SlideShare uma empresa Scribd logo
VISÃO – MISSÃO – BASE BÍBLICA
VISÃOEf.4.7-14
Cristo deu uma medida de graça a cada um de nós para realizarmos nosso ministério e cumprirmos nosso chamado.  Ef.4.7  “E a cada um de nós foi concedida a graça, conforme a medida repartida por Cristo.”
Esta medida de graça inclui dons espirituais (ferramentas) para efetivação. Nos foi dada por Cristo por meio do seu triunfo. v.8 Por isso é que foi dito: “Quando ele subiu em triunfo às alturas, levou cativos muitos prisioneiros, e deu dons aos homens”.
Por isso não devemos desprezá-la, pois não só nossa salvação foi comprada por Cristo com humilhação e sofrimento, mas também nossos dons e chamado. v.9 (Que significa “ele subiu”, senão que também havia descido às profundezas da terra? 10 Aquele que desceu é o mesmo que subiu acima de todos os céus, a fim de encher todas as coisas.)
Para tornar isso efetivo ele deu a igreja não só dons mas pessoas com habilidades especiais. Mas com que objetivo? Este é o ponto principal que define a visão da escola. v.11 E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,
Os pastores receberam de Cristo uma incumbência vinda do céu que foi comprada em sua humilhação e exaltação: Preparar os santos para a obra do ministério.  Não é o pastor que realiza o ministério. Ele equipa os santos para realizá-lo. Só assim a edificação do corpo (igreja) acontece.  A igreja é edificada quando ministra e como resultado de ministrar. O pastor tem o papel de preparar a igreja para realizar esta obra de edificação. v.12  “com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado,”
POR ISSO A...
O QUE VEJO PARA O FUTURO COMO FRUTO DA ESCOLA DE MINISTÉRIOS? v.13  “até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.”
O QUE ME INCOMODA TANTO QUE ME MOTIVOU A CRIAR A ESCOLA DE MINISTÉRIOS? v.14  “O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.”
QUAL É O INGREDIENTE “SECRETO”? v.15  “Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.”
O QUE É NECESSÁRIO PARA QUE A IGREJA VIVA UM CRESCIMENTO SAUDÁVEL PLANEJADO POR CRISTO? v.16  “Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função.”
MISSÃO (2Tm.2.2)
Fortificação na Graça A base da escola é a DINÂMICA DA GRAÇA. Verdade na qual devemos nos fortificar continuamente. Fonte da nossa motivação e direcionamento espiritual.  v.1  “Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus.”
Discipulado Contagiante As doutrinas foram sistematizadas para se tornar possível transmiti-las a outros. Não basta se empenharmos na capacidade de entende-las e vivê-las. Devemos nos empenhar na capacidade de contagiar, transmitir e capacitando outros a transmiti-la. v.2  “E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie-as a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar outros.”
ACREDITAMOS QUE O CRESCIMENTO NA VIDA CRISTÃ PASSA POR TRÊS ÁREAS:  SER  CONHECER  FAZER
SER SERÉ A MINHA VIDA COM DEUS. Como é minha vida com Deus? O que eu sou com Deus? Como é minha relação com Ele? Como eu O vejo e como acho que Ele me vê?
CONHECER CONHECERÉ O QUE EU SEI SOBRE DEUS E SEU REINO. O que eu sei sobre Deus? O que eu sei sobre os propósitos de Deus? O que eu sei sobre a palavra de Deus? O que eu sei sobre a igreja de Deus?
FAZER FAZERÉ O QUE EU FAÇO PARA DEUS O que Deus quer que eu faça no Seu Reino? Qual o propósito de Deus pra minha vida? Qual é o meu chamado? Quais são os meus dons? Como e onde devo usá-los?
Estas três áreas precisam crescer sempre.Estas três áreas precisam crescer juntas. SEMPRE JUNTAS O crescimento saudável não acontecerá se um uma desta áreas for negligenciada em sua vida.
Por isso nunca pare de crescer: CRESCER NA SUA VIDA COM DEUS NO SEU CONHECIMENTO SOBRE DEUS NO SEU MINISTÉRIO PARA DEUS
A ESCOLA DE MINISTÉRIOS FOI CRIADA PARA TRABALHAR ESTAS TRÊS ÁREAS DE CRESCIMENTO CRISTÃO NA SUA VIDA.
PROPOSTA DA ESCOLA PARA  TRABALHAR OS FUNDAMENTOSSER ,[object Object]
Cada Aula Terá Duração De 8 Horas.
E As Aulas No Domingo Das 8:00h – 15:40h.  ,[object Object]
AS MATÉRIAS(01 aula por mês)
NÍVEL 1 – FUNDAMENTOS (SER) AULA 01 – JUSTIFICAÇÃO E SANTIFICAÇÃO (A fonte da santificação) AULA 02 – FILHOS COM MENTALIDADE DE ESCRAVOS (Relacionamento íntimo com Deus). AULA 03 – SINAIS DA REGENERAÇÃO   (No que somos diferentes dos ímpios) AULA 04 – ÍDOLOS DO CORAÇÃO (Tratando pecado de verdade) AULA 05 – ESQUECIMENTO DA ALMA (Alinhando-se e Mantendo-se no caminho do evangelho) AULA 06 – 4 PRINCÍPIOS NA PREGAÇÃO (Como transformar seus ouvintes) AULA 07 – VER CRISTO NAS ESCRITURAS (Abrindo a fonte dos tesouros) AULA 08 – ESTUDO CORRETO E EFICAZ DA BÍBLIA. O QUE CRER. O QUE FAZER. (Resolvendo os problemas com o Evangelho) AULA 09 – A DINÂMICA DA GRAÇA (Nutrindo-se e Aprofundando no amor de Deus) AULA10 – AS OBRAS PELO EVANGELHO (Vivendo para agradar a Deus e abençoar o próximo).
