do purgatório todas as almas de vossos familiares (tio, avó, primo ou prima, etc.) 5º - Na hora de vossa morte vos assistirei a acompanharei diante da Santíssima Trindadepara que tenhais o lugar preparado para vós e sejais eternamente bem aventurados! Mas entendam bem! É uma séria oferta de amor!Estejam convictos que não faltaram sofrimentos, mas em todos sereis felizes na conformidade com a vontade de Deus. Consagração (de preferência pós-comunhão) A oferta de amor Em nome do Pai... / Pai nosso... / Ave Maria.... / Glória ao Pai.... Meu Jesus na presença da Santíssima Trindade, de Maria nossa mãe Celeste, unidos ao mérito do Teu preciosíssimo Sangue e do Sacrifício da Cruz, segundo as intenções de teu Sacratíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, eu te ofereço, por todo o tempo que viverei, por toda a minha vida, todas as minhas boas obras, os meus sacrifícios e os meus sofrimentos em adoração á Santíssima Trindade e em espirito de reparação, pela unidade da Santa Igreja, pelo Santo Padre, pelos nossos sacerdotes, para obter vocações santas e por todas as almas até o fim do mundo. Meu Jesus acolha esta oferta de minha vida e conceda-me a graça de permanecer fiel até a morte. Amém! Em nome do Pai... (Pequeno devocionário)–Bom renovar mensalmente. Jesus Misericordioso, também uma grande devoção que encontramos facilmente nas livrarias católicas:Nas primeiras sextas-feiras e nos primeiros sábados de cada mês confessar e comungar em reparação aos Sagrados corações de Jesus e de Maria.
  • 24. As pessoas escolhem muitas vezes a devoção que mais gostam, ou fazem cada uma dependendo do tempo na Igreja, mas lembro e exorto que nenhuma devoção, nenhuma! Exclui o Santo Rosário: Palavras da própria mãe de Jesus o Deus feito homem a cerca do rosário: “Recebe, meu filho, este Santo Rosário, qual arma invencível, com o qual abaterás todos os inimigos do meu povo”.(Tolosa, França – Santíssima Virgem Maria São Domingos, 1204) “Que todos os dias, rezem o terço com a devoção para obter a paz no mundo”.(Santíssima Virgem aos videntes em Fátima, 1917). Palavras dos santos padres Papas: “O Rosário é uma chuva constante de benção sobre o povo cristão”. (Urbano IV, Papa) “O Rosário é açoite do demônio.” (Adriano VI, Papa) “O Rosário é a salvação dos cristãos”. ( Clemente VIII, Papa) “Pelo Rosário foram dissipadas as trevas da heresia, e a luz da fé católica brilhou com todo esplendor”. (São Pio V, Papa) “Pelo Rosário alcançou-se a proteção de Maria e aplacou-se a ira de Deus”. (Gregório XII, Papa) “O Rosário é a devoção mais eficaz para recuperar a graça” (Conseguir a contrição). (Gregório XIV, Papa) “O Rosário é a súmula dos mistérios de Religião, o compendio do Evangelho e a oração mais profícua para aumentar no coração dos fies a devoção a Maria Santíssima. (...) Se são Domingos conseguiu no seu tempo, vitória contra os inimigos da Igreja, também, nós a conseguiremos, valendo-nos das mesmas armas”. (Pio IV, Papa) “Diga a todos que eu amo o Rosário e o Papa Reza todos os dias o Rosário”. ( Pio XI ao superior dos Dominicanos) “Necessitamos tantos do auxilio divino como na idade em que o grande São Domingos levantou o estandarte do Rosário de Maria contra os males de sua época”. (Leão XIII, Papa) Palavras dos Santos: “O Rosário é a devoção mais divina de todos os que têm o Cristianismo”. (São Carlos Borromeu) “Coragem meu irmão. Fixemos os olhos na terra, o espírito no céu e o Rosário na mão”. (São Luiz do Contalício) “Diremos que o Rosário da Santíssima Mãe de Deus é a verdadeira via láctea, pois todos os santos que a Igreja, pela canonização colocou no céu, e nos mandou venerar neste primeiro século, todos, sem excluir nenhum foram devotos do Rosário”. (Padre Vieira)
