SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Capítulo 2


Entendendo o mundo dos negócios
O QUE É UM NEGÓCIO?

• Negócio é um esforço organizado por determinadas pessoas para
produzir bens e serviços, a fim de vendê-los em um determinado
mercado e alcançar recompensa financeira pelo esforço.
• Todo negócio envolve necessariamente o ato de produzir ou vender
um produto ou de prestar um serviço:
     Bens     de consumo: destinado ao consumo
               de produção: destinado à produção de outros bens
     Serviços: atividade especializada
• Uma empresa pode comercializar diretamente seus produtos/serviços
com o consumidor final . Outras preferem vender aos varejistas ou
deixam a comercialização de seus produtos sob a responsabilidade dos
atacadistas.
• Uma transação representa um intercâmbio ou uma transferência da
propriedade de bens
      Oferta: disponibilidade de bens e vendedores que os oferecem
       para venda.
      Procura ou demanda: desejo e o poder de compra dos
       compradores.
• O valor total de todos os bens finais e serviços produzidos em um ano
em determinado país constituem o Produto Nacional Bruto (PNB).
• O termo lucro refere-se ao excesso de receita sobre a despesa em
virtude da produção e da venda de bens ou serviços.
• O prejuízo refere-se ao excesso da despesa em relação à receita
obtida.
• Existem dois tipos básicos de negócio:
      industrial: engajado na produção, extração e construção.
      comercial: envolvendo marketing, finanças e serviços.
• Todo negócio envolve duas formas de capital:
      fundos de capital: refere-se à moeda necessária para operar
       uma empresa.
      bens de capital: diz respeito aos equipamentos (ferramentas,
       terrenos, prédios e maquinaria) necessários para fazer e vender
       o produto/serviço.
• Para operar um negócio, faz-se necessário assumir vários riscos. Os
riscos que podem provocar perdas incluem obsolescência do
produto, disputas trabalhistas, administração incompetente,
forças extraordinárias (como fogo, inundações etc.) e dificuldade
em competir vantajosamente.
O DINÂMICO AMBIENTE DOS NEGÓCIOS

O Macroambiente é composto de uma multiplicidade de variáveis que
interagem dinamicamente entre si:

• Variáveis econômicas: estão relacionadas com os eventos
econômicos e constituem indicadores da situação econômica do
ambiente.
• Variáveis sociais: estão relacionadas com os eventos sociais
propriamente ditos e determinam os hábitos de compra e as
necessidades individuais a serem satisfeitas.
• Variáveis tecnológicas: a tecnologia tem sido uma poderosa
impulsionadora de novos negócios e uma alavanca para novas
necessidades do mercado.
• Variáveis culturais: estão relacionadas com os eventos culturais.
• Variáveis legais: conjunto de leis e normas que regulam as
atividades dos negócios, seja em um determinado país, seja em vários
países.
• Variáveis demográficas: referem-se às características de densidade
populacional, perfil etário da população, distribuição, migração etc.
• Variáveis ecológicas: estão relacionadas com o ambiente natural. A
instalação de uma empresa pode levar à destruição desses recursos por
meio da poluição do ambiente
O microambiente constitui uma parte específica do ambiente geral e
pode ser denominado ambiente de tarefa ou ambiente de operações da
empresa:

• Fornecedores: são as empresas e os indivíduos que fornecem
recursos ou insumos para o negócio. Existem os fornecedores de
recursos financeiros, recursos materiais, recursos tecnológicos,
recursos humanos etc.
• Clientes ou consumidores: são os usuários dos produtos/serviços
produzidos pela empresa.
• Concorrentes: são as empresas que disputam os mesmos
fornecedores ou os mesmos clientes ou consumidores.
• Agências reguladoras: são as entidades que regulam determinados
aspectos das operações da empresa, como os órgãos do governo
incumbidos de fiscalizar e monitorar o trabalho das empresas, os
grupos regulamentadores, os sindicatos, as organizações não-
governamentais (ONGs) etc.
• Especialização horizontal: departamentalização

    Quanto maior a especialização horizontal, tanto mais
     departamentos, cada qual especializado em uma determinada
     área funcional de atividade, como finanças, produção,
     marketing, pessoal etc.
    Quanto mais diferenciada, tanto maior a necessidade de
     coordenação.
    A diferenciação interna provoca a necessidade de meios de
     integração para que a empresa mantenha sua integridade e não
     perca de vista os objetivos principais.