NÍVEL 2 – BÚSSULA (SABER) PANORAMA DO ANTIGO E NOVO TESTAMENTO TEOLOGIA SISTEMÁTICA –  Deus  (atributos) – Cristo (Natureza, Obra, Ofício, Propósito) Espírito Santo (Natureza e obra) – Criação – Igreja (missão tríplice) – Salvação (Eleição, Justificação, Adoção, Regeneração, Conversão, Santificação, Glorificação). HISTÓRIA DE ISRAEL –  (Passada, presente e futura)  HISTÓRIA DA IGREJA –  (Análise histórica e contemporânea) Estas aulas serão distribuídas de acordo com a demanda das disciplinas.
NÍVEL 3 – FERRAMENTAS (FAZER) NOÇÕES DE HOMILÉTICA (Preparo e entrega dos sermões) NOÇÕES DE PEDAGOGIA (Ensinando quase tudo a quase todos) NOÇÕES DE LIDERANÇA (Multiplos insigts) NOÇÕES DE MINISTRAÇÃO (Orando com unção por unção) Estas aulas serão distribuídas de acordo com a demanda das disciplinas.
MINISTRAÇÃO OS FUNDAMENTOS DO SER(Detalhes das 10 ministrações)
AULA 01 –JUSTIFICAÇÃO E SANTIFICAÇÃO(A fonte da santificação) SANTIFICAÇÃO Rm.1.7  “A todos os que em Roma são amados de Deus e chamados para serem santos” Ef.1.4  “Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença” 1Tss.4.7  “Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.” NOSSO ERRO: BASEAMOS NOSSA JUSTIFICAÇÃO NA SANTIFICAÇÃO QUANDO DEVERÍAMOS BASEAR NOSSA SANTIFICAÇÃO NA JUSTIFICAÇÃO.
AULA 02 – FILHOS COM MENTALIDADE DE ESCRAVOS(Relacionamento íntimo com Deus). INTIMIDADE Gl.4.8  “Antes, quando vocês não conheciam a Deus, eram escravos daqueles que, por natureza, não são deuses. 9 Mas agora, conhecendo a Deus, ou melhor, sendo por ele conhecidos, como é que estão voltando àqueles mesmos princípios elementares, fracos e sem poder? Querem ser escravizados por eles outra vez?” QUANDO TEMOS MENTALIDADE DE ESCRAVOS, MESMO TENDO SIDOS TRANSFORMADOS EM FILHOS,  VIVEMOS COMO ESCRAVOS. A EXPERIENCIA MAIS DESEJADA POR DEUS É A MENOS VIVIDA PELOS QUE DIZEM CRER.  O DE TÊ-LO COMO PAI.
AULA 03 – SINAIS DA REGENERAÇÃO (No que somos diferentes dos ímpios) NOVA VIDA Rm.8.8 Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus. 9 Entretanto, vocês não estão sob o domínio da carne, mas do Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em vocês. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo. Hb.11.6  “Sem fé é impossível agradar a Deus...”. Rm.8.5  “Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acordo com o Espírito, tem a mente voltada para o que o Espírito deseja.” SER NOVA CRIATURA NÃO É SER SIMPLESMENTE  UMA PESSOA MELHOR. A MARCA DE UMA NOVA CRIATURA É VIVER DE UMA FORMA QUE AQUELE QUE AINDA NASCEU DE NOVO NÃO SÓ NÃO QUER COMO NÃO CONSEGUE VIVER.
AULA 04 – ÍDOLOS DO CORAÇÃO(Tratando pecado de verdade) PECADO Ez.14. 3-5 “Filho do homem, estes homens ergueram ídolos em seus corações e puseram tropeços ímpios diante de si. Devo deixar que me consultem? Ora, diga-lhes: Assim diz o Soberano, o SENHOR: Quando qualquer israelita erguer ídolos em seu coração e puser um tropeço ímpio diante do seu rosto e depois for consultar um profeta, eu o SENHOR, eu mesmo, responderei a ele conforme a sua idolatria. Isto farei para reconquistar o coração da nação de Israel, que me abandonou em troca de seus ídolos.” 1Jo.5.21  “Filhinhos, guardem-se dos ídolos.” ,[object Object]
 ENQUANTO NÃO O ENCONTRO E NÃO O DERRUBO COM O EVANGELHO, NÃO ADIANTA TRATAR AÇÕES EXTERNAS E ATOS MORAIS. ,[object Object]
TRANSFORMAÇÃO AULA 06 – 4 PRINCÍPIOS NA PREGAÇÃO(Como transformar seus ouvintes) ,[object Object],Lm.3.22  “Graças ao grande amor do SENHOR é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis.” ,[object Object],Gl.5.6 	“Porque em Cristo Jesus nem circuncisão nem incircuncisão têm efeito algum, mas sim a fé que atua pelo amor.” ,[object Object],Jo.5.40  “contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida. PREGAR JESUS EM TODA A BÍBLIA. Jo.5.39  “Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito”
AULA 07 – VER CRISTO NAS ESCRITURAS(Abrindo a fonte dos tesouros) BÍBLIA Lc.24.25-27  “Ele lhes disse: “Como vocês custam a entender e como demoram a crer em tudo o que os profetas falaram!  Não devia o Cristo sofrer estas coisas, para entrar na sua glória?”  E começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que constava a respeito dele em todas as Escrituras.” 1Pe.1.10-11  “Foi a respeito dessa salvação que os profetas que falaram da graça destinada a vocês investigaram e examinaram, procurando saber o tempo e as circunstâncias para os quais apontava o Espírito de Cristo que neles estava, quando lhes predisse os sofrimentos de Cristo e as glórias que se seguiriam àqueles sofrimentos.” NÃO HÁ HEROIS NA BÍBLIA SE NÃO UM QUE É CRISTO. TODOS OS OUTROS O FORAM POR QUE APONTAVAM PARA ELE.