  • 25. Promessas do Rosário A Santíssima Virgem a São Domingos e ao bem aventurado Alamo em favor de quem reza: 1º- A devoção ao Rosário é grande sinal de predestinação; 2º- Quem recita piedosamente o Rosário e perseverar nesta devoção será atendido em suas orações; 3º- Os que propagarem o Rosário serão atendidos por mim em todos os seus males. 4º- Persevere no meu Rosário e lhe valerei em suas necessidades e as de todas as almas que me servirem por esta prática de piedade; 5º- Aquele que reza piedosamente o Rosário, meditando os mistérios, converter-se-á se for pecador; 6º- Os que rezam o meu Rosário acharão, durante a vida e na morte, conforto e luz; 7º- Aquele que se recomenda a mim pelo Rosário, não perecerá; 8º- Aos que rezam o meu Rosário prometo minha proteçãoespecial; 9º- Prega o Rosário (diz ao Bem aventurado Alano), é a arma poderosa contra o inferno e um escudo infalível contra as setas do inimigo; 10º-Quem reza devotamente o Rosário crescerá em graça, se for justo otornar-se-á digno de vida; 11º- Prometo manancial de graças aos devotos do meu Rosário; 12 º- Quero que os que contam meus louvores pelo Rosário tenham luz, liberdade e plenitude de graças; 13º- Os verdadeiros devotos do meu Rosário não morrerão sem os sacramentos e não perderão o sentido nem a palavra antes de ter confessado; 14º- Sou, de modo especial, a Mãe dos filhos do Rosário, queestão no Purgatório: todos os dias liberto algum; 15º- Os verdadeirosfilhos do meu Rosário gozarão grande glória no céu. Indulgências a cerca do Rosário: (Obs.: Algumas) 1º -Pela recitação do terço05 anos de indulgencia parcialcada vez que rezar, e se for em comunidade ou em família: 10 anos de indulgencia parcial uma vez ao dia. 2º - Se o terço for rezado diante do Santíssimo Sacramento, exposto ou não, lucra-se indulgencia plenária cada vez (com as condições explicadas anteriormente). Nota: Pelo uso do terço ou rosário bento com as indulgências do Rosário feitas por um sacerdote dominicano ou autorizado além das indulgências mencionadas o fiel recebe: a) a)Indulgencia de 100 dias em cada Pai-Nosso e em cada Ave-Maria recitada, b) b)Aos que rezarem o terço todos os dias ganha-se indulgencia plenária uma vez por ano, no
  • 26. dia de sua escolha, c) c)500 dias em cada Pai-Nosso e em cada Ave-Maria se o terço ou Rosário tiver sido bento com as indulgencias de um padre da ordem Cruzios (do manual do Rosário). (As maravilhas do Santo Rosário tirados do Livro o tesouro do Santo Rosário por Frei Cristóvão Priolli) Nota: Uso contagem antiga de dias meses e anos para termos uma idéia do quanto a oração é rica e enriquecida. Lembrando que para o santo Rosário a própria Virgem Santíssima enriqueceu pessoalmente muitas vezes a vários santos diferentes! Quantas maravilhas obtemosatravés do Rosário! Rezem! Pois este pode ser o último apelo de Nossa Senhora, para salvar a tua alma. Note que Jesus Cristo é o coração do Rosário. Como rezar o Santo Rosário? Com o terço na mão, reza-se: 1º-Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo. 2º-Oferecimento: Oferece-se o terço em honra de algum Santo, a Jesus; Maria; José, Deus Pai, Santíssima Trindade.... Pede-se uma graça. É sempre bom pedir: Dai-me Senhor por meio de Maria Santíssima as graças necessárias para a minha salvação e para a salvação das almas que me foram confiadas. 3º- Segurando o crucifixo do terço, reza-se o Credo: CREDO:Creio em Deus Pai Todo Poderoso, Criador do céu e da terra e em Jesus Cristo seu Único Filho nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espirito Santo, nascido da Virgem Maria, foi crucificado, morto e sepultado desceu a mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia subiu aos céus, está sentado a direita de Deus Pai Todo Poderoso, donde há de vir julgar os vivos e os mortos, creio no Espirito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne na vida eterna. Amém. 4ª – Na primeira conta grande reza-se o Pai Nosso: PAI-NOSSO: Pai Nosso que estais no céu, santificado seja o vosso nome, vem a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal, amém.
