SlideShare uma empresa Scribd logo
A Caravana Itinerante da Saúde - AGITA CT é um projeto de parceria
do CT com  a Coordenação de Políticas de  Saúde do Trabalhador
(CPST/PR4), Instituto de Nutrição Josué de Castro/INJC e o Espaço
para disposição dos resíduos coletados gerados no CT;
Continuidade ao reaproveitamento do óleo vegetal residual
apoiando o Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal do
Estado do Rio de Janeiro (PROVE);
Continuidade ao recolhimento de materiais eletroeletrônicos que
não sejam patrimônio da UFRJ.
> O QUE FOI PROMETIDO:
“Dentro do espírito de planejamento integrado, criar um centro esportivo
de uso compartilhado. Incentivar programas culturais e de lazer como
o “Quintas Musicais”, o “Prata da Casa” e outros. Apoiar atividades como
dança, yoga, artes marciais, teatro, música, etc.”
> O QUE FIZEMOS:
ATIVIDA: Transformação do Programa em setor, com a ampliação
da área física, atendimentos e aquisição de equipamentos.;
Construção da sede da Atlética;
Oferecimento de atividades culturais e esportivas: dança, lutas,
coral, yoga, teatro, etc;
Compra de equipamentos para a realização de eventos musicais
no Auditório Horta Barbosa;
Apoio e organização em eventos culturais: Prata da casa; UFRJ
2020 Projeto conjunto EBA/CT); Ópera na UFRJ: A ópera cômica
Viva la Mamma; o New Zealand Māori Arts Crafts Institute;
Peça O Diletante;
Projeto para espaço de atividades esportivas e culturais, valor
Administração e manutenção dos campos de futebol do CT.
> O QUE ESTAMOS FAZENDO:
Licitação do projeto para espaço de atividades esportivas e
culturais, valor estimado de R$ 305.641,56 (aguardando recurso
> O QUE FAREMOS:
Projeto do Centro Esportivo do CT: Projeto para espaço de
atividades esportivas;
Obra do projeto para espaço de atividades esportivas e culturais;
Continuidade dos projetos de atividades esportivas e culturais;
Fortalecer parcerias para expansão do ATIVIDA, incluindo parceria
com a Faculdade de Fisioterapia, que contempla a participação
de residentes em suas atividades.
ESPORTE, CULTURA,
SAÚDE E LAZER
> O QUE FIZEMOS:
Estão sendo elaboradas desde maio de 2015, ações conjuntas
entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, o
Centro de Tecnologia, a Prefeitura Universitária e o CFCH sobre a
Tecnologia;
AÇÕES SOCIAIS
ENSINO E PESQUISA
> O QUE FOI PROMETIDO:
“Fortalecer as atividades de extensão articulando as iniciativas das
Unidades. Apoiar a revitalização do espaço COPPE Miguel de Simoni.
Viabilizar a oferta de atividades de extensão para os alunos.”
> O QUE FIZEMOS:
Promoçãodearticulaçãoentreasunidadescomoestabelecimento
de reuniões periódicas sobre temas estratégicos e relevantes, com
a participação dos Coordenadores de Extensão das Unidades e do
Centro;
Participação ativa dos Coordenadores de Extensão do Centro
(titular e suplente) e das unidades em comissões constituídas
pela Pró-Reitoria de Extensão (PR-5) para abordar e apresentar
propostas para a comunidade acadêmica, no âmbito da extensão
universitária;
Coordenação no CT da Semana de Integração Acadêmica (SIAc) da
UFRJ (evento anual);
Coordenação das comissões Ad Hoc em editais promovidos pela
PR-5 para o registro de ações de extensão universitária (Editais
(Editais PROFAEX);
Incentivo e auxílio aos docentes na elaboração de propostas de
ampliação da oferta de atividades de extensão para os estudantes;
Participação em Fóruns de Extensão promovidos periodicamente
pela PR-5;
Promoção da integração da Decania com as suas unidades para
discussão de temas referentes à extensão universitária no âmbito
do CT, com participação em reuniões das diversas congregações;
Participação dos Coordenadores de Extensão do Centro, assim
como Coordenadores de Extensão das unidades, em comissões
mistas que abordam temas acadêmicos relevantes, como o que
trata da revisão do plano individual do trabalho docente;
Participação na discussão, durante as plenárias da PR-5, sobre a
elaboração do regimento para proposta de criação de um futuro
Conselho de Extensão Universitária (CEU).
ATIVIDADES DE
EXTENSÃO
> O QUE FAREMOS:
Dar continuidade ao trabalho realizado;
Incentivar o registro de novas ações de Extensão, ampliando a
atuação extensionista do corpo social do CT, contribuindo para a
formação integral dos estudantes, baseada na indissociabilidade
entre Ensino, Pesquisa e Extensão;
Ampliar a visibilidade das ações de Extensão realizadas no CT,
contribuindo para fortalecer a função social da Universidade
Pública.
alunos e terceirizados;
Projeto de Letramento: É uma parceria da Decania do Centro de
Tecnologia, CPST, Grêmio da COPPE, Bandejão, Copiadora Amiga
dos Estudantes e o Laboratório de Informática para Educação
(LIpE), do Departamento de Engenharia Eletrônica da Escola
Politécnica da UFRJ, que busca contribuir para a superação do
analfabetismo no país e para a conquista da cidadania e, aliando-
se aos princípios da Responsabilidade Social Corporativa;
Encaminhamento dos resíduos gerados no CT para Cooperativas
de Catadores de Materiais Recicláveis do Rio de Janeiro.
de vulnerabilidade social.
> O QUE FAREMOS:
Continuidade das ações conjuntas entre a Secretaria Municipal
de Desenvolvimento Social, o Centro de Tecnologia, a Prefeitura
menores que circulam no Centro de Tecnologia;
Continuidade da Caravana Itinerante da Saúde - AGITA CT;
Continuidade do Projeto de Letramento.
O Centro de Tecnologia é um centro de excelência, tanto na graduação
quanto na pós-graduação. O foco da decania foi realizar ações no sentido
deintegrarasunidades,incentivandocolaboraçõesevitandoredundâncias
complementares, e com grande potencial de interação acadêmica. Vários
acordos internacionais foram celebrados nesses últimos quatro anos, por
iniciativa de grupos de pesquisa, departamentos, programas, unidades e
da própria decania.
A realização de eventos acadêmicos nacionais e internacionais no CT foi
fortemente apoiada pela decania, além de incentivo e apoio à criação de
grupos como o Minerva Rocket, Minerva Náutica e à criação de empresas
juniores, como a Âmbar, iniciativa dos alunos do curso de engenharia
ambiental.
ESTACIONAMENTO
O processo está na Pró-Reitoria de Gestão e Governança (PR6) em fase
