SlideShare uma empresa Scribd logo
Dificuldades no Avanço da Digitalização nas
Usinas – Sucroenergético
FATO
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 2
Depois de mais de 10 anos de
aplicações de conceitos e
tecnologias da digitalização na
indústria, há uma percepção que
ainda não houve mudanças
significativas nos setores
industriais das usinas, a despeito
de tantas novas tecnologias e a
promessa da IA Inteligência
Artificial.
POR QUE
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 3
Isso ocorreu principalmente porque
transformação digital não é uma
questão de tecnologia, mas sim de
cultura, precisamos de pessoas
treinadas para desenhar novos
processos digitais, com ferramentas
digitais, o planejamento da
transformação digital é outro fator
importante, deve-se haver um
projeto planejado na linha do
tempo, isso é investimento com
visão do futuro da indústria.
IMPACTO
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 4
Ainda estamos fazendo mais do mesmo,
não adianta implantar sistemas de nuvem
na usina na TI e não ter um projeto que
considere a TO, isso já foi dito sobre
convergência e é o mesmo para segurança
de dados. Quando se implanta uma
tecnologia habilitadora, normalmente é
uma ilha da operação, perceba que muitos
operadores ainda consolidam dados em
planilhas eletrônicas, usando por exemplo,
um gêmeo digital de determinado
processo, na prática só mudou a
ferramenta, mas não teve impacto nos
processos de operação, com por exemplo,
encurtamento do processo decisório.
DESAFIO
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 5
Como mudar a operação da usina
de fato, com operadores e
supervisores de produção com
visão digital? Que tenha impacto
no aumento da produção, com
tomada de decisões mais rápidas
usando sistemas analíticos de
dados, que permitam reduzir
custos e obter dados que levem a
otimização dos processos, que
aumente a segurança funcional
da planta com novas tecnologias.
SOLUÇÕES
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 6
Pessoas, com muito treinamento e
experimentação, uma boa dose de
inovação com liberdade para criar
processos, há muita tecnologia
disponível, mas as pessoas é que usam
estas, o engajamento na transformação
digital é crítico, não vivemos mais uma
época de comprar uma ferramenta e
instalar e usar, tudo é muito dinâmico, e
quem faz isso são as pessoas, aderência
de uso é fator de sucesso, mesclar novas
gerações que tem facilidade com
tecnologias digitais também é receita de
acelerar as mudanças e provocar
impactos positivos na usina.
FAZER
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 7
Faça um plano de transformação
digital, engaje as pessoas, tenha apoio
da alta gerência, foque em
convergência de dados, teste soluções
pequenas, envolva o usuário, valide e
escale, divulgue a solução de mostre
os ganhos, tenha indicadores que
permitam evoluir e justifique, além de
balizar o caminho, uma solução de
uma usina não quer dizer que serve
para todas, se entenda, pessoas é que
vão mudar os processos, a tecnologia é
o meio.
CONCLUSÃO
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 8
As acelerações digitais na indústria que tem
mais sucesso, colocam o preparo das pessoas
como o primeiro passo, seguido de um plano de
transformação digital que faça sentido, dentro
do ritmo de cada negócio, a liberdade e a
experimentação permite descobrir
oportunidades nos processos produtivos, que
no mínimo irão elevar a produtividade, sendo
este, um indicador mínimo de investimento e
continuidade, mas que pode também, abrir
horizontes que somente tecnologias como a IA
Inteligência Artificial com pessoas preparadas,
poderão descortinar nos negócios do futuro da
usina.
AUTOR
MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 9
Márcio Venturelli trabalha há 30 anos no mercado de Automação Industrial,
desenvolveu sua carreira ao longo do tempo com foco em Inovação e Novas
Tecnologias, especializou-se em Digitalização e Indústria 4.0, atualmente é
Coordenador Técnico do Instituto SENAI de Tecnologia e Professor de Automação
Industrial, como foco em Transformação Digital.
Trabalhou em diversos projetos e implantação de sistemas de controle e
automação industrial, no Brasil e no exterior, além de ser professor de graduação e
pós-graduação nas áreas de automação e gestão industrial e desenvolve pesquisa
aplicada nas áreas da Indústria 4.0.
Graduado em Ciência da Computação com especialização em Controle e
Automação Industrial, possui pós-graduação Ciência de Dados, Gestão Industrial e
Tecnologia do Petróleo e Gás e MBA em Estratégica de Negócios.
Foi membro do Comitê de Convergência de TO-TI do IBP Instituto Brasileiro do
Petróleo, diretor de tecnologia da PI PROFIBUS International e diretor de
tecnologia da ISA Sociedade Internacional de Automação, coordenador do comitê
setorial do CEISE Br - Centro das Indústrias de Bioenergia.
venturelli.tia@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a DIFICULDADES NO AVANÇO DA DIGITALIZAÇÃO NAS USINAS

Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
Mauricio Bitencourt, CBPP
 
Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?
Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?
Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?
Motorola Solutions LatAm
 
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de ManufaturaManufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Salesforce Brasil
 
Visão Geral do Tecnomatix
Visão Geral do TecnomatixVisão Geral do Tecnomatix
Visão Geral do Tecnomatix
PLMX -Soluções para Negocios
 
TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...
tdc-globalcode
 
Tecnomatix Raihsa
Tecnomatix Raihsa Tecnomatix Raihsa
Tecnomatix Raihsa
Raihsa
 
Cartilha Plano CT&I
Cartilha Plano CT&ICartilha Plano CT&I
trabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptxtrabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptx
MAteus261311
 
E-book - Indústria 4.0.pdf
E-book - Indústria 4.0.pdfE-book - Indústria 4.0.pdf
E-book - Indústria 4.0.pdf
AlexsandFariasdeSouz
 
Trabalho informatica
Trabalho informaticaTrabalho informatica
Trabalho informatica
Alex Santana
 
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovaçãoDecisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovação
Renato Leite
 
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovaçãoDecisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovação
Renato Leite
 
Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...
Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...
Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...
Ohio State Brazil Gateway
 
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
Mauricio Bitencourt, CBPP
 
Informatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivo
Informatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivoInformatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivo
Informatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivo
Alexandre Bento
 
[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019
[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019
[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019
MJV Technology & Innovation Brasil
 
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03c
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03cProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03c
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03c
Evandro Gama (Prof. Dr.)
 
EBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdf
EBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdfEBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdf
EBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdf
AllanDeFreitasPadilh
 
Empresa digital
Empresa digitalEmpresa digital
Empresa digital
Éder Britto
 
COMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
COMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICOCOMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
COMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
Marcio Venturelli
 

Semelhante a DIFICULDADES NO AVANÇO DA DIGITALIZAÇÃO NAS USINAS (20)

Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
 
Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?
Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?
Como o processo de manufatura pode impactar a satisfação do cliente final?
 
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de ManufaturaManufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
 
Visão Geral do Tecnomatix
Visão Geral do TecnomatixVisão Geral do Tecnomatix
Visão Geral do Tecnomatix
 
TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Tranformação Digital How we figured out we had a...
 
Tecnomatix Raihsa
Tecnomatix Raihsa Tecnomatix Raihsa
Tecnomatix Raihsa
 
Cartilha Plano CT&I
Cartilha Plano CT&ICartilha Plano CT&I
Cartilha Plano CT&I
 
trabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptxtrabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptx
 
E-book - Indústria 4.0.pdf
E-book - Indústria 4.0.pdfE-book - Indústria 4.0.pdf
E-book - Indústria 4.0.pdf
 
Trabalho informatica
Trabalho informaticaTrabalho informatica
Trabalho informatica
 
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovaçãoDecisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e inovação
 
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovaçãoDecisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovação
Decisões inteligentes para impulsionar a produtividade e o grau de inovação
 
Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...
Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...
Programa de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada - CNI, Ohio State, S...
 
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning.  Aper...
Upskilling and Reskilling of IT-BPM Professionals in Lifewide Learning. Aper...
 
Informatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivo
Informatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivoInformatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivo
Informatização da gestão da produção em uma forjaria no setor automotivo
 
[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019
[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019
[Pocket Content] Report - Tendências de Inovação para Negócios 2019
 
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03c
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03cProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03c
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03c
 
EBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdf
EBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdfEBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdf
EBOOK Programador de CLP - Allan Freitas Padilha.pdf
 
Empresa digital
Empresa digitalEmpresa digital
Empresa digital
 
COMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
COMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICOCOMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
COMO FAZER A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
 

Mais de Marcio Venturelli

EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
Marcio Venturelli
 
USINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
USINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICOUSINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
USINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
Marcio Venturelli
 