Para arcar com todo esse aparato, as grandes corporações somente
podem trabalhar com economias de escala, isto é, com produção em
massa de produtos/serviços, orientadas para mercados amplos e
abrangentes.
As grandes empresas não sabem tirar proveito de três pontos
fundamentais:

1. Pequenos nichos de mercado que envolvem um pequeno volume de
negócios.

2. Atendimento às necessidades individualizadas e personalizadas dos
clientes, isto é, produtos/serviços personalizados para cada cliente.

3. Surgimento de oportunidades passageiras de mercado que envolvem
agilidade e prontidão para rápidas decisões e alterações em
produtos/serviços
Vantagens das pequenas empresas:


• por causa do seu tamanho reduzido, elas não apresentam a enorme
especialização vertical nem horizontal que as tornam pesadas, lentas e
onerosas.
• as pequenas empresas têm o dinamismo e a flexibilidade para
mudanças rápidas e manobras ágeis que as grandes não têm.
• trabalhar com menos para produzir mais; operar com ônus menores e
com estruturas simples, ágeis e baratas; fazer da simplicidade um
estilo de trabalho e uma vantagem competitiva.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Empreendedorismo aula 2

Apostila introdução a economia
Apostila introdução a economiaApostila introdução a economia
Apostila introdução a economiaMarcos Souza
 
OPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptx
OPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptxOPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptx
OPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptxNome Sobrenome
 
GMPE - AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.ppt
GMPE -  AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.pptGMPE -  AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.ppt
GMPE - AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.pptRICARDO81499
 
Prodmateriais
ProdmateriaisProdmateriais
Prodmateriaisfredrider
 
APOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdf
APOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdfAPOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdf
APOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdfANNEVIAPALHARESVIEIR
 
Noções de economia
Noções de economiaNoções de economia
Noções de economiaJane34
 
Noções de economia
Noções de economiaNoções de economia
Noções de economiaThulio Cesar
 
Técnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismoTécnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismoLuís Roberto de Toledo
 
Escolha do negócio e definição do mercado alvo
Escolha do negócio e definição do mercado alvoEscolha do negócio e definição do mercado alvo
Escolha do negócio e definição do mercado alvoThiago Assumpção
 
INTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOS
INTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOSINTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOS
INTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOSprofessorwilk
 

Semelhante a Empreendedorismo aula 2 (20)

Apostila introdução a economia
Apostila introdução a economiaApostila introdução a economia
Apostila introdução a economia
 
OPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptx
OPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptxOPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptx
OPERADOR DE CAIXA função de realizar a abertura e o fechamento do caixa.pptx
 
Atendimento ibenac
Atendimento ibenacAtendimento ibenac
Atendimento ibenac
 
ANÁLISE AMBIENTAL.pptx
ANÁLISE AMBIENTAL.pptxANÁLISE AMBIENTAL.pptx
ANÁLISE AMBIENTAL.pptx
 
Marketing atual nas organizações 2014
Marketing atual nas organizações 2014Marketing atual nas organizações 2014
Marketing atual nas organizações 2014
 
GMPE - AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.ppt
GMPE -  AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.pptGMPE -  AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.ppt
GMPE - AULA - MERCADO-CLIENTES-FORNECEDORES-CONCORRENTES.ppt
 
Prodmateriais
ProdmateriaisProdmateriais
Prodmateriais
 
Prodmateriais
ProdmateriaisProdmateriais
Prodmateriais
 
APOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdf
APOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdfAPOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdf
APOSTILA_DA_DISCIPLINA_ADMINISTRACAO_DA.pdf
 
Mercado e Concorrência
Mercado e ConcorrênciaMercado e Concorrência
Mercado e Concorrência
 
Noções de economia
Noções de economiaNoções de economia
Noções de economia
 
Noções de economia
Noções de economiaNoções de economia
Noções de economia
 
Compras
ComprasCompras
Compras
 
Técnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismoTécnico em administração empreendedorismo
Técnico em administração empreendedorismo
 
Trabalho cenarios economicos
Trabalho cenarios economicos Trabalho cenarios economicos
Trabalho cenarios economicos
 