de licitação. Com cerca de 1.882 vagas, das quais 70 serão gratuitas
(estacionamento externo ao bloco A) e tempo de concessão de 60 meses,
com investimento inicial em torno de R$ 1.000.000,00 e prazo para retorno
do valor investido 12 meses. A estimativa de investimento é em torno de
20 a 40% do lucro líquido obtido após o 12° mês de implantação, após
ressarcimento do investimento inicial. Valor estimado da diária R$ 4,00 e
não haverá cobrança na entrada.
A permanência no estacionamento por tempo inferior a 20 minutos não
terá custo e o pagamento será efetuado nas máquinas disponíveis em
pontos do Centro de Tecnologia; Haverá instalação de um total de 85
câmeras em pontos estratégicos do estacionamento para monitoramento
dos veículos e pessoas que transitam, com vigias 24 horas por dia, nos 7
dias da semana e seguro para os veículos.
SEGURANÇA
A segurança no CT é um ponto crítico. A sensação de insegurança, com
completamente vulnerável, tanto por falta de segurança pública como por
falta de segurança interna. Lembramos que a segurança que dispomos no
momento é uma segurança patrimonial, a FRONT. A DISEG encontra-se
em fase de extinção, com um quadro de funcionários e veículos muito
reduzido. Tentamos algumas ações junto à Prefeitura Universitária, como
a ronda permanente nos estacionamentos de dois veículos elétricos,
circulação de vigilantes da FRONT em bicicletas e instalação de plataforma
elevada para vigilância pela FRONT do estacionamento dos fundos do
conter a onda de violência que atinge nosso estado e principalmente a
nossa cidade. Entretanto, acreditamos que essa situação vai mudar em um
futuro muito próximo. Além da gestão terceirizada do estacionamento,
que certamente inibirá em grande parte os ataques que sofremos, a
Decania do CT tem atuado junto à Reitoria no fechamento do acordo com
a Petrobrás para contratação de segurança para todo o Fundão através do
programa PROEIS (Programa Estadual de Integração e Segurança).
FERNANDO
RIBEIRO
2018 - 2022
PROGRAMA DE GESTÃO
> O QUE FOI PROMETIDO:
“Promover o diálogo, coordenando as ações entre Decania e Unidades.
Estabelecer um plano de ações que procure dar uma visão integrada
mais completa, de modo a permitir o planejamento das soluções
imediatas, de médio e longo prazo para o CT. Integrar as ações de
manutenção evitando redundâncias.”
> O QUE FIZEMOS:
Reforma total das instalações da Decania e reformulação dos
setores, com a criação de um setor de licitações, reformulação
do Escritório de Planejamento do CT – EPLAN e modernização
das redes elétrica e de dados dos setores de ensino e biblioteca
de obras raras;
Curso de Língua Inglesa para os servidores e terceirizados da
Decania em parceria com a Faculdade de Letras, no período de
julho de 2015 a dezembro de 2016;
Curso de Línguas Inglesa, Portuguesa e Espanhola para os
servidores da UFRJ, parceria Decania/SINTUFRJ;
Diversos cursos de capacitação para os servidores dos setores
de Licitação e Escritório de Planejamento;
Implantação de parceria com as unidades do CT nas ações de
manutenção predial;
Plano de contingência para economia de energia;
Aprovação da Resolução Normativa n° 1 de 18/07/2016 sobre
normas para construções e reformas no Centro de Tecnologia;
Limpeza das calhas e retirada de entulho do subsolo, onde,
foram retiradas mais de 53 toneladas de entulho até o momento
(ação conjunta COPPE, Poli e Decania);
Abertura do entre bloco F/G transformado em área de
convivência (ação conjunta COPPE e Decania);
do bloco B ao bloco H - Ação conjunta COPPE, Poli e Decania
(ação realizada duas vezes durante o ano);
Restaurante Universitário: desenvolvimento de sistema de
gerenciamento e aplicativo de agendamento, com o objetivo
emergenciais do programa de gestão 2014-2018 (Parceria CT/
Restaurante Universitário).
> O QUE ESTAMOS FAZENDO:
Modernização das redes elétrica e de dados da Biblioteca
Central;
Coleta Seletiva: Apoio e orientação à implantação da Coleta
Seletiva no Laboratório de ensaios não destrutivos, Corrosão e
Sondagem (LNDC), no Parque Tecnológico da UFRJ e no Centro
de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN- UFRJ).
> O QUE FAREMOS:
Dar continuidade às ações de parceria com as unidades do CT
nas ações de manutenção predial;
ReforçaroplanejamentocomaPrefeituraUniversitárianasações
de poda, roçagem, troca de lâmpadas dos estacionamentos;
Dar continuidade ao estreitamento de laços com a Incubadora
Tecnológica de Cooperativas Populares, com a Coordenação
de Meio Ambiente da Prefeitura Universitária e a Gerência de
Meio Ambiente da COPPE/UFRJ visando, melhorias na questão
ambiental do CT com o desenvolvimento de ações conjuntas;
cada Unidade, levantando informações que subsidiem o
fortalecimento do processo de coleta seletiva solidária em todo
CT;
Reforçar o apoio e orientação na implantação da Coleta
Seletiva no Laboratório de ensaios não destrutivos, Corrosão e
Sondagem (LNDC), no Parque Tecnológico da UFRJ e no Centro
de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN- UFRJ);
Dar continuidade à limpeza das calhas e retirada de entulho do
subsolo;
Dar continuidade à limpeza geral do telhado e substituição de
Poli e Decania;
Abrir novos entre blocos para transformação em áreas de
convivência.
Plano diretor do CT, como parte do plano diretor da UFRJ.
> O QUE FOI PROMETIDO:
“Diagnosticar as condições estruturais e de instalações dos prédios
do CT e propor soluções. Solucionar o problema do estacionamento.
Regularizar e expandir as áreas de alimentação. Prever acessibilidade
para cadeirantes e portadores de necessidades especiais. Proteção
contra incêndio. Recuperar os banheiros sob responsabilidade da
Decania. Incentivar o transporte interno através de veículos elétricos e
bicicletas.”
> O QUE FIZEMOS:
Projeto executivo e termo de referência para recuperação de
danos estruturais do CT1;
Confecção das plantas de arquitetura, rede elétrica, rede de
esgoto, rede hidráulica, rede de águas pluviais e do sistema de
proteção contra descargas atmosféricas de todo CT1, já em fase
de conclusão;
Reforma das instalações do pessoal da segurança (FRONT) no
Bloco A;