  • 27. 5º -Em cada uma das três contas pequenas reza-se uma Ave-Maria sendo: PrimeiraAve-Maria: Em honra a Deus Pai e a virgindade de Maria Santíssima antes do Parto. AVE MARIA:Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita Sóis Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do Vosso ventre: Jesus. Santa Maria Mãe de Deus rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte, amém. Segunda Ave-Maria: Em honra a Deus Filho e a virgindade de Maria Santíssima durante o parto. Ave-Maria cheia de graça... Terceira Ave-Maria: Em honra a Deus Filho e a virgindade de Maria Santíssima depois do parto. 6º- Na conta grande segue rezando Gloria, ô Meu Bom Jesus e uma Jaculatória: GLÓRIA: Glória ao Pai, ao Filho e ao Espirito Santo, como era no princípio agora e sempre. Amém. Ô MEU JESUS:Ô meu Bom Jesus, perdoai-nos e livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente aquelas que mais precisarem. Ó Maria Concebida sem pecado. Rogai por nós que recorremos a Vós. JACULATÓRIA: Jesus, Maria e José eu vos amo. Salvai as almas e alimentai a minha fé. 7º - Ainda na conta grande: Contempla o mistério, reza-se um Pai –Nosso. 8º - Nas contas pequenas reza-se 10 Aves- Marias. 9º - No final das Aves-Marias reza-se: Gloria ao Pai... Ô Meu bom Jesus... Jaculatória..... e Segue para a próxima dezena e contempla o próximo mistério. Mistérios do Santo Rosário Mistérios Gozosos (segundas e sábados) 1 Mistério contemplamos a Anunciação do Arcanjo Gabriel a Santíssima Virgem. 2 Mistério contemplamos a visita da Santíssima Mãe de Deus a sua prima Santa Isabel. 3 Mistério contemplamos o Nascimento do Menino Jesus em Belém. 4 Mistério contemplamos a apresentação do Menino Jesus no Templo. 5 Mistério contemplamos a perda e encontro do Menino Jesus no Templo aos 12 anos de idade, conversando com os doutores da Lei.
  • 28. Mistérios Luminosos (quintas-feiras) 1Mistério contemplamos o batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo. 2Mistério contemplamos o primeiro milagre de Nosso Senhor Jesus Cristo de forma pública, realizado pela intercessão de Maria Santíssima. 3 Mistério Contemplamos Jesus pregando o Evangelho e convidado a conversão. 4 Mistério contemplamos a transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo. 5 Mistério contemplamos a instituição da Santíssima Eucaristia e do Sacerdócio cristão. Mistérios Dolorosos (terças e sextas feiras) 1 Mistério contemplamos a agonia mortal de Jesus no horto. 2 Mistério contemplamos a flagelação de Nosso Senhor Jesus Cristo 3 Mistério Contemplamos a coroção de espinhos de Nosso Senhor Jesus Cristo. 4 Mistério contemplamos a subida dolorosa de Jesus no monte Calvário. 5 Mistério contemplamos a morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mistérios Gloriosos (quartas-feiras e domingos) 1 Mistério contemplamos a ressurreição gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo 2 Mistério contemplamos a Ascenção de Nosso Senhor ao céu. 3 Mistério Contemplamos o Envio do Espírito Santo sobre Maria Santíssima e os apóstolos. 4 Mistério contemplamos a assunção de Maria Santíssima ao céu. 5 Mistério contemplamos a coroação de Maria Santíssima como Rainha do céu e da terra. 10º- Ao fim de cada Rosário ou terço, reza-se a Salve Rainha: SALVE RAINHA: Salve Rainha Mãe de Misericórdia, vida doçura e esperança nossa salve, a Vós brandamos degradados filhos de Eva, a Vós suspirando, gemendo e chorando neste vale de lágrimas, seja pois, advogada nossa esses olhos misericordiosos a nós volveis, e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito é o fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedoso, ó doce sempre Virgem Maria. Rogai por nós Santa Mãe de Deus. R Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! Atenção! Outra maravilhosa devoção é a do Escapulário de Nossa Senhora do Carmo. Mas, fiquem atentos, pois para ser válida a promessa de Nossa Senhora, o escapulário precisa ser de pano, e o padre tem que fazer a imposição (que será feita uma vez na vida). A oração de imposição é própria, e a pessoa fica de joelhos, o padre faz a oração e põe o escapulário. Depois se perder ou rasgar é só colocar outro bento.
