SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
ÁGUA
UM
BEM
VITAL
ETA REUSO
Estação de Tratamento Para Reuso de Água
Finalidade:

Tratar água proveniente de lavagens de peças, motores,
veículos, pisos, etc...




OBS: A água de reuso não é indicada para o consumo
humano ou animal.
Vantagens:
Economia de até 90% na conta de água.

Contribui para preservação das reservas ambientais.

Compacto.

Fácil de instalar.

Fácil operação.

Baixo investimento.

Eficiência garantida.
Circuito de
funcionamento
Princípio de Tratamento:

Processo Físico-Químico.



Etapas do Processo:

Mistura Rápida.
Floculação.
Decantação.
Filtração.
Etapas que antecedem a ETA Reuso:

   Retirada dos sólidos da água a ser tratada (areia, barro, etc).

   Retirada do excesso de óleo da água a ser tratada.




Equipamentos Alfa:


         SAA                                   SAO
Separador de Água e Areia         Separador de Água e Óleo
Resultado:

             Após o tratamento o
             efluente apresenta
             níveis de cor e turbidez
             muito baixos estando
             aptos ao reuso.
Manutenção:

Procedimentos:

 Contra lavagem do filtro de areia

 Descarga do lodo para um leito de secagem

 Abastecimento de produtos químicos.

 Acompanhamento da qualidade da água tratada.
Descarte do Lodo

                   O material sólido separado do
                   sistema é descartado em leitos
                   de secagem até serem
                   destinados corretamente.
Acompanhamento
                 Nossa equipe técnica,
                 composta por químicos,
                 engenheiros e biólogos
                 acompanham o início do
                 tratamento garantindo
                 sua qualidade dentro
                 das normas em vigor e
                 condições acordadas.
Modelos e Vazões:

ETA Reuso 800 l/h.

ETA Reuso 2.000 l/h.

ETA Reuso 5.000 l/h.

ETA Reuso 10.000 l/h.

ETA Reuso 15.000 l/h.
Orientações técnicas:
Utilização de Anti-espumante.

Diluição correta de detergentes.

Licença para compra de produtos químicos.
Garantia:
Diferencial em relação à Concorrência
Sistema por Decantação;
 A favor da gravidade
Economia de energia;
 Independente de aeração difusa
Fácil operação;
 Não necessita de um operador fixo
Sistema compacto;
 Economia de espaço
Baixo custo operacional;
 Rápido retorno do investimento
Sustentabilidade
A sustentabilidade está relacionada com a continuidade dos
aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais.

Para um empreendimento ser sustentável, tem de ser:

        Ecologicamente correto;
        Economicamente viável;
        Socialmente justo;
        Culturalmente aceito.
Por que reutilizar água no Brasil?
97,5% da água do mundo está nos mares e
oceanos e portanto indisponível;
Dos 2,5% restantes ¾ está retida nos icebergues
e glaciares e,
Apenas ¼ desta pequena parcela da água está
apta para consumo humano desde que tenha
escapado às diversas fontes poluidoras.




                                            Fonte: SABESP
O Brasil detém 15% de toda água do
 Mundo disponível para consumo
Consumo de água no Brasil
            (bilhões de m³/ ano)

                                              Industrial
                                                 48%
Residencial
   52%


    Total 17,1 bilhões de m³/ano
         Residencial 8,9 bilhões de m³/ano.
         Industrial 8,2 bilhões de m³/ano.
                                              Fonte: SABESP
Prioridades
Segundo a lei 9.433 de 8 de janeiro de 1997 DA
POLÍTICA NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS a
prioridade dos recursos hídricos em situação de
escassez é para consumo humano e dessecação de
animais,
Cabe ao consumidor não residencial procurar sua
auto-suficiência através da redução do consumo, da
captação e principalmente do reuso.




