SlideShare uma empresa Scribd logo
Segurança do Trabalho – Turma B - Noite



                 DDS - Diálogo Diário de Segurança

                            Vidro Quebrado
      Boa noite! Estamos aqui para um breve diálogo com o intuito de
esclarecer e prevenir certos acontecidos indesejáveis os quais seriam
chamados de acidentes. E hoje, o lembrete é sobre vidros quebrados. Às
vezes pensamos que esses tipos de cuidados venham parecer bobo e não
levamos muito à sério.

      A importância do cuidado no assunto de hoje é tão significante
como qualquer outro, pois traz e tem a intenção de prevenir contras
doenças e males devido a um simples descuido que poderia ser evitado.
Pra se ter uma ideia, é possível contrair através de um corte, uma hepatite
tipo B e C, obter a síndrome da imunodeficiência, tétano e entre outras.
Um exemplo disso, é que muitas pessoas limpam áreas onde existem
resíduos de vidros quebrados com panos ou toalhas ocasionando cortes
nas mãos. É necessário evitar o máximo possível do toque em superfícies
de tais materiais. O seu manuseio constitui um risco eminente. A limpeza
destes como sempre necessita de utensílios tais como pá, vassoura ou
rodo. Garrafas ou copos quebrados e diversos materiais de vidro, não
podem ser depositados diretamente no lixo comum. O ideal é que se
coloque estes materiais em lugares específicos longe do acesso de pessoas
assegurando a proteção dos demais.

      Portanto, é importante que nos unamos uns aos outros, para que
juntos, tenhamos um início e término de expediente tranquilo, sem
acidentes. Sempre alertando e contribuindo para a segurança de todos.

-Tenham uma boa noite e um bom trabalho.

                                          Ana Carolina, Manoel Sercundes,

                                          Maria Ironilda, José Renan,

                                          Ruan Carlos e Silvia Rachel

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
RAONNEBRAZ1
 
Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
William Nascimento
 
Prevenção de acidentes
Prevenção de acidentesPrevenção de acidentes
Prevenção de acidentes
Artur Silva
 
DDS 61temas
DDS 61temasDDS 61temas
DDS 61temas
Atila Brito
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Thaysa Brito
 
Manual dds
Manual ddsManual dds
Manual dds
prevencaonline
 
Pá carregadeira
Pá carregadeiraPá carregadeira
Pá carregadeira
Aparecido Batista da Silva
 
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalhoAcidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
RogrioTorresTorres
 
Pop soldagem
Pop soldagemPop soldagem
Pop soldagem
kakacissa
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Adams David
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
rafaele123
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Antonio Bezerra
 
Power+point+nr+25
Power+point+nr+25Power+point+nr+25
Power+point+nr+25
Gil Mendes
 
Nr 12 canteiro de obras
Nr 12   canteiro de obrasNr 12   canteiro de obras
Nr 12 canteiro de obras
jhonatantst
 
Treinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeiraTreinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeira
Márcio Roberto de Mattos
 
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Jonas B. Larrosa
 
Dds folhetos educativos
Dds   folhetos educativosDds   folhetos educativos
Dds folhetos educativos
Isa Fernanda fernanda
 
O plano de resgate para trabalhos em altura
O plano de resgate para trabalhos em alturaO plano de resgate para trabalhos em altura
O plano de resgate para trabalhos em altura
TRABALHO VERTICAL
 
Máquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentosMáquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentos
Mauricio Cesar Soares
 

Mais procurados (20)

389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
 
Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
 
Prevenção de acidentes
Prevenção de acidentesPrevenção de acidentes
Prevenção de acidentes
 
DDS 61temas
DDS 61temasDDS 61temas
DDS 61temas
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
 
Manual dds
Manual ddsManual dds
Manual dds
 
Pá carregadeira
Pá carregadeiraPá carregadeira
Pá carregadeira
 
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalhoAcidentes maos-dedos seguranca do trabalho
Acidentes maos-dedos seguranca do trabalho
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Pop soldagem
Pop soldagemPop soldagem
Pop soldagem
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
 
Power+point+nr+25
Power+point+nr+25Power+point+nr+25
Power+point+nr+25
 
Nr 12 canteiro de obras
Nr 12   canteiro de obrasNr 12   canteiro de obras
Nr 12 canteiro de obras
 
Treinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeiraTreinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeira
 
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
 
Dds folhetos educativos
Dds   folhetos educativosDds   folhetos educativos
Dds folhetos educativos
 
O plano de resgate para trabalhos em altura
O plano de resgate para trabalhos em alturaO plano de resgate para trabalhos em altura
O plano de resgate para trabalhos em altura
 
Máquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentosMáquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentos
 

Destaque

20 temas para dds segurança do trabalho nwn
20 temas para dds   segurança do trabalho nwn20 temas para dds   segurança do trabalho nwn
20 temas para dds segurança do trabalho nwn
Luis Araujo
 
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Dayvd Ebonys
 
DDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de SegurançaDDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de Segurança
Tuany Caldas
 