AULA 08 – ESTUDO CORRETO E EFICAZ DA BÍBLIA. (Resolvendo os problemas com o Evangelho) MATURIDADE TODA ORDEM PRÁTICA NA BÍBLIA (O QUE FAZER)  TEM LIGADO A SI, SEU ENSINO DOUTRINÁRIO. (O QUE CRER).  VOCÊ NÃO CONSEGUERÁ FAZER O QUE AS ESCRITURAS MANDAM SE PRIMERO NÃO CRER NO QUE ELA DIZ SOBRE O EVANGELHO. O QUE FAZER: Rm.15.1  “Nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. 2 Cada um de nós deve agradar ao seu próximo para o bem dele, a fim de edificá-lo.  O QUE CRER: v.3  “Pois também Cristo não agradou a si próprio, mas, como está escrito: “Os insultos daqueles que te insultam caíram sobre mim”
AULA 09 – A DINÂMICA DA GRAÇA(Aprofundando e nutrindo-se no amor de Deus) GRAÇA O LADRÃO DO PODER É A INGRATIDÃO. O LADRÃO DA GRATIDÃO CHAMA-SE MÉRITO.  Rm.5.6  “De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. 8 Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.” Ef.2.1,4,5,8  “Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados. Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões... Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;  não por obras, para que ninguém se glorie. Lc.7.47 “Mas aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama”.
AULA10 – AS OBRAS PELO EVANGELHO(Vivendo para agradar a Deus e abençoar o próximo). OBRAS Ef.2.10  “Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos.” Tt.2.14 “Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldades e purificar para si mesmo um povo particularmente seu, dedicado à prática de boas obras.” Tt.3.8  “Fiel é esta palavra, e quero que você afirme categoricamente essas coisas, para que os que crêem em Deus se empenhem na prática de boas obras. Tais coisas são excelentes e úteis aos homens.” QUEM CRER QUE FOI SALVO PELA GRAÇA, NÃO TEM COMO PREOCUPAÇÃO USAR SUA VIDA PARA SE MANTER SALVO, MAS SIM PARA AGRADECER A DEUS PELA SALVAÇÃO. A VIDA CRISTÃ NÃO FOI DADA PARA SER SALVO, MAS PARA QUEM É SALVO, AFIM DE QUE ESTE VIVA PARA AGRADAR A DEUS E ABENÇOAR O PRÓXIMO.
SEGUIMENTO... OS DISCÍPULOS RECEBERÃO SERMÕES E ARTIGOS PARA FAZEREM RESENHA DE ACORDO COM O TEMA TRATADO NO RESPECTIVO MÊS.
PÚBLICO ALVO Pessoas que estejam dispostas ao estudo e discipulado profundo e sistemático na doutrina do EVANGELHO DA GRAÇA se tornando ministros e discipuladores de outros.
PROPOSTA A ESCOLA DE MINISTÉRIO não serve para aqueles que desejam fama ou projeção pessoal (Deus é quem resolve isso). Seguimos o modelo de João Batista “Importa Que Ele cresça e que eu diminua”. A ESCOLA DE MINISTÉRIOS não se propõe emitir certificados e diplomas com fins profissionais. O foco é puramente ministerial.Por esta razão não há qualquer tipo de registro. A ESCOLA DE MINISTÉRIOS tem caráter livre, não institucional, independente, e interdenominacional. Entretanto a ESCOLA DE MINISTÉRIOS tem regras e disciplinas necessárias para o desenvolvimento dos discípulos.
...proposta... Aqueles que cumprirem todos os requisitos e desenvolverem bem no domínio da matéria serão convidados a fazer parte da ESCOLA DE MINISTÉRIOS para auxiliar nas ministrações sendo remunerado para isso. Com o desenvolvimento da ESCOLA DE MINISTÉRIOS núcleos poderão ser abertos em quaisquer lugares por coordenadores. Desta forma a ESCOLA DE MINISTÉRIO receberá um percentual financeiro destes núcleos dando-lhes total autonomia.
...proposta... Os coordenadores deverão continuar recebendo ministrações e ensino. A ESCOLA DE MINISTÉRIOS não se propõe a promover igreja alguma. Seu objetivo é servir a Igreja de Cristo independente de sua denominação. A inscrição inicial é limitada a um número de discípulos e estes só serão aceitos se preencherem os requisitos exigidos pela Escola.
REQUISITOS PARA FAZER PARTE DA ESCOLA EM NÍVEL 1 Ser convertido a mais de dois anos. Está debaixo de cobertura eclesiástica e pastoral/espiritual. Ter fé definida e vida cristã estável. Ter boa reputação para os que são de dentro ou de fora. Ter espírito ensinável e humilde. Ter disciplina financeira, emocional, relacional e espiritual. Ser dedicado a leitura e ao pensamento concentrado. Ser esforçado em expressar suas idéias e sintetizar pensamentos. Ser aberto a examinar tudo antes de julgar. Ser assíduo, pontual, cumpridor e relacionável.  Valorizar a prestação de contas espirituais. Honrar lideranças.
INVESTIMENTO R$ 100,00 mês
INVESTIMENTO A cada aluno que você trouxer para a escola você receberá R$ 20,00 de desconto nas mensalidades.  Esta iniciativa não é apenas um incentivo, mas um teste na sua capacidade de fazer discípulos.
VALOR VALOR “Você não merece ter aquilo que não dá valor” - Marcio Gonçalves -