  • 29. É o tempo de Maria Santíssima ser conhecida! E lembrem-se que a falta de conhecimento, a ignorância, nunca irá salvar um católico negligente. E hoje, mais do que nunca temos acesso à informação. Por isso informo abaixo os endereços eletrônicosde sites católicos, para aumentarem o vosso conhecimento, pois a nossa batalha aqui na terra também é intelectual. Fiquem atentos! Sites recomentados: www.padrepauloricardo → Fé católica www.alexandriacarolica.com→ Baixar livros, principalmente os antigos que não é encontrado mais em livrarias. Livros que todo o fiel católico deve ter em casa: - Bíblia Sagrada (Preferência a Ave-Maria); - Catecismo (o completo) versão típica; - Tratado da verdadeira devoção a Santíssima Virgem (de São Luiz MariaGrigmon de Montfort); - O segredo do Rosário Virgem (de São Luiz MariaGrigmon de Montfort); - O segredo da Verdadeira Devoção (Padre Júlio Maria); - Glórias de Maria (Santo Afonso Maria de Ligório) versão completa com os exemplos; - Vida espiritual explicada à contemplada (Adolph Tanquerei) - A vida espiritual explicada e comentada (Pe. José Alamano) - Vida, paixão e glorificação do Cordeiro (Beata Catherine Emeric) - Glória Polo (Testemunho de Glória Polo) - O banquete do Cordeiro (testemunho de conversão de um ex pastor protestante) - Compêndio do Vaticano II (Frei Frederico Vier O.F.M) É muito importante também que os nossos filhos cresçam lendo a vida dos santos e assistindo filmes para fomentar neles o desejo de santidade. Por exemplo, a vida de santo Agostinho, são Padre Pio, Santa Catarina de Sena, São Vicente Ferrier, São Domingos, Santo Afonso Maria de Ligório, São Luiz MariaGrigmon de Montfort, Santa Madre Tereza, Santa Filomena,Os Santos Anjos, São Thomas de Aquino, Santo Antônio, São Francisco, São Maximiliano, Santa Gemma, entre outros. Se você já leu, ótimo, se não leu leia! http://www.salvemaliturgia.com/2011/02/o-rito-da-imposicao-do-escapulario.html Peça para o seu pároco e invista sua família com o sagrado escapulário de Maria Santíssima.
  • 30. Monte em sua paróquiauma biblioteca comunitária, com compras e empréstimos de livros, onde o livro que você leu , fique disponível para outra pessoa ler, ou entre você e sua família. É Importante também ler sobre as aparições de Nossa Querida Mãe Maria Santíssima, aprovadas pela Santa Igreja, ler sobre os conselhos práticos de ir para o céu sem precisar passar pelo purgatório. Poucos católicos sabem que, em certas ocasiões urgentes, como por exemplo, em perigo de morte o batismo pode e deve ser ministrado por qualquer pessoa. Irei transcrever o porquê: Batismo em perigo de morte Sendo o batismo o sacramento mais necessário para a salvação do homem, deve-se batizar a criança em casa sempre quando ela estiver muito fraquinha ou em perigo de morte; pode ser feito também imediatamente na hora do parto, quando nascer forado tempo ou mesmo parecer morta, sem perder tempo e sem precisar chamar os padrinhos. Neste caso, qualquer pessoa de ambos os sexos pode e deve ser batizado. Para batizar toma-se uma caneca ou um copo com água (que não precisa estar benta), derrama-se a água sobre a cabeça da criancinha, de maneira que corra sobre a cabeça e o rosto da criança e dizendo a seguinte frase:Eu te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Se a criança sobreviver deve ser levada à Igreja, para o padre completar os ritos do batismo. Nota Se um adulto pagão (não batizado) adoecer gravemente e não houver tempo para chamar um sacerdote, ele deverá ser batizado. Neste caso é preciso ensinar-lhe brevemente os seguintes pontos da nossa fé:1º Há um só Deus; 2º Em Deus há três pessoas: Pai, Filho e Espirito Santo; 3ºDeus Filho, Jesus cristo, se fez homem e morreu na cruz para a nossa salvação; 