                                                Fonte: SABESP
Eta Reuso de Água

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Esgotos e Lixeiras
Esgotos e LixeirasEsgotos e Lixeiras
Esgotos e Lixeiras
claudialopes
 
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
João Boos Boos
 
Visita De Estudo à Etar Da Boidobra
Visita De Estudo à Etar Da BoidobraVisita De Estudo à Etar Da Boidobra
Visita De Estudo à Etar Da Boidobra
Leafar Osodrac
 
3 estação de tratamento de águas residuais
3  estação de tratamento de águas residuais3  estação de tratamento de águas residuais
3 estação de tratamento de águas residuais
Gilson Adao
 
Os residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamentoOs residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamento
joanadesousaesilva
 

Mais procurados (20)

Manual para captação emergencial e uso doméstico de água da chuva
Manual para captação emergencial e uso doméstico de água da chuvaManual para captação emergencial e uso doméstico de água da chuva
Manual para captação emergencial e uso doméstico de água da chuva
 
Manual para captacao de agua da chuva
Manual para captacao de agua da chuvaManual para captacao de agua da chuva
Manual para captacao de agua da chuva
 
USO RACIONAL E REUSO ÁGUA
USO RACIONAL E REUSO ÁGUAUSO RACIONAL E REUSO ÁGUA
USO RACIONAL E REUSO ÁGUA
 
ETAR
ETARETAR
ETAR
 
Sisnate200705
Sisnate200705Sisnate200705
Sisnate200705
 
Trabalhoetar
TrabalhoetarTrabalhoetar
Trabalhoetar
 
Trabalhoetar
TrabalhoetarTrabalhoetar
Trabalhoetar
 
Aproveitamento de agua de chuva first flush
Aproveitamento de agua de chuva first flushAproveitamento de agua de chuva first flush
Aproveitamento de agua de chuva first flush
 
Etar
EtarEtar
Etar
 
Esgotos e Lixeiras
Esgotos e LixeirasEsgotos e Lixeiras
Esgotos e Lixeiras
 
Teli 2
Teli 2Teli 2
Teli 2
 
Tratamento de resíduos
Tratamento de resíduosTratamento de resíduos
Tratamento de resíduos
 
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
 
Visita De Estudo à Etar Da Boidobra
Visita De Estudo à Etar Da BoidobraVisita De Estudo à Etar Da Boidobra
Visita De Estudo à Etar Da Boidobra
 
Resíduos
ResíduosResíduos
Resíduos
 
Teli 1
Teli 1Teli 1
Teli 1
 
3 estação de tratamento de águas residuais
3  estação de tratamento de águas residuais3  estação de tratamento de águas residuais
3 estação de tratamento de águas residuais
 
Reuso de água nas edificações
Reuso de água nas edificações Reuso de água nas edificações
Reuso de água nas edificações
 
Sistemas anaeróbios
Sistemas anaeróbiosSistemas anaeróbios
Sistemas anaeróbios
 
Os residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamentoOs residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamento
 

Destaque

Tratamento de água
Tratamento de águaTratamento de água
Tratamento de água
Jupira Silva
 
Recursosnaturais8anoparte2
Recursosnaturais8anoparte2Recursosnaturais8anoparte2
Recursosnaturais8anoparte2
Terceiro Calhau
 
Excel avanzado
Excel avanzadoExcel avanzado
Excel avanzado
quimade
 
Uso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJ
Uso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJUso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJ
Uso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJ
Carla Valdetaro
 
Projeto do filtro caseiro
Projeto do filtro caseiroProjeto do filtro caseiro
Projeto do filtro caseiro
Cms Nunes
 
Nossos produtos mangas_filtrantes_polipropileno
Nossos produtos mangas_filtrantes_polipropilenoNossos produtos mangas_filtrantes_polipropileno
Nossos produtos mangas_filtrantes_polipropileno
Lincoln Araujo
 
Novo de quimica rafael aguilar
Novo de quimica rafael aguilarNovo de quimica rafael aguilar
Novo de quimica rafael aguilar
compbyte
 