Global Lighthouse Network - 2023
Global Lighthouse Network - 2023Global Lighthouse Network - 2023
Global Lighthouse Network - 2023
Marcio Venturelli
 
Global Lighthouse Network - 2022
Global Lighthouse Network - 2022Global Lighthouse Network - 2022
Global Lighthouse Network - 2022
Marcio Venturelli
 
Global Lighthouse Network - 2021
Global Lighthouse Network - 2021Global Lighthouse Network - 2021
Global Lighthouse Network - 2021
Marcio Venturelli
 
Global Lighthouse Network - 2020
Global Lighthouse Network - 2020Global Lighthouse Network - 2020
Global Lighthouse Network - 2020
Marcio Venturelli
 
Global Lighthouse Network - 2019
Global Lighthouse Network - 2019Global Lighthouse Network - 2019
Global Lighthouse Network - 2019
Marcio Venturelli
 
CONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICO
CONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICOCONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICO
CONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICO
Marcio Venturelli
 
GAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINAS
GAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINASGAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINAS
GAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINAS
Marcio Venturelli
 
APLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINAS
APLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINASAPLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINAS
APLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINAS
Marcio Venturelli
 
A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINAS
A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINASA IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINAS
A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINAS
Marcio Venturelli
 
DAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETOR
DAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETORDAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETOR
DAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETOR
Marcio Venturelli
 
Automação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2G
Automação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2GAutomação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2G
Automação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2G
Marcio Venturelli
 
Usina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor Sucroenergético
Usina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor SucroenergéticoUsina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor Sucroenergético
Usina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor Sucroenergético
Marcio Venturelli
 
Ficção Científica no Campo e na Indústria
Ficção Científica no Campo e na IndústriaFicção Científica no Campo e na Indústria
Ficção Científica no Campo e na Indústria
Marcio Venturelli
 
Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0
Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0
Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0
Marcio Venturelli
 
SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0
SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0
SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0
Marcio Venturelli
 

Mais de Marcio Venturelli (17)

EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
USINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
USINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICOUSINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
USINA 4.0 – A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO
 
Global Lighthouse Network - 2023
Global Lighthouse Network - 2023Global Lighthouse Network - 2023
Global Lighthouse Network - 2023
 
Global Lighthouse Network - 2022
Global Lighthouse Network - 2022Global Lighthouse Network - 2022
Global Lighthouse Network - 2022
 
Global Lighthouse Network - 2021
Global Lighthouse Network - 2021Global Lighthouse Network - 2021
Global Lighthouse Network - 2021
 
Global Lighthouse Network - 2020
Global Lighthouse Network - 2020Global Lighthouse Network - 2020
Global Lighthouse Network - 2020
 
Global Lighthouse Network - 2019
Global Lighthouse Network - 2019Global Lighthouse Network - 2019
Global Lighthouse Network - 2019
 
CONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICO
CONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICOCONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICO
CONVERGENGIA DE TO E TI NO SETOR SUCROENERGETICO
 
GAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINAS
GAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINASGAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINAS
GAP ANALYSIS DA ISO 50001 NAS USINAS
 
APLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINAS
APLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINASAPLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINAS
APLICAÇÕES DA IA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NAS USINAS
 
A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINAS
A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINASA IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINAS
A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO DE CIÊNCIA DE DADOS PARA GESTORES DE USINAS
 
DAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETOR
DAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETORDAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETOR
DAS USINAS SUCROENERGÉTICAS PARA O SETOR DE BIORREFINARIAS - O FUTURO DO SETOR
 
Automação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2G
Automação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2GAutomação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2G
Automação de Biorrefinarias de Etanol de Segunda Geração E2G
 
Usina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor Sucroenergético
Usina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor SucroenergéticoUsina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor Sucroenergético
Usina 4.0 - A Quarta Revolução Industrial no Setor Sucroenergético
 
Ficção Científica no Campo e na Indústria
Ficção Científica no Campo e na IndústriaFicção Científica no Campo e na Indústria
Ficção Científica no Campo e na Indústria
 
Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0
Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0
Modelos de Processo para Adaptação Indústria 4.0
 
SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0
SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0
SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0
 