4º Deus recompensa os bons no céu e castiga os maus no inferno. Antes do batismo ainda se reza o ato de contrição. (Tirado do Manual “Cecília” por fiel Romano Koepe OFM, pág. 284 – 4) Outra ocasião Como assistir aos moribundos e batismo emperigo de morte Sempre que alguém estiver gravemente doente, deve-se chamar o sacerdote, para que o doente possa receber o perdão dos seus pecados e o grande conforto dos santos: os sacramentos da Eucaristia e da Unção dos Enfermos. Caso não seja possível obter um sacerdote, ou se houver perigo de morte, antes da chegada do padre, devemos nós mesmos, prepara-lo para que possa apresentar-se diante de Deus com a consciência limpa de seus
  • 31. pecados, devemos convidá-lo a acompanhar o Ato de Contrição, que rezaremos devagar e em voz clara. O Ato de Contrição é a oração mais necessária ao agonizante, porque na falta de confissão, é o único meio para que se alcançar o perdão dos pecados mortais, que fecham o céu. Se o doente já não puder falar, acompanhará em pensamento o Ato de Contrição. É uma obra de caridade rezar estas orações também com os agonizantes que, tendo se confessado e comungado não puderam ter, na última agonia, um sacerdote ao lado. Um exemplo de perdão de pecado mortal em emergência pela contrição e intercessão da Virgem Maria: Lê-se na vida de Sóror Catarina de S. Agostinho que havia, no lugar em que morava esta serva de Deus, uma mulher chamada Maria. A infeliz levara uma vida de pecados durante mocidade. E já envelhecida de tal forma se obstinara na sua perversidade, que fora expulsa pelos habitantes da cidade, e obrigada a viver numa gruta abandonada. Aí morreu finalmente, sem os sacramentos e sem a assistência de ninguém.Sepultaram-na no campo como um bruto qualquer. Sóror Catarina costumava recomendar a Deus com grande devoção as almas de todos os falecidos. Mas, ao saber terrível morte da pobre velha, não cuidou de rezar por ela, pensando como todos os outros, que já tivesse condenada. Eis que, passado quatro anos, em certo dia se apresentou diante uma alma do purgatório, que lhe dizia: Sóror Catarina, que triste sorte é a minha! Tu encomendas a Deus as almas de todos os que morrem e só da minha alma não tens tido compaixão? ─ Mas quem és tú? Disse a serva de Deus. ─Eu sou, respondeu ela, ─ aquela pobre Maria, que morreu na gruta. ─ E como se salvaste? ─ replicou sóror Catarina. ─Sim, eu me salvei por misericórdia da Virgem Maria. ─ E como? ─ Quando me vi próxima à morte estando juntamente tão cheia de pecados e desamparada por todos, me voltei para a Mãe de Deus e lhe disse: Senhora, vós sóis o refúgio dos desamparados. Aqui estou neste estado abandonada por todos. Vós sois a minha única esperança, só vós me podeis valer; tende piedade de mim. Então a Santíssima Virgem obteve-me a graça de eu poder fazer um Ato de Contrição; depois morri e fui salva. Além disso, a minha Rainha alcançou-me a graça de ser abreviada a minha pena por sofrimentos mais intensos, porém menos demorados. Só necessito de algumas missas para me livrar mais depressa do purgatório. Rogo-te que as faças celebrar. Em troca prometo-te pedir sempre a Deus e à Santíssima Virgem por ti. Sóror Catarina logo fez celebrar as missas. Depois de poucos dias lhe tornou a aparecer aquela alma mais resplandecente do que o sol e lhe disse: Agora vou para o paraíso cantar as misericórdias do Senhor e rogar por ti. (Extraído do livro Glórias de Maria de Santo Afonso de Ligório)