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dons do espirito santo
Dons do espirito santoDons do espirito santo
Dons do espirito santo
WebExecutivo1
 
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTOA NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
ASD Remanescentes
 
O tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeitoO tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeito
Ricardo Gondim
 
Livro ebook-nossa-heranca-reformada
Livro ebook-nossa-heranca-reformadaLivro ebook-nossa-heranca-reformada
Livro ebook-nossa-heranca-reformada
wellington ferreira brito
 
O Progresso da Salvação
O Progresso da SalvaçãoO Progresso da Salvação
O Progresso da Salvação
uriank
 
Jesus the Christ in PORTUGUESE
Jesus the Christ in PORTUGUESEJesus the Christ in PORTUGUESE
Jesus the Christ in PORTUGUESE
dearl1
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
O chamado para o discipulado
O chamado para o discipuladoO chamado para o discipulado
O chamado para o discipulado
Pastor Wanderley
 
A teologia de satanás nos últimos dias
A teologia de satanás nos últimos diasA teologia de satanás nos últimos dias
A teologia de satanás nos últimos dias
Eduardo Sousa Gomes
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Rodrigo F Menegatti
 
O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...
O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...
O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...
Irmao Fabricio
 
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e AtitudesLição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Éder Tomé
 
A humanidade de cristo
A humanidade de cristoA humanidade de cristo
A humanidade de cristo
Eduardo Sousa Gomes
 
O que Jesus espera da igreja? O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja?   O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja?   O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
Fábio Paradela
 
Lição 11 - A IGREJA E A POLÍTICA
Lição 11 - A IGREJA E A POLÍTICALição 11 - A IGREJA E A POLÍTICA
Lição 11 - A IGREJA E A POLÍTICA
Erberson Pinheiro
 
Os 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito SantoOs 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito Santo
Roberto Trindade
 
Batismo com o Espírito Santo
Batismo com o Espírito SantoBatismo com o Espírito Santo
Batismo com o Espírito Santo
Joselito Machado
 
Slide dons espirituais
Slide dons espirituaisSlide dons espirituais
Slide dons espirituais
Nayane Oliveira
 

Mais procurados (19)

Dons do espirito santo
Dons do espirito santoDons do espirito santo
Dons do espirito santo
 
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTOA NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
 
O tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeitoO tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeito
 
Livro ebook-nossa-heranca-reformada
Livro ebook-nossa-heranca-reformadaLivro ebook-nossa-heranca-reformada
Livro ebook-nossa-heranca-reformada
 
O Progresso da Salvação
O Progresso da SalvaçãoO Progresso da Salvação
O Progresso da Salvação
 
Jesus the Christ in PORTUGUESE
Jesus the Christ in PORTUGUESEJesus the Christ in PORTUGUESE
Jesus the Christ in PORTUGUESE
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
 
O chamado para o discipulado
O chamado para o discipuladoO chamado para o discipulado
O chamado para o discipulado
 
A teologia de satanás nos últimos dias
A teologia de satanás nos últimos diasA teologia de satanás nos últimos dias
A teologia de satanás nos últimos dias
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
 
O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...
O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...
O pastor elinaldo renovato preparou um estudo completo de personagens bíblica...
 
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e AtitudesLição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
 
A humanidade de cristo
A humanidade de cristoA humanidade de cristo
A humanidade de cristo
 
O que Jesus espera da igreja? O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja?   O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja?   O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? O caráter de Deus (1ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
 
Lição 11 - A IGREJA E A POLÍTICA
Lição 11 - A IGREJA E A POLÍTICALição 11 - A IGREJA E A POLÍTICA
Lição 11 - A IGREJA E A POLÍTICA
 
Os 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito SantoOs 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito Santo
 
Batismo com o Espírito Santo
Batismo com o Espírito SantoBatismo com o Espírito Santo
Batismo com o Espírito Santo
 
Slide dons espirituais
Slide dons espirituaisSlide dons espirituais
Slide dons espirituais
 

Destaque

4p's
4p's4p's
4p's
whmcs
 
Presentacion ue
Presentacion uePresentacion ue
Presentacion ue
9mayo
 
Aprendizaje Colaborativo.
Aprendizaje Colaborativo.Aprendizaje Colaborativo.
Aprendizaje Colaborativo.
nicoledarin
 
Ley de victimas dof
Ley de victimas dofLey de victimas dof
Ley de victimas dof
lxiilegislatura
 
Informe autoempleo
Informe autoempleoInforme autoempleo
Informe autoempleo
Cristina Garcia
 
Presentación ACL Directpromo
Presentación ACL DirectpromoPresentación ACL Directpromo
Presentación ACL Directpromo
xavipaisal
 
Conceitos e fundamentos da ética
Conceitos e fundamentos da éticaConceitos e fundamentos da ética
Conceitos e fundamentos da ética
Suelly Francisco
 
Contos-Português
Contos-PortuguêsContos-Português
Contos-Português
sala703
 
Ogx management presentation_port v10
Ogx management presentation_port v10Ogx management presentation_port v10
Ogx management presentation_port v10Ogx2011
 
Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...
Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...
Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...
PROFBILLY
 
Pensadores da sociologia
Pensadores da sociologiaPensadores da sociologia
Pensadores da sociologia
sociologiacarlota1c
 
