SlideShare uma empresa Scribd logo
Do Pensável ao Possível
A intervenção do design na
concepção de um portal
universitário: o caso Sapo Campus
Orientador
Professor Vasco Branco
Co-orientador
Professor Nuno Dias
Hugo Silva
Universidade de Aveiro
16 Dezembro 2009
problema
Na Universidade de Aveiro, os primeiro serviços relativos ao conceito da
Web 2.0 foram introduzidos numa das edições do ano lectivo de 2005/2006,
no âmbito do Mestrado em Multimédia em Educação.
do pensável ao possível introdução
Mapa estatístico das principais redes sociais (Marketeer, 2009: 51)
relevância
do pensável ao possível introdução
v
do pensável ao possível introdução
abordagem
v
«A banalização da Internet só veio a acontecer depois de Tim Berners Lee, um
investigador nuclear do CERN apresentar, em 1989, um projecto provisório de
um sistema de acesso a informação a nível mundial, baseado em hipertexto e
assente sobre a Internet. Estava criada a World Wide Web» (Almeida, 1997).
www
do pensável ao possível parte I
Web 2.0
do pensável ao possível parte I
e-learning
do pensável ao possível parte I
e-learning 2.0
do pensável ao possível parte I
v
«(...) a Web oferecia novas oportunidades para os designers gráficos, mas eles
eram muito lentos a desenvolver a sua influência sobre ela» (Wood, 2009).
qual o lugar do designer?
do pensável ao possível parte I
“Como não desenhar um baloiço ou os perigos da falta de coordenação”
(Lorez, 1991)
abordagem interdisciplinar
do pensável ao possível	 parte I
v
nível 1
do pensável ao possível parte II
v
nível 2
do pensável ao possível parte II
análise estrutural
do pensável ao possível parte II
análise da navegação
do pensável ao possível parte II
análise gráfica
do pensável ao possível parte II
v
palavras-chave
do pensável ao possível parte II
espaço comunitário
do pensável ao possível parte II
espaço comunitário
do pensável ao possível parte II
estrutura
do pensável ao possível parte II
navegação página de entraga
do pensável ao possível parte II
navegação backoffice
do pensável ao possível parte II
gráfico icones, cores, tipografias
do pensável ao possível parte II
aplicações fotos, blogs
do pensável ao possível parte II
aplicações campusmyua
do pensável ao possível parte II
possível, pensável, possível
do pensável ao possível parte II
v
possível, pensável, possível
do pensável ao possível conclusões
v
O desafio do Design nos novos contextos interdisciplinares durante todo o desen-
volvimento futuro do projecto, será de reflectir continuamente sobre a sua própria
capacidade de comunicar, qualificar e potenciar a comunicação humana.
do pensável ao possível conclusões
Obrigado :)
Presidente
Professora Joana Quental
Arguente
Professor Rui Fonseca
Orientador
Professor Vasco Branco
Co-orientador
Professor Nuno Dias
Universidade de Aveiro
16 Dezembro de 2009

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a dissertation Silva

Midiasdigitais
MidiasdigitaisMidiasdigitais
Midiasdigitais
Fábio Fernandes
 
Be: un poder para a vida!
Be: un poder para a vida!Be: un poder para a vida!
Be: un poder para a vida!
JABatista
 
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação UbíquaCaio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
caiovassao
 
Interfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidia
Interfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidiaInterfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidia
Interfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidia
mfiorelli
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Hipermidia aula 2
Hipermidia aula 2Hipermidia aula 2
Hipermidia aula 2
UNIP. Universidade Paulista
 
Fischer - Semana da Imagem 2011
Fischer - Semana da Imagem 2011Fischer - Semana da Imagem 2011
Fischer - Semana da Imagem 2011
Gustavo Fischer
 
"Novos" jornalistas digitais
 "Novos" jornalistas digitais "Novos" jornalistas digitais
"Novos" jornalistas digitais
Leonardo Foletto
 
Edição de imagem na Web 2.0
Edição de imagem na Web 2.0Edição de imagem na Web 2.0
Edição de imagem na Web 2.0
Maria Izabel Chaves
 
Aula1 2012-1
Aula1   2012-1Aula1   2012-1
Aula1 2012-1
Marco Pinheiro
 
Evolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearningEvolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearning
Neuza Pedro
 
As implicações do digital
As implicações do digitalAs implicações do digital
As implicações do digital
Venise Melo
 
Trapezio_baixa_impressao
Trapezio_baixa_impressaoTrapezio_baixa_impressao
Trapezio_baixa_impressao
Marilia Fredini Alves
 