Escolha do negócio e definição do mercado alvo
Escolha do negócio e definição do mercado alvoEscolha do negócio e definição do mercado alvo
Escolha do negócio e definição do mercado alvo
 
INTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOS
INTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOSINTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOS
INTRODUÇÃO AOS CUSTOS - CONCEITOS
 
Introdução ao Marketing
Introdução ao MarketingIntrodução ao Marketing
Introdução ao Marketing
 
O consumo
O consumoO consumo
O consumo
 
Gestão de Distribuição
Gestão de DistribuiçãoGestão de Distribuição
Gestão de Distribuição
 

Mais de Cristiano Souza

Cacadoresdossonsdefibonacci
CacadoresdossonsdefibonacciCacadoresdossonsdefibonacci
CacadoresdossonsdefibonacciCristiano Souza
 
20110719114742anexo 4 __programas_das_provas
20110719114742anexo 4 __programas_das_provas20110719114742anexo 4 __programas_das_provas
20110719114742anexo 4 __programas_das_provasCristiano Souza
 
6385442 teoria-antropologica-do-imaginario 1
6385442 teoria-antropologica-do-imaginario 16385442 teoria-antropologica-do-imaginario 1
6385442 teoria-antropologica-do-imaginario 1Cristiano Souza
 
Empreendedorismo digital
Empreendedorismo digitalEmpreendedorismo digital
Empreendedorismo digitalCristiano Souza
 
Empreendedorismo transformando idéias em negócios - plano de negócios
Empreendedorismo   transformando idéias em negócios - plano de negóciosEmpreendedorismo   transformando idéias em negócios - plano de negócios
Empreendedorismo transformando idéias em negócios - plano de negóciosCristiano Souza
 

Mais de Cristiano Souza (8)

Cacadoresdossonsdefibonacci
CacadoresdossonsdefibonacciCacadoresdossonsdefibonacci
Cacadoresdossonsdefibonacci
 
Cpp2007 v1.3
Cpp2007 v1.3Cpp2007 v1.3
Cpp2007 v1.3
 
20110719114742anexo 4 __programas_das_provas
20110719114742anexo 4 __programas_das_provas20110719114742anexo 4 __programas_das_provas
20110719114742anexo 4 __programas_das_provas
 
P192
P192P192
P192
 
6385442 teoria-antropologica-do-imaginario 1
6385442 teoria-antropologica-do-imaginario 16385442 teoria-antropologica-do-imaginario 1
6385442 teoria-antropologica-do-imaginario 1
 
Empreendedorismo digital
Empreendedorismo digitalEmpreendedorismo digital
Empreendedorismo digital
 
Empreendedorismo transformando idéias em negócios - plano de negócios
Empreendedorismo   transformando idéias em negócios - plano de negóciosEmpreendedorismo   transformando idéias em negócios - plano de negócios
Empreendedorismo transformando idéias em negócios - plano de negócios
 
Empreendedorismo slides
Empreendedorismo   slidesEmpreendedorismo   slides
Empreendedorismo slides
 