Pop manutenção e limpeza do deionizador
Pop   manutenção e limpeza do deionizadorPop   manutenção e limpeza do deionizador
Pop manutenção e limpeza do deionizador
Juciê Vasconcelos
 
Tratamento De áGuas Residuais
Tratamento De áGuas ResiduaisTratamento De áGuas Residuais
Tratamento De áGuas Residuais
guest3c1e728
 

Destaque (19)

Tratamento de água
Tratamento de águaTratamento de água
Tratamento de água
 
Recursosnaturais8anoparte2
Recursosnaturais8anoparte2Recursosnaturais8anoparte2
Recursosnaturais8anoparte2
 
Resolucao189 06
Resolucao189 06Resolucao189 06
Resolucao189 06
 
Excel avanzado
Excel avanzadoExcel avanzado
Excel avanzado
 
M A R M O R I S T A RochasBrasil - Cotações on line
M A R M O R I S T A    RochasBrasil - Cotações on lineM A R M O R I S T A    RochasBrasil - Cotações on line
M A R M O R I S T A RochasBrasil - Cotações on line
 
Filtro prensa
Filtro prensaFiltro prensa
Filtro prensa
 
Uso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJ
Uso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJUso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJ
Uso de água e resíduos em empresas - Treinamento criado para SEBRAE-RJ
 
Apartamento a venda no Centro de Curitiba
Apartamento a venda no Centro de CuritibaApartamento a venda no Centro de Curitiba
Apartamento a venda no Centro de Curitiba
 
Projeto do filtro caseiro
Projeto do filtro caseiroProjeto do filtro caseiro
Projeto do filtro caseiro
 
Sobrado a venda em condominio fechado no xaxim
Sobrado a venda em condominio fechado no xaximSobrado a venda em condominio fechado no xaxim
Sobrado a venda em condominio fechado no xaxim
 
Nossos produtos mangas_filtrantes_polipropileno
Nossos produtos mangas_filtrantes_polipropilenoNossos produtos mangas_filtrantes_polipropileno
Nossos produtos mangas_filtrantes_polipropileno
 
Novo de quimica rafael aguilar
Novo de quimica rafael aguilarNovo de quimica rafael aguilar
Novo de quimica rafael aguilar
 
Filtros
FiltrosFiltros
Filtros
 
Pop manutenção e limpeza do deionizador
Pop   manutenção e limpeza do deionizadorPop   manutenção e limpeza do deionizador
Pop manutenção e limpeza do deionizador
 
Reuso da Água - Professor Eduardo de Oliveira
Reuso da Água - Professor Eduardo de OliveiraReuso da Água - Professor Eduardo de Oliveira
Reuso da Água - Professor Eduardo de Oliveira
 
ÁGUA DE REÚSO
ÁGUA DE REÚSOÁGUA DE REÚSO
ÁGUA DE REÚSO
 
Filtração
FiltraçãoFiltração
Filtração
 
Poeiras minerais
Poeiras minerais Poeiras minerais
Poeiras minerais
 
Tratamento De áGuas Residuais
Tratamento De áGuas ResiduaisTratamento De áGuas Residuais
Tratamento De áGuas Residuais
 

Semelhante a Eta Reuso de Água

Gestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursosGestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursos
inessalgado
 
Trab efa ambiente finalissima
Trab efa ambiente finalissimaTrab efa ambiente finalissima
Trab efa ambiente finalissima
ecoescolasebsdla
 
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
João Boos Boos
 
ECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdf
ECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdfECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdf
ECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdf
ECOCLÃ BIOTECNOLOGIA
 
áGua para cosméticos
áGua para cosméticosáGua para cosméticos
áGua para cosméticos
Robson Raduan
 
Abastecimento de água, tratamento e reuso de efluentes
Abastecimento de água, tratamento e reuso de efluentesAbastecimento de água, tratamento e reuso de efluentes
Abastecimento de água, tratamento e reuso de efluentes
gbruck53
 

Semelhante a Eta Reuso de Água (20)

Manejo de resíduos em sistemas de produção de leite: limpeza hidráulica dos ...
Manejo de resíduos em sistemas de produção de leite:  limpeza hidráulica dos ...Manejo de resíduos em sistemas de produção de leite:  limpeza hidráulica dos ...
Manejo de resíduos em sistemas de produção de leite: limpeza hidráulica dos ...
 