Orientações curriculares i
Orientações curriculares iOrientações curriculares i
Orientações curriculares i
tecampinasoeste
 
Francis eduardo
Francis eduardoFrancis eduardo
Francis eduardo
Carlos Elson Cunha
 
Web 2.0 e Web Móvel 2.0
Web 2.0 e Web Móvel 2.0Web 2.0 e Web Móvel 2.0
Introdução digital
Introdução digitalIntrodução digital
Introdução digital
Cléa Marcia Ribeiro Borges
 
Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...
Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...
Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...
Mauro Pinheiro
 
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
suzymusa
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
georginalopes
 

Semelhante a dissertation Silva (20)

Midiasdigitais
MidiasdigitaisMidiasdigitais
Midiasdigitais
 
Be: un poder para a vida!
Be: un poder para a vida!Be: un poder para a vida!
Be: un poder para a vida!
 
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação UbíquaCaio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
Caio Adorno Vassao Design e Computação Ubíqua
 
Interfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidia
Interfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidiaInterfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidia
Interfaces Convergentes - da Bauhaus ao design multimidia
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Web2.0
 
Hipermidia aula 2
Hipermidia aula 2Hipermidia aula 2
Hipermidia aula 2
 
Fischer - Semana da Imagem 2011
Fischer - Semana da Imagem 2011Fischer - Semana da Imagem 2011
Fischer - Semana da Imagem 2011
 
"Novos" jornalistas digitais
 "Novos" jornalistas digitais "Novos" jornalistas digitais
"Novos" jornalistas digitais
 
Edição de imagem na Web 2.0
Edição de imagem na Web 2.0Edição de imagem na Web 2.0
Edição de imagem na Web 2.0
 
Aula1 2012-1
Aula1   2012-1Aula1   2012-1
Aula1 2012-1
 
Evolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearningEvolucao computadores web_e_elearning
Evolucao computadores web_e_elearning
 
As implicações do digital
As implicações do digitalAs implicações do digital
As implicações do digital
 
Trapezio_baixa_impressao
Trapezio_baixa_impressaoTrapezio_baixa_impressao
Trapezio_baixa_impressao
 
Orientações curriculares i
Orientações curriculares iOrientações curriculares i
Orientações curriculares i
 
Francis eduardo
Francis eduardoFrancis eduardo
Francis eduardo
 
Web 2.0 e Web Móvel 2.0
Web 2.0 e Web Móvel 2.0Web 2.0 e Web Móvel 2.0
Web 2.0 e Web Móvel 2.0
 
Introdução digital
Introdução digitalIntrodução digital
Introdução digital
 
Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...
Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...
Design da interação / Design da experiência: considerações sobre um campo de ...
 
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
 

Mais de guestb6868d

Sense Bloom
Sense BloomSense Bloom
Sense Bloom
guestb6868d
 
Gestão da Identidade
Gestão da IdentidadeGestão da Identidade
Gestão da Identidade
guestb6868d
 
Gestão da Identidade
Gestão da IdentidadeGestão da Identidade
Gestão da Identidade
guestb6868d
 
Recensão crítica
Recensão críticaRecensão crítica
Recensão crítica
guestb6868d
 
Trabalho de Pesquisa
Trabalho de PesquisaTrabalho de Pesquisa
Trabalho de Pesquisa
guestb6868d
 
ReferêNcias BibliográFicas
ReferêNcias BibliográFicasReferêNcias BibliográFicas
ReferêNcias BibliográFicas
guestb6868d
 
Apresentação e organização de um trabalho académico
Apresentação e organização de um trabalho académicoApresentação e organização de um trabalho académico
Apresentação e organização de um trabalho académico
guestb6868d
 

Mais de guestb6868d (7)

Sense Bloom
Sense BloomSense Bloom
Sense Bloom
 
Gestão da Identidade
Gestão da IdentidadeGestão da Identidade
Gestão da Identidade
 
Gestão da Identidade
Gestão da IdentidadeGestão da Identidade
Gestão da Identidade
 
Recensão crítica
Recensão críticaRecensão crítica
Recensão crítica
 
Trabalho de Pesquisa
Trabalho de PesquisaTrabalho de Pesquisa
Trabalho de Pesquisa
 
ReferêNcias BibliográFicas
ReferêNcias BibliográFicasReferêNcias BibliográFicas
ReferêNcias BibliográFicas
 
Apresentação e organização de um trabalho académico
Apresentação e organização de um trabalho académicoApresentação e organização de um trabalho académico
Apresentação e organização de um trabalho académico
 

dissertation Silva