Escola de ministérios
Escola de ministériosEscola de ministérios
Escola de ministérios
Marcio Gonçalves
 
Apresentação teleconferência 2 t10
Apresentação teleconferência 2 t10Apresentação teleconferência 2 t10
Apresentação teleconferência 2 t10
Ogx2011
 
Violencia trabalho
Violencia  trabalhoViolencia  trabalho
Violencia trabalho
monica905
 
Os persas.tr
Os persas.trOs persas.tr
Os persas.tr
Jose Ribamar Santos
 
LInha de Produtos TYCO ELECTRONICS
LInha de Produtos TYCO ELECTRONICSLInha de Produtos TYCO ELECTRONICS
LInha de Produtos TYCO ELECTRONICS
ScanSource Brasil
 
Teoria da cor2
Teoria da cor2Teoria da cor2
Teoria da cor2
Raquel Monteiro
 
Caroline strelow hino_riograndense 2
Caroline strelow  hino_riograndense 2Caroline strelow  hino_riograndense 2
Caroline strelow hino_riograndense 2
carolinestrelow
 
Pendões nacionais
Pendões nacionaisPendões nacionais
Pendões nacionais
Plínio José Inácio
 
Protejamos el agua
Protejamos el aguaProtejamos el agua

Destaque (20)

4p's
4p's4p's
4p's
 
Presentacion ue
Presentacion uePresentacion ue
Presentacion ue
 
Aprendizaje Colaborativo.
Aprendizaje Colaborativo.Aprendizaje Colaborativo.
Aprendizaje Colaborativo.
 
Ley de victimas dof
Ley de victimas dofLey de victimas dof
Ley de victimas dof
 
Informe autoempleo
Informe autoempleoInforme autoempleo
Informe autoempleo
 
Presentación ACL Directpromo
Presentación ACL DirectpromoPresentación ACL Directpromo
Presentación ACL Directpromo
 
Conceitos e fundamentos da ética
Conceitos e fundamentos da éticaConceitos e fundamentos da ética
Conceitos e fundamentos da ética
 
Contos-Português
Contos-PortuguêsContos-Português
Contos-Português
 
Ogx management presentation_port v10
Ogx management presentation_port v10Ogx management presentation_port v10
Ogx management presentation_port v10
 
Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...
Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...
Festa de lançamento do RAADI - Referencial de Avaliação da Pessoa com Deficiê...
 
Pensadores da sociologia
Pensadores da sociologiaPensadores da sociologia
Pensadores da sociologia
 
Escola de ministérios
Escola de ministériosEscola de ministérios
Escola de ministérios
 
Apresentação teleconferência 2 t10
Apresentação teleconferência 2 t10Apresentação teleconferência 2 t10
Apresentação teleconferência 2 t10
 
Violencia trabalho
Violencia  trabalhoViolencia  trabalho
Violencia trabalho
 
Os persas.tr
Os persas.trOs persas.tr
Os persas.tr
 
LInha de Produtos TYCO ELECTRONICS
LInha de Produtos TYCO ELECTRONICSLInha de Produtos TYCO ELECTRONICS
LInha de Produtos TYCO ELECTRONICS
 
Teoria da cor2
Teoria da cor2Teoria da cor2
Teoria da cor2
 
Caroline strelow hino_riograndense 2
Caroline strelow  hino_riograndense 2Caroline strelow  hino_riograndense 2
Caroline strelow hino_riograndense 2
 
Pendões nacionais
Pendões nacionaisPendões nacionais
Pendões nacionais
 
Protejamos el agua
Protejamos el aguaProtejamos el agua
Protejamos el agua
 

Semelhante a Escola de ministérios

Port bhc
Port bhcPort bhc
Port bhc
Jose Moraes
 
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docxPESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
Sergio Luis
 
Dons e ministerios
Dons e ministeriosDons e ministerios
Dons e ministerios
Wellington Pires
 
23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii
pohlos
 
As 10 marcas de uma igreja poderosa
As 10 marcas de uma igreja poderosaAs 10 marcas de uma igreja poderosa
As 10 marcas de uma igreja poderosa
Instituto Teológico Gamaliel
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
ibmalphaville
 
“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”
JUERP
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Robson Rocha
 
A importância das células
A  importância das célulasA  importância das células
A importância das células
Wildete Silva
 
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituaisLição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
pralucianaevangelista
 
Aula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-Seminário
Aula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-SeminárioAula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-Seminário
Aula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-Seminário
sebastiaoluzemboluz
 
Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013
Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013
Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013
Gerson G. Ramos
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Gerson G. Ramos
 
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Liana Plentz
 
Construindo a casa de Deus (Atualiza)
Construindo a casa de Deus (Atualiza)Construindo a casa de Deus (Atualiza)
Construindo a casa de Deus (Atualiza)
celulapapucaia
 
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMS
Lição 07    Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMSLição 07    Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMS
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMS
Marcos Magalhães da Silva
 
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014
Lição 07   Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014Lição 07   Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014
Marcos Magalhães da Silva
 
estudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptx
estudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptxestudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptx
estudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptx
Tiago Silva
 
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada umQvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Cleudson Corrêa
 

Semelhante a Escola de ministérios (20)

Port bhc
Port bhcPort bhc
Port bhc
 
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docxPESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
 
Dons e ministerios
Dons e ministeriosDons e ministerios
Dons e ministerios
 
23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii
 
As 10 marcas de uma igreja poderosa
As 10 marcas de uma igreja poderosaAs 10 marcas de uma igreja poderosa
As 10 marcas de uma igreja poderosa
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
 