Rec agua 1
Rec agua 1Rec agua 1
Rec agua 1
 
Visão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
Visão Geral sobre o Reuso de Água no BrasilVisão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
Visão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
 
Gestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursosGestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursos
 
Trab efa ambiente finalissima
Trab efa ambiente finalissimaTrab efa ambiente finalissima
Trab efa ambiente finalissima
 
Gestão amb. da água
Gestão amb. da águaGestão amb. da água
Gestão amb. da água
 
Dejetos Na Propriedade Rural
Dejetos Na Propriedade RuralDejetos Na Propriedade Rural
Dejetos Na Propriedade Rural
 
Reaproveitamento de água residuária em sistemas de produção de leite em confi...
Reaproveitamento de água residuária em sistemas de produção de leite em confi...Reaproveitamento de água residuária em sistemas de produção de leite em confi...
Reaproveitamento de água residuária em sistemas de produção de leite em confi...
 
TRATAMENTO DE ESGOTO DOADO PELA CORSAN AO MUNICÍPIO DE MONTENEGRO EM 2007.
TRATAMENTO DE ESGOTO DOADO PELA CORSAN AO MUNICÍPIO DE MONTENEGRO EM 2007.TRATAMENTO DE ESGOTO DOADO PELA CORSAN AO MUNICÍPIO DE MONTENEGRO EM 2007.
TRATAMENTO DE ESGOTO DOADO PELA CORSAN AO MUNICÍPIO DE MONTENEGRO EM 2007.
 
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
Trabalho tratamento esgoto final.ppt 2
 
Cartilha uso racional da água - Embrapa e Nestlé
Cartilha uso racional da água  - Embrapa e Nestlé Cartilha uso racional da água  - Embrapa e Nestlé
Cartilha uso racional da água - Embrapa e Nestlé
 
Tratamento de resíduos da bovinocultura e uso como fertilizante
Tratamento de resíduos da bovinocultura e uso como fertilizanteTratamento de resíduos da bovinocultura e uso como fertilizante
Tratamento de resíduos da bovinocultura e uso como fertilizante
 
Manejo de Dejetos (Semana dae Integração Tecnológica)
Manejo de Dejetos (Semana dae Integração Tecnológica)Manejo de Dejetos (Semana dae Integração Tecnológica)
Manejo de Dejetos (Semana dae Integração Tecnológica)
 
ECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdf
ECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdfECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdf
ECOMIX G - LINHA AQUA E INDUSTRIAL 2022.pdf
 
ECOMIX G - LINHA AQUA e INDUSTRIAL
ECOMIX G - LINHA AQUA e INDUSTRIALECOMIX G - LINHA AQUA e INDUSTRIAL
ECOMIX G - LINHA AQUA e INDUSTRIAL
 
Água Na Propriedade Rural - Tratamento de água e esgoto na propriedade rural
Água Na Propriedade Rural - Tratamento de água e esgoto na propriedade ruralÁgua Na Propriedade Rural - Tratamento de água e esgoto na propriedade rural
Água Na Propriedade Rural - Tratamento de água e esgoto na propriedade rural
 
Procedimento poupa quase 90% de água em refinaria
Procedimento poupa quase 90% de água em refinariaProcedimento poupa quase 90% de água em refinaria
Procedimento poupa quase 90% de água em refinaria
 
Crise hídrica no Brasil
Crise hídrica no BrasilCrise hídrica no Brasil
Crise hídrica no Brasil
 