  • 32. Ato de Contrição Meu Jesus, crucificado por minha culpa, estou muito arrependido de ter cometido pecado, pois ofendi a Vós que Sois tão bom, e mereci ser castigado neste mundo e no outro. Mas, perdoai-me Senhor. Não quero mais pecar. Amém(Tratado do Manual de Santa Cecília por Frei Romano Koupe OFM, pág.284) Vê que maravilha seria se todo católico soubesse disso e andasse sempre com uma cópia desta oração, no bolso para que em qualquer emergência com risco de morte fosse recitada. Que maravilha é o batismo! “O batismo planta na nossa alma a semente de mostarda e esta semente têm que ser cultivada, para que ela cresça assim como a Igreja e com a Igreja”. (Pe. Frederic) “Um sábio diz: dentro de nós temos dois cães um bom e um ruim, Qual deles vai vencer dentro de você? Aquele que você alimentar mais”. (Completas pe. Fredric) Digamos que o cão bom é a semente de mostarda e o cão ruim são as nossas inclinações ao mal. Qual cão estamos alimentando? Na hora da nossa morte qual cão vencerá? Podemos concluir que no mundo em que vivemos devemos rezar o Santo Rosário diariamente como pede nossa Santa Mãe, e ir a Santa missa todos os domingos, poisos mandamentos da Santa Igreja e os pedidos de Nossa Senhora são nossas principais receitas para alimentar em nós o feroz guerreiro e combatente na fé. Batismo, a primeira roupa do cristão a circuncisão do coração. Pe. Luiz Virtuoso explica: “Completados que foram os oito dias para ser circuncisado, o menino foi-lhe posto o nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser concebido no seio materno.” (Lucas 2, 21). Aqui Jesus é circuncisado no 8º dia cumprindo o preceito judaico. “Não é verdadeiro o judeu o que o é exteriormente, nem verdadeira circuncisão a que aparece exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é interiormente, a verdadeira circuncisão é a do coração, segundo o espirito da lei, e não segundo a letra. Tal judeu recebe o louvor não dos homens, e sim de Deus.” (Romanos 2, 3) E como se dá esta circuncisão do coração? “Nele também fostes circuncidados com circuncisão não feita por mão do homem, mas com a circuncisão de Cristo que consiste no despojamento do nosso ser carnal. Sepultados com Ele no batismo,com Ele também ressuscitaste com vossa fé no poder de Deus, que ressuscitou dos mortos”. (Colossenses 2,11-12)“Negar o batismo a uma criança é uma crueldade”!completa padre Luiz Virtuoso. Quando estudamos a santa Igreja percebemos o que leva pessoas a darem a vida por Ela, pois Ela é o Corpo Místico de Cristo e nela contém a verdade de uma forma clara e absoluta, e a Verdade é Jesus Cristo Nosso Senhor e Salvador.
  • 33. Assim, entendemos o motivo por qual uma criança no México chamado José Sanchez, mesmos depois de torturado e ter arrancada as plantas dos seus pés e obrigadoa caminhar até o local onde seria morto, ainda disse, para loucura dos revolucionistas: Viva Cristo Rei! O mesmo pequeno José que escrevera antes para a sua mãe dizendo: ─ Mãe nunca foi tão fácil ir para o céu. Um herói de fé! Um mártir! Um filme muito bom que relata a história que não aprendemos nas aulas de história.Relata o verdadeiro papel da Igreja em situações extremas. O nome do filme é Cristiada que se encontra no site: http://www.4shared.com/zip/5U4OWDvW/Cristiada.html É para aqueles se perguntam! Nossa o cristão pode usar armas para defender a sua fé? O nosso catecismo responde: “A resistência à opressão do poder político não recorrerá legitimamente as armas, salvo se ocorrerem conjuntamente as seguintes condições: 1) em caso de violação de certas graves e prolongadas dos direitos fundamentais; 2) depois de ter esgotado todos os outros recursos; 3) sem provocar desordens piores; 4) que haja uma esperança fundada no êxito; 5) se for impossível prover razoavelmente soluções melhores”. (Catecismo da Igreja Católica, parágrafo 224) E também nos parágrafos 2308 e 2309. E o pequeno José com certeza teve em sua mãe uma excelente catequista, pois ele soube a hora certa de lutar e a hora certa de se entregar ao martírio. “O