“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
 
A importância das células
A  importância das célulasA  importância das células
A importância das células
 
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituaisLição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
 
Aula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-Seminário
Aula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-SeminárioAula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-Seminário
Aula 6 Discipulado Cristão PDF.pdf-Seminário
 
Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013
Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013
Liç reavivamento: nossa grande necessidade 132013
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
 
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
 
Construindo a casa de Deus (Atualiza)
Construindo a casa de Deus (Atualiza)Construindo a casa de Deus (Atualiza)
Construindo a casa de Deus (Atualiza)
 
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMS
Lição 07    Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMSLição 07    Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMS
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite - IEADMS
 
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014
Lição 07   Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014Lição 07   Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014
Lição 07 Eliseu e o milagre da multiplicação do azeite 16/11/2014
 
estudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptx
estudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptxestudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptx
estudobiblico23-donsespirituais-part1-150531134635-lva1-app6892 (1).pptx
 
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada umQvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
 

Último

PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 

Último (11)

PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 

Escola de ministérios

  • 1. VISÃO – MISSÃO – BASE BÍBLICA
  • 3. Cristo deu uma medida de graça a cada um de nós para realizarmos nosso ministério e cumprirmos nosso chamado. Ef.4.7  “E a cada um de nós foi concedida a graça, conforme a medida repartida por Cristo.”
  • 4. Esta medida de graça inclui dons espirituais (ferramentas) para efetivação. Nos foi dada por Cristo por meio do seu triunfo. v.8 Por isso é que foi dito: “Quando ele subiu em triunfo às alturas, levou cativos muitos prisioneiros, e deu dons aos homens”.
  • 5. Por isso não devemos desprezá-la, pois não só nossa salvação foi comprada por Cristo com humilhação e sofrimento, mas também nossos dons e chamado. v.9 (Que significa “ele subiu”, senão que também havia descido às profundezas da terra? 10 Aquele que desceu é o mesmo que subiu acima de todos os céus, a fim de encher todas as coisas.)
  • 6. Para tornar isso efetivo ele deu a igreja não só dons mas pessoas com habilidades especiais. Mas com que objetivo? Este é o ponto principal que define a visão da escola. v.11 E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,
  • 7. Os pastores receberam de Cristo uma incumbência vinda do céu que foi comprada em sua humilhação e exaltação: Preparar os santos para a obra do ministério. Não é o pastor que realiza o ministério. Ele equipa os santos para realizá-lo. Só assim a edificação do corpo (igreja) acontece. A igreja é edificada quando ministra e como resultado de ministrar. O pastor tem o papel de preparar a igreja para realizar esta obra de edificação. v.12  “com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado,”
  • 9. O QUE VEJO PARA O FUTURO COMO FRUTO DA ESCOLA DE MINISTÉRIOS? v.13  “até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.”
  • 10. O QUE ME INCOMODA TANTO QUE ME MOTIVOU A CRIAR A ESCOLA DE MINISTÉRIOS? v.14  “O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.”
  • 11. QUAL É O INGREDIENTE “SECRETO”? v.15  “Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.”
  • 12. O QUE É NECESSÁRIO PARA QUE A IGREJA VIVA UM CRESCIMENTO SAUDÁVEL PLANEJADO POR CRISTO? v.16  “Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função.”
  • 14. Fortificação na Graça A base da escola é a DINÂMICA DA GRAÇA. Verdade na qual devemos nos fortificar continuamente. Fonte da nossa motivação e direcionamento espiritual. v.1  “Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus.”
  • 15. Discipulado Contagiante As doutrinas foram sistematizadas para se tornar possível transmiti-las a outros. Não basta se empenharmos na capacidade de entende-las e vivê-las. Devemos nos empenhar na capacidade de contagiar, transmitir e capacitando outros a transmiti-la. v.2  “E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie-as a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar outros.”
  • 16. ACREDITAMOS QUE O CRESCIMENTO NA VIDA CRISTÃ PASSA POR TRÊS ÁREAS: SER CONHECER FAZER