Término do piso e pintura da passarela frontal no CT1, com
demarcação de vagas para motos e instalação de bicicletários;
Construção de rampas de acesso a portadores de necessidades
especiais com demarcação das vagas e recuperação das escadas
em frente aos blocos;
Limpeza e reparo dos reservatórios e cisterna do bloco A;
Limpeza dos bueiros do estacionamento dos fundos do bloco A;
Manutenção periódica dos banheiros públicos;
Projeto básico com termo de referência e licitação para projeto
conforme a determinação do Ministério Público, em fase de
conclusão;
Projeto e licitação do espaço para funcionários terceirizados,
retirando-os do subsolo, obra em fase de conclusão;
Projeto e licitação da cobertura da Decania do CT e do Museu da
Escola Politécnica, obra em fase de conclusão;
Projeto, licitação e obra do desvio da rede de esgoto sob o
laboratório LNDC.
Projeto de recuperação das empenas do Bloco A;
Banheiros: início dos reparos de acordo com as demandas mais
urgentes;
Projeto arquitetônico no espaço onde seria a Biblioteca
Integrada do CT. Após paralisação das obras, acordo feito com
a construtora possibilitará a continuidade da obra com o novo
projeto, onde será contemplada uma área de convivência para
o corpo social do CT com diversos estabelecimentos comerciais.
> O QUE ESTAMOS FAZENDO:
Projeto de cercamento do CT1 e do CT2;
Revitalização dos Centros Acadêmicos do CT, com instalação de
telefone, internet e ar condicionado;
Licitação do projeto de recuperação das empenas do Bloco A;
Limpeza dos bueiros do estacionamento da frente do CT.
> O QUE FAREMOS:
Projetoparaacessibilidadenosbanheirospúblicos;
Recuperação do telhado do Auditório Horta Barbosa;
Instalação de gerador a diesel para o Auditório Horta Barbosa
e para o elevador de cargas do bloco A (doação do Instituto de
Cardiologia);
Obra do projeto de recuperação das empenas do Bloco A,
valor total estimado em R$ 7.500.000,00, com previsão de R$
3.400.000,00 no orçamento 2018;
Obra no espaço de onde seria a Biblioteca Integrada do CT, com
valor estimado de R$ 4.500.000,00. Após paralização das obras,
acordo feito com a construtora possibilitará a continuidade
da obra com um novo projeto, onde será contemplada uma
área de convivência para o corpo social do CT com diversos
estabelecimentos comerciais;
Projeto de ligação da rede de esgoto dos laboratórios para a
rede central na Rua Muniz Aragão, valor estimado R$ 880.000,00.
> O QUE FIZEMOS:
Obra da Light para aumento da demanda contratada de carga
do CT1 de 5.15 MW para 6.0 MW. Esta obra teve um custo de R$
3.590.000 e foi de vital importância não só para o CT como para
o CCMN e CLA, uma vez que o cabo reserva do CT era o cabo
principal do CCMN e da Faculdade de Letras. Foram passados
cabos novos até a estação do BRT;
baixa tensão das subestações para os primeiros quadros de
disjuntores (Projeto do Fundo Verde no valor de R$ 231.000,00);
Instalação de disjuntores de média tensão no anel c/h e h/c
> O QUE ESTAMOS FAZENDO:
Projeto para a aquisição e instalação dos equipamentos
elétricos e comissionamento pela Light da subestação do CT2,
valor estimado R$ 2.800.000,00 (Orçamento 2018);
Projeto da modernização das subestações do CT, valor estimado
R$ 1.337.000,00 (Orçamento 2018);
Licitação para compra de material para substituição dos cabos
da E1;
Manutenção do disjuntor de média tensão na subestação B;
Instalação de transformador de 500kVA e troca de painel na
subestação F2.
> O QUE FAREMOS:
> O QUE FOI PROMETIDO:
“Utilizar os recursos do Fundo Verde de Infraestrutura Sustentável.
Um dos primeiros projetos é a estruturação do Sistema Inteligente de
Monitoramento e Controle do Consumo de Energia, Água e Resíduos.
Fazer do projeto para o CT o projeto piloto da UFRJ, não apenas
devido à sua infraestrutura precária, o que pode ser visto como uma
oportunidade de introduzir novas tecnologias e práticas, como também
pela urgência de sua reforma para dar segurança, conforto e melhores
condições de trabalho a todos que o frequentam: alunos, professores,
funcionários e visitantes.”
> O QUE FIZEMOS:
Hidrometração do CT: Projeto do Fundo Verde instalou 29
Colocação de painéis fotovoltaicos no estacionamento do
bloco M (Projeto do Fundo Verde);
hidrômetros em pontos estratégicos do CT1 com tecnologia
dialog 3G que envia dados com informações do consumo via
wireless, o que permite a precisão da leitura em tempo real;
Substituição de todas as lâmpadas das áreas comuns e
bibliotecas do CT por lâmpadas LED;
Instalação de pontos de recolhimento de materiais
eletroeletrônicos que não sejam patrimônio da UFRJ;
Logística reversa de pilhas e baterias: são encaminhadas ao
Recicla CT e a partir de 30 kg a Associação Brasileira da Indústria
Elétrica e Eletrônica - ABINEE faz o recolhimento;
Compra de lâmpadas LED com empresas que pratiquem
logística reversa (retirar a mesma quantidade adquirida);
RECICLA-CT:entre2014e2017encaminhouparaascooperativas
que esse quantitativo deixou de ser despejado em lixões;
que permita um sistema de coleta seletiva dos resíduos gerados
no Centro de Tecnologia.
> O QUE ESTAMOS FAZENDO:
Retirada de dois transformadores com askarel das subestações
F1 e H3;
Palestras quinzenais para os funcionários da limpeza: Tema:
Educação Ambiental e Orientação para a Coleta Seletiva.
Objetivo principal: Sensibilização dos funcionários da limpeza
quanto à importância da coleta seletiva e a sustentabilidade.
Objetivo secundário: Favorecer a formação de multiplicadores
do projeto;
Incentivo ao reaproveitamento do óleo vegetal residual
apoiando o Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal do
Estado do Rio de Janeiro (PROVE).
> O QUE FAREMOS:
Registro de preços para retirada de transformadores com askarel
das subestações;
CT SUSTENTÁVEL
INFRAESTRUTURA
PLANEJAMENTO
INTEGRADO
Licitação do projeto para a aquisição e instalação dos
equipamentos elétricos e comissionamento pela Light da
subestação do CT2, valor estimado R$ 2.800.000,00 (Orçamento
2018);
Licitação do projeto de modernização das subestações do CT,
valor estimado R$ 1.337.000,00 (Orçamento 2018);
Instalação de disjuntores de média tensão no anel a/b e b/a
ENERGIA DO CT