martírio é o supremo testamento prestado à verdade da fé; designa um testemunho que vai até a morte. O mártir dá testemunho de Cristo, morto e ressuscitado, ao qual está unido pela caridade. Dá testemunho da verdade da fé da doutrina cristã. Enfrenta a morte num ato de fortaleza. Deixe-me ser comido pelas feras, é por elas que é me concedido chegar até Deus,” diz Santo Inácio de Antioquia: Com maior cuidado,a Igreja recolhe as lembranças daqueles que foram até o fim, para testemunhar a fé. São as “Atas dos Mártires” (Acta Martyrum) que constituem os arquivos da verdade escritos com letras de sangue: “De nada me servirão os encantos do mundo e dos reinos deste século. Melhor para mim é morrer para me unir a Cristo Jesus do que reinar até as extremidades da terra. É a Ele, que morreu por nós, que eu procuro; é a Ele que ressuscitou por nós, que eu quero. Aproxima-se o momento em que eu serei gerado...¹ Eu vos bendigo por me terdes julgado digno dessa hora, digno de ser contado no número de vossos mártires...Guardastes vossa promessa, Deus da fidelidade e da verdade. Por essa graça e por todas as coisas, eu vos louvo, vos bendigo e vos glorifico pelo eterno e celeste sumo sacerdote, Jesus Cristo, vosso filho bem amado. Por Ele, que está convosco e com o Espirito, vos seja dada glória agora e por todos os séculos. Amém ²” ¹ Santo Inácio de Antioquia ² São Policarpo(Catecismo da Igreja Católica, parágrafo 2472)
  • 34. Como adquirir esta fortaleza? Como sermos fieis até a morte? São Luiz nos explica como sermos fiéis ao nosso batismo até a morte, por isso recomendo a todos que adquiram o “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem” pois, só Maria Santíssima pode nos conduzir fieis aos compromissos, que assumimos no batismo. Só por meio de uma verdadeira devoção a Maria Santíssima, conseguiremos ser fiéis até a morte pois quem não conseguir ser mártir nas pequenas coisas como conseguirá ser nos grandes sofrimentos que estão por vim a Santa Igreja de Deus? Adquira o Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria, e prepara-se para a vinda gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo! Viva Cristo Rei! Salve Maria! Para pedir o livro do Tratado e o kit Consagra-te ligue para: Minas Gerais (34) 3262- 0769 Goiás (62) 3316-5841 São Paulo (11) 4523-3384 Recife (81) 8864-0075 Salvador (71) 7114-0140 Paulo Afonso (71) 9234-4682 Ou em uma livraria católica mais próxima. “Serão nuvens tonitruantes” (Marcos 3, 17; Salmo 103,7) que voarão pelos ares ao menor sopro do Espirito Santo (...). Bradarão contra o pecado, clamarão contra o mundo, fulminarão os demônios e o seus adeptos. (...) Serão verdadeiros apóstolos dos últimos tempos, a quem o Senhor das virtudes dará a palavra e a força para operar maravilhas e arrebatar gloriosos despojos do inimigo. Dormirão sem ouro e sem prata (...). Terão, no entanto, as asas prateadas da pomba para irem com a reta intenção da glória de Deus e da salvação das almas, aonde o Espirito Santo os chamar. Deixarão após si, nos lugares onde tiverem pregado, “o ouro da caridade” que é o cumprimento de toda a lei”. (Romanos 13-10) (Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem parágrafos 57 e 58) Mais indicações www.arcademariafraternidade.blogpost.com.br(Para conseguir o kit consagra-te na internet) www.vatican.va (clique em Santa Sé)vaticano www.ecclesiae.com.br (editora eclesian) www.livrariapetrus.com.br (editora petrus) www.youtube.com/santaigreja (fé católica) Um filme para toda a família sobre as excelências da Santa Missa: http://www.youtube.com/watch?v=sQr4ghNfF6E – (O Grande Milagre) www.consagrate.com(conhecendo a consagração)