áGua para cosméticos
áGua para cosméticosáGua para cosméticos
áGua para cosméticos
 
Abastecimento de água, tratamento e reuso de efluentes
Abastecimento de água, tratamento e reuso de efluentesAbastecimento de água, tratamento e reuso de efluentes
Abastecimento de água, tratamento e reuso de efluentes
 

Eta Reuso de Água

  • 2. ETA REUSO Estação de Tratamento Para Reuso de Água
  • 3. Finalidade: Tratar água proveniente de lavagens de peças, motores, veículos, pisos, etc... OBS: A água de reuso não é indicada para o consumo humano ou animal.
  • 4. Vantagens: Economia de até 90% na conta de água. Contribui para preservação das reservas ambientais. Compacto. Fácil de instalar. Fácil operação. Baixo investimento. Eficiência garantida.
  • 6. Princípio de Tratamento: Processo Físico-Químico. Etapas do Processo: Mistura Rápida. Floculação. Decantação. Filtração.
  • 7. Etapas que antecedem a ETA Reuso: Retirada dos sólidos da água a ser tratada (areia, barro, etc). Retirada do excesso de óleo da água a ser tratada. Equipamentos Alfa: SAA SAO Separador de Água e Areia Separador de Água e Óleo
  • 8. Resultado: Após o tratamento o efluente apresenta níveis de cor e turbidez muito baixos estando aptos ao reuso.
  • 9. Manutenção: Procedimentos: Contra lavagem do filtro de areia Descarga do lodo para um leito de secagem Abastecimento de produtos químicos. Acompanhamento da qualidade da água tratada.
  • 10. Descarte do Lodo O material sólido separado do sistema é descartado em leitos de secagem até serem destinados corretamente.
  • 11. Acompanhamento Nossa equipe técnica, composta por químicos, engenheiros e biólogos acompanham o início do tratamento garantindo sua qualidade dentro das normas em vigor e condições acordadas.
  • 12. Modelos e Vazões: ETA Reuso 800 l/h. ETA Reuso 2.000 l/h. ETA Reuso 5.000 l/h. ETA Reuso 10.000 l/h. ETA Reuso 15.000 l/h.
  • 13. Orientações técnicas: Utilização de Anti-espumante. Diluição correta de detergentes. Licença para compra de produtos químicos.
  • 15. Diferencial em relação à Concorrência Sistema por Decantação; A favor da gravidade Economia de energia; Independente de aeração difusa Fácil operação; Não necessita de um operador fixo Sistema compacto; Economia de espaço Baixo custo operacional; Rápido retorno do investimento
  • 16. Sustentabilidade A sustentabilidade está relacionada com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais. Para um empreendimento ser sustentável, tem de ser: Ecologicamente correto; Economicamente viável; Socialmente justo; Culturalmente aceito.
  • 17. Por que reutilizar água no Brasil? 97,5% da água do mundo está nos mares e oceanos e portanto indisponível; Dos 2,5% restantes ¾ está retida nos icebergues e glaciares e, Apenas ¼ desta pequena parcela da água está apta para consumo humano desde que tenha escapado às diversas fontes poluidoras. Fonte: SABESP
  • 18. O Brasil detém 15% de toda água do Mundo disponível para consumo
  • 19. Consumo de água no Brasil (bilhões de m³/ ano) Industrial 48% Residencial 52% Total 17,1 bilhões de m³/ano Residencial 8,9 bilhões de m³/ano. Industrial 8,2 bilhões de m³/ano. Fonte: SABESP
  • 20. Prioridades Segundo a lei 9.433 de 8 de janeiro de 1997 DA POLÍTICA NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS a prioridade dos recursos hídricos em situação de escassez é para consumo humano e dessecação de animais, Cabe ao consumidor não residencial procurar sua auto-suficiência através da redução do consumo, da captação e principalmente do reuso. Fonte: SABESP