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Fernando Ribeiro para Decano CT-UFRJ

Ua coopdev 2010
Ua coopdev 2010Ua coopdev 2010
Plano de Gestão
Plano de GestãoPlano de Gestão
Plano de Gestão
ConsolidAção Unipampa
 
Plano de Gestão Atualizado
Plano de Gestão AtualizadoPlano de Gestão Atualizado
Plano de Gestão Atualizado
ConsolidAção Unipampa
 
Festival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de Recursos
Festival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de RecursosFestival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de Recursos
Festival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de Recursos
ABCR
 
Programa de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambuco
Programa de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambucoPrograma de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambuco
Programa de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambuco
blogdoelvis
 
Apresentacao Institucional.ppt
Apresentacao Institucional.pptApresentacao Institucional.ppt
Apresentacao Institucional.ppt
Marcio Domingues
 
Plano rafael
Plano rafaelPlano rafael
Plano rafael
Telma Aguiar
 
Programa de Gestão Estratégica da chapa 1
Programa de Gestão Estratégica da chapa 1 Programa de Gestão Estratégica da chapa 1
Programa de Gestão Estratégica da chapa 1
chapa1ict
 
Pauta local de reivindicações.ifac
Pauta local de reivindicações.ifacPauta local de reivindicações.ifac
Pauta local de reivindicações.ifac
ComandodeGreveIFAC
 
APRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.ppt
APRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.pptAPRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.ppt
APRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.ppt
PedrinaBrasil2
 
Relatório de Atividades 2012 | Fapemig
Relatório de Atividades 2012 | FapemigRelatório de Atividades 2012 | Fapemig
Relatório de Atividades 2012 | Fapemig
Confap
 
Pauta local-servidores-ifac.final-aprovada
Pauta local-servidores-ifac.final-aprovadaPauta local-servidores-ifac.final-aprovada
Pauta local-servidores-ifac.final-aprovada
Lucilene Belmiro Acácio
 
Pauta local de reivindicações dos servidores do IFAC
Pauta local de reivindicações dos servidores do IFACPauta local de reivindicações dos servidores do IFAC
Pauta local de reivindicações dos servidores do IFAC
Lucilene Belmiro Acácio
 
Apresentacao C B U C
Apresentacao  C B U CApresentacao  C B U C
Apresentacao C B U C
Ricardo Ferrao
 
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICOSectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Geraldo Aguiar
 
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Larissa Pereira Mayer
 
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhadorExperiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
aplop
 
Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020
Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020
Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020
Diógenes de Oliveira
 
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Edinho Silva
 
Plano de gestão chapa dce
Plano de gestão chapa dcePlano de gestão chapa dce
Plano de gestão chapa dce
cedceufgd
 

Semelhante a Fernando Ribeiro para Decano CT-UFRJ (20)

Ua coopdev 2010
Ua coopdev 2010Ua coopdev 2010
Ua coopdev 2010
 
Plano de Gestão
Plano de GestãoPlano de Gestão
Plano de Gestão
 
Plano de Gestão Atualizado
Plano de Gestão AtualizadoPlano de Gestão Atualizado
Plano de Gestão Atualizado
 
Festival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de Recursos
Festival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de RecursosFestival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de Recursos
Festival 2019 - Instituições de Ensino Superior e Captação de Recursos
 
Programa de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambuco
Programa de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambucoPrograma de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambuco
Programa de-gestao cida sa candidata direcao if sertao floresta pernambuco
 
Apresentacao Institucional.ppt
Apresentacao Institucional.pptApresentacao Institucional.ppt
Apresentacao Institucional.ppt
 
Plano rafael
Plano rafaelPlano rafael
Plano rafael
 
Programa de Gestão Estratégica da chapa 1
Programa de Gestão Estratégica da chapa 1 Programa de Gestão Estratégica da chapa 1
Programa de Gestão Estratégica da chapa 1
 
Pauta local de reivindicações.ifac
Pauta local de reivindicações.ifacPauta local de reivindicações.ifac
Pauta local de reivindicações.ifac
 
APRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.ppt
APRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.pptAPRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.ppt
APRESENTAÇÃO - EXTENSÃO.ppt
 
Relatório de Atividades 2012 | Fapemig
Relatório de Atividades 2012 | FapemigRelatório de Atividades 2012 | Fapemig
Relatório de Atividades 2012 | Fapemig
 
Pauta local-servidores-ifac.final-aprovada
Pauta local-servidores-ifac.final-aprovadaPauta local-servidores-ifac.final-aprovada
Pauta local-servidores-ifac.final-aprovada
 
Pauta local de reivindicações dos servidores do IFAC
Pauta local de reivindicações dos servidores do IFACPauta local de reivindicações dos servidores do IFAC
Pauta local de reivindicações dos servidores do IFAC
 
Apresentacao C B U C
Apresentacao  C B U CApresentacao  C B U C
Apresentacao C B U C
 
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICOSectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
 
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
Apresentacao Feisma 4.Nov.2009
 
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhadorExperiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
 
Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020
Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020
Propostas do Prof. Sivaldo para a Reitora do IFRR 2016-2020
 