DIFICULDADES NO AVANÇO DA DIGITALIZAÇÃO NAS USINAS

  • 1. Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético
  • 2. FATO MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 2 Depois de mais de 10 anos de aplicações de conceitos e tecnologias da digitalização na indústria, há uma percepção que ainda não houve mudanças significativas nos setores industriais das usinas, a despeito de tantas novas tecnologias e a promessa da IA Inteligência Artificial.
  • 3. POR QUE MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 3 Isso ocorreu principalmente porque transformação digital não é uma questão de tecnologia, mas sim de cultura, precisamos de pessoas treinadas para desenhar novos processos digitais, com ferramentas digitais, o planejamento da transformação digital é outro fator importante, deve-se haver um projeto planejado na linha do tempo, isso é investimento com visão do futuro da indústria.
  • 4. IMPACTO MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 4 Ainda estamos fazendo mais do mesmo, não adianta implantar sistemas de nuvem na usina na TI e não ter um projeto que considere a TO, isso já foi dito sobre convergência e é o mesmo para segurança de dados. Quando se implanta uma tecnologia habilitadora, normalmente é uma ilha da operação, perceba que muitos operadores ainda consolidam dados em planilhas eletrônicas, usando por exemplo, um gêmeo digital de determinado processo, na prática só mudou a ferramenta, mas não teve impacto nos processos de operação, com por exemplo, encurtamento do processo decisório.
  • 5. DESAFIO MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 5 Como mudar a operação da usina de fato, com operadores e supervisores de produção com visão digital? Que tenha impacto no aumento da produção, com tomada de decisões mais rápidas usando sistemas analíticos de dados, que permitam reduzir custos e obter dados que levem a otimização dos processos, que aumente a segurança funcional da planta com novas tecnologias.
  • 6. SOLUÇÕES MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 6 Pessoas, com muito treinamento e experimentação, uma boa dose de inovação com liberdade para criar processos, há muita tecnologia disponível, mas as pessoas é que usam estas, o engajamento na transformação digital é crítico, não vivemos mais uma época de comprar uma ferramenta e instalar e usar, tudo é muito dinâmico, e quem faz isso são as pessoas, aderência de uso é fator de sucesso, mesclar novas gerações que tem facilidade com tecnologias digitais também é receita de acelerar as mudanças e provocar impactos positivos na usina.
  • 7. FAZER MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 7 Faça um plano de transformação digital, engaje as pessoas, tenha apoio da alta gerência, foque em convergência de dados, teste soluções pequenas, envolva o usuário, valide e escale, divulgue a solução de mostre os ganhos, tenha indicadores que permitam evoluir e justifique, além de balizar o caminho, uma solução de uma usina não quer dizer que serve para todas, se entenda, pessoas é que vão mudar os processos, a tecnologia é o meio.
  • 8. CONCLUSÃO MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 8 As acelerações digitais na indústria que tem mais sucesso, colocam o preparo das pessoas como o primeiro passo, seguido de um plano de transformação digital que faça sentido, dentro do ritmo de cada negócio, a liberdade e a experimentação permite descobrir oportunidades nos processos produtivos, que no mínimo irão elevar a produtividade, sendo este, um indicador mínimo de investimento e continuidade, mas que pode também, abrir horizontes que somente tecnologias como a IA Inteligência Artificial com pessoas preparadas, poderão descortinar nos negócios do futuro da usina.
  • 9. AUTOR MAI/24 Dificuldades no Avanço da Digitalização nas Usinas – Sucroenergético - Márcio Venturelli 9 Márcio Venturelli trabalha há 30 anos no mercado de Automação Industrial, desenvolveu sua carreira ao longo do tempo com foco em Inovação e Novas Tecnologias, especializou-se em Digitalização e Indústria 4.0, atualmente é Coordenador Técnico do Instituto SENAI de Tecnologia e Professor de Automação Industrial, como foco em Transformação Digital. Trabalhou em diversos projetos e implantação de sistemas de controle e automação industrial, no Brasil e no exterior, além de ser professor de graduação e pós-graduação nas áreas de automação e gestão industrial e desenvolve pesquisa aplicada nas áreas da Indústria 4.0. Graduado em Ciência da Computação com especialização em Controle e Automação Industrial, possui pós-graduação Ciência de Dados, Gestão Industrial e Tecnologia do Petróleo e Gás e MBA em Estratégica de Negócios. Foi membro do Comitê de Convergência de TO-TI do IBP Instituto Brasileiro do Petróleo, diretor de tecnologia da PI PROFIBUS International e diretor de tecnologia da ISA Sociedade Internacional de Automação, coordenador do comitê setorial do CEISE Br - Centro das Indústrias de Bioenergia. venturelli.tia@gmail.com