  • 17. SER SERÉ A MINHA VIDA COM DEUS. Como é minha vida com Deus? O que eu sou com Deus? Como é minha relação com Ele? Como eu O vejo e como acho que Ele me vê?
  • 18. CONHECER CONHECERÉ O QUE EU SEI SOBRE DEUS E SEU REINO. O que eu sei sobre Deus? O que eu sei sobre os propósitos de Deus? O que eu sei sobre a palavra de Deus? O que eu sei sobre a igreja de Deus?
  • 19. FAZER FAZERÉ O QUE EU FAÇO PARA DEUS O que Deus quer que eu faça no Seu Reino? Qual o propósito de Deus pra minha vida? Qual é o meu chamado? Quais são os meus dons? Como e onde devo usá-los?
  • 20. Estas três áreas precisam crescer sempre.Estas três áreas precisam crescer juntas. SEMPRE JUNTAS O crescimento saudável não acontecerá se um uma desta áreas for negligenciada em sua vida.
  • 21. Por isso nunca pare de crescer: CRESCER NA SUA VIDA COM DEUS NO SEU CONHECIMENTO SOBRE DEUS NO SEU MINISTÉRIO PARA DEUS
  • 22. A ESCOLA DE MINISTÉRIOS FOI CRIADA PARA TRABALHAR ESTAS TRÊS ÁREAS DE CRESCIMENTO CRISTÃO NA SUA VIDA.
  • 23.
  • 24. Cada Aula Terá Duração De 8 Horas.
  • 25.
  • 26. AS MATÉRIAS(01 aula por mês)
  • 27. NÍVEL 1 – FUNDAMENTOS (SER) AULA 01 – JUSTIFICAÇÃO E SANTIFICAÇÃO (A fonte da santificação) AULA 02 – FILHOS COM MENTALIDADE DE ESCRAVOS (Relacionamento íntimo com Deus). AULA 03 – SINAIS DA REGENERAÇÃO (No que somos diferentes dos ímpios) AULA 04 – ÍDOLOS DO CORAÇÃO (Tratando pecado de verdade) AULA 05 – ESQUECIMENTO DA ALMA (Alinhando-se e Mantendo-se no caminho do evangelho) AULA 06 – 4 PRINCÍPIOS NA PREGAÇÃO (Como transformar seus ouvintes) AULA 07 – VER CRISTO NAS ESCRITURAS (Abrindo a fonte dos tesouros) AULA 08 – ESTUDO CORRETO E EFICAZ DA BÍBLIA. O QUE CRER. O QUE FAZER. (Resolvendo os problemas com o Evangelho) AULA 09 – A DINÂMICA DA GRAÇA (Nutrindo-se e Aprofundando no amor de Deus) AULA10 – AS OBRAS PELO EVANGELHO (Vivendo para agradar a Deus e abençoar o próximo).
  • 28. NÍVEL 2 – BÚSSULA (SABER) PANORAMA DO ANTIGO E NOVO TESTAMENTO TEOLOGIA SISTEMÁTICA – Deus (atributos) – Cristo (Natureza, Obra, Ofício, Propósito) Espírito Santo (Natureza e obra) – Criação – Igreja (missão tríplice) – Salvação (Eleição, Justificação, Adoção, Regeneração, Conversão, Santificação, Glorificação). HISTÓRIA DE ISRAEL – (Passada, presente e futura) HISTÓRIA DA IGREJA – (Análise histórica e contemporânea) Estas aulas serão distribuídas de acordo com a demanda das disciplinas.
  • 29. NÍVEL 3 – FERRAMENTAS (FAZER) NOÇÕES DE HOMILÉTICA (Preparo e entrega dos sermões) NOÇÕES DE PEDAGOGIA (Ensinando quase tudo a quase todos) NOÇÕES DE LIDERANÇA (Multiplos insigts) NOÇÕES DE MINISTRAÇÃO (Orando com unção por unção) Estas aulas serão distribuídas de acordo com a demanda das disciplinas.
  • 30. MINISTRAÇÃO OS FUNDAMENTOS DO SER(Detalhes das 10 ministrações)
  • 31. AULA 01 –JUSTIFICAÇÃO E SANTIFICAÇÃO(A fonte da santificação) SANTIFICAÇÃO Rm.1.7  “A todos os que em Roma são amados de Deus e chamados para serem santos” Ef.1.4  “Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença” 1Tss.4.7  “Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.” NOSSO ERRO: BASEAMOS NOSSA JUSTIFICAÇÃO NA SANTIFICAÇÃO QUANDO DEVERÍAMOS BASEAR NOSSA SANTIFICAÇÃO NA JUSTIFICAÇÃO.
  • 32. AULA 02 – FILHOS COM MENTALIDADE DE ESCRAVOS(Relacionamento íntimo com Deus). INTIMIDADE Gl.4.8  “Antes, quando vocês não conheciam a Deus, eram escravos daqueles que, por natureza, não são deuses. 9 Mas agora, conhecendo a Deus, ou melhor, sendo por ele conhecidos, como é que estão voltando àqueles mesmos princípios elementares, fracos e sem poder? Querem ser escravizados por eles outra vez?” QUANDO TEMOS MENTALIDADE DE ESCRAVOS, MESMO TENDO SIDOS TRANSFORMADOS EM FILHOS, VIVEMOS COMO ESCRAVOS. A EXPERIENCIA MAIS DESEJADA POR DEUS É A MENOS VIVIDA PELOS QUE DIZEM CRER. O DE TÊ-LO COMO PAI.
  • 33. AULA 03 – SINAIS DA REGENERAÇÃO (No que somos diferentes dos ímpios) NOVA VIDA Rm.8.8 Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus. 9 Entretanto, vocês não estão sob o domínio da carne, mas do Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em vocês. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo. Hb.11.6  “Sem fé é impossível agradar a Deus...”. Rm.8.5  “Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acordo com o Espírito, tem a mente voltada para o que o Espírito deseja.” SER NOVA CRIATURA NÃO É SER SIMPLESMENTE UMA PESSOA MELHOR. A MARCA DE UMA NOVA CRIATURA É VIVER DE UMA FORMA QUE AQUELE QUE AINDA NASCEU DE NOVO NÃO SÓ NÃO QUER COMO NÃO CONSEGUE VIVER.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37. AULA 07 – VER CRISTO NAS ESCRITURAS(Abrindo a fonte dos tesouros) BÍBLIA Lc.24.25-27  “Ele lhes disse: “Como vocês custam a entender e como demoram a crer em tudo o que os profetas falaram!  Não devia o Cristo sofrer estas coisas, para entrar na sua glória?”  E começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que constava a respeito dele em todas as Escrituras.” 1Pe.1.10-11  “Foi a respeito dessa salvação que os profetas que falaram da graça destinada a vocês investigaram e examinaram, procurando saber o tempo e as circunstâncias para os quais apontava o Espírito de Cristo que neles estava, quando lhes predisse os sofrimentos de Cristo e as glórias que se seguiriam àqueles sofrimentos.” NÃO HÁ HEROIS NA BÍBLIA SE NÃO UM QUE É CRISTO. TODOS OS OUTROS O FORAM POR QUE APONTAVAM PARA ELE.