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
 
Plano de gestão chapa dce
Plano de gestão chapa dcePlano de gestão chapa dce
Plano de gestão chapa dce
 

Mais de Marcos CAVALCANTI

Tecnologias exponencias e os desafios da humanidade
Tecnologias exponencias e os desafios da humanidadeTecnologias exponencias e os desafios da humanidade
Tecnologias exponencias e os desafios da humanidade
Marcos CAVALCANTI
 
Ficha de avaliaçãopdf
Ficha de avaliaçãopdfFicha de avaliaçãopdf
Ficha de avaliaçãopdf
Marcos CAVALCANTI
 
Palestra Ciência dos Dados
Palestra Ciência dos DadosPalestra Ciência dos Dados
Palestra Ciência dos Dados
Marcos CAVALCANTI
 
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data EstratégicoWida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Marcos CAVALCANTI
 
3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis
3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis
3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis
Marcos CAVALCANTI
 
Iv relatório supremo em números o supremo e o ministério público
Iv relatório supremo em números   o supremo e o ministério públicoIv relatório supremo em números   o supremo e o ministério público
Iv relatório supremo em números o supremo e o ministério público
Marcos CAVALCANTI
 
Intangibles: the new sources of growth (OECD project)
Intangibles: the new sources of growth (OECD project)Intangibles: the new sources of growth (OECD project)
Intangibles: the new sources of growth (OECD project)
Marcos CAVALCANTI
 
A crise de governança e a revolução do conhecimento
A crise de governança e a revolução do conhecimentoA crise de governança e a revolução do conhecimento
A crise de governança e a revolução do conhecimento
Marcos CAVALCANTI
 
Projetos WIDA - Web Intelligence and Digital Ambience
Projetos WIDA - Web Intelligence and Digital AmbienceProjetos WIDA - Web Intelligence and Digital Ambience
Projetos WIDA - Web Intelligence and Digital Ambience
Marcos CAVALCANTI
 
MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)
MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)
MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)
Marcos CAVALCANTI
 
Economia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnb
Economia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnbEconomia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnb
Economia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnb
Marcos CAVALCANTI
 
Big Data e Ciência das Redes
Big Data e Ciência das RedesBig Data e Ciência das Redes
Big Data e Ciência das Redes
Marcos CAVALCANTI
 
Big Data
Big DataBig Data
Atlas of economic complexity part I
Atlas of economic complexity part IAtlas of economic complexity part I
Atlas of economic complexity part I
Marcos CAVALCANTI
 
Ii seminário big data brasil
Ii seminário big data brasilIi seminário big data brasil
Ii seminário big data brasil
Marcos CAVALCANTI
 
Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)
Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)
Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)
Marcos CAVALCANTI
 
O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26
O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26
O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26
Marcos CAVALCANTI
 
How to mesure the intangibles of big events
How to mesure the intangibles of big eventsHow to mesure the intangibles of big events
How to mesure the intangibles of big events
Marcos CAVALCANTI
 
Global link between corruption and wealth
Global link between corruption and wealthGlobal link between corruption and wealth
Global link between corruption and wealth
Marcos CAVALCANTI
 
Convite palestra redefinindo a empresa em três domínios (1)
Convite palestra   redefinindo a empresa em três domínios (1)Convite palestra   redefinindo a empresa em três domínios (1)
Convite palestra redefinindo a empresa em três domínios (1)
Marcos CAVALCANTI
 

Mais de Marcos CAVALCANTI (20)

Tecnologias exponencias e os desafios da humanidade
Tecnologias exponencias e os desafios da humanidadeTecnologias exponencias e os desafios da humanidade
Tecnologias exponencias e os desafios da humanidade
 
Ficha de avaliaçãopdf
Ficha de avaliaçãopdfFicha de avaliaçãopdf
Ficha de avaliaçãopdf
 
Palestra Ciência dos Dados
Palestra Ciência dos DadosPalestra Ciência dos Dados
Palestra Ciência dos Dados
 
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data EstratégicoWida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
Wida - Pós Graduação em Big Data Estratégico
 
3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis
3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis
3a Conferência Internacional sobre Ativos Intangíveis
 
Iv relatório supremo em números o supremo e o ministério público
Iv relatório supremo em números   o supremo e o ministério públicoIv relatório supremo em números   o supremo e o ministério público
Iv relatório supremo em números o supremo e o ministério público
 
Intangibles: the new sources of growth (OECD project)
Intangibles: the new sources of growth (OECD project)Intangibles: the new sources of growth (OECD project)
Intangibles: the new sources of growth (OECD project)
 
A crise de governança e a revolução do conhecimento
A crise de governança e a revolução do conhecimentoA crise de governança e a revolução do conhecimento
A crise de governança e a revolução do conhecimento
 
Projetos WIDA - Web Intelligence and Digital Ambience
Projetos WIDA - Web Intelligence and Digital AmbienceProjetos WIDA - Web Intelligence and Digital Ambience
Projetos WIDA - Web Intelligence and Digital Ambience
 
MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)
MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)
MBKM (Master on Business and Knowledge Manegement)
 
Economia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnb
Economia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnbEconomia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnb
Economia colaborativa e co-criação de valor: o caso do AirBnb
 
Big Data e Ciência das Redes
Big Data e Ciência das RedesBig Data e Ciência das Redes
Big Data e Ciência das Redes
 
Big Data
Big DataBig Data
Big Data
 
Atlas of economic complexity part I
Atlas of economic complexity part IAtlas of economic complexity part I
Atlas of economic complexity part I
 
Ii seminário big data brasil
Ii seminário big data brasilIi seminário big data brasil
Ii seminário big data brasil
 
Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)
Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)
Boletim Estatístico de Pessoal do Governo Federal do Brasil (jan 2015)
 
O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26
O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26
O futuro-dos-megaeventos-esportivos.-final-2015 05-26
 
How to mesure the intangibles of big events
How to mesure the intangibles of big eventsHow to mesure the intangibles of big events
How to mesure the intangibles of big events
 
Global link between corruption and wealth
Global link between corruption and wealthGlobal link between corruption and wealth
Global link between corruption and wealth
 
Convite palestra redefinindo a empresa em três domínios (1)
Convite palestra   redefinindo a empresa em três domínios (1)Convite palestra   redefinindo a empresa em três domínios (1)
Convite palestra redefinindo a empresa em três domínios (1)
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 