  • 35. “Aonde está o seu tesouro aí está o seu coração” (Lucas 12-34) Nossa batalha continua, também, sendo intelectual. Pois a inteligência é uma faculdade da alma. Vamos parar com o sentimentalismo! Estamos em época difícil, em que temos o Deus dinheiro, o deus sentimento, o deus afeto. Não que essas coisas não sejam boas, mas ao colocá-las no lugar do verdadeiro Deus, se tornam diabólicas. Madre Tereza passou por muitos anos, quase toda a sua vida em terrível noite escura, porém sempre seguiu em frente, pois mesmo que o seu sentido não dissesse nada, em seu intelecto ela sabia que Deus estava com ela. E ela tinha a ousadia dos santos. Quando o Papa João Paulo II desceu do papamóvel para cumprimentá-la, ela disse ao santo padre: Santo padre, quantas pessoas eu poderia alimentar com o dinheiro do seu papa móvel? O santo padre não hesitou: - Vendam o papa móvel e dê o dinheiro para madre Tereza. Vede como se ama! De santo para santo! Mas o que eles tinham em comum? O que todos os santos e os que buscam a santidade têmOs sagrados nomes de Jesus e de Maria no coração, testemunhando-Os a humanidade de forma concreta. Em caso de morte em estado de graça: Quer ir para o céu sem fazer uma terrível escala no purgatório: 1º) Li um livro sobre o “discernimento dos espíritos”, um sábio conselho de um sacerdote chamado Inácio: Bem, tão logo sintais tentados, multiplicai os atos da virtude contrária. Sois tentados pela gula? Jejuai! Sois tentados pela cólera? Permanecei em silêncio! Pela ira? Rezai por vossos inimigos! Pelo orgulho? Humilhai-vos! Pela sensualidade? Fazei penitência! E santo Inácio completa o conselho com quatro contra-ataques as tentações: a) Oração; b) meditação; c) Exame de consciência freqüente; d) Um pouco de penitência. 2º) Todos, sem exceção de nenhum membro da família, deveriater pelo menos 30minutos de silêncio diário, para um gerenciamento de lembranças e sentimentos. E nos sábados e domingos pelo menos uma hora fazendo reflexões sobre as questões: De onde vim? Para onde vou? Quem sou? O que posso fazer para ser melhor? Quais as lembranças guardo no coração? (Lembrando que não é possível excluir algumas lembranças, pois muitas se tornam espinhos na carne para mortificar o nosso orgulho, e nos acompanhará por toda a vida, sendo assim de suma importância aprender a conviver com eles e seguir em frente),
  • 36. Quem eu devo perdoar? (Lembrando que o perdão liberta quem perdoa, e perdão não é esquecimento, e sim decidir perdoar de todo o ser) 3º)Confessar frequentemente ( Não é bom dormir em estado de pecado mortal, quem nos garantirá que iremos acordar no outro dia?) 4º) Rezar o rosário todos os dias. Sendo ao menos um terço em família. 5º)Ir a Santa Missa como nos ordena a Santa Igreja, todos os domingos e dias de festas religiosas, como a quem vai no mesmo Calvário de Cristo a 2000 anos atrás, com Maria, em Maria, por Mariapara Maria sempre virgem e Imaculada Mãe de Deus e nossa, que é o monte calvário. “Perguntaram a Pe. Pio como devemos ir a Santa Missa, ele respondeu: Com Maria aos pés da Cruz.” (conta-nos Pe. Rodrigo Maria) “A verdadeira alegria é fruto do sacrifício” (Pe. Joel) 6º) Estar constantemente ao dormir e ao levantar lembrando de nossa inevitável e terrível, os novíssimos: morte, juízo, céu e inferno. 7º)Consagra-te totalmente a Maria Santíssima segundo o método de São Luiz MariaG. de Montfort. Salve Maria! Viva Cristo Rei!  Mães nunca desistam de pedir pela conversão do seu filho. Deus abençoe a todos! Estaremos rezando por todos. Divulguem estas palavras. “Quem não quer ser santo faz o que quer, quem quer ser santo faz o que Deus quer” (Pe. Rodrigo Maria) Salve Maria!!! Irmão José Eduardo do Preciosíssimo Sangue de Cristo Fraternidade Arca De Maria “ Leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos.”(Provérbios 27:6) Janeiro de 2013