  • 38. AULA 08 – ESTUDO CORRETO E EFICAZ DA BÍBLIA. (Resolvendo os problemas com o Evangelho) MATURIDADE TODA ORDEM PRÁTICA NA BÍBLIA (O QUE FAZER) TEM LIGADO A SI, SEU ENSINO DOUTRINÁRIO. (O QUE CRER). VOCÊ NÃO CONSEGUERÁ FAZER O QUE AS ESCRITURAS MANDAM SE PRIMERO NÃO CRER NO QUE ELA DIZ SOBRE O EVANGELHO. O QUE FAZER: Rm.15.1  “Nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. 2 Cada um de nós deve agradar ao seu próximo para o bem dele, a fim de edificá-lo. O QUE CRER: v.3  “Pois também Cristo não agradou a si próprio, mas, como está escrito: “Os insultos daqueles que te insultam caíram sobre mim”
  • 39. AULA 09 – A DINÂMICA DA GRAÇA(Aprofundando e nutrindo-se no amor de Deus) GRAÇA O LADRÃO DO PODER É A INGRATIDÃO. O LADRÃO DA GRATIDÃO CHAMA-SE MÉRITO. Rm.5.6  “De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. 8 Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.” Ef.2.1,4,5,8  “Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados. Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões... Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;  não por obras, para que ninguém se glorie. Lc.7.47 “Mas aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama”.
  • 40. AULA10 – AS OBRAS PELO EVANGELHO(Vivendo para agradar a Deus e abençoar o próximo). OBRAS Ef.2.10  “Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos.” Tt.2.14 “Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldades e purificar para si mesmo um povo particularmente seu, dedicado à prática de boas obras.” Tt.3.8  “Fiel é esta palavra, e quero que você afirme categoricamente essas coisas, para que os que crêem em Deus se empenhem na prática de boas obras. Tais coisas são excelentes e úteis aos homens.” QUEM CRER QUE FOI SALVO PELA GRAÇA, NÃO TEM COMO PREOCUPAÇÃO USAR SUA VIDA PARA SE MANTER SALVO, MAS SIM PARA AGRADECER A DEUS PELA SALVAÇÃO. A VIDA CRISTÃ NÃO FOI DADA PARA SER SALVO, MAS PARA QUEM É SALVO, AFIM DE QUE ESTE VIVA PARA AGRADAR A DEUS E ABENÇOAR O PRÓXIMO.
  • 41. SEGUIMENTO... OS DISCÍPULOS RECEBERÃO SERMÕES E ARTIGOS PARA FAZEREM RESENHA DE ACORDO COM O TEMA TRATADO NO RESPECTIVO MÊS.
  • 42. PÚBLICO ALVO Pessoas que estejam dispostas ao estudo e discipulado profundo e sistemático na doutrina do EVANGELHO DA GRAÇA se tornando ministros e discipuladores de outros.
  • 43. PROPOSTA A ESCOLA DE MINISTÉRIO não serve para aqueles que desejam fama ou projeção pessoal (Deus é quem resolve isso). Seguimos o modelo de João Batista “Importa Que Ele cresça e que eu diminua”. A ESCOLA DE MINISTÉRIOS não se propõe emitir certificados e diplomas com fins profissionais. O foco é puramente ministerial.Por esta razão não há qualquer tipo de registro. A ESCOLA DE MINISTÉRIOS tem caráter livre, não institucional, independente, e interdenominacional. Entretanto a ESCOLA DE MINISTÉRIOS tem regras e disciplinas necessárias para o desenvolvimento dos discípulos.
  • 44. ...proposta... Aqueles que cumprirem todos os requisitos e desenvolverem bem no domínio da matéria serão convidados a fazer parte da ESCOLA DE MINISTÉRIOS para auxiliar nas ministrações sendo remunerado para isso. Com o desenvolvimento da ESCOLA DE MINISTÉRIOS núcleos poderão ser abertos em quaisquer lugares por coordenadores. Desta forma a ESCOLA DE MINISTÉRIO receberá um percentual financeiro destes núcleos dando-lhes total autonomia.
  • 45. ...proposta... Os coordenadores deverão continuar recebendo ministrações e ensino. A ESCOLA DE MINISTÉRIOS não se propõe a promover igreja alguma. Seu objetivo é servir a Igreja de Cristo independente de sua denominação. A inscrição inicial é limitada a um número de discípulos e estes só serão aceitos se preencherem os requisitos exigidos pela Escola.
  • 46. REQUISITOS PARA FAZER PARTE DA ESCOLA EM NÍVEL 1 Ser convertido a mais de dois anos. Está debaixo de cobertura eclesiástica e pastoral/espiritual. Ter fé definida e vida cristã estável. Ter boa reputação para os que são de dentro ou de fora. Ter espírito ensinável e humilde. Ter disciplina financeira, emocional, relacional e espiritual. Ser dedicado a leitura e ao pensamento concentrado. Ser esforçado em expressar suas idéias e sintetizar pensamentos. Ser aberto a examinar tudo antes de julgar. Ser assíduo, pontual, cumpridor e relacionável. Valorizar a prestação de contas espirituais. Honrar lideranças.
  • 48. INVESTIMENTO A cada aluno que você trouxer para a escola você receberá R$ 20,00 de desconto nas mensalidades. Esta iniciativa não é apenas um incentivo, mas um teste na sua capacidade de fazer discípulos.
  • 49. VALOR VALOR “Você não merece ter aquilo que não dá valor” - Marcio Gonçalves -
  • 50. Contatos (021) 9833-2541 prmgoncalves@ig.com.br