Fernando Ribeiro para Decano CT-UFRJ

  • 1. A Caravana Itinerante da Saúde - AGITA CT é um projeto de parceria do CT com  a Coordenação de Políticas de  Saúde do Trabalhador (CPST/PR4), Instituto de Nutrição Josué de Castro/INJC e o Espaço para disposição dos resíduos coletados gerados no CT; Continuidade ao reaproveitamento do óleo vegetal residual apoiando o Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal do Estado do Rio de Janeiro (PROVE); Continuidade ao recolhimento de materiais eletroeletrônicos que não sejam patrimônio da UFRJ. > O QUE FOI PROMETIDO: “Dentro do espírito de planejamento integrado, criar um centro esportivo de uso compartilhado. Incentivar programas culturais e de lazer como o “Quintas Musicais”, o “Prata da Casa” e outros. Apoiar atividades como dança, yoga, artes marciais, teatro, música, etc.” > O QUE FIZEMOS: ATIVIDA: Transformação do Programa em setor, com a ampliação da área física, atendimentos e aquisição de equipamentos.; Construção da sede da Atlética; Oferecimento de atividades culturais e esportivas: dança, lutas, coral, yoga, teatro, etc; Compra de equipamentos para a realização de eventos musicais no Auditório Horta Barbosa; Apoio e organização em eventos culturais: Prata da casa; UFRJ 2020 Projeto conjunto EBA/CT); Ópera na UFRJ: A ópera cômica Viva la Mamma; o New Zealand Māori Arts Crafts Institute; Peça O Diletante; Projeto para espaço de atividades esportivas e culturais, valor Administração e manutenção dos campos de futebol do CT. > O QUE ESTAMOS FAZENDO: Licitação do projeto para espaço de atividades esportivas e culturais, valor estimado de R$ 305.641,56 (aguardando recurso > O QUE FAREMOS: Projeto do Centro Esportivo do CT: Projeto para espaço de atividades esportivas; Obra do projeto para espaço de atividades esportivas e culturais; Continuidade dos projetos de atividades esportivas e culturais; Fortalecer parcerias para expansão do ATIVIDA, incluindo parceria com a Faculdade de Fisioterapia, que contempla a participação de residentes em suas atividades. ESPORTE, CULTURA, SAÚDE E LAZER > O QUE FIZEMOS: Estão sendo elaboradas desde maio de 2015, ações conjuntas entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, o Centro de Tecnologia, a Prefeitura Universitária e o CFCH sobre a Tecnologia; AÇÕES SOCIAIS ENSINO E PESQUISA > O QUE FOI PROMETIDO: “Fortalecer as atividades de extensão articulando as iniciativas das Unidades. Apoiar a revitalização do espaço COPPE Miguel de Simoni. Viabilizar a oferta de atividades de extensão para os alunos.” > O QUE FIZEMOS: Promoçãodearticulaçãoentreasunidadescomoestabelecimento de reuniões periódicas sobre temas estratégicos e relevantes, com a participação dos Coordenadores de Extensão das Unidades e do Centro; Participação ativa dos Coordenadores de Extensão do Centro (titular e suplente) e das unidades em comissões constituídas pela Pró-Reitoria de Extensão (PR-5) para abordar e apresentar propostas para a comunidade acadêmica, no âmbito da extensão universitária; Coordenação no CT da Semana de Integração Acadêmica (SIAc) da UFRJ (evento anual); Coordenação das comissões Ad Hoc em editais promovidos pela PR-5 para o registro de ações de extensão universitária (Editais (Editais PROFAEX); Incentivo e auxílio aos docentes na elaboração de propostas de ampliação da oferta de atividades de extensão para os estudantes; Participação em Fóruns de Extensão promovidos periodicamente pela PR-5; Promoção da integração da Decania com as suas unidades para discussão de temas referentes à extensão universitária no âmbito do CT, com participação em reuniões das diversas congregações; Participação dos Coordenadores de Extensão do Centro, assim como Coordenadores de Extensão das unidades, em comissões mistas que abordam temas acadêmicos relevantes, como o que trata da revisão do plano individual do trabalho docente; Participação na discussão, durante as plenárias da PR-5, sobre a elaboração do regimento para proposta de criação de um futuro Conselho de Extensão Universitária (CEU). ATIVIDADES DE EXTENSÃO > O QUE FAREMOS: Dar continuidade ao trabalho realizado; Incentivar o registro de novas ações de Extensão, ampliando a atuação extensionista do corpo social do CT, contribuindo para a formação integral dos estudantes, baseada na indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão; Ampliar a visibilidade das ações de Extensão realizadas no CT, contribuindo para fortalecer a função social da Universidade Pública. alunos e terceirizados; Projeto de Letramento: É uma parceria da Decania do Centro de Tecnologia, CPST, Grêmio da COPPE, Bandejão, Copiadora Amiga dos Estudantes e o Laboratório de Informática para Educação (LIpE), do Departamento de Engenharia Eletrônica da Escola Politécnica da UFRJ, que busca contribuir para a superação do analfabetismo no país e para a conquista da cidadania e, aliando- se aos princípios da Responsabilidade Social Corporativa; Encaminhamento dos resíduos gerados no CT para Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis do Rio de Janeiro. de vulnerabilidade social. > O QUE FAREMOS: Continuidade das ações conjuntas entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, o Centro de Tecnologia, a Prefeitura menores que circulam no Centro de Tecnologia; Continuidade da Caravana Itinerante da Saúde - AGITA CT; Continuidade do Projeto de Letramento. O Centro de Tecnologia é um centro de excelência, tanto na graduação quanto na pós-graduação. O foco da decania foi realizar ações no sentido deintegrarasunidades,incentivandocolaboraçõesevitandoredundâncias complementares, e com grande potencial de interação acadêmica. Vários acordos internacionais foram celebrados nesses últimos quatro anos, por iniciativa de grupos de pesquisa, departamentos, programas, unidades e da própria decania. A realização de eventos acadêmicos nacionais e internacionais no CT foi fortemente apoiada pela decania, além de incentivo e apoio à criação de grupos como o Minerva Rocket, Minerva Náutica e à criação de empresas juniores, como a Âmbar, iniciativa dos alunos do curso de engenharia ambiental. ESTACIONAMENTO O processo está na