134 dialogos diário de segurança
134 dialogos diário de segurança134 dialogos diário de segurança
134 dialogos diário de segurança
Michele Denise
 
40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso
40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso
40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso
wagnernpinto
 
Dds acidente de trabalho
Dds   acidente de trabalhoDds   acidente de trabalho
Dds acidente de trabalho
Nilton Goulart
 
Modelo de Ficha para DSS
Modelo de Ficha para DSSModelo de Ficha para DSS
Modelo de Ficha para DSS
Ane Costa
 
Como fazer dds
Como fazer ddsComo fazer dds
Como fazer dds
Amanda Silva
 
Planejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDS
Planejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDSPlanejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDS
Planejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDS
Roberto Gomes
 
Dds.livro.zip
Dds.livro.zipDds.livro.zip
Dds.livro.zip
nicobelo
 
5 proteção ócular
5   proteção ócular5   proteção ócular
5 proteção ócular
Nilton Goulart
 
Apresentação - NR-12
Apresentação - NR-12Apresentação - NR-12
Apresentação - NR-12
MGA Automação Industrial
 
Dds dia dia
Dds dia diaDds dia dia
Dds dia dia
segurancapb
 
Modelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODB
Modelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODBModelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODB
Modelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODB
EsclarecerDeMolay
 
Prevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendioPrevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendio
Rafaela Lopes Lobo
 
Exemplos De Mapas De Riscos
Exemplos De Mapas De RiscosExemplos De Mapas De Riscos
Exemplos De Mapas De Riscos
Santos de Castro
 

Destaque (20)

20 temas para dds segurança do trabalho nwn
20 temas para dds   segurança do trabalho nwn20 temas para dds   segurança do trabalho nwn
20 temas para dds segurança do trabalho nwn
 
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
 
DDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de SegurançaDDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de Segurança
 
134 dialogos diário de segurança
134 dialogos diário de segurança134 dialogos diário de segurança
134 dialogos diário de segurança
 
40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso
40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso
40 temas-gratis-formula-secreta-para-o-dds-de-sucesso
 
Como estou me sentindo hoje 1
Como estou me sentindo hoje 1Como estou me sentindo hoje 1
Como estou me sentindo hoje 1
 
Como estou hoje 2
Como estou hoje 2Como estou hoje 2
Como estou hoje 2
 
Como estou hoje 4
Como estou hoje 4Como estou hoje 4
Como estou hoje 4
 
Como estou hoje 1
Como estou hoje 1Como estou hoje 1
Como estou hoje 1
 
Dds acidente de trabalho
Dds   acidente de trabalhoDds   acidente de trabalho
Dds acidente de trabalho
 
Modelo de Ficha para DSS
Modelo de Ficha para DSSModelo de Ficha para DSS
Modelo de Ficha para DSS
 
Como fazer dds
Como fazer ddsComo fazer dds
Como fazer dds
 
Planejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDS
Planejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDSPlanejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDS
Planejamento Mensal dos Diálogos Diários de Segurança - DDS
 
Dds.livro.zip
Dds.livro.zipDds.livro.zip
Dds.livro.zip
 
5 proteção ócular
5   proteção ócular5   proteção ócular
5 proteção ócular
 
Apresentação - NR-12
Apresentação - NR-12Apresentação - NR-12
Apresentação - NR-12
 
Dds dia dia
Dds dia diaDds dia dia
Dds dia dia
 
Modelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODB
Modelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODBModelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODB
Modelo Sugerido de Lista de Presença - Anexo Circular Nº 008 - 2013-2014-SCODB
 
Prevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendioPrevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendio
 
Exemplos De Mapas De Riscos
Exemplos De Mapas De RiscosExemplos De Mapas De Riscos
Exemplos De Mapas De Riscos
 

Semelhante a Exemplo de como elaborar uma DDS

Apostila da defesa civil
Apostila da defesa civilApostila da defesa civil
Segurança
SegurançaSegurança
Segurança
ProjectoGlobal
 
ApresentaçãO SegurançA
ApresentaçãO SegurançAApresentaçãO SegurançA
ApresentaçãO SegurançA
ProjectoGlobal
 
Segurança
SegurançaSegurança
Segurança
ProjectoGlobal
 
DDS Diálogo Diário de Segurança
DDS Diálogo Diário de SegurançaDDS Diálogo Diário de Segurança
DDS Diálogo Diário de Segurança
BrunaGuerraVainauska
 
Segurança
SegurançaSegurança
Segurança
ProjectoGlobal
 
Dds 61 temas para realizar o dds (2)
Dds   61 temas para realizar o dds (2)Dds   61 temas para realizar o dds (2)
Dds 61 temas para realizar o dds (2)
Luiz Rubens Souza Cantelli
 
Dialogo diario de seguranca
Dialogo diario de segurancaDialogo diario de seguranca
Dialogo diario de seguranca
prevencaonline
 