Empreendedorismo aula 2

  • 1. Capítulo 2 Entendendo o mundo dos negócios
  • 2. O QUE É UM NEGÓCIO? • Negócio é um esforço organizado por determinadas pessoas para produzir bens e serviços, a fim de vendê-los em um determinado mercado e alcançar recompensa financeira pelo esforço. • Todo negócio envolve necessariamente o ato de produzir ou vender um produto ou de prestar um serviço:  Bens de consumo: destinado ao consumo de produção: destinado à produção de outros bens  Serviços: atividade especializada • Uma empresa pode comercializar diretamente seus produtos/serviços com o consumidor final . Outras preferem vender aos varejistas ou deixam a comercialização de seus produtos sob a responsabilidade dos atacadistas.
  • 3. • Uma transação representa um intercâmbio ou uma transferência da propriedade de bens  Oferta: disponibilidade de bens e vendedores que os oferecem para venda.  Procura ou demanda: desejo e o poder de compra dos compradores. • O valor total de todos os bens finais e serviços produzidos em um ano em determinado país constituem o Produto Nacional Bruto (PNB). • O termo lucro refere-se ao excesso de receita sobre a despesa em virtude da produção e da venda de bens ou serviços. • O prejuízo refere-se ao excesso da despesa em relação à receita obtida.
  • 4. • Existem dois tipos básicos de negócio:  industrial: engajado na produção, extração e construção.  comercial: envolvendo marketing, finanças e serviços. • Todo negócio envolve duas formas de capital:  fundos de capital: refere-se à moeda necessária para operar uma empresa.  bens de capital: diz respeito aos equipamentos (ferramentas, terrenos, prédios e maquinaria) necessários para fazer e vender o produto/serviço. • Para operar um negócio, faz-se necessário assumir vários riscos. Os riscos que podem provocar perdas incluem obsolescência do produto, disputas trabalhistas, administração incompetente, forças extraordinárias (como fogo, inundações etc.) e dificuldade em competir vantajosamente.
  • 5. O DINÂMICO AMBIENTE DOS NEGÓCIOS O Macroambiente é composto de uma multiplicidade de variáveis que interagem dinamicamente entre si: • Variáveis econômicas: estão relacionadas com os eventos econômicos e constituem indicadores da situação econômica do ambiente. • Variáveis sociais: estão relacionadas com os eventos sociais propriamente ditos e determinam os hábitos de compra e as necessidades individuais a serem satisfeitas. • Variáveis tecnológicas: a tecnologia tem sido uma poderosa impulsionadora de novos negócios e uma alavanca para novas necessidades do mercado.
  • 6. • Variáveis culturais: estão relacionadas com os eventos culturais. • Variáveis legais: conjunto de leis e normas que regulam as atividades dos negócios, seja em um determinado país, seja em vários países. • Variáveis demográficas: referem-se às características de densidade populacional, perfil etário da população, distribuição, migração etc. • Variáveis ecológicas: estão relacionadas com o ambiente natural. A instalação de uma empresa pode levar à destruição desses recursos por meio da poluição do ambiente
  • 7. O microambiente constitui uma parte específica do ambiente geral e pode ser denominado ambiente de tarefa ou ambiente de operações da empresa: • Fornecedores: são as empresas e os indivíduos que fornecem recursos ou insumos para o negócio. Existem os fornecedores de recursos financeiros, recursos materiais, recursos tecnológicos, recursos humanos etc. • Clientes ou consumidores: são os usuários dos produtos/serviços produzidos pela empresa. • Concorrentes: são as empresas que disputam os mesmos fornecedores ou os mesmos clientes ou consumidores. • Agências reguladoras: são as entidades que regulam determinados aspectos das operações da empresa, como os órgãos do governo incumbidos de fiscalizar e monitorar o trabalho das empresas, os grupos regulamentadores, os sindicatos, as organizações não- governamentais (ONGs) etc.
  • 8. • Especialização horizontal: departamentalização  Quanto maior a especialização horizontal, tanto mais departamentos, cada qual especializado em uma determinada área funcional de atividade, como finanças, produção, marketing, pessoal etc.  Quanto mais diferenciada, tanto maior a necessidade de coordenação.  A diferenciação interna provoca a necessidade de meios de integração para que a empresa mantenha sua integridade e não perca de vista os objetivos principais. Para arcar com todo esse aparato, as grandes corporações somente podem trabalhar com economias de escala, isto é, com produção em massa de produtos/serviços, orientadas para mercados amplos e abrangentes.
  • 9. As grandes empresas não sabem tirar proveito de três pontos fundamentais: 1. Pequenos nichos de mercado que envolvem um pequeno volume de negócios. 2. Atendimento às necessidades individualizadas e personalizadas dos clientes, isto é, produtos/serviços personalizados para cada cliente. 3. Surgimento de oportunidades passageiras de mercado que envolvem agilidade e prontidão para rápidas decisões e alterações em produtos/serviços
  • 10. Vantagens das pequenas empresas: • por causa do seu tamanho reduzido, elas não apresentam a enorme especialização vertical nem horizontal que as tornam pesadas, lentas e onerosas. • as pequenas empresas têm o dinamismo e a flexibilidade para mudanças rápidas e manobras ágeis que as grandes não têm. • trabalhar com menos para produzir mais; operar com ônus menores e com estruturas simples, ágeis e baratas; fazer da simplicidade um estilo de trabalho e uma vantagem competitiva.