Pró-Reitoria de Gestão e Governança (PR6) em fase de licitação. Com cerca de 1.882 vagas, das quais 70 serão gratuitas (estacionamento externo ao bloco A) e tempo de concessão de 60 meses, com investimento inicial em torno de R$ 1.000.000,00 e prazo para retorno do valor investido 12 meses. A estimativa de investimento é em torno de 20 a 40% do lucro líquido obtido após o 12° mês de implantação, após ressarcimento do investimento inicial. Valor estimado da diária R$ 4,00 e não haverá cobrança na entrada. A permanência no estacionamento por tempo inferior a 20 minutos não terá custo e o pagamento será efetuado nas máquinas disponíveis em pontos do Centro de Tecnologia; Haverá instalação de um total de 85 câmeras em pontos estratégicos do estacionamento para monitoramento dos veículos e pessoas que transitam, com vigias 24 horas por dia, nos 7 dias da semana e seguro para os veículos. SEGURANÇA A segurança no CT é um ponto crítico. A sensação de insegurança, com completamente vulnerável, tanto por falta de segurança pública como por falta de segurança interna. Lembramos que a segurança que dispomos no momento é uma segurança patrimonial, a FRONT. A DISEG encontra-se em fase de extinção, com um quadro de funcionários e veículos muito reduzido. Tentamos algumas ações junto à Prefeitura Universitária, como a ronda permanente nos estacionamentos de dois veículos elétricos, circulação de vigilantes da FRONT em bicicletas e instalação de plataforma elevada para vigilância pela FRONT do estacionamento dos fundos do conter a onda de violência que atinge nosso estado e principalmente a nossa cidade. Entretanto, acreditamos que essa situação vai mudar em um futuro muito próximo. Além da gestão terceirizada do estacionamento, que certamente inibirá em grande parte os ataques que sofremos, a Decania do CT tem atuado junto à Reitoria no fechamento do acordo com a Petrobrás para contratação de segurança para todo o Fundão através do programa PROEIS (Programa Estadual de Integração e Segurança). FERNANDO RIBEIRO 2018 - 2022 PROGRAMA DE GESTÃO
  • 2. > O QUE FOI PROMETIDO: “Promover o diálogo, coordenando as ações entre Decania e Unidades. Estabelecer um plano de ações que procure dar uma visão integrada mais completa, de modo a permitir o planejamento das soluções imediatas, de médio e longo prazo para o CT. Integrar as ações de manutenção evitando redundâncias.” > O QUE FIZEMOS: Reforma total das instalações da Decania e reformulação dos setores, com a criação de um setor de licitações, reformulação do Escritório de Planejamento do CT – EPLAN e modernização das redes elétrica e de dados dos setores de ensino e biblioteca de obras raras; Curso de Língua Inglesa para os servidores e terceirizados da Decania em parceria com a Faculdade de Letras, no período de julho de 2015 a dezembro de 2016; Curso de Línguas Inglesa, Portuguesa e Espanhola para os servidores da UFRJ, parceria Decania/SINTUFRJ; Diversos cursos de capacitação para os servidores dos setores de Licitação e Escritório de Planejamento; Implantação de parceria com as unidades do CT nas ações de manutenção predial; Plano de contingência para economia de energia; Aprovação da Resolução Normativa n° 1 de 18/07/2016 sobre normas para construções e reformas no Centro de Tecnologia; Limpeza das calhas e retirada de entulho do subsolo, onde, foram retiradas mais de 53 toneladas de entulho até o momento (ação conjunta COPPE, Poli e Decania); Abertura do entre bloco F/G transformado em área de convivência (ação conjunta COPPE e Decania); do bloco B ao bloco H - Ação conjunta COPPE, Poli e Decania (ação realizada duas vezes durante o ano); Restaurante Universitário: desenvolvimento de sistema de gerenciamento e aplicativo de agendamento, com o objetivo emergenciais do programa de gestão 2014-2018 (Parceria CT/ Restaurante Universitário). > O QUE ESTAMOS FAZENDO: Modernização das redes elétrica e de dados da Biblioteca Central; Coleta Seletiva: Apoio e orientação à implantação da Coleta Seletiva no Laboratório de ensaios não destrutivos, Corrosão e Sondagem (LNDC), no Parque Tecnológico da UFRJ e no Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN- UFRJ). > O QUE FAREMOS: Dar continuidade às ações de parceria com as unidades do CT nas ações de manutenção predial; ReforçaroplanejamentocomaPrefeituraUniversitárianasações de poda, roçagem, troca de lâmpadas dos estacionamentos; Dar continuidade ao estreitamento de laços com a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares, com a Coordenação de Meio Ambiente da Prefeitura Universitária e a Gerência de Meio Ambiente da COPPE/UFRJ visando, melhorias na questão ambiental do CT com o desenvolvimento de ações conjuntas; cada Unidade, levantando informações que subsidiem o fortalecimento do processo de coleta seletiva solidária em todo CT; Reforçar o apoio e orientação na implantação da Coleta Seletiva no Laboratório de ensaios não destrutivos, Corrosão e Sondagem (LNDC), no Parque Tecnológico da UFRJ e no Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN- UFRJ); Dar continuidade à limpeza das calhas e retirada de entulho do subsolo; Dar continuidade à limpeza geral do telhado e substituição de Poli e Decania; Abrir novos entre blocos para transformação em áreas de convivência. Plano diretor do CT, como parte do plano diretor da UFRJ. > O QUE FOI PROMETIDO: “Diagnosticar as condições estruturais e de instalações dos prédios do CT e propor soluções. Solucionar o problema do estacionamento. Regularizar e expandir as áreas de alimentação. Prever acessibilidade para cadeirantes e portadores de necessidades especiais. Proteção contra incêndio. Recuperar os banheiros sob responsabilidade da Decania. Incentivar o transporte interno através de veículos elétricos e bicicletas.” > O QUE FIZEMOS: Projeto executivo e termo de referência para recuperação de danos estruturais do CT1; Confecção das plantas de arquitetura, rede elétrica, rede de esgoto, rede hidráulica, rede de águas pluviais e do sistema de proteção contra descargas atmosféricas de todo CT1, já em fase de conclusão; Reforma das instalações do pessoal da segurança (FRONT) no Bloco