DDS
DDSDDS
Manicure e pedicure
Manicure e pedicureManicure e pedicure
Manicure e pedicure
Camila Macedo
 
primeiros socorros infantis enfermagem.pptx
primeiros socorros infantis enfermagem.pptxprimeiros socorros infantis enfermagem.pptx
primeiros socorros infantis enfermagem.pptx
politecnicacnenferma
 
Protecção civil em casa
Protecção civil em casaProtecção civil em casa
Protecção civil em casa
Albertina Pereira
 
Treinamento adm mudança novo
Treinamento adm mudança novoTreinamento adm mudança novo
Treinamento adm mudança novo
Thiago Soares
 
Manicure
ManicureManicure
Dengue
DengueDengue
Dengue 130718003839-phpapp01
Dengue 130718003839-phpapp01Dengue 130718003839-phpapp01
Dengue 130718003839-phpapp01
Edinaldo Rodrigues Oliveira
 
PREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIA
PREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIAPREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIA
PREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIA
NeriiCosta
 
5 razões para você proteger suas mãos
5 razões para você proteger suas mãos5 razões para você proteger suas mãos
5 razões para você proteger suas mãos
Universidade Federal Fluminense
 

Semelhante a Exemplo de como elaborar uma DDS (18)

Apostila da defesa civil
Apostila da defesa civilApostila da defesa civil
Apostila da defesa civil
 
Segurança
SegurançaSegurança
Segurança
 
ApresentaçãO SegurançA
ApresentaçãO SegurançAApresentaçãO SegurançA
ApresentaçãO SegurançA
 
Segurança
SegurançaSegurança
Segurança
 
DDS Diálogo Diário de Segurança
DDS Diálogo Diário de SegurançaDDS Diálogo Diário de Segurança
DDS Diálogo Diário de Segurança
 
Segurança
SegurançaSegurança
Segurança
 
Dds 61 temas para realizar o dds (2)
Dds   61 temas para realizar o dds (2)Dds   61 temas para realizar o dds (2)
Dds 61 temas para realizar o dds (2)
 
Dialogo diario de seguranca
Dialogo diario de segurancaDialogo diario de seguranca
Dialogo diario de seguranca
 
DDS
DDSDDS
DDS
 
Manicure e pedicure
Manicure e pedicureManicure e pedicure
Manicure e pedicure
 
primeiros socorros infantis enfermagem.pptx
primeiros socorros infantis enfermagem.pptxprimeiros socorros infantis enfermagem.pptx
primeiros socorros infantis enfermagem.pptx
 
Protecção civil em casa
Protecção civil em casaProtecção civil em casa
Protecção civil em casa
 
Treinamento adm mudança novo
Treinamento adm mudança novoTreinamento adm mudança novo
Treinamento adm mudança novo
 
Manicure
ManicureManicure
Manicure
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
 
Dengue 130718003839-phpapp01
Dengue 130718003839-phpapp01Dengue 130718003839-phpapp01
Dengue 130718003839-phpapp01
 
PREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIA
PREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIAPREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIA
PREVENCAO ACIDENTES NO DIA A DIA DA FAMILIA
 
5 razões para você proteger suas mãos
5 razões para você proteger suas mãos5 razões para você proteger suas mãos
5 razões para você proteger suas mãos
 

Último

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 

Último (20)

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 

Exemplo de como elaborar uma DDS

  • 1. Segurança do Trabalho – Turma B - Noite DDS - Diálogo Diário de Segurança Vidro Quebrado Boa noite! Estamos aqui para um breve diálogo com o intuito de esclarecer e prevenir certos acontecidos indesejáveis os quais seriam chamados de acidentes. E hoje, o lembrete é sobre vidros quebrados. Às vezes pensamos que esses tipos de cuidados venham parecer bobo e não levamos muito à sério. A importância do cuidado no assunto de hoje é tão significante como qualquer outro, pois traz e tem a intenção de prevenir contras doenças e males devido a um simples descuido que poderia ser evitado. Pra se ter uma ideia, é possível contrair através de um corte, uma hepatite tipo B e C, obter a síndrome da imunodeficiência, tétano e entre outras. Um exemplo disso, é que muitas pessoas limpam áreas onde existem resíduos de vidros quebrados com panos ou toalhas ocasionando cortes nas mãos. É necessário evitar o máximo possível do toque em superfícies de tais materiais. O seu manuseio constitui um risco eminente. A limpeza destes como sempre necessita de utensílios tais como pá, vassoura ou rodo. Garrafas ou copos quebrados e diversos materiais de vidro, não podem ser depositados diretamente no lixo comum. O ideal é que se coloque estes materiais em lugares específicos longe do acesso de pessoas assegurando a proteção dos demais. Portanto, é importante que nos unamos uns aos outros, para que juntos, tenhamos um início e término de expediente tranquilo, sem acidentes. Sempre alertando e contribuindo para a segurança de todos. -Tenham uma boa noite e um bom trabalho. Ana Carolina, Manoel Sercundes, Maria Ironilda, José Renan, Ruan Carlos e Silvia Rachel