A; Término do piso e pintura da passarela frontal no CT1, com demarcação de vagas para motos e instalação de bicicletários; Construção de rampas de acesso a portadores de necessidades especiais com demarcação das vagas e recuperação das escadas em frente aos blocos; Limpeza e reparo dos reservatórios e cisterna do bloco A; Limpeza dos bueiros do estacionamento dos fundos do bloco A; Manutenção periódica dos banheiros públicos; Projeto básico com termo de referência e licitação para projeto conforme a determinação do Ministério Público, em fase de conclusão; Projeto e licitação do espaço para funcionários terceirizados, retirando-os do subsolo, obra em fase de conclusão; Projeto e licitação da cobertura da Decania do CT e do Museu da Escola Politécnica, obra em fase de conclusão; Projeto, licitação e obra do desvio da rede de esgoto sob o laboratório LNDC. Projeto de recuperação das empenas do Bloco A; Banheiros: início dos reparos de acordo com as demandas mais urgentes; Projeto arquitetônico no espaço onde seria a Biblioteca Integrada do CT. Após paralisação das obras, acordo feito com a construtora possibilitará a continuidade da obra com o novo projeto, onde será contemplada uma área de convivência para o corpo social do CT com diversos estabelecimentos comerciais. > O QUE ESTAMOS FAZENDO: Projeto de cercamento do CT1 e do CT2; Revitalização dos Centros Acadêmicos do CT, com instalação de telefone, internet e ar condicionado; Licitação do projeto de recuperação das empenas do Bloco A; Limpeza dos bueiros do estacionamento da frente do CT. > O QUE FAREMOS: Projetoparaacessibilidadenosbanheirospúblicos; Recuperação do telhado do Auditório Horta Barbosa; Instalação de gerador a diesel para o Auditório Horta Barbosa e para o elevador de cargas do bloco A (doação do Instituto de Cardiologia); Obra do projeto de recuperação das empenas do Bloco A, valor total estimado em R$ 7.500.000,00, com previsão de R$ 3.400.000,00 no orçamento 2018; Obra no espaço de onde seria a Biblioteca Integrada do CT, com valor estimado de R$ 4.500.000,00. Após paralização das obras, acordo feito com a construtora possibilitará a continuidade da obra com um novo projeto, onde será contemplada uma área de convivência para o corpo social do CT com diversos estabelecimentos comerciais; Projeto de ligação da rede de esgoto dos laboratórios para a rede central na Rua Muniz Aragão, valor estimado R$ 880.000,00. > O QUE FIZEMOS: Obra da Light para aumento da demanda contratada de carga do CT1 de 5.15 MW para 6.0 MW. Esta obra teve um custo de R$ 3.590.000 e foi de vital importância não só para o CT como para o CCMN e CLA, uma vez que o cabo reserva do CT era o cabo principal do CCMN e da Faculdade de Letras. Foram passados cabos novos até a estação do BRT; baixa tensão das subestações para os primeiros quadros de disjuntores (Projeto do Fundo Verde no valor de R$ 231.000,00); Instalação de disjuntores de média tensão no anel c/h e h/c > O QUE ESTAMOS FAZENDO: Projeto para a aquisição e instalação dos equipamentos elétricos e comissionamento pela Light da subestação do CT2, valor estimado R$ 2.800.000,00 (Orçamento 2018); Projeto da modernização das subestações do CT, valor estimado R$ 1.337.000,00 (Orçamento 2018); Licitação para compra de material para substituição dos cabos da E1; Manutenção do disjuntor de média tensão na subestação B; Instalação de transformador de 500kVA e troca de painel na subestação F2. > O QUE FAREMOS: > O QUE FOI PROMETIDO: “Utilizar os recursos do Fundo Verde de Infraestrutura Sustentável. Um dos primeiros projetos é a estruturação do Sistema Inteligente de Monitoramento e Controle do Consumo de Energia, Água e Resíduos. Fazer do projeto para o CT o projeto piloto da UFRJ, não apenas devido à sua infraestrutura precária, o que pode ser visto como uma oportunidade de introduzir novas tecnologias e práticas, como também pela urgência de sua reforma para dar segurança, conforto e melhores condições de trabalho a todos que o frequentam: alunos, professores, funcionários e visitantes.” > O QUE FIZEMOS: Hidrometração do CT: Projeto do Fundo Verde instalou 29 Colocação de painéis fotovoltaicos no estacionamento do bloco M (Projeto do Fundo Verde); hidrômetros em pontos estratégicos do CT1 com tecnologia dialog 3G que envia dados com informações do consumo via wireless, o que permite a precisão da leitura em tempo real; Substituição de todas as lâmpadas das áreas comuns e bibliotecas do CT por lâmpadas LED; Instalação de pontos de recolhimento de materiais eletroeletrônicos que não sejam patrimônio da UFRJ; Logística reversa de pilhas e baterias: são encaminhadas ao Recicla CT e a partir de 30 kg a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica - ABINEE faz o recolhimento; Compra de lâmpadas LED com empresas que pratiquem logística reversa (retirar a mesma quantidade adquirida); RECICLA-CT:entre2014e2017encaminhouparaascooperativas que esse quantitativo deixou de ser despejado em lixões; que permita um sistema de coleta seletiva dos resíduos gerados no Centro de Tecnologia. > O QUE ESTAMOS FAZENDO: Retirada de dois transformadores com askarel das subestações F1 e H3; Palestras quinzenais para os funcionários da limpeza: Tema: Educação Ambiental e Orientação para a Coleta Seletiva. Objetivo principal: Sensibilização dos funcionários da limpeza quanto à importância da coleta seletiva e a sustentabilidade. Objetivo secundário: Favorecer a formação de multiplicadores do projeto; Incentivo ao reaproveitamento do óleo vegetal residual apoiando o Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal do Estado do Rio de Janeiro (PROVE). > O QUE FAREMOS: Registro de preços para retirada de transformadores com askarel das subestações; CT SUSTENTÁVEL INFRAESTRUTURA PLANEJAMENTO INTEGRADO Licitação do projeto para a aquisição e instalação dos equipamentos elétricos e comissionamento pela Light da subestação do CT2, valor estimado R$ 2.800.000,00 (Orçamento 2018); Licitação do projeto de modernização das subestações do CT, valor estimado R$ 1.337.000,00 (Orçamento 2018); Instalação de disjuntores de média tensão no anel a/b e b/